sexta-feira, 26 de setembro de 2014

História bem escrita, ótimos casais, talentoso elenco e personagens cativantes compõem "Malhação Sonhos"

Receber a missão da Globo de assumir o roteiro de uma temporada de "Malhação" não é nada fácil. A novelinha completa 20 anos em 2015 e já exibiu uma avalanche de temáticas e histórias que involuntariamente são novamente contadas, mas de um jeito diferente. Por isso mesmo, o risco de cair em uma repetição cansativa, ou então em um formato inovador demais e distante da essência da novelinha, é elevado. Entretanto, os autores de "Malhação Sonhos" ignoraram o risco de cair nestas inúmeras armadilhas e têm conseguido apresentar uma trama cativante.


Rosane Svartman e Paulo Halm, com supervisão de Glória Barreto, construíram uma história repleta de possibilidades e que têm fôlego para ficar um ano no ar sem grandes dificuldades. O enredo começou de forma promissora e todas as boas impressões iniciais têm se mantido. A academia de lutas e a escola de artes são ótimas bases de sustentação para o conteúdo, que está enriquecido com bons dramas, ótimos casais e carismáticos personagens.

Os quatro protagonistas honram a importância dos personagens e se destacam merecidamente. Enquanto Arthur Aguiar e Bruna Hamu convencem na pele dos românticos Duca e Bianca, Rafael Vitti e Isabella Santoni brilham interpretando os opostos que se atraem Pedro e Karina. Os dois casais têm química de sobra e os atores mostram uma cumplicidade cênica visível.
Não só com seus respectivos pares, como também com os demais que compõem o quarteto. Para culminar, os perfis foram muitos bem delineados pelos autores, assim como as relações construídas.

Os mesmos elogios valem para Anaju Dorigon, que tem se destacado com sua Jade, uma típica vilãzinha, que no fundo esconde uma baixa autoestima, pois é humilhada e cobrada pela mãe Lucrécia (Helena Fernandes), que a obriga a ser perfeita em tudo, principalmente na dança. Agora a personagem começou um envolvimento com o mau-caráter Cobra (Felipe Simas), em mais uma relação repleta de química, que ajudou a sobressair ainda mais o papel da atriz.

Entre os demais acertos, estão Jeniffer Nascimento e Antônio Carlos, formando o atrapalhado casal Sol e Wallace ---- destaque para o talento vocal da atriz, que tem uma linda voz ----; Maria Luiza (outra ótima cantora) e Cadu Libonatti, que interpretam Mari e Jeff, os personagens mais românticos e 'puros' da história; Guilherme Hamacek, que diverte com seu nerd João; além de Ana Rios (Bárbara/Ruiva), Yasmin Gomlevsky (Joaquina) e o talento mirim Bianca Vedovato, que sempre se destaca com sua esperta Tomtom, irmã de Pedro.

No time dos veteranos, vale elogiar Emanuelle Araújo e Eriberto Leão, que além de formarem um ótimo casal com Dandara e Gael, se sobressaem também nas demais cenas, onde ela se relaciona com o filho e seus alunos, enquanto ele é firme na sua academia, mas também é até engraçado com suas filhas. Já Iná de Carvalho está excepcional com sua adorável e desbocada Dalva. Guilherme Piva (Edgard), Edvana Carvalho (Bete), Leo Jaime (Nando), Josie Antello (Rute), Edmilson Barros (Lincoln), Patrícia Franca (Delma), Felipe Camargo (Marcelo), Dani Suzuki (Roberta) e o recém-chegado Odilon Wagner (Heiderguer) são outros bons nomes.

A trama central ganhou uma reviravolta com a volta do irmão de Duca, o mau-caráter Alan (Diego Amaral). Com isso, Iná de Carvalho e Arthur Aguiar estão podendo se destacar mais, evidenciando a relação entre avó e neto, que é uma das mais bonitas da história. A entrada da ótima Maria Joana, vivendo a lutadora Nat, ex-namorada de Alan, também mexeu positivamente com o enredo.

Outro ponto que deu uma nova guinada na trama foi a aproximação cada vez maior entre Karina e Pedro, graças a interferência de Bianca, que de uma forma torta (subornando o guitarrista e ajudando a financiar o clipe de sua banda) aproximou o casal que se odeia e se ama. O casal funciona como uma espécie de parte cômica e romântica. Vale destacar, inclusive, a cena onde eles ficam trancados no banheiro, 'oficializando' o início do namoro, após hilárias situações vividas pelo rapaz: serenata desafinada, declaração de amor em um carro de pamonha e vômito no parque. Química não falta ali. Já a gravidez de Mari também enriqueceu o conteúdo e a relação dela com Jeff está sendo feita de uma forma delicada e bonita.

