quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Joia Rara: o que esperar da próxima novela das seis?

Estreia na próxima segunda-feira (16/09), um novo projeto da elogiada dupla Duca Rachid e Thelma Guedes. As autoras, que foram colaboradoras de Walcyr Carrasco e que fizeram sucesso com todas as novelas que escreveram até então ---- "O Profeta", "Cama de Gato" e "Cordel Encantado" ----, encaram um novo desafio no horário das seis: fisgar o público e reerguer o ibope do horário que há tempos não alcança índices satisfatórios ---- curiosamente, a última trama que conseguiu bons índices foi "Cordel Encantado".


Dirigida por Ricardo Waddington e Amora Mautner, a bem-sucedida dupla que dirigiu o fenômeno "Avenida Brasil", a trama central conta a história de Pérola (Mel Maia), filha do milionário Franz (Bruno Gagliasso) e da operária Amélia (Bianca Bin), uma menina que é a possível reencarnação do líder espiritual budista Anada (Nelson Xavier). O sonho da garota será unir seus pais, separados em virtude das inúmeras armações dos vilões (Silvia - Nathalia Dill e Manfred - Carmo Dalla Vechia).

Pelo o que foi visto no clipe de nove minutos da novela e nas chamadas exibidas pela Globo, a trama tem tudo para ser mais um sucesso das autoras. Tendo sua história contada entre os anos 30 e 40, o folhetim apresenta um ótimo elenco e um figurino caprichado. Também ficou perceptível a preocupação
com a qualidade da fotografia. As imagens gravadas no Nepal e no Chile ficaram lindas. É tudo de muito bom gosto.

Um núcleo que também tem boas chances de agradar é o do Cabaré. O cenário, inclusive, está trancado a sete chaves, aumentando o mistério. Apesar de ter sido exibido muito pouco dessa trama, já deu para perceber que pelo menos Letícia Spiller e Mariana Ximenes irão encantar, não só pelo talento como também pela beleza.

Eu fui convidado pela Globo para visitar as cidades cenográficas no Projac e para participar de um bate-papo com o cenógrafo (João Irênio) e a produtora de arte (Ana Maria Magalhães) de "Joia Rara". Eles mostraram fotos de alguns cenários e ainda explicaram o trabalho que é fazer uma trama de época. Sem dúvida uma obra caprichada está a caminho. Ana também contou que escreveu uma rádio-novela que será acompanhada pelos personagens, mas fez questão de ressaltar que alguns produtores fizeram correções porque essa não é sua especialidade.

Nicette Bruno e Pedro Neschling participaram da conversa e falaram sobre seus papeis. Ele viverá Arlindinho que se envolverá com as dançarinas mas só se apaixonará pela 'gordinha', interpretada por Simone Gutierrez. Candinha, papel de Nicette, é um tipo que cairá facilmente nas graças do telespectador: é uma senhora rabugenta e que viverá implicando com o genro, vivido por Marcos Caruso. Perguntei para a simpática atriz se o papel tinha semelhança com a Ofélia, de "Alma Gêmea", fenômeno das 18h de Walcyr Carrasco. Ela disse que a única semelhança será mesmo essa implicância, uma vez que a mãe de Divina (Neusa Maria Faro) e sogra de Osvaldo (Fulvio Stefanini) era uma parasita e agora ela será mais ativa e participativa. Foi uma conversa muito agradável. ----- Tirei várias fotos do bate-papo e também da ida ao Projac. Estão na página do blog no Facebook. Se ainda não curtiu, aproveita e curta (https://www.facebook.com/DeOlhoNosDetalhes).

