quinta-feira, 25 de abril de 2013

Quarteto amoroso se transforma no grande trunfo da reta final de Guerra dos Sexos: Afinal, quem vai ficar com Nando?

Faltando poucos capítulos para seu fim, "Guerra dos Sexos" tem apresentado uma reta final bastante movimentada. O telespectador pôde presenciar uma verdadeira corrida maluca atrás dos diamantes da Roberta (Glória Pires); onde Vânia (Luana Piovani), Olívia (Marilu Bueno), Juliana (Mariana Ximenes), Ulisses (Eriberto Leão), Felipe (Edson Celulari), Kiko (Jonny Massaro), Analú (Raquel Bertani), Nando (Reynaldo Gianecchini), Charlô (Irene Ravache), Nenê (Daniel Boaventura), Veruska (Mayana Moura) e a própria Roberta, protagonizaram cenas bizarras e totalmente sem sentido, mas que, por sua vez, proporcionaram muita diversão. Além dos risos, ainda houve espaço para emoção ---- através das lindas cenas entre Otávio e Charlô, quando finalmente os rivais dão uma trégua e se declaram apaixonados ---- e tensão ---- com prisão da Carolina (Bianca Bin) e o surto psicótico de Manoela (Guilhermina Guinle). Porém, mesmo com todas essas ótimas sequências, o que tem despertado mais curiosidade e expectativa no público é o desfecho do quadrilátero amoroso composto por Roberta, Felipe, Juliana e Nando.


Já tinha ficado claro que esse clássico conflito romântico seria o maior acerto da novela desde que o triângulo protagonizado por Roberta, Nando e Juliana começou a se desenhar. Em meio a uma 'guerra' entre homens e mulheres, as relações amorosas do trio acabaram ganhando cada vez mais destaque, sendo muito bem recebidas pelo telespectador. O motorista fiel do Otávio sempre foi apaixonado por Juliana, mas acabou se envolvendo com Roberta. Após inúmeras situações, Nando acabou terminando tudo com a ricaça e finalmente começou um relacionamento com a mulher de seus sonhos. Novos conflitos surgiram e agora, na reta final, Felipe entrou no meio desse imbróglio amoroso, transformando o triângulo em um quadrilátero e disputando Roberta com Nando; enquanto que sua filha vive uma crise no relacionamento com o motorista.

Ou seja, no último capítulo, o grande trunfo guardado por Silvio de Abreu é justamente como toda essa situação será desenvolvida. Afinal, com quem Nando vai ficar? O autor vai manter o final da versão de 1983, o deixando com a Roberta? Caso a resposta seja afirmativa, com quem Ju ficará? Com Fábio ou sozinha? E Felipe? Mas e se o final agora for diferente? Nando e Ju ficarão juntos e felizes e Roberta cederá aos encantos de Felipe? Essas são as grandes dúvidas dos telespectadores da novela. 

Enquanto Juliana e Nando viviam um amor intenso na ilha onde estavam perdidos, ficava claro para o público que o casal ia mesmo terminar a novela junto. Mas após algumas semanas e devido aos últimos acontecimentos, incluindo as brigas feias que o casal teve, a situação mudou de figura: agora está claro que Nando ficará com Roberta. Entretanto, a última discussão entre Ju e Nando foi ocasionada por causa de um mal entendido. Isso, automaticamente, abre uma brecha para que haja um pedido de desculpas no fim, selando a reconciliação do casal. Ou então, um término definitivo, implicando em uma volta do motorista com Roberta. 

Apesar de vários sites e revistas terem publicado o final da trama (como sempre ocorre), é difícil o telespectador ter 100% de certeza. Fica sempre a dúvida e obviamente que os interessados em saber o desfecho assistirão ao último capítulo, independente de ter lido ou não os spoilers. Silvio de Abreu sabe disso e não foi por acaso que o autor declarou em uma recente entrevista que o destino de Nando, Roberta, Felipe e Juliana só será revelado no último bloco do último capítulo. Afinal, o núcleo que mais faz sucesso em uma novela normalmente sempre é deixado para os momentos finais.

"Guerra dos Sexos" chega ao fim nessa sexta-feira, mas, ao contrário de várias obras, não terá como seu grande mistério a ser desvendado a bombástica revelação da identidade do assassino da história, ou então o destino dos vilões. O aguardado desfecho da trama será mesmo o ponto final das complicações amorosas envolvendo esse quarteto que foi muito bem representado por Glória Pires, Edson Celulari, Mariana Ximenes e Reynaldo Gianecchini.

77 comentários:

Ricardo disse...

O sucesso da trama romantica me deixa ate com orgulho, pq sou fã do Giane e da Mari e nunca imaginei que eels fossem fazer tanto sucesso e que a trama do Nando teria tanto sucesso, um retorno e tanto para o Giane. Quanto ao desfecho torço muito ainda por Nando e Juliana embora Silvio tenha tentado estragar os dois. Em todo lugar que se fala de guerra dos sexos e há espaço para a opiniao do leitor, o post é sempre muito comentado, prova do sucesso deles.

Natália Oliveira disse...

Olá Sérgio, mais uma vez você arrasou no seu texto, Parabéns. Sim, sobre esse ''Quarteto amoroso'' fica claro que eles foram o grande sucesso dessa trama. Mas sobre isso eu quero ressaltar que a parceria do Gianecchinni com a Mari Ximenes foi incrivel,e que desde Passione eles arrebentam juntos,isso não há dúvidas. E essa qumica gostosa deles fizeram dos personagens deles o melhor casal de Guerra, seria injusto Nando e Juliana não ficarem juntos no final,a maioria do publico torcem pra eles,enquetes, fã clubes, e até os que não são tao chegados a novela comprovam que eles são muito admirados pelos telespectadores. Roberta e Felipe do pouco tempo que ficaram juntos deu para perceber que é um casal lindo,passam uma sintonia incrivel, por isso que seria perfeitos eles assumirem um compromisso.Mas independentemente do desfecho do quarteto, espero que o Silvio faça tudo coerente, que não decepcione o público, abraços!

Felisberto Junior disse...

