segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Cercada de expectativas, Lado a Lado estreia devolvendo qualidade e capricho ao horário das seis

Duas mulheres com realidades distintas. Uma rica, outra pobre. Dois sonhos, desejos iguais. Mundos diferentes que se cruzam e, deste encontro, nasce uma linda amizade. Isabel (Camila Pitanga) e Laura (Marjorie Estiano) são duas mulheres à frente do tempo que lutam pelos mesmos ideais: liberdade e amor. Esta é a trama central da nova novela das 18h, que estreou nesta segunda-feira (10/09).


A história começou em pleno Carnaval de 1903. Lindas imagens do Rio antigo serviram de patamar para a apresentação inicial. Logo na primeira sequência, Zé Maria (Lázaro Ramos) aparecia se divertindo na folia e se encantando ao ver Isabel. No núcleo dos bem-sucedidos, não demorou muito para que Laura surgisse na história, logo tendo o primeiro conflito com a mãe (Constância, vivida pela maravilhosa Patrícia Pillar). As atrizes apenas confirmaram o que todos já haviam visto nas chamadas da trama: ambas têm talento de sobra e terão grandes embates. Isabela Garcia também já se destacou como a divertida e encalhada Celinha. Camila Pitanga é outra que merece elogios pela composição de sua personagem.

A abertura da novela é um primor. Ao som do samba "Liberdade, Liberdade, abra as asas sobre nós" --- tema da escola Imperatriz Leopoldinense em 1989 --- , imagens de pessoas sambando e fazendo capoeira eram mescladas com cenas de mulheres requintadas tomando café e se perfumando. Marcante a imagem de uma assinatura, que
fazia uma clara referência à Lei Áurea, uma vez que a obra retrata o período pós-abolicionista. Também se pôde ver, rapidamente, a destruição dos cortiços e a construção de outras casas, que virariam favelas. Outro ponto interessante foi a rápida imagem do futebol surgindo no país. Ou seja, a abertura traduz, literalmente, tudo o que a novela representa.

O capricho que a Rede Globo tem em produções de época é notável e fascinante. Os cenários e figurinos estavam impecáveis, assim como a fotografia. Para melhorar, as cenas finais terão uma espécie de 'congelamento', mas ao invés de um tom tenso de "Avenida Brasil", terão um toque suave e propositalmente ultrapassado, lembrando os filmes exibidos nos cinemas antigamente. Tramas que retratam épocas passadas são de uma qualidade impressionante e estava mais do que na hora de a emissora voltar a investir neste tipo de formato no horário das seis. Apesar de "Cordel Encantado" ter sido ambientada em um período distante, não pode ser levada em consideração, pois a história não tinha 'idade'. Era quase que um conto de fadas mesmo.

Apesar de ser uma obra de ficção, os autores fazem questão de enfatizar isso, "Lado a Lado" não mostrará só romances. O telespectador verá o surgimento do samba; como foi formada a primeira favela no Rio de Janeiro, após a destruição dos cortiços; acompanhará os primeiros passos do futebol no país, praticados pelos rapazes da elite, que substituirão o críquete; e ainda como foi a situação política do Brasil após o fim da monarquia.

João Ximenes Braga e Cláudia Lage são dois estreantes no ramo da teledramaturgia, mas, pelo que se pôde observar, formarão mais uma dupla muito bem-sucedida. Ambos optaram por escrever uma novela clássica, com um texto bem escrito, mas sem nenhum tipo de ousadia. O tradicionalismo não fica apenas restrito às famílias nobres retratadas na trama e sim na própria obra dramatúrgica. É uma novela que não tem vergonha de ser novela. "Lado a Lado" estreou com a pior audiência da história do horário das seis: 18 pontos. No entanto, mesmo que não venha a ser um sucesso, a atual trama tem tudo para ser lembrada pelas grandes atuações do elenco, figurino caprichado e texto cuidadoso.

65 comentários:

Kellen Bittencourt disse...

