quarta-feira, 10 de abril de 2013

Protagonismo de João Kleber retrata a fase desesperadora da RedeTV!

Há algumas semanas a RedeTV! trouxe de volta João Kleber e seu famigerado "Teste de Fidelidade". A atração se fixou na grade noturna aos sábados e domingos, exibindo aquele já tradicional espetáculo constrangedor onde a mulher "flagra" o marido cedendo às investidas de uma atriz ou o marido vendo a esposa flertando com um ator. Mas não acabou por aí. O apresentador também conseguiu estrear nessa segunda-feira (08/04) um programa diário matutino, o "Você na Tv", que mescla várias baixarias em um mesmo produto e vai ao ar das 9h30 às 12h. Ou seja, João virou o grande protagonista da emissora.


Há tempos que a RedeTV! se encontra em uma situação desesperadora. Sem recursos e com uma audiência cada vez pior, chegando a perder para a TV Cultura, a emissora viu em João Kleber a única saída possível para tentar se reerguer. Ao menos no ibope.

O apresentador é caracterizado pelos exageros e bizarrices, mas sempre conseguiu chamar atenção da audiência enquanto era contratado da emissora de Amílcare Dallevo. Após longa temporada em Portugal e uma passagem pela "Fazenda", reality da
Record, ele voltou à sua antiga casa e não mudou absolutamente nada. Continua amando um sensacionalismo e ainda enrola o quanto pode o telespectador. Tudo em meio a quadros artificiais para não dizer suspeitos de armação.

João Kleber comanda nos fins de semana um programa que tenta passar credibilidade mostrando pessoas, que não possuem talento algum para as artes cênicas de tão forçadas que são, brigando após uma suposta 'quase traição'. Já de segunda a sexta o apresentador exibe um programa que mistura quadros do "Casos de Família" do SBT, tendo muita briga e barracos, com uns testes de fidelidade mais 'suaves'. Baixaria atrás de baixaria. Ainda tem um quadro de namoro onde a pessoa tem que escolher um pretendente com os olhos vendados. Cópia do "Luv", um programa da MTV comandado por Ellen Jabour.

A estratégia da emissora parece ter dado certo, ao menos por enquanto. O "Teste de Fidelidade" tem alcançado em torno dos 3 pontos e seu programa diário matinal ---- levando em conta que anteriormente a programação conseguia 0,4 ---- chegou a picos de 2,9 (obtendo 1,7 na média geral).

O protagonismo de João Kleber na RedeTV! representa muito bem a triste fase da emissora. Afinal, sem sua galinha dos ovos de ouro ("Pânico na TV") e a demissão de vários funcionários somada ao desligamento do recém-contratado Rafinha Bastos, sobrou pouca munição para enfrentar a concorrência e conseguir retorno financeiro sem precisar leiloar a programação para a igreja evangélica. Ou seja, para sair do fundo do poço em que estava e conseguir uns pontinhos a mais no ibope, só restou o João com suas baixarias e quadros artificiais. A RedeTV! comprovou que pela audiência vale tudo, até mesmo empurrar goela abaixo do telespectador um apresentador que pouco tem a mostrar e a dizer.

23 comentários:

Thallys Bruno Almeida disse...

Ótimo texto, Sérgio.

Isso que João Kleber apronta nada mais é do que uma reedição de seus dois "programas" antigos, os extintos Canal Aberto e Tarde Quente, que apostavam em encenações de "casos da vida real" (hahahahaha) e as famigeradas pegadinhas, que motivaram processos contra a RedeTV e foram a causa da saída dele da RedeTV em 2005, chegando a tirar do ar a emissora por 24h em São Paulo. É gritante que esses "testes de fidelidade" são armados, qualquer um com o mínimo de bom senso televisivo sabe. Nem dá pra chamar isso de piada porque piadas ainda conseguem ser engraçadas. É de constrangedor pra baixo. Não dá pra chamar esse cara nem de comunicador.

Na verdade, a situação da RedeTV já é caótica desde os últimos três anos. Demissões, atrasos crônicos de salários, relatos de falta de condições de trabalho em externas, atrasos até em direitos básicos (como planos de saúde), isso sem falar na chamada "lista negra da RedeTV!", que além de artistas também inclui nomes ligados à antiga Manchete (jornalistas que cobram dívidas trabalhistas da transição entre a falência da emissora e a compra pelos atuais donos). Enquanto os donos, especialmente o Dallevo e sua esposa Daniela Albuquerque, esbanjam luxo e grana em mansões, jatinhos, etc. Tudo isso foi denunciado por uma jornalista de lá, que foi sumariamente demitida. E a situação ficou ainda mais desesperadora com a saída do Pânico. O Saturday Night Live brasileiro na RedeTV era um caminho andado pra tudo dar errado. Isso sem falar naquela baixaria de triste memória que o R. Rey protagonizava. Saiu o Rafinha, cancelaram o SNL, programação loteada pras igrejas... Enfim, um verdadeiro caos. E apostar em um cara que não tem talento nem pra figurante, abusa de má-educação com a platéia e representa o que há de pior em matéria de televisão... só prova cada vez mais isso. Abç!

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Bom dia amigo
Pois parece que esta é uma situação geral e muito espalhada pelas nossas TV's.

Um tempo em que vale tudo para mostrar quem é o melhor ... e as pessoas gostam disto...

Parece mentira como se deixam ou nos deixamos degradar...

✿ chica disse...

João Kleber é o Ó do borogodó! Credo! Uma péssima escolha pra reerguer alguma coisa...Cultura ZERO na programação! abração,tudo de bom,chica

Kellen Bittencourt disse...