Olá!
Sérgio

Espero que Silvio tenha guardado mesmo uma surpresa final para as complicações amorosas envolvendo esse quarteto. O que vi de sites e revistas com o final da trama previsto...
Mas,em Guerra dos Sexos tenho que destacar a cena do Tony Ramos, vestido de palhaço, com a Irene Ravache foi perfeita.
Boa quinta feira
Abraços

paulo disse...

Espero que Roberta e Nando fiquem juntos, com a juliana é mais uma atração física. Coisas de novela. O que espero mesmo é que o novo público que assistiu essa versão de GDS entenda o que é novela de verdade, uma trama onde tudo se encaixa, todos os núcleos se completam, coisa em falta nas novelas de hoje.
Abrçs.

Anônimo disse...

o final vazou ha duas semanas no extra nando fica com roberta. o que mais me incomoda e juliana com fabio . ele nunca assumiu a juliana,estimulou o sentimento de culpa dela em conviver com um homem casado e nunca foi um bom pai se a mulher era louca porque ele nunca brigou pela quarda da ciça. ficar com fabio nem carolina merece!

Olga Marques disse...

Acabei de ler uma crítica bem interessante sobre Guerra dos Sexos e um dos trechos diz assim "Se as mulheres não precisam provar mais nada para os homens, não há conflito. Se não há conflito, não há história. Se não há história, não há guerra. A não ser do próprio autor lutando para conquistar o público". O Sílvio ficou com medo de mexer com a novela para não acabar com a essência que era dos anos 80. Que é isso gente? Vivemos em um mundo moderno onde as mulheres já dominam cargos superiores de trabalho. Ele transformou o Nando num cara machista e grosso, pelo menos com a mulher que ele dizia amar. Fazer acabar com um relacionamento dessa maneira não existe. Quanto ao trecho do texto, eu entendi que a essência da novela era de casais que brigam mesmo, passam por conflitos, mas que no final se acertam. E nesse contexto se encaixa o Nando e a Juliana. O certo seria mostrar eles enfrentando isso, mas parece que o autor quer seguir a vontade da cabeça dele de 30 anos atrás. Não sei, mas vamos ver o que ele nos reserva de surpresa ainda, já que ele gosta disso. Mas também não vou morrer e nem ficar brigando como muitos estão por causa de um final que eu quero não acontecer. Afinal, é só uma novela.

Lorena Lima disse...

Parabéns pelo texto Sérgio, você sempre maravilhoso em suas palavras. Eu gostaria que o Nando ficasse com Juliana, mas pelo visto ele fica mesmo é com a Roberta. O Silvio disse nessa entrevista: “Seria muito mais fácil ter uma das duas com mais cara de vilã, pq aí seria fácil decidir“, realmente nenhuma das duas foram vilãs, Roberta é a mesma desde o início da novela, no entanto, Silvio mudou totalmente a personalidade da Juliana, transformando-a numa mulher chata e ciumenta descontrolada (defeitos que do início da novela até às cenas da ilha, ela não tinha, no máximo mimada), fazendo com que várias pessoas que torciam para Nando e Juliana, começassem a torcer para Nando ficar com Roberta...acho que o final está bem óbvio, mas nada é impossível. Mas como disse a Olga Marques, é só uma novela...logo estaremos torcendo pelo mesmos atores com outros pares românticos em futuras novelas. Abraços Sérgio.

Andressa disse...

Olá Sergio!
Não sei mais o que esperar desse final,é cada hora uma informação diferente,uma cena,uma situação que indica um final,outra que indica outro...
Mas o que me incomoda muito é a forma como Silvio de Abreu está fazendo esse suspense na novela.A sequencia em que Nando pegou Juliana abraçando Fabio e saiu de casa por causa disso(um motivo muito bobo,alem do mais porque ele sempre teve esse tipo de amizade com a Roberta,e criticava o ciume da noiva) e depois a conversa dele com o Ulisses,super tranquilo,como se nada grave tivesse acontecido,ficou forçado demais,não convenceu.Alem disso,Silvio mudou muito a personalidade do casal nesses ultimos capitulos.Nando ficou egoista,machista,hipócrita do nada.Nas cenas da busca pelos diamantes,ele não estava nem ai pra Juliana,só estava focado em pegar os diamantes pra ajudar a 'amiga',e isso é uma coisa que o Nando do restante da novela jamais faria.E a Juliana se tornou mimada,imatura e extremamente ciumenta,e tomou atitudes que não combinam nem um pouco com a personagem que vimos quase a novela toda.Mexer na essência dos personagens pra causar esses conflitos no final é inaceitável,compromete,faz a trama ficar sem sentido.
Espero que Silvio me surpreenda,e deixe Ju e Nando terminarem juntos,torço MUITO pra isso.Mas mesmo que isso aconteça,o que vai me deixar extremamente feliz,a forma como ele chegou a esse final não me agrada nem um pouco.
Beijos,e parabéns por mais um texto maravilhoso :)

A viajante disse...

Ai, eu estou na dividida. Nando e Roberta são fofos juntos! Gosto de Nando e Juliana, também... Roberta com Felipe seria muito legal... me lembro dos dois no primeiro capítulo, quando chocaram seus carros... enfim, a novela foi ótima, do meio pro fim... vamos aguardar! Beijo, querido!

Mariana Nascimento disse...

Oi Sérgio
Adoro Guerra dos Sexoo. Confesso que achei o começo um pouco morno, mais fui enfeitiçada por esse desfile de grandes atores e grandes atuações encabeçadas por Tony Ramos e Irene Ravache.
O que foi aquela corrida atras dos diamantes!??? Faz tempo que não ria tanto com uma novela. Nada paga ver aquels grandes atores correndo feito loucos e de todas as formas possívei em pleno aeroporto e depois pela cidade de São Paulo.
Dava a impressão que eles tbm estavam se divertindo muito.
Bom sobre o quarteto em questão, confesso que quando a Roberta estava com Nando, torcia para que ficassem juntos, mais ai o Felipe me encatou no decorrer dos capítulos, mais especialmente no final da novela, pq antes nao gostava de como Edson Celulari estava levando seu personagem.
Agora torço para que ele fique com Roberta e Nando com Juliana, aliás um lindo trabalho do Reynaldo Gianechini e Mariana Ximenes.
Acredito que ficaria sem sentido se ela voltasse para Fábio depois de tudo que vibeu com Nando, que apesar de as vezes ser um groszseirão com a Juliana, formam um lindo casal.
Bom agora é só aguardar pra ver o gran finale rsrsrsr
Bjos
Mariana

Maíny disse...

