terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Salve Jorge subestima a inteligência do público

A morte de Jéssica era a notícia mais divulgada sobre "Salve Jorge". E isso antes mesmo da novela ter estreado. Mas o ótimo desempenho de Carolina Dieckmann fez Glória Perez adiar o quanto pôde. Entretanto, a tão comentada morte da personagem finalmente aconteceu e a cena foi ao ar nessa segunda-feira (21/01). Porém, antes da derradeira sequência, todos os acontecimentos do capítulo subestimaram a inteligência do telespectador. 


Morena (Nanda Costa) e Jéssica não conseguiram contar a verdade a ninguém desde que chegaram ao Brasil. E a desculpa é o medo de represálias dos traficantes, principalmente de Russo (Adriano Garib) e Wanda (Totia Meirelles). Elas até tentaram falar com Helô (Giovanna Antonelli), que tem investigado esse tipo de crime, mas sempre recuavam. O curioso é que ambas sofreram várias dificuldades até conseguir falar com a delegada. Telefone, e-mail e denúncia anônima nunca foram cogitadas pelas mocinhas. Sempre precisaram falar pessoalmente, necessitando fugir da vigilância dos traficantes. Porém, por mais incrível que pareça, Morena simplesmente tomou coragem e decidiu falar com Lívia (Cláudia Raia) a respeito de todo o esquema criminoso. E no meio de um desfile, organizado pela própria vilã. Ou seja, nunca falou nada com a própria mãe e nem com a polícia, mas quis contar tudo para uma mera desconhecida. 

Claro, a bandida logo se organizou para evitar que a denúncia da traficada viesse à tona. Pediu para que as duas ficassem no quarto e não saíssem. Mas elas acabaram saindo porque a vilã tinha esquecido a chave. Pois bem, enquanto não a encontravam, Morena foi ver a mãe e Jéssica se dirigiu ao banheiro. Surpreendentemente, a menina resolveu retocar a maquiagem. Afinal, segundo a lógica, tem que se preocupar com a beleza, mesmo sendo uma prisioneira. Ao avistar os pés de Lívia embaixo da porta, reconheceu imediatamente os sapatos e descobriu automaticamente quem era a chefe do tráfico. E pior, fez questão de comunicar sua descoberta, enfrentando a vilã. Em suma, todo aquele medo que sentia se dissipou por milagre. Resultado: Lívia assassinou Jéssica, aplicando em seu pescoço uma injeção com droga que mantinha na bolsa. Embora muitos tenham criticado o fato da víbora carregar uma injeção na bolsa ---  o que nesse caso é aceitável devido à licença poética ---, a cena foi bem produzida e Carolina Dieckmann fechou sua participação com chave de ouro. Já Cláudia Raia esteve exagerada, mantendo a característica que a acomete desde o primeiro capítulo. 

Apesar da morte da personagem ter sido bem realizada, é lamentável ver uma novela subestimando tanto a inteligência do público. Fica claro que Glória Perez precisa a todo custo segurar a trama central ao máximo simplesmente porque não há mais nada a ser contado além disso. Parece que se descobrirem o núcleo do tráfico, pronto, acabou a novela. E para manter o segredo, a autora tem abusado de situações inverossímeis que ultrapassam todos os limites da licença poética e da fantasia. 

Em toda novela há pelo menos uma situação que soa forçada. Como personagens se encontrando o tempo todo em meio a uma imensa cidade, por exemplo, ou então ouvir tudo atrás de uma porta sem que ninguém perceba. São fatos que o telespectador até perdoa por se tratar de uma ficção. Afinal, a famosa frase "Só acontece em novela mesmo!" não faria parte do cotidiano das pessoas há tantos anos. Entretanto, é necessário que haja um respeito para quem assiste. Não é aceitável que o telespectador seja tratado como um idiota. Como 'comprar' a história de Glória Perez tendo tantas situações sem o menor sentido? Na péssima "Fina Estampa", o que mais tinha era cena tosca e absurda. Não por acaso sofria uma overdose de críticas, apesar do sucesso de audiência. "Salve Jorge" ainda não superou os devaneios da obra de Aguinaldo Silva, mas está fazendo de tudo para alcançar esse objetivo.

91 comentários:

joao eduardo leal disse...

Concordo com quase tudo, soh nao concordo com a citaçao da injeçao, achei um absurdo uma mulher tao influente andar com uma injeçao letal na bolsa... outro ponto q achei ridiculo foi o dia q Morena disse para o Theo do trafico de pessoas e ele, mesmo em um alto cargo no batalhao achou que fosse mentira. Realmente, a autora pensa q nos contentamos com qualquer coisa... #voltalogojoaoemanuelcarneiro

Carlos disse...

João Eduardo, segundo a autora, ao falar sobre tráfico de pessoas para uma pessoa de "alto cargo", a mesma não acreditou. Não dúvido. O problema é a enrolação. Por que a Morena não teve a ideia de ir na internet e mostrar?

O problema dessas últimas novelas das 8, é que elas são tão patéticas que não conseguem ser sérias como já foram um dia. A cena da Jéssica foi bem feita (apesar do erro de edição na queda), mas muito mal escrita. A garota foi burra até na morte, foi ridículo isso, já é péssimo em filme, em novela piora (pelo fato dos capítuloS). O pior é que as 3 últimas novelas, em sequencia, subestimaram o telespectador, fosse com vilã má por ser má, com filhos que sobrevivem até de tiros a queima roupa, com vilã que consegue pegar todas as cópias das fotos, por mocinha que não sabe mexer na internet ou pendrive, com mocinha que não revela nada para a mãe e pro namorado...

Volto a dizer, essa mania desses autores de glamourizar os vilões estão deixando essas novelas um pé no saco. Por isso que muitos se revoltam, mas na boa? Isso é culpa, não apenas dos autores, mas do público, que pede vilanias (chama o vilão de sem graça comparado ao anterior) e depois fala que a novela está muito violenta (pior que o Jornal Nacional). Fica difícil assim, né?

Nessas horas concordo quem defende uma novela mais curta. Seria bom porque não teríamos núcleos desnecessários e talvez, os autores fossem direto no ponto. Agora, uma coisa é certa, esses autores estão muito fracos, pelo que lembro, as novelas antigas não enrolavam tanto. Algumas foram péssimas, verdade, mas não todas: Que Rei Sou Eu?, A Próxima Vítima, Vale Tudo, Por Amor, etc, são exemplos de novelas longas e que não subestimavam. O que está acontecendo com eles? Esqueceram como se escreve uma novela?

Abraços

Dayse disse...