Além de todo o conjunto citado, outro ponto forte da obra é o grande vilão Ernest Hauser, suíço e viúvo, dono de uma joalheria e de uma poderosa fábrica de prata (Fundição Hauser), vivido por José de Abreu; que além das previsíveis maldades para prejudicar a relação do casal protagonista, terá o amor platônico de sua governanta, interpretada pela magistral Ana Lucia Torre, e ficará obcecado por um jovem mulher, papel de Carolina Dieckmann. Uma curiosidade interessante a respeito desse núcleo: segundo a produtora de arte, as autoras quiseram que o vilão fosse dono de uma fábrica de joias, mas depois de uma pesquisa, descobriram que não existia isso. Ou seja, precisaram repensar no produto produzido, que necessitaria ser algo que 'impusesse' uma espécie de poder. A prata foi a solução.

"Joia Rara" tem boas chances de emplacar como mais um sucesso de Duca Rachid e Thelma Guedes. Por tudo o que tem sido apresentado nas chamadas e as histórias levantadas, a nova novela ---- que terá grande parte da cidade cenográfica de "Lado a Lado" aproveitada para a obra ---- vai fazer bonito no horário das seis.

41 comentários:

✿ chica disse...

Pelo que vi das chamadas,maravilhosa! Pena que não posso ver nesse horário! abração,tudo de bom,chica

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Olá amigo, que bom estar te lendo novamente, eu penso que essa novela será muito boa, parte do elenco de Cordel Encantado juntos novamente tem tudo p dar certo, adoro novelas que contam histórias! Tem tudo p ser sucesso com certeza! Abraçossss

Bell disse...

Adorei, Cordel Encantado.
Essa nova novela promete.

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia
Sérgio
não sabia que tu visitou as cidades cenográficas da Globo. Nada melhor do que ter visto de perto o que virá por aí, da próxima novela,hein?
Resta aguardar para ver como será, Joia Rara.
Bela análise!Depois passarei para ver as fotos na fanpage!
Belo dia
Agradeço
Abraços

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sérgio, parabéns por ter sido convidado a visitar o Projac. Deve ter sido uma experiência e tanto.
Sobre "Joia Rara": achei as chamadas cinematográficas, mas, tirando a parte da "reencarnação do líder tibetano", considero a trama uma repetição de outras tantas, mesclando amor entre classes sociais opostas, vingança e ódio. Espero estar enganada. Achei prematuro repetir o quinteto de "Cordel Encantado": Bianca Bin, Bruno Gagliasso, Nathalia Dill, Carmo Dalla Vecchia e Domingos Montagner, apesar de gostar de todos, com exceção da Bianca. Mais uma vez, José de Abreu viverá um vilão. Mas será bom rever a graciosa e talentosa Mel Maia.

Paty Michele disse...

Mas vc está mto chique, fazendo entrevista na Globo!!!
Arrasou!
Olha, eu acho que a novela vai ser boa mesmo, vou ver se tenho tempo pra assistir, pq a dupla de autoras é mto competente.

Um bjão e sucesso!!!

A Viajante disse...

Que massa, Sérgio! Tô imaginando que será melhor que Flor do Caribe!!! A Globo precisa parar de apostar em novelas tropicais, com personagens tão comuns... Grazi que vá cuidar do marido fofo e do casamento... risos.. beijão!

Anônimo disse...

Perfeito artigo, Sergio

Ops, desculpe, peguei o habito de um puxa-saco que sempre comenta aqui. E o que esperar da nova novelinha da globo? Não sei, pergunte a mãe Dinah!

Anônimo disse...

Se for do mesmo nível de Amor ao Lixo, FLOP do Caribe e Sangue ruim já podem esperar outra porcaria. Sergio, nunca vi uma foto sua, procurei você lá nas fotos do projac e não achei. Mata nossa curiosidade!

Danuza disse...

Parece mesmo que será uma ótima novela, Sérgio. Pelo menos melhor que Flor do Caribe. Que legal ter sido convidado a visitar o Projac, Parabéns!

Thallys Bruno Almeida disse...

Senhor anônimo, assim é fácil, né? Se esconder por trás de anonimato pra me chamar de puxa-saco sem se dar ao trabalho de ler metade do que opino... Oras, é cada uma que eu tenho que ver aqui...