Sérgio, ótimo texto como sempre! O Nando tem que ficar com a Juliana, afinal ele é apaixonado desde o começo da novela e os dois conseguirem viveram intensamente esse amor na ilha, não seria justo separar um casal com uma história tão linda, ainda mais por mal entendido. Silvio de Abreu ERROU feio ao modificar a personalidade do Nando para um cara machista e da Juliana para uma mulher ciumenta para favorecer a Roberta, não teria a menor coerência depois da Juliana ter esquecido o Fábio quem ela amou por anos e ter se apaixonado pelo Nando para terminar assim.

Ana disse...

Se tudo que o Nando sentisse pela Juliana fosse atração física ele devia ter dado um ponto final depois da ilha não? Alí ele a teve nos seus braços, que foi o que sempre quis, os olhares, o modo que ele falava dela sempre passou como um amor verdadeiro, eles tem que ficar juntos, Nando e Roberta não combinam como casal, vai ser uma frustação se esse for o final.

Aninha disse...

Eu adoro Guerra dos Sexos, não entendi o porque de tantas criticas negativas, mas confesso que ando um pouco decepcionada com esses últimos acontecimentos, Juliana que sempre foi uma mulher dependente e centrada se tornou insegura e ciumenta da noite para o dia, já o Nando um machisto, algo que ele nunca demonstrou durante a novela enfim, parabenizo a Mariana Ximenes e o Gianecchini porque brilharam mesmo com ambiguidade dos personagens aliás, todo o elenco está de parabéns, excelentes atuações, para finalizar espero que o final seja Nando e Juliana, Felipe e Roberta.

Daniele Viegas disse...

Final bom tem que ser nando e juliana, nando ama sim a juliana ele não teria se separado se não fosse o fabio -.-' outra coisa juliana também ama o nando,ela provou isso se separando do fabio, a briga deles é sempre ciume isso quer dizer que um gosta do outro, acredito que a Roberta merece alguem que goste dela como o felipe,os atores Gloria pires e Edson celulari também tem muita quimica, não preciso nem comentar a quimica entre Mariana Ximenes e R gianecchini, O nome da novela é Guerra dos sexos né, é isso que acontece na novela, os casais brigam muito mais no fundo se gostam como o caso de nando e juliana, roberta e felipe,charlo e otavio enfim,... Nando tem que ficar com a juliana por varios motivos, ate uma publico deseja que nando e juliana terminem juntos.

Rafael Barbosa dos Santos disse...

Bem Sergio, pouco vi da novela para dizer quem deve ficar com quem rs, mas to vendo essa ultima semana, e gostei muito de uma cena entre Nando e Roberta, que ele está vestido de palhaço, falando do pai e emocionado, ali deu pra sentir uma sintonia bem grande entre os dois, e a própria Juliana que observava constatou isso. E outro dia atrás, vi a Juliana totalmente descontrolada quebrando tudo dentro de um quarto por ciúmes, e nem de longe lembra a Juliana discreta do inicio, enfim em cima do que vi nesse finalzinho, tive a impressão de que Nando e Roberta funcionam mais juntos e merecem um final feliz.

Abraços

Patricia Galis disse...

Uma novela maravilhosa em que todos os atores tiveram espaço para mostrarem seu talento, isso sim que da alegria em ver, qto ao final vi a outra versão e fiquei feliz quando Nando e Roberta ficaram juntos, mas hoje não sei mais, a Roberta merece ser amada, mas será que o Felipe vai deixar de ser galinha? kkk Enfim vamos o que nos espera estou adorando até agora o final que estão tendo os outros personagens.

Regina Rozenbaum disse...

Eiiii Sérgio! Então termina amanhã esse remake. Quem ficará com quem passa longe da minha curiosidade rsrs até pq já é previsto um HAPPY END para todos né mesmo?! Venho hj pra lhe fazer um convite: conhecer um projeto bacanérrimo que tá lá no Divã. Bora ajudar? Qualquer participação é muiiiito bem-vinda e desde já deixo minha/nossa gratidão!
Beijuuss

Amanda disse...

Sergio, como sempre voce escreve mais uma grande reportagem. Fiquei muito feliz de saber que iriam fazer um remake de Guerra dos Sexos, esperando que finalmente mostrassem quanta mudanca houve nesses ultimos anos no caso de homens vs. mulheres. Confesso que nao fiquei nem um pouco desapontada, o autor fez um otimo trabalho de manter o charme da sua criacao anterior e adicionar as vitorias e dificuldades que ha hoje em dia seja no trabalho ou em relacoes pessoais. Alem de ter atualisado a historia, o autor conseguiu dar um final mais credulo para seus personagens; muitos dos finais da novela de 1983 nao caberiam mais no ambiente de hoje. Foi um prazer enorme ter assistido a novela enteira e visto o desempenho do autor e dos atores e diretors.

Mesmo assim nao foi tudo um mar de rosas. Quando chega na hora de falar de amor, ainda mais triangulo amoroso (nesse caso um pentagono ate, por que Felipe e Fabio tambem foram personagens importantes), sempre ha de ter discordia. A historia entre Nando e Roberta foi engracada e gostosa, mostrando uma gratidao e amizade enorme. O romance de Nando e Juliana tambem foi exposto de um jeito extremamente doce e emocionante, que deixaria ate Nicholas Sparks com inveja. O grande erro de Silvio foi a mudanca drastica de Nando nos ultimos capitulos, lhe deixando grosso e machista como voce escrevou. O Nando que conhecemos no ultimo mes nao parece nada com o Nando com quem nos apaixonamos nos ultimos 5 meses de novela. Eu realmente creio que se Silvio de Abreu reverter o rumo da historia, essa novela poderia ser um flop maior do que ja esta. O Silvio plantou uma semente de romance entre Felipe e Roberta na primeira semana e nesses ultimos capitulos vimos ela florescer. Ele finalmente comecou a criar o tao merecido final romantico de Juliana e Nando tambem. Se ele nao utilizar dessas joias, ele realmente nao merece mais o respeito do seu publico. Epero um final moderno, engracado, e com muita felicidade entre os dois casais mais bonitos da novela (Juliana e Nando & Felipe e Roberta.) Agora so resta assistir!

