segunda-feira, 2 de setembro de 2013

"Super Chef Celebridades" encerra sua segunda edição e se firma como o grande trunfo do "Mais Você"

Após o bem-sucedido "Super Chef Celebridades" exibido em 2012, o "Mais Você" resolveu repetir a dose em 2013, exibindo sua segunda edição. E ao que parece o "Super Chef" de anônimos ---- formato adaptado do reality norte-americano "Top Chef" que estreou no programa em 2008 ---- foi aposentado de vez, em virtude da boa aceitação causada com a entrada de famosos.


A segunda edição, que durou três semanas e teve sua final exibida nessa segunda-feira (02/09), contou com a participação de Virna, Nando Cunha, Christine Fernandes, Sidney Sampaio, Monique Alfradique, Anderson Muller e Kayky Brito. Ao contrário do ano passado, os participantes dessa vez não tinham muita noção de cozinha e demonstraram a falta de intimidade com a culinária assim que a competição começou.

Porém, todos se dedicaram e ainda transbordaram simpatia. Como bem disse Ana Maria Braga, foi um grupo tão bacana quanto o anterior e o resultado pôde ser visto do primeiro ao último dia de disputa. O mais alegre foi sem dúvida Nando Cunha, que conquistou o público e mesmo cozinhando mal, conseguiu
sobreviver a todas as "Panelas de Pressão" ---- a versão do paredão do BBB. Porém, como na última fase não houve interferência popular e o candidato com a menor nota sairia, sobrou para ele. O que foi justo, afinal, o reality premia quem cozinha melhor e não quem é o mais 'legal'. Aliás, a segunda edição teve um resultado mais justo do que a primeira. Sidney Sampaio realmente mereceu ganhar o prêmio (recebeu 82% contra 18% de Anderson), pois se mostrou superior aos demais desde o início. Ao contrário da edição passada, quando Milena Toscano --- a melhor candidata de longe ---, perdeu para Max Fercondini.

A final do programa contou com a presença de todos os participantes e a produção fez questão de relembrar os melhores momentos. Houve ainda um divertido clipe musical, onde todos fizeram uma paródia do 'Show das Poderosas', da Anitta; e o último dia também teve direito a uma tensão no ar por causa de Nando Cunha, que se desentendeu com a chefe do juri, Ludmilla, e demonstrou não saber perder. Porém, apesar dessa pequena briga (presente em todo reality que se preze, diga-se), mais uma vez fecharam a edição do quadro com chave de ouro. E novamente, é bom destacar, a competição foi beneficiada pela presença da chefe Ludmilla Soeiro, que sempre faz ácidos comentários durante as avaliações e diverte através do seu sarcasmo. As provas também foram muito bem feitas e os workshops com os chefs renomados foram verdadeiras aulas para os 'alunos' e para o público.

O "Super Chef Celebridades" se transformou no grande trunfo do "Mais Você". Boninho, que já virou um verdadeiro especialista em reality, novamente se saiu muito bem na função de diretor e Ana Maria Braga ficou totalmente à vontade comandando algo que ela sempre dominou: os macetes da culinária. Que venha a terceira edição, em 2014, com mais 'famosos' que topem entrar nessa instrutiva e agradável competição. Se repetir o feito das duas edições já exibidas, o telespectador não terá do que reclamar.

25 comentários:

Barbie Californiana disse...

Não assisti, Sérgio, mas, pela sua descrição, achei interessante. beijinhos

Thallys Bruno Almeida disse...

Bem, Sérgio, vendo os vídeos deu pra perceber o quanto o Nando Cunha era a figuraça da segunda edição do reality. Resistiu à esmagadora maioria das "panelas de pressão", mas acabou sendo eliminado. Apesar do deslize da discussão, ficou marcado.

Lembro que ano passado a Milena Toscano reuniu uma torcida visível, grande mesmo, e àquela altura parecia certa a vitória dela. Até o Max vencer com uma porcentagem grande (72 a 28%), algo difícil de acreditar, mas com razões já imagináveis. Felizmente, a justiça foi feita dessa vez com a vitória do Sidney sobre o Anderson Muller.

E o mini reality ainda serviu pra turbinar o programa, que normalmente alterna altos e baixos. Abçs!

Van disse...

Oi Sergio

Particularmente eu preferia que o Super Chefe fosse com anônimos com experiência em gastronomia, acho bem menos enriquecedor e sem sentido, colocar gente que não sabe nem pegar em uma panela direito só porque são famosos.

É uma pena que o público brasileiro tenha essa atração por famosos, tudo fica vazio e se resume somente à fama, não se abre para aprender algo que não seja venerar celebridades.

Acho que a preferência do público pelo Nando Costa nem foi por ele ser engraçado, de cara ele já demonstrou não saber perder, não aceitava nenhuma crítica a seu prato sem perder a esportiva e ser ríspido em tom de brincadeira. Acho que quem o manteve lá foi o "Pescoço" ainda muito presente na cabeça do público. Ele teria ganhado, mesmo sendo o pior cozinheiro dali, se a estratégia não o limitasse. E, isto é muito chato de ver, queria ter visto gente que sabe cozinhar sendo obrigado a cozinhar melhor ainda e não público venerando gente que não tem o que passar. pelo menos foi justo e venceu o melhor, Sidney mereceu.

Qto à Chef Ludmila não acho que ela seja só ácida, acho que ela é prepotente e arrogante, desnecessárias as colocações agressivas dela para julgar um prato, fazia isto desmerecendo as pessoas e não só avaliando.

Enfim, eu queria muito ver de novo uma competição com gente que cozinha de verdade e não está ali pra ganhar mais público e mídia, mas pelo que você diz parece que não verei, né?

