quinta-feira, 18 de setembro de 2014

"A Fazenda" estreia sétima edição com algumas novidades e os erros de sempre

A sétima edição de "A Fazenda" estreou no último domingo (15/09), pontualmente às 22h. Todas as edições são repletas de subcelebridades, onde muitas estão mais para 'ex-famosas esquecidas', entretanto, os participantes da nova temporada são ainda menos conhecidos. Quase todos são figuras de pouca importância, onde somente alguns podem ser classificados como 'figuras públicas', vide o ex-atleta Robson Caetano e a ex-paquita Andréia Sorvetão.


Mas os demais participantes são praticamente anônimos. Como ocorre em toda edição, há uma ex-panicat, no caso Babi Rossi, e dois homens que se encaixam na categoria 'modelo/ator': Marlos Cruz e Diego Cristo. O empresário Oscar Maroni, a socialite Heloísa Faissol, a modelo Lorena Bueri, o cantor sertanejo Léo Rodriguez, a cantora Bruna Tang, o ex-integrante do 'Menudos' Roy Rossello, o ex-dublador do "Qual é a música?" Felipeh Campos, a MC Bruninha, a ex-Miss Brasil Debora Lyra, o vocalista da 'Banda Cine' Diego e a polêmica Cristina Mortágua compõem o resto do time selecionado.

A seleção de Rodrigo Carelli mostra que o diretor quer muito barraco. E tem chances de ter seu desejo realizado, uma vez que ficou explícito que a maioria não tem muita coisa a perder e muito menos uma 'imagem a zelar'.
Os desentendimentos, aliás, já começaram, principalmente por causa do empresário Oscar Maroni, que provocou um incômodo por causa de sua postura arrogante e frases inconvenientes. Apesar da baixaria afastar os anunciantes (esta edição teve menos patrocinadores envolvidos devido ao show de cuspe do ano passado), acaba atraindo a audiência deste tipo de formato.

A decoração da casa ficou muito bonita e a fazenda em Itu está mais caprichada. Entre as novidades, estão duas novas espécies de animais para os participantes cuidarem: um emu e um búfalo. O público também poderá escolher, através de votações, as atividades relacionadas ao dia a dia dos concorrentes e até sobre as provas. Outra medida nova é a não-eliminação na primeira semana. O diretor optou pela permanência de todos os integrantes, evitando assim a saída de alguém polêmico logo no começo da atração.

Já a apresentação continua a cargo do fraco Britto Jr., que continua repetindo coisas óbvias e fazendo um suspense irritante em cima de informações sobre o reality ------ ele, inclusive, prometeu na estreia um 'acontecimento nunca antes visto em um reality brasileiro', mas o programa terminou e não foi exibido nada. Este ano, Britto tem a ajuda de Dani Duff, jornalista que passa a apresentar as provas que envolvem ações de merchandising.

O início da sétima temporada constatou que os equívocos do formato continuam presentes, como por exemplo, a lentidão da edição, que não se preocupa em agilizar e dinamizar o reality. A primeira prova foi exibida praticamente na íntegra, com todos os 16 participantes competindo. Um erro grave, principalmente levando em consideração que ainda não há torcida e nem identificação por ninguém. O tédio foi inevitável.

E Britto Jr. chegou a fazer o telespectador de bobo na segunda-feira (15/09), quando repetiu várias vezes que aconteceria algo inédito no reality brasileiro ---- depois de já ter enfatizado a informação na estreia ----, mas terminou o programa sem mostrar nada de novo. No dia seguinte, a novidade foi exibida; a entrada de Pepê e Neném, onde as irmãs gêmeas são contadas como um participante, ou seja, têm direito a apenas um voto e as duas vão juntas para a 'roça', caso uma seja indicada.

"A Fazenda" estreou com a pior audiência de sua história, mas Rodrigo Carelli parece disposto a mexer na sétima edição do reality com o intuito de prender o fã deste tipo de formato. Resta saber se irá conseguir.

18 comentários:

Lulu on the Sky disse...