Um grande abraco,

Amanda

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Boa análise, Sérgio. Das cenas mencionadas, gostei da descoberta do "mistério do bigode preto", com emocionantes cenas do Bimbinho e do Nando como palhaços, e posteriores declarações de amor entre Otávio e Charlô. Parabéns aos atores envolvidos, inclusive Marilu Bueno.
Para mim, o final preferido seria Nando e Roberta, Ju e Fábio. Quanto ao Felipe, quem sabe teria uma recaída com Vânia, se esta não ficar com o Ulysses?

Thallys Bruno Almeida disse...

E como rendeu, Sérgio, haja visto os 200 comentários do outro post, rs. Vamos lá.

1 - Ficou mesmo mais claro que a trama de Juliana-Nando-Roberta-Felipe ganhou força nessa nova versão, mais até do que a guerra em si de Otávio e Charlô, o que mobilizou as torcidas entre fãs dos dois pares Juliana/Nando e Roberta/Nando.

2 - Com Juliana, desde o início, Nando percebeu-se apaixonado pela mesma, enquanto ela aos poucos foi se desligando de Fábio e percebendo que sentia alguma coisa especial pelo mesmo. E tudo isso ajudado pela química intensa dos dois atores desde Passione, reafirmada nas cenas da ilha deserta. Ela chegou até a ser injusta com ele uma vez ou outra, mas devido à armação de Carolina. E aos poucos ele foi ganhando coragem para não se sentir tão inferiorizado em relação a ela, uma moça culta, jovem.

3 - Com Roberta, o que se percebeu foi mais uma relação maternal ou fraternal do que um casal propriamente dito. Roberta deu dignidade a ele, fez-lhe sentir valorizado ao investir no mesmo como garoto propaganda da Positano, mas ele NUNCA demostrou isso como amor, nunca chegou claramente a demonstrar que amava Roberta. E eu não falo nem em diferença de idade de que uma pessoa jovem não pode ficar com outra bem mais velha, vide o primeiro trabalho do Gianecchini onde muita gente torceu por ele com a Vera Fischer. O companheirismo, a convivência e o respeito mútuo existiam e sempre devem existir, mas a química em si também conta muito para um casal, e sem a mesma isso não configura um par propriamente dito. Pra quem diz que com Juliana era só pegação, ela estava mesmo disposta a construir a sua história com ele. Histórias improváveis sim podem dar certo.

4 - É muito fácil rotular Juliana como uma "descontrolada, egoísta, mimada" ou às vezes até chegar ao extremo de "destruidora de lares" como dizem alguns fãs mais exaltados da personagem Roberta. Primeiramente, ela NUNCA foi isso. Haja visto que mesmo casada com Fábio ela já dava mostras de sentimento por Nando, o relacionamento dela com o fotógrafo também beirava o convencional, o que derruba por terra a coisa da diferença de idade. Ela foi "transformada" - essa é a palavra - em uma ciumenta neurótica. E Nando não estava casado com a Roberta quando se desencadeou seu sentimento e envolvimento com Juliana, ou seja, ele a traiu sim. Juliana NÃO É ciumenta descontrolada, e sim "foi transformada", o que nada tem a ver com a personalidade dela.

5 - Mostrar as diferenças de estilo de convivência entre Nando e Juliana foi uma excelente sacada, mas na questão do ciúme, Juliana soube manter um distanciamento do Fábio, pois estava focada no novo relacionamento. Nando não tem lá muita moral pra reclamar porque fez muito pior, ficava falando de Roberta o tempo todo e acabou dando margem pra ela se revoltar. Muitos fãs do par projetam a culpa dessas brigas na Roberta, mas nem ela tem culpa, afinal Nando a traiu também antes de decidir o casamento que não ocorreu, ele se tornou o mais culpado na história toda.

6 - Sobre Roberta e Felipe, outro casal improvável, mas aos poucos Pipinho foi revendo alguns de seus conceitos e reconhecendo a mulher admirável que Roberta é. A sintonia dos dois nas cenas de entendimento daria algo bem interessante se fosse melhor trabalhado pelo autor.

7 - A velha conhecida guerra de spoilers solta na imprensa fez muita gente se precipitar, mesmo que algumas expectativas se confirmassem e outra parte fossem spoilers falsos. E isso acaba prejudicando o autor, que se vê obrigado a surpreender (não apenas o SDA em GDS, mas em várias outras tramas).

8 - A sintonia de Reynaldo com Glória era bonita, mas não como casal, coisa que se via e muito em Reynaldo e Mariana. Glória e Edson formam um bom par e, caso o autor usasse mais o Felipe na criação desse relacionamento e menos na guerra empresarial, daria uma coisa ainda melhor. Por isso, pra mim o Felipe é meio coadjuvante nessa história.

Thallys Bruno Almeida disse...

9 - Se fosse pra favorecer o Nando com a Roberta logo, era melhor nem ter criado a ilha deserta e casado os dois de uma vez naqueles capítulos. Se esse casal se consolidar (Nando-Roberta), será um grande erro, porque ele NUNCA a amou, embora fará feliz o outro lado da torcida. Por isso, torço por Nando e Juliana, embora as atitudes recentes dele o credenciassem a ficar sozinho. E o maior problema não é nem Nando e Roberta, e sim Juliana com Fábio, um cara mala, chato pa cacimba, totalmente inútil, que eu não sei como Juliana chegou a ser apaixonada por ele.

No fim das contas, um verdadeiro presente, pois com Glória, Mariana, Reynaldo e Edson, quem ganhou foi o público que curtiu a trama. Só lamento por Sílvio de Abreu pegar mais um abacaxi que é a pior audiência das sete, pior até que Tempos Modernos. Agora é torcer pra ver qual das duas torcidas ficará feliz. Abç!

Milene Lima disse...

