terça-feira, 25 de novembro de 2014

Totalmente entregue, Marjorie Estiano expõe o seu já conhecido talento em "Eu que amo tanto"

Após se destacar na primeira fase de "Império", interpretando magnificamente a então diabólica Cora, Marjorie Estiano voltou a brilhar em mais um trabalho na televisão. No terceiro episódio de "Eu que amo tanto", série do Fantástico, a atriz esbanjou o seu já conhecido talento na pele da destemperada Angélica, uma oficial do Corpo de Bombeiros que larga o marido e os dois filhos para viver uma relação homossexual.


Na história, a personagem tinha um casamento estável, morno e cômodo. Ao largar tudo para mergulhar em uma relação com uma outra mulher, Angélica se arrisca e ao mesmo tempo teme perder a sua nova parceira, no caso Cristiane, uma motorista de ônibus interpretada por Paula Burlamaqui. E é este temor que faz surgir um ciúme doentio e incontrolável, que deixa a protagonista completamente descompensada e agressiva.

A trama foi muito bem elaborada e a entrega de Marjorie Estiano impressionou. Todas as cenas de briga foram brilhantemente interpretadas por ela, que se doou por completo. Logo no início do episódio, já houve uma cena da personagem surtando no supermercado.
A fúria de Angélica foi muito bem exposta pela atriz, assim como a obsessão que aquela mulher passou a ter pela companheira. Foram sequências fortes e intensas.

A doença da protagonista se inicia a partir do ciúme pela ex-mulher de Cristiane. A oficial do Corpo de Bombeiros passa a viver em função da namorada e fica completamente cega de amor. Ela, inclusive, começa a ouvir vozes e a ter surtos histéricos. Um descontrole total. As cenas exigiram muito da Marjorie, que correspondeu à altura.

As cenas mais quentes, protagonizadas por ela e Paula Burlamaqui, foram bem ousadas e as atrizes esbanjaram química. Não houve nada de explícito, mas o conjunto evidenciou um clima de elevada excitação, o que mostrou uma coragem da direção (de Amora Mautner e Joana Jabace) e também das intérpretes, que se entregaram na sequência.

E em nenhum momento a homossexualidade foi colocada em questão. Todo o envolvimento da mulher, até então heterossexual, com uma pessoa do mesmo sexo foi tratado com naturalidade. O foco da trama era o ciúme doentio e não o relacionamento gay, o que foi um diferencial da história.

Infelizmente, o curto tempo de duração da série impede que o telespectador continue acompanhando o grande desempenho do elenco e o desenvolvimento da história. Portanto, assim como ocorreu com os demais episódios, os quase 10 minutos de trama foram insuficientes para contar uma história tão bem escrita, dirigida e interpretada.

Mas apesar do tempo corrido, assim como ocorreu com Mariana Ximenes e Susana Vieira, Marjorie brilhou absoluta no terceiro episódio da série e novamente mostrou porque é considerada a melhor atriz da sua geração. Angélica foi mais uma personagem que contou com o privilégio de ter sido interpretada por uma profissional que já emprestou o seu corpo, a sua voz e o seu talento para Natasha, Maria Paula, Manuela, Laura, Bibiana e tantas outras mulheres que cresceram em cena graças a Marjorie Estiano.

54 comentários:

Smareis disse...


Oi Sérgio!

Ela se entregou totalmente no papel da personagem Angélica. O foco da trama era aquele ciúme doentio que havia naquele relacionamento.

Marjorie Estiano é só talento, além de atriz ainda é cantora. Todo o trabalho que ela faz sempre se sai muito bem. Achei que a história foi bem elaborada e uma excelente interpretação da Marjorie Estiano. Gosto muito das atuações dela nas novelas.

Deixo um abraço Sérgio!
Ótima semana!

Anônimo disse...

Marjorie é mesmo a melhor atriz da geração dela e é um orgulho vê-la brilhar. Adorei o texto e quero aproveitar pra te desejar parabéns, Sérgio, e muitas felicidades. Que vc continue sendo essa pessoa maravilhosa e inteligente que vc é. Um beijo.