Concordo plenamente com tudo dito!!!
Ao invés de Jéssica disfarçar, dizer que iria voltar para o quarto e correr atrás de Morena.... Não, ela enfrenta a chefona do tráfico, que por ser igual a bruxa da Branca de Neve, está sempre preparada e anda até com veneno na bolsa!!!

Essa do Théo rir dizendo que não exite tráfico de pessoas, tendo a profissão dele... Putz! Fora que é de se desconfiar desse amor que ele sente pela Morena. Que tipo de amor é esse que não tem sensibilidade de perceber o quanto a pessoa está fragilizada em comentar sobre o assunto, já tendo visto que no outro dia ela saiu de uma boate com a amiga que vonheceu na Turquia e que ela nunca comenta sobre o trabalho dela por lá? Quem viaja, chega cheia de novidades e perrengues para contar...

Será que vai ficar nisso até o último capítulo da trama? Aí tudo acontece ao mesmo tempo, na correria, o tráfico é descoberto, os traficantes são presos e Morena e Théo finalmente são felizes para sempre!!!

Salve João Emanuel!!! Esse sim, tem criatividade e vai desenrolando as tramas, trazendo novas tramas e novamente desenrolando durante toda novela!!!!

Pra mim, o negócio agora é não ver a novela para não perder meu tempo, depois entro no site da globo.com e assisto somente as cenas que me interessam para matar a curiosidade (e o pior, me irritar depois e sair falando mal.... rs... parece coisa de masoquista!). Mas pelo menos vejo tudo em 15 minutos!!!! hehehehe

paulo disse...

Pois é Carlos, é isso que sempre digo, novela boa é novela antiga: elenco, direção, TRAMA, trilha sonora... e tem quem ainda perca tempo com Salve Jorge e afins. Ah, ontem estreou Rainha da Sucata no canal viva e já é sucesso absoluto, só se falou disso no twitter e demais redes sociais e foi parar nos mundiais mais acessados, kkkkkk.
Abrçs Sérgio!

Lulu disse...

Oi Sérgio!
Telespectador não é burro. Vi várias falhas no roteiro.
1- Morena e Jéssica preferiram falar com a Lívia do que a delegada pra denunciar tráfico.
2- Morena e Jéssica agachadas, e justo Jéssica que diz que repara nos pés não olhou para o pé da Lívia, isso é inevitável e só em novela não acontece
3- Se a delegada Helô é tão atenta assim como ela não notou que Jéssica e Morena estavam falando com a Lívia?
4- Que espécie de mãe é a Lucimar? Não repara que a filha voltou estranha? A mãe não conhece a filha???

Vamos escrever uma novela? Aposto que vai dar um banho em tantos furos de roteiro.
Big Beijos

Rafael Barbosa dos Santos disse...

Bom, ignorando todas essas incoerências e furos, e diante do da direção equivocada que a novela vinha tendo, a cena da morte de Jéssica foi muito boa. Carolina Dieckmann arrasou e fechou com chave de ouro sua participação.
Sobre a injeção letal na bolsa, não vi absurdo nenhum, pois Lívia está hospedada no hotel e pode muito bem ter pego em seu quarto. Sobre Théo não ter acreditado em Morena, também não vi motivos para tanta indignação, haja vista que este é o chamado crime "invisível", e como Glória disse, tem muita gente esclarecida, bem mais que um capitão do exercito, que duvida deste tipo de crime, e se fosse assim, não seria assim tão complicado encontrar e punir essas quadrilhas.
Glória vive batendo na tecla de que é difícil para as traficadas falar. Como eu também já estava ficando cansado da lenga lenga, fui pesquisar, e vi casos de mulheres que já estão livres á anos, mas que nunca tiveram coragem de denunciar por MEDO. E sobre elas terem procurado Lívia, também pode ser explicado pelo fato de Lívia ser uma mulher poderosa e trabalhar com moda, um meio em que a rede de tráfico age. Como Jéssica disse que viu Lívia em uma entrevista dizendo que este tipo de crime atrapalha seu negócio, resolveram procurar por ela, não tinha como saber que era justo a chefona. Portanto embora pareça absurdo, não é tão surreal assim, talvez a forma que Glória venha abordando é que deixa a sensação de que tudo isso não seja possível. Se analisar bem os furos de Avenida Brasil, foram bem piores,. Nina demorou 100 capítulos para conseguir provas contra Carminha, não tirou uma fotinha, não gravou uma conversa, não investigou a fundo as maracutaias de Carminha lá com a tal ONG. E depois que consegue as provas, simplesmente ignora toda a tecnologia de hoje, e ainda por cima, ela que tinha tanta sede de vingança, simplesmente desiste de se vingar com a desculpa de ter pena de Tufão. Mesmo com estes "furos" A novela foi amada e todos diziam que era perfeita. Por que neste caso pode ser chamado de licença poética e no caso de Salve Jorge não?
É bem da verdade que o público não comprou a novela de Glória, portanto tudo na novela é criticado, mesmo os acertos. Acho um absurdo dizer que a cena da morte de Jéssica foi patética ou vergonhosa, isso só prova para mim, que existe sim uma "birra" contra a novela.
Não estou criticando Avenida Brasil, porque adorei a novela, e por ser ficção, perdoei estes furos, JEC também sabia mascarar essas falhas. Também não estou defendendo Salve Jorge, que é repleta de deficiências, inclusive acho estranho Morena não desconfiar de Lívia a partir de agora. Porém acho injusta algumas críticas que a novela sofre.
O grande problema da novela, é que o assunto "Tráfico Humano" não tem folego para segurar uma novela, só isso explica essa enrolação.
Enfim não caio de amores por SJ, mas acho algumas críticas injustas. Meu ponto de vista!

Abraços

Rita disse...

Bom dia Sergio, bem colocada suas palavras nesse texto.
Como vc sabe não sou fã da CAROLINA, mas ontem eu gostei de ver ela atuando....Confesso que não vejo a hora dessa novela terminar, pq estou sufocada, toda vez que elas tentam alguma coisa algo acontece, ufaaaaa
Mas por egto da-se um jeitinho de
continuar indo longe ainda,vou continuar assistindo pra ver o desenrolar da trama
Bjuss de um dia feliz
Rita
•*¨`*•..¸✿()✿¸.•`*•..¸★

Rita disse...

E ainda concordo com muitos erros que
como dizem....
isso só acontece em novelas, filha volta diferente, com cara de brava e a mãe nem nota vixeeeeeee

Andam pela rua , pegam taxi, e nada consegue .... e por ai vai
Bjin

EDER RIBEIRO disse...

