terça-feira, 24 de setembro de 2013

Entrada de Simone destaca Andreia Horta, expõe por completo a ambiguidade de Amora e movimenta "Sangue Bom"

Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari escreveram uma ótima novela das sete e, ao menos por enquanto, estão sabendo conduzir muito bem a história ---- apesar de alguns deslizes, mas que acabam sendo normais em qualquer folhetim. E a entrada de Simone (Andreia Horta) foi mais um acerto dos autores, uma vez que serviu para movimentar o núcleo principal de "Sangue Bom" e evidenciar a ambiguidade de Amora (Sophie Charlotte), a protagonista que move a trama.


No passado, Amora foi abandonada na rua por sua irmã biológica, que sumiu no mundo e nunca mais a procurou. A 'it girl' acabou ficando com uma mulher que a obrigava a pedir esmola e passou por muito sofrimento, sendo que até agora nem todos os percalços foram esclarecidos para o público ----- houve até uma cena onde ficou subentendido que ela chegou a ser abusada. Ou seja, desde que desapareceu, Simone passou a ser uma fonte de mágoa da protagonista, que nunca a perdoou e sempre se desestabilizava quando o assunto vinha à tona.

A chegada da personagem expôs por completo o que apenas havia ficado nas entrelinhas da história: a imensa complexidade de Amora. Após várias semanas tendo somente seu lado arrogante e maquiavélico explorado, a filha adotiva de Bárbara Ellen (Giulia Gam) teve sua fragilidade evidenciada perante os telespectadores,
que só haviam a observado em raros momentos até então ---- como as horas em que lembrava da infância com Bento (Marco Pigossi) ou quando se emocionou ao ganhar um desenho de uma criança, por exemplo.

Além de ter tido toda sua ambiguidade sublinhada, Amora ainda expôs o quanto que sua compulsão pela compra de sapatos é preocupante. A patricinha tem os calçados como porto seguro e não abre mão de encher seus armários com inúmeros sapatos, mesmo tendo vários pares iguais. Tudo para esquecer a infância traumática na rua, período em que ficou descalça. Em suma: os autores estão apresentando um rico conjunto de fatores que explicam todos os desvios de conduta da personagem. Explicam, mas não justificam, é bom ressaltar. Amora cometeu muitos erros e crimes para atingir seus objetivos, conduta aprendida tanto no mundo 'artístico' em se se meteu, quanto em casa mesmo, através da figura de Bárbara, uma mulher que usa os fins para justificar os meios.

Mas a entrada de Simone não serviu apenas para iniciar o processo de humanização da protagonista. Serviu também para engrandecer o elenco da novela com a presença de Andreia Horta, uma profissional esbanja competência em todos os trabalhos que faz. Sumida da telinha desde sua participação em "Amor Eterno Amor", onde viveu a engraçada periguete Valéria, a atriz voltou ao ar na pele de uma personagem riquíssima e que exigirá muito dela. Até agora todas as suas cenas foram fortes e a tendência é continuar assim até o final, uma vez que, além de enfrentar intensos embates com sua irmã, Simone sofre de leucemia.

E apesar de estar há pouco tempo em "Sangue Bom", a intérprete da Simone já protagonizou várias sequências magníficas ao lado de Sophie Charlotte; que vem brilhando cada vez mais na novela, mostrando o quão foi acertada sua escalação. A cena mais forte até então foi o reencontro das irmãs, onde a 'it girl' tentar dissimular um perdão (por causa do 'conselho' de Bárbara), mas não consegue segurar e expõe toda a mágoa que deixava guardada dentro de si. A dupla deu um show e Andreia fez uma grandiosa parceria com Sophie. Parecia que estava na trama desde o primeiro capítulo, tamanha foi a entrega da atriz.

A chegada de Simone provocou uma ótima reviravolta no núcleo central da novela das sete. Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari souberam movimentar "Sangue Bom" ---- que daqui a pouco começa a entrar em sua reta final ---- com competência, enriqueceram ainda mais o drama de Amora e ainda acertaram em cheio na escalação da atriz para encarar esse difícil papel. Andreia Horta é talentosa, ganhou uma bem construída personagem e tem feito uma grande dobradinha com a totalmente entregue Sophie Charlotte. A irmã biológica da complexa protagonista do sexteto central chegou para ficar. Sorte do público.

82 comentários:

MARILENE disse...

Também gostei da entrada da atriz na novela. Trabalha bem e mostra sensibilidade. Amora teve infância difícil, o que, nem de longe, justifica seu comportamento. Fosse apenas a coleção de sapatos, tudo bem, mas mostrou-se má em muitas situações. Aguardemos (rss). Bjs.

eder ribeiro disse...

Sérgio, como não acompanho a novela quero ressaltar, como sempre o seu excelente texto. Abçs.

Rosa Branca disse...

Adoro Andreia Horta, e com certeza ela irá somar na trama... Quanto a Amora, tá certo que ninguém é totalmente bom ou totalmente ruim, mais o lado ruim e sem carater dela ressalta!!! Ela faz aquele bobão do Bento de gato e sapato e isso está ficando muito chato, nada do que ela viveu justificaria as atitudes que ela tem, como diz a Geane o caso dela não é de médico é de cadeia. Gostaria que ela se desse muito mal porque só assim ela poderia repensar as atitudes dela e querer mudar.

A Viajante disse...

Tô gostando muito dessa fase da novela! Boa percepção a sua, Sérgio. Um beijo.

Rita disse...

Bom dia !!!!
desde Cordel Encantado que vi essa bela atriz e já gostei dela acho que trabalha muito bem.
Sempre fui fã da Sofie, mas agora pode acreditar não estou mais gostando dela, não pelo papel que faz ,mas acho enjoativa, grita, chora, sei la cansei dela viu...mesmo que tenha sofrido acho cansativo ver ela, essa é minha opinião ok
tenha uma terça feira cheia de alegria bjussss

Abraços com carinho!!

└──●► ¸.·*Rita!!

Thallys Bruno Almeida disse...