Bem, vamo lá, Sérgio. Parabéns pela visita ao Projac, é o sonho de 9 entre 10 noveleiros do país (o 1 que sobra deve ser fã da Record, hahaha). E uma coisa que eu percebi nas fotos é que vc, aparentemente, viu mais coisa de Saramandaia, que por ter uma ambientação muito peculiar, seria mais adequada a ser feita quase toda dentro do Projac (uma vez que Sangue Bom e Amor à Vida são mais gravadas em São Paulo; e Flor do Caribe tem ambientação no litoral do Rio Grande do Norte). Bom saber sobre a Nicette Bruno e sua personagem - a partir da descrição eu já tô adorando, rs.

Como vc sabe, amei Cordel Encantado mesmo com seus defeitos (protagonista frouxo, mocinha irritante, profeta Miguézim prevendo sempre a mesma coisa da "flor do sertão", sequestros demais). Foi uma das novelas mais lindas que já assisti, top 10 entre as mais recentes e, por isso, considerei um tanto "exagero" dizer que JR seria infinitamente superior à antecessora, uma vez que pra mim Duca e Thelma estão sempre se superando. E isso que NINGUÉM apostava em Cordel na época em que a divulgação saiu. Quando a trama começou, a coisa mudou de figura. Joia leva vantagem por ter uma expectativa mais positiva.

As minhas impressões do clipe:
1 - Não achei Gagliasso tão ruim quanto em seus últimos papeis, mas quero MUITO gostar desse personagem dele.
2 - Bianca Bin de protagonista de novo delas? Não sei não... Não consigo gostar dessa menina, mas vai que surpreende...
3 - Mel Maia: se essa menina já mostrou um surpreendente talento em uma semana de novela, o que dirá numa novela inteira, rs. É pra mim o melhor ponto entre o trio protagonista.
4 - Carmo Dalla Vecchia e Nathalia Dill: têm grande chance de ofuscar os protagonistas. Carmo cresceu muito desde A Favorita e Nathalia é uma prova de que talento não depende de faixa de horário.
5 - Domingos Montagner e Carolina Dieckmann: ela, que nunca morri de amores, deixou um quadro positivo com sua Jéssica de Salve Jorge. Se ela seguir o bom desempenho que apresentou, aposto que esse par romântico vai agradar mais que o principal tbm. Montagner fez a escolha certa e tava merecendo muito após ser desperdiçado em Salve Jorge.
6 - O cenário do cabaré é belíssimo e não duvido esse ser o núcleo de maior sucesso da novela.
7 - Mariana Ximenes merece uma menção à parte. Seu primeiro trecho interpretando Fever, num figurino bem ousado pro horário, já me hipnotizou logo de cara.
8 - Nicette Bruno, Marcos Caruso, José de Abreu, Nelson Xavier (tava fazendo falta demais), Reginaldo Faria, Ana Lucia Torre (bom vê-la sendo valorizada não apenas pelo Walcyr)... é muita gente boa vindo.

Considerando-se a, com o perdão do termo, "enganação" que foi Flor do Caribe, minha expectativa pra Joia Rara é a melhor possível. Duca e Thelma se superam a cada trabalho e a dupla Amora-Waddington mais ainda. Aliás, há rumores de que Amora será promovida a diretora de núcleo (tomara). Que chegue logo a segunda-feira! Abçs!

eder ribeiro disse...

Sérgio, já me interessei pela novela só de ler a sua crônica, estarei acompanhando as primeiras semanas para ver se me empolga...rsss. Abçs. Irei na sua pagina no face agora. Até lá.

Mainy disse...

Excelente texto Sérgio. Minha expectativa para essa novela está altíssima, sou fã do trabalho de Duca e Thelma. Ricardo e Amora são impecáveis, pelas cenas mostradas já deu pra perceber que a direção está incrível. Confesso que o núcleo que mais me chamou atenção foi do cabaré, apesar de ter aparecido pouco, ver Mariana Ximenes atuando pra mim é sempre maravilhoso. Torcendo muito pelo sucesso. Não gostei muito do casal protagonista, mas enfim... QUE VENHA JOIA RARA!

