quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Merecida homenagem a Fernanda Montenegro foi o ponto alto do "Prêmio Extra" de 2014

A edição de 2014 do "Prêmio Extra" aconteceu nesta terça-feira (11/11), no Vivo Rio, local que já virou o ambiente oficial da premiação. O evento foi apresentado por Tiago Leifert e Fernanda Paes Leme e ocorreu sem maiores problemas, bem diferente do que aconteceu no ano passado --- cheio de problemas técnicos ----, quando Marieta Severo e Marco Nanini apresentaram. Tudo foi transmitido pelo site do jornal e o ponto alto da noite foi a justa homenagem a Fernanda Montenegro.


A maior atriz deste país foi homenageada através de belos depoimentos (quase declarações de amor e admiração) lidos por Edney Silvestre, Fernando Eiras, Nathalia Timberg e Artele Salles (recuperada de um câncer). Todos leram alguns trechos de frases da própria atriz e ainda a reverenciaram. Fernandona agradeceu a todos, falou do seu amor pelas artes cênicas e ainda pediu que Mauro Mendonça e Rosamaria Murtinho (também presentes no evento) subissem no palco e ficassem ao seu lado. Foi um momento emocionante.

Os homenageados de 2012 foram Glória Menezes e Tarcísio Meira, enquanto que Tony Ramos foi o agraciado em 2013. Em 2014, foi a vez da Fernanda Montenegro ser aplaudida pelos colegas de profissão e pelo público presente. A atriz ---- que brilhou neste ano na deliciosa série "Doce de Mãe" -----, inclusive, estará em "Rio Babilônia", nova novela das nove, e fará par com a extraordinária Nathalia Timberg, sua grande amiga.
Portanto, nada mais apropriado do que uma homenagem à atriz vencedora do Emmy Internacional.

Entre os premiados, como sempre costuma ocorrer, houve troféus justos e outros não. Assim como indicações merecidas e outras nem tanto. Na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante, ganhou Viviane Araújo pela Naná em "Império". A atriz foi realmente uma grata revelação nesta novela, no entanto, alguns de seus concorrentes mereciam mais, como Paula Barbosa, pela Gina em "Meu Pedacinho de Chão", e Jesuíta Barbosa pelos seus trabalhos em "Amores Roubados" e "O Rebu". Mas o momento que Viviane foi receber o troféu foi muito bonito e ela lembrou do pai falecido e de seu companheiro de cena Aílton Graça.

E Aílton foi outro agraciado da noite. Ele ganhou como Ator Coadjuvante pela sua Xana Summer, em "Império". Prêmio justo, pois o ator está ótimo na pele do cabeleireiro gente boa e amigo de todos, fazendo ainda uma perfeita dupla com Viviane Araújo. Ele mescla momentos cômicos e dramáticos com competência. É um dos acertos da novela.

Na categoria Atriz Coadjuvante ganhou Giovanna Antonelli, pela Clara, de "Em Família". A atriz conseguiu se destacar em uma novela fraca e mais uma vez mereceu elogios por sua atuação, entretanto, Cássia Kiss, uma de suas concorrentes, era bem mais merecedora pelo show que a atriz deu em "O Rebu", vivendo a complexa Gilda. Sua interpretação visceral impressionou.

Já Mel Maia mais uma vez faturou o troféu como Melhor Ator/Atriz Mirim, pela Pérola, em "Joia Rara". A menina é um talento e uma revelação maravilhosa de "Avenida Brasil", porém, JP Rufino (Nilson, de "Além do Horizonte"), Tomás Sampaio (Serelepe, de "Meu Pedacinho de Chão") e Giovanna Rispoli (Cláudia, de "Boogie Oogie") mereciam por conta de seus ótimos desempenhos nas respectivas novelas.