Bem, Sérgio, concordo sobre a Andreia Horta. Lembro que a vi pela primeira vez em Alta Estação (2006-2007) e Chamas da Vida (2008-09), ambas na Record, e já a achava ótima. Vieram Alice, A Cura e Cordel, e ela foi maravilhosa (especialmente em A Cura). Pena ter sido desvalorizada em Amor Eterno Amor, mas veio essa personagem excelente em Sangue Bom pra compensar isso. Ela, de longe, é o melhor ponto positivo dessa trama de redenção.

Quanto a Sophie, bem... vc deve estar cansado de saber que eu não vejo nela nem 10% do talento que vc diz ter, acho-a muito longe de ser uma atriz de verdade e que considerei um grande erro essa escalação. E eu mesmo confesso que na mão de outra atriz eu poderia até torcer pela Amora (e pergunto: se a Malu também estivesse na mão de outra, será que vc manteria a opinião desfavorável do início?). A partir de Julho, ali sim, passei a ver com outros olhos a atuação da Sophie, mesmo assim, sem carisma suficiente pra conquistar o público (e não é papinho não, eu falo sério). Isso explica porque sua torcida é muito pequena, especialmente nas redes sociais.

Quanto a redenção... bem, ela não me interessa nem um pouco. Maria Adelaide bem que avisou que essa trama seria tão "ambígua" quanto a personagem (se é que ela é ambígua mesmo, porque tanta complexidade deixa a gente nessa dúvida toda...). Tô adorando vê-la se ferrar por tudo que ela aprontou, especialmente depois daquele tapão que a Malu deu no rosto dela (mostrando que aquele papo de inveja e "pegar os restos" não procede em nada) e o Wilson revelando a mentira sobre a Simone. Mas não, não quero que ela morra. Por mim ela terminaria presa e sozinha, mas se for preciso, ela pode se regenerar e ser feliz, entenderei. Mas sozinha. Porque eu torço mais é pela felicidade da Malu (seja com Bento ou Maurício) e da Giane (seja com Caio ou Fabinho).

E quanto ao Bento, francamente, ele virou um completo idiota. Ele confia demais que Amora vai se regenerar, não quis "acordar" para os alertas da Malu e da Giane. Vai tomar um grande baque quando descobrir e será muito merecido.

Sobre algumas acusações injustas que ela sofrerá, será um caso parecido com o do Fabinho em relação ao incêndio da toca. Li que alguém sabotará o Kim Park e, depois, em mais uma discussão das irmãs, a Malu sofrerá um atentado e alguém vai empurrá-la da escada. No segundo caso, eu acredito talvez na Socorro (pra mostrar até onde pode ir o fanatismo extremado de uma pessoa, já que ela ajudou a it girl a trocar os DNAs).

E sobre a teoria que vc usou de a abertura trazer na disposição do elenco os nomes dos possíveis casais... com todo respeito, mas pra mim isso não quer dizer nada. Se fosse assim, em Viver a Vida a Helena da Taís Araújo ficaria com o Zé Mayer, o que não aconteceu.

Não leve minhas palavras com agressividade. E não quero dizer que vc disse o que não está escrito. Apenas acho que se chamar a Amora de vilã é simplista, chamar a Malu antiga de "mocinha santificada pura e casta 100% do bem" é tão simplista quanto. Só isso. Abçs.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

A entrada da Andreia Horta foi decisiva para movimentar a trama, mas lamento que isso só tenha acontecido quase na reta final. Sophie Charlotte declarou ao Videoshow que tem muito a aprender com a colega de cena, e realmente sua personagem tem se destacado nas sequências mais recentes.Concordo que, por mais que Amora tenha sofrido no passado, isso não justifica suas atitudes condenáveis no presente. Barbara Ellen só levou a it girl a se tornar ainda mais problemática.

Milene Lima disse...

Andrea Horta é boa mesmo.
Sophie é mesmo isso tudo de talento? Eu a acho mais do mesmo. E o Bento,ninguém é tão idiota assim. O Bento podia ser um personagem interessantíssimo e o transformaram num inoperante, não fez nada a novela toda a não ser plantar flor e ser enganado pela Amora, que é má, não importa o que tenha se passado com ela na infância.
Tô gostando mesmo é de ver a Jeanne com o Fabinho, embora eu goste do Caio e ache aquele menino um bom ator.
Beijo, Sergio.

Luma Rosa disse...

Oi, Sérgio!
A entrada de Simone vai ajudar a desmascarar Amora e só! O acidente de Érico, ao meu ver, provocou e provocará mais tumulto na trama. Aliás, o que movimenta essa novela é que o trem sai do trilho o tempo todo e o destino dos personagens que antes pareciam traçados, se redefinem para mudar novamente. Vou sentir saudades dessa novelinha.
Beijus,

Barbie Californiana disse...

A entrada de personagens inusitados é sempre interessante pra uma trama. beijinhos

Raquel disse...

Oi Sérgio!

Engraçado você dizer que a entrada da Simone movimentou a trama porque acho que é completamente o contrário: só veio pra perpetuar o ciclo vicioso do Bento descobrindo que a Amora não presta, ela se fazendo de coitadinha (agora com ajuda) e ele sem conseguir enxergar quem é a mulher de verdade... Sinceramente eu só sinto preguiça de ver os mesmo argumentos sendo repetidos de novo, e de novo e de novo!

Andréia é ótima, por um outro lado. Se eu tenho alguma simpatia pela personagem é porque ela é muito carismática e realmente parece ser uma boa pessoa. A atriz merece um papel de destaque e espero que seja chamada para algo melhor depois de entrar numa novela aos 40 min do segundo tempo.

Quanto a redenção, veremos, Sérgio. Será "ambígua", como disse a MAA e já vi que não vai me descer.

Larissa disse...

É a primeira vez que eu comento aqui mas leio sempre. Parabéns pela sua perspicácia na hora de escrever as críticas e nas suas ricas argumentações. Tem muito profissional formado por aí que não sabe fazer o que você faz.

Sobre o texto, assino em baixo. Andreia Horta é uma atriz maravilhosa e a entrada dela foi perfeita. Mas concordo com a leitora Elvira. Foi tarde demais. E lembro que tem um texto seu dizendo que essa novela exagerou na introdução e é verdade. Demorou a começar.

Sophie está incrível e sua Amora é fascinante. Mas fascinante para quem não gosta de novelas clichês e maniqueístas, como a Joia Rara que já declarou quem é bom e mau logo no primeiro capítulo. E os argumentos de quem a acha vilã é sempre o mesmo e se mostra bem burro.