Estou num momento de absurda sensibilidade. Por favor, Sérgio, bata à porta do Silvio de Abreu e diga que não separe a Ju e o Nando. Faz isso?

Beijo!

Paty Michele disse...

Lembro da primeira versão. Nando vai atrás de Roberta, gritando que a ama, enquanto Juliana e Vânia embarcam num cruzeiro cheio de gatos maravilhosos seduzindo as duas.
Vamos aguardar até amanhã.

Um beijo, Sérgio.

Raquel disse...

Oi, Sérgio! Tava aqui mesmo me perguntando se você ia fazer um outro posto pra tratar do final de GDS dada a explosão de comentários do outros post... hahaha, leu meus pensamentos! :)

Já saiu no extra que Sílvio de Abreu escreveu cenas adicionais que possibilitam o final de Nando e Juliana. É difícil acreditar que depois dessa lambança toda das últimas semanas ainda role o meu final preferido, mas ainda há esperanças. Talvez o Sílvio tenha percebido que os spoilers do final Nanbeta afetariam o ipobe do último capítulo; já vi muita gente fazendo campanha pra não assistirem. Isso é que eu chamo de terrorismo doméstico :P (Estão muito certos, por sinal... se algo não agrada, a melhor forma de demonstrar isso é simplemente não consumir).

Como já disse antes, essa é a primeira novela que acompanho em anos e que também acompanho as reações dos fãs na internet. Tudo isso foi muito divertido e se tornou realmente um vício pra mim. Se eu não me formar no doutorado, Sílvio, a culpa é SUA! Mas algumas coisas me incomodaram em todo esse processo.

1 - Me recuso a acreditar que exista apenas um curso de história ou tipo de final em que exista coerência. Vi vários comentários de pessoas dizendo coisas do tipo: "quem entende de novela sabe que essa história tinha que terminar assim e assim", "não existe coerência nesse ou outro relacionamento", "isso é amor, aquilo é paixão e aquilo outro é amizade". Nossa, como tem dono da verdade por aí. Pessoas diferentes tem reações diferentes a situações diferentes... Como assim as pessoas ficam querendo julgar saber o que se passa no coração das outras? Gente, infinitas coisas acontecem e infinitas coisas podem acontecer, o fato de vc achar q um tipo de relacionamento é melhor do q o outro ou que é verdadeiro ou não, simplesmente reflete a sua visão de mundo ou as suas convicções. Como a própria Fernanda Montenegro disse: "A ficção vira realidade quando fala ao coração". É chato ficar diminuindo a opinião dos outros.

2 - Ainda acho que nas últimas semanas o autor errou a mão em algumas personagens. Se a idéia era manter o mistério até o fim, porque não tentar inserir situações ambíguas ao invés de chutar o balde? Vi no outro post vc comentando sobre "A vida da gente" e lembrei como o final amoroso dos personagens foi bem levado. Até o final, ninguém tinha certeza de quem ia ficar com quem porque as situações sempre foram tratadas com naturalidade. GDS é uma comédia e exige certos exageros, mas continuo achando que esse final vai ficar a desejar seja ele qual for.

Hum, não tow lembrando de mais nada relevante. Beijos, Sérgio e foi malz pela "novela" que escrevi nos seus comentários. :P

Thallys Bruno Almeida disse...

Errata: histórias improváveis "podem sim" dar certo.

Letícia disse...

Boa Noite Sérgio,

Pois é Guerra do Sexos chega ao seu final, e com quem o Nando ficará? Na realidade não tenho ideia, sei que no site da novela foi feita uma enquete e Juliana levou a melhor na época. Nem sempre os autores levam em conta estas enquetes, lembro que na época de Cheias de Charme, foi feita uma para ver quem ficaria com a Penha, quem ganhou a votação foi o empresário Otto, mas os autores preferiam deixar a personagem de Taís Araújo com o ex-marido.

Eu gostei muito da história do Nando com a Juliana na época que ficaram na ilha, mas ao voltarem a civilização as coisas desandaram, mesmo assim torço para o casal.

Gosto muito do Felipe com a Roberta, acho que o personagem dele ganhou quando se apaixonou pela empresária, ficou menos chatinho e mais centrado.

O romance da Roberta com o Nando começou por causa de um mal entendido por parte dela, ele apenas aceitou o carinho que ela lhe deu por pura carência, afinal de contas quem não quer ser amado. Mas não deixou de ser uma história bonita, pois ela mostrou a ele que poderia ser alguém especial.

Não se pode negar que o amor de Nando pela Juliana era platônico, então havia a ilusão, havia o sonho e a partir do momento que eles convivem os problemas surgem, o que pode acontecer com qualquer casal. Ele deseja ter o mesmo relacionamento que tinha com a Roberta, mas a Juliana não é a Roberta então a dinâmica, obviamente, seria outra.

Fábio e Juliana juntos só trouxe sofrimento para o casal, principalmente por causa da (agora ex-) esposa neurótica que usava a filha nas suas chantagens. Gostaria muito que o fotografo português encontra-se outra pessoa e fosse feliz criando a menina juntos.

Meu balanço da novela é: eu esperava mais da história, não achei ruim, mas poderia ser melhor, afinal de contas é uma história contada pela segunda vez, o ideal é que o final surpreenda, o da primeira versão já é conhecido. Quem sabe agora o autor resolva inovar. Torço por isso. E que venha "Sangue Bom".

um abraço

Letícia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Letícia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
VERINHA TIBURSKI disse...

Olá Sergio.
Fiquei emocionada com o retorno Reynaldo Gianecchini as novelas e adoro o trabalho dele, ele é um guerreiro. sou super fã de Mariana Ximenes, gloria pires e já gostei mais do Edson, hoje já não tanto, estou falando de seu trabalho. Amigo não sou tão boa comentarista de novela, mas o pouco que assisti esta bem mais divertida que a primeira, minha opinião é claro.
Não fico muito ansiosa por finais de novela, pois sempre nos surpreende e nem sempre de uma maneira boa, mas quem agrada brasileiros,kkkkkkkk
Boa noite e obrigada pelo carinho da visita. Beijinhos.

Sérgio Santos disse...

Oi Ricardo. Eu também gosto muito dos dois e o êxito desse núcleo é muito merecido. Todos estiveram muito bem. Abraços!