Letícia disse...

boa noite meu caro Sérgio,

Obrigada pelo post de ontem, mas fiquei curiosa por e darei uma boa olhada em Joia Rara. Espero que as autoras mantenha a qualidade como na bela Cordel Encantado.

Legal que tenha tido a oportunidade de visitar o Projac, eu confesso que adoraria conhecer. A maneira como são feitas as novelas, as cidades cenográficas enfim, olhar tudo, perguntar muito (sou muito curiosa). Querer saber mesmo como é feito tudo.

Acredito que Joia Rara possa ser bem superior a Flor do Caribe, espero que a dupla de autoras tenham êxito na nova empreitada.

Um abraço Sérgio...
Achei muito legal que tenham aproveitado a cidade cenográfica de LAL em JR (primeiro é uma forma de economia, e depois é só fazer pequenas modificações e tudo fica novinho, afinal de contas não há muita diferença, apenas uns vintes anos que separam as histórias), agora fiquei mais curiosa ainda para assistir a novela. Vi as suas fotos e achei muito interessante. Por isso o Projac é conhecido como "a fábrica dos sonhos".

Milene Lima disse...

Eu já acho que vou gostar, fazendo uma ressalva à Bianca Bin, por quem não nutro a menor simpatia. Essa coisa dos diretores repetirem praticamente a mesma escalação é um troço meio chato, mas enfim.

Tomara que chegue logo segunda-feira.

Beijo.

Thairys Moreno disse...

Que chique Sérgio, ser convidado para o Projac, é o sonho de todo noveleiro! :)
Acho que essa novela promete, além do enredo e história envolvente, ainda tem um lado que me agrada bastante, o envolvimento na trama com a espiritualidade. Finalmente vamos dar adeus á Flor do Caribe, e que venha Jóia Rara!
Só acho uma pena novamente a Bianca Bin como protagonista, uma repetição desnecessária, chatinha e monótona, talvez lhe falte carisma. O Bruno Gagliasso tb não é essas coisas, já tô prevendo os vilões se sobressaindo sobre os mocinhos, adoro a Nathália e o Carmo.
Adorei a escalada do Nelson Xavier, tava fazendo falta.
Quanto a Mariana Ximenes nem se fala, ela sempre me encantou.
Ressalvas a parte, e sem mencionar todos pra não ficar cansativo, o elenco está maravilhoso, tem tudo pra ser um sucesso.
Beijos e ótimo final de semana.

BIA disse...

Oi Sérgio!!!

Esta novela parece que vai ser muito boa... no comercial que apareceu uma cena sobre o budismo já achei incrível...
Bom fim de semana!!!
Bjs :)

Sérgio Santos disse...

Parece boa mesmo, chica. bjs

Sérgio Santos disse...

Bom te ver de volta, Kellen! =) bjs

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sérgio Santos disse...

Promete mesmo, Bell. bjs

Sérgio Santos disse...

Foi uma experiência ótima, Felis! Me senti honrado com o convite e foi um dia ótimo. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Elvira. Foi uma experiência ótima mesmo. Me senti honrado.

Concordo com você, as tramas são todas repetitivas, mas não acho que isso irá prejudicar a novela. Posso até queimar minha língua depois, mas enfim... Aliás, até a reencarnação não será novidade, vide Alma Gêmea.

Sobre o elenco central repetido, eu concordo. Fica difícil não comparar com Cordel Encantado, ao ver Gagliasso, Bianca, Carmo e Dhill no mesmo núcleo. Ainda mais com Bianca e Nathalia vivendo rivais novamente.

Mas a história parece mt boa. Vamos ver. bjs

Sérgio Santos disse...

Não é pra tanto, Paty. rs Mas foi muito legal. É um mundo paralelo, digamos assim. Bjsssss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, eu não gostei de Flor do Caribe, mas sou fã de Sangue Bom e Amor à Vida. Tirei algumas fotos minhas também, claro, mas não postei. Mts reclamaram. Mas, quem sabe depois eu poste...