Oi, Sérgio, boa tarde.
O q acontece com a Gloria Perez é q ela na sabe contar uma história. A trama central da novela daria uma boa micro série. Achei mto tosco a dramaticidade q, acho, o diretor tentou dar a cena. A torneira pingando para em seguida mostrar a lágrima da personagem é de provocar risos, nem os mexicanos fizeram pior.
Abçs.

Thallys Bruno Almeida disse...

Bem, Sérgio, o que posso dizer é que a atuação da Carolina Dieckmann foi o que houve de melhor na cena da morte de Jéssica. Foi o ponto alto de um papel onde a atriz se superou e mostrou um desempenho que faltava em seus papéis mais recentes. Tanto que classifico Jéssica como seu segundo melhor papel, atrás apenas da Leona de Cobras e Lagartos. E agora ela arrasou na cena da morte, apagando Cláudia Raia por completo.

Mas esse monte de situações surreais de Salve Jorge não dá pra mim não. Não acho os erros de Avenida Brasil piores justamente porque JEC conseguiu contorná-los com novas situações. O caso das fotos em banco, a Nina sacando altas somas em espécie e a ausência do pen-drive parecem fichinha perto do que se vê agora. Eu tinha parado de ver SJ por causa disso, fui ver ontem por causa da cena da Jéssica e não consegui entender absolutamente nada.

E tudo bem que há pessoas esclarecidíssimas que duvidam da existência do crime, porém Theo poderia procurar saber pelo menos alguma informação básica. E só o fato de ele ter duvidado da namorada em perigo já causa essa indignação.

Não acho que exista birra nas críticas contra Salve Jorge nem que elas sejam injustas, pelo menos não a maioria. Respeito quem discorda, mas não consegui MESMO me identificar com essa trama. Grande abç!

joao eduardo leal disse...

A proxima novela do carneiro sera soh em 2014? Ainda tem do walcyr, do maneco e do irreconhecivel e decadente aguinaldo silva antes, eu acho...

Kellen Bittencourt disse...

Amigoooo, como é bom estar aki novamente trocando figurinhas sobre a telinha, já estava com saudades, estou retornando esta semana p o blog, muito bacana seu texto, a novela realmente está subestimando nossa inteligencia, dá uma raiva, ai que ódio de tanta burrice, a Gloria tá pegando pesado! Adorei voltar! Abraçossss

Carlos disse...

Rafael, concordo com quase tudo que vc escreveu, aliás, achei até bom que vc escreveu pq meus dedos coçam a cada crítica negativa feita a essa novela. As "viúvas" de JEC vão detestar ou achar defeitos nas próximas novelas até chegar a próxima dele e se eu falasse mal da última, iriam falar que é implicância.

Salve Jorge não é uma boa novela, mas não está tão louca quanto Fina, e suas loucuras estão no nível de Avenida, no entanto, JEC contornava com seu núcleo "pobre escandaloso", criava velocidade nas cenas, mas nada de fato, acontecia, tanto que a outra ficou 100 capítulos para ter uma única prova. Aliás, os furos de Avenida começaram desde o capítulo da lingerie (que muitos dirão que é licença poética, pq ninguém até agora me soube explicar essa cena rs).

E queria que alguém me respondesse o que é licença poética, mas sem "puxasaquismo". Pra mim, por mais surreal que seja, a injeção é licença, já a Jéssica agachada não vendo o sapato, não. E volto a dizer, a cena da morte foi bem feita, teve um probleminha de edição que não compromete, mas foi bem legal, o problema foi o texto. Por que Jéssica não foi ao banheiro apenas pra fazer xixi, e não retocar maquiagem? E pq ao invés de se entregar em uma frase (decepcionada com uma pessoa que ela nem conhece direito é puxado), ela não se entregou com olhares em possíveis cenas seguintes?

Elas tem medo, mas tem momento que dá pra aproveitar e não conseguem, como quando Morena estava na cama com o namorado... Quer um momento melhor para esclarecer? Mas fazer o que se a autora só vê romance nos personagens quando estão transando e beijando?

O tema dá pra ser abordado, o problema é que foi mal planejado. O tempo em que elas ficaram brincando de Tom e Jerry, era o tempo que poderiam mostra-las em outras situações como a prostituição que não foi mostrada.

E antes que me perguntem: "ué, resolveu ver a novela?", eu respondo. Comecei a caçar alguns vídeos no site oficial, é mais rápido rsrs.

Abraço

Rafael Barbosa dos Santos disse...

Sobre o que disse sobre Salve Jorge, concordo com tudo Carlos. Não caio de amores pela trama, tanto que nem tenho visto um capítulo inteiro. É angustiante ver Morena se calar e não contar nada a ninguém, nem denunciar. Mas por mais incrível que pareça, é o que acontece na vida real, portanto não acho que isso seja tão absurdo assim, ao ponto de dizerem que é amadorismo da autora, por que além de tratar um assunto real, a novela é ficção. Sobre Avenida Brasil, eu gostei muito da trama, JEC conseguiu criar uma trama popular, personagens consistentes, e sabia como ninguém desenvolver cenas de tirar o folego, sem falar nos ganchos, direção, elenco e tal. A trama mereceu o sucesso que foi, mas mesmo gostando, não pude deixar de perceber suas falhas, que foram estes furos, e um período em que houve sim enrolação, tanto que na época eu só "xingava" ao assistir a novela.É como Manoel Carlos disse, "Avenida Brasil é uma novela em que tudo deu certo, até as coisas erradas deram certo". Por ser muito amada, o público ignorou os "furos", e JEC ainda sabia mascarar estas falhas. Sinto saudades da trama, mas não me sinto preso a ela, enfim não sou um "viúvo" rs. Sobre Fina Estampa, acho que a novela era descaradamente "absurda", por isso não levava nada ali a sério, entrava na onda farsesca da trama e apenas dava boas gargalhadas. Enfim é só o meu ponto de vista, a maneira como vejo as coisas. Sinceramente para mim, ignorar um mundo onde existe câmera digital, micro-câmeras, pen-drive, computador, muito mais surreal, que duas moças traficadas não denunciarem a quadrilha que lhe fizeram vítimas por medo.

Abraços.

Gal Renata disse...

Carminha forever

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite!
Sérgio
concordo plenamente.Se a rede de prostituição for desmantelada, acaba a novela, e está ficando cansativo para o público cada tentativa frustrada de Morena de fugir ou revelar a verdade. Penso até que além de não ter tramas paralelas, um elenco mais enxuto e com mais ação certamente tornaria a trama mais ágil e menos "enrolativa" para o telespectador.
Bela quarta feira!
Abraços

Gal Renata disse...

É tem razão, a novela perde o fôlego por ter apenas um assunto.

