segunda-feira, 29 de abril de 2013

Com um elenco jovem e uma história envolvente, Sangue Bom estreia recheada de atrativos

Seis protagonistas. Seis jovens. Seis pessoas que apresentam diferentes estilos de vida. Seis histórias que se cruzam. O ter, o ser, o aparecer, o invejar e o amar. A obsessão pela fama, a cobiça pelo luxo e o desprezo pelo lixo. Tendo esse universo como principal premissa, estreou nessa segunda-feira (29/04), a nova novela das sete: "Sangue Bom". Escrita por Maria Adelaide Amaral em parceria com Vincent Villari, a trama tem como principal objetivo recuperar o ibope do horário após os baixos índices obtidos por "Guerra dos Sexos". E por tudo o que foi visto no primeiro capítulo, essa recuperação de fato ocorrerá e o objetivo será alcançado.


A novela logo começou exibindo lindas imagens e se preocupou em apresentar todos os protagonistas da história sem grandes enrolações. Com uma direção impecável de Denis Carvalho, todas as apresentações, aliás, foram feitas de forma sutil; o que acabou gerando um excelente resultado, pois o telespectador se sentiu mais acolhido na história e a sensação de já conhecer todo mundo se fez presente. Bento (Marco Pigossi), Giane (Isabelle Drummond), Amora (Sophie Charlotte), Fabinho (Humberto Carrão), Maurício (Jayme Matarazzo) e Malu (Fernanda Vasconcellos) formam o sexteto central da história e ao longo da trama irão protagonizar clássicos conflitos amorosos. Afinal, de acordo com a sinopse, Giane ama Bento, que ama Amora, que é noiva de Maurício, que é o grande amor de Malu; enquanto que Fabinho só ama a si próprio.

Mas, pelo pouco do que foi exibido no primeiro capítulo, ficou bem explícito que não será só a trama dos protagonistas a responsável por segurar o público diante da televisão. Giulia Gam, após ter uma personagem totalmente inútil em "Amor Eterno Amor", ganhou o melhor papel da novela e que faz jus ao seu
talento: a atriz decadente Bárbara Ellen. Responsável por frases hilárias e uma sucessão de pérolas, a perua, que tenta se manter na mídia exibindo sua penca de filhos adotivos, já se destacou e foi a rainha do primeiro capítulo. Outra que promete divertidas sequências é a Marisa Orth. Foi possível rir da insanidade de sua Damáris na única cena em que ela deu o ar da graça. Malu Mader também integra o time das veteranas que tem tudo para dar certo. Depois de viver inúmeras ricaças, a atriz finalmente está vivendo uma mulher mais humilde e com sangue 'nas ventas'. E entre os seis protagonistas, Isabelle Drummond se sobressaiu. Não será surpresa se sua Giane ganhar a torcida do público para ficar com Bento no lugar de Amora ou Malu.

Após escrever dois remakes ("Anjo Mau" e "Ti ti ti"), Maria Adelaide Amaral enfrenta pela primeira vez o desafio de escrever uma obra de sua própria autoria. Repetindo a parceria que teve com o autor Vincent Villari em "Ti ti ti", a autora apresentou um excelente primeiro capítulo e estreou com o pé direito. Com um texto cheio de acidez e críticas sociais, os telespectadores viram uma história solar, leve, jovem e recheada de acontecimentos, evitando qualquer sensação de monotonia. Tendo o mundo das celebridades e o consumismo da moda como principais panos de fundo, a trama aposta em uma temática que sempre está em alta. E ao inserir o conflito que há entre o 'ser' e o 'ter' em um elenco de protagonistas jovens, há uma tentativa inteligente de conquistar o público adolescente que costuma ser um dos principais alvos do horário das sete. Com o término da trama de Silvio de Abreu, saíram os veteranos de "Guerra dos Sexos" e entraram os jovens de "Sangue Bom".