MAA e VV me decepcionaram com essa demora na redenção dela, mas agora dá pra ver que ela virá, pena que tarde, como já mencionei. Engraçado é que muitos acham a redenção do Fabinho mais aceitável que a dela. Tem uns fóruns que eu participo e a imbecilidade e o fanatismo das pessoas me assustam. A infantilidade também é engraçada porque gostam de menosprezar os que enxergam na Amora um ser complexo e ainda falam que é 'minoria'. Como se o fato de ser maioria deixasse algum grupo melhor.

Me alonguei demais, Sérgio, me perdoe. Adorei todas as suas considerações. Um abraço!

Anônimo disse...

Essa novela é horrível e você fica escrevendo textos elogiando essa bobagem. Elenco fraco, história de Malhação e autores que só sabem adaptar remake.

Vinícius disse...

Amora é a melhor personagem da novela e a chegada da Simone foi oportuna porque serviu para declarar tudo o que antes estava apenas evidente para os que tem capacidade de raciocínio.

Li que ela vai vender sapatos e pagará por tudo o que fez ao longo da novela,incluindo ser acusada por crimes que não cometeu.A redenção dela será a coroação de um personagem magistral para o desespero dos pró-Malu. abçs

Anônimo disse...

A novela se perdeu. Anda em círculos e os personagens foram alterados. A redenção da Amora já está sendo irreal com esse chororô dela. Criaram todo esse passado pra justificar as atitudes dela. Ridículo.

Leticia disse...

Nossa Sergio concordo muito, Simone acrescentou muitas coisas na novela, principalmente a fragilidade da Amora. Andreia é maravilhosa, merecia um papel como este, ela e Sophie que também esta impecável como Amora, tem uma sintonia incrível As duas merecem muitos aplausos pelas cenas emocionantes em Sangue Bom Agora resta aguardar como será o processo de redenção da Amora, tem tudo para ser uma linda história, assim espero

Anônimo disse...

Nome: Geovana


Eu sempre achei a Amora uma personagem super complexa. Mas nunca gostei de ela ter se tornado vilã. Sempre achei que os autores carregaram a mão nesse lado B dela e isso ja não a tornou mais ambigua. Mas francamente, Amora foi transformada em vilã pelo Fabinho, que hoje é um anjo de candura. Sim, pois até os 3º mês de exibição da novela ela era arrogante, esnobe, oportunista, mais também era amavel com quem lhe interessava, e tinha sopros de bondade. Aí o Fabinho pediu ela em casamento, ela deu um fora e ele começou a lhe perturbar: expos seu namoro com Bento na midia, induziu Mel a falar um monte de mentira na Tv que sepultou sua carreira e acabou brigando com Bento e o perdendo, daí ele se envolveu com a Malu. Ameaçada por Fabinho, Amora se viu a agir e decidiu fazer a troca dos DNA que mataria 3 coelhos numa paulada só, apartir do DNA ela só foi afundando e ficando cada vez mais vilã e os autores pesando na mão.
Acho justo ela ter uma redenção, pois o Fabinho que nos foi vendido como vilão da história ficou bonzinho, e a Amora que nos foi vendida como um mocinha problemática e ambígua desencarrilhou pra vilania. No fundo me sinto enganada, pois esperava uma história e vi outra totalmente oposta, e é pelos primeiros meses que continuo apaixonada pela Amora e torço por ela. A redenção dela seria uma reparação pelos danos me causado, rs, o sofrimento em que tive em ver minha personagem querida se tornar uma mera vilã, rs.

AFF!!! Depois vem a autora falar em maniqueísmo, maniqueísta foram ela que não conseguiram fazer uma personagem realmente ambígua.

Carlinha disse...

Amora é a personagem mais rica da novela e o melhor papel de Sophie. E muitos que desprezam Amora a desprezam também o que mostra que ela tá fazendo um grande trabalho.

Fabinho está mudando mas mantem a essência, Amora demonstra mais seus pontos fracos mas continua de nariz em pé. Assim que as mudanças devem ser feitas: gradativamente para não ficar sem sentido. Ela e Fabinho são quase iguais só que ele é mais tranquilo de se regenerar porque teve amor da mãe adotiva, ela nem isso.

Fernanda disse...

Parabéns pelo texto, Sérgio! Disse tudo e nem irei falar mais. Sophie e Andreia estão muito bem e as personagens são interessantíssimas. Beijos

Bia Hain disse...

Eu gosto bastante dessa novela, diferente do que estamos acostumados a ver e ao mesmo tempo apropriada para o horário, criativa sem ser apelativa. Não conseguia lembrar de onde era a atriz Andreia Horta, agora sim lembrei, ela arrasou como a periguete de Amor, eterno amor... por enquanto as duas estão formando uma grande dupla, muitos embates estão por vir! Um abraço!

Maria assunçao disse...

Olá flor seguindo seu lindo blog*-*
Vem conhecer o meu,bjs
http://evangelizando-comamor.blogspot.com.br/

Eumox disse...

O bom dessa novela é que ela não trata o espectador como idiota. Pena que há espectadores que são idiotas naturalmente e não conseguem entendê-la, mas faz parte. Amora é uma complexa, ambígua e rica personagem e Simone segue a mesma regra. Mas realmente deveria ter entrado um pouco antes. A dupla está bem harmoniosa e pena que ela vai morrer.

Thallys Bruno Almeida disse...

Raquel, adorei esse trecho teu. "Sinceramente eu só sinto preguiça de ver os mesmo argumentos sendo repetidos de novo, e de novo e de novo!" Sintetiza mto bem o que penso. Eu já fui chamado de talifã da Malu, mas já vi argumentações pró-Amora infinitamente mais extremadas por aí (Amora tem lá seus talifãs sim, não é só a Malu que tem não). E essa história de que é incoerente torcer pelo Fabinho e não pela Amora, oras, isso me cansa.

Renata disse...

Concordo com o texto. A entrada da Simone foi benéfica para a história e está deixando o drama da Amora mais evidente e mais embasado. Mas sinceramente essa novela não me empolga mais. Tá tudo cansativo e repetitivo. Parece que a novela já terminou e só falta mesmo resolver a pendência da Amora. E o acidente com o Érico foi um tiro no pé dos autores. O pior é que nem posso torcer para a estreia da próxima porque também não me agrada.