Sérgio Santos disse...

Oi Natália, obrigado. É verdade, a parceria do Gianecchini com a Mariana já tinha sido ótima em Passione e novamente houve um êxito em Guerra dos Sexos. Vamos ver como tudo irá se desenhar. Beijos!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Felis. Essa cena do Tony Ramos foi excepcional, que grande ator! Ele foi supremo do início ao fim. Aliás, ele e Irene Ravache de portugueses no penúltimo capítulo foi genial. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Paulo, eu torço para que ele fique com a Ju e Roberta com o Felipe. Aliás, até seria coerente a Roberta ficar com o Felipe depois das inúmeras brigas que tiveram. Mas caso isso não ocorra não irei me frustrar.

Acho difícil um entendimento porque o remake foi um fracasso e ainda por cima massacrado pela crítica. Silvio de Abreu deu uma entrevista dizendo que a mídia foi muito injusta com a novela e eu concordo com ele. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, novos finais foram gravados, onde Nando e Ju ficavam juntos. Tudo pode acontecer. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Olga, isso varia muito. Maria Adelaide Amaral foi muito criticada por alguns por ter alterado toda a trama de Ti ti ti. Já Silvio foi criticado por não ter alterado quase nada. Há sempre uma insatisfação.

Também acho que Nando e Ju têm mais a ver juntos. Vamos ver. bjs

Sérgio Santos disse...

Lorena, obrigado pelo carinho! No fundo a Ju tinha motivos para ter ciúmes. E ela só se destemperou uma vez. Mas entendo seu ponto de vista. Acho que abriu uma forte brecha no capítulo de hoje para que Ju e Nando fiquem juntos. Mas pode ser que não também. O mistério está grande. bjssssss

Sérgio Santos disse...

Oi Andressa. Muito obrigado. Pois é, cada hora é uma informação diferente e a própria novela tem mudanças drásticas no destino do quarteto. Cada hora te induz a achar alguma coisa. Eu acho isso ótimo porque mantém a indefinição. É uma pena quando o final é vazado e todo mundo já sabe o que vai acontecer. Agora novos finais foram gravados e Ju pode ficar com Nando. Se não ficar, ao menos aumentou a expectativa para o final. bjsssss

Sérgio Santos disse...

Oi Ju. É verdade, Felipe e Roberta brigaram desde o primeiro capítulo, por isso seria legal ficarem juntos. Assim como Nando com Ju. Mas Roberta e Nando formam um belo par também. Enfim... Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Mariana! Também cheguei a torcer para Nando e Roberta, mas depois das cenas do Nando com a Ju na ilha não tive mais como evitar torcer por eles.

Ah, o elenco é primoroso, com poucas exceções, e Silvio sabe escalar um time. Beijão.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Maíny! Também acho bem melhor que Ju e Nando terminem juntos. Depois dos últimos acontecimentos acho que há boas chances de isso acontecer. Mudou tudo. Enfim, só vendo mesmo... rs Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi Ana. Nando sempre amou a Ju e depois despertou um carinho grande por Roberta. Agora tá confuso. Agora saberemos o desfecho. E haja indefinição... bjssss

Sérgio Santos disse...

Oi Aninha. Também acho que muitas das críticas em cima dessa novela foram injustas e lamento o fracasso.

O elenco em sua imensa maioria foi admirável e deu show. Giane e Mari foram ótimos e fizeram um lindo casal. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Daniele. Pois é, e hoje Ju disse que Nando é o homem de sua vida. Já Felipe deu um beijão na Roberta. Enfim se antes tudo levava a um final Nando com Roberta, agora a situação novamente se inverteu. Resta saber se manterá. E realmente é guerra dos sexos, com muita briga mesmo. rs Beijos!!!

Sérgio Santos disse...

Rafael, essa cena que você citou foi linda demais. Aliás, todas do circo. Mas ainda assim eu prefiro Nando com Ju. Mas tá tudo bem indefinido. Abraços!

Sérgio Santos disse...

Patrícia, é verdade. Nessa novela todos os atores tiveram a oportunidade de se destacar! Aliás, Silvio sempre faz isso em suas obras, raramente há desvalorização de talentos. O remake foi muito legal mesmo. Será que o Felipe deixará de ser galinha? Mas até que ele não foi muito, ficou só com Vânia mesmo. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Sim, Regina, sexta termina. Ok, convite aceito. Bjs!

Sérgio Santos disse...

Amanda, muito obrigado. Olha, não acho que o Silvio mereça perder o respeito do público caso Roberta fique com Nando. Também há torcida por esse casal. Como o autor bem disse, há divisão porque ninguém é vilão.

Nada tenho a reclamar do remake. No início critiquei a trama porque muitas histórias andaram em círculos, demorando para engrenar e acho que Silvio poderia ao menos ter inserido alguns novos personagens. Porém, tirando isso achei tudo ótimo. Merecia ter sido um sucesso. bjsssss

Sérgio Santos disse...

Elvira, que cenas bonitas, né? Tony, Irene e Marilu foram ótimos e brilharam. O Giane também.

Olha, acho que Vânia ficará com Ulisses mesmo. Felipé ficou com a Carolina em 83, mas como agora ela não vai se regenerar ele ficará sozinho caso Roberta fique com Nando. Creio eu. Vamos ver. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Thallys, pode ser até que Silvio tenha colocado o primeiro final com Roberta justamente pq sabia que a imprensa ia descobrir. Aí depois ele surpreenderia com Ju e Nando, mas acabaram descobrindo as cenas também. Enfim, suposições minhas.

O fato é que uma torcida ficará decepcionada e isso será inevitável. E a parte desapontada vai descer a lenha na novela e no último capítulo. É normal.

Lamento os baixos índices mas mesmo Lado a Lado e Guerra dos Sexos tendo a pior média geral de seus respectivos horários, não significa que tenham sido as piores novelas. Muito pelo contrário.