Thamires

Tainá disse...

Como eu amo ver a Marjorie brilhando. Vi o episódio na internet e fiquei impactada pela atuação dela. Como essa menina é boa. E ainda canta que é uma beleza.

Quércia N. disse...

Depois de me emocionar com a Manu, Laura e Bibiana, e aplaudi-la como Cora, Marjorie me deixou impressionada com sua atuação nessa série. Não que eu já não soubesse do seu talento, mas ela sempre consegue me surpreender. Angélica foi divinamente interpretada por ela que se entregou de corpo e alma. Quando a veremos de volta na telinha, Sérgio? E é seu aniversário hoje? Parabéns!

Anônimo disse...

Concordo com toda a crítica! Essa atriz é um espetáculo e sua entrega aos personagens é sempre admirável. Uma atriz de verdade que ainda tem talento vocal.

Andressa Mattos M. disse...

Sérgio, a Marjorie é mesmo a melhor atriz da sua geração e ela é a prova viva como Malhação é um produto importante. Ela revela talentos como dessa profissional. Não tenho paciência pra ver essa série no Fantástico e acabo vendo mesmo só pela internet. Mas como eu já disse aqui, esperava mais da série. Só que nada disso interfere no talento das atrizes. Mariana foi muito bem e Susana teve uma atuação que me surpreendeu. Agora com a Marjorie o show foi repetido. Ela atuou de forma visceral e fez de todas as cenas um acontecimento. Torcendo para vê-la o mais rápido possível numa novela. De preferência boa, né, o que não tem sido muito fácil. Beijo e parabéns!

Raíssa disse...

Eu amo a Marjorie e o episódio dela foi o melhor. Depois vem o da Susana com um final forte e o da Mariana. Adorei sua crítica e concordo com tudo. Você escreve muito bem.

Anônimo disse...

Marjorie conseguiu dar show em todos os seus trabalhos. Isso é um feito que só grandes atrizes conseguem.

MARILENE disse...

Uma talentosa atriz, sempre a surpreender e encantar. Ela foi brilhante nesse trabalho. Realmente, Sergio, é uma pena que sejam os episódios tão curtos, pois nos envolvem muito. Bjs.

Amanda Ventura disse...

Foi excelente a atuação de Marjorie Estiano, como sempre. Uma talentosa e carismática atriz que sempre enriquece seus papéis.

Suzana Vieira e Mariana Ximenez também não ficaram atrás, todas esbanjaram talento e entrega na composição de suas personagens que amam obsessivamente. Estou ansiosa para ver o último episódio, com Carolina Dieckmann.

O quadro do Fantástico foi uma boa ideia, mas é uma pena que tenha apenas 4 episódios e de curtíssima duração. O livro de Marília Gabriela poderia render mais histórias e de duração mais longa. Tem conteúdo para ser uma série semanal, no modelo de As Brasileiras.

Lulu on the Sky disse...

Oi Sérgio!
Esse episódio eu não vi, mas sei o quanto você é fã da Marjorie, principalmente depois que ela foi a Laura em Lado a Lado.
Ótimo dia pra você.
Big beijos

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Marjorie Estiano confirma, cada vez mais, ser uma das melhores atrizes da sua geração. E esteve ótima em Eu que amo tanto.

Anônimo disse...

Como não amar Marjorie Estiano? Hj a Patrícia Kogut também deu um dez pra ela pelo trabalho na série. Aliás, foi muito bom ver um dez dela e um texto seu. Duas referências.

Uma Interessante Vida disse...

Ah Sérgio, eu vi e realmente ela estava perfeita... bjs

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Não vi, mas imaginei que seria um ótimo episódio haja vista as impactantes chamadas.
Marjorie é uma presença forte em cena e é muito talentosa.
Gostei de ler, pois pude acompanhar o episódio através de sua excelente abordagem.

Abraço.

Melina disse...

