sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Morte de Alan emociona, proporciona grandes cenas e promove uma ótima virada em "Malhação Sonhos"

A atual temporada de "Malhação" estreou de forma promissora e a boa impressão se manteve ao longo dos meses. A história escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm, dirigida por Luis Henrique Rios, consegue mesclar todos os bons elementos de uma produção de qualidade e a boa aceitação que a trama vem tendo é mais do que merecida. Após presentear o público com vários conflitos atrativos e muito romance, a novelinha passou a focar mais no suspense e sofreu uma grande virada no capítulo 95 (exibido na última segunda-feira - 24/11), que foi responsável por uma sucessão de ótimas cenas.


Todo o mistério em torno da volta de Alan (Diego Amaral), irmão de Duca (Arthur Aguiar) que todos acreditavam estar morto, começou a ser aprofundado, mergulhando a história central em um clima de tensão bastante ousado para o horário. O rapaz se fingiu de morto para reunir um dossiê contra Lobão (Marcelo Faria) e Heideguer (Odilon Wagner) e voltou com o intuito de denunciá-los. Os meandros desta trama foram sendo exibidos aos poucos até resultarem no ápice da adrenalina vista no capítulo da virada.

Após chantagear Nat (Maria Joana), ex de Alan, Heideguer consegue pistas do local onde Duca e o irmão iriam se encontrar. O vilão arma um plano para pegar os dois, mas Lobão acaba descobrindo a verdadeira identidade de Natália, sua então namorada ----- ao ver as mensagens que ela trocou com o neto de Dona Dalva (Iná de Carvalho) ----- e faz questão de também ir ao lugar do encontro para se vingar do rapaz.
O resultado de todo este imbróglio foi um conjunto de cenas muito bem realizadas e interpretadas.

A sequência em que Duca e Alan se reencontraram foi muito bonita, apesar de curta. Arthur Aguiar e Diego Amaral emocionaram na hora que os irmãos se abraçaram e o clima de tensão que permeou todos os momentos que antecederam o encontro foi temporariamente cessado. Mas logo depois o suspense voltou com a chegada dos capangas de Heideguer, que acabaram apanhando da dupla (que luta artes marciais).

Após escaparem, os dois seguem de moto pela estrada, mas acabam caindo na armadilha de Lobão, que os espreitava. Os pneus da moto de Alan acabam furando na tábua de pregos colocada pelo vilão, que ao constatar o êxito do plano, começa a perseguir os rapazes, que sofrem uma grave queda. Assim que vê Alan estirado no chão, o dono da Academia Khan acelera seu carro e atropela o irmão de Duca, que antes de ser atingido empurra o ex de Bianca (Bruna Hamu) para salvar sua vida. Foram cenas de tirar o fôlego.

A direção precisa de Luis Henrique Rios deixou todas estas sequências verossímeis e ainda driblou muito bem as limitações do horário, que impedem a exibição de situações mais fortes, como um atropelamento intencional. E todos os atores se dedicaram. Tanto Marcelo Faria, que mostrou a fúria de Lobão com competência, assim como Arthur Aguiar e Diego Amaral, que emocionaram em todos os momentos.

Aliás, Arthur brilhou no momento que a ambulância chega para socorrer Alan e o médico diz para Duca que ele não resistiu aos ferimentos. O ator soube mostrar com perfeição a dor do seu personagem pela perda do irmão. Vale destacar ainda a hora que o protagonista conta para Dona Dalva que seu outro neto havia morrido. Iná de Carvalho deu um show de atuação e o sofrimento daquela avó foi angustiante. Quem também merece elogios é Maria Joana, outro bom nome desta temporada. A atriz se destacou quando Nat se desesperou ao saber da morte do ex e enfrentou Heideguer.

E todos estes momentos fortes implicaram em mais uma leva de ótimas cenas, uma vez que a tensão continuou na hora do velório de Alan. A ida de Natália provocou a ira dos demais personagens ---- já que ninguém sabe que ela está sendo chantageada por Heideguer e nem que ele é um mau-caráter -----, que a expulsaram da cerimônia simbólica. É preciso aplaudir novamente Iná de Carvalho, que expôs perfeitamente a indignação de Dona Dalva.

É preciso, ainda, aplaudir a tocante sequência em que Sol (Jeniffer Nascimento) canta 'Amanhã', de Guilherme Arantes, enquanto são exibidas imagens de Duca jogando as cinzas de Alan no local onde os dois sempre se encontravam, ao mesmo tempo que é consolado por todos os amigos que acompanhavam a cerimônia. As cenas foram repletas de sensibilidade e emocionaram.