O elenco, aliás, foi muito bem escalado. Há muita gente talentosa --- e, claro, incluindo muitos dos já citados --- como Louise Cardoso, Daniel Dantas, Herson Capri, Yaçanã Martins, Edwin Luisi, Marco Ricca, Tuna Dwek, Felipe Camargo e tantos mais. Ainda será gratificante ver Yoná Magalhães de volta às novelas após tanto tempo longe. Outra grata presença é a de Norival Rizzo, vivendo o bondoso Silvério. Entretanto, chega a ser preocupante o número excessivo de atores. Sem dúvida é um time cheio de talentos, porém, há o risco de haver muita gente desaproveitada como ocorre em "Salve Jorge". E ainda é preciso levar em consideração que novela das sete tem capítulos mais curtos que a das nove. Mas, deixando as suposições de lado, resta torcer para que todos tenham a oportunidade de brilhar.

Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari beberam um pouco da fonte de "Ti ti ti" (muitos atores escalados participaram do remake) e "Queridos Amigos" (minissérie escrita pela própria autora --- baseada no livro "Aos meu amigos" --- onde treze protagonistas eram amigos e tinham suas vidas cruzadas) para criar a nova novela das sete. E essa receita utilizada pela dupla tem tudo para dar certo. Apesar da baixa audiência da estreia (26 pontos), tudo funcionou nesse primeiro capítulo. "Sangue Bom" estreou apresentando um ótimo elenco, uma inspirada trilha sonora com misturas de músicas nacionais e internacionais, uma história ágil e divertida, além de belas imagens e uma alegre abertura. Ou seja, tudo o que o telespectador espera de uma novela.

66 comentários:

Anônimo disse...

As chamadas já eram ridículas, o logo da novela segue a linha atual tosco e sem criatividade, o elenco jovem é fraquíssimo, a estória é rasa, os veteranos são escada pros jovens, e pelo que foi visto hoje será sim uma nova temporada de malhação as 7. Novo fracasso a vista!

Carlos disse...

Não assisti nada e as propagandas foram bem bobas, dizendo nada sobre a trama, mas não acho que será fracasso como o anônimo acima. Acho que vai seguir a linha "jovem real" que nem malhação consegue seguir. É uma maneira diferente de fazer novela e isso é bom. Tentar mudar sempre é bom. E continuo apostando minhas fichas na Isabelle e no Humberto, que tiveram um bom trabalho em Cheias de Charme e imagino esse sucesso se repetindo agora mais uma vez.

Abraços

Milene Lima disse...

Eu gostei. Já xonei no Bento. Tem Bento de verdade por aí? Há de ter, né não? Acho que vai ser uma novela divertida, agradável de se acompanhar.

Não tinha atentado pra essa questão do número de atores, tomara que não se perca feito Salve Jorge.

Beijo, Sérgio.

Flávia disse...

Olá Sergio! Eu fiquei simplesmente encantada com esse primeiro capítulo!Linda a cena de abertura mostrando os campos de flores de Holambra ao som de Some Nights! Ritmo ágil,um colorido incrível, trilha sonora otima! Gostei do sexteto!Isabelle está otima como Giane!
Amei a Barbara Ellen, todas as frases que saem da boca dela são ótimas. Do núcleo da Barbara Ellen, também fiquei com uma boa impressão dos dois filhos mais novos dela, acho que vai ser novas crianças prodígio tipo Lipe e Mabi, também com ótimas falas.... Também já amei Damáris....

Gostei dos protagonistas, Bento, Giane e Malu já ganharam meu coração... já vi que você já tem uma torcida para Bento ficar com Giane, gostei também, mas tenho uma queda por casais que são meio opostos, então já torço por Bento e Amora... Amora, por sinal, de ínicio parece que não vai ganhar a simpatia do publico, mas tem potencial, pois é ambigua, adoro personagens assim e se ocorrer o que eu espero, Amora terá uma redenção (confiando na opinião do Vincent Villari sobre a personagem). Não acho que a audiência deste primeiro capítulo seja preocupante, têm tudo para subir!Outra coisa muito boa foi a personagem da Ellen Rocche, eu gostei, acho que vai divertir bastante... e também a Sueli Predrosa!
P.S.: acho que eu e o autor do primeiro comentário não assistimos a mesma novela

✿ chica disse...