Sérgio, querido, vi esse episódio e Marjorie teve um desempenho memorável mesmo. Sabe que O Rebu deveria ter contado com ela em seu elenco? Seria maravilhoso. Ótima crítica. E vc viu os finalistas do APCA? O Rebu foi valorizada como merece. Um beijo.

Henrique disse...

A Marjorie é um talento e foi uma grata revelação da Malhação que também revelou talentos como Sophie Charlote, Juliana Silveira, Alice Wegmann e outras tantas. Parabéns pelo texto. Ela impactou em Eu Que Amo Tanto.

Filha do Rei disse...

Amo esta atriz pela sua simplicidade e profundidade que se fundem. Ela não precisa de aparições movidas a escândalos, ela simplesmente faz de sua profissão não um evento, mas sim transforma em obras-primas. Tem crescido a cada trabalho, é uma das que vieram para ficar.

Sérgio, tenha lindos dias!

Kauê disse...

Ah, como é bom ver a Marjorie Estiano em cena, toda vez que ela aparece da um verdadeiro show!!!

Acredito que Marjorie é uma das maiores revelações de todas as temporadas de Malhação! Acho ela uma atriz incrível, pois consegue dar vida ao texto, compõe seus personagens com êxito, e nos surpreende com a sua interpretação!!! Além de linda ela tem uma sutileza admirável e ao mesmo tempo consegue ser um furacão em cena.

Em "Eu que amo tanto" ela brilhou e apenas comprovou que é boa no que faz, através do olhar penetrante ela consegue passar toda a veracidade à trama, não canso de elogiar o trabalho dela.

De vez em quando eu me pego vendo na internet a cena da briga dela com a Ana em "A Vida da Gente" (sdds novela lindaaa *_*) que na minha opinião é uma das cenas mais lindas e emocionantes que já vi...

Enfim, amo a Marjorie e espero que ela volte logo a telinha, não podemos ficar mt tempo sem vê-la.

Abçs, (:

Letícia disse...

Boa noite meu caríssimo Sérgio...

O que esperar de Marjorie Estiano?? TALENTO POTENCIALIZADO. Que menina maravilhosa, eu fico cada vez mais encantada com seu talento. Confesso que na sua época de Malhação, assistia ocasionalmente, mas nem imaginava que aquela menina, uma década depois, seria o maior talento de sua geração. Não é que a entrega aos seus papeis sempre é tão visceral, verdadeiro, está no olhar... Aquele faz de conta, naquele momento é "real"... A Marjorie faz isso muitíssimo bem. Dá para perceber que é uma moça estudiosa, detalhista no seu trabalho e que ganha maduridade a cada novo trabalho. Vamos pegar duas personagens que eu adoro, Manu de "A vida da Gente" e Laura, da minha adorada, "Lado a Lado", (Foi essas personagens que me fizeram ficar fã da moça definitivamente.) Duas personagens adoráveis. A primeira era delicada e fragilidade no início da estória de Lícia Manzo, mas com o decorrer da novela, mostra a sua força e determinação. Já a Laura veio pouco depois e, mesmo com uma diferença de pouco tempo, não se via vestígio da Manu na interpretação. Também um personagem forte, mas que tem esta característica deste o início da trama e que misturava doçura com força, determinada e cheia de atitude. E a Marjorie soube fazer isso muito bem.
Eu vi o último episódio da série "Eu que amo tanto" e mais uma vez a atriz fez de maneira visceral, pena que tivemos menos de 10 minutos para desfrutar o talento da Marjorie. Ali você via uma mulher muito apaixonada e, igualmente, insegura. Outro fator interessante é que era um relacionamento homossexual, mas não dava muito para lembrar disso, porque ali, o que importava era os sentimentos daquelas mulheres e como foi levando até o ataque histérico no meio do mercado. Aliás, o telespectador, já sabe que o clímax seria ali, já começa no clímax e apenas contaram o que levaria até chegar naquele momento. Uma bombeira que precisou ser socorrida. Foi muito bom, mas que infelizmente durou pouco.

