sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Com bons personagens, atrativa trama e promissor elenco, "Malhação Sonhos" honra o universo adolescente

Com pouco mais de um mês no ar, a vigésima-segunda temporada de "Malhação" já pode ser considerada um grande acerto da Globo. A história apresentada pelos autores vem sendo bem desenvolvida, os personagens são bem construídos, os dramas e conflitos são verossímeis, a trilha sonora foi bem escolhida e os atores escalados, em sua grande maioria, estão dando conta do recado. Para melhorar ainda mais o quadro, a audiência vem correspondendo e as primeiras semanas já alcançaram uma média maior que a da fase passada, apelidada de 'Casa Cheia'.


Claro que ainda é muito cedo para qualquer constatação, uma vez que "Malhação Sonhos" ficará um ano no ar; porém, as qualidades estão cada vez mais evidentes. Rosane Svartman e Paulo Halm estão conseguindo atrair o telespectador com um enredo teoricamente simples, mas muito interessante justamente por causa da naturalidade dos acontecimentos que permeiam a história. Todos os personagens são explorados e têm seus dramas, evitando qualquer tipo de perfil avulso ou que prejudique o andamento do roteiro.

A ideia de mesclar música com esporte deu muito certo. A história foi enriquecida com dois ótimos panos de fundo, que além de servirem de ambiente para várias cenas, ainda são vitais para os conflitos dos perfis interpretados pelo elenco jovem e também pelo time de atores mais experiente.
A Escola de Artes Ribalta e o Centro de Artes Marciais, de uma certa forma, viraram personagens tão importantes quanto os demais, tendo funções bem específicas. Enquanto em um galpão há uma sucessão de aulas de canto e de teatro, no outro há um clima de competitividade através das lutas e dos treinamentos.

E tem sido interessante acompanhar a rivalidade entre Bianca (Bruna Hamu) e Jade (Ana Ju Dorigon), as trapalhadas de Pedro (Rafael Vitti), a timidez de Mari (Maria Luiza), o medo da exposição de Jeff (Cadu Libonatti) e a aparente segurança de Sol (Jeniffer Nascimento) no ambiente teatral; além da rixa entre Duca (Arthur Aguiar) e Cobra (Felipe Simas), a insegurança e a baixa autoestima de Karina (Isabella Santoni), a preocupação de Gael (Eriberto Leão) com seus alunos e a aparente prepotência de Bárbara (Ana Rios) no espaço esportivo.

Mas os dramas individuais também têm contribuído bastante para a atratividade da história. Os autores criaram bons conflitos. O protagonismo da doce Bianca e da marrenta Karina sustenta bem a trama e o embate entre elas está sendo bem construído. As duas se comportam como típicas irmãs, onde uma discute com a outra por causa de uma diferença absurda de personalidade, além de ambas terem se apaixonado pelo mesmo rapaz. Porém, o aparente ódio mútuo na verdade só disfarça um amor sincero que as une. A relação delas com o pai também é repleta de discussões. Ou seja, é uma trama óbvia, mas tão verossímil e bem escrita que prende atenção.

A crueldade e frieza de Lucrécia (Helena Fernandes) para com sua filha, Jade, é outro bom ponto explorado. A professora menospreza a menina, que tenta de todas as formas mostrar que é a melhor em tudo, sem sucesso. Jade sofre, mas guarda este sentimento, se mostrando superior diante dos colegas de turma, debochando e destilando comentários ferinos em cima de todos, tendo Bianca como alvo preferencial. Um tipo complexo e bem interpretado por Ana Ju Dorigon. Vale citar ainda a bonita relação que Duca tem com sua avó (Dalva - Iná de Carvalho, ótima), onde o lutador de Muay Thai precisa sempre estar de olho nas 'travessuras' da senhorinha que anda de cadeira de rodas.