Agora, a trama começa a focar na complexidade dos personagens, como Cobra (Felipe Simas), Karina (Isabella Santoni) e Jade (Anaju Dorigon), que apresentam conflitos internos muito ricos. E enquanto esta nova situação é abordada, a história segue em torno do assassinato de Alan, cujo mistério interferirá cada vez mais nos núcleos paralelos.

"Malhação Sonhos" tem conseguido mesclar comédia, drama e suspense com muita competência e a virada vista recentemente, pouco antes do capítulo 100, movimentou ainda mais a história, que segue despertando atenção e merecendo muitos elogios, comprovando que é possível, sim, produzir uma novelinha adolescente com qualidade e bons conflitos.

53 comentários:

Vinícius disse...

Essa temporada devolveu o prazer de assistir Malhação. Não conhecia o trabalho desses autores mas estou fascinado. Eles são muito bons e acho essa Sonhos melhor que todas as novelas que estão no ar na Globo. Concordo com seu texto.

Anônimo disse...

Ótimo texto. Fiquei impressionada com a cena do atropelamento. E pena que não puderam mostrar o atropelamento por causa do horário, mas foi mt bem feito mesmo. O elenco também fez bonito e a virada veio antes do capítulo 100. Adorei!

Zilani Célia disse...

OI SÉRGIO!
NÃO ACOMPANHO MALHAÇÃO, MAS JÁ OUVI DIZER QUE ESTÁ MUITO BOA, SUPERANDO MUITAS DAS NOVELAS QUE A GLOBO TEM TRANSMITIDO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Meu nome é Tatiana e sou uma admiradora sua. Amo a forma como vc escreve e expoe suas opiniões. Adorei a crítica sobre essa semana movimentada da Malhação e você soube que marcou 26 pontos no RJ? O sucesso faz jus a qualidade que vem sendo apresentada. Tô amando! Beijinho.

Ana Carolina disse...

Sérgio, como sabe, sempre que posso vejo essa Malhação. Tá ótima mesmo e infelizmente só vi o capítulo de terça do atropelamento. Fiquei impressionada pela qualidade. Cheguei a me emocionar. Mas lendo seu texto, farei questão de ver o que perdi no GShow. E os casais tb tão ótimos, Duca com Bianca, Pedro e Karina, Jade e Cobra, aquele bailarino com a grávida... Tá tudo muito bom.

Anônimo disse...

Ótima crítica. Tá melhor que as novelas atuais da Globo que vem deixando muito a desejar. Não conhecia essa senhora que faz a Dalva mas já sou fã. E Arthur Aguiar emocionou quando Duca descobre que Alan tá morto. Odilon Wagner tá fazendo um vilão mt mais ameaçador que aquelas duas frouxas de Império.

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Não vejo Malhação Sonhos, como você já sabe, mas fiquei altamente envolvida com o seu relato. Pelo visto, muito suspense e emoções ocorrendo na trama. Tomara que ela siga envolvendo e agradando aos seus telespectadores.

Ótimo final de semana.

Abraço.

Martha disse...

Todas as cenas citadas por vc me tocaram e essa temporada foi a grata surpresa do ano pq ninguém dava muito mais por Malhação depois de tantos anos no ar. Mas essa história é muito gostosinha e um sucesso.

MARILENE disse...

Sergio, você tem feito ótimas alusões a
Malhação e confio em seus posicionamentos. Eu vou me inteirando dos fatos importantes, à medida que os comenta. Não assisto porque o horário não é oportuno para mim. Bjs.

Anônimo disse...

Estou viciada nessa Malhação e vc mais uma vez escreveu uma crítica impecável. Assino embaixo de cada parágrafo! Fora essa trama de suspense bem feita, ainda tem os casais que são um encanto: Duca e Bianca, Pedro e Karina, Cobra e Jade, Gael e Dandara... Ainda bem que vai até julho. Temos tempo pra aproveitar bastante.

Yasmin disse...

Ótimo texto. Todas essas cenas honraram as qualidades dessa tão bem feita temporada. Heideguer e Lobão estão muito mais vilões que os da novela das seis e das nove. A história te envolve e dá gosto de acompanhar. Tenho feito de tudo pra ver e não me arrependo.

Otávio disse...

O que eu gosto dessa temporada é a forma verídica com que a adolescência é tratada. E todos os conflitos são bons e movimentam a história. Essa morte do Alan foi surpreendente pra mim porque não costumo ler resumos pra saber o que irá acontecer. E gostei muito porque como vc mesmo disse deu um virada em toda a trama. Bom texto!

Ulisses disse...