Milene Lima disse...

Eu já li galhofas na internet dizendo que elas estão feito o povo da Caverna do Dragão,quando acham que encontraram a saída, tudo volta à estaca zero.

Eu nem vejo, por isso pouco opino. Ontem assisti a cena da morte da Jéssica e foi sim muito bem feita pela Dickman. Torcendo muito pra fila andar e as chatices perezeanas acabarem logo.

Beijo, Sérgio.

Princess disse...

Seu blog é lindo!

Estou seguindo aqui você.

abraços!

http://totalpinkprincess.blogspot.com.br

Lucas disse...

Novela repercutindo, ainda que negativamente. Eu tenho assistido nos últimos dias pra ver o que acontece, embora discorde da forma como a autora está conduzindo o folhetim. Aliás, o que me incomoda é ver que enquanto muitas críticas são feitas, Glória Perez faz questão de apenas concordar com aquelas que falam que a novela está bem e tal. Nunca vi a autora considerar outras possibilidades, concordar que errou em algum ponto. Uma pena, pois se novela é obra coletiva, o autor da novela não pode depender apenas dele mesmo.
Lucas - www.cascudeando.zip.net

Barbie Californiana disse...

Ah! Sérginhoooo... eu achei a cena bem feita! E vou dizer que concordo com o que Rafael e Carlos escreveram em tudo, mesmo que você fique #xatiado... (risos) Sorry, mas você sabe que eu gosto dessa novela, né? ;P beijos e linda noite.

Carlos disse...

Concordo Rafael, ignorar tecnologia é bem pior, o problema é que elas estão muito "livres" no Brasil, o que dá uma sensação estranha quando vemos as duas tentando falar com uma delegada que mora longe enquanto a outra não contra pra mãe ou pro namorado, isso é bem complicado. Concordo que Fina sempre teve esse ar fantasioso, mas era demais pro meu gosto rsrs. Já Avenida ainda não engoli aquela estória de vingança que não teve, então deixa pra lá, pq se eu continuar as "viúvas" vão ficar loucas comigo rsrs.

Vi o capítulo de hoje, terça, inteira (milagre). Me irritei muito ao ver a outra calada em uma situação tão crítica, a desculpa da Lívia pra calar a outra teve nada a ver já que a polícia estava presente e tbm ao ver que a Wanda conhece o apê da Lívia mais que a própria dona, sabe os ângulos e sabia muito bem que a outra estava em frente da porta, nem titubeou na hora da dedução. De resto o capítulo foi bem legal, o problema é que agora vem a enrolação, pq sinceramente, tudo leva a Lívia, não tem desculpa. Já sei que agora posso desligar minha TV novamente.

Abraço

Vanessa Barbosa. disse...

Pensei que só eu tinha achado meio aleatórias as cenas desse capítulo.. É aquela situação em que quando a novela começar a se elevar... algo sai do rumo. Creio que aconteça com todos.
Beeijos

Mila C. disse...

Olá Sérgio tudo bem? encontrei o seu blog por acaso a algumas semanas e confesso que gostei muiiito dele,tenho acessado quase diariamente e hoje decidi comentar.
Logo no primeiro dia consegui lêr praticamente o blog todo hahahaha, muitos parabéns é muito talentoso.
Adoro as novelas da TV GLOBO são as únicas que consigo assistir a muitos anos que é assim.
Sobre Salve Jorge vi os três primeiros capitulos pela internet e não consegui assistir mais, SIMPLESMENTE DETESTEI....Apesar disso tenho muito respeito pelo trabalho da Glória, e dos Autores em geral.
Acredito que escrever uma novela não deve ser "pera doce"principalmente das nove.
Eu sou Portuguesa e aqui na terrinha ainda passa AVENIDA BRASIL ,que por sinal já vi e gostei muito , SUCESSO ABSOLUTO DE SHARE ou "IBOPE" POR AQUI.
Para fim de conversa a novela tem muiiitos personagens, (muito nome para decorar) lol ,DEFENITIVAMENTE NÃO INGOLI ESSA NOVELA , O NUCLEO DA TURQUIA ENTÃO...(É PARA ESQUECER)pelos vistos se os traficantes forem desmarcarados acabou SALVE JORGE,
hahaha tudo o que eu sei dessa novela é aquilo que eu leio em alguns sites ou blogs .
Penso que a Glória USOU E ABUSOU DA SUA "FORMULA" E COM ISSO O PUBLICO SE CANSOU.
Um xiiiii apertado.

joao eduardo leal disse...

Olha eu aqui de novo rsrsrsrsrs. Gostaria de falar que sou sim viuvo do jec rsrs e fazer um comentario sobre a cena de ontem, em que a jessica aparece como um espiriro (fantasma?) Fofo e nao fa nada. Seilà, mas acho qe ela podia ao menos ter dito que a livia era a chefona neh... Me surpreendi com as series da band, roma e the walking dead, todas com qualidade de sobra, acho que faria sucesso se fosse passado no fim da tarde, ao inves de series da nick...

Abraços.

joao eduardo leal disse...

Fofo e nao fala nada*

Dayse disse...

Para melhorar, agora a Lívia vai convencer a Morena à ficar calada!!! Depois de ver a amiga morta??? Era pra ela se desesperar e colocar a boca no trombone enquanto ainda não mataram ela também.... Ao lado da família e da delegada que ela pode confiar... Aff!!!!
Lívia vai alegar que é melhor ela voltar à Turquia para investigar e conseguir acabar com o tráfico.
Será que uma menina criada no Alemão é tão tonta para acreditar na Lívia nesse nível???
Acha que é melhor ela ir à um país do qual não domina a língua com uma estranha (poderosa, com fama de ter aversão ao tráfico, mas ainda assim uma estranha que não é nem da polícia e nem do poder judiciário), sem respaldo de nenhum setor de proteção de seu país, sozinhas, para, "fazer justiça com as próprias mãos"???

É forçar muito a barra, né!?

Ontem ela até colocou uma cena em que justificava a Lívia estar com uma injeção na bolsa.... hehehehe... piadinha, né!?

Tudo bem, quem compara e diz que JEC também criou um monte de fantasias para AvBra render... Não deixei de criticá-lo por isso...
AvBra também teve seu momento barriguinha com enrolações... É natural! Mas ele sabia envolver o telespectador de forma que havia as idas e vindas, que não chegaram a cansar e nem enjoar totalmente.... quando vc começava a se irritar e a desanimar com a novela surgia uma nova emoção que dava novo ânimo.

Salve Jorge não conquistou e Glória Perez parece qu não tem força para a reviravolta!!! Infelizmente pois o assunto poderia ser bem interessante.