"Amores Roubados" ganhou como Melhor Série, honrando a imensa qualidade desta produção, genialmente escrita por George Moura e dirigida por José Luiz Villamarim, que também fizeram bonito na produção do impecável remake de "O Rebu", ao lado de Sérgio Goldenberg. Já na categoria Melhor Música de Novela faturou o troféu "Lucy in the sky with diamonds", do cantor Dan Torres, tema de abertura da novela "Império". A música é linda e sua vitória foi justa.

Fernanda Gentil foi a agraciada na categoria Personalidade do Esporte e seu triunfo foi muito merecido. A jornalista fez uma intensa cobertura da Copa do Mundo e foi considerada até a musa da competição. Um troféu que fez jus ao ótimo trabalho apresentado por ela.

A categoria de Melhor Apresentador há anos deixou de ser algo surpreendente no "Prêmio Extra" por causa das sucessivas vitórias de Luciano Huck. Porém, neste ano houve uma grata surpresa. Silvio Santos esteve entre os indicados (o que não havia acontecido nos anos anteriores) e Fernanda Lima ganhou como Melhor Apresentadora pelo seu maravilhoso trabalho no divertido "Amor & Sexo". Uma vitória incontestável de uma Fernanda que encontrou seu espaço nesta atração que fala sobre sexo de forma tão animada e despretensiosa.

Como Melhor Programa de Humor ganhou "Tapas & Beijos". Mas a atração já está desgastada e repetitiva, ou seja, a vitória mais justa seria do "Tá no Ar", humorístico que foi a grata surpresa do ano na Globo, conseguindo renovar o humor de forma criativa e ousada. "Tudo pela Audiência" e "Pé na Cova" também concorriam e caso algum deles vencesse seria tão merecido quanto o programa comandado por Marcelo Adnet e Marcius Melhem.

O "The Voice Brasil" ganhou na categoria Melhor Programa, mas como esta sua terceira temporada tem deixado a desejar, seria mais justo "Amor & Sexo" ter triunfado. Já as categorias Melhor Figurino e Melhor Maquiagem premiaram uma produção que não tinha como perder: "Meu Pedacinho de Chão". A novela, que foi transformada em fábula pelo diretor Luiz Fernando Carvalho, encantou o telespectador e as belíssimas vestimentas do elenco eram todas feitas de plástico e material reciclado. E na questão da maquiagem, vale lembrar as bochechas rosadas de todos os personagens na época que o inverno chegou na história. Dois troféus que honraram a qualidade desta obra.

Na categoria Melhor Atriz, quem ganhou foi a grande Lilia Cabral. Um prêmio merecido pelo seu ótimo trabalho em "Império", interpretando a controversa Maria Marta. Drica Moraes, Isis Valverde, Bruna Marquezine, Júlia Lemmertz e Juliana Paes concorreram com ela. No entanto, terem ignorado o trabalho primoroso de Patrícia Pillar e Sophie Charlotte em "O Rebu" foi lamentável. Ao menos indicadas elas mereciam ter sido.

Já na categoria Melhor Ator, Alexandre Nero faturou pelo seu brilhante trabalho como o comendador José Alfredo em "Império". Troféu mais do que justo, embora Irandhir Santos merecesse muito pelo seu profundo trabalho como o cativante Zelão, em "Meu Pedacinho de Chão". Cauã Reymond, Chay Suede, Humberto Martins e Osmar Prado concorreram com eles. Porém, não terem indicado Tony Ramos pela sua grandiosa atuação em "O Rebu", na pele do ambicioso Braga, foi um absurdo.

E "Império" venceu na categoria Melhor Novela. A trama de Aguinaldo Silva não tem cumprido o que prometeu nas primeiras semanas e está longe de ser uma produção ótima, mas não é uma novela ruim. Entretanto, a melhor novela de 2014 foi "O Rebu", de longe. Elenco primoroso, trilha de ótima qualidade, trama instigante, personagens repletos de complexidades, texto bem escrito, fotografia de encher os olhos e direção precisa. Mas como não foi uma obra popular, dificilmente ganhará algum troféu. Uma pena.