Os autores ainda tiveram uma sacada de mestre ao trazer de volta, através de participações especiais, os personagens de sucesso da "Malhação Intensa", escrita pela mesma equipe. O show de Gil (Daniel Blanco) matou as saudades do público que prestigiou a bem-sucedida temporada de 2012 e a participação afetiva de Fatinha (Juliana Paiva voltando a viver a personagem que provocou uma virada em sua carreira), grávida de gêmeos de Bruno (Rodrigo Simas), foi, digamos, a cereja do bolo. Não será surpresa se outros perfis ---- como Orelha (David Lucas), Pilha (Peter Brandão), Ju (Agatha Moreira) e cia ---- aparecerem na atual fase.

"Malhação Sonhos" segue atrativa e agradável de se acompanhar. A temporada tem provado, através de carismáticos personagens, texto bem escrito ----- os diálogos são inspirados e driblam com maestria o cansativo politicamente correto que impera ainda mais no horário da produção -----, trama bem desenvolvida, dramas adolescentes verossímeis, bons casais e elenco promissor, que história boa não tem idade. É para todos os públicos.

63 comentários:

Anônimo disse...

Concordo. Essa malhação tem casais para todos os gostos. Essa diversidade enriquece o enredo e a trama. O meu preferido é Cobrade. Adoro a relação de paixão, cumplicidade e parceria que Cobra e Jade possuem. Sem falar na excelente e avassaladora química que o casal transborda. Gosto principalmente, que quando Cobra e Jade estão juntos, eles se mostram um para o outro, como de fato são, transparentes, sinceros, verdadeiros, sem medo de julgamentos na presença um do outro. É uma relação muito emblemática. Cobra e Jade já estão completamente apaixonados um pelo o outro, e ao mesmo tempo, morrem de medo desse sentimento. Espero que os autores invistam nesse relacionamento, pois temos aqui, uma excelente trama, um maravilhoso e instigante casal. Cobrade definitivamente me conquistou! Depois de anos, voltei a acompanhar malhação em razão deles. Anajú Dorigon e Felipe Simas se encaixam perfeitamente em cena.

Parabéns pelo blog / site. Bjos

Maria Clara.

Anônimo disse...

Zamenza, acho que no fundo, o Cobra é mais um garoto perdido do que propriamente um vilão, mau-caráter. Analisando o perfil do personagem, você encontra boas atitudes ali, ele nutre um sentimento de irmão com relação a Karina, e gosta e está verdadeiramente apaixonado por Jade. Se preocupa e zela pelo bem estar das duas. O problema dele, é o passado sofrido que deve ter tido. Da mesma maneira que Jade, o Cobra desconta nos outros, com atitudes impensadas e irresponsáveis, o sofrimento que carrega dentro de si. Não consigo chara nenhum dos dois vilões. Para mim, são pessoas que tomam atitudes erradas. Mas no fundo, têm um lado bom. Estou torcendo muito, muito mesmo, para que Cobra e Jade se acertem como casal. Gosto dos dois, acho um casal bonito, com química de sobra, e que podem crescer muito estando juntos.

Anônimo disse...

Corrigindo ali em cima. Não consigo *ACHAR.

Gustavo Nogueira disse...

Oi Sérgio.Estou acompanhando essa nova malhação e é muito legal de se acompanhar, com uma história leve, ao mesmo tempo ágil e que prende.Karina e Pedro formam o melhor casal dessa temporada e os atores estão muito bem.Bianca e Duca também formam um bom casal, assim como a Jade e o Cobra.Em relação aos veteranos: Eriberto Leão surpreendeu, com sua boa atuação, já que nunca foi um grande ator.Emanuelle Araújo, Danielle Suzuki e Felipe Camargo também tem boas atuações.A única exceção do time veterano é o Marcelo Faria, que está muito robótico como o vilão Lobão e não convence.Fora ele, não tenho do que reclamar dos outros atores, que estão muito bem.Sem dúvida nenhuma essa malhação é muito melhor do que a anterior e já superou a malhação da Lia e da Fatinha, apesar de também ter sido muito boa.