Oii amigo, vc é rápido rsrrsr, cheguei só agora e perdi o primeiro capitulo hj, mas pela sua narrativa, a novela promete mesmo, eu adoro a Patricia Pillar pena que está como vilã, mas como Flora eu adorava, certamente vou gostar agora tbém! Valeu vamos falar muito deste assunto por aki! Abraçosss

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sérgio, também tive a melhor das impressões sobre o primeiro capítulo. Texto, direção, atuações, abertura (incluindo imagens e trilha sonora) - tudo foi perfeito. Destaques para Patrícia Pillar, Camila Pitanga, Lázaro Ramos, Marjorie Estiano, Milton Gonçalves.
Boa recriação de época, com cenas de Carnaval, capoeira, cortiços, ideias republicanas, feminismo, preconceito social e racial.
A pequena audiência do capítulo inicial pode crescer, dependendo da qualidade da trama e da divulgação boca-a-boca. Espero que faça sucesso.

Marcos Mariano disse...

Eu queria muito assistir essa novela, sou fã do Lazaro, mas meu horário de trabalho não me permite. Realmente como escreveu nesse texto, quando se trata de novelas de época a globo caprixa.

Abraços

http://rebobinandomemoria.blogspot.com

Thallys Bruno Almeida disse...

Sérgio, acho que esse foi o capítulo de estreia mais curto que já vi na minha vida. E nem deu pra acreditar quando eu vi que só tinha dado 18 pontos.

Pena, porque começou promissora. Marjorie e Patrícia dominaram o capítulo com os conflitos de Laura e Constância. Camila Pitanga tava maravilhosa, Lázaro Ramos apagou a má impressão deixada pelo personagem de IC e Milton Gonçalves foi outra boa surpresa.

O capricho no figurino e nas locações salta aos olhos, além da belíssima abertura. Que as boas impressões se confirmem e que tenhamos mais um sucesso no horário das 18h.

paulo disse...

Nossa, 18 pontos? Isso é um verdadeiro desastre. Concordo que a novela é caprichada, estou me baseando nas chamadas pois não assisti, mas é aquilo que eu já disse: as novelas atualmente não empolgam, não fazem a gente ter vontade de acompanhar, de saber o que vai acontecer no proximo capitulo ou de torcer por esse ou aquele personagem. E só queria esclarecer que não sou nem um pouco fã da Record, a única atração deles que eu assisto e gosto é o reality A Fazenda. Sou um ex-noveleiro que curtia quase tudo que ia ao ar na rede Globo dos anos 80 e metade dos 90 e que hoje não agrado de quase nada que passa na TV, seja em que canal for. Descobri esse blog recentemente e gostaria de dizer que apesar de discordar da grande maioria das opiniões de quem o escreve não posso deixar de elogiar a educação com que o mesmo responde aos comentários, parabéns Sérgio Santos!

Fabio Dias disse...

Ainda não vi o capítulo!
E sinceramente, sem muita vontade.

Essa novela de época com esses figurinos pesados, nesse calor que está em Sampa, me dá ainda mais calor hahahahha

Acho que vai ser um fracasso retumbante, o horário político aliado ao calor de São Paulo vão prejudicar ainda mais os números!

Perdão Brasil!

@FABIODIASR
www.ocabidefala.com

Anônimo disse...

Enquanto isso o programa da tarde da RECORD foi um sucesso, bem feito pra pedante da rede globo, e não venham dizer que é apelativo e tal pois mais lixo é malhação, zorra total, didi, xuxa, ana maria braga, faustão...

Felipe disse...

Não sou muito noveleiro. Gosto de novelas, mas é muito difícil que alguma me prenda, a única que vi inteirinha até hoje foi "A Vida da Gente" (que saudade... :D). Mas confesso que "Lado A Lado" me fez querer acompanhar sempre também. Gostei muito do capítulo! Tudo caprichado demais e uma história que promete crescer muito!

Thallys Bruno Almeida disse...

Tava demorando pro talifã da Record (anônimo) aparecer... Como se a Record tivesse a programação 100% perfeita. Ou vai dizer que A Fazenda não é apelativa?

Milene Lima disse...

Eu já comecei querendo bater na personagem da Patrícia Pillar quando ela tava lendo o diário da filha. Então, é sinal que o negócio vai ser bom. Vilã que é vilã tem que causar ira.

Tudo muito lindo, cenografia, trilha sonora. Me fascinou. Achei a coisa mais meiga o Milton Gonçalves.

