quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Murilo Benício, Cláudia Abreu, Isabelle Drummond e Luís Miranda: quatro destaques de "Geração Brasil"

Entre os muitos problemas de "Geração Brasil", o elenco com certeza não está na categoria de equívocos. Pelo contrário, é um dos poucos acertos da trama de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira. Foram selecionados muitos atores talentosos, embora tenha havido um exagero na repetição do elenco de "Cheias de Charme". Ter 'panelinha' é natural, mas neste caso exageraram. Porém, o time é ótimo e há quatro nomes que se destacam no núcleo principal: Murilo Benício, Cláudia Abreu, Isabelle Drummond e Luís Miranda.


Embora a trama não tenha sido bem desenvolvida e os personagens tenham se perdido ao longo da novela, os quatro atores tem conseguido brilhar nas vezes que são exigidos e comprovam o quanto são talentosos. Jonas Marra, Pâmela Parker, Megan Lily e Dorothy Benson formam um ótimo quarteto e a Família Marra é muito bem defendida por eles. Os autores, inclusive, deveriam ter explorado bem mais todas as situações que cercam estes perfis em benefício dos intérpretes, o que lamentavelmente não aconteceu e nem vem acontecendo.

Após ter brilhado como o inesquecível Tufão, de "Avenida Brasil", e ter interpretado brilhantemente o empresário Jaime Favais, em "Amores Roubados", Murilo Benício se destaca vivendo um poderoso empresário que transborda ambiguidade.
O perfil, aliás, tinha tudo para ser um dos seus melhores papéis na carreira, mas só não foi por causa dos problemas na condução da novela, implicando nos personagens. Porém, o ator novamente mostra seu talento e tem conseguido se destacar, principalmente agora, que o mundo de Jonas começa a desmoronar.

Cláudia Abreu é uma das maiores atrizes do país e vê-la em uma novela é sempre um prazer. Pena que depois do sucesso de Chayene, em "Cheias de Charme", a atriz tenha sido escalada para viver uma personagem que prometia muito, mas que ficou meses perdida na história. Pâmela é uma típica perua fútil e tem um bom coração. Agora, que a personagem declarou guerra a Jonas, a atriz tem conseguido crescer mais em cena e mostrar do que é capaz. Ela, inclusive, é o ponto alto do atual momento da trama.

Vale destacar a ótima parceria feita com Isabelle Drummond. Pâmela e Megan parecem o espelho uma da outra e a cumplicidade entre elas é muito bonita. São duas patricinhas de diferentes gerações. Mas é impossível falar desta ótima dupla sem criticar a falta de cenas que evidenciem esta relação, proporcionando para as atrizes ótimas sequências. A junção das duas sempre implica em boas cenas e merecia bem mais ênfase.

Isabelle, aliás, é um dos jovens talentos que cresceram diante dos olhos do público. A atriz consegue brilhar em todos os trabalhos que faz e sua versatilidade é clara. Após ter dado um show vivendo a agressiva e retraída Giane, em "Sangue Bom", ela novamente faz bonito em cena, desta vez vivendo uma patricinha, totalmente diferente dos últimos tipos que já fez na televisão. Isabelle, inclusive, está reservada para "Sete Vidas", nova novela das seis da talentosa autora Lícia Manzo.

Já Luís Miranda encara sua primeira novela e diverte com sua Dorothy Benson. A milionária que trocou de sexo não poderia ser vivida por outro ator e sua escalação foi um baita acerto. A personagem fica cansativa quando está com o filho, Brian Benson (Lázaro Ramos), mas agrada quando está contracenando com os demais atores do núcleo Marra. E a aproximação dela com Barata (ótimo Leandro Hassum), embora a razão tenha sido uma bobagem, foi benéfica para ambos. A dupla funciona.

"Geração Brasil" segue equivocada e repleta de situações soltas e mal construídas, entretanto, Murilo Benício, Cláudia Abreu, Isabelle Drummond e Luís Miranda são quatro atores que têm conseguido um bom destaque, mesmo o roteiro não ajudando. Jonas Marra, Pâmela Parker, Megan Lily e Dorothy Benson são quatro personagens que estão sendo muito bem interpretados pelos seus intérpretes.

56 comentários:

Anônimo disse...