Rafael Barbosa dos Santos disse...

pois é Carlos, a trama apresenta bons momentos isolados. O capítulo de ontem foi relativamente bom, ignorando os furos, mas daí termina com aquela cena tosca. Pois é acho que a Glória não aborda como deveria o tema, pois uma hora as meninas sentem medos de denunciar, outras se arriscam ao investigar, então fica difícil compreender mesmo. Acho que no caso, a Glória deveria mostrar as meninas sendo obrigadas a se prostituir, os vilões deveriam ser mais contundentes no terror psicológico, quem sabe mantando de fato alguém próximo das vítimas, para que esse medo todo pareça crível, e para que a trama não gire apenas em torno das constantes tentativas de fuga. Mas infelizmente tudo só deve se resolver no final. Pena!

Abraços!

VERINHA T disse...

Olá Sérgio
O legal das novelas é que leva o publico a comentar, discordar e até ficar furioso, quem sabe não é o que os autores querem? afinal como diz o ditado: falem bem ou mal, porem fale, porem assistam. Realmente as novelas antigas eram as melhores, eram outros tempos. Concordo que as novelas se estendem demais, por este fato as idéias estão faltando.
Um belo post, tenha um belo dia.
Beijinhos

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sérgio, concordo que essa trama abusou de situações absurdas e inverossímeis, mas as cenas foram bem dirigidas e interpretadas, por Carolina Dieckmann, Nanda Costa, Giovanna Antonelli, Totia Meirelles, Adriano Garib e até Claudia Raia. Achei interessante que houve testemunhas a favor da Jéssica, na banheiro - as tenentes Érika e Marcia - e a questão do banheiro interditado, prontamente depredado pelo Russo, antes que a polícia verificasse a mentira da Lívia. Resta saber como Glória Perez conduzirá a trama daí para a frente.

A viajante disse...

não vejo problema nas protagonistas terem medo de revelarem suas condições, tendo em vista a necessidade do folhetim prolongar...se elas contassem logo, a novela acabava logo...risos... mas o problema desta novela tem muito mais a ver com os tantos núcleos e temas que quer abarcar. Só poderia dar nisso: salada indigesta. Amo novela e estou me esforçando para gostar de algo, mas ainda não consigo ver mais que uma cena, num mesmo capítulo. Beijo, querido.

FABIOTV disse...

Olá, tudo bem? Confesso que fico profundamente irritado ao assistir Salve Jorge. Como a Morena deixa a mãe se envolver com o Russo, gente!!!!!!! Sobre a injeção: é novela. Não é documentário. Na ficção, vale tudo.... Abraços, Fabio www.fabiotv.zip.net

LUIZ disse...

Entre as tres ultimas e absurdas novelas das 9 eu acho que Fina Estampa pelo menos divertia, Avenida Brasil eu acho um porre e sem lógica, e essa agora Salve Jorge é a menos chata das novelas da Glória Perez até agora mas mesmo assim não me atrai. Cada vez mais tambem dou valor as novelas do passado.

Adriana Helena disse...

Olá Sergio, meu amigo, tudo bem com você?
hehe adorei a sua crítica de que o telespectador está sendo feito de idiota pela autora da novela.... e não é que é mesmo amigo? Foram tantas idas e voltas da Morena e da Jéssica para contar sobre a situação de traficadas a alguém e nunca conseguir, que chegaram a comparar a novela com o antigo desenho da Caverna do Dragão.... rsrs

Ou seja, dão mil voltas, ultrapassam todos os obstáculos e nunca conseguem nada ao final! Fla sério!!! Ah, isso já está mesmo passando dos limites e acho que a novela, se continuar assim, vai para o ralo mesmo...

Novela é para divertir, e não para irritar não é mesmo?
Bem amigo, você foi bem perspicaz na excelente análise, como lhe é peculiar toda a vida!
Abração e uma semana maravilhosa!

Clau disse...

Oi Sérgio,boa noite!
Não assisto Salve Jorge,mas hoje ouvi muitos comentários sobre o que vc escreveu.
Parece que muita gente,não gostou também quando Jéssica apareceu depois de morta para Morena.
Bjs!!

Sérgio Santos disse...

João, o caso da injeção eu considero uma licença poética e querendo ou não, foi uma morte diferente. Valeu por isso. Mas de resto foi absurdo demais. Ainda por cima Jéssica entregar pra Lívia que descobriu tudo. Ora, como assim? Já não bastava não contar nada pra ninguém, agora resolveu contar justamente pra chefona?

Sim, a próxima do grande JEC só em 2014. Mas estou animado com a do Walcyr e com a última do Maneco. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Carlos, vc sabe que eu excluo Avenida Brasil disso, mesmo reconhecendo os furos, inúmeras vezes citados por mim.

As novelas antigas eram muito mais lentas do que várias atuais, claro, havendo algumas exceções. Só que quando uma obra acaba e faz sucesso, quase todos só guardam lembranças boas e apagam os erros. É normal.

O problema da Morena não é nem a internet e sim FALAR nem que seja pra mãe. Ela tá vendo a mãe namorar o sujeito que a espanca e acha melhor ficar quieta? Como assim?

Agora, discordo totalmente de vc e do Rafael. Eu acho muito mais grave uma pessoa ignorar a existência do telefone do que de um pen drive. Mas vai do ponto de vista de cada um. Enfim... Abraço.

Sérgio Santos disse...

Pois é, Dayse. A seringa eu relevei porque foi diferente e faz parte da ficção, mas o resto não dá pra engolir. Pra culminar ainda aparece o ESPÍRITO da Jéssica. Essa novela é tosca demais. Eu não via há um bom tempo, mas vi anteontem e ontem por causa da tão esperada morte. Foi duro de engolir...

E o bom do JEC é que ele sabia disfarçar e atenuar as enrolações com cenas tensas e grandes ganchos. Foi inovador. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Paulo, eu fui um dos que comentaram sobre Rainha da Sucata. Silvio de Abreu é um dos meus autores preferidos. Abçs

Sérgio Santos disse...

Oi Lulu. Muito bom esses seus tópicos. Pior que é verdade... bj

Sérgio Santos disse...

Rafael, discordo. Em primeiro lugar porque eu não critiquei a cena, tanto que no texto eu elogiei a sequência e Carolina Dieckmann. Também não reclamei da injeção, talvez vc não tenha lido todo o texto. Mas do restante, sim eu acho um absurdo completo.

E também não acho que os erros de Av. Brasil tenham sido bem piores, até porque nem cabe comparação entre uma novela e outra. Mas na minha humilde concepção não usar um telefone é bem pior do que não ter um pen drive.