A dificuldade de relacionamento entre mãe e filho ---- protagonizada por Dandara (Emanuelle Araújo) e João (Guilherme Hamasek) ----, a luta da garota que tem sonha em cantar mas precisa enfrentar a cobrança da mãe ----- vivida por Sol e Bete (Edvana Carvalho, atriz que já havia participado de "Malhação Conectados") -----, a insegurança de uma menina que tem uma linda voz ---- sofrida por Mari (Maria Luiza) ----- e a tentativa de um atrapalhado conquistar uma marrenta ----- protagonizada por Pedro e Karina ---- são outros exemplos de boas histórias.

Aliás, ao citar o guitarrista e a lutadora, é preciso elogiar a formação dos casais da temporada. Todos os pares, até agora, combinaram e estão prometendo. Sem dúvida, Pedro e Karina formam a melhor dupla: Rafael Vitti e Isabella Santoni esbanjam química, e a relação entre tapas e beijos é sempre um clichê que funciona. A sintonia entre Bruna Hamu e Arthur Aguiar também está nítida e o par Bianca e Duca, voltado mais para o romantismo, funcionou. Vale destacar ainda Cobra e Bárbara, Mari e Jeff, Gael e Dandara, Sol e Wallace (Antônio Carlos/Mussunzinho), e Marcelo (Felipe Camargo) e Delma (Patrícia França) como boas parcerias.

O texto dos autores também merece uma menção. Não é fácil driblar o Ministério da Justiça ---- que há anos limita a novelinha adolescente, a novela das seis e das sete com uma série de imposições -----, mas a equipe tem conseguido. Os diálogos dos personagens são ótimos, repletos de tiradas clássicas de adolescentes e estão longe de qualquer traço infantil, que prejudicaria muito a veracidade da trama. E o elenco tem se destacado. Vale elogiar principalmente Isabella Santoni, Rafael Vitti, Arthur Aguiar, Bruna Hamu, Emanuelle Araújo, Guilherme Piva (Edgard), Maria Luiza, Ana Ju Dorigon e Iná de Carvalho.

Após um começo promissor, "Malhação Sonhos" tem conseguido honrar todas as qualidades inicialmente apresentadas e, se seguir assim até o final, tem tudo para entrar na lista das ótimas temporadas da novelinha adolescente, onde os jovens são retratados com competência e o público é presenteado com uma boa trama. Para isso, basta que Rosane Svartman, Paulo Halm e Glória Barreto continuem inspirados.

62 comentários:

Mariana disse...

Tô amando essa temporada! Acho que até deveriam ter colocado no lugar dessa novela das sete péssima!

Anônimo disse...

O que eu mais gosto é Karina e Pedro. Mas concordo que a fase tá muito boa. Pra mim já superou a da Fatinha.

Anônimo disse...

EXCELENTE CRÍTICA! TOMARA QUE ROSANE E PAULO LEIAM!

Flávia disse...

Não vejo sempre, Sérgio, mas tenho me interessado porque gostei da história. É bem gostosinha. Nem se compara com aquela temporada passada idiota. bjk

Anônimo disse...

Também estou amando muito essa temporada,é também acho que essa Malhação já superou a ''Malhação intensa-2012''

Elaine disse...

Esta temporada surpreendeu. Não dava nada e não é que me vi viciada vendo? Acho bem melhor que aquela Boogie Ogie que vem depois.

Raylan disse...

Embora eu já não faça mais parte do público-alvo devo confessar que também estou adorando esta temporada. É o meu momento de relaxar entre o trabalho e a faculdade, rs.
O "Pedro" e a "Karina" estão muito bem mesmo, assim como a "Sol" e o "Wallace".
Como destaque negativo, vale citar o mediano Eriberto Leão, com uma atuação muito forçada.

Andressa Mattos M. disse...

Sérgio, nunca morri de amores por Malhação e perdi várias temporadas então fica até difícil comparar muito. Mas tenho feito o possível pra ver essa. Está gostosa demais e é uma traminha que te envolve mesmo e mais pelo realismo. Pode até me julgar mas depois de O Rebu (que está imperdível), tenho achado essa a melhor produção da Globo atualmente. Beijo e bom fim de semana.

Porlapazyporlavida L disse...

