terça-feira, 3 de setembro de 2013

Sérgio Guizé emociona e voo de João Gibão expõe capricho dos efeitos especiais de "Saramandaia"

A cena que só foi ao ar no último capítulo de "Saramandaia", em 1976, foi exibida bem antes do término do remake da trama de Dias Gomes: o voo de João Gibão (Sérgio Guizé). Os momentos antes da 'libertação' do personagem e a cena em si ---- exibidos na última sexta-feira (30/08) ---- valeram tanto pelo desempenho dos atores envolvidos quanto pelos efeitos especiais caprichados. Foram sequências de encher os olhos.


A sequência em que João mostra suas asas para Marcina foi maravilhosa. Sérgio Guizé e Chandelly Braz emocionaram na medida certa, evitaram qualquer tipo de pieguice, e ainda protagonizaram uma intensa cena de amor, quando o casal têm sua primeira transa, em uma floresta e diante um forte temporal. O resultado evidenciou o cuidado da direção e primou pelo bom gosto.

Já a cena em que João Gibão finalmente voa, após revelar seu maior segredo para Marcina e ter sua primeira noite de amor com ela, fez jus ao investimento na produção dos efeitos especiais. O que a transformação do Professor Aristóbulo (Gabriel Braga Nunes) tem de equivocada sempre que vai ao ar ---- os efeitos, apesar de
bem realizados, não conseguem escapar do grotesco, principalmente quando o ator corre, evidenciando a fantasia usada ----, o voo do filho de Leocádia (Renata Sorrah) teve de caprichado. Parecia mesmo que Sérgio Guizé tinha asas em suas costas e que estava planando pelos ares de "Saramandaia". Uma cena memorável com direito ao sucesso 'Pavão Misterioso' como trilha de fundo. Ainda tiveram uma ótima ideia em colocar Aristóbulo uivando para a lua enquanto João voava diante dela.

É uma pena que uma novela repleta de realismo fantástico só tenha começado a usar esse rico recurso justamente na reta final e não desde o primeiro capítulo. Ao deixar esse ponto alto da trama de Dias Gomes de lado e focar quase que exclusivamente em uma guerra de famílias que não saía do lugar e ainda soava ultrapassada, Ricardo Linhares deixou seu remake sem fôlego para prender o telespectador. O resultado foi uma natural queda de audiência, que deixou a obra com números muito inferiores aos obtidos por "O Astro" e "Gabriela" durante o mesmo período.

Porém, antes tarde do que nunca. Já que Cazuza (Marcos Palmeira) não coloca o coração pela boca, Vitória (Lilia Cabral) não derrete e Zico (Zé Mayer) raramente solta formigas pelo nariz no remake, que pelo menos João voe antes do último capítulo. O autor tem deixado a desejar na abordagem do realismo fantástico nesse personagens, mas acertou ao presentear o público com a ótima sequência do voo de João Gibão, quando finalmente o capricho dos efeitos especiais pôde ser observado.

Sérgio Guizé e Chandelly Braz são gratas revelações ---- ele pôde ser mais conhecido na série "Sessão de Terapia", do GNT, e ela foi lançada na série "Clandestinos" ---- e a escalação da dupla para viver o casal João Gibão e Marcina foi um acerto. A atriz emocionou no momento em que sua personagem viu as asas do amado pela primeira vez, enquanto que o ator, depois de também ter brilhado na cena da reconciliação, conseguiu transparecer toda a alegria que João sentiu na hora de seu libertador voo.

"Saramandaia" está longe de ser uma novela maravilhosa, entretanto, como já foi dito aqui, é inegável que os últimos capítulos têm demonstrado uma evolução na trama, ótimos efeitos e grandes atuações. A linda sequência da libertação do homem com asas é um exemplo disso.

27 comentários:

Bia Hain disse...

Oi, Sérgio, como vai?
Gostei muito desse ator que faz o João Gibão, e de sua evolução na novela...não assisto todos os dias mas sempre que vejo, gosto.
Também gosto do professor Aristóbulo mas concordo que suas transformações são grotescas.
Sinceramente, apesar de não ter empolgado o público, é uma novela da qual sentirei saudades. Um abraço!

Thallys Bruno Almeida disse...

Lindas cenas mesmo, Sérgio.

A criação gráfica dos efeitos de Gibão voando e a química intensa entre a Chandelly e o Guizé foram uma coisa linda de se ver. Essa cena se junta às outras que mencionei antes no artigo de Fernandona e Tarcisão como as melhores de toda a novela.

Pena que o que essa novela tenha de caprichada nos efeitos e no elenco, também tenha de esquecível na história. Não adianta nada ter um super elenco se ele é mal-aproveitado em tramas nada atraentes (mesmo mal da recente Amor Eterno Amor). Saramandaia demorou dois meses de três pra apresentar sequências realmente atrativas, como as mencionadas nos dois textos. E uma das poucas coisas que me atrai nessa reta final é o remake da explosão da Dona Redonda. Fora isso, talvez mais nada.