Mudando de assunto, vi que Joia Rara ganhou o Emmy, mas pode discordar de mim, achei injusto levarem o prêmio, pois foi uma novela cheia de falhas e a história não era das melhores. Não conheço as outras produções que concorreram, mas conseguiram a façanha de serem piores que JR. Na minha opinião, ganhou apenas pelo visual deslumbrante, principalmente, no início com cenas no Tibete e a temática budista... De resto não creio que merecia. É minha humilde opinião... E desta vez a Amora levou, mas não mereceu. Você não concordar comigo, mas é o que penso...

Até a próxima meu caríssimo Sérgio.

Márcia Costa disse...

Olá Sérgio,

Também concordo plenamente, a Marjorie é só talento, arrasou no episódio e nos deixou com gostinho de quero mais. Gostaria de saber mais sobre a trilha sonora do episódio.

Abçs,

Márcia Costa

Sérgio Santos disse...

Smareis, concordo. Marjorie se entregou por completo e mais uma vez ela deu um show de interpretação. Bjs e obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Muito obrigado, Thamires. Tô agradecendo atrasado pq só consegui responder hj. bj

Sérgio Santos disse...

É verdade, Tainá.

Sérgio Santos disse...

Quércia, a atuação dela impressionou mesmo e mais uma vez Marjorie deu show. Ela voltará no segundo semestre de 2015, a novela do João Emanuel Carneiro. Ainda falta. bj

Sérgio Santos disse...

Obrigado, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Concordo com vc, Andressa. Foi mais um show. E o que eu esperava mais da série era o tempo mesmo. Acho mt curta, mas acho ótima. Respeito vc não achar grande coisa. E Marjorie é um talento. Vc está certa, Malhação é um produto mt importante pq ainda lança mta gente boa. Marjorie é um dos exemplos mais bem sucedidos. Creio que ela voltará na trama do JEC, em 2015. Bjssssss

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Raíssa. bj

Sérgio Santos disse...

É um feito e tanto mesmo, anônimo.

Sérgio Santos disse...

O tempo curto é a grande falha da serie, Marilene. Mas a Marjorie é uma atriz completa mesmo. bjs

Sérgio Santos disse...

Tava sumida, Amanda. E concordo, a Marjorie é maravilhosa. Já a série, tinha tudo pra ser um grande produto semanal mesmo, ou como no formato de As Brasileiras ou então no de Amor em 4 Atos. Meia hora era o mínimo que cada episódio deveria ter. Menos de 10 minutos não dá. Mariana e Susana tb foram mt bem e verei com certeza o último com a Carolina Dieckmann. bjssss

Sérgio Santos disse...

Sou fã da Marjorie desde Malhação, Lulu.

Sérgio Santos disse...

Concordo plenamente, Elvira.

Sérgio Santos disse...

Como não amar, anônimo? E eu vi o dez e foi mt merecido.

Sérgio Santos disse...

Estava msm, Barbie.

Sérgio Santos disse...

Vera, obrigado pelo carinho. bjs

Sérgio Santos disse...

Melina, ter a Marjorie em O Rebu seria maravilhoso mesmo. E eu vi sim os finalistas da APCA. Muito merecido ver O Rebu valorizada como merece, assim como Meu Pedacinho de Chão. Saudades.bjssss

Sérgio Santos disse...

Vc citou outros ótimos exemplos de talentos vindos da Malhação, Henrique. abçs

Sérgio Santos disse...

Cléu, assino embaixo! bj

Sérgio Santos disse...

Kauê, ela é uma das maiores revelações da Malhação mesmo, senão a maior. Mais uma vez foi um prazer vê-la atuar e mais uma vez ela se destacou absoluta.

Essa cena de A Vida da Gente foi antológica e a briga das irmãs impactou. Saudades daquela novela impecável. Abração!

Sérgio Santos disse...