Eu saberei dela, do seu andamento,se está agradando ou não, aqui, te lendo, pois não vejo nesse horário! abração,tudo de bom,chica

Vitor Augusto disse...

A Novela teve um primeiro capítulo tão empolgante como eu não via há anos. Elenco afiado , impressionado que esse fenômeno ,como a própria Maria Adelaide Amaral disse, Isabelle Drummond conseguiu se livrar de um personagem como a "Cida" tão rápido, simplesmente ótima. Giulia e Marisa foram realmente os maiores destaques. Trilha Sonora impecável. pena que a audiência foi baixa no consolidado.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Concordo com tudo, Sérgio. "Sangue Bom" teve uma ótima estreia, com muito colorido, diversão, agilidade. Os personagens logo foram apresentados ao público. Gostei especialmente da Giulia Gam, Malu Mader, Humberto Carrão (estes dois em papeis diferentes dos costumeiros), Marco Pigossi. Será ótimo rever Yoná Magalhães. Deu vontade de acompanhar a novela.

paulo disse...

Quer dizer que a "trama" central da novela é fulano que ama ciclano que por sua vez ama beltrano que só ama a si próprio. É, faço bem em não assistir mais novelas...
Abrçs.

paulo disse...

Esqueci de acrescentar que depois daquele remake ridículo, patético, e constrangedor da maravilhosa tititi(85) não se podia esperar coisa melhor da dona MAA.

Lulu disse...

Sérgio,
Aposto que a Giulia Gam será a grande revelação na trama e se bobear o papel da carreira dela. Gosto da Isabelle Drummond qdo fez par com o Humberto Ferrão.
Big Beijos

MARILENE disse...

Quando uma novela começa, ficamos com o pé atrás (rss). Depois de alguns capítulos, vamos nos envolvendo. Gostei do início e pretendo esperar um pouco mais para ver se vale a pena. Bjs.

Rita disse...

♫♫♫ (¸.•❋
Boa tarde de sol!!
Por enquanto é começo, mas gostei
vamos ver com o tempo, bons atores sim, e a Giulia Gam está ótima,
então......esperar é melhor

Abraços com carinho e
Bom feriado
Bjuss
Rita!!!!

Raquel disse...

Oi, Sérgio! Pode ser que eu esteja ficando velha, mas eu achei Sangue bom muito teen pro meu gosto. :P A começar pela abertura: assassinaram a música do Lulu Santos! Mas a trama tem tudo pra ser um sucesso com vários temas e situações escolhidas a dedo pra agradar a maioria.

Dentre os personagens, gostei do Bento e da Malu... O resto vamos ver como vira. Não vou acompanhar essa como acompanhei GDS, mas espero muita diversão pra quem assita. Beijos!

Fernando Oliveira disse...

Tive uma excelente impressão da novela. Os protagonistas estão fazendo personagens diferentes de todos que já fizeram e concordo que Isabelle Drummond tenha sobressaído. Gostei também da Fernanda Vasconcelos e do Humberto Carrão. A trilha sonora e boa e a ideia do flash mob foi ótima. A novela pode dar certo, o horário pede uma trama ágil, menos amarrada, mas realmente o excesso de personagens preocupa. Sorte para Sangue Bom e a nível de comparação, espero que a novela seja tão boa ou melhor que Cheias de Charme.

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Não assisti. É complicado para mim ver novela neste horário. Mesmo assim, li suas considerações e dos comentaristas que já passaram por aqui. Logo, estou atualizada-rsrs.

Beijo.

Aleatoriamente disse...