Genteee isso ainda vive? kkkkkk maldade, mas ok, não vejo redetv mas que falta de opção meus Deusu! Abraçossss

Anônimo disse...

O maior fã do programa mais baixo nível da televisão, bbb, agora deu pra criticar as baixarias dos outros canais. Meu amigo, se a globo que é a globo precisa apelar pro bbb pra ter ibope ou faturamento, que dirá uma redetv! Qual a diferença do teste de fidelidade pras baixarias dentro da casa do bbb? Ah, já sei, no teste de fidelidade não tem paredão($$$$$).

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Nunca gostei do João Kleber. Lamentável que ele possa representar expectativa de salvação para qualquer emissora de TV. O teste de fidelidade é um absurdo de ridículo. Se não é armação, o que eu acredito que seja, seria um tremendo desrespeito para com a vida do próximo.

Ótimo dia.

Beijo.

nino disse...

Acompanhava o 'EU VI NA TV' que se notabilizou o TESTE DE FIDELIDADE' em 1999

Não me pareceu nada acordado,á priori,e sim,por ser o quadro uma novidde bombástica que casais tolos expunham seus parceiros as situações ridículas de fidelidade.

Os atores principais,após o programa,tornaram artistas da indústria dos pornôs(Márcia Imperator)e aquele que proporcionou ao arrôgante e mal educado apresentador uma bela galhada na testa(Marcos Óliver),embora conformado,creio ser a principal razão do término de seu casamento: da esposa e assistente de produção .
Na época,por quatro vezes assisti estes dois atores ,quase explicitamente se envolvendo sexualmente com os(as)participantes

Alavancar audiência com o péssimo dos péssimos do João Cléber é brincadeira de mau gosto

Vi o programa ,já ultrapassado,inclusive a exagerada eloquência do 'cujo dito'

Tá doido Serjão, não me arriscarei em assistir novamente,sem chapar um gardenal goela abaixo- rsrsrs

Amigão,
abraços fortes

Suzane Weck disse...

Ola caro amigo,adorei tua visitinha.Uma boa tarde e meu grande abraço.Su

Lulu disse...

Aff.. esse cara me revira o estômago.
big beijos
Lulu
blog | twitter | face

Tsu disse...

Nossa, João Kléber, o Retorno...sei lá acho que a RedeTv está cada vez mais indo pro buraco..se bem que aqueles "casos da vida real" eram hilariantes de tão ruins...
Bom primeira vez que entrei no seu blog e adorei..já estou te seguindo. Se puder, me segue. Gostaria de trocar idéias!

abs!

Empadinha Frita
www.empadinhafrita.blogspot.com

Sérgio Santos disse...

Verdade, Thallys. É tudo reciclado. Aliás, ele não sabe fazer outra coisa mesmo. Quando esteve em Portugal era pra fazer a mesma coisa.

A Redetv! só tem ele como tábua de salvação momentânea porque não tem condições para investir em mais nada mesmo. Pena que ele ainda consiga ter ibope. Quem vê esses programas dele deve gostar do tal anão no Gugu. Abraços.

Sérgio Santos disse...

É lamentável, Luís.

Sérgio Santos disse...

Oi Chica. Pois é, deprimente mesmo... bj

Sérgio Santos disse...

Kellen, eu juro que quando o vi de volta fiz a mesma pergunta! rs Beijos.

Sérgio Santos disse...

Amigo sem nome, sou mesmo fã do BBB. Aquilo é um jogo onde os participantes fazem de tudo pelo prêmio. E a Globo não usa o programa pra ter ibope, afinal, como bem disse o Paulo (acho que vc o conhece), a audiência não é mais a mesma. Porém, o faturamento é altíssimo e um dos maiores da emissora. Isso que vc postou é verdade. São muitos $$$$$$$$$$$$$$$$$$$...
Essa é a razão da continuidade. E os fãs do reality, como eu, agradecem.

BBB e as apelações armadas do João Kleber não são dignos de comparação.

Mas eu critico o que eu achar que devo, afinal, tenho um blog sobre televisão. Se vc gosta do João, assista e divirta-se!

Sérgio Santos disse...

Oi Vera. Exatamente. Mas é bem claro que é armado, né? Só não podemos afirmar porque não temos provas mas a má atuação dos envolvidos talvez sirva como resposta para as possíveis dúvidas... Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Nino. Em 99 eu também via "Eu vi na Tv". Todos nós temos um passado condenável, né? Mas ver esse tipo de quadro voltando em 2013 é um retrocesso constrangedor... Triste demais. Abração!

Sérgio Santos disse...

Oi Suzane. Eu que agradeço. bj

Sérgio Santos disse...

Oi Lulu. Eu te entendo. bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Tsu. Ela já tá no buraco e tá afundando ainda mais. Porém, o João foi um respiro (por mais incrível que pareça) na audiência. O que também é de se lamentar... Seja bem-vinda! Bjs!

Clau disse...

Boa noite Sérgio \o/
Eu acho que os quadros do programa dele,são uma armação barata.
(João Kleber é um grande imitador,esse talento dele eu reconheço e aprovo).
Mas como apresentador não aprecio,pois não convence.
Mais um post que gostei muito.
Bjs!

Sérgio Santos disse...

Fica bem visível, né Clau? Difícil alguém acreditar naquelas bobagens...
Que bom que gostou do post. bjs

Maxxi disse...

Voltei aqui só pra rever essa crítica que vc mandou o link. Excelente! Difícil acreditar que o faturamento da RedeTV! cresceu com um produto tão ruim. Mostra o fundo do poço que se enfiaram.