quinta-feira, 11 de abril de 2013

Eliana Rocha se destaca na pele de Luz Divina em Pé na Cova

Ela tem uma longa carreira mas é pouco conhecida do grande público. Com várias peças teatrais no currículo, Eliana Rocha é uma atriz que sempre teve um carinho especial pelo teatro e fez pouquíssimas participações na televisão. Sua última aparição na telinha foi em "Negócio da China" (2008), vivendo Luli, a mãe do mocinho interpretado por Fábio Assunção. Com o término da novela, a atriz ainda fez uma ponta em um episódio de "Toma lá dá cá", mas acabou 'sumindo' novamente. Agora, passado alguns anos, ela vem se destacando na pele da descompensada Luz Divina em "Pé na Cova".


A hilária carpideira logo se destacou no primeiro episódio da série de Miguel Falabella. A partir daquele momento já tinha ficado claro para o telespectador que ela seria um dos pontos altos da história. E realmente é. Luz Divina é a responsável pela frases mais absurdas do seriado, quase sempre voltadas para a sexualidade, e Eliana Rocha está impagável na pele da personagem.

"Pé na Cova" é uma série com vários tipos bizarros e todos eles são responsáveis por diálogos inspirados, entretanto, mesmo contracenando com tantos bons atores vivendo ótimos personagens, a atriz consegue se
destacar. Luz Divina foi crescendo a cada episódio e agora é um dos perfis mais queridos da história.

A personagem tem uma autoestima elevada e costuma se animar sempre que o tema 'sexo' vem à tona. Ainda se entope de remédios, incluindo antidepressivos. Tem a missão de chorar nos velórios, mas ao invés lágrimas solta frases que deixam todos constrangidos ou então perplexos. Um papel que não poderia ser vivido por um ator inexperiente. Miguel Falabella, competente como é, foi muito feliz ao escalar Eliana para viver essa engraçada carpideira. Ela está totalmente à vontade em cena e é impossível imaginar Luz Divina na pele de outra atriz.

Ainda há outro ponto positivo a ser mencionado: a presença de rostos novos na tevê. Em meio a tantos atores que emendam trabalhos e praticamente ficam o ano todo no ar, cansando o público e desgastando sua imagem, é uma alegria ver uma pessoa tão talentosa --- e desconhecida --- quanto Eliana Rocha se destacando.

Mesmo não sendo uma figura com muitas produções televisivas no currículo, está claro que a atriz vive seu melhor momento na televisão. Sua ótima participação em "Pé na Cova" é um dos muitos acertos da série e Luz Divina é uma personagem que já entrou para a galeria dos grandes tipos criados por Miguel Falabella. Resta torcer para que a carpideira continue divertindo o telespectador e que Eliana Rocha não se afaste da telinha quando a série chegar ao fim.

32 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá!
Sérgio
é verdade...Falabella conseguiu fazer um humor afiado com um assunto pesado e difícil, que é a "morte".
E dentre seus vários personagens excêntricos destaca se a Eliana Rocha...ela está impagável como essa "carpideira". Não a conhecia,mesmo!
Parabéns pela sua análise e por destacar artistas pouco divulgados pela grande mídia.
Boa sexta feira
Abraços

luís rodrigues coelho Coelho disse...

...aquilo de que certas pessoas são capazes...??? será arte, negócio ou apenas um meio de ganhar a vida...???

Desejo-te um excelente fim de semana.

✿ chica disse...

Vim deixar um abração e desejar linfo fds! chica

paulo disse...

Ai Sérgio, morri com sua ironia na resposta ao anônimo no post anterior. Eu não sou ele, poxa vida(mas concordo com o que ele disse sobre o big brother). Mas é bom, sinal de que você lembrou de mim.
Um grande abraço!

Aleatoriamente disse...

Risos... Gosto deste episódio Sérgio.
E esta senhora tem um personagem muito divertido, assim como os demais. A Marilia Pera adoro o seu jeito de interpretar. Adoro!

Beijinho

Letícia disse...

Boa Tarde Sérgio,

Particularmente gosto muito do texto do Falabella, sempre achei irônico, rápido, atual e delicado em muitos casos, como por exemplo na novela "A lua me disse", tinha cenas entre Wagner Moura e Adriana Esteves onde mostrava como o autor sabia fazer ótimos diálogos.

Miguel Falabella sabe escrever como ninguém. Atualmente, em "Pé na Cova", é possível ter o prazer em ver seu texto, mesmo sendo uma situação absurda, como aqueles tipos maravilhosos naquela Funerária quase válida é possível a delicadeza dos personagens, mesmo sendo uma série de humor.

Adoro a maneira como falam errado, ou quando não "lembram" de uma situação mais não sabem precisar de onde ou como. E são situação que estão no dia a dia das pessoas.

É interessante ver como um tema tão difícil, como a morte, pode se tornar algo engraçado nas mãos do autor. Gosto do personagem Ruço, pois mostra um homem simples, com uma família diferente, que tenta manter seu negócio e que tem uma delicadeza, mas ao mesmo tempo precisa administrar o caos em sua volta.

Todos os personagens são interessantes, ricos e disfuncionais, mas mesmo assim são encantadores. Mas uma vez Falabella em ação.

Letícia disse...