Meu Deus, concordo com você em todos os aspectos. Estou amando o casal formado por Duca e Bianca. Karina e Pedro não ficam atrás. Espero que continue assim. Que os casais continuem com suas particularidades. O romance de Duca e Bianca (devo confessar que é meu casal preferido); o entre tapas e beijos da Karina e do Pedro; a timidez e a doçura de Mari e Jeff; o renascimento de Dandara e Gael para um novo amor; o amor ainda não correspondido e divertido de Wallace por Sol e o relacionamento conturbado de Cobra e Bárbara

Anônimo disse...

Vendo a foto dessa Isabela Santoni no seu tweet na época de As Canalhas e agora se vê o digno amor a arte. Essa é uma atriz que ama a profissão. E começou na carreira agora. Já aquela Marina Ruy Barbosa tem mt o que aprender. O cabelo ficou mais importante que ela.

Fernanda disse...

Essa Malhação está sendo bem elogiada mesmo, Sérgio. Tenho visto pouco, mas do pouco que vejo gosto. Principalmente dos conflitos entre Karina e Bianca.

Milene Lima disse...

Eu também me sento pra assistir sabendo que vai ser bacaninha. Me divirto horrores com as maluquices da Sol e com o romance às avessas entre Karina e Pedro. Eriberto Leão, realmente, dá agonia.
Gosto bastante da expressão no olhar do Felipe Simas. Será que é melhor que os dois outros irmãos? Saberemos.

Abraços, Sérgio.

Felisberto Junior disse...

Olá, Bom dia,Sérgio
creio que tu tocou no ponto certo, é uma telenovela voltada ao público jovem, e não há enorme necessidade que Só tenha conteúdo substancial e sim que aborde assuntos , verossímeis, que façam parte da realidade, dos problemas e das dúvidas dos adolescentes, e a música e os esportes tem tudo à ver, também....talvez, seja por isso que Rosane Svartman, Paulo Halm e Glória Barreto conseguiram , ao menos de forma inicial,o seu intento...bela análise...
Obrigado pelo carinho, belo finde, abração!

Uma Interessante Vida disse...

Parece que agora voltou a ser boa... pena que não posso ver. beijinhos

A Viajante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A Viajante disse...

É bem no horário que mais gosto de chegar em casa, fazer um café e me distrair com a tv. Adorando! Muito boa a sua postagem. A mini-novela é ótima mesmo! Beijo, Sérgio!

Martha disse...

A temporada é uma delícia. História gostosinha, elenco bom e personagens interessantes com bons casais. Tenho adorado e já passei da fase da adolescência há muito tempo. Essa honra o universo adolescente mas e é pra todas as idades.

Anônimo disse...

Só um comentário: esta é a 5ª passagem de Helena Fernandes por Malhaçao, sendo que a ultima foi em 2012. Outro dia vi uma cena com ela e achei que era reprise. Não faltam bons atores, então pra que repetir tanto?

Anônimo disse...

Uma das melhores temporadas! E ahco melhor que a da Fatinha porque o início daquela foi conturbado com o problema do protagonista que não foi bem aceito sendo substituído pelo Guilherme Leicam.

MARILENE disse...

Sergio, só casualmente vejo um pedacinho, vez ou outra. Mas nem presto atenção. Se começar, vou querer acompanhar (rss). E posso fazê-lo, de certa forma, por suas análises e impressões. Bjs.

Anônimo disse...

É verdade,Isabella Santoni está fazendo um excelente trabalho,é realmente ama o que faz,é não pensou duas vezes na hora de cortar o cabelo para fazer a sua personagem!

Fabrício disse...

A temporada tá bem boa mesmo, Sérgio. Sua crítica ficou ótima e bem detalhada como sempre. Pena que a audiência será prejudicada com o Horário Político. A história não merecia principalmente agora que está reagindo no ibope.

Anônimo disse...

Rosane Svartman, Paulo e Glória são feras! Eles sabem escrever pra adolescentes e provaram isso nas duas temporadas mais recentes. A da Fatinha e essa.

Li que eles trarão Gil e Fatinha de volta nessa temporada para uma participação especial. Será ótimo!




Abraços! Fernando

Sérgio Santos disse...