Arthur Silva disse...

Já passei da idade mas essa temporada me fisgou. Quando não consigo ver deixo gravando. Concordo com tudo o que vc escreveu e é raro uma produção ter tantos bons casais como essa. Todos combinam e tem química. Adorei a volta da Fatinha pq não vi a outra Malhação com ela e até lamentei pq ela é uma figura.

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Infelizmente não tenho elementos para opinar, pois não vejo a 'novelinha', como você a denominou. Contudo, li tudinho e só me resta elogiar o seu excelente texto crítico. Parabéns!

Ótimo final de semana.

Abraço.

Anônimo disse...

Essa temporada está boa demais, Sérgio. Tem alguns ingredientes parecidos com a intensa, que em minha opinião foi melhor, mas até aqui é normal, visto que trata-se dos mesmos autores. E isso é mais uma marca deles, do que propriamente uma cópia. Isabella Santoni, Anaju Dorigon, Rafael Vitti, junto a Felipe Simas, estão muito bem. São deles os melhores personagens jovens na novela teen. O restante do elenco é muito talentoso também, acho lindo toda vez que Malu Campos e Jennifer Nascimento cantam. Vozes lindas essas duas possuem. Acho que essa temporada revelará bons futuros nomes para a teledramaturgia da rede globo. Cobra e Jade, mais Pedro e Karina formam os melhores casais dessa temporada.

Anônimo disse...

caramba, ate malhação? Qtos anos voce tem sergio? Se antigamente malhação era direcionada pra um publico jovem essas ultimas temporadas parecem pra um publico pré-adolescente.

Anônimo disse...

Karina e pedro são super fofos, mas o ator Rafa Vitti é bem fraco em cena (deixa a desejar demais). A Isabela é a MELHOR sem sombra de dúvida das protagonista, alem da personagem ser boa a atriz é espetacular. Assim como o Arthur Aguiar que só melhora a cada novo papel que lhe é dado, esse menino tem um futuro lindo na tv. Algo que tenho que discordar, o Duca e a Bianca NÃO tem química nenhuma. É um casal bem chatoooo por sinal. Acho que o Duca tem mais haver com a Nat que por sorte apareceu agora na trama.

Andressa Mattos M. disse...

Sérgio, como já tinha lhe contado, me peguei acompanhando esporadicamente essa Malhação justamente por causa de todas as qualidades citadas por você. E estou cada vez mais assídua. Mas acabo vendo quase tudo gravado porque na hora que passa dificilmente consigo. Assino embaixo da sua crítica e fico impressionana como Bruna Hamu, Isabella Santoni e Anaju Dorigon são lindas e talentosas. Tem futuro. Beijo.

Bruno Nóbrega disse...

Boa noite, Sérgio.

Em primeiro lugar, chega a ser engraçado, para não dizer um completo absurdo, o seu leitor acima lhe julgar por ser um telespectador de Malhação. Sendo você um crítico de TV, e se assim lhe for necessário, ter que fazer a resenha até da TV Colosso. Mas se você me permite, respondendo ao seu leitor, Malhação Sonhos é um excelente produto. E não existe idade para se apreciar bons produtos.

Posto isso, ótima crítica a sua. Parabéns. Conseguiu em um texto enumerar todas as boas qualidades dessa atual temporada de malhação. E Zamenza, como merecíamos uma boa temporada desse produto, que nos recompensasse o tempo perdido com a fraca “Malhação Casa Cheia”. Tem sido uma delícia acompanhar Malhação Sonhos. O elenco é ótimo e entrosado, a história é extremamente cativante, e os musicais dentro da novela são de uma sensibilidade sem tamanho. Tudo até aqui, tem sido muito bem feito. Até a situação inusitada de ver uma escola de Artes funcionando encima de uma Academia de Muay Thay se mostrou positiva.

Quanto aos casais, todos, sem exceção, todos mesmo, são absolutamente shippaveis. Você consegue torcer e ver graça neles. Eles possuem química, boa sintonia, e uma ótima composição cênica. Falando agora especificamente dos casais, Perina faz o casal fofo e atrapalhado; a Sol e o Wallace é extremamente engraçado; na linha românticos e maduros, estão a Marie e o Jeff, com a Bianca e o Duca.