Assisti a estreia e achei interessante. Principalmente porque lembrei de alguns detalhes meus. Parece que são meninos que foram adotados e a trama rola em torno disso também.
Vou tentar assistir. Digo assim porque nem sempre chego na hora da novela.

Beijinho Sérgio e bom feriado.

A viajante disse...

Só consegui assistir hoje e tive essa impressão. Que será leve, com muitos romances e boa dose de comédia... tomara! Beijo!!

Bruno Marques disse...

Estou adorando a novela!!!
O alto astral do primeiro capítulo me empolgou demais.
Morri de rir com as indiretas jogadas pelos autores.
Bárbara Ellen foi o grande destaque do capítulo inicial.Com tiradas ótimas, a personagem caiu como uma luva em Giulia Gam que brilhou muito nesse primeiro capítulo.
Infelizmente a audiência ainda não correspondeu.
Espero que o quadro se reverta!!!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Eu gostei, próprio pro horário, afinal quem é que tem mais disponibilidade de assistir novela nesse horário? Jovens e crianças oras! Não sei o que os caras queriam: uma trama à lá Avenida Brasil?! Novela nesse horário tem que ser leve, pra cima, deixa a tristeza lá pras 9!

Sérgio Santos disse...

Anônimo, discordo do seu ponto de vista. Abraços.

Sérgio Santos disse...

A Isabelle e o Humberto tem grandes chances de destaque mesmo, Carlos. Aliás, ela já está conseguindo. A novela é bem bacana. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Milene. Gostei mais da Giane. O Bento é simpático e a novela parece ser bem agradável mesmo. O segundo capítulo foi muito bom também. bj

Sérgio Santos disse...

Flavia, também gostei muito e o segundo capítulo foi tão bom quanto o primeiro. Bárbara Ellen é a melhor da novela. Gostei de todos os protagonistas, mas Malu e Maurício me desanimaram. Fernanda Vasconcellos de novo vivendo uma menina meiga e pura cansa um pouco e o Jayme não é lá muito bom ator. Enfim, quem sabe mudo de opinião depois.

Amora tem justamente essa função: gerar antipatia. Ela é arrogante e deslumbrada. Mas tenho gostado da personagem também. Por enquanto prefiro Giane com Bento, mas vamos ver depois... Beijos.

Sérgio Santos disse...

Chica, obrigado pelo comentário. bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Vitor. A estreia foi muito boa mesmo. Giulia e Marisa prometem roubar a cena, assim como a Malu Mader. O segundo capítulo também foi muito bom. Pena que deu menos audiência ainda: 23. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Deu vontade mesmo, né Elvira? Deu tudo muito certo, incluindo a trilha, a trama e os personagens. O elenco é muito bom. Vamos ver o que nos espera. Bjs.

Sérgio Santos disse...

Paulo, eu gostei do remake de Ti ti ti até a metade. Depois me decepcionei porque a trama ficou andando em círculos. Mas é aquilo, ela alterou toda a trama. Uns gostam outros não. abraços.

Sérgio Santos disse...

A Giulia será a grande protagonista da novela, Lulu. Já ficou claro. Isabelle é ótima também. bj

Sérgio Santos disse...

Pois é, Marilene, tem sempre aquele estranhamento, né? Mas se continuar do jeito que tá acho que será uma boa novela. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Vamos aguardar, Rita. Beijos e bom feriado.

Sérgio Santos disse...

Oi Raquel. Essa novela foi feita pra conquistar os adolescentes mesmo, isso é fato. Por isso entendo o que vc quis dizer. Adorei a abertura, mas concordo que aquele "Sambô" estragou o clássico do Lulu Santos. Não custava nada ser o próprio Lulu cantando. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Também tive uma ótima impressão, Fernando. Achei a Fernanda mais do mesmo vivendo mais uma personagem meiga e pura, mas vou aguardar mais um pouco pra falar dela. Isabelle já se destacou. Abraços.ç

Sérgio Santos disse...