Tá mt boa mesmo, Mariana.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, ainda é cedo pra dizer se superou, mas concordo que Karina e Pedro formam o melhor casal.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Nossa, Flávia, nem se compara mesmo. bjssss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, a temporada tem tudo pra superar, mas vamos aguardar. Por enquanto está excelente.

Sérgio Santos disse...

Elaine ,esta temporada está despertando a atenção pela boa trama, bons personagens e elenco bacana. É mt bacana ver.

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sérgio Santos disse...

Raylan, tb não sou do público-alvo, mas gosto das temporadas boas como é o caso dessa. Está mt bacana. E acho o Eriberto um ator fraco, mas estou gostando da atuação dele!

Sérgio Santos disse...

Olha, Andressa, eu tb, viu. Acho que depois de O Rebu insiro essa Malhação. Tá mt legal de se acompanhar. bjs

Sérgio Santos disse...

Que bom, Porlapazyporlavida L! A temporada está ótima e tb gosto mt de Duca e Bianca, assim como Karina e Pedro e tb os demais que foram bem formados.

Sérgio Santos disse...

A Isabella não pensou duas vezes mesmo, anônimo. E ela é um talento que irá cresceu mt ainda.

Sérgio Santos disse...

Os elogios são merecidos, Fernanda. Bjsssss

Sérgio Santos disse...

Tá legal, né Milene? Quando a história é boa a gente arruma um jeito de dar uma olhada. Tb tenho gostado mt. Acho o Felipe ainda mt fraco, mas vejo melhora. Considero Rodrigo o mais talentoso. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Exatamente, Felis. Obrigado pelo comentário. Boa semana. abçssss

Sérgio Santos disse...

Voltou sim, Barbie. bj

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Ju. =) bjsssss

Sérgio Santos disse...

Martha, assino embaixo do seu comentário. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, é verdade, ela já participou muitas vezes mesmo.

Sérgio Santos disse...

Isso é mesmo, anônimo, na temporada da Fatinha houve aquele problema com o protagonista. Nessa deu tudo certo, até agora. abçs.

Sérgio Santos disse...

Marilene, tenho certeza que se vc parasse iria acompanhar pq vicia mesmo. bjs

Sérgio Santos disse...

A Isabella é ótima, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Nossa, Fabrício, isso é uma pena mesmo. O Horário Político vai derrubar as audiência e Malhação será a mais prejudicada junto com Boogie Oogie.

Sérgio Santos disse...

Fernando, soube hoje disso. Caso seja verdade e se confirma, será ótimo ver essas participações e matar as saudades. Abraço!

Thallys Bruno Almeida disse...

Não tenho tido o mesmo ânimo pra Malhação mas só de essa história ter jovens de verdade e histórias mais adequadas às realidades deles já é alguma coisa. Nisso Rosane/Glória/Halm acertaram.

Do elenco jovem quem me agrada mais são Bruna, Isabella, Ana Julia (Jade), Aguiar e R. Vitti. Do adulto, Emanuelle Araújo, Eriberto (tava achando péssimo no começo mas deu uma melhorada), Guilherme Piva, Helena Fernandes e Daniele Suzuki.

Sobre a volta da Fatinha, por um lado matar a saudade de um personagem querido pode ser legal, mas por outro é totalmente desnecessário. A história é muito boa pra recorrer disso. E, imagino que, como fã da Ju Paiva, vc queira vê-la nos mais variados e diversificados papeis. Ela já tá marcada pela personagem (quase ninguém viu ADH, só a fanbase) e isso então, só vai piorar. A personagem é marcante, mas deixa lá na Malhação 2012.

Aí no caso "mas o Sílvio de Abreu também ressuscita personagem", só que aí: a Aracy Balabanian (Dona Armênia) é uma das nossas maiores atrizes e portanto tem vários personagens inesquecíveis, nesse caso pra mim não tem problema) - e no caso do Jamanta (Cacá Carvalho) as novelas tinham uma diferença de 7 anos, tempo suficiente pra se esquecer. Nesses casos eu não vejo problema porque já dava pra desvincular. Mas no caso da Juliana, a Fatinha ainda tá muito marcada e ela merece muito fazer outras coisas, não pode ficar só nisso.