Novela ridícula com personagens ridículos. Os quatro fazem o que pode numa bobagem sem limites.

Anônimo disse...

Saudades de Além do Horizonte! Essa sim era boa. E o ibope dessa tá pior ainda. BEM FEITO!

Rafael disse...

Realmente panelinha é normal mas o que esses autores fizeram foi uma palhaçada. E se esqueceram da trama que nem tem e a que tem é péssima. Mas esses 4 aí são talentosos mesmo, independente dos personagens serem uma merda.

Livia disse...

Você, como sempre, sendo injusto e sempre puxando o saco de atrizes que você admira. Sim, elas podem até estar bem na novela, mas outros atores também estão, como por exemplo, Taís Araújo, Leandro Hassum, Renata Sorrah, Chandelly Braz, entre outros. Muda um pouco o disco e seja mais imparcial, por favor.

Raquel Mazon disse...

Coitado do Sérgio. Uma hora é atacado pelas talifãs da Isabele Drummond e depois é atacado pelas talifãs da Chandelly. Que vida a sua, amigo!

Anônimo disse...

Quando acaba essa novela ruim? Acho que já deu.

Anônimo disse...

Oi Zamenza! adorei seu texto!acho que você é sim imparcial. mas como ser humano tem direito a ter seus preferidos, nunca vai conseguir agradar a todos.
Realmente foi uma pena a novela ter ido pelo caminho que foi, sendo que tinha tudo pra ser um sucesso. mas agora é torcer pra que acabe logo porque sinceramente não vejo mais salvação pra novela. agora aos 45 do segundo tempo, quando a maioria do telespectador já se cansou! abraços!

Fernanda disse...

Sérgio, que decepção essa novela. O fracasso é merecido porque é uma produção totalmente equivocada. Concordo que os atores são os poucos destaques da novela sendo que os personagens não ajudam. O elenco é mt bem escalado mas exageraram na panela e muitos não tem chance de brilho. A Chandelly foi prejudicada com um perfil apático e o mesmo vale para Humberto Carrão. Aracy Balabanian sumiu e fora o André Gonçalves que pegou outra bomba. Que acabe logo essa novela.

Elaine disse...

Concordo com o texto elogiando os quatro e também com as críticas a novela que é uma porcaria mesmo. Nunca vi tanto erro junto. Como esses autores conseguiram autorização da Globo pra trabalharem sozinhos?

Caio disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Caio disse...

Escalação de atores e personagens ótimos, estariam de parabéns senão tivessem esquecido o crucial: o desenvolvimento da história =/


Anônimo disse...

Caramba, uma novela tétrica dessa e o autor do blog ainda assiste, se dá ao trabalho de escrever e tuitar sobre ela e ainda achar qualidades. É gostar muito da globo né minha gente? Ah proposito, será que se esses autores tiverem outra chance de escrever mais uma novela a chamada vai dizer "dos mesmos autores de geração brasil"??? KK
KKKKKKKKKK...

Cc disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
✿ chica disse...

Sergio, não assisto a novela, mas vim te deixar um abração e desejar tuuuuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom no fds! chica

Raquel disse...

Oi, Sérgio!

Adorei o capítulo em que a Pamela descobre a traiçao de Jonas e o seguinte em que ela enfrenta o todo-poderoso. Cacau deu um show e mostrou o que a americana tem! Na minha humilde opinião, foi o melhor capítulo em muito tempo de novela.

Adorei a sambada que ela deu no Jonas e na Verônica. Se tem alguém com todo o direito de rodar a baiana é ela.

Quanto aos outros, as tramas são fraquíssimas, mas fazem o que podem. Todos estão realmente muito bem e não têm culpa se seus personagens se perderam em tramas sem-graça. Mas a minha favorita desses 4 é a Pam.

Quanto aos reclamões de plantão, não ficou claro que o Sérgio falou desses 4 pq foi o ÚNICO núcleo em que todos os atores se destacaram? Thaís, Hassum e Chandelly fazem bons trabalhos, mas são pontuais em seus núcleos e geralmente não rendem grandes cenas com os seus coadjuvantes. Também não é culpa deles.

No mais, concordo com você nos destaques da novela. Mas é uma pena enorme tanto potencial sendo limitado dessa forma.