Tô curtindo, tô curtindo.
Beijo!

Sérgio Santos disse...

Oi Kellen, olha não é sempre, não, viu? Acabei postando mais rapidamente hoje. rs Sem dúvida ainda vamos falar muito dessa novela aqui e Patrícia é maravilhosa sempre. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Pois é, Elvira, que novela linda, né? Deu gosto de assistir cada minuto dela. Que belo texto, figurino, cenários, elenco, trilha, enfim...

Infelizmente não acredito muito nessa retomada de audiência porque a trama enfrentará o horário político e em breve o horário de verão, além, claro, das datas festivas como Natal e Ano Novo... Enfrentará os mesmos desafios de A Vida da Gente... Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Marcos, esse é um dos problemas das novelas das seis: muitos acabam não podendo ver. Abraços e obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Thallys, foi muito curtinho mesmo. Culpa do jogo do Brasil X China. A qualidade da novela saltou aos olhos. As atrizes se destacaram, os figurinos, enfim... Sobre o Lázaro, esperarei um pouco para opinar, mas confesso que o achei mais do mesmo...

Vamos torcer para que a audiência melhore. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Paulo, obrigado. Não tenho motivos para ser grosseiro com um pessoa que se dispôs a vir ao meu blog e ainda opinar, mesmo que discordando. Se não houve ofensa de uma parte, não haverá da outra.

Te aconselho a ver ao menos um capítulos, pois acredito que vá gostar nem que seja um pouquinho. É uma novela promissora. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Pois é, Fábio, você disse mesmo que estava desanimado. Olha, eu gostei muito. Espero continuar gostando ao longo dos meses. rs Abraços.

Sérgio Santos disse...

"Anônimo", obrigado pelo comentário. Eu não vi o programa da Record, mas deixei gravando. Se achar necessário escreverei algo. Porém, mesmo com sucesso, ficou na vice-liderança e não ameaçou a Globo.

Sérgio Santos disse...

Thallys, já imagino o que eu sofrerei caso escreva críticas ao programa. Mas nem vi ainda.

Sérgio Santos disse...

Oi Felipe, obrigado pelo comentário. Sou suspeito para falar de A Vida da Gente porque adorei aquela novela em todos os sentidos.

A produção de Lado a Lado já tinha mostrado capricho nas chamadas e com a estreia tudo se confirmou! Parece que teremos uma boa trama pela frente. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Milene, a Patrícia estava odiável, né? Vai roubar a cena nessa trama. Milton é um grande ator e sua presença é sempre bem-vinda! A trilha sonora é primorosa assim como os figurinos e elenco. Vamos ver como se sairá nos próximos capítulos. Beijos.

✿ chica disse...

Deve ter sido bem legal mesmo.Não assisto,mas pelas chamadas parece boa! Só não gosto de roupas antigas, de época,rs.
abração,chica

EDER RIBEIRO disse...

Sérgio, gosto muito de novela de época, Lado a Lado tem um cast rico, autores que se dão ao personagem, Lázaro, Camila, Patricia, Cássio, Majorie e etc. Pena que o horário é "impróprio" para trabalhadores das metrópoles (rsssss). Fiquei interessado na abertura, nesse sábado irei assisti-la. Abçs.
Concido-lhe para dá uma lida no segundo capítulo do meu conto e deixar as suas impressões.

Fernando Oliveira Gonçalves disse...

Gostei do primeiro capítulo e espero que os próximos sejam bons e superem principalmente o horário político e depois o horário de verão. A única coisa que não gostei foi Klébber Toledo, mas como sempre tem de ter um boba da corte no reino de grandes atores e atrizes...

Vanessa disse...

Sérgio,

Pelo jeito, vou voltar com entusiasmo ao horário das seis. Também gostei bastante do primeiro capítulo de "Lado a Lado", embora a maior parte do elenco ainda não tenha aparecido. Estou especialmente curiosa para ver o núcleo do teatro e também para acompanhar o regresso de Alessandra Negrini às novelas. Mas ela deve demorar mais, já que só entra na segunda fase.

No mais, a novela parece ser um luxo, como já indicava nas chamadas. O figurino é deslumbrante, o texto é ácido e as locações chamam a atenção. Aliás, como a Globo sabe fazer novela de época, não? E o que dizer daquela abertura? Totalmente diferente de tudo, a começar pela ousadia de trazer um samba-enredo.