Embora nem todos tenham ficado satisfeitos com os premiados, o que é normal, o "Prêmio Extra" de 2014, assim como em 2013, foi um belo evento e a homenagem feita a Fernanda Montenegro foi o grande acerto desta edição. Em breve, novas premiações virão. Resta aguardá-las.





Todos os premiados:

Revelação: Viviane Araújo ---- Concorrentes: Dani Barros ("Império"), Igor Angerlkorte ("Além do Horizonte"), Jesuíta Barbosa ("Amores Roubados"), Nando Rodrigues ("Em Família") e Paula Barbosa ("Meu Pedacinho de Chão").

Série: "Amores Roubados" ---- Concorrentes: "A Teia", "Doce de Mãe", "Dupla Identidade", "Milagres de Jesus" e "O Caçador".

Ator/Atriz mirim: Mel Maia ---- Concorrentes: Gabriel Palhares ("Geração Brasil"), "Giovanna Rispoli ("Boogie Oogie"), JP Rufino ("Além do Horizonte"), Júlia Gomes ("Chiquititas") e "Tomás Sampaio ("Meu Pedacinho de Chão").

Programa: "The Voice Brasil" ---- Concorrentes: "Altas Horas", "Amor & Sexo", "Esquenta!", "Música Boa Ao Vivo" e "The Noite".

Maquiagem: "Meu Pedacinho de Chão" ---- Concorrentes: "Joia Rara", "Milagres de Jesus", "Pânico na Band", "Tá no ar: a TV na TV" e "Zorra Total".

Figurino: "Meu Pedacinho de Chão" ---- Concorrentes: "Joia Rara", "Geração Brasil", "Boogie Oogie", "Milagres de Jesus" e "O Rebu".

Programa de Humor: "Tapas & Beijos" ---- Concorrentes: "Pé na Cova", "Tá no ar: a TV na TV", "Tudo pela Audiência", "Vai que cola" e "Zorra Total".

Personalidade do Esporte: Fernanda Gentil ---- Concorrentes: Alex Escobar, Denílson, Flávio Canto, Galvão Bueno e Tiago Leifert.

Música de Novela: "Lucy in the sky with diamonds" (Dan Torres - "Império") ---- Concorrentes: "Zen" (Anitta - "Além do Horizonte"), "Dona" (Alex Cohen - "Império"), "Além do Horizonte" (Erasmo Carlos - "Além do Horizonte"), "País do Futebol" (MC Guimê - "Geração Brasil") e "Só vejo você" (Tânia Mara - "Em Família").

Apresentador: Fernanda Lima ---- Concorrentes: Luciano Huck ("Caldeirão do Huck"), Silvio Santos ("Programa Silvio Santos"), Fátima Bernardes ("Encontro"), Regina Casé ("Esquenta!") e Danilo Gentili ("The Noite").

Atriz Coadjuvante: Giovanna Antonelli ---- Concorrentes: Cássia Kiss ("O Rebu"), Deborah Secco ("Boogie Oogie"), Dira Paes ("Amores Roubados"), Marina Ruy Barbosa ("Império") e Vanessa Gerbelli ("Em Família").

Ator Coadjuvante: Aílton Graça ---- Concorrentes: José Mayer ("Império"), Luís Miranda ("Geração Brasil"), Marcello Melo Jr. ("Em Família"), Paulo Vilhena ("Império") e Rodrigo Pandolfo (Geração Brasil").

Atriz: Lília Cabral ---- Concorrentes: Drica Moraes ("Império"), Bruna Marquezine ("Em Família"), Isis Valverde ("Boogie Oogie"), Júlia Lemmertz ("Em Família") e Juliana Paes ("Meu Pedacinho de Chão").