Karina disse...

Nossa, que delícia esse blog! E que delícia de texto! Eu concordo com tudo o que foi escrito e apóio!!! Amora sempre foi um tipo complexo e incompreendido por muitos que fingem não enxergar sua complexidade ou são desprovidos de capacidade mesmo! A chegada da Simone deixou tudo mais claro para os que precisavam ainda que desenhassem. E ótimo ver que ela e Fabinho tem seus lados frágeis mas tem personalidades fortes também. A autora disse que Amora será acusada de ter empurrado Malu da escada e que o segredo só será revelado no último capítulo, mas isso quer dizer que ela é inocente e que será a responsável pelo trunfo do desfecho final. Desfecho que será a regeneração que eu espero que não seja completa e que ela não vire uma perfeitinha, que mantenha sua essência topetuda como Fabinho manteve. Adorei esse lugar. Virei mais vezes! Bjocas!

Carlos disse...

Andreia horta é otima e nao o nem aí pra Amora se ela nao atrapalhar o relacionamento de Fabinho e Giane pra mim ta otimo, eu acho cada vez mais crivel a mudanca do fabinho ainda mais com a noota de hoje do extra essa aqui http://extra.globo.com/tv-e-lazer/telinha/sangue-bom-fabinho-pede-adiantamento-de-heranca-plinio-quero-comprar-uma-parte-da-crash-midia-uma-casa-bem-grande-10104063.html

Anônimo disse...

Bom dia Sérgio


Perfeito o seu posto sobre o talento da Andrea Horta. Ela está arrebentando e parceria dela com a Sophie Charlotte está rendendo cenas maravilhosas. Bom acredito que a Amora terá uma redenção ambígua até o capítulo final, conforme Maria Adelaide Amaral. No final, saberemos se ela realmente se redimiu ou não, uma vez que eles vão guardar como trunfo o atentado que a Malu vai sofrer. Acredito também que eles vão usar essa autoria do atentado para fechar os casais entre Amora, Bento, Malu e Maurício. Vamos torcer para que tudo de certo para a Amora no final.

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Olá amigo, se eu tinha duvidas quanto a Amora agora não tenho mais, ela é do mal, e merece acabar sozinha envolta nos sapatos dela rsrsr essa história de trauma de infância já deu, a vida mudou deu de tudo a ela, isso não é mais desculpa p ser má! rss Abraçossss

Anônimo disse...

Acompanho vc pelo twitter e é a primeira vez que comento aqui!! Não sou de assistir novela e justamente o papel da Amora e toda essa confusão em cima da personalidade dela me fez cativar com a trama!! Pra mim a Sophie está incrível no papel, a Amora vai do céu ao inferno no texto e ela vai junto mudando de feição com uma naturalidade impressionante e se pensava que não poderia ficar melhor, ela se superou!
As sequências com a irmã demonstram tanta mágoa no olhar, no choro, no desespero que ela fica,junto com o ótimo texto, que realmente passa o terror que a criança deve ter passado na rua.
Eu tinha medo que a atriz que entrasse como irmã não daria conta de acompanhar o drama e ficasse artificial, mas a Andreia tb esta super natural e convicente e ate parecidas eu ja estou achando as duas!!
Enfim, otimo texto!

Fernanda disse...

Andreia Horta e Sophie Charlotte são as donas das melhores cenas protagonizadas em sangue bom até agora, é impressionate a sintonia entre as duas, sei que muita gente torce o nariz para Sophie por acha-la sem carisma chata sem sal por ter namorado o malvino etc, mais não tem como negar o quanto ela esta brilhando na trama e o quanto ela cresceu Andreia é um caso a parte ela é ótima em tudo que fez e faz ela tem o frescor da atriz do teatro o dom do improvisto as duas fazem uma linda parceria.

Sissym Mascarenhas disse...

Não acompanho esta novela, mas ouço comentarios que a Sophie está atuando muito bem.

Bjs

Joao disse...

Eu penso exatamente como vc, Sérgio, e tenho achado seu blog certeiro nas observações.

Amora e Malu são filhas da Bárbara E do Plínio. Os autores inclusive utilizam o sobrenome Campana nas duas,sendo que a Malu, inclusive é bancada por ele (ela só faz trabalho voluntário), enquanto a Amora foi bem sucedida na mídia e é totalmente renegada. Acho engraçado que o primeiro a negar e criticar o comportamento da filha é justamente ele. Plínio só tem amor pela Malu e a trata de forma diferenciada e dependente dele.
Muita dessa rivalidade entre as duas irmãs e da rivalidade Bárbara- Malu é fomentada pelo próprio Plínio. O que novela deu a entender é que há um desamor entre os pais projetado nas filhas.
É engraçado que muito disso se deve ao fato de a Malu transitar entre Bento e Maurício, depois Érico, de forma tão fulgaz (veja quem fala que a Amora só provoca paixão sem ser amada,ou amar, enquanto só a Malu seria capaz de amar e ser amada).
A Malu sempre quis o que era da Amora. Ela tem o Mauricio e o Érico e mesmo ambos se degladiando por ela, é isso que ela curte, porque não retribui a nenhum dos dois.

Anônimo disse...

Sérgio, concordo com o texto e penso como você.

A entrada da Horta, pra mim, foi uma das melhores coisas que aconteceram em Sangue Bom. A sensação que tenho é de ela está na trama desde o início, pelo desprendimento e sintonia belíssima com a Sophie.

As cenas das duas envolvem muitos sentimentos, os olhares, os detalhes, a expressão dos rostos, a denúncia das mágoas do passado quando estão frente a frente, o que as atrizes se permitem e se dão em cena para crescer no momento certo, a relação nada fácil entre duas irmãs que se abandonaram mutuamente, suas almas e dores em conflito, e como é LINDO ver a Amora não conseguir fingir e dissimular, e sim, se entregar à fragilidade das próprias feridas, enfim..são grandes cenas que as duas tem protagonizado com muita propriedade. Eu não me canso de ver. A Amora é pra mim umas das personagens mais brilhantes que já foram criadas em novelas. A Horta e a Sophie estão excelentes!