E sobre o medo de denunciar, uma pergunta. Morena viu a melhor amiga ser assassinada e a MÃE namora com um sujeito que espancou a coitada o tempo todo no bordel. O medo dela é qual? Já não tá de bom tamanho o que está acontecendo?

Menos mal que vc achou tosca a cena do fantasma, pq tinha medo que gostasse daquilo. Mas já li gente dizendo que essa é a melhor novela no ar e a melhor novela da Glória Perez. Ok, gosto é gosto, mas não compactuo dessa opinião. Abraço

Sérgio Santos disse...

Oi Rita! A Carolina foi muito bem mesmo e encerrou sua participação da melhor forma possível. Já a novela... Beijos.

Paty Michele disse...

Tô aqui assistindo e lendo. É muita forçação de barra mesmo. e o que aconteceu com a delegada que estava dentro de um carro pegando fogo?

Afff, termina logo, novela chata!

um bjo, Sérgio.

Sérgio Santos disse...

Oi Eder. Da cena em si eu gostei. Apesar do exagero da Cláudia, a Carolina foi mt bem e a cena foi tensa.Mas de resto foi triste... Abraço.

Sérgio Santos disse...

Thallys, eu acho que Camila ainda é a melhor personagem da Carolina. Leona em segundo e Jéssica em terceiro.

Também acho esses erros muito piores em todos os aspectos e ainda há o fato de milhares de atores não terem função na trama, mas aí já é outro assunto. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Oi Kellen! Há quanto tempo! Bem-vinda de volta! Bjs!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Gal! rs Bjs!

Sérgio Santos disse...

Oi Felisberto, concordo com vc. E o pior é que eu li em algum lugar que Morena vai contar toda a verdade pra uma amiga. Ou seja, pra delegada, pro namorado e pra mãe, não, mas pra amiga sim. Enfim... Abrços.

Sérgio Santos disse...

Oi Milene. Eu também li essa piada. rs Elas fogem e são recapturadas. Assim segue o núcleo. Não precisa ver pra saber disso. bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Princess. Obrigado. bj

Sérgio Santos disse...

Luca, assino embaixo do que você escreveu. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Oi Barbie! Claro que não ficarei chateado! rs Discordar é bom também. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Oi Vanessa, obrigado pelo comentário. O problema é que isso acontece desde o primeiro capítulo de Salve Jorge. bj

Sérgio Santos disse...

Dayse, é verdade. Depois da amiga ser assassinada não há mais razão pra Morena se calar. O pior já aconteceu. E agora? Pois é, voltar pra Turquia é forçado demais. Ou seja, vai voltar tudo a estaca zero.

JEC ao menos disfarçada o período sem grandes acontecimentos com agilidade e bons ganchos. Fazia toda diferença. bjs

Rafael Barbosa dos Santos disse...

Rs, li o texto sim Sérgio, quando falei da cena e da injeção, não me referi ao texto, aproveitei o comentário e acabei falando tudo o que pensava (Não é a toa que ficou imensso, exagerei rsrs), depois de ler as críticas da galera no twitter, pois muitos lá disseram que a cena foi patética e a questão da injeção virou polemica. Desculpe se me expressei mal. Sobre a questão dos "absurdos" kk,sabia que iria discordar, mas é assim que penso. Claro que não dá para comparar uma novela e outra,no geral, são extremamente diferentes em qualidade. Mas ainda acho os furos de Avenida Brasil piores, mas como se tratava de uma novela bem realizada e amada pelo público, a turma ignorou isso e continua a ignorar. Da maneira que foi mostrada, é como se um Pen-drive simplesmente não existisse, ou Nina era totalmente alienada á tecnologia que temos hoje, sem falar na demora para conseguir uma prova, mas entendi que era ficção e perdoei. Já em salve Jorge, embora seja difícil de acreditar, isso realmente acontece. E não, ainda não está de bom tamanho, ainda tem o filho, a própria mãe, o chato de Théo, e sua própria vida em risco, por tanto o medo ainda é justifica. Acho que Glória ameniza demais o terror psicológico feito pelos traficantes, por isso parece pouco crível o medo delas.
Enfim, cada um tem um ponto de vista diferente. Adorei a Avenida Brasil, mas não o bastante para ignorar estas falhas, na época tinha até medo de falar com medo de ser apedrejado" rs. E não curto salve Jorge, a trama é cheia de problemas, oscilante, maçante e chata, mas tem algumas críticas que não concordo, principalmente estas sobre os furos e o não reconhecido dos raros acertos da novela, como a cena da morte de Jéssica. E sim, tem gente que gosta da novela, mas cada um tem seu gosto e existe público para tudo embora seja em proporções diferentes.Como uns amam Salve Jorge e consideram a pior novela que existe, outros odeiam Avenida Brasil ao ponto de considerarem a pior (Absurdos hehe) Já curti muitos fracassinhos, então não condeno rs. É isso.

Abraço.

Sérgio Santos disse...

Oi Mila! Puxa, vc leu o blog quase todo em um dia? Obrigado, fico feliz que tenha gostado. Sim, eu sei que Avenida Brasil também é um baita sucesso aí em Portugal. Aliás, Gabriela também foi.

Eu respeito muito a Glória Perez, mas nunca gostei do seu estilo e Salve Jorge pra mim é sua pior novela. Bjs!

Sérgio Santos disse...

Oi Verinha, obrigado. Olha, os autores não gostam quando criticam, não. E no caso a audiência nem tá boa. Beijão.

Sérgio Santos disse...

Oi Elvira. Olha, concordo com todos os elogios aos atores citados, com exceção da Cláudia. E vamos ver como vai se encaminhar tudo isso, mas não terei paciência pra ver os capítulos, a não ser o finalzinho por causa do BBB. Bjs!

Sérgio Santos disse...

Oi Ju. Sem dúvida toda novela precisa adiar os acontecimentos um pouco, afinal, senão acabaria tudo em 2 meses. Mas o artifício utilizado pela Glória não convence e cansa rápido. bjssss

Sérgio Santos disse...

Oi Fabio. Exato, sobre a injeção é isso mesmo. É novela e vale a licença poética, afinal, valeu pela criatividade. Mas a Morena deixar a mãe namorar o Russo é demais. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Luiz, não conseguia rir de Fina Estampa, pelo contrário, sentia raiva daquelas tosquices. Mas acho que Salve Jorge é a pior trama da Glória. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Adriana. Obrigado pelo carinho de sempre! Pois é, quando a novela irrita é porque há algo errado. A autora tem subestima muito a inteligência de seu público. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Oi Clau! Não tá perdendo nada, até porque também vejo pouco. E as reclamações foram muitas mesmo. Beijos!!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Paty! Acredita que a bomba que foi colocada não explodiu? Só pegou fogo e ficou claro que o fogo era efeito especial de tão mal executada que foi a cena. Mas ela escapou. Bjs!!!

