segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

"BBB Vai e Volta" movimenta o Big Brother Brasil e diverte o público

O "Big Brother Brasil" sofreu uma grande reviravolta. Após a polêmica envolvendo o Dhomini, o reality tinha ficado em segundo plano e a repercussão era apenas em cima do participante e de suas declarações deploráveis. Porém, depois da merecida eliminação do rapaz, Boninho apresentou o "BBB Vai e Volta" e conseguiu mexer no jogo e instaurar um clima de tensão e rivalidade na casa.


Pela primeira vez foi criado um paredão 'fake' no reality brasileiro. Tudo foi elaborado com antecedência através da suposta prova do líder. E o diretor foi sádico ao criar uma prova de resistência em cima de um benefício que estava mais para malefício. Eliéser foi o vencedor e não pensou duas vezes ao indicar Maroca, seu principal desafeto. Mas nem ele e nem ninguém do reality sabia que era um paredão falso. Na disputa, o público não votava em quem queria que saísse e sim para escolher o novo líder. Para isso, o participante vencedor seria 'eliminado' e assistiria, trancado em um quarto, a tudo o que se passava na casa por um dia. O resultado foi uma disputa entre Maroca e Marcello, tendo a vitória da faladeira.

E o programa de domingo foi recheado de, digamos, emoções. A volta da Anamara deixou todos da casa assustados e Eliéser transtornado. A rivalidade é o principal atrativo de um reality show e o retorno da participante foi muito benéfico para o andamento do jogo. Boninho acertou em cheio ao se inspirar no
"Celebrity Big Brother UK" --- onde um casal fingia ser eliminado, mas ficava ouvindo tudo o que falavam de dentro de um porão --- e ainda teve a sorte de ver os principais rivais do programa envolvidos na eliminação falsa.

É bom lembrar também que o próprio BBB já apresentou uma situação parecida na décima-primeira edição. Em 2011, o Maumau foi eliminado, mas foi parar na casa de vidro, ganhando uma segunda chance do público. O objetivo era deixar Maria constrangida ao ver o ex de volta após ter se envolvido com Wesley. O resultado foi positivo e o telespectador se divertiu muito. Agora, em 2013, acontece quase a mesma coisa, mas com uma dinâmica diferente.

Boninho mais uma vez deixou claro o quanto que entende do que está fazendo. Nenhum reality show no país consegue ter a qualidade do BBB. E também não é por acaso que o Big Brother é tão longevo no Brasil, ao contrário de outros países que encerraram o reality após cinco ou seis edições. O diretor sabe como criar conflitos e elevar a rivalidade entre os participantes. Depois da traumática sexta edição, onde nada acontecia, houve uma maior preocupação em torno do que pode ou não gerar atritos.

O "Big Brother Brasil 13" está apenas no começo e e em menos de um mês já aconteceram inúmeras situações. Participante que desistiu, declarações polêmicas, revolta, brigas e agora o "BBB Vai e Volta". O reality só termina em março e ainda há muita água pra rolar. Quem gosta do gênero está bem satisfeito com o que está sendo exibido. Que venham os próximos conflitos!

35 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Em minha modesta opinião o BB está a degradar-se e cada dia os participante transformam-se em marionetas sem personalidade. Embrutecidos pelo ambiente...

De quando em vez para para ver mas depois fico enjoado...

EDER RIBEIRO disse...

Oi, Sérgio, bom dia.
Acho deplorável qq programa denominado reality show, contudo, sou obrigado a concorda com vc q a mão do diretor o tornar atrativo para quem gosta do gênero. Abçs.

LUIZ disse...

No Brasil o bbb é longevo porque a emissora que o exibe lucra com ligações e merchands, porque o ibope mesmo já não corresponde a muito tempo. Sinceramente a unica coisa que sinto com esse programa é uma tristeza de saber que algo de tão baixo nivel e qualidade ainda atrai a atenção de pessoas que se julgam tão modernas e inteligentes. Tudo bem que ninguem tem de passar a vida lendo livros e indo ao teatro, não é isso, mas bbb é o fim da feira, é o que há de mais pobre e de mais podre na já decadente TV aberta. É isso.

Rafael Barbosa dos Santos disse...

Ainda não supera o 5,7 e 10, mas estou gostando desta edição, embora ache os time de participantes novatos, fraco. Adorei o "vai e volta" porque sou fã da Maroca, e porque adorei ver a cara do Eliézer com sua volta Hahaha. Mesmo gostando da Maroca, acho que ela voltou meio despirocada. Agora ela precisa se controlar, e não deixar que essa impulsividade toda a atrapalhe, afinal o jogo ainda não está ganho. Sobre o paredão de terça, Fora Aslan rs.