Também participo de alguns fóruns sobre a novela na web, e fico boba como as pessoas são capazes de entrar numa vibe insana por causa de um folhetim. Sérgio, é assustador como o fanatismo cega, levando a insultos e a falta de respeito. A redenção do Fabinho é super aceitável, mas a da Amora é 'estratégia de vitimização' criada pelos autores, porque a única coisa que importa mesmo é que a Malu fique de qualquer jeito ao lado do Bento no final!

Isso acompanhado sempre do mesmo papo de que 99% do público torce contra a Amora, quem torce por ela deve ser igual a ela, e o mais recente de todos, a cereja do bolo: as pessoas que opinam nos fóruns a favor da Amora são uma só, sim, porque as pessoas não trabalham e nem estudam, passam o dia todo criando milhões de fakes e perfis falsos para defender uma personagem fictícia de novela, comentando as suas próprias opiniões. Sérgio, sinto uma preguiça enorme dessas pessoas.

Nem se eu estivesse na 5ª série primária, eu seria capaz de elaborar argumentos tão rasteiros. Se essa realmente for a "maioria", eu fico muito feliz de não fazer parte dela. A Larissa está certíssima na definição: imbecilidade. Tem fóruns que ficam intransitáveis. Só lamento que tenha gente que não consiga usar a liberdade para opinar de forma inteligente. Ainda bem que por aqui, aparentemente, temos um território mais tranquilo.

É isso, parabéns pelo texto, um beijo, Manuela.

Sérgio Santos disse...

Marilene, é como eu sempre disse, não justifica mas explica. Bjão!

Sérgio Santos disse...

Obrigado, eder. abçs

Sérgio Santos disse...

Respeito sua opinião, Patrícia, mas discordo. Pra mim é uma observação simplista da situação. bjão!

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Ju. bjs

Sérgio Santos disse...

Também adoro a Andreia, Rita. Discordo completamente sobre a Sophie e acho que a Amora talvez tenha influenciado sua concepção, mas ok, respeito. Beijos!! ;)

Sérgio Santos disse...

Não acompanhei a Andrei na Record, Thallys, mas me encantei por ela em A Cura. Não acho que tenha sido desvalorizada em AEA. A novela foi péssima mas a personagem dela era um dos poucos acertos, inclusive na trilha sonora.

Sim, sei que vc acha a Sophie péssima e acho até que vc foi generoso nesse 10%, acho que vc não a considera nem com 1%. Mas ok, sua opinião, sem problemas.

E não, eu não mudaria minha opinião sobre a Malu naquela fase que ela vomita discursos bonitos e frases-feitas porque eu sempre odiei mocinhas imbecis, independente da intérprete. Tanto que desprezei a Marina em IC mesmo amando Paolla Oliveira.

E que bom que vc não disse que eu disse o que nunca escrevi. Porque no início a Malu sim é uma mocinha santificada e poura, mas depois começou a mostrar suas complexidades e eu reconheci isso várias vezes. Mas, desculpe, quem acha que ela nunca sentiu inveja da Amora é pq, obviamente, acha que ela não tem defeitos, portanto, a acha pura e virginal. Aliás, virginal ela era mesmo.

Sobre os nomes, disse que é uma grande coincidência e vejo tudo a ver, sim a começar pela premissa da novela. Aliás, pelo o que está sendo mostrado, o final será esse mesmo, ou seja o que estava previsto. Só acredito que talvez Amora e Bento não terminem juntos e sim iniciando um relacionamento do zero, quase se conhecendo de novo.

A Complexidade da Amora nunca me deixou em dúvida de nada e acredito que todos que gostam dela compartilham dessa concepção. Não acho que os autores precisem deixar tudo mastigadinho pro público. Aliás, confesso, não tenho gostado muito dessa repetição da Simone falar do que fez com Amora pq é uma coisa que deveria estar bem clara. Mas é compreensível que queiram desenhar.

Isso de torcida X ser menor que a Y é comum em personagens sem um vilão claro. Foi assim com Manu/Ana, Ju/Nando/Roberta e agora se repete. Quem tá na torcida A diz que a B é menor e vice-versa. No início até fui enganado por essa conversa, mas depois vi que as torcidas estão é muito equiparadas.

Não levo com agressividade, apenas vejo quando há indiretas ou algo mais enfático como colocar capslock ou repetir a mesma coisa várias vezes, por exemplo. abçs

Sérgio Santos disse...

Pois é, Elvira,concordo, deveria ter entrado mais cedo mesmo até para nós podermos desfrutar mais do talento da Andreia. Eu vi essa matéria no VS e achei ótima. A parceria da dupla tá muito boa.

Sem dúvida não justifica e ela já está pagando pelos erros. Mas explica. E Bárbara é um agravante mesmo, fica claro isso. bjsss

Sérgio Santos disse...

Milene, eu acho a Adrneia excelente. Sobre o talento da Sophie, não posso falar num aspecto geral porque ela ainda está no início da carreira. Posso me 'decepcionar' com ela no futuro como me decepcionei em Ti ti ti, vai saber. Mas nessa nove,a, sim, eu a acho um puro talento e a melhor da trama.

Sempre torci por Giane e Fabinho e acho que o Caio fará um par par com a personagem da Thayla Ayala. Vamos ver. bjão!

Sérgio Santos disse...

Eu também vou sentir saudades dessa novela, Luma. Ficará um vazio grande. Bjsssss

Sérgio Santos disse...

Verdade, Barbie. bjsss

Sérgio Santos disse...

Oi Raquel. Eu entendo sua concepção. Quem odeia a Amora torceu o nariz para a entrada da Simone mesmo porque n]ão queria ver a Amora se regenerando e sim terminando a novela na fossa. Porém, concordo com vc sobre a repetição de alguns argumentos. Tem cansado mesmo, mas infelizmente é necessário para a parcela do público que precisa de tudo mastigado pra entender uma personagem tão controversa quanto essa.

Acho que no final todos que a odeiam vão odiar a regeneração e alegarão ser "inverossímil", mas eu discordo porque tudo está sendo conduzido de uma forma impecável. Ao menos por enquanto. Enfim, vamos ver. bjs

Sérgio Santos disse...