Ator: Alexandre Nero ---- Concorrentes: Cauã Reymond ("Amores Roubados"), Chay Suede ("Império"), Humberto Martins ("Em Família"), Irandhir Santos ("Meu Pedacinho de Chão") e Osmar Prado ("Meu Pedacinho de Chão").

Novela: "Império" ---- Concorrentes: "O Rebu", "Meu Pedacinho de Chão","Em Família", "Joia Rara" e "Boogie Oogie".

52 comentários:

Melina disse...

Sérgio, querido, me inteirei do prêmio através da sua completa postagem com direito a pitacos sobre os vencedores. Concordo com tudo, pra variar. Saudades das premiações de 2013 que consagraram a nossa Amor à Vida. ME eu achei um absurdo O Rebu ter sido deixada tanto de lado. Mas como vc mesmo colocou, não foi algo popular então não será valorizada como merece. Sangue Bom também foi injustiçada nas indicações do ano passado. A diferença é que tínhamos um sucesso merecido ganhando tudo ao contrário de agora. Um beijo.

Anônimo disse...

Só Meu Pedacinho de Chão merecia o prêmio e a Fernanda Lima. O resto foi triste. Uma injustiça maior que a outra. E Giovana Antonelli derrotar Cássia Kiss? ORA, ME POUPE!

Ana Carolina disse...

Pensei que vc não fosse escrever dessa vez sobre essa premiação, Sérgio. Mas que bom que escreveu pq gosto de ser suas posições. E estou de acordo com todas. O Rebu foi a melhor novela de 2014 e não há contestação, portanto, merecia o prêmio assim como as indicações. Como ignoraram Tony Ramos, Patrícia Pillar e Sophie Charlotte???? Eu daria todos os prêmios de 2014 para Meu Pedacinho de Chão (pela qualidade estética) e O Rebu (por tudo). Bj

Tainá disse...

Boas colocações. Só discordo sobre a justiça da premiação ao Alex Nero pq o Irandhir merecia infinitamente mais que ele. Mas de resto concordo com tudo, principalmente sobre O Rebu e Meu Pedacinho de Chão, que deixam todas as novelas desse ano no chinelo.

Anônimo disse...

Como tu mesmo disse, O Rebu não será valorizada como merece e isso acaba acontecendo com todas as novelas das onze. Parece que não valoriza seu próprio produto. A diferença é que dessa vez a trama das 23h deu um banho de qualidade das novelas anteriores do horário e as demais também. Mas concordo com o texto e as opiniões dos colegas acima.

Anônimo disse...

Ainda lembro da Giovana Antoneli derrotando a Irene Ravache no prêmio de 2010 sendo que ela vivia aquela personagem horrível em Viver a Vida e a Irene deu show em Passione. Essas talifãs dela estragam qlq premiação.

Raquel Mazon disse...

Sérgio, estou de acordo com tudo o que foi bem escrito por vc. A homenagem para a Fernanda foi linda mas senti falta de um pouco mais de emoção. E o áudio falhou várias vezes, prejudicando a compreensão. Mas depois de homenagear Tony Ramos, nada melhor do que Fernandona. Torcia pra Doce de Mãe ganhar como série pq Amores Roubados já ganhou muitas vezes. Mas também torci muito por O Rebu e lamentei as ausências de Patrícia Pillar, Tony Ramos, Vera Holtz, Sophie Charlotte e tantos outros que abrilhantaram aquela novela. Mas ao menos Meu Pedacinho de Chão ganhou dois troféus. E Ailton, Alexandre e Lilia mereceram. O resto foi injusto msm.

Arthur Brandão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Arthur Brandão disse...

Realmente, não ter indicado Sophie Charlotte e Patrícia Pilar para o prêmio foi totalmente injusto, de modo que era perceptível a entrega das mesmas em seus respectivos papéis, dando um show de interpretação. Decepcionante. Também acho que VAI QUE COLA deveria ter ganhado como melhor programa de humor, já que foi e é o melhor humorístico desse ano, sem sombra de dúvidas. Abraços Sérgio!