Fico feliz que essa temporada esteja dando certo. Dá pra ver o empenho de todos. E também tenho gostado da volta dos personagens da Malhação Intensa em participações especiais. Seu texto tá muito bom e eu concordo que essa virada proporcionou ótimas cenas mesmo. Destaco o atropelamento em si e o velório quando a menina canta Amanhã. Bom ver também os pares românticos tão entrosados quanto Pedro e Karina, Duca e Bianca, Jade e Cobra, Sol e Wallace, Mari e Jefferson e tantos outros.

Anônimo disse...

Concordo com toda a crítica e estou ansiosa pela novela das sete da Rosane. Tem tudo pra ser ótima!

Alexia Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alexia Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alexia Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alexia Martins disse...

Concordo Sérgio.

Acredito que essa temporada de malhação tenha entrado para o hall das melhores temporadas da trama teen. Faz tempo que eu não vejo um público tão diversificado, acompanhando a novelinha. Até minha mãe, não muito fã de novelas, senta-se comigo para assistir. rs

Semana muito tensa essa. Cenas fortes, emocionantes, e repleta de ricos diálogos, mais atores brilhando em todos os núcleos. Fiquei bastante emocionada com a sequência da morte do Alan, sobretudo, com o sofrimento do Duca e da Dona Dalva ao perder pela "segunda" vez o ente querido. A direção arrasou na cena do carro dirigido por Lobão, Marcelo Farias, atropelando o Alan. Mal podíamos respirar diante de tanta angústia e tensão. Pobre dona Dalva! :’(

E para acabar de vez com o meu psicológico: a semana termina com a forte briga, e o inesperado rompimento do casal Cobra e Jade. Como assim produção, um casal tão bonito, tão intenso, separados. É isso mesmo? Não pode, eu não aceito! rsrs – Falando sério agora, espero que Cobrade consiga resolver seus problemas prontamente, pois com a doença da Lucrécia, a Jade precisará muito do Cobra ao seu lado, lhe dando amor, carinho, e apoio para superar essas dificuldades. No mais, que bom que malhação voltou a ter tramas mais adultas, com um enredo carismático e primoroso. Beijos e parabéns pela crítica Sérgio. Já virei frequentadora assídua do seu blog! ^^

Lulu on the Sky disse...

Sérgio,
não acompanho Malhação, por isso não tenho como opinar sobre esse episódio.
Bom fds.
Big beijos
Lulu on the Sky

Anônimo disse...

Malhação amadureceu muito com essa temporada e os atores estão superando todas as expectativas. Queria aproveitar esse comentário para sugerir que você relembre a novela"Anjo Mau" (o remake), beijos

Bia Hain disse...

Olá, Sérgio, como vai?
Embora não seja minha versão preferida de Malhação, concordo que a trama é diferente e complexa, fugindo de temas superficiais. Um abraço!

F Silva disse...

Algo a acrescentar...

Sérgio, confesso que fiquei um pouco desapontada quando li a sinopse de "Malhação Sonhos" a meses atrás. Desapontada com os seguintes pontos:

A temporada seria um musical. Isso não daria certo em uma novela.

A temporada teria um personagem "vlogger", o Wallace. De novo? Iria ficar chaaato.

Ruiva(Ana Rios) seria uma ativista. CRAU de novo?

Duas irmãs brigando pelo amor de um garoto. Lembre-se que na "Intensa" (2012), Lia e Ju, duas amigas quase irmãs, eram apaixonadas pelo Dinho. Aí eu pensei, mas de novo?

Mas em se tratando de Rosane e Glória, duas feras, elas perceberam que não ia dar certo e mudaram a sinopse e isso foi muito bom.

A ideia de uma novela-musical foi abandonada e ficou só com a banda de rock dos alunos da Ribalta a exemplo de outras temporadas. E também com um elenco muito talentoso cantando algumas canções, enriquecendo os capítulos. Genial! Gostei muito!

A trama do Wallace ia ficar parecendo um tipo de Orelha(David Lucas) e a de Ruiva com a trama que envolvia os meninos do CRAU liderados por Bruno (Rodrigo Simas), ambos da temporada de 2012. Isso foi genial em Malhação Intensa. Espertos, os autores deixaram essas ideias de lado e criaram o romance entre Walace e Sol e a Ruiva, sem função, coube a missão de ser a outra ponta do triângulo. É engraçado ver as crises de ciúmes da Sol.