Bell disse...

Essa novela não conseguiu prender a minha atenção.
Qdo vi que o elenco séria o mesmo das empreguetes, me entusiasmei pq eu amava.
Mas não gostei.

Um lindo fds pra vc =)

Patricia Galis disse...

Quase não vejo mais somente algumas cenas, mas tem razão a noveça pode não ser lá essas coisas mas o elenco é demais e esses 4 merecem sim o destaque.

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Olá amigo, eu não tenho assistido com frequência talvez por isso não esteja por dentro dos equívocos, ms gosto dos atores e quando assisto consigo me distrair com as interpretações! Adoro a Cláudia Abreu e o Murilo então tá tudo certo rsrsr Abraçosss

Rita Sperchi disse...

Bons atores, mas quase nem assisto essa tbém não foi uma novela que me prendeu, achei estranha rsrsr
Serginho querido desejo um ótimo final de semana bjussss

Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

Renatinha disse...

O fanatismo é uma das piores coisas do ser humano, impede de enxergar um palmo a frente.
Lamentável esses comentários de talifãs...
A única coisa que eu ACRESCENTARIA seria o Leandro Hassum, mas o próprio texto o cita, então ótimo.
Duvido que as pessoas leem mais do que o título antes de sair cuspindo ignorância!

Sejamos justos: os outros atores estão sim apagados, muito em função dos péssimos papéis. Ninguém falou que eles não tem talento.

De resto, só posso dizer que os autores são masoquistas, já não bastasse as cenas repetitivas e clichês, agora só tem flashback.
Que novela RUIM, o que tinha bom ou que eles melhoraram, eles estragam de novo!

Gustavo Nogueira disse...

Oi Sérgio, concordo.Eles são ótimos mesmo e o bom elenco é um dos poucos pontos positivos dessa fraquíssima novela, mas isso fica pequeno diante de tantos erros.Prefiro um elenco regular com uma história ótima do que um elenco ótimo com uma história fraca e que decepcionou, como é o caso de Geração Brasil.Acrescento no seu texto, além desses atores, a Renata Sorrah, que tem uma boa atuação como sua ambiciosa Gláucia Beatriz(mesmo a personagem não valorizar muito o talento da atriz e circularem boatos de que não estaria satisfeita com essa personagem, mas mesmo assim acho esse papel o "menos pior" se comparado com a sua personagem em Páginas da Vida que nem lembro o nome e a médica Danielle Fraser de Fina Estampa).

Sérgio Santos disse...

Concordo, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Tb sinto falta de Além do Horizonte, anônimo, que soube corrigir seus erros e teve uma fase final excelente.

Sérgio Santos disse...

Perfeito, Rafael. Panela é natural e é até bom em vários casos, mas nessa novela houve um exagero absurdo.

Sérgio Santos disse...

Livia, vc nem deve ter lido o texto. E claro que tem outros atores que estão bem, aliás, 99% do elenco. Mas não podem ser colocados como destaques. Taís e Chandelly são ótimas mas as personagens delas foram prejudicadas e muito pelo roteiro equivocado. Os 4 que citei tb foram mas ainda conseguem um pouco de mais destaque.

Sérgio Santos disse...

Não é fácil, Raquel. bj

Sérgio Santos disse...

Acaba em novembro, anônimo. Tb acho que já deu.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, anônimo. Mas é lógico que tenho meus preferidos e sempre os elogio quando acho necessário. É
natural. E sou imparcial sempre que possível, mas tenho que expor meus gostos tb, afinal, isso é opinião. E a novela tinha tudo pra ser ótima, mas já é uma das mais vergonhosas do horário. Abçs

Sérgio Santos disse...

Perfeito, Fernanda. A novela foi uma decepção mesmo e merece esse baita fracasso. E se for citar todos os atores que foram prejudicados com personagens ruins, que nem foram desenvolvidos, ficaremos aqui até amanhã. Triste isso. bj

Sérgio Santos disse...

Elaine, eles precisam de um tempo ainda para dominarem uma novela. Mostraram em Cheias de Charme que conseguiam escrever uma ótima novela até a metade. Depois foi uma trama perdida. Agora nem o início acertaram.

Sérgio Santos disse...