Liveware Lu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Liveware Lu disse...

O Prêmio Extra deste ano foi, seguramente, o mais inusitado de todos, fica a impressão de que somente atores de novela das 9 podem ganhar, nem mesmo a presença da consagrada Fernanda Montenegro me animou visto que ela merecia estar em uma premiação mais digna do que esta. Pelo pouco que vi parecia um festival humorístico.
Irandhir Santos e Osmar Prado foram seguramente os melhores apesar de Alexandre Nero estar bem. Eu achei que Isis Valverde ou Juliana Paes fossem levar o prêmio, o papel de Juliana foi seguramente o mais difícil do ano e a atriz deu um show, trabalhou a personagem nos mínimos detalhes, não errou em nenhuma cena, depois das injustas criticas por Gabriela ela merecia ter ganhado o prêmio por sua personagem Catarina mas infelizmente só valorizaram o horário nobre. Cássia Kiss foi a única atriz de O Rebu a concorrer, mas novamente só valorizaram a novela das 9. Ailton Graça esta bem no papel e creio eu que foi o único vencedor consistente, mas senti falta de Julio Andrade nessa indicação. Viviane Araújo ganhar de Jesuíta Barbosa e Paula Barbosa foi seguramente a maior piada do ano, Viviane esta bem no papel mas achei um exagero sua premiação, Paula deu um show como Gina enquanto que Jesuíta mostrou ser um dos mais promissores atores da TV e do cinema. Só o fato de vários atores de O Rebu terem ficado de fora nas indicações já mostra a fragilidade desse prêmio que esta longe de ter alguma credibilidade.
Fico imaginando que Fina Estampa e Salve Jorge também ganhariam vários prêmios caso estivessem nas mesmas circunstâncias de Império.
Enfim, uma coisa é certa, não sentirei saudades nenhuma da novela Império e de seus personagens, até hoje sinto nostalgia de O Rebu e Meu Pedacinho de Chão, espero que os próximos prêmios sejam mais consistentes senão vou pensar que a TV afundou de vez.
Muito obrigada Sérgio por dar-nos a oportunidade de comentar sobre as premiações, que ultimamente estão muito injustas.

Lucas disse...

Olá, Sérgio

O Grande problema desses prêmios de voto popular e que nem sempre os melhores produtos e artistas são premiados. Na minha humilde opinião, Império é o pior produto no ar. Muito chata essa novela. Malhação, Boogie Oogie e Alto Astral dão de mil a zero nessa novela terrível. No entanto, Império conquistou a maioria dos prêmios ontem. Não dá para engolir isso! Os únicos prêmios que realmente valem são o Emmy e o Trofeu Imprensa. Esses sim dão valor ao talento e aos melhores produtos. Abrçs.

✿ chica disse...

Fernanda merece todas as homenagens e premiações! É maravilhosa! abraços, lindo fds! chica

Anônimo disse...

Em premiações de voto popular há alguns vencedores bizarros e absurdos. O Rebu realmente foi a melhor novela de 2014, mas passou batido pra maioria do público. Não teve apelo popular, apesar da história excelente. Mas não acho Império essa porcaria toda que andam falando. A novela tem muitos defeitos, mas é a melhor novela das 21:00 pós- Avenida Brasil. O melhor de tudo é que Em família foi ignorada.

Anônimo disse...