Em relação ao triângulo central, o conflito entre Karina, Bianca e Duca não convenceu. A química e o carisma entre Pedro e Karina roubou a cena. E a trama e os conflitos individuais do personagem do ótimo Arthur Aguiar também, gerando ótimas sequências muito bem descritas por você Sérgio. Aliás, acho que um romance entre Duca e Nat (Maria Joana), seria muito mas interessante para o desenvolvimento da história. A personagem do Arthur merecia isso ao invés do romance insosso com a Bianca, que eu sei que você discorda, mas isso é só um "detalhe".

Bom é isso, acho que vem muita coisa boa por aí em Malhação Sonhos, vamos estar "de olho nos detalhes...

Um abraço...

juliana s disse...

Malhação sonhos está maravilhosa. A cena da morte do Alan foi bem feita mesmo. Essa semana foi triste, fiquei com pena da Dona Dalva, porque ela não pode rever o neto. Todos brilharam nas cenas principais. Essa novelinha adolescente conquistou várias idades. Minha mãe e meu pai não perdem. Com certeza essa é a melhor temporada dos últimos anos, e ainda tem muito tema pra ser abordado, que promete nos emocionar ainda mais. Bjssss

Ana Mack disse...

Não entendi o comentário do F Silva. Ora, Wallace segue sendo vlogger e a ruiva ativista. A novela nunca deixou de ser um musical e o interesse das duas irmãs pelo Duca aconteceu, só que também já estava previsto o Pedro para a Karina. Quanto a Duanca, concordo de forma distinta. A Bianca merece um interesse amoroso decente além do Duca, pois muitas vezes a perdem como dependente dele. E não, esse Henrique que arranjaram não está à altura dela, sendo cômico de tão fraco (lembra um certo Vitor motoqueiro).

Quanto ao texto do Sérgio, está excelente. Já disse no twitter e aqui repito: concordo com quase todas as suas opiniões acerca da temporada. Foi realmente um grande trabalho o que fizeram com o acidente contornando as limitações do horário. Já me preparava para mais uma cena mal feita de acidente, vide Intensa2 e Tititi, e me surpreenderam. Arthur mostrou a que veio, fazendo qualquer um se emocionar, gostando ou não do Duca. As cenas da "cerimônia" na Pedra do Índio ao som da linda voz da Jennifer Nascimento foram tocantes, como tantas cenas dramáticas dessa ótima temporada. Que ideia abençoada de mesclar dramaturgia com música nessa temporada! Um risco muito bem conduzido! Esses autores me têm de joelhos, e os teus comentários também. Parabéns!

-Spina-

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Vinicius!

Sérgio Santos disse...

Pois é, uma pena mesmo, anônimo, mas conseguiram driblar bem as limitações do horário.

Sérgio Santos disse...

Está mesmo, Zilani. bj

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, anônimo. Fico feliz. E sou sim, marcou impressionantes 26 pontos, audiência de novela das sete. Merece. bjs

Sérgio Santos disse...

Ana, espero que vc tenha conseguido ver tudo lá no Gshow pq vale a pena. Foram cenas mt bem feitas e os casais estão mt bons mesmo. bjs

Sérgio Santos disse...

Obrigado, anônimo. A Iná de Carvalho é uma grande atriz e merece mts elogios. Sua Dalva é cativante. E os vilões da temporada tão dando um banho em mt vilão por aí...

Sérgio Santos disse...

Sei sim, Vera. Sem problemas. Tenha uma ótima semana. bjs

Sérgio Santos disse...

Essa temporada merece todos os elogios possíveis, Martha.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Marilene. bjs

Sérgio Santos disse...

Verdade, anônimo, até julho tem mta trama pela frente e temos tempo de aproveitar essa fase tão agradável. Todos os casais que vc citou são ótimos.

Sérgio Santos disse...

Eu tb não me arrependo de ver essa temporada, Yasmin. Vale a pena mesmo conseguir um tempo pra ver pq está tudo mt bem produzido. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Valeu, Otávio. Essa morte do Alan foi ótima pra dar uma movimentada na trama e iniciar a virada pouco antes do capítulo 100. As cenas impressionaram e o elenco brilhou.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Ulisses. Tb acho mt justo que essa temporada esteja dando certo. A equipe merece. E essas participações especiais da Intensa foram ótimas sacadas dos autores. Mescla a fase passada ótima com essa atual que está boa demais. Ainda mata um pouco a saudade do público. abçs.

Sérgio Santos disse...

Tb estou, anônimo. A Rosane mereceu ter sua sinopse aprovada após o sucesso do filme Desenrola, da ótima Malhação Intensa e da excelente Malhação Sonhos, citando somente alguns dos seus trabalhos. Essa novela das sete dela tem tudo pra ser ótima.

Sérgio Santos disse...

Alexia, fico feliz que tenha gostado do blog e pode vir sempre. Gosto mt que venha.