Pois é, Caio.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, vc sabe se eu assisto sempre? Essa novela eu nem consigo ver um cap inteiro e há tempos que não vejo, mas pra escrever eu tenho que me informar, isso é o mínimo.

Sérgio Santos disse...

Bom fim de semana, Chica. bj

Sérgio Santos disse...

Oi Raquel! Olha, não vi essa cena da Pamela dando um escândalo, mas vi um trecho dela enfrentando Jonas. Cláudia está ótima mesmo.

Mas sinceramente? Não acho que Pamela tenha moral pra dar piti, não. Ela tb traiu Jonas com Herval, então eles estão quites sobre isso.

E sim, falei desses 4 pq eles estão no único núcleo que está tendo algum destaque, por pior que seja o desenvolvimento da trama. Beijão.

Sérgio Santos disse...

Essa novela não conquistou ninguém, Bell. Mt ruim. bj

Sérgio Santos disse...

Os 4 são ótimos, Patrícia.

Sérgio Santos disse...

Kellen, a novela é toda equivocada, uma pena. Bjsssss

Sérgio Santos disse...

É mt chata e mt ma desenvolvida, Rita. bjs e bom fim de semana.

Sérgio Santos disse...

Renatinha, obrigado. E coloquei o Leandro no texto tb pq ele merece, mas não é destaque pq o Barata perdeu toda a função que tinha. Aliás, não só ele, quase 80% do elenco. A novela é um conjunto de problemas e pena que o elenco seja a maior vítima disso tudo. bjs

Sérgio Santos disse...

Gustavo, a Renata faz o que pode com essa personagem que prometia muito e cumpriu pouco. A atriz, aliás, não tem dado sorte. Só tem ganhado personagem ruim. E Geração Brasil é péssima demais. abçssss

Milene Lima disse...

Ouvi dizer que a Renata Sorrah está dando piti nos bastidores por causa da personagem chata e fraca. Tem toda razão se isso for verdade, porque a Gláucia é a vilã mais inoperante da história.
Só eu acho o Ernesto e a Pâmela encantadores juntos?
A Manu é uma pessoa chata. Mocinhas podem não ser todo o tempo doçura, mas chatas todo o tempo também é demais.
Lamento se essa cortina sobre a verdadeira personalidade do Jonas, quando aberta, mostrá-lo vilão. Gosto dele e Verônica juntos, são divertidos.
Mas, é isso que vc disse. Uma novela que a gente se sentava contente pra assistir, agora eu fico torcendo pra entrar logo o horário político.
Rsrs... Exagerei, eu sei.

Beijo, Sérgio.

Anônimo disse...

Essa novela foi uma das mais deploráveis já feitas pela Globo.

Anônimo disse...

Sérgio é alvo de vários talifãs. Ainda tem aquele talifã insuportável da Fernanda Vasconcellos e haater da Sophie que enche o saco dele.

MARILENE disse...

Sergio, não a vejo com a mesma frequência, mas você está certíssimo. Os atores que mencionou são muito bons e se destacam. Mãe e filha, na trama, mostram uma cumplicidade louvável e as cenas me agradam. Pena que a novela não deslanchou como esperava. Bjs.

Maxxi disse...

Oi Sérgio,tenho estudado muito,por isso tenho acompanhado bem menos, o que não significa que não tenha acompanhado seu excelente blog...

Dessa vez irei discordar, em partes...

Murilo: Considero que está num dos piores papéis de sua carreira, bem verdade que a falta de uma história atraente ao personagem tem sido a maior causa, mas ao contrário dos demais, Murilo não está sabendo aproveitar o pouco que lhe é dado. Sua atuação me lembra a do Dalton Vigh (sempre péssimo!) na novela Salve Jorge.

Cláudia: Temos uma excelente atriz que está em pleno desperdício. Cláudia, como disse o Nilson Xavier mais parece uma "boneca falante" em cena, um personagem afetado que ela ainda luta fortemente (o que é louvável) para acertar o tom.

Isabelle: Essa sim esta excepcional, coerente, faltou apenas uma história que despertasse corações...

Luís Miranda: O mais claro exemplo de desperdício, temos uma boa personagem, um bom intérprete mas péssimos autores conduzindo essa história. A Dorothy, um perfil tão interessante, serve apenas de escada a personagens irrelevantes (~Brian~). Uma pena!