Oi Vera. Te atualizei então. rs Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Fernanda. Interessante isso de se ver na novela. Obrigado pelo comentário. bjssss

Sérgio Santos disse...

É o que parece mesmo, Ju. Beijos.

Sérgio Santos disse...

A Giulia Gam será o grande atrativo da novela, Bruno. O segundo capítulo também foi dela. Que personagem ótima! Sim, por enquanto o ibope tá ruim, o que prova que nem tudo era culpa do Silvio de Abreu ou de Guerra dos Sexos. Vamos torcer para que melhore porque a trama tem feito por merecer. Abraços.

Sérgio Santos disse...

A novela é a cara das sete mesmo, anônimo. Leve, divertida e colorida. Tem muita chance de agradar. Abraços.

Felisberto Junior disse...

Olá!
Bom dia
Sérgio
eu tenho certeza q seu blog é o único q eu leio os comentários anteriores. É a única forma de me atualizar,juntamente com sua análise. Muito boa por sinal.
Ouvi uma entrevista da Maria Adelaide numa rádio de Sampa,e ela estava empolgada em escalar jovens atores.E ela bateu muito na tecla de que não suporta esses astros instantâneos e midiáticos.Então,creio que ela escalou bem o elenco jovem.Vamos aguardar.Quando uma novela começa, ficamos sem muito envolvimento.
Obrigado!
Bom feriado!
Abraços

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo elogio, Felis. A novela por enquanto tá muito boa. Não vi essa entrevista, mas vou procurar pra ver se acho. Abraços e bom feriado.

Bia Hain disse...

Oi, Sérgio! Eu gostei do primeiro capítulo da novela e lendo seu texto me fez perceber o por quê: Falas bem escritas, lugares bem marcados, me parece uma obra feita com muito cuidado, capricho, isso faz diferença e transpassa pela tela, sem falar que o time, do elenco à produção, é de primeira. Embora não seja uma novelista de carteirinha, gosto de, de vez em quando, sentar no sofá e assistir um capítulo inteiro, e hoje há poucas opções de qualidade.
Não gostei da nova novela das seis e só agora, no final, Salve Jorge dá sinais de "vida", hahaha.
Um abraço!

Flavia disse...

Olá de novo, Sérgio!!! Realmente o segundo capítulo foi tão bom quanto o primeiro! Estou maravilhada com a qualidade do texto de Sangue Bom, principalmente com as falas de Barbara Ellen.... e que ficam ainda melhores com a interpretação da Giulia Gam!!! Foi bom também ver mais um pouco da personagem da Marisa Orth... e hoje tem cena da Barbara e da Damaris juntas, imperdível! Eu também gostaria de ver a Fernanda Vasconcellos num papel diferente do habitual e confesso que antes da novela começar achei que não ia gostar da Malu, mas não foi isso que aconteceu... dos 6 atores protagonistas, acho o Jayme o que tem menos recursos... e o personagem, por enquanto, não ajuda! Sobre a Amora, gostei das cenas em que ela e Bento lembram da infância, gosto do cuidado em humanizar a personagem...
Obs.: não sei se já viu, mas a uma entrevista interessante da Maria Adelaide Amaral ao José Armando Vanucci no site dele
Bjos

Rafael Barbosa dos Santos disse...

Estou amando a novela, ágil, dinâmica, para cima, colorida com uma trilha sonora encantadora. Adorei a forma com que os personagens são apresentados. Gostei do sexteto protagonista, embora o foco neste inicio seja o Bento e Amora pelo que vi, e o Mauricio do Jayme seja um pouco sem sal. De longe minha preferida até agora é a Giane tbm. E claro, Barbara Ellen faz super valer a pena assistir a novela, acho que é grande atração da trama. Enfim, Sangue estreou com pinta de sucesso e espero que assim se mantenha, só é uma pena a audiência ainda não ter correspondido, mas acredito que suba nos próximos capítulos. Enfim, amando a novela =)

Abraços

Barbie Californiana disse...