Mas Sérgio, não tem jeito. Eu gosto de babado, confusão, gritaria e muita explosão. Fogo e Gasolina mesmo. Principalmente, se estamos falando de química! E isso, pelo menos a meu ver, é com a Jade e com o Cobra. Que casal. Acho incrível o magnetismo deles em cena. No twitter já os estão apelidando de “Chair. BR”, uma versão de Chuck e Blair brasileira, do casal épico que marcou Gossip Girl uma série americana. Frisando ainda que o casal Jade e Cobra, não somente limitam-se, a uma química capaz de provocar faíscas quando os dois estão juntos, vai além. Os dramas pessoas dos dois são pesadíssimos e ao mesmo tempo, muito estimulantes na hora de compor uma boa história. Eles são parecidos, possuem uma excelente cumplicidade, são sarcásticos juntos, parceiros, riem de si mesmos, sexys, e por mais surpreendente que possa ser: verdadeiros e amorosos quando estão juntos. Olha, torço muito por Cobrade junto, e adoraria ver o amadurecimento dos dois, até enfim se assumirem como um verdadeiro casal de namorados.

Excelente fim de semana.

Abraços.

Anônimo disse...

Quer dizer que um homem de quase 30 anos assiste assiduamente ♥malhação sonhos♥ só porque é um critico de TV? Kkkk, sabe de nada inocente!

Filha do Rei disse...

Oiii!! Esta temporada de Malhação eu tenho acompanhado, está melhor que as outras realmente.
Tenha um abençoadíssimo fim-de-semana. Bjs

Elaine disse...

Essa temporada está ótima mesmo e endosso sua crítica. Elenco, personagens, texto, tudo mesmo. Deveria até ser exibida no lugar daquela Geração Brasil ruim.

Elaine disse...

Posso estar enganada mas como frequento esse blog aqui há mt tempo, digo que esse anônimo que enche o Sérgio é aquele Paulo. Como o Sérgio estava mais simpático com o Paulo ele deve tá sem graça de atacá-lo então usa o perfil anônimo.

MARILENE disse...

Sergio, ainda bem que você me atualiza sobre o que passa na telinha (rss). Adaptamos nosso tempo e fazemos opções, já que não dá para assistir todos os programas, mesmo que as referências sejam muito boas. E você fala com propriedade sobre eles. Bjs.

Wallace disse...

Essa temporada está melhor do que a Intensa pq na passada houve problema com o Dinho, protagonista rejeitado pelo público, sendo substituído pelo Vitor. Nessa não houve problema algum e tudo se encaminha bem. Dá pra ver que os autores procuraram corrigir os erros que cometeram antes. Excelente crítica a sua.

Uma Interessante Vida disse...

Não tenho tempo de assisti, mas posso dizer que sua crítica ficou boa e creio que a história tenha mesmo melhorado. bjs

A Viajante disse...

Ohhhhhhhhh.. vou tentar checar os capítulos pela internet. Minha rotina em terras lusitanas tem sido esqusita com o fuso. Ainda durmo e acordo em horários não convencionais aqui em Lisboa. Adoro essa temporada e você resumiu muito bem!! Beijo!

Rita Sperchi disse...

Serginho querido td bem?
Bom vc sabe que sou fã de assistir malhação, não perdi nenhum até hj e acho uma novelinha bem instrutiva, mostra coisas para a juventude como deve agir,
Dessa vem quem tem meu total apoio é o Vitti acho ele incrivel, e quando apanha faz uma carinha linda, quero saber ele é filho do João Vitti? pq são muito parecidos até os cabelos rsrsrsr...emfim muito bom esse post.

Bom dia de domingo e um
ótimo começo de semana
Bjussss

¸.•*¨✿✿Rita!!

juliana s disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
juliana s disse...

Sérgio, essa malhação é muito boa mesmo, desde o primeiro capítulo não consegui parar de assistir. E eu não concordo o que algumas pessoas estão dizendo que tem que ser adolescente pra gostar de assistir malhação. Se tem um bom elenco, uma boa história, isso é o que vale . bom domigo

Rosane Svartman disse...

Oi Sergio! (comentei antes mas como não entrou, tento de novo) Em primeiro lugar, tenho que dizer que é um grande prazer ler sua crítica e refletir sobre os rumos da temporada (os comentários dos seus leitores também são bem interessantes). Já se tornou mania minha e do PP ler seus resumos e comentários a cada final de capítulo. Acho que é um grande diálogo. Obrigada!

Bia Hain disse...