Larissa, muito obrigado. Fico feliz que goste e espero que comente mais vezes.

Realmente eu escrevi um texto falando do demorado prólogo e é verdade, demorou mesmo. Mas depois engrenou bem e que bom. Prefiro isso do que em Ti ti ti e Cheias de Charme, por exemplo, que começaram excelentes e terminaram perdidas e cheias de barriga.

Sophie está maravilhosa e Andreia já chegou chegando. Sim, deveria ser mais cedo.

Olha, nada tenho contra o maniqueísmo, pelo contrário, acho uma fórmula tradicional e ainda atrativa. Aliás, gosto do maniqueísmo de Joia Rara que é uma novela mais tradicional. Mas é triste ver que quando autores tentam ousar muitos não compreendem ou fingem não compreender. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Vinícius, é verdade. Eu também li isso e será mais uma punição pra ela. Achei uma excelente sacada dos autores. abçs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, discordo. Sua atitude é típica dos que passam a odiar uma novela porque as coisas não estão saindo como querem. Não é assim que funciona.

Sérgio Santos disse...

Olá minha cara Letícia. A entrada da Simone foi excelente mesmo e enriqueceu ainda mais a complexidade da Amora. Os desdobramento da trama estão muito interessantes. bjs

Sérgio Santos disse...

Geovana, entendo o que quis dizer. Não acho que os autores a tenham transformado em vilã. Só discordei de uma situação que considerei exagerada que foi a pichação da Toca do Saci. Aquilo soou forçado e gratuito. Mas no resto eu vi um contexto e, querendo ou não, ela movimentou toda a novela. Se não fosse isso provavelmente a trama seria um tédio.

Sim, Fabinho era um monstro mesmo. Frio, cruel, armou para Érico ser demitido, pisava em todos e ainda humilhava a mãe adotiva que sempre o tratou tão bem. Pra culminar a deixou pagar por um crime que ele cometeu e ainda tentou matar Odila. Mas a redenção dele está sendo muito bem explorada (assim como a da Amora) e ele tá mantendo a essência dele.

Acho que o final da novela será muito bonito. Mas só vendo pra saber. bjsss

Sérgio Santos disse...

Ótimo comentário, Carlinha. É mesmo. bjs

Sérgio Santos disse...

Muito obrigado, Fernanda. bjs

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, Bia. bjssss

Sérgio Santos disse...

Abraços, Maria.

Sérgio Santos disse...

Eumox, a novela é muito rica mesmo e cheia de tipos complexos. Amora e Andreia estão ótimas. Sim, provavelmente ela irá morrer mesmo, mas deverá ser uma cena linda. abçs

Sérgio Santos disse...

Renata, não acho que a trama esteja cansativa e nem repetitiva. Mas respeito sua opinião. O drama da Amora será o responsável pela surpresa do final e acho justo já que ela foi a melhor personagem da novela. E a próxima novela também não me entusiasma, mas quem sabe...

Sérgio Santos disse...

Karina, muito obrigado. Espero que venha mais vezes mesmo. Amora é uma grande personagem e Simone só acrescentou.

Essa cena da queda da Malu deverá ser ótima. Sim, é quase certo que Amora é inocente, mas não dá pra afirmar 100%. Se os autores quiserem, mudam isso. Mas se seguir tudo o que está sendo desenvolvido será assim mesmo. Ela vai pagar na mesma moeda com o que fez com Fabinho. Genial isso. bjs

Sérgio Santos disse...

Então fique tranquilo, Carlos, porque claro que não vai atrapalhar. Isso nem é do interesse dela. Sim, essa cena de Fabinho e Giane deverá ser linda.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, anônimo. E é bem provável que seja isso mesmo. Abraços

Sérgio Santos disse...

Discordo completamente, Kellen! =) bjssss

Sérgio Santos disse...

Muito obrigado, anônimo. Quem é vc no Twitter? Concordo com seu comentário e agradeço o carinho. abçs

Sérgio Santos disse...

Concordo, Fernanda. Isso de carisma eu acho uma bobagem. Sobre isso do Malvino eu nem sabia. Tem gente que não gosta dela por causa disso? Oi? Enfim, ela e Andreia estão ótimas. bjs

Sérgio Santos disse...

Está mesmo, Sissym. bjs

Sérgio Santos disse...

João, obrigado. Olha, sobre essa sua teoria do Plínio, confesso que nunca pensei sobre mas faz sentido.

Sobre o Maurício, eu discordo, acho que ela sente muito por ele. Foi o primeiro amor dela. Esse envolvimento com o Érico é encheção de linguiça pra render. Não gostei mas faz parte. abraços!

Sérgio Santos disse...

Manuela, posso assinar embaixo do seu comentário? Então eu assino. Tudo que beira o fanatismo é insuportável. Aliás, já vivi isso no Twitter em várias ocasiões. Tanto em A Vida da Gente, quanto em Guerra dos Sexos e agora com Sangue Bom. Eu juro que tento ser paciente, mas meu saco já acabou tem um tempo. Bloquei um bando de gente que beira a doença. São as 'Socorros' da vida real.

Não frequento fóruns não porque não tenho tempo e acho que meu blog, o Facebook e o Twitter estão de bom tamanho. E pelo visto que bom que não frequento porque não teria saco pra isso. Beijos!

Fernanda P. disse...

Olá Sérgio,

Perfeito o comentário da Manuela,também assino embaixo. E como você citou, infelizmente muitas essas pessoas são as Socorros da vida real, fanáticas pela Fernanda Vasconcellos, que não sabem separar ficção de realidade, personagem de ator e sentem-se profundamente ofendidas se a PERSONAGEM da "diva", "ídola" delas não ganhar a disputa contra a Amora, contra a Sophie Charlotte. A confusão mental é tanta que essas fanáticos pela Malu/Fernanda Vasconcellos acham que quem torce por Malu e Maurício juntos são pessoas que odeiam a Malu, odeiam a Fernanda Vasconcellos e que por isso não querem o único final digno da maravilhosa ídola deles merece: ficar com o Bento no final (claro, porque Bento e Amora juntos no final significa que a Amora/a Sophie Charlotte se deu bem na novela). É demais pra mim tanta infantilidade.

Janaína disse...