Perdi os dois primeiros capítulos, mas hoje eu vejo Sérgio... rs beijos e bom feriado.

Clau disse...

Oi Sérgio!
Vou me atualizar sobre o andamento dessa novela aqui no seu blog.
Por enquanto,vi as chamadas,e gostei do elenco.
Acho que será uma novela interessante.
A trama se passa em São Paulo?
Se sim,as atrizes poderiam maneirar um pouco no carioquês!
Bjs \o/

Filha do Rei disse...

Oi, Sérgio. A novela é leve, colorida, dinâmica,com tema que pode ser bem explorado e a trilha sonora é linda. Tem td para dar certo.
Ah, obrigada pelo carinho lá no meu cantinho.Bjs

Thallys Bruno Almeida disse...

Adorei Sangue Bom logo de cara. Colorida, solar, vibrante, espírito jovem, mas com uma boa dose de maturidade em várias de suas tramas.

Das três mocinhas, já se percebe que Isabelle Drummond é a que mais chama a atenção logo de cara. Até impressiona o quanto ela se desvencilhou de uma "gata borralheira" pra um tipo sem muita vaidade e até masculinizado, às vezes até casca grossa, mas amável. Tô adorando a Giane.

Um pouco mais abaixo, também gostei da Fernanda Vasconcellos e sua Malu, embora seja mais uma mocinha boazinha pra carreira dela. Ainda assim, aposto no sucesso dela, uma vez que sua trama é rentável.

A Amora, como se sabe, causa antipatia no início por seu jeitão arrogante, mas que poderá se reveter à medida que ela se relacionar com o Bento. E outro ponto que até faz sentido é mostrar o quanto uma pessoa que sofreu muito na infância pode virar amarga com o tempo, e isso pode ter influenciado nessa personalidade dela. Sophie vem me surpreendendo positivamente nesse início e espero que assim se mantenha.

Fico feliz pela Malu Mader voltar a viver um tipo diferente e pelo retorno de Yoná Magalhães e Marco Ricca. Mas o grande nome mesmo desse início atende por Bárbara Ellen. A composição dada por Giulia Gam pra ela é sensacional, rendendo pérolas atrás de pérolas, situações as mais loucas possíveis. A Damaris da Marisa Orth é outra que promete muita diversão.

Como vc tweetou uma vez de que foi bom colocar um ator ruim pra morrer no 1º cap, pude perceber uma coisa nele: era um ator ruim (Pablo Morais) interpretando um ator ruim (Jonathan James), daqueles tipos adorados pelas menininhas pelo aspecto físico, mas que muitas vezes "se acha". A gente se livrou de um ator ruim, mas logo veio outro (Rômulo Arantes Neto).

A trilha sonora é bem fiel ao espírito da trama e tem muita coisa boa. A abertura é outro ponto positivo, embora alguns elementos gráficos lembrem Malhação 2008 (justamente a mesma que revelou a Sophie Charlotte).

Muito bom ver uma autora veterana como Maria Adelaide Amaral se reinventando, como fez em TiTiTi 2010 ao trazer as disputas de estilistas para o mundo da moda atual e que fez da trama um grande sucesso (mesmo com a fase chatinha de Janeiro-Fevereiro). Só Cheias de Charme teria uma repercussão tão positiva quanto TiTiTi (já que M&A teve uma média parecida com a de TiTiTi - acho que maior em décimos - mas a recepção foi bem mais dividida). E a entrada do Vincent Villari, colaborador dela e do JEC, só fez confirmar o quanto a trama é boa. Assim como Flor do Caribe, tenho toda a certeza que vai elevar os índices de audiência e, tomara, chegar próximo pelo menos dos de CdC. A trama é repleta de qualidades e merece muito o sucesso. Abçs!

Sérgio Santos disse...