O capítulo inicial teve muitos destaques, mas fico com os muitos embates entre Constância (Patrícia Pillar) e Laura (Marjorie Estiano). Duas superatrizes para dois grandes papéis. Espero que os autores explorem muito essa relação conturbada entre mãe e filha.

Paty Michele disse...

Sérgio, eu perdi essa estreia! Na verdade eu achei que a novela fosse ser meio fraquinha... rsrsrs
Mas gosto de produções de época e apesar de ser na hora da minha malhação, vou dar uma olhada com carinho, pq pela sua descrição, a globo caprichou mesmo.

Um beijo.

Carlos disse...

Sendo fracasso ou não, espero que a novela tenha a mesma qualidade do 1° capítulo. Falar sobre uma época de transformações no Rio de Janeiro, mas que acabava atingindo todo o Brasil não é uma tarefa muito fácil. Só por aí já parabenizo os autores. Continuando nos trilhos terá tudo pra ser a melhor novela de 2012, superando inclusive a monótona e "circular" AB (tinha que alfinetar kkkkkk). Mas é sério: elenco bom, trilha boa, figurino impecável, texto bom e sem escandalos (outra alfinetada kkk).

Abraços.

Mery disse...

Já gostei... pelos artistas e por ser uma novela de época; adorei a abertura e por tudo q já li sobre, acho q vai arrasar.
bjinho

Clau disse...

Oi Sérgio :)
Adorei o post,contando detalhes de como será 'Lado a Lado'.
Não sou noveleira,mas produções de época aprecio bastante.
A trama central,achei ótima.
Qualquer dia desses vou espiar algum capítulo!
Bjs!

Regina Rozenbaum disse...

A-DO-RO novelas de época por tudo! Figuro,mobiliário,os costumes de então, etc etc. E sendo do Brasil mais ainda! Início do séc xx fico apaixonada com as roupas femininas... uma chiquÊsa de dar gosto! Tô assistindo desde que o dia me permita (horário).
Beijuuss Sérgio, n.a.

Van disse...

Oi Sergio

Esta me deu vontade de assistir, decidi que a veria quando desse, mas como não tenho hábito de ligar a tv, ontem só me lembrei às 20hs, pensei em ver hoje, só me lembrei agora que te li.

Me senti atraída exatamente pelos elementos que você cita, a possibilidade de ver um relato sobre acontecimentos importantes em nosso país e principalmente para ver como seriam retratados. A temática é super atraente, o problema é o agrada-povo que entra no meio de toda novela, drama em excesso, romance em excesso, os fatos interessantes vão sendo apagados ao longo da trama. Prova disso é o final do seu texto, se tem história e tema que não seja apelativo, fútil ou fantasioso demais o povo não se interessa, a audiência foi baixa. Tá explicado o porque da Globo tão competente produzir coisas tão ruins, o povo quer, o povo gosta.
Ainda vou me lembrar no horário certo e vou assistir.

Beijos

Nívea Marco disse...

Sergio, estou adorando a novela! Que abertura linda com música maravilhosa! E, tem samba de raiz na trilha sonora! Já me conquistou!
Patricia Pilar está divina!
Só não gostei do Lazaro Ramos de galã, acho que ele não segura essa. De qualquer forma, já é um alívio ter uma novela boa de novo no horário das seis.

Diego disse...

Não gosto de novela de época + assiste o 1º capítulo e fiquei impressionado! Texto, atuações, qualidade técnica! Espero que não caía no marasmo que ficou Cheias de Charme, que começou tão bem e eu desisti de assistir de tão entediante que está!

Bruno Marques disse...

A novela está sensacional!!!Texto brilhante,direção impecável,elenco afiadíssimo,com destaques pra Marjorie Estiano e principalmente para Patrícia Pillar!!!O que dizer dos figurinos?Da abertura?Simplesmente tudo perfeito!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Chica, obrigado pelo comentário. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Eder, tenho certeza que você gostará da abertura, é linda demais. A história é interessante e tem tudo para agradar. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Fernando, obrigado pelo comentário. Acho que difícil que a novela estoure no ibope com tanto fator pesando contra como o horário de verão e festas de fim de ano, mas torço para isso. A trama tem muita qualidade. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Vanessa! Pois é, Lado a Lado tinha que ter substituído A Vida da Gente para permanecer com obras de qualidade do horário.