Enfim, agora estou preocupado com uma coisa: se a Globo já considera o índice de 30 pontos satisfatório para suas novelas das 8, qual o futuro das novelas? Taí um bom post: a perda de audiência.

Thallys Bruno Almeida disse...

Não bastasse Além do Horizonte com aquela premissa equivocadamente desenvolvida e uma reta final totalmente engana-trouxa se pautando em cenas de ação pra apresentar uma falsa agilidade que nunca, jamais existiu, agora em Geração Brasil os autores promovem uma reviravolta completamente estapafúrdia na trama principal e esquecem completamente do resto. Só deixaram praticamente a Cláudia Abreu brilhar, apesar dos outros três (e mais Tais Araújo e Leandro Hassum) tb estarem ótimos.

Sério, cansei de criar expectativa por novela. Apostei em Amor à Vida, quebrei a cara. Apostei em Geração, quebrei a cara. Apostei em Império, tô quase desistindo. Só resta esperar que Alto Astral seja boa porque desde Sangue Bom que não tem uma novela das 7 que preste.

Thallys Bruno Almeida disse...

Impressionante, eu nunca mais falei na Sophie mas os anônimos falam da Fernanda o tempo todo né, rsrsrs

Anônimo disse...

Vc fala da Sophie o tempo todo, Thallys! E seu ódio por ela é digno de um doente. E arrumou um jeitinho de falar de Amor à Vida? HAHAHAHA E ainda vestiu a carapuça de talifã da Fernanda Vasconcelos. Trouxa!

Sérgio Santos disse...

Milene, a Renata com certeza está insatisfeita porque essa personagem é uma porcaria, mas não acredito que ela tenha dado piti. Até pq a fonte não é confiável.

Manu era uma mocinha maravilhosa, mas foi transformada em uma passiva tonta. Que novela ruim, pra apontar os defeitos ficamos aqui até amanhã. Eu tb acho Pamela e Ernesto ótimos mas do jeito que tudo tá mal feito, pouco importa o que farão. bjssss

Sérgio Santos disse...

Olha, anônimo, concordo, é uma das piores novelas das sete já feitas.

Sérgio Santos disse...

Nem me fale, anônimo. Não é fácil.

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, Marilene. bjs

Sérgio Santos disse...

Maxxi, obrigado. Fico feliz que continue assíduo no blog, apesar das ocupações.

Sem problemas discordar. Entendo suas concepções e realmente Jonas é um péssimo personagem porque não foi bem desenvolvido, e o msm vale pra Pamela, enfim. Mas acho os atores mt bem. Só que estão com bombas nas mãos. Complicado.

A Globo aceitou 30 pontos como bons índices pra uma novela das nove? Olha, não vi isso em lugar nenhum e não acredito. Ela continua querendo acima dos 35 msm. Abçsssss

Sérgio Santos disse...

Olha, Thallys, se vc falou isso de "eta final engana-trouxa" pra me chamar de trouxa pq eu gostei dos últimos meses, lamento, mas suas ofensas não me atingem. Nem ofensas e nem essas provocações bobas, repletas de indiretas. Além do Horizonte perto de Geração Brasil é uma novela ótima porque soube corrigir seus erros e engrenou da metade pro final. Não são todos os autores que conseguem consertar uma produção que começa ruim. Mas a última novela excelente das sete foi Sangue Bom mesmo.

Sobre Império, vc tinha dito que era melhor que as últimas 3 juntas, mas na época eu deixei claro que vc tecia mil elogios nos primeiros meses de AAV (sim, pq não foram semanas de elogios seus, foram meses), e depois vc passou a odiá-la. Então não me surpreende essa sua declaração agora. Sobre Alto Astral, aposto sim na novela.

Thallys Bruno Almeida disse...

Quem disse que foi pra você? Eu hein... Ma achei fraca, pronto. Mais fácil assim?

Sérgio Santos disse...

Claro, Thallys. Sempre disse que achei a reta final da novela excelente. Aí vc escreve isso e diz que não foi pra mim. Não subestime minha inteligência. Mas se não foi pra mim, ótimo, pq respeito é bom e eu gosto.