Oi Bia. Essa novela tem tudo pra ser muito boa. Por enquanto tá ótima. Ah sim, Salve Jorge tá acabando!!! Graças!!!! rs Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Flavia. Pois é, a cenas da Damáris e da Barbara Ellen juntas no enterro foram ótimas. Por enquanto não gosto da Fernanda e nem do Jayme no time dos protagonistas. Estão mais do mesmo.

Pois é, quero ouvir essa entrevista. Vou ver se amanhã consigo. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Também tô gostando muito, Rafael. Sim, a Bárbara é a grande atração. Que personagem incrível!

A Giane é a minha protagonista preferida e já tinha sentido isso só nas chamadas.

A novela tá muito bacana. Acredito que o ibope irá subir. Abraços!

Sérgio Santos disse...

Tomara que tenha visto, Barbie. bj

Sérgio Santos disse...

Se passa em SP, sim, Clau. Aliás, Amor à Vida, a próxima das nove, também se passará. Muitas vezes o sotaque de alguns atores fica evidente msm. bjsssss

Sérgio Santos disse...

Oi Cléu. Concordo com você. bj

Sérgio Santos disse...

Também gostei logo de cara, Thallys. A novela tem tudo pra dar certo.

Acho a Malu uma personagem boazinha demais e por enquanto não gosto da atuação da Fernanda, mas ela nem tem como evitar fugir da mesmice já que só faz isso.

Sim, ainda bem que aquele ator ruim morreu. Pena que o papel do Romulo Arantes seja fixo. O retorno dele pra Globo foi um ero imenso.

Morde & Assopra foi muito criticada, embora elogiada também, mas conseguiu ficar 4 décimos a mais que Ti ti ti na média geral. Teoricamente é um empate, mas por causa das fortes críticas que sofreu da crítica, não deixa de ter sido uma vitória e tanto. Acho que o ibope vai subir com o tempo, mas isso também acabou provando que nem tudo foi culpa de Guerra dos Sexos. Provavelmente ela sofreu do mesmo mal de Lado a Lado.

Flor do Caribe está tendo índices maiores que Lado a Lado, obviamente, mas é bom dizer que a meta pro horário é 25 e até agora a novela está com 3 pontos abaixo. Ou seja, não recuperou o ibope. Aliás, por enquanto está até abaixo de A Vida da Gente na média geral. Abraços.

Anônimo disse...

Assisti aos três primeiros capítulos e gostei bastante. Desde a abertura alegre, colorida, com a releitura da música do Lulu pelo Sambô.Do texto, inteligente, crítico, bem humorado.Lembra das 'dicas' das crianças da Barbara para chamar mídia? Do elenco bem escalado com atores em papéis bem diferentes dos que o público se acostumou a vê-los.A trilha sonora excelente.Enfim o resgate de boa música nas nossas novelas.Da direção que imprimiu um ritmo ágil,mas não vertiginoso aos cortes e ganchos.Enfim, minhas primeiras impressões sobre Sangue Bom me reportam ao prazer que tive de assistir a "Cordel Encantado" e "Cheias de Charme".Sensação de estar novamente diante de uma produção bem cuidada e inovadora. A conferir. Narinha

Anônimo disse...

A história é bacana mas faltou atrativo para prender o telespectador. O problema não é o fato de ter protagonistas jovens, o problema é que esses atores são fracos. Gosto da Isabelle e da Sophie como mocinhas sofredoras, mas nessas personagens elas estão péssimas. Ingrid Guimarães interpretando ela mesma como sempre. A única coisa que me chamou atenção foi a personagem da Giulia Gam, a atuação de Giulia está forçada mas a personagem pede isso e ela mostra mais uma vez que é uma atriz versátil e está tento finalmente o destaque que merece.

Sérgio Santos disse...