Sérgio Santos disse...

A Juliana fez mt bem em aceitar o convite da Rosane porque isso é sinal de gratidão pela excelente personagem que ela ganhou. Não corre o risco de ficar marcada, não, pq ela diferenciou mt bem em Alem do Horizonte e tem talento pra outras facetas. E a participação será de um ou dois capítulos, não há nada demais nisso. É um gesto afetivo praticamente e quem gostou da personagem vai adorar revê-la, ainda mais grávida. Isso de repetir personagens não é algo inédito e não prejudica ninguém, basta ter talento. Só não dá pra repetir personagem de forma disfarçada e ainda por cima personagem ruim como foi feito com a Neusa Borges em Salve Jorge.

Tamires disse...

Sobre Pedro e Karina: Você não acha que a autora tá repetindo com eles a trama de Lia e Dinho??? acho bem parecido.

Sérgio Santos disse...

Não acho, não, Tamires. Vejo perfis bem distintos. Lia não era tão agressiva e nem tinha baixa autoestima. Dinho tb não tinha nada de atrapalhado, pelo contrário, ele era um malandro. Bjs

Rosane Svartman disse...

Suas críticas são sempre muito estimulantes, obrigada. Adoramos o diálogo! E adoramos particularmente suas sinopses diárias, pra nós, uma marca registrada. Rosane e Paulo escreveram, Glória supervisionou, Luiz dirigiu, Alvarenga coordenou o núcleo, os atores brilharam e o Zamenza comentou!

Sérgio Santos disse...

Rosane, eu que fico estimulado com você por aqui, ainda se dando ao trabalho de comentar mesmo tão ocupada. Nossa, adorei o seu resumo. hahaha Parabéns pelo trabalho de vocês, a temporada está valendo muito a pena. Beijão!

Zé Tros disse...

Esta temporada está muito boa mesmo. E como vc disse Sérgio, as diversas tramas estão bem construídas e os personagens consistentes.

Mas vou discordar um pouco, acho que o Eriberto está bem no papel de um pai que é marrento, mas ao mesmo tempo é um pai dócil que adora as filhas. E agora que está namorando a Dandara, está mais dócil ainda, rsrs.

Acho que todos os atores jovens estão se destacando na medida do possível, inclusive o Felipe Simas, para um primeiro trabalho na tv, está até bem como um vilão que é sempre mais complexo do que fazer um mocinho.

Como destaque negativo eu citaria o Nando do muito fraco Léo Jaime, com todo respeito a carreira musical dele. Já era chato na temporada de 2012 e voltou mais chato ainda, principalmente pela superficialidade dele como ator.

Acho a volta da personagem Fatinha uma faca de dois gumes. Se para a história é ótima a volta de um personagem que fez muito sucesso, por outro, acho que fica para a atriz o estigma de um personagem batido. Até pq a caracterização da Fatinha e da Lili eram semelhantes, apesar dos figurinos serem totalmente diferentes. E por incrível que pareça isso também ocorreu com o Rodrigo Simas com seus personagens Bruno e Marlon com a mesma cara.

Outro que ficou marcado pelo personagem, foi o Sérgio Hondjakoff e seu eterno personagem Cabeção.

E só mais uma coisa, ao contrário do que o pessoal tem falado aí, Boogie Oogie é uma ds melhores surpresas da Globo nos últimos meses, junto com Império e Malhação Sonhos. Tomara que a substituta de Geração Brasil tenha a mesma qualidade, porque
esta atual novela das 7 ficou só na promessa de ser uma boa novela.

Desculpa pelo longo texto. Abraço.

Kelvin disse...