A essa altura do campeonato, as outras duas tramas das 23h continuam na frente em minha preferência, especialmente O Astro. Ainda assim, Sérgio Guizé e Chandelly Braz merecem o reconhecimento e que venham mais novos papeis pra eles. O público agradece pelo sangue novo em TV. Abç!

eder ribeiro disse...

Sérgio, tinha uma vaga lembrança da primeira edição, mas essa versão atualizado, eu desisti nos primeiros capítulos. Abçs.

eusim disse...

A próxima novela que será estragada com esses remakes toscos será tieta. Que decadência hein globo?

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Não estou acompanhando este remake. Assisti à primeira exibição da novela, mas não me senti motivada a ver esta versão.

Gostei de ler suas considerações.

Ótimo dia.

Abraço.

BIA disse...

Essa cena parece ter sido mesmo muito emocionante Sérgio. Os efeitos visuais também causam um impacto maior. Achei bacana a idéia de libertação do personagem.
Vou ver se vejo esta cena do voo na internet.

Bjs :)

Barbie Californiana disse...

Essa novela é muito boa mesmo, Sérgio, pena que nem sempre vejo, mas gostei de saber das novidades por você. beijinhos

Raquel disse...

Oi, Sérgio! Não assisto a essa novela, mas fiquei com a pulga na orelha quando li que ela já está em seus capítulos finais... Por acaso ela foi encurtada? O Astro e Gabriela pareceram ter durado muito mais...

Núbia disse...

Nunca assistir, ate tenho vontade + com filha pequena não dá rsss, quando termino meu expediente ja desmaio na cama rsss
Ja estou seguindo teu blog
http://www.jeitosimplesdeser.com.br/

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

As cenas foram lindas mesmo. Sérgio Guizé e Chandelly Braz têm química. Também gostei desta antecipação das sequências de realismo fantástico, o maior atrativo de Saramandaia. (Elvira)

Elisabete disse...

Simplesmente para lhe desejar uma boa tarde!

Celina Alves disse...

Uma pena que perdi esse capitulo, embora nem esteja acompanhando a novela, mas gostaria de ter visto, será que encontro a cena no YouTube?
BjoBjo;)
Celina Alves
Luxos e Luxos

Luma Rosa disse...

Oi, Sérgio!
Passando para ver as novidades, mas infelizmente não assisto a novela e não tem como dar meu pitaco. Vi no intervalo um moço criando asas e não entendi o contexto. Me fez lembrar as sagas mitológicas.
Beijus,

Sérgio Santos disse...

Oi Bia. Eu deixei de acompanhar esse remake diariamente justamente porque não me empolguei com ele. Porém, agora, na reta final tenho visto mais. Sérgio é ótimo mesmo. O efeitos do lobisomem ficaram grotescos. Foram os únicos que não fazem jus ao capricho da novela. bjs

Sérgio Santos disse...

Foram belas cenas, Thallys. Os atores convenceram. Mas a novela demorou muito para se desenvolver e explorar o realismo fantástico. Pena, não deixará saudades. Também acho que precisamos de rostos novos. abçs

Sérgio Santos disse...

Entendo, Eder. Eu também me decepcionei capítulos após a estreia. A novela não empolgou. abçs

Sérgio Santos disse...

"eusim", acho a ideia do remake de Tieta um grande equívoco.

Sérgio Santos disse...

Oi Vera. Não tá perdendo muita coisa. Não foi uma novela que conquistou o público. bjão

Sérgio Santos disse...

Veja sim, Bia. A cena foi linda e o ator emocionou. O conjunto foi muito bacana. bjs

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, Barbie. bjs

Sérgio Santos disse...

Olha, Raquel, não sei, mas vc tem razão. Realmente dá a impressão de que ela foi mais curta que as outras. Vou dar uma pesquisada. bjs

Sérgio Santos disse...

Olha, Núbia, sendo sincero, não tá perdendo muita coisa, não. bj

Sérgio Santos disse...

É verdade, Elvira. O casal emocionou e o voo foi muito bem feito. Pelo menos nesse ponto a produção da novela acertou. bjs

Sérgio Santos disse...

Boa noite, Elisabete.

Sérgio Santos disse...

Celina, tem no site da própria novela. Dá pra ver mesmo sem ser assinante. bjssss

Sérgio Santos disse...

Luma, realmente o remake é pouco visto. Foi considerado um fracasso de repercussão. bjs

Anônimo disse...

Na minha opinião a única parte que realmente prendia a atenção era a do casal mais "foguento" da tv!! João Gibão (Sérgio Guizé)e Marcina (Chandelly Braz) e também a parte em que Candinha (Fernanda Montenegro) e Tibério (Tarcísio Meira) ficaram juntos!! Como árvore!!