Abraços

Anônimo disse...

Big brother é UÓ!!!!!!!!

A viajante disse...

Não tô assistindo nada disso... vou ver se volto a acompanhar. Beijo.

Lulu disse...

Achei muito divertido. Só que a Anamara tá se achando muito e o destino poderá ser igual do Maumau.
Big Beijos

Vanessa Barbosa. disse...

Eu detesto esse programa, evito ao máximo ter contato com notícias sobre ele. Já minha mãe adora e assiste todos os dias, neste mesmo dia que teve essa saída e volta, eu estava na sala atarefada e minha mãe assistindo. Tive que ouvir de relance o programa, um tanto contrariada.
Mas tem quem goste né, rsrs. Dessa manipulação global.
Beijos querido, tenha uma ótima semana.

Clau disse...

Oi Sérgio!
Não é meu caso,mas muitas pessoas apreciam o BBB.
E ao ler seu texto,percebo que o programa tem despertado grandes emoções!
Bjs!

Paty Michele disse...

Jogada de mestre. Adorei!
Estou torcendo por ela, embora concorde com o Aslan, ela é explosiva!
Se ela souber levar o jogo e nao enfiar os pés pelas mãos, ganha o prêmio.

um bjo

Lu Nogfer disse...

Quase nao acompanho mas foi surpreedente!Ate eu me assustei!rs
Uma atitude inovadora para um programa que ja cai na onda da mesmice!

Beijos!

Luciana Souza disse...

Oi Sérgio
Prá falar a verdade, não gosto de BBB, mas você faz uma ótima resenha de programas, já te falei isso e repito.
Bjos. Fique com Deus!
http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

Marcos Mariano disse...

Esse programa de repente poderia até ser bonzinho, se não estivesse tão na cara que a coisa toda ali é manipulada, a grande maioria já sabe que eles são orientados a fazerem metade de tudo que eles fazem ali.

Abraços

Mila C. disse...

Boa noite, Sérgio!
Esse diretor deve ser bom mesmo, para chegar ao décimo terceiro BBB, porque aqui em Portugal esse programa só durou até a quarta edição, ninguém aguentava mais o BB.
Agora temos aqui secret story(A casa dos segredos)é nos mesmos moldes do BB, 21 concorrentes estão fechados durante 104 dias numa casa vigiada por dezenas de câmaras e microfones. O publico fica a saber tudo sobre a vida dos concorrentes durante a sua estadia na casa, os mistérios da sua vida no passado, que ele tanto faz questão de guardar é desvendado aos portugueses. Cada um deles possuí um segredo.(ex sou garota de programa,sou homossexual,tal concorrente é meu irmão,já fui raptada etc....) O objectivo principal do jogo é descobrir o segredo dos outros concorrentes e esconder bem o seu.
Por cada segredo descoberto, o concorrente recebe uma boa quantia em dinheiro, se falhar no segredo perde todo o dinheiro acumulado, e o vencedor ganha um prémio final.
Um xiii apertado...

Mila C. disse...

Boa noite, Sérgio!
Esse diretor deve ser bom mesmo, para chegar ao décimo terceiro BBB, porque aqui em Portugal esse programa só durou até a quarta edição, ninguém aguentava mais o BB.
Agora temos aqui secret story(A casa dos segredos)é nos mesmos moldes do BB, 21 concorrentes estão fechados durante 104 dias numa casa vigiada por dezenas de câmaras e microfones. O publico fica a saber tudo sobre a vida dos concorrentes durante a sua estadia na casa, os mistérios da sua vida no passado, que ele tanto faz questão de guardar é desvendado aos portugueses. Cada um deles possuí um segredo.(ex sou garota de programa,sou homossexual,tal concorrente é meu irmão,já fui raptada etc....) O objectivo principal do jogo é descobrir o segredo dos outros concorrentes e esconder bem o seu.
Por cada segredo descoberto, o concorrente recebe uma boa quantia em dinheiro, se falhar no segredo perde todo o dinheiro acumulado, e o vencedor ganha um prémio final.
Um xiii apertado...

Barbie Californiana disse...

Nossa, Sérgio, o Boninho deu um show mesmo... não assisto ao BBB, mas só pela sua bela narração, é como se eu assistisse. beijos e linda semana.

Ana disse...

Concordo com o que já disseram nos comentários! O reality é longevo muito mais pelos merchans e pelo dinheiro adquirido com as ligações/torpedos dos paredões! A audiência vem decrescendo a cada ano e não sou eu quem diz isso num palpite. Os números são de Institutos como IBOPE, por exemplo.

Com relação a esse artifício do paredão Vai e Volta, achei realmente interessante. Isso é um chamariz para auddiência, sem qualquer dúvida, já que inova o formato de alguma maneira!