Sérgio Santos disse...

Ju, convenhamos, não precisa de muito pra ser melhor que Flor do Caribe, mas tem boas chances de agradar mesmo. bjs

Sérgio Santos disse...

Danuza, vc estava sumida. Bom te ver de volta. Obrigado. bjs

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Thallys. Eles permitiram que visitasse a cidade cenográfica de Joia Rara (a mesma de LAL), mas não permitiram fotos. Já a de Saramandaia permitiram fotografar à vontade. AAV e SB não foi possível porque estavam gravando cenas.

Cordel fez um merecido sucesso e eu gostei muito da novela, mas não a considero como uma das melhores que já vi justamente porque da metade pro final ficou repetitivo a situação do sequestro e por causa dos outros motivos que já citei várias vezes. Achei O Profeta e Cama de Gato, sim, impecáveis.

Também não gostei da Bin de protagonista, e se não fosse o Silvio de Abreu ela já estaria estigmatizada como a menininha pura das novelas.

Mas o contexto geral da novela parece muito atraente e acho que vem sucesso por aí, ainda que venha a enfrentar o horário de verão. abçs

Sérgio Santos disse...

Parece mesmo, Eder. rs abçssss

Sérgio Santos disse...

Oi Mainy, bom te ver aqui. Aliás, só a Mari Ximenes pra fazer isso. rsrs Brincadeira. Também acho que a trama será muito boa e a personagem da Mari promete. Vamos ver. bj

Sérgio Santos disse...

Olá minha cara Letícia. Que bom que gostou do 'presente'. E Joia Rara me despertou interesse logo de cara também. Parece promissora.

Foi muito bacana conhecer as cidades e um pouco da rotina dos envolvidos. É uma fábrica dos sonhos mesmo. E realmente foi uma boa ideia aproveitarem a cidade de LAL, aliás, poucas alterações foram feitas, vc vai ver quando estrear. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Oi Milene, parece boa mesmo. Mas concordo que essa repetição do núcleo central foi equivocada. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Oi Thairys. Foi uma ótima experiência e me senti privilegiado. Sim, finalmente acabou FdC e agora que venha JR.

Acho que poderiam ter escalado a Luiza Valdetaro como mocinha, que tb está na novela e também não sou lá muito fã do Gagliasso não. Mas enfim, vamos torcer para que não fique tão ruim.

Mas o elenco, de fato, é primoroso. bjssss

Sérgio Santos disse...

Esse tema deve render boas situações, Bia. bjsssss e bom fim de semana.

Laura A disse...

Acho que vai ser uma boa novela, só não gostei saber que novamente Tânia Khalill vai ser apaxionada pelo Domingos Montagner e ele vai ser apaxionado por Carolina Dieckman, de novo esa história da Tânia ficar atras de um homem que não ama ela? acho que ela merece algo melhor.. Já estou um pouco decepcionada, esperaba mais das escritoras.

Sérgio Santos disse...

Bem, Laura, eu não sabia disso. Mas vamos ver como elas desenvolverão isso. Bjsss

Filha do Rei disse...

Sérgio, também acho que esta novela vai nos surpreender e trazer grandes momentos para a tv.
Sempre gostei de novelas de época por saber que sempre existirá um cuidado maior, uma dedicação mais sensível e autêntica.

Sérgio Santos disse...

Cléu, e até agora tem surpreendido e muito. Os dois capítulos iniciais foram lindos. Bjssss

Anônimo disse...

Estou amando a novela! Linda, emocionante mas também real. Amo o casal protagonista. Acho que Bianca Bin e Bruno Gagliasso estão fazendo um ótimo trabalho!

Anônimo disse...

Mel Maia é antipática.Geytsa Garcia é bem melhor que ela.

Anônimo disse...

A mel maia nem é. tudo isso de atriz irritante e arrogante