Essa história é para todas as idades e a trama é mt bem conduzida, com um ótimo texto, boas atuações e personagens bem delineados. A cena da morte do Alan foi emocionante, assim como todos os seus desdobramentos. O sofrimento da Dalva e do Duca foi angustiante.

E o rompimento de Cobra e Jade foi forte e proporcionou mais uma leva de grandes sequências. Mas os casais têm que brigar mesmo pra movimentar a trama. Senão fica chato. rs bjs

Sérgio Santos disse...

Ok, Lulu.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, verei se escrevo sobre Anjo Mau.

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, Bia. bjão

Sérgio Santos disse...

F Silva, quase sempre as sinopses são mexidas. São raros os trabalhos que seguem a risca o que está ali. Na verdade, tudo não passa de um esqueleto pra apresentar a essência da trama.

E os autores conseguiram criar tudo diferente nessa temporada, ainda que Karina lembre Lia em alguns momentos, assim como Bianca lembra mt a Ju.

O envolvimento do Duca com Nat é bom pra movimentar a trama, mas realmente discordo de que ele com Bianca seja insosso. Pelo contrário, hj no capítulo 100 a química entre eles ficou evidente de novo.

A temporada é bem musical e está bem além da banda. Tanto que vários atores fazem lindas apresentações quase sempre. Hj mesmo, na passagem de tempo de 3 meses, vários cantaram e emocionaram. A temporada tá ótima. bjs

Sérgio Santos disse...

Juliana, seu pai e sua mãe gostam? Legal. E é pra todas as idades mesmo. As cenas em volta da morte do Alan mesclaram suspense com emoção e ficaram ótimas. A história está sendo mt bem construída. bjssss

Sérgio Santos disse...

Spina, que bom te ver aqui! Fico feliz. E a temporada não deixou de ser musical mesmo, pelo contrário, é musical demais. E tb acho que o interesse da Karina pelo Duca serviu pra movimentar inicialmente a história, mas fechou o ciclo para iniciar outras tramas.

A cena do atropelamento foi mt bem feita e fiquei impressionado como conseguiram driblar todas as limitações do horário com maestria. O velório do Alan foi tocante e a Sol cantando foi lindo. Bjs e obrigado pelo carinho!!!

Caroline Soares disse...

Acredito que essa temporada seja a melhor dos últimos anos, sei que de alguma maneira ainda é cedo pra falar isso, mas uma trama que não deixa NENHUM núcleo apagado, mesmo com alguns tendo mais cenas, a gente não consegue esquecer dos outros. Creio que todo o trabalho feito antes da temporada começar colaborou demais para o espetáculo que esta sendo. Já vi muitas temporadas, e confesso que antes dessa não tinha uma apenas como favorita, mas se essa continuar assim, tenho certeza que essa será. E ótima crítica, parabéns !

Sérgio Santos disse...

Caroline, mt obrigado. Tb acho essa uma das melhores e está mt bem produzida. Todos os atores são valorizados e o esquema de rodízio de tramas faz todos se destacarem. Realmente aquele trabalho feito com o elenco meses antes de estrear foi vital pra isso. Mt obrigado pelo elogio. bjs

Caroline Soares disse...

Nada ! Eu adoro suas críticas, de verdade. E gostaria de sugerir um texto sobre Cobra, Jade e Karina, pois eu acho que os intérpretes merecem e tenho certeza que daria um ótimo texto

Sérgio Santos disse...

Caroline, farei um texto sobre Cobra e Jade. Só não sei quando ainda. E provavelmente farei sobre Pedro e Karina tb, ou sobre ela com Bianca. Vamos ver. Beijão!

Anônimo disse...

É raro uma novela agora ter uma grande aceitação como esta Malhação está tendo. Não sei se estou enganado, mas uma vez li que os autores dessa atual temporada poderiam escrever uma novela das seis ou sete, alguém poderia me confirmar se essa notícia é verdadeira?

Sérgio Santos disse...

Anônimo, a informação procede sim. Rosane apresentou a sinopse de uma novela das sete e a Globo aprovou. Irá ao ar no segundo semestre de 2015. Ela merece.

Caroline Soares disse...

Sério que fará um sobre Cobra e Jade ?! Socorroooo ! Já quero esse texto logo, mas prefiro que seja daqui uma ou duas semanas, porque pelo o resumo de semana que vem terá bastante Cobrade. Mas de qualquer forma estou aguardando ansiosamente e estarei aqui comentando assim que sair esse texto. Bjs !

Sérgio Santos disse...

Falarei sim, Caroline. Só não sei quando ainda. Beijos! ;)