Olha, Sergio, poucas vezes aconteceu comigo de gostar demais de uma novela e do meio em diante perder completamente o desejo de acompanhar. Aconteceu com Sangue Bom.Acho o fim a série de maldades e trapaças da Amora. Os autores fizeram dela uma personagem má apenas. Acabaram com a complexidade e ambivalência dela.Aliás, Maria Adelaide declarou em uma entrevista que não gosta da Amora.Dá pra notar. Do Bento, fizeram um bobão cego que cai em todas as mentiras e ardis da Amora.Fora isso, tem um texto demasiadamente moralista, sem abertura alguma para a tolerância ao erro. Não há como o talento inegável do Pigossi segurar a simpatia pelo personagem.O casal que encantou no início da novela virou um par chatíssimo, raso, previsível circular. Fabinho virou correto, um protótipo do bom senso e do talento da noite pro dia.Nunca se destacou na empresa do Natan, aliás, o diploma que tem foi comprado.Ou seja, nem faculdade fez. Uma mudança sem nuances. O Érico leva uma pancada na cabeça e vira , abruptamente, um canalha desprezível, cópia malfeita do Natan.Maurício a que veio mesmo? Malu irreconhecível, um poço de rancor e inveja. Verônica? Insegura, bobinha.Onde a mulher interessante e empresária realizada do início? Enfim, não há Andrea Horta que levante a audiência e o interesse pela trama. Uma pena.

Sérgio Santos disse...

Fernanda, é assustador. Aliás, bloqueei uma doente semanas atrás no Twitter que era uma psicótica perigosa. Ela bancava a 'madura' quando falava comigo e pelas minhas costas me xingava e me criticava dizendo que EU era talifã. O pior é que outra veio me encher pq dizia que eu odiava a Fernanda Vasconcellos. Disse mais de 10 vezes que adorava ela, mas dane-se, ela se fazia de cega. Quando falei que a Fernanda me seguia no Twitter a garota surtou e disse que a ALERTARIA sobre mim. Olha, é algo tão irritante que não há paciente que aguente. A minha durou até demais.

E tudo isso aí que vc falou eu sei perfeitamente como é e concordo. Era a mesma coisa em AVDG, a Ana ficar com o Lúcio era uma espécie de 'derrota' e isso despertava a ira dessa gente. Bjs

Lucas disse...

Boa noite Sérgio


Achei o comentário da Fernanda P. perfeito sobre o talifanismo de alguns torcedores. Tem uma parte da torcida da Malu que acredita que se o Bento ficar com a Amora no final, tudo que ela fez vai valer a pena. Essa parte da torcida somente foca nessa obsessão do referido casal. Eles esquecem que a Malu é uma personagem interessante por si só. Na verdade, a Malu ficou muito mais interessante quando se separou do Bento. A personagem está com diversas nuances e transbordando sua complexidade. É lamentável que esse torcedores não consigam ver além de um casal bonitinho. Bom isso sempre acontece em novela em que existe uma grande torcida formada por jovens, mas isso é extremamente irritante.

Sérgio Santos disse...

Janaína, entendo bem o seu comentário e acredite, compreendo todas suas argumentações. Aliás, esse desencanto aconteceu comigo em Ti ti ti, Cordel Encantado e Cheias de Charme. Comecei empolgadíssimo mas depois desanimei com as novelas do meio pro final.

Mas com Sangue Bom, apesar desses deslizes, isso não aconteceu. Talvez ainda aconteça, vai saber. Sobre o Érico concordo totalmente, erraram feio. A MAA não gosta da Amora mas ama a personagem, tanto que a defendeu quando lhe perguntaram sobre o ódio de parte do público em cima dela dizendo que mts estão acostumados com o maniqueísmo.

Acho que a redenção do Fabinho está sendo mt bem conduzida e a entrada da Simone foi mt benéfica pra Amora.

Sobre Bento, concordo. O personagem foi muito mal conduzido e ficou insuportável. Pobre do Pigossi.

A Malu sempre teve inveja da Amora então isso que está acontecendo não é forçado. Agora ela só está mais solta e expressando o que guardava.

Verônica tá chata mesmo, também concordo. Aliás, queria Palmira de volta. Mas enfim, continuo gostando da novela e sentirei falta quando acabar. bjsssss

Sérgio Santos disse...

Lucas, é verdade. E eu também acho que Malu ficou muito mais interessante depois que se separou dele. Aliás, foi a partir disso que a personagem começou a crescer e mostrou o quanto que poderia render boas cenas para a atriz. Ela e Bento formam um casal perfeitinho, corretinho, cansativo e entendiante. Sem ele do lado ela deixou suas frases feitas para trás e passou a ser ativa e a enfrentar seus problemas.

Sim, Sangue Bom conquistou os jovens mas afastou o público mais adulto. Basta analisar os comentários e o próprio perfil dos telespectadores da trama. abraços.

Thiciane Diniz. disse...

Mais uma vez, ótimo texto Sérgio, concordo demais e assino embaixo! Outro dia mesmo estava comentando com alguém sobre como a Andreia Horta entrou bem em Sangue Bom.

Palmas para a atriz que entrou com o bonde andando (e bem próximo da reta final), e conseguiu fazer uma caracterização maravilhosa de Simone, uma personagem com bastante bagagem, visto seu passado com Amora.

Além de tudo, entrou com a grande missão de fazer Amora finalmente lutar contra os fantasmas de seu passado, e conseguir superar seus traumas de infância, que parecem ter sido muitos.

Interessante notar que Amora sempre fala com muito sofrimento sobre o tempo que passou na rua, mas nunca conseguindo detalhar exatamente, o que só reforça para mim, que foram realmente coisas muito pesadas e ruins. Acho até que os autores deveriam ter trazido Simone antes para a trama.

Andreia Horta e Sophie Charlotte estão esbanjando sintonia em todas as cenas que contracenam. Adorei a entrevista da Andreia Horta em que ela fala que acredita na redenção da Amora, e que a matéria prima para a construção da sua personagem foi exatamente essa.

Já me emocionei demais com todas as cenas das duas, (incluindo a que Amora faz carinho na sobrinha), e com certeza ainda irei me emocionar muito mais, pois a descrição da cena em que Amora descobre que Simone está doente promete ser uma das cenas mais intensas e emocionantes da novela, e estou aguardando ansiosa.