Tenho que concordar que o prêmio foi muito decepcionante em todos os sentidos, os únicos prêmios que realmente premiam os talentosos são o APCA, EMMY e o TROFÉU IMPRENSA (este último também anda mal por permitir que Caio Castro concorra mas pelo menos quem decide são os jurados e não essa rapaziada). Basta lembrar-nos que, no ano passado, o APCA premiou a talentosíssima Bianca Comparato, coisa que jamais ocorreria nesses votos populares.
Império é uma novela que esta no mesmo nível de outras novelas anteriores consideradas um fracasso (Salve Jorge, Fina Estampa), até mesmo Amor a Vida tinha muito mais a oferecer do que esta. Fina Estampa também salvou o horário de sua antecessora (a novela cravava médias de 40 pontos para cima todos os dias) e mesmo assim a novela foi considerada fraca, por isso mesmo não entendo por que fazem tanta festa em torno de Império, vai entender.
Se Salve Jorge ou qualquer outra novela fracassada viesse no lugar de Em Família seguramente seria considerada um sucesso como bem mencionou um internauta.
E outra coisa, não se deve acreditar em tudo o que as revistas falam, vi uma nota da VEJA dizendo que Império era a melhor novela desde Avenida Brasil, o que é totalmente incoerente, a única novela a chegar perto de Avenida foi Amor a Vida (apesar de também ter tido seus baixos). Sem mais.

Anônimo disse...

Um dos absurdos foi a Gio Antonelli ter ganhado. A atriz é ótima, mas a Clara foi uma personagem horrorosa. Com uma trama patética e mal construída. A Gio já interpretou personagens melhores.

Andressa Mattos M. disse...

Sérgio, não tinha acompanhado o prêmio mas já fui bem informada pela sua completa postagem. E concordo com a Melina e com as suas colocações também. Gosto pessoal como o próprio nome diz é pessoal, mas O Rebu foi mesmo a melhor novela de 2014 e não há embasamento para colocar outra em seu lugar. O nível de qualidade dela humilha todas as demais, ainda que Meu Pedacinho de Chão tenha tido muitas qualidades também. Mas o roteiro dessa era cansativo e monotemático.Tb não entendi a Giovanna ter ganhado pq aquela Clara foi uma das piores personagens dela na carreira. Mas a Fernanda merecia mesmo a homenagem. Beijo.

Felisberto Junior disse...

Olá,Boa noite,Sérgio
também,só me inteirei totalmente dos premiados lendo aqui sua bela postagem, mas, confesso que quando vi o nome do Silvio Santos como indicado , ele seria escolhido, até como uma justa homenagem, como foi com a Fernanda Montenegro.
O Rebu, também,me pareceu ser a merecedora como melhor telenovela.
Engraçado,eu até já acho q The Voice está mais competitivo e divertido esse ano do que nos anteriores.
Enfim...parabéns à todos os premiados
Belo final de semana,abraços!

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Fernanda Montenegro merece todas as homenagens, pelo talento e dignidade.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Quanto às premiações, concordei com a metade delas.

Anônimo disse...

Fernanda Montenegro é maravilhosa e gosto muito dela mas chega a ser cansativo vê-la sendo homenageada todos os anos, já devo ter perdido a conta do número de vezes em que foi homenageada somente nesses 3 anos últimos anos, ano que vem será a mesma coisa. Existem outros atores de sua idade que também merecem todos os elogios mas não recebem a mesma atenção infelizmente. Laura Cardoso, Beatriz Segall (não foi valorizada pela Globo e no momento se encontra dando classes de atuação), Nathalia Timberg, Eva Wilma e Aracy Balabanian são alguns exemplos.
Com relação aos atores homens parecem que só existem Tony Ramos ou Antonio Fagundes (ambos maravilhosos também), sendo que existem outros que também merecem todos os elogios.
Enfim, gosto muito dos atores veteranos mas infelizmente nem todos são lembrados pela Globo.

Clau disse...