O elenco tá muito bem escalado e também fico feliz pelo retorno da Alessandra. E ainda temos Bia Seidl e Beatriz Segall, olha que privilégio!

O capricho que a Globo trata produções de época é impressionante e estava sentindo muita falta dessas tramas! Marjorie e Patrícia já roubaram a cena e roubarão muito mais! Beijos e obrigado pelo comentário!

Sérgio Santos disse...

Oi Paty, olha, não é fraquinha não, na minha opinião, claro. Acho que você vai gostar! Tente malhar assistindo! rsrs Beijos e obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Oi Carlos, o segundo capítulo conseguiu ser melhor que o primeiro! Tomara que o terceiro seja melhor que o segundo e assim sucessivamente! Uma trama admirável, sem dúvidas! Que mais essa dupla de autores novatos emplaque boas novelas na Globo. Olha essas alfinetadas aí, hein? rsrs Abraços!

Sérgio Santos disse...

O0i Mery, não tenho como discordar de você! Beijos! ;)

Sérgio Santos disse...

Oi Clau, que bom que gostou! Tente ver ao menos um capítulo; creio que irá apreciar bastante. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Regina, produções de época ainda tem o bônus de presentear o telespectador com figurinos lindos e cenários grandiosos. Difícil não gostar! Beijos e obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Oi Van, pois é, às vezes obras de qualidade não recebem o devido valor do público, o que é uma pena. Torço para que, ao menos, a novela não seja um fracasso! Beijos e tente ver sim! :)

Sérgio Santos disse...

Oi Nivea, exatamente, vimos um festival de coisas boas na novela; abertura, elenco, trama, figurinos, enfim...

Eu também não acho que o Lázaro convença como galã cobiçado e o vejo repetitivo nos papéis; sempre com uma certa dose de exagero na interpretação, mas por enquanto não tá de todo ruim... Beijos! =)

Sérgio Santos disse...

Oi Diego, era praticamente impossível não ficar impressionado com aquele primeiro capítulo, que infelizmente foi bem curto.

Sim, Cheias de Charme se perdeu e está muito cansativa, o que é uma pena. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Bruno, obrigado pelo comentário. Assino embaixo do que você escreveu! Abraços!

paulo disse...

Lendo a grande maioria dos comentários aqui só reforça o que eu penso: as novelas atualmente não tem elementos que prendam o telespectador. Todo mundo citando o capricho do figurino, dos cenários, da luz, da abertura... mas o que realmente interessa é a trama, o que as novelas de hoje não tem ou são muito fracas. Tudo muito perfeitinho e uma estória fraca. Quer um exemplo mais claro? Estou acompanhando Que Rei Sou Eu no viva a meia noite e fico o dia inteiro me corroendo de curiosidade pra saber o que vai acontecer, cada capítulo é um show de tramas e ganchos pro seguinte. E todo o elenco era perfeito, músicas, sonoplastia, figurinos JUNTO com a trama que tornaram aquela novela um sucesso. As novelas atualmente tem uma trama central, um monte de personagens secundários e estórias avulsas e elenco irregular, as tres que estão no ar não me deixam mentir.

Carlos disse...

Paulo, o texto tbm está bom, aquele simples beijo no final foi um gancho e ao mesmo tempo foi pra mostrar a ousadia da "mocinha" já naquela época. Os elogios a parte técnica é pq realmente chamaram a atenção inicialmente, ou vc acha comum em novelas de época ter aquele ar envelhecido na telinha? Eu pelo menos não lembro de nenhuma ter usado essa técnica. Concordo com vc que hj em dia tem estórias mto ruins, mas não dá pra generalizar, naquela época tbm tinham novelas bem fracas, com atores fracos... Dava um ar de curiosidade pro dia seguinte pq não tinha essa quantidade de spoilers espalhados na mídia através da internet, de revistas de fofocas, de programas de fofocas, contatos do twitter, face, etc. Isso "estraga" a tal surpresa. Eu elogiei a novela como um todo, gostei dos 2 capítulos, mas ainda não posso falar bem, até pq a última vez que fiz isso quebrei a cara: AB (desculpa Sérgio, as alfinetadas são mais fortes do que eu kkkkk).