Olá, Sérgio, como vai? Dessa vez estou por fora, não tenho acompanhado nem um tiquinho. Porém, embora assista bem pouco, estou fezli que tenham vindo produções mais originais e bem feitas, como Boogie Oogie e Império. Um abraço!

Anônimo disse...

Tá cheio de prestígio com a autora, heim Sérgio? Merece, tu escreve bem pacas.

Anônimo disse...

Eu sou o Paulo e o Sergio é o Boninho, inventou esse blog pra promover a programação caída da globo.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Maria Clara. Tb gosto muito de Cobra e Jade, que apresentam sérios desvios de caráter, mas ao mesmo tempo têm medo de expor o lado frágil e humano deles. É um ótimo casal. bjs

Sérgio Santos disse...

Com certeza, anônimo, Cobra não é um vilão, mas tem desvios de caráter. Só que realmente tem a ver com o passado dele. Não justifica seus erros, mas explica. E com certeza no final, que ainda falta mt, eles ficarão juntos. abçs

Sérgio Santos disse...

Está ótima mesmo, Gustavo. Mt gostosa de se acompanhar. Está tudo sendo bem encaminhado pelos autores e o elenco agrade, assim como os personagens. Casais entrosados e com química, bons dramas, enfim, tá mt boa. Abração.

Sérgio Santos disse...

Arthur, a Malhação Intensa foi ótima tb e pena que vc não viu a Fatinha na época. Mas pelo menos conheceu agora. Abçssss

Sérgio Santos disse...

Vera, obrigado pelo seu carinho. bjssss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, tb acho que muitas atores dessa temporada serão aproveitados pela Globo, da mesma forma como ocorreu com a Intensa. Está tudo muito bacana e o acerto da história fica evidente a cda capítulo. Quem vê mesmo a fase nem tem mt o que criticar. abçs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, eu escrevo sobre o que bem quiser. E vc está insinuando que sou gay pq vejo Malhação? Olha, eu gosto de mulher, mas se gostasse de homem não teria problema algum pq não sou preconceituoso como vc. Não duvido até que seja racista tb. Deve fazer parte, inclusive, daquele grupo que acha que homem que vê novela é gay. Lamento pela sua ignorância, mas fique à vontade para continuar visitando o blog e me vigiar.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, sem problemas discordar. Eu particularmente acho o Rafael Vitti mt bem, assim como a Isabella. Não sei nos futuros trabalhos, mas nesse nada tenho a dizer. E eu vejo química de sobra entre Duca e Bianca, assim como boa atuação dos atores. Mas ok não gostar. abçs.

Sérgio Santos disse...

Andressa, Bruna, Anaju e Isabella são 3 lindas, talentosas e promissoras atrizes. Tb acho que terão mt futuro pela frente. E essa temporada é para todas as idades, é mt bacana acompanhar. bjssss

Sérgio Santos disse...

Bruno, nem se incomode pq já estou acostumado a esse tipo de hater. Aliás, até me surpreendi que dessa vez não veio aquele tradicional "Nossa, vc ainda vê Malhação?" ou "Malhação ainda existe?", típicos de haters.

Achei seu comentário excelente e estou de pleno acordo. A temporada Casa Cheia foi mt fraca mesmo e parecia destinada ao público infantil, uma pena pq a Intensa merecia uma substituta à altura. Mas a Sonhos está excelente e merece os elogios que recebe dos telespectadores.

Concordo sobre os casais, e Jade e Cobra têm mesmo muita química, além de serem bem parecidos nos problemas e em seus conflitos pessoais. Abração.

Sérgio Santos disse...

Boa semana, Cléu. bjssss

Sérgio Santos disse...

Elaine, a temporada está boa demais mesmo. Tem valido a pena acompanhar.

Será que é o Paulo? Olha, não quero acreditar pq ele reclama de tudo mas ao menos não me desrespeita nem me desqualifica. Se for será triste. bjs

Sérgio Santos disse...

Que bom que gosta, Marilene. =) bjão

Sérgio Santos disse...

Wallace, partindo dessa sua premissa até que faz sentido, pq na Intensa teve mesmo esse problema com o mocinho. E a Sonhos nesse quesito se saiu bem melhor. abçssss

Sérgio Santos disse...

Tá mt boa, Barbie. bjs

Sérgio Santos disse...

Ju, espero que esteja aproveitando a viagem. E ainda acessa o blog até assim? Mt obrigado! Bjão!