Oi Sérgio,
Estas premiações agradam a uns, e desagradam a outros.
Não concordo com a maioria dos vencedores.
Mas fiquei surpresa em saber que Fernanda Lima, ganhou como
melhor apresentadora.
Ela não é ruim não, mas eu daria o prêmio ao Danilo Gentili,
ou novamente que ganhasse o Huck...
Linda e justa homenagem a Fernanda Montenegro, isso eu adorei!
Bjs \o/

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Estou me inteirando agora acerca do resultado dessa premiação. Excelente sua postagem. Sua análise foi perfeita e detalhista.A homenagem à Fernanda Montenegro é mais do que justa, pois é uma atriz fantástica e de um talento imensurável. Em eventos da espécie é comum que haja algumas premiações e indicações com as quais discordamos. Ailton está mesmo ótimo como Xana e mereceu ganhar como ator coadjuvante.Também acho que Fernanda Lima brilha como apresentadora em 'Amor & Sexo'. Outra premiação justa foi a da atriz Lília Cabral, que dá show de interpretação em todos os seus trabalhos e está muito bem como Maria Clara. Também justa, a meu ver, a premiação de Alexandre Nero, que, conforme já comentei aqui, está ótimo como o Comendador José Alfredo. Gosto da novela 'Império', mas não a considero com gabarito suficiente para ser considerada como melhor novela do ano.
Parabéns pelo ótimo trabalho, Sérgio.

Beijo.

MARILENE disse...

Sergio, você fez uma análise perfeita da premiação. Nem sempre os indicados, por mais méritos que possuam, são aqueles que gostaríamos de ver recebendo o prêmio. Quanto à Fernanda, não há o que discutir. Existe consenso, pois é maravilhosa e só tem qualidades para serem evidenciadas ao longo de sua tão bem sucedida carreira. Bjs.

Uma Interessante Vida disse...

Gosto de vir ao seu blog, pois fico por dentro de tudo já que não tenho tempo de ver tv... Fernanda ganhou merecida mesmo. bjs

Sérgio Santos disse...

Saudades mesmo, Melina. E todos os prêmios foram merecidos. E era um sucesso mesmo.O Rebu ter sido ignorada foi lamentável e é verdade, Sangue Bom merecia mais indicações do que teve. bjs

Sérgio Santos disse...

Amo a Giovanna, mas ela não merecia msm derrotar a Cássia, anônimo.

Sérgio Santos disse...

De pleno acordo, Ana. Tb daria todos os prêmios pra Meu Pedacinho de Chão e O Rebu. Elas mereceram demais. Eu nem ia escrever, mas acabei escrevendo pq me pediram. bjs

Sérgio Santos disse...

Tainá, tb acho que o Irandhir merecia pq seu trabalho como o Zelão foi impecável. Pena que a novela não foi popular e será difícil algum ator/atriz ganhar. O msm vale pra O Rebu.

Sérgio Santos disse...

Exato, anônimo. O Rebu foi a melhor novela das onze até agora e a melhor novela do ano. Pena que não será valorizada nas premiações.

Sérgio Santos disse...

Nossa, eu tb lembro disso, anônimo. Fiquei indignado na época. Irene Ravache merecia demais e a Giovanna não foi bem com aquela Dora que era uma péssima e inexpressiva personagem. Ela mereceu tudo que ganhou pela Helo de Salve Jorge, mas não mereceu pela Clara no lugar da Cássia pela Gilda.

Sérgio Santos disse...

Raquel, eu achei a homenagem emocionante, mas teve uns problemas de áudio msm. E tb lamento mt essas ausências. bjs

Sérgio Santos disse...

Arthur, foi muito injusto. Patrícia e Sophie foram maravilhosas e mereciam ao menos a indicação. abçssss

Sérgio Santos disse...

Liveware Lu, eu que agradeço a sua presença aqui, assim como seus ótimos comentários. O Rebu foi a melhor novela do ano de longe e Meu Pedacinho encantou o horário das seis. Foram duas produções maravilhosas e que não serão valorizadas como merecem. Tb acho que Viviane, apesar de ter sido uma boa revelação, não merecia ganhar de Paula e Jesuíta.

Não achei as críticas feitas a Juliana em Gabriela injustas pq realmente achei ela mt mal na personagem que parecia uma idiota, ao invés de sensual. Mas como Catarina ela deu um show e merecia msm o prêmio. Mas Lilia Cabral tb está dando show. Só achei absurdo ignorarem Patrícia Pillar e Sophie Charlotte.