Sérgio Santos disse...

Ah bom, Rafael, entendi. Porque eu elogiei a cena em si e não achei nada patética. Só o conjunto da obra que me dá vergonha.

Também já gostei de fracassos, como Negócio da China por exemplo. É de cada um.

Mas a mãe já corre perigo namorando um sujeito como o Russo e ainda mais com ele dentro de casa com o filho. Por isso não vejo nexo algum, ainda mais com a amiga morta. Nesse ângulo, ficar quieta é difícil de engolir. Pior ainda quando acreditar na Livia e aceitar voltar pra Turquia...

E na época eu critiquei a questão do pen drive e também do fato da Nina sair de um banco com um milhão em dinheiro vivo, mas não, por exemplo, o fato dela ouvir atrás da porta, porque ali via licença poética. Enfim... Abraços!

Barbie Californiana disse...

Eu sabia que você me entenderia, por isso brinquei também... "-* E só fazendo uma correção, eu concordo com eles em "quase" tudo... hihii beijos

Sérgio Santos disse...

Barbie, sei disso!!! bjão! ;)

Dayse disse...

Dizem por aí qua a Morena voltará para a Turquia, dopada, em um jatinho fretado (?)
Se isso for realmente o que vai acontecer, essa Morena deve valer ouro no "mercado humano"... o povo tá gastando!!!!
Já era pra ela estar morta há mto tempo, com todos os problemas que provoca!!!
Fora que, se é tão fácil fretar um jatinho pra lá, por que o povo se arriscou no avião voltando com as meninas com drogas???

Eu sei, estou ficando chata de tanto reclamar, mas é que a cada novidade irrita mais...

Filha do Rei disse...

Acredito que Glória Perez se perdeu, existe muito "enredo", nós que não se desfazem. Não existe emoção, está cansativa sem nenhuma solução.
O assunto é ótimo: tráfico de pessoas.Mas, sinto-me perdida qnd assisto à novela :)
Tenha um dia abençoado. Bjs

Carlos disse...

O fato é que as últimas novelas das 9 (ou 8) estão irritando as pessoas. Volto a dizer, isso de pendrive foi pequeno se analisarmos como as duas se juntaram (a cena da lingerie), que ninguém lembra rsrs.

Já ouvi a Glória falando que a cena da seringa foi real, levando em consideração isso, e que muitos filmes fazem isso e nem reclamamos, e que uma seringa não faz som, como um revólver, e a explicação da Lívia... Dá pra levar. O problema foi o texto, com a outra se entregando. Tomar uma atitude burra por desespero é uma coisa, outra é ser burra. E elas estão sendo desde o início pelo visto.

Essas enrolações é que estragam as novelas. Ouvir atrás da porta por 100 capítulos é muita enrolação. Tentar fugir durante 100 capítulos, tbm.

O problema de Salve, pelo menos nesse núcleo (faço a mínima ideia dos outros, não vi os vídeos rsrs) é essa enrolação nas fugas e de o telespectador não ter a sensação de "prisão" que elas sentem.

E é uma pena, pq o assunto abordado é sério e importante ser debatido, mas não dessa forma. É bem verdade que não dá pra copiar tudo da realidade, tem que fantasiar também, mas nem tanto.

Abraços

Mila C. disse...

Pois é Sérgio Gabriela teve um grande sucesso por aqui(sempre no top five dos programas mais vistos do País) terminou Domingo passado.
Neste momento na faixa das 18:30 está a dar Fina Estampa, já está no finalzinho, a SIC começou hoje a fazer a chamada da novela que a vai substituir será Cheias de charme.

Um xiiii apertado...

Sérgio Santos disse...

Oi Dayse. Nem sabia disso. Mas realmente ela não vale tanto investimento. Até porque já mataram uma, matar a outra não custaria nada. bj

Sérgio Santos disse...

Oi amiga. Também acho o tema do tráfico muito bom, mas está sendo pessimamente abordado. E há um excesso de personagens que cansa o público e não valoriza os atores. bjs

Sérgio Santos disse...

Carlos, exato. A injeção valeu pela novidade e nem reclamei disso. E acredito na palavra da autora. Se realmente aconteceu, ok. Só que a Jéssica falar pra vilã que descobriu tudo e nem fugir foi puxadíssimo.

Essa situação da lingerie em Av. Brasil foi mal explicada mesmo. Não haveria necessidade dela roubar nada, foi gratuito. Mas a situação acabou sendo pequena diante da novela em si.

Olha, tem tanto ator nessa novela que eu só decorei o nome de uns 10, sendo otimista. Mas é bem verdade que o fato de assistir pouco também influencia... abraço.

Sérgio Santos disse...

Mila, então vc vai se divertir muito com Cheias de Charme. Nossa, Fina Estampa ainda estava no ar? Coitados de vocês. Beijos!!!!!!!!!!

Vera Lúcia disse...


Oi Sérgio,

Carolina esteve muito bem em sua última atuação. A cena foi mesmo excelente, não merecendo reparos.
Estou de acordo com suas considerações. Há lances absurdos na novela e que são mesmo um atentado contra a inteligência do telespectador. Nem digo da injeção, pois era de se esperar que a vilã estivesse atenta, considerando sua vida "perigosa". Mas fica difícil entender que, uma vez no Brasil, as garotas não tivessem dado um jeitinho de denunciar a situação, com tanta facilidade para tal, eis que Morena sai até para namorar, sem nenhuma vigilância.
A novela está se tornando cansativa e desinteressante. E digo até irritante, ao saber que Morena regressará à Turquia, ainda que dopada.

Beijo.

Anônimo disse...

Achei vergonhoso o Theo, como "soldado", não ter conhecimento sobre o tráfico de pessoas. Ele ainda chama a Morena de ingênua por ter conhecimento, ele que é o ingênuo da história!!!

Não sei que "cu doce" é esse das garotas denunciarem a Wanda, o Russo... a Morena é tão próxima da delegada, a mãe dela trabalha na casa dela! Um absurdo! Não vejo nenhum "guarda" da quadrilha vigiando as garotas em sua estadia no Brasil... acho que isso é só pra botar medo nelas.

Espero que a Wanda, Russo, principalmente a Lívia, sejam pegos no final da novela... mas, como ouvi comentários, Glória Perez não faz isso com os vilões de suas histórias.

Michele Nunes disse...