Não me identifiquei com ninguém dessa sétima edição.
big beijos

Anônimo disse...

A-D-O-R-O A Fazenda! Essa edição promete muitos barracos, e acho a apresentação do Brito jr correta. Adoro as votações ao vivo, adoro as provas, tudo. Não achei tedio algum mostrar cada um dos 16 competindo, o programa não é pra isso? Queria que mostrasse eles dormindo? Era primeiro dia, não havia brigas nem nada relevante a ser mostrado senão isto. Seja menos imparcial.

Anônimo disse...

O que me encantada é a fazenda,os afazeres e os animais.Minha torcida é para a Andréia Sorvetão. E acho que o diretor pode cometer erros graves querendo tanto barraco,aparenta que eles deixaram de se preocupar com o reality em si para quererem barraco todos os dias,foi o exemplo da prova de hoje,muitos não tiveram nem o que falar sobre o outro,eles são queriam preparar uma certa tensão. Parece que eles não querem concertar os erros,porque está na sétima edição e continuam clicando na mesma tecla. Abraços e seu blog é ótimo!

Anônimo disse...

ESSE REALITY É UM SHOW DE HORRORES!

Anônimo disse...

Quando que no big bosta as provas são bem elaboradas como as da fazenda? A maioria das provas do bbb se resumem a sortear uma bolinha num recipiente, ou responder perguntas bobas ou ficar equilibrado em cima de um toco... deve ser bem "emocionante" essas provas pra você não é, afinal sendo na globo tudo é lindo e perfeito, inclusive o Pedro Bossal é um Deus e todos querem imitá-lo, aff...Não sei como ate hoje não deram um poema pro brito recitar nas eliminações! Alias o Bial é tão ruim que depois do mico que ele pagou comentando Rock in Rio e Carnaval no inicio dos anos 90 a globo despachou ele pra longe e só voltou anos depois justamente no big bosta, um programa que é a cara dele.

Anônimo disse...

Sempre que vc fala desse reality tosco surge os baba-ovos da record que atacam o bbb. hahahaha

MARILENE disse...

Sergio, esse é o tipo de programa que não me atrai. Nem consigo entender como consegue audiência. Bjs.

Paulo Ricardo disse...

Não gosto da Record mas me divirto muito com A Fazenda. Acho a formula desse reality muito mais interessante que a do big brother.
FAZENDA tem quase famosos.
BBB tem anônimos de mentira.

Vera Lúcia disse...


Oi Sérgio,

Vi o título e vim me informar a respeito. Não gosto desse reality e não suporto o apresentador Britto Jr. que, além de não ter carisma, irrita, realmente, com os suspenses descabidos e enroladores, principalmente quando vai anunciar a saída de algum participante.

Abraço.

Sérgio Santos disse...

Nunca me identifico, Lulu. bjs

Sérgio Santos disse...

Vc quis dizer seja menos "parcial", anônimo. Mas o que tem a ver isso com imparcialidade? Mostrar a integra de 16 participantes competindo é falha da edição sim. É falta de dinamismo, que provoca tédio. Não tinham nada pra fazer? Que a produção arrumasse algo, ué.

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo elogio, anônimo Eu gostei da Sorvetão, da Babi e da Heloísa Faissol, que é bem louca.

Sérgio Santos disse...

Ok, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Fale mais da Globo, anônimo, num texto que escrevi sobre a Record. Aliás, isso é típico dos talifãs da emissora. Vc gosta de fazenda e critica BBB, ok.

Sérgio Santos disse...

Sempre, anônimo, já me acostumei.

Sérgio Santos disse...

Entendo, Marilene. rs bjssss

Sérgio Santos disse...

Não tenho nada contra A Fazenda, anônimo, vejo de vez em quando e só critiquei o apresentador e as questões da edição. O formato em si não tenho o que falar, é um reality como tantos outros.

Sérgio Santos disse...

Nossa, Vera, o Britto é mt irritante. Não há quem aguente!!!!!!!!! bjão!