E Cássia Kiss tinha que ter ganhado. Ainda bem que ela nem foi ao prêmio. Irandhir deu um show de Zelão e tb torcia por ele, embora ache Nero ótimo. Enfim... Beijos!

Sérgio Santos disse...

Lucas, até mesmo o Emmy e o Troféu Imprensa tem falhas. Veja que Caminho das Indias ganhou o Emmy (exclusivamente pela estética) e várias indicações do TI são bem questionáveis. Mas esse Prêmio Extra de 2014 teve muitas controvérsias. abçs

Sérgio Santos disse...

É maravilhosa msm, Chica. bjs

Sérgio Santos disse...

É verdade, anônimo, O Rebu foi excelente mas ão teve apelo popular. Era uma novela refinada. Eu não acho Império péssima, mas tb passa longe de ser ótima. A considero regular. Mas acho que das novelas pós-Av Brasil, Amor à Vida dá um banho, tanto no quesito sucesso, quanto em elenco, personagens e trama.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, estou de pleno acordo com seu comentário e só discordo quanto o Troféu Imprensa pq acho o esquema de votação mt injusto, selecionando apenas cinco jurados pra premiar, msm tendo mais de 10 presentes. O método está ultrapassado e há indicações e vencedores questionáveis tb, vide sua boa lembrança do Caio Castro.

Sim, depois de AV Br, a única novela que chegou perto tanto em audiência quanto em popularidade foi Amor à Vida. Contra fatos não há argumentos. Odiei Fina Estampa mas fez sucesso na época, é fato. Teve até mais ibope que AvBr.

Império tá na categoria mediana e a média geral da novela até agora é de 31 pontos, índice bem ruim, principalmente se comparada com a média geral de AAV, com mais de 35. Enfim...

Sérgio Santos disse...

Giovanna é ótima msm, mas a personagem foi porcamente construída e ela já teve perfis muito melhor que esse. Esse, aliás, está na lista de seus piores papéis.

Sérgio Santos disse...

Andressa, concordo com todo o seu comentário. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Felis, sem dúvida Silvio tb merecia o prêmio de melhor apresentador. Mas Fernanda tb merecia. E só do Luciano Huck ter perdido já valeu. O Rebu foi a melhor novela msm. abç

Sérgio Santos disse...

Gostaria de saber com qual metade, Elvira. rs bjsss

Sérgio Santos disse...

Ah, Felis, acho que o The Voice este ano está com muitos candidatos fracos. Achei a edição cansativa esse ano.

Sérgio Santos disse...

Entendo o seu desabafo, anônimo, e concordo que muitos veteranos tb merecem ser homenageados e lembrados, mas nunca é demais consagrar a Fernandona. abçs

Sérgio Santos disse...

Jura que vc queria que o Huck ganhasse de novo, Clau? Ah, eu queria msm a Fernanda ou o Silvio. Obrigado pelo comentário. bjão

Sérgio Santos disse...

Muito obrigado, Vera. E é verdade, as premiações sempre provocarão discordâncias pq gosto é gosto e cada um tem a sua preferência, mas algumas injustiças ficam mt evidentes. E concordo com seu comentário. bjssss

Sérgio Santos disse...

Valeu, Marilene. E a Fernanda é praticamente uma unanimidade mesmo. Uma de nossas mais respeitadas atrizes. bjs

Sérgio Santos disse...

Que bom, Barbie. =) bjs

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Paula Barbosa merecia ter ganho, Luís Miranda também. Patrícia Pillar deveria ter sido incluída na relação.

Sérgio Santos disse...

Concordo plenamente, Elvira.

BIA disse...

Fernanda Montenegro sempre arrasa! Grande atriz mesmo! Boa semana Sérgio! :)

Bjs

Sérgio Santos disse...

Ela é ótima, Bia. bjs