Sérgio Santos disse...

Rita, ele é filho do João Vitti sim. São mt parecidos, né? E o Pedro é uma figura. Aquele atrapalho que só se ferra. Difícil não gostar dele. A temporada está mt agradável mesmo. Bjão e boa semana.

Sérgio Santos disse...

É lógico, Juliana. Boa história não tem idade e essa Malhação é para todos os públicos. Tem bom elenco, boa trama, bons casais, bom texto, enfim, vale a pena. bjssss

Sérgio Santos disse...

Rosane, como é bom te ver aqui novamente. É uma honra para mim e o carinho que vc tem comigo é um privilégio meu. Fico feliz que vc e o PP gostem dos meus resumos diários. rs E tenho elogiado a temporada de forma muito sincera, acredite. Vcs estão fazendo um ótimo trabalho e tem sido um prazer ver essa temporada.

Nossa, que pena que seu primeiro comentário não apareceu. Não sei o que pode ter acontecido. :( Beijão!

Sérgio Santos disse...

Oi Bia, tudo indo. Obrigado pela presença de sempre. bjssss

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, anônimo.

Luma Rosa disse...

Oi, Sérgio!
O que sei sobre "Malhação" foi o que li aqui e agora. Passa em um horário que eu ainda estou trabalhando...
Vai dizer... ficar 20 anos no ar, tem mesmo que sempre renovar!
Beijus,

Zé Tros disse...

Sérgio, conforme havíamos conversado, essa temporada de Malhação está muito boa sim. Palmas para os autores, diretores e elenco, que vem crescendo e mostrando seu talento.

Coincidência ou não, as temporadas de 2010 e 2012 foram boas e agora a de 2014, ou seja, somente anos pares, rsrs.

No entanto, concordo com o leitor que falou sobre o Marcelo Faria e eu acrescento na lista o Léo Jaime, excelente músico, mas que também não convence. Acho que ambos não encontraram o tom certo para os personagens. Enquanto o Marcelo Faria peca pela falta, o Léo Jaime peca pelo excesso.

Em contrapartida vemos o crescimento do Felipe Simas, que vem ganhando experiência e a parceria com a Anaju tem feito bem a ele. E o outro é o Eriberto Leão, que nunca fez um papel que o colocasse em evidência, mas, que tem apresentado um trabalho competente.

Gosto também da Yasmim, acho ela com uma veia cômica que merece ser mais explorada, assim como o Antonio Carlos, que tem o humor em seu DNA.

E é interessante ver que até o elenco de apoio e os coadjuvantes tem mostrado a que vieram.

Essa temporada está tão boa, que sugiro que a próxima seja uma extensão dessa, como acontecia antigamente, em que novos personagens entravam na história substituindo alguns dos anteriores, mas, usando a base da temporada atual.

Um abraço e parabéns pelo blog.

Zé Tros disse...

E só pra completar, a Dona Dalva é uma figura, rs. Quem não queria ter uma avó que tira selfie com seu artista preferido ?, kkkkkkkkkk.

Gosto também da Edvana, desde a época de Malhação Conectados, apesar da história ser confusa, lenta e sem graça.

Sobre os personagens da temporada de 2012 que fizeram uma participação, eu concordo contigo, foi uma ótima sacada dos autores realmente. Seria interessante que outros personagens como o Orelha, o Pilha, dentre outros, também fizessem uma participação, pq foram personagens muito divertidos e que fizeram muto sucesso na temporada de 2012.

Abraço.

Anônimo disse...

Oi Sérgio, boa noite. Me chamo Luísa e sou muita fã da sua escrita, e das suas opiniões! Adoro o seu blog, sempre que posso venho aqui ler suas críticas.

Concordo com tudo o que você escreveu, acho que essa é uma das melhores temporadas que eu já assistir. E eu sou velha de malhação, acompanho a bastante tempo. Em minha humilde opinião, já superou a Intensa, que me deixou com um trauma eterno, porque minou LiDinho, eu sei a sua opinião a respeito de Lia e Dinho, e respeito ela. Mas ainda assim, eu adorava o casal, e fiquei mega triste quando a Rosane, você mesmo tá dona Rosane (rsrsr), os separou. rsrs... Mas enfim, águas passadas. Bola para a frente! Certo é que essa atual temporada está show!