Abraço.

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Sérgio!
...é... foi uma pena a baixa audiência do primeiro capítulo, em comparação às outras estreias, mas, os figurinos, boas atuações da Camila Pitanga,Marjorie, produção, aspectos culturais e a própria abertura, foram aspectos muito positivos! Só resta aguardar!
Obrigado!
Boa quarta feira!
Abraços

Valquiria Novaes disse...

Eu não assisti nenhum capítulo ainda, mas já me interessei. As últimas novelas de época que passaram nesse horário me decepcionaram, veremos se essa irá para o msm caminho.
Meu blog é só de unha, não posto fotos de outras partes hehehehe
Perdão,e squeci de olhar o tutorial pra vc, mas vou procurar :D
Bjos!
http://www.amonailart.blogspot.com.br/

Bia Hain disse...

Sérgio, também não assisti ao primeiro capítulo, porém ontem dei uma espiada e adorei! Tem razão, é de um capricho e cuidados notáveis. Além disso tem um elenco de primeira, acho que tem tudo para ser uma ótima novela, se os autores souberem como conduzi-la. Um abraço!

Túlia Catalão disse...

Olá Sergio
Grata pela sua visita.
Gosto muito sobretudo as novelas brasileiras. Não das feits aqui.
Há algumas que fazem parte do meu imaginário assim como alguns actores: O Fagundes, o Tony Ramos, etc...Confesso que hoje ando mais distante porque gosto mais das novelas de época que vocês tão bem fazem
Agora vai passar de novo a "Gabriela", a 1º novela que passou cá há muito e que foi uma "loucura"
Abraço

Thairys Moreno disse...

Simplesmente adorei a estréia da novela, e agora depois de ver os 3 primeiros capítulos, tenho quase certeza que será um sucesso, um elenco maravilhoso, um texto bem escrito, uma história envolvente, e como vc disse Sérgio, mesmo que não venha á ser um sucesso, com certeza esta será lembrada pela sua atenção aos detalhes!
Beijos.

Sérgio Santos disse...

Paulo, se você não viu nada de Lado a Lado não pode falar isso porque acaba ficando sem embasamento. Concordo com o comentário do Carlos, menos sobre Avenida Brasil! rs Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Felisberto, pois é, resta aguardar e torcer para que isso melhore ou que pelo menos não fique tão ruim quanto está. Abração!

Sérgio Santos disse...

Oi Valquíria, acho que você vai gostar dessa. Novelas de época são um colírio para os olhos, usando clichê. Não tem problema, sem pressa! Beijos.

Sérgio Santos disse...

Bia, os pontos positivos são muitos, por isso também acho que se os autores não se perderem tem tudo para acompanharmos uma grande novela. Beijos e obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Oi Túlia, aí ainda não está passando Gabriela, é verdade! Estou adorando o remake. Lado a Lado creio que você irá adorar! Beijos e eu que agradeço sua visita!

Sérgio Santos disse...

Oi Thairys, estávamos tão desanimados com Amor Eterno Amor, né? Lado a Lado veio para nos animar. A novela por enquanto tá muito bacana. Beijos!

Sissym disse...

Sergio, nao tenho tempo de ver, mas normalmente as novelas das 18H que são mais interessantes, pq sao mais leves.

Bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Sissym, sim, realmente os temas não costumam ser tão pesados quanto os de uma trama das nove! Beijos.

A viajante disse...

Também gostei da abertura e tenho acompanhado os primeiros capítulos... mas com o fim da greve, só terei como assistir em dias alternados... vou passando aqui, pra me atualizar... risos... um abraço!

BUYMAZON disse...

Novela de epoca sempre e um espetaculo a parte, e nisso a Globo e competente. Vamos ver se a historia e boa para ser assistida ou para vender produtos. Valeu amigo.

Sérgio Santos disse...

Oi Ju, ih, pois é, com o fim da greve vai ficar mais difícil mesmo! Será sempre bem-vinda! rs Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi Buymazon, obrigado pelo comentário. Abraço!