Olá minha caríssima Letícia. Mas quem disse que eu discordo? Eu concordo plenamente. Joia Rara só mereceu mesmo pela estética e pelo capricho, pq pelo roteiro e pelo desenvolvimento da trama não mereceu mesmo. A novela foi cheia de problemas, personagens perderam a função, núcleos foram jogados fora, os sequestros do vilão foram repetitivos e lembraram Cordel Encantado, tudo andou em círculos por meses, enfim, mts erros. O caso dela foi o mesmo de Caminho das Indias. Ganhou pelo embrulho, não pelo que vinha dentro. Mas apesar disso, não torci contra. Porém, não comemorei também. Mas como eu vi tudo de perto --- foi graças a essa novela que conheci o Projac ----, acabei ficando feliz pela equipe.

Mas pra mim a ordem em nível de qualidade do Emmy ficou:
1- Lado a Lado

2- O Astro





3- Joia Rara e Caminho das Indias.


Já sobre Marjorie, nem tem mais o que dizer. Ela deu um show. E considero a Manu a melhor personagem dela, seguida da Laura. Ela as interpretou com maestria mesmo. Agora foi a vez da Angélica. Enfim, a admiro muito. Beijão e não suma!

Sérgio Santos disse...

Márcia, a Marjorie é maravilhosa. Já sobre a trilha, não sei. :( bjs

Anônimo disse...

Sérgio pelo amor de Deus diz pra mim que você sabe o nome da musica que tocou na cena do ônibus, quando as personagens se conhecem, por favor! Procurei o nome dessa musica e nada to desesperada haha, beijos, Silvia!

Alexia Martins disse...

Marjorie é divina, desde o comecinho dela em malhação, quando ainda interpretava a vilãzinha Natacha, ela mostrou ser uma atriz de talento e presença cênica forte!

Junto à Nathalia Dill, faz parte das atrizes que mais gosto da geração delas. Ouve boatos que Marjorie estaria na nova trama do JEC, sabe me informar se é verdade?

Beijo e bom fim de semana, Sérgio.

Thiciane Diniz disse...

Um verdadeiro show de talento! Marjorie é definitivamente uma das melhores atrizes de sua geração, e encanta e surpreende à cada novo papel na telinha. Admiro demais toda a sua trajetória que só fez crescer cada vez mais desde sua estreia em 'Malhação'. Me encanta também o fato da Marjorie diversificar tanto em seus papeis...ela já provou muito bem que nunca foi atriz de um papel só e mostra isso lindamente à cada novo personagem! Espero vê-la em breve nas telinhas, pois faz sim muita falta! E ela definitivamente arrasou em 'Eu que amo tanto'. Merece todos os elogios!

Thiciane Diniz disse...

Obs: 'Eu que amo tanto' tinha que ter virado série semanal (com uma duração bem mais longa), pois poderiam aprofundar bem mais no desenvolvimento da historia..eu gostei bastante! Roteiro, direção, e atuações da mais alta qualidade!

Sérgio Santos disse...

Silvia, desculpa, eu infelizmente não sei. :( Não posso te ajudar. bjs

Sérgio Santos disse...

Alexia, Marjorie é a melhor revelação da Malhação. E honra isso a cada trabalho. Olha, tenho quase certeza que ela voltará na trama do João Emanuel sim. bjsss

Sérgio Santos disse...

Como não amar a Marjorie, Thiciane? Ela é maravilhosa mesmo e não é atriz de uma personagem só, mt pelo contrário. É múltipla.

Sérgio Santos disse...

Ah sim, também concordo, a série tinha que ter ao menos 30 min por episódio e não ser um mero quadro do Fantástico. Esse foi o maior erro. As histórias acabaram ficando na superficialidade pela falta de tempo, uma pena, pq foi uma ótima produção como vc bem disse. bjs

BIA disse...

Marjorie é muito talentosa! É impressionante como ela interpreta perfeitamente os papéis! Tenha uma boa semana Sérgio! :)

Bjs

Sérgio Santos disse...

É verdade, Bia. Tenha uma boa semana. bjs

Anônimo disse...

Acho que a música da cena do ônibus é essa: https://www.youtube.com/watch?v=0nzqFCTld0g

Márcia Costa disse...

legal é essa música mesmo! E a música que toca para o surto no supermercado? Alguém sabe?