Sérgio, a única coisa que me deixa grilada / preocupada, é: não é possível que os autores vão envolver O Cobra com a Karina né?! Isso não faz sentido. Poxa, eles não combinam, não tem nada a ver como "casal" ou algo do tipo! Ali eu vejo uma bonita amizade, algo como amor fraternal e nada mais que isso. Vou ficar, e sei que muita gente tbm, muito decepcionada, se os autores estragarem a amizade Cobrina, os envolvendo em algum tipo de relação amorosa sem cabimento. Em minha opinião, os casais já estão bem claros e o relacionamento deles cada vez mais delineados, é o Cobra com a Jade, e a Karina com o Pedro.

Ainda que venham a existir quartetos ou triângulos amorosos, que seja com outras pessoas. Elenco de apoio, qualquer coisa do tipo. Mas não envolva a ponta de um casal, no outro. O contrário, deixaria as torcidas Cobrade e Perina, muito magoadas.

Beijão, e excelente crítica a sua!


Sérgio Santos disse...

Sem problemas, Luma. bjssss

Sérgio Santos disse...

Zé Tros, é mesmo, as últimas temporadas excelentes foram pares. Coincidência de fato.

E a temporada está muito boa. Tb acho o Marcelo Faria fraco, mas gosto do Leo Jaime até pq ele nem é ator, tá ali só numa participação afetiva mesmo. O Felipe Simas melhorou mesmo pq o início dele era muito ruim. Mas tem evoluído realmente.

A Edvana é ótima e eu gostei da proposta da Malhação Conectados, dando um tom de mistério. Mas aí transformaram a temporada num mais do mesmo bem cansativo e destruíram tudo por causa de ibope.

A Iná de Carvalho está maravilhosa como Dona Dalva. Figura mesmo. E o elenco de apoio vem conseguindo se sobressair de fato, o que é bem bacana. Abraços!

Sérgio Santos disse...

Ah, Zé, seria interessante mesmo uma mudança gradual na temporada que vem, como acontecia antigamente. Mas acho difícil porque a Globo mudou isso há tempos e nunca abriu exceção.

Sérgio Santos disse...

Luisa, muito obrigado. Fico feliz que goste. Eu tb sou velho de Malhação, vejo desde o comecinho. Algumas temporadas que são péssimas eu não vejo pq nem teria razão, mas qd são boas eu vejo mesmo.

Pois é, eu realmente não gostei do Dinho e nem do casal e achei acertada a troca, embora tb não gostasse do Vitor. Mas houve um problema inicial nesta trama. Por isso, de fato, essa acaba sendo melhor que a Intensa pq tudo correu bem.

Olha, acho que Cobra e Karina terão um breve envolvimento, mas faz parte da trama. É bom pra gerar conflitos e desdobramentos. Mas é óbvio que Pedro e Karina ficarão juntos, assim como Cobra e Jade. Mas só acaba em julho do ano que vem, né? Então é preciso que os autores criem situações e conflitos que rendam. Beijão!

Alexandra disse...

Realmente Sérgio essa nova Malhação é boa mesmo. A anterior dava sono e nojo ao mesmo tempo. E como vc disse no Twitter, a Rosane Svartman e o Paulo Halm fariam uma ótima novela das 7, acho que salvariam essa faixa tão ruim. O elenco da Malhação tb está em plena sintonia. Minha personagem preferida é a da Iná de Carvalho, a Dalva. Parece uma vó de verdade, como é a Olga em ''História de Amor''.

Alexandra disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Sérgio Santos disse...

Alexandra, eles não escreveriam uma ótima novela das sete? Tenho certeza que sim. E a atual temporada está dando um banho na passada. Tb sou fã da Iná de Carvalho. A Dona Dalva é maravilhosa.

Anônimo disse...

Filho do José Vitti e da Valeria Alencar

Sérgio Santos disse...

Verdade, anônimo.

Gabrielle G disse...

Somos dois! Tô viciada e impressionada com a qualidade e química do elenco. Rafael Vitti e Isabella Santoni são meus queridinhos e diferente do que alguns falaram aqui nos comentarios, acho que ele tá arrasando...

Sérgio Santos disse...

Gabrielle, estou viciado tb. Que história gostosa de ser acompanhada. Bjssss

Anônimo disse...

Pena que não falou nada sobre cobrina, mas tomara que role cobrina! Muito fofo a maneira em que o cobra e a karina se preocupam e ajudam um ao outro! quero muito cobrina! E Dunat tambem!