terça-feira, 26 de agosto de 2014

Os 50 anos de carreira do grande Tony Ramos

Antônio de Carvalho Barbosa nasceu no dia 25 de agosto de 1948, em Arapongas, interior do Paraná. Neste dia, o Brasil ganhava aquele que viria a ser um dos maiores atores do país e que completaria 50 anos de carreira em plena forma, brilhando no remake de "O Rebu" na pele do canalha Carlos Braga, seu, coincidentemente, quinquagésimo trabalho na Rede Globo de Televisão. É claro que esta introdução é sobre o grande e respeitado Tony Ramos, que completou 66 anos nesta segunda-feira.


Tony é um profissional multifacetado e completamente dedicado ao trabalho. Apaixonado pela sua profissão, o ator costuma mergulhar fundo no universo dos seus personagens e sempre os defende com maestria. Para culminar, ainda é uma figura conhecida pela sua simpatia e humildade, que sempre lhe acompanharam ao longo da carreira. Além de um grande intérprete, ele também é um querido colega, de acordo com todo o meio artístico, que tem a opinião compartilhada, inclusive, pela imprensa, que o trata com muito carinho e respeito.

Unanimidade entre os colegas de profissão e com uma carreira sólida no teatro, no cinema e na televisão, Tony Ramos tem sido bastante homenageado em virtude desta data tão comemorativa. Afinal, foram muitos trabalhos bem-sucedidos ao longo destes 50 anos de interpretação e várias conquistas.
No final de 2013, o ator recebeu uma emocionante homenagem no 'Prêmio Extra', promovido pelo jornal carioca Extra, que lhe entregou um troféu comemorativo, entregue por Glória Pires e Mariana Ximenes, algumas das grandes amigas que fez no meio artístico.

Em julho deste ano, Tony se emocionou ao ser ovacionado por vários minutos no palco do "Domingão do Faustão", que lhe prestou outra homenagem pelos 50 anos de carreira. Foi um bonito momento e que apenas reforçou o quanto que esta figura é querida pelos brasileiros. Aliás, um bom exemplo do amor que o público sente por ele foi a situação ocorrida em "Torre de Babel", em 1998. Seu personagem, o violento Clementino, precisou ter seu perfil alterado pelo autor Silvio de Abreu, a pedido dos telespectadores que não queriam ver o ator interpretando um tipo mau, após tantos perfis íntegros. Claro que na época a confusão entre ator e papel era bem mais comum, mas, ainda assim, não deixa de ser algo peculiar e que evidencia o 'apego' do povo por este profissional.

Fã do Oscarito desde pequeno, Tony Ramos sonhava em atuar e batalhou para realizar este desejo. Estreou na televisão em 1964 na TV Tupi e ficou na emissora ---- onde participou de sua primeira novela em 1965 ("A Outra") ---- até se transferir para a Rede Globo em 1977, permanecendo lá até hoje, e na condição de grande estrela da casa. São muitos personagens marcantes e atuações memoráveis. Em 1979, protagonizou a novela "O Pai Herói" e fez par com Elizabeth Savalla; já em 1981, iniciou sua parceria com Manoel Carlos, interpretando os gêmeos João Victor e Quinzinho, em "Baila Comigo", trama que apresentou para o público a primeira Helena, vivida por Lilian Lemmertz.

Em 1982, interpretou o surdo-mudo Abel na problemática "Sol de Verão", também de Maneco, que escalou novamente o ator em "Felicidade" (1991/quando viveu o íntegro Álvaro), "Laços de Família" (2000/quando viveu o doce Miguel) e "Mulheres Apaixonadas" (2003/quando viveu o saxofonista Téo). Mas não foi só Manoel Carlos que se encantou com este ator.

Silvio de Abreu é outro autor que não abre mão de tê-lo em seus folhetins. Tanto que o escalou para "Rainha da Sucata" (1990/quando interpretou o rico Eduardo Figueiroa), "A Próxima Vítima" (1995/quando interpretou o feirante Juca), "Torre de Babel" (1998/quando interpretou o já mencionado presidiário Clementino), "As Filhas da Mãe" (2001/quando interpretou o espanhol Manolo), "Belíssima" (quando interpretou o grego Nikos Petrákis), "Passione" (2010/quando interpretou o italiano Totó Mattoli) e o remake de "Guerra dos Sexos" (2012/quando interpretou o excêntrico Otávio/Bimbinho).

E Silvio, como se nota, deu a Tony perfis muito distintos e de diferentes nacionalidades, proporcionando novas facetas para o ator, que se saiu bem todas as vezes. Ainda em cima da questão das nacionalidades, vale lembrar ainda do indiano Opash, em "Caminho das Índias", de Glória Perez. Além, claro, de diversos outros tipos marcantes, vide Riobaldo ("Grande Sertão: Veredas" - 1985), Coronel Boanerges ("Cabocla" - 2004), Percival Farquhar ("Mad Maria" - 2005), Antenor Cavalcanti ("Paraíso Tropical" - 2007) e, agora, Carlos Braga, de "O Rebu". Ele até se aventurou na apresentação do inesquecível "Você Decide" em 1993/1996.

Seus trabalhos no cinema e no teatro também são exemplares. No cinema, aliás, é inadmissível não citar o Cláudio, do sucesso "Se Eu Fosse Você 1 e 2", onde o ator teve uma parceria inigualável com Glória Pires. Em 2014, pouco antes do remake de "O Rebu", Tony novamente impressionou o público com seu talento ao dar vida ao polêmico presidente Getúlio Vargas, no longa "Getúlio" ----- exibido na "Tela Quente" desta segunda, em homenagem aos 60 anos da morte de Vargas. A caracterização e a entrega do ator engrandeceram a produção, que fez mais de 500 mil espectadores.

Já entre as peças teatrais, há "O Pagador de Promessas", "Cenas de um Casamento" e "Novas Diretrizes em Tempos de Paz" no seu rico currículo, que ainda conta com mais de 20 troféus, referente aos vários prêmios que já ganhou ----- incluindo a medalha oficial do Governo Brasileiro, que recebeu do Ministério das Relações Exteriores, em virtude dos seus trabalhos no cinema, no teatro e na televisão.

Tony Ramos, ou Antônio de Carvalho Barbosa, é um profissional admirável e seus 50 anos de carreira merecem ser muito comemorados. Não é qualquer ator consegue atingir esta respeitável marca, tendo também a admiração de todos os seus colegas, o carinho do público e o respeito da imprensa. Até porque está cada vez mais raro encontrar uma pessoa tão talentosa e que seja simples, humilde, simpática, emotiva e amada pelos que o cercam e o admiram. Mas Tony é. E Tony Ramos é único!

52 comentários:

Andressa Mattos M. disse...

Nossa, Sérgio, que homenagem bonita que vc fez! E merecida mesmo! Quanto tempo já se passou! E o talento