Sobre Passione, nunca considerei a novela como pior índice do horário porque levo em conta a meta a ser atingida. E isso faz com que Esperança e Suave Veneno sejam as detentoras do posto. Porém, Salve Jorge vai tirar esse título delas. Até porque por mais ibope que dê na reta final, não atingirá os 59 de Passione e ficará muito longe da meta de 40. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Quem dera eu tivesse esse poder, Milene... rs Bjs!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Paty. Pois é, mas agora já foi divulgado um diálogo onde Robert diz que ele apenas a considerou como um porto seguro. Enfim, será que mudou o final? Só mais tarde saberemos. bjsss

Bianca Schuler disse...

Ao contrário da maioria, não é a disputa por Nando que me chama atenção e sim, a disputa por Roberta, na qual eu torço muito pelo Felipe. Acho que a trajetória do personagem merecia esse desfecho, não gostaria de vê-lo terminando sozinho, acho que Roberta ficaria muito bem com ele no final. E as portas ficaram abertas para uma reconciliação de Nando e Juliana, os 4 ficariam bem e acompanhados. = ) Apenas Fábio buscaria outra 'mãe' para Cissa.

Sérgio Santos disse...

Oi Raquel. Então li seus pensamentos mesmo. rs

Adorei todo o seu comentário. Concordo com tudo mesmo.

Sobre a Vida da Gente, mesmo a autora tendo conduzido perfeitamente o desfecho final, teve toda a torcida pró Ana/Rodrigo descendo a lenha nela dizendo que o final foi "absurdo", ignorando totalmente o amor de tanto tempo entre Manu e Rodrigo. Ou seja, é inevitável, por mais coerente e perfeito que o autor seja, caso desagrade uma torcida, será criticado.

O Silvio pecou em alguns exageros, mas não vejo ele desconstruindo nenhum personagem. Vejo todos com a mesma essência. Nando nunca foi de tomar decisões, por isso vejo com naturalidade esse ciúmes dele das duas mulheres. Ju era controlada com Fabio porque era a amante, com Nando ela ficou insegura. Enfim...

Como será desenvolvido tudo só saberemos no último capítulo e, claro, escrevei o último texto sobre a novela. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Letícia, concordo com você. Ótimo comentário.

Resultado de enquete não significa nada. Isso não altera nada no desfecho de uma trama. Os sites da Globo fazem isso para o público interagir mesmo e só. Lembro bem do caso da Penha em Cheias de Charme. Eu era um que torcia para que ela ficasse com Otto, o que não ocorreu.

E claro que Nando e Ju teriam uma relação mais intempestiva. São jovens, teimosos e nenhum cede. Já Roberta sempre evitava discutir e cedia mais. São relações distintas e por isso não vejo tanto absurdo nas brigas entre Juliana e o motorista.

Beijos!

Bianca Schuler disse...

Ah, nunca havia comentado por aqui, mas sempre leio os textos. Gosto muito desse espaço. ;)

Sérgio Santos disse...

Oi Verinha. Essa novela marcou a volta do Gianecchini e da Drica Moraes após o maldito câncer. Ambos voltaram e brilharam na novela. Foi um prazer vê-los. Também gosto muito da Glória e da Mariana. Edson me causou estranheza no início mas depois passei a gostar da atuação dele como Felipe. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Bianca. Sem dúvida a situação também pode ser analisada pelo seu parâmetro. Quem vai ficar com Roberta? Ah, também acho melhor Fábio escolher uma outra porque com Ju não dá. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Ah, Bianca, muito obrigado! =)

Rosangela Rosa rodrigues disse...

Dentre todas as novelas que são exibidas na tv brasileira guerra dos sexos é de longe a mais encantadora. Muitas coisas mudaram desde a sua primeira exibição, mas há algo que nunca muda: o amor. Por isso acho que esse realismo deve ser levado em consideração nos tempos de hoje e que a novela termine com Nando e Roberta, que represantam o encanto do amor. Resumindo: seria um desastre na trama se Nando e Juliana terminassem juntos!

Anônimo disse...

Mais uma vez um ótimo texto, Sérgio, parabéns!

O destino ideal para esse quarteto (quinteto, somando o Fábio), depende do ponto de vista de cada um. Por mais que Juliana e Nando sejam lindos e apaixonantes juntos, eu vejo mais profundidade e maturidade nos casais Nando e Roberta, Juliana e Fábio. Fábio provou que mudou, e agora que a Manoela está finalmente onde deveria, o caminho está livre para ele e Juliana se casarem e cuidarem da Ciça.

Anônimo disse...

Vendo por outro ponto de vista, a relação da Juliana com o Fábio foi marcada por muito sofrimento, por culpa dele que foi covarde. Agora ele deveria começar do zero e arrumar outra mãe pra Cissa.

Juliana e Nando deveriam lutar pelas diferenças e construírem uma família juntos como Nando sempre sonhou. O Nando tem que entender de uma vez que o amor dele pela Roberta é um amor fraternal, a relação deles é linda demais, mas o grande amor dele continua sendo a dona Juliana, desde o primeiro capítulo.

A Roberta está começando a se apaixonar pelo Felipe, acho bonito como ele se transforma perto dela, deixa de ser aquele bobalhão infantil.

Raquel disse...

Queria fazer um comentário do penúltimo capítulo que vi ontem. Achei a atuação da Mariana simplesmente fenomenal na cena em que ela fala pra Vânia que sabe que Nando é o seu verdadeiro amor. Dava pra ver os olhos da Mariana marejados falando do amado e a emoção que ela transpareceu foi impressionante mesmo com um diálogo relativamente comum. Nesse sentido, posso dizer que a Mariana deu um banho de interpretação na Maitê Proença e que a Juliana de Mariana Ximenes apesar de às vezes meio chata (principalmente nas últimas semanas rs) com certeza me soou mais humana e menos superficial do que a primeira versão.

Outra coisa interessante é que nesse último capítulo a própria Juliana vai ao encontro de Nando tentar uma reconciliação. É interessante ver a evolução da personagem que passou tanto tempo questionando seus sentimentos e se mostrando tantas vezes indecisa, se resolvendo como pessoa e decidindo ativamente lutar pelo seu amor. Gostaria que essa mudança implicasse no perdão do Nando no final, mas vamos ver... Fico mais feliz com essa solução que o Sílvio deu para personagem; quase dá pra perdoar as últimas semanas. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Rosangela, também prefiro Guerra dos Sexos de todas as novelas que estão no ar. Beijos e obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Exatamente, anônimo, vai do ponto de vista de cada um. Por isso mesmo que com certeza uma parte ficará insatisfeita mais tarde. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, concordo com o seu posicionamento. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Raquel, o Gianecchini e a Mariana foram muito melhores do que Maitê e Mario Gomes. Eles merecem muitos elogios. Também achei muito bonita essa cena. Vamos ver como tudo vai se desenrolar. Beijos!