Oi Narinha. Realmente as primeiras impressões foram as melhores possíveis. E por enquanto está tudo muito bom. Hoje tivemos mais um ótimo capítulo. Bjs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, tenho gostado de todos os protagonistas, com exceção do Jayme Matarazzo e da Fernanda Vasconcellos. Ingrid Guimarães e Bruno Garcia sempre interpretam eles mesmo e mais uma vez fazem isso. Por enquanto tô gostando mt da novela. Abraços.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Eu tbm amei a novela e os personagens e gostei de todos. Ja torço para que Bento fique com Amora, os dois atores combinam e a história dos personabens é tocante e acredito q Amora va mudar ao longo da trama pq no fundo ela é uma boa pessoa, que manteve sua essência, e sophie charlotte é super talentosa e muito fofa. A Giane eu queria q acontecesse algo e ela ficasse com fabinho, pq a isabelle e o humberto ficam fofos demais juntos*--*. Estou aqui na torcida \o/

Sérgio Santos disse...

Será que o par Elano e Cida de Cheias de Charme irá se repetir em Sangue Bom? Olha, não sei mais tudo é possível por enquanto. A novela tá muito bacana e acho Amora uma personagem muito rica, não só financeiramente. Abraços.

Paty Michele disse...

eu amei a novela de cara!
Achei o Bento um fofo e o romance dele com a Amora vai render muitoooo!!!

Tô acompanhando e adorando cada capítulo. Ontem morri de rir com a marisa Orth. Guiulia Gam está impecável, mas não gostei mto do personagem da Malu, nem da Regiane Alves.
Vamos aguardar.

Um bjo, Sérgio.

Raquel disse...

Haha! Não resisti e tow tentando acompanhar a novela... Já escolhi os meus pares favoritos. Por mim, tinha que rolar Malu e Bento e Giani e Maurício. Os primeiros porque combinam e formam o par de seres-humanos mais evoluídos e fofos da novela. Os segundos porque os dois tão precisando de um choque de cultura!

Da Amora e do Fabinho não gostei. Indiferente ao que seja que aconteçam com eles. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Achou, hein, Paty?! rs Também tô gostando muito da novela. Mas tb gosto da Malu vivendo a Rosemere. Beijão!!!!

Sérgio Santos disse...

Se rendeu, Raquel? rs Eu tô gostando muito. Ao menos por enquanto torço para Bento e Amora e Giane e Fabinho. Mas às vezes mudo de opinião. rs Vamos ver... bjssss

Tais disse...

Adorei a crítica! Estou ADORANDO a novela, como li em comentários acima compartilho da opinião que a novela das 19h tem que ser mais leve, alegre, mas tb pode abordar temas úteis como adoção e o que pode ocorrer depois dela. Fora que o tema central da novela "ser" e "ter" é bem complexo. A gente fala uma coisa e vivencia outra... isso é normal, todos gostamos de ter dinheiro e poder. Tanto que li em algum blog(não me lembro) que o Bento irá se perder após ficar "famoso", mas que logo voltará ao "Normal". ENfim...
Sophie me surpreendeu, conseguiu me fazer odiar a Amora, o que não é difícil, mas... Bom, até agora eu acho que pra Amora o que mais pesa é o ter... e acho que isso não mudará. Afinal, ela só "muda" quando está com o Bento, não consigo considerar isso uma mudança e sim um disfarce. Giane, a personagem da Isabelle é a que mais me encanta, gostaria de vê-la com o Bento logo. Por enquanto não consigo nem entender o pq juntar Giane com Fabinho... Tô pensando bem igual a Raquel, Amora e Fabinho não me importa o que aconteça com eles. rs
Ah, eu to adorando a interpretação da Fernanda Vasconcelos, é uma ótima atriz mesmo que fazendo uma personagem parecida com as outras... eu a vejo como Malu e não como Ana(A Vida da Gente), então ta tudo certo! rs
E a respeito do Jayme tb o acho um ator com ar de iniciante. A Malu Mader ainda não me convenceu com a personagem e a Giulia Gam está ótima!