Beijos

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite
Sérgio
fui ver os vídeos antes, porque não tinha assistido, e concordo com vc, que Nando Cunha foi a grande atração desa segunda edição!Mas, percebe se que ele não tem muito talento nessa arte, e se a intenção do programa, era premiar o melhor "Chef" foi justo a vitória de S.Sampaio. A "chefa" do júri, me passou uma prepotência além da tela.Sei lá!Não gosto muito de julgar nada que vem da "tela", porque pode fazer parte do show.Faz parte!
Boninho é bom nisso,mesmo!
Obrigado pelo carinho
Bela semana
Abraços

Filha do Rei disse...

É divertido com famosos, mas não devem abandonar os anônimos. Bjs

Fernanda P disse...

Acho o Super Chef uma cópia muito mal feita do Top Chef. Poderia ser um quadro muito interessante se não fosse a inclusão da votação popular, que premia o coitadismo e outras coisas, menos o que realmente importa, o merecimento pelo desempenho da função que está em jogo, nesse caso, não tem nem como, já que o público não prova os pratos. Nando Cunha é um chato e se dependesse das suas "habilidades" culinárias jamais teria chegado ao terceiro lugar. Aliás, votação popular e "júri artístico" (?) também avacalham a Dança dos Famosos, outra cópia mal feita.

eder ribeiro disse...

Sérgio, esses reality com celebridades só servem para aumentar a audiência dos mesmos. E cá prá nós, a Ana é um porre...rss. Abçs.

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Ainda existem programas de TV que nos despertam interesse.

Obrigado pela visita.

Danizita L. disse...

Não deu pra ver o resultado final, (assisti só o começo do programa)mas fiquei feliz de saber que o Sidney ganhou,é evidente que ele era o melhor.Bem diferente do ano passado em que a Milena Toscano foi injustiçada, tanto é que a mesma foi convidada para fazer parte da mesa dos jurados, pra compensar.O Super Chef com anônimos era muito bom, mas também gosto desse, outro quadro que eu também gosto muito é o Jogo de Panelas, vejo esse como outro acerto do Mais Você.
Bjos Sérgio ;)

Rosa Branca disse...

Não assisti devido aos horários, já assisti uma vez com os anônimos e me prendeu a atenção, gostei muito, e eles tinham dicas incríveis, aprendia com eles, sei que estou julgando sem ver isso é horrivel, preferia que fosse com anonimos, e ainda mais com a experiencia que tinham...prefiro sempre programas com participações de anônimos, principalmente porque acho que o público merece participar mais, e especialmente, merece levar o prêmio que para os artistas é só uma brincadeira, para esses anônimos, faz a diferença...

(estava ausente e morrendo de saudades de tudo por aqui!)

Um abraço carinhoso

Paty Alves
Ágape Amor Verdadeiro
Patyiva
Vou Conseguir

Rita disse...

Bom dia Sergio é uma pena que não assisto, trabalho e não d atempo ver, mas pelo que senti deve ter sido bom

Bjuss com carinho
└──●► ¸.·*´¨) ¸.·*Rita!!

Rita disse...

Ah lembrando que dia 14 faço o sorteio de um livro de poesia do Daniel Costa, e vc está entre os 12 top comentarista Boa Sorte bjussss!

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, Barbie. bj

Sérgio Santos disse...

Gosto muito desse reality e fiz questão de acompanhar cada prova no site do programa. Valeu a pena. Foi bacana. A vitória do Sidney foi justa, ao contrário da do Max. Gostei do Nando no programa mas não gostei da reação dele ao perder. abçss

Sérgio Santos disse...

Oi Van. Eu adorei as edições com anônimos, mas gostei muito da dos famosos também. O Nando ia ganhar mesmo se não fosse a última prova onde só os jurados escolheram quem iria pra final. Sidney foi merecedor e sempre cozinhou melhor.

Olha, acredito que a edição com os famosos chegou pra ficar, mas não sei se desistirão de vez da edição com anônimos. Vamos esperar.

Eu amo a Ludmilla e me divirto com as avaliações dela. Acho que dá um toque a mais no programa. O Nando mostrou não ter espírito esportivo. bjsssss

Sérgio Santos disse...

Felis, a Ludimilla é um pouco arrogante sim, mas eu gosto muito dela. Ela também elogia quando o prato tá gostoso. O Nando foi hilário mas não cozinhava nada. Sidney era o melhor mesmo. Abraços!

Sérgio Santos disse...

Cléu, não sei se abandonaram de vez. só esperando. bjs

Sérgio Santos disse...

Fernanda, não é cópia porque (se não me engano), o Boninho comprou o formato, assim como o Faustão. Também acho que não deveria ter votação popular porque estraga, mas isso dá ibope, então... Apesar de tudo, a regra final fez valer um resultado justo e o Sidney ganhou. bjs

Sérgio Santos disse...

hahahaha Abraços, Eder!

Sérgio Santos disse...

Com certeza, Luis. abçs

Sérgio Santos disse...

Oi Danizita. A vitória foi justa mesmo, ao contrário da edição passada. E é mesmo, a Milena foi convidada pra ser jurada e o Max não. Isso só corrobora a injustiça.

O Jogo de Panelas também é um quadro muito interessante, concordo. bjssss

Sérgio Santos disse...

Oi Paty, obrigado pelo comentário. Saudades de vc. Bem-vinda de volta. bjs

Sérgio Santos disse...

Sem problemas, Rita. Obrigado pelo comentário. bjs

Patricia Galis disse...

Gosto muito deste quadro e foi ótimo mesmo acabamos aprendendo muitos truques.

Sérgio Santos disse...

Também gosto, Patrícia. É muito interessante. bj