Anônimo disse...

Parece que o Nando ta com medo de ir atrás do grande amor de sua vida por medo de se magoar. Ele tem que enfrentar esse medo e correr atrás de sua felicidade! Nando tem que ir atrás da Juliana! Ela vai fazer um convite irrecusável pra ele hoje... ela ta se esforçando, mesmo ele tendo desconfiado dela com o Fábio! Isso é AMOR! Deixa a Roberta ser feliz com o Felipe, Nando! E vá atrás do grande amor de sua vida!

Sérgio Santos disse...

Li agora sobre a cena em que Ju vai atrás do Nando. Deve ser uma ótima cena. Abraços.

Pedro disse...

Roberta e Felipe
Juliana e Nando
Charlô e Otávio

Pois o AMOR tem que vencer a GUERRA DOS SEXOS!!!

Anônimo disse...

silvio de abreu enganou a imprensa sensacional!!!!

Raquel disse...

Cadê o post sobre o final de GDS, Sérgio? Estou esperando pra poder comentar o último capítulo (rs...).

Sérgio Santos disse...

Pedro, teve o final que vc queria. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Enganou mesmo, anônimo. Foi genial.

Sérgio Santos disse...

Oi Raquel, postei agora há pouco. Escrevi pra caramba! rs bjão!

Olga disse...

Ola, Sérgio. Assim como toda torcida Julinando e Feliberta, adorei o final do quarteto. O mais interessante foi a maneira como tudo aconteceu. O Nando e a Roberta precisavam mesmo dessa conversa para ver se acordavam, mais o Nando na verdade...kkkk. Ele só estava confuso por causa das brigas que ele tinha com a Juliana e como os dois eram cabeça dura, não sabiam dialogar para tentar reverter a situação. Com a Roberta era tudo perfeito e correto, o Nando encontrou um abrigo ali. Sábias palavras da Roberta que disse que o Nando encontrou nela um porto seguro, um amor fraternal. Isso fez com que ela percebesse que o amor dele era mesmo a Juliana e que dali para frente era com ela que ele tinha que ser feliz. Acabou que ele admitiu que apesar de toda aquela confusão, ele amava mesmo a Juliana. Isso acontece muito na nossa realidade também, muitas vezes precisamos de uns sacolejos assim para acordar para a vida. Gostei muito da atitude da Juliana (apesar de nas últimas semanas o comportamento dela não ter sido o dos melhores), mas no penúltimo capítulo ela se mostrou a Juliana de antes, madura e apaixonada, soube admitir os seus erros. E fez mais bonito de ter ido procurar o Nando e dizer tudo que estava sentindo. Mesmo sabendo que ele podia nem aparecer, ela não desistiu dele. Ela foi até ele, fez o convite, mas esperou que ele fosse também atrás dela. E isso era o mais correto também, muitos erros ali foram do Nando, então ele é que tinha que correr atrás dela, mesmo que para isso a Roberta tivesse que abrir os olhos dele. Bom, muitos disseram que o Nando ia terminar com a Roberta e que o Sílvio só mudou por causa da torcida Julinando. Não sei, pode até ter sido isso mesmo, mas por outro lado quem sabe se essa não era a surpresa que ele estava preparando, ele gosta disso, com certeza já tinha essa carta na manga para não ficar pior do que já estava depois que o final vazou. Para mim esse era o final mais coerente independentemente se desse Nando e Roberta. Eu acho que tinha que ter essa reviravolta porque não podiam deixar a Juliana e o Nando separados por um mal entendido e ainda por cima deixar para lá sem se acertarem. E ainda como prêmio de consolação ela terminaria com o Fábio, isso sim ia ficar sem nexo. A única coisa que não gostei muito foi que como o Sílvio deixou para resolver tudo nos últimos blocos, a história de Julinando e Feliberta ficou muito corrida, achei que teria mais umas cenas deles. Mas tudo bem, pelo menos foi o final que eu sempre esperei, mesmo com poucas esperanças, eu ainda acreditava num final perfeito para os dois. Vou sentir falta da novela e de comentar também, sentirei falta do Nando e da Juliana, muito bem representado por Mariana e Reynaldo, aliás fizeram o papel bem melhor que Maite e Mário. Sou fã da Mariana desde Chocolate com Pimenta e do Reynaldo desde Passione. Espero muito ainda ver os dois trabalhando juntos de novo, eles tem uma química de dar até inveja....kkkk e com certeza isso vai ser aproveitado em outras novelas. Tem autores que gostam de repetir casais. Agora, só nos resta guardar na memória as lembranças das cenas maravilhosas que eles dois nos proporcionaram.

Olga disse...

Ah, desculpa pelo texto enorme...rs, é que assim como gosto de falar muito, gosto de escrever muito também. Afinal, sou noveleira de carteirinha e volto muito as novelas para nossa realidade, por isso as palavras vão fluindo. Espero voltar muito aqui para comentar, afinal muitas novelas virão..kkkk. Qualquer coisa nos encontraremos pelo twitter comentando sobre tudo. Bjs.

Sérgio Santos disse...

Olga, pode comentar e escrever o quanto quiser! O final foi muito bacana mesmo e eu acho que o Silvio fez isso pra enganar a imprensa mesmo e conseguiu. Gravou primeiro uma cena que não ia ao ar justamente pra todo mundo divulgar logo e cair do cavalo. Não acho que torcida tenha a ver com isso, até porque muita gente também queria Nando com Roberta.

Não achei o final corrido, não, pelo contrário, vi o autor concluindo os desfechos desde segunda-feira só pra deixar o último capítulo sem atropelamentos. O quarteto amoroso foi o que mais se destacou no final. Mais cenas iriam ofuscar o restante do elenco que também precisava aparecer. Beijos!!!!