(correção) Adoro a maneira como falam errado, ou quando "lembram" uma situação mais não sabem precisar de onde ou como. É uma situação que estão no dia a dia das pessoas.

(...)

Um Abraço.

MARILENE disse...

Não vejo o programa, mas gosto de ler suas postagens. Você me passa credibilidade e confio em suas avaliações. Bjs.

Zilani Célia disse...

OI SERGIO!
ASSINO EMBAIXO...
MUITO BOA ESTA SÉRIE, O FALABELLA É UM TALENTO E TAMBÉM TEM O COSTUME, DE EM TODOS OS SEUS TRABALHOS, TRAZER PESSOAS QUE ELE SABE TEREM TALENTO, MAS POUCA VISIBILIDADE NA TELINHA.
REALMENTE ESTA ATRIZ,ELIANA ROCHA, É MUITO BOA.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Evanir disse...


A esperança vive em mim,
amanhece comigo,
percorre o dia todo
e, quando anoitece, ela está ainda mais fortalecida
Desejo a você
que também tenha sempre a esperança,
que ela permaneça sempre em seus pensamentos.
Que as estrelas iluminem e guiem seus passos.
Que Deus abençoe seu final de semana.
Beijos no coração carinhos na Alma.
Evanir.

Kellen Bittencourt disse...

Oii amigo, tbém fico contente qdo vejo novos talentos tendo lugar na TV, estamos precisando disso! Parabéns p ela! Abraçosss

Lulu disse...

Sérgio,
Não consigo achar graça nesse seriado. :/
Big Beijos

VERINHA TIBURSKI disse...

Olá Sergio
Miguel Falabela tem visão e sempre brilha no que faz, gosto muito do trabalho dele. Esta atriz realmente tem um talento incrível, vi apenas algumas partes e ri muito.
Deixando meu carinho. Beijos,

Sérgio Santos disse...

Oi Felis. Pois é, a série é bacana e ainda tem uma atriz como a Eliana se destacando. Ela é pouco conhecida mesmo. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Não entendi o que quis dizer, Luís, mas obrigado pelo comentário. Bom fim de semana.

Sérgio Santos disse...

Oi Chica, pra vc também! bj

Sérgio Santos disse...

Mas, Paulo, eu sei que vc não é ele. Até pq nem teria motivo pra vc se esconder... Mencionei vc justamente por causa do seu comentário sobre o BBB. E acho que aquela pessoa ia adorar vc. Abraços!

Sérgio Santos disse...

OI Fernanda. A Marília Pêra também está ótima! Beijos!

Sérgio Santos disse...

Letícia, sinto muita falta de A Lua me Disse. Foi a melhor novela do Falabella na minha opinião. Deveria ser reprisada.

Concordo plenamente com vc em tudo e também acho difícil tirar humor de um local onde só há tristeza. E aquilo tudo é muito absurdo mesmo, por isso a graça. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Marilene, obrigado pelo carinho de sempre. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Zilani, obrigado pelo comentário. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Evanir, obrigado pela bonita mensagem. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Estamos mesmo, Kellen! Obrigado! bjssss

Sérgio Santos disse...

Oi Lulu. Respeito sua opinião. Tem muita gente que acha chato mesmo. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Verinha. O Falabella é talentoso mesmo e Eliana diz o texto dele com maestria. Beijos.

BIA disse...

Oi Sérgio!!!

Não conhecia esta atriz "Eliana Rocha" , gostei de saber mais aqui.
Quanto aos impostos tenho esperança de ver mudanças através das pessoas conscientes que possam expandir informações, educação para que o povo aprenda a ter mais educação e saber votar, não podem é se conformar... a geração "cara pintada" provou isto quando em 1992 foram as ruas e fizeram a diferença assim como aconteceram todas as mudanças na história... algumas novelas também fazem pensar... outras ao contrário amortecem as mentes, por isso é sempre importante toda forma de informação.
Um bom fim de semana!!!
Bjs :)

Thallys Bruno Almeida disse...

Ótimo artigo, Sérgio.

Eliana protagonizou cenas muito boas de discussão com a Yoná Magalhães (que vivia a mãe da Grazi) em Negócio da China. E já que Luz Divina se anima quando tema é sexo, pode-se perfeitamente dizer que ela está pra Pé na Cova assim como Copélia esteve pra TLDC. Que nós possamos sempre contar com o talento dela. E quem sabe torcer pra que outros autores se lembrem, como aconteceu com Ana Lucia Torre no IC de G. Braga. Abçs!

Sérgio Santos disse...

Oi Bia. A Eliana é ótima.

Olha, não tenho mtas esperanças sobre isso, não... Bjssss

Sérgio Santos disse...

A Luz Divina lembra a Copélia mesmo, assim como a Adenóide lembra a Bozena, Thallys. Eliana se saiu muito bem em Negócio da China e sentia sua falta depois que voltou a desaparecer da telinha. Que bom que o Miguel novamente se lembrou dela. Abraços.

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eliana Rocha disse...

Obrigada pelos comentários elogiosos.
PS; Não só 9 peças. não. São muitas mais.
abraço
eliana rocha

Sérgio Santos disse...

Eliana, que honra ter você aqui! Pode deixar que corrigirei! Beijos e sucesso pra você!