Abraços, Sérgio.

Carlos disse...

Fiquei pensando geralmente quando levam um pé na bunda as mulheres ficam com raiva e querem se vingar mas na novela foi um homem que foi se vingar por ter levado um pé na bunda de uma mulher, Fabinho que achava que estava apaixonado por ela, e isso ele confessou a Giane na cena em que eles ficam olhando as estrelas, e quando levou o fora nao aguentou o toco e quis vingar-se

Sérgio Santos disse...

Thiciane, muito obrigado. A entrada da Andreia foi genial para a trama e para desnudar a complexidade de Amora. As duas estão protagonizando cenas maravilhosas e riquíssimas. Difícil não se emocionar. E com certeza a tendência é 'piorar', no bom sentido. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Carlos, eu não entendi nada do que vc escreveu.

Carlos disse...

as mulheres quando levam um toco algumas querem ate se vingar, algumas por causa do toco, e na novela foi um personagem masculino que resolveu se vingar por causa de um toco, no caso na Amora, porque ele achava que era apaixonado por ela, ele disse isso na cena em que eles olham pras estrelas, e por isso ficava aperriando a Amora depois

Fabio. disse...

A redenção da Amora é algo essencial para a história porque a novela gira em torno dela. Seria como vc tirar a protagonista e estagnar a narrativa.

Existem diversos simbolismos: a foto desbotada que a Amora tem, a sobrinha que é idêntica a ela, a compulsão por sapatos,etc. O que foi apresentado ao telespectador é simplesmente aquilo que a Amora construiu.A aparência. Uma pessoa que vive da imagem, é competitiva, se reinventa, cruza limites, e vai de um extremo a outro tanto pelo bem quanto pelo mal, mas sem dúvidas todas as atitudes dela tiveram repercussões positivas.

Ela incendiou a Toca do Saci, mas ela doou os sapatos (no início da novela, ela faz uma compra de 5/6 sapatos iguais no valor de R$15 mil- ela tem 600). Com certeza, recuperou o prejuízo. É o que se chama de arrependimento eficaz na linguagem jurídica.

A troca dos exames de DNA foi essencial pra regeneração do Fabinho e futura aceitação dele pelo Plínio que ainda o despreza.
Ela não deve pagar pelos erros das personagens que se regeraram.Seria ela ser punida pela impunidade alheia.

A dicotomia aparência x essência que a novela faz, a ética da Amora que as pessoas tanto discutem, a ambiguidade do seu caráter e tal, são o que a humaniza e a torna crível. Malu, Bento e Maurício são tidos como referenciais difíceis de se acreditar. São personagens-clichê. O Bento, por exemplo, tem uma casa montada com material reciclado sem acabamento. A bancada dele é uma placa de fachada de lanchonete. Ele tem um negócio bem sucedido e as economias de anos, ele doou pra toca do Saci e pra Malu, que já é rica e vive do dinheiro do pai. hahahahaha!

Enfim, acho que a personagem é bem original e inédita, e não vejo que a motivação de seus atos tenham a vingança ou a maldade pura e simples como motivação, o que normalmente se atribui a vilões. Aparência não é sinônimo de mentira e nesta reta final, os autores trouxeram novas personagens justamente pra desenrolar o sofrimento do passado da Amora e que ela renega pra que ela os enfrente e siga em frente.



Anônimo disse...

Eu só não quero que a Simone morra. Esse negócio de ela vir pro Brasil, quer que a Amora goste dos sobrinhos fica meio que preparando o publico pra que ela vai morrer. Gente, eu não quero isso, quero um final feliz entre a Amora e a irmã, elas vivendo o amor fraternal que sentem um pela outro felizes até o fim.
Alias, nada mais bonito que ver ad duas terminando juntas com um amor de irmãs será melhor do que qualquer casal terminado junto vivendo um grande amor.

Sérgio Santos disse...

Fabio, seu comentário é espetacular. Eu concordo com cada vírgula. Só discordo no caso da doação dos sapatos, porque nesse caso Amora se viu pressionada por uma armação da Malu. Mas de resto, concordo com absolutamente tudo. Parabéns por essa sua análise.

Sérgio Santos disse...

Agora entendi, Carlos. Não tinha entendido porque vc falou do Fabinho num texto sobre Simone e Amora.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, acho que é quase certo que ela morra. Até porque ela quis voltar justamente pra 'deixar' os filhos com Amora. Também preferia as duas bem no final, mas imagino que a cena será linda e forte.

Fabio. disse...

Obrigado, Sérgio, da mesma forma que eu não tiro nem ponho nada a mais do que o que você escreveu. Eu achei seus comentários inteligentes por você ler a novela, não só a assiste.

Mas, aliado ao que o Carlos disse, a todas as opiniões a respeito, eu entendo que existe um machismo em torno do julgamento da Amora. Fabinho se regenera e sofre com "preconceito", mas a Amora vai levar na cara da Giane, Malu e Bento, vai ser humilhada na TV e ainda querem que ela seja presa. São crimes que se tornam "justiça".Fabinho ganha até namorada e tem quem diga que só assiste ainda a novela por causa dele e da Giane.

Eu até acho que novela, por ser ficção, essas coisas são válidas, mas daí os autores virem com discurso de "não à impunidade, não tenho simpatia pela Amora, o final vai ser ambíguo" eu acho que é preguiça.

Quanto ao caso dos sapatos, não importam as circunstâncias que a levaram a fazer a "doação", porque isso é invalidado no contexto. Faz parte da novela a não aceitação dela na desconstrução. Ela está perdendo os sapatos, as roupas caras, está deixando de ser a Amora pra ser a Mayara, que é o nome que ela vai usar quando for vendedora de sapatos. É uma gradação.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Fábio. E realmente, confesso, nunca havia parado pra pensar nesse machismo. E há sentido nisso. O Fabinho fez tantas maldades quanto a Amora mas sua regeneração não sofreu nenhuma crítica, já a Amora não pode regenerar etc etc etc... Tudo bem que os autores também foram mais 'bonzinhos' na regeneração do Fabinho, mas ainda assim isso ica explícito. E é verdade, aos poucos, Amora tá voltando a ser Mayara. Abraços.