Concordo com você em tudo, Sérgio! Essa temporada realmente está ótima, esbanjando uma qualidade que a temporada anterior estava longe de apresentar. O texto dos autores também está excelente como você disse, sem parecer forçado, didático e muito menos infantil como eu já vi em muitas temporadas anteriores. Quanto aos personagens, gosto de quase todos, menos da Bianca, apesar da atriz estar se saindo bem acho a personagem dela muito insossa e sem graça, prefiro a Karina, e amo mais ainda ela com o Pedro, não vejo a hora deles ficarem juntos de uma vez. Agora a personagem que eu mais adoro é a Jade, a atriz está ótima na minha opinião e a sua vilã não cansa de ser suprema. Estava até com saudades de uma vilã legal em Malhação, assim como eu estava com saudades de uma temporada boa de Malhação, a última vez que tivemos uma foi em 2012... Abraços!

Sérgio Santos disse...

Não se desculpe, Zé, escreva o quanto quiser. E eu tb estou achando o Eriberto mt bem, tanto que fiquei surpreso pq o considero um ator mt fraco. E ele tem química com Emanuelle Araújo.

Acho que o Felipe Simas muito fraco, mas está começando a ficar mais à vontade em cena.

E eu acho a volta da Fatinha excelente, já que será uma participação de um ou dois capítulos. Juliana fez bem ao aceitar o convite porque isso é sinal de gratidão.

O Leo Jaime é fraco msm e por isso que trouxeram o Nando de volta. Ele não saberia interpretar outro tipo. Mas eu gosto mt dele na Malhação.

Eu gosto mt de Boogie Oogie. Não acho espetacular, mas acho bem boa. A das sete é péssima. abçsss

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Kelvin! A temporada está boa demais e mt bem escrita. Eu amo a Bianca e não acho sem graça, não. Mas a Karina é minha personagem favorita, assim como o casal com Pedro. E Jade é uma excelente personagem mesmo e nem a considero uma mera vilã, já que está sendo mostrado o que ela passa com a mãe. Abçssss

Anônimo disse...

adorooooooo principalmente a karina e o pedro...

Joyce Carvalho disse...

Concordo com sua critica,tenho 18 anos e confesso que tentei por vezes ver a temporada passada,"casa cheia" se não me engano,e simplesmente a historia não era muito boa,por fim ate desisti de assistir.Por sorte,no dia da estreia da nova temporada estava com a TV ligada e sinceramente,não consigo perder um capitulo,os atores são otimos,ja fiquei feliz pelo fato de colocarem pra cantar quem realmente sabe,sem contar que os casais estão em perfeita sintonia.Realmente voltei a gostar de Malhação.
Obs.:Agora com meu lado adolescente falando mais alto,estou amando o casal Pedro e Karina,ou ,como shippers dizem #Perina kkkkkkk

Sérgio Santos disse...

Tb gosto mt de Karina e Pedro, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Joyce, tá mt boa, né? E a temporada passada foi péssima. Essa está mt gostosa de ser acompanhada. Obrigado pelo comentário. Um beijo.

Anônimo disse...

Oi Zamenza. Com o passar do tempo, algumas coisas mudaram. Mas a excelência de malhação continua a mesma! Fazia tempo que eu não me identificava tanto com uma temporada como estou me identificando com essa. Zamenza,sei que na época da crítica o casal Cobrade ainda não estavam juntos. Mas passando alguns meses esse casal merece um destaque. Que química arrebatadora esses dois possuem, fazia tempo que eu não gostava tanto de uma casal como estou curtindo Cobra e Jade. Acho a cumplicidade, a parceria, as ironias e em especial, a química de Cobra e Jade maravilhosa! O casal exala tensão sexual, falta sair raio nas cenas dos dois juntos. E Anajú Dorigon tem uma ótima sintonia com Felipe Simas em cena. Esse aliás, acho mais talentoso do que os dois outros irmãos quando estrou no mesmo folhetim. Lindo casal, se os autores souberem explorar, como estão fazendo, a relação Jade e Cobra, Dama e Vagabundo, mais romance proibido pela Lucrécia, eles tem tudo para marcar essa temporada. Definitivamente, Cobrade me conquistou.

Beijoos Júlia.

beatriz guimaraes ! disse...

Meu sonho e ser atriz ! Eu faria de tudo! Ate ficava careca ! ainda bem que eu tenho talento ! Essa novela ta mt boa !