E a Maroca voltou muito cheia de si. Acho que subiu a cabeça dela! E sinceramente não gostei! Preferia que a Aline tivesse ficado. Ela era barraqueira, mas soltava as suas pérolas sem gritar tanto quanto essa Anamara...

Anônimo disse...

Essa moça da foto em pé em cima da cama(QUE LINDO) e trancafiada no quarto toda feliz fazendo gesto de quem esta tocando uma guitarra na verdade estava se deliciando com um show do sertanejo Gustavo Lima. Que programa edificante!

Sérgio Santos disse...

Sem problemas, Luis. Abraço!

Sérgio Santos disse...

Eder, obrigado pelo comentário. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Luiz, se tem anunciantes e lucro é pq tem audiência e repercussão. Ninguém quer anunciar em algo que não tem retorno. É só raciocinar.

Sérgio Santos disse...

Rafael, o que eu mais gostei foi o 5, sem dúvida. E esse 13 por enquanto está longe dos melhores, bem longe. Mas está sendo bem apresentado e com boas novidades. Maroca voltou se achando. Tenho gostado do Eliéser. Sim, fora Aslan. E vai sair msm. Abraço

Sérgio Santos disse...

Oi Ju, ok. Bjs!

Sérgio Santos disse...

Lulu, ela tá um poço de arrogância mesmo. Espero que o destino del seja esse mesmo... rs bj

Sérgio Santos disse...

Oi Vanessa, respeito sua opinião. Beijão!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Clau. Mta gente não resiste e espia mesmo. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi Paty. Em meio a tanta gente sem carisma, Maroca leva vantagem. Mas eu não gosto dela, embora sua presença ajude a deixar o jogo mais tenso. Bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Lu. Sem dúvida, saiu da mesmice. Bj

Sérgio Santos disse...

Oi Luciana, obrigado pelo carinho. bj

Sérgio Santos disse...

Oi Marcos. Eles não são orientados, fazem as imbecilidades por vontade própria mesmo. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Oi Mila. Que interessante esse novo reality. Não conhecia. Realmente o BB não durou o mesmo tempo em outros países e só continua por causa do Boninho e do lucro que a Globo ainda tem. Bjão!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Barbie, foi sim! Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi Ana. A audiência vem diminuindo mesmo, mas ainda tem muita repercussão e retorno. Mas msm com o biope descendo, ainda é um alto índice, caso contrário nenhum anunciante iria querer participar. Maroca tá arrogante demais. Mas é benéfico pro jogo, porém, não gosto dela. Bjs!

Vanessa disse...

Sérgio, querido,
Assim como vc, amo o BBB, e estava na superanimada para esta edição. Primeiro, por ser ímpar. Rs. Como td BBBmaníamo, só por ser uma edição ímpar já se cria A expectativa! rs. Segundo, pela volta dos ex-BBBs. Terceiro, porque nunca tivemos duas edições ruins seguidas. rs.

Mas, confesso, até agora o BBB de número 13 não me agradou. Como já contei aqui, não gostei dos ex-BBBs escolhidos. O elenco de novatos tb não tem lá grandes personagens. Com a saída da Aline, nenhum deles assumiu o protagonismo. Pior. O que mais me anima, encanta e fascina é o jogo em si, as estratégias, a formação dos grupos, os ataques e contra-ataques. Até aqui, com três semanas de programa, pouco ou nada se viu a respeito. Por enquanto, é um jogo pobre.

E um poder desse tamanho me cai nas mãos da Maroca, primária na arte de pensar. Quem em sã consciência contaria à casa inteira que viu e ouviu td nas 24 horas em que ficou fora? Contasse aos aliados, não aos adversários. A sacada foi genial mesmo, embora copiada da edição britânica (o Boninho só funciona na base do copy+paste, né? rs), mas caiu na mão errada.

Vamos ver se esse BBB melhora. ;) No 11, a minha edição preferida, a Talula já tinha convocado todo o Acampamento para o jogo. Ah, se o 13 já estivesse nesse ritmo. Ah, se o 13 tivesse uma cabeça pensante.. rs

Beijão, querido.

Sérgio Santos disse...

Vanessa, isso é verdade. Os participantes foram muito mal selecionados, incluindo veteranos e novatos. Mas, por enquanto tenho gostado do Eliéser (me julgue) e da Fani. Dos novatos nenhum me agrada e só gostava da Aline.

A minha edição preferida foi o cinco, com Os Inacreditáveis X Os Defensores, mas o 11 também está na minha lista de tops! Amava a Talula e sua inteligência. Assim como Daniel e suas loucuras e Diana e sua firmeza. Beijão!