Eu tantas vezes tive vontade de escrever sobre essa novela, mas eu acho tao ruim que escrever e publicar so pra falar mal seria ate cruel com a Gloria, mas eh impossivel ver uma novela tao cheia de erros, eu faço o maximo possivel pra nao assisti-la, mas sempre estou ligada nela. Bem, voltando a novela, eu acredito que esse nucleo poderia mesmo ser conduzido de outra maneira. Alguns erros ate sao aceitaveis, como por exemplo, o silencio das duas; a Morena nao contou nada para a mae porque Lucimar faz o estilo da mulher desesperada, se Morena contasse que Russo eh um monstro, seria capaz dela ficar contra a filha e ao lado do homem por necessidade de ter um mesmo sendo ruim. Mas a mocinha teve tantas oportunidades para contar pra tantas outras pessoas, e resolveu armar todo um circo num desfile para contar para a chefona. Ok ate isso pode passar. Acredito que o que estragou de certa forma é todo o circo que Gloria armou, como, colocar uma personagem de destaque uma delegada madrinha da protagonista, um promotor que se deixa seduzir por uma empresaria e a necessidade de mostrar todas as formas de crueldade como as mulas que carregam drogas, o trafico de bebes, acho que isso poderia ser melhor estruturado!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Vera! Concordo plenamente com vc. A situação da injeção valeu pela novidade, mas o resto é absurdo demais e irrita. Beijos!!!

Sérgio Santos disse...

Oi "Anônimo", pois é, um sujeito do exército não acreditar e nem se dar ao trabalho de se informar é bem ridículo. Mas é apenas um absurdo entre tantos. Acredito que no final todos serão punidos, mas se for ficar enrolando o tempo todo... Abraço.

Sérgio Santos disse...

Michele, é muito válido essa temática. Mas Glória não soube criar meandros para entreter o telespectador, e acaba utilizando situações inverossímeis e absurdas só pra prolongar uma história que já cansou. Fica difícil... Beijos.

Anônimo disse...

Eh tanta situação incoerente que tem dado raiva assistir essa novela... Olha só:

1. Atentado da Helô: Como instalaram aquele dispositivo no carro dela, na garagem de seu prédio?? Seguranças, vizinhos, prestadores de serviços...

2. Na morte da Jéssica: Putz.. Tanto cuidado delas e tanto zelo e ela vai peitar justamente a "chefona" e poderosa Livia??

3. Alem do mais, três torneiras arrancadas encharcariam um banheiro, não acham??? E o funcionário do hotel não iria nem entrar para ver?? Esse era digno de demissão!!!

4. E essa eh a pior: Helô, pede as filmagens para o hotel!!! Tudo hoje eh monitorado!!! Vc saberá quem entrou e quem saiu do banheiro na morte da Jéssica...Simples assim!!!

São tantas coisas que... aff ... Hoje a Helo iria até solucionar um crime na Turquia.... Haja competência, hein!!!

Eduardo Lima disse...

Eh tanta situação incoerente que tem dado raiva assistir essa novela... Olha só:

1. Atentado da Helô: Como instalaram aquele dispositivo no carro dela, na garagem de seu prédio?? Seguranças, vizinhos, prestadores de serviços... Acesso tão fácil assim? Delegada tão vulnerável? E não contavam com circuito de câmeras?? Se eu bolasse esse plano contaria com tudo isso... Imagina "profissionais"?!

2. Na morte da Jéssica: Putz.. Tanto cuidado delas e tanto zelo e ela vai peitar justamente a "chefona" e poderosa Livia??

3. Alem do mais, três torneiras arrancadas encharcariam um banheiro, não acham??? E o funcionário do hotel não iria nem entrar para ver?? Esse era digno de demissão!!!

4. E essa eh a pior: Helô, pede as filmagens para o hotel!!! Tudo hoje eh monitorado!!! Vc saberá quem entrou e quem saiu do banheiro na morte da Jéssica...Simples assim!!!

São tantas coisas que... aff ... Hoje a Helo iria até solucionar um crime na Turquia.... Haja competência, hein!!!

26 de janeiro de 2013 05:10

Sérgio Santos disse...

Eduardo, o caso da bomba ainda foi pior porque ela nem explodiu. Nunca vi isso. E a cena ficou muito mal feita. Enfim, os equívocos ultrapassam os limites. Abraços.

Anônimo disse...

Gente concordo plenamente cm tudo o q foi escrito. Glória Perez deveria se aposentar definitivamente....pois está fazendo o povo de bobo e de babaquices já estamos cheios, já chega ter q aturar BBB anualmente e agora a Globo empurra goela abaixo, uma novelica escrita por uma pessoa q deve estar com dificuldade cognitiva pelamordedeus....é cada cena megalomaníaca que foge da realidade comum. Vcs gostaram da tal cena da morte da Jéssica. Não! Vcs gostaram da interpretação da atriz, pq de veracidade, me poupem. Como é q uma mulher, por mais vilã q seja (ms não é da área da saúde), consegue num toco, mirar num vaso sanguíneo de forma fulminante e introduzir algo??? affff..é mto surreal para meu estômago. E mais...ela SUBestima delegados, Oficiais, Advogados, aduanas de fronteira, Aeroportos Internacionais, público em geral, etc, etc, etc e SUPER estima os traficantes, os bandidos, os carrascos, enfim...os babacas q nem ela. Olhem...a GLOBO faria um grande favor se acabasse logo essa traminha de quinta!

Anônimo disse...

Já postei

Sérgio Santos disse...

"Anônimo", obrigado pelo comentário. Realmente o número de incoerências é bem alto e isso já deixou o telespectador mais do que irritado. Abraços.

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Gente ,me explica como foi que souberam que a moça que faleceu na Turquia,o nome dela era Morena e brasileira se a suposta "amiga "Rosangela disse que num era a amiga dela que ela procurava ?Quem foi que disse que era ela se ela num tinha ninguem ...como sai uma noticia dessa na internet,jornais ...

Anônimo disse...

Como uma injeção é aplicada no pescoço e todos dizem que a Jéssica se drogou. A perícia com toda certeza sabia que injeção foi no pescoço e que quase... ou todo.... usuário faz uso no braço pq é onde ele é capaz de enxergar a veia.
Sem noção demais.

clau disse...

soy de Chile , país en donde se está transmitiendo la novela y concuerdo plenamente con los comentarios expuestos.

admiro desde siempre las noovelas brasileñas, pero la decadencia en el guión de Salve Jorge ( acá se conoce como: La Guerrera) es impresionante.

incompetencia de la policia, personajes absurdos, escenas y diálogos que no llevan a nada.

Triste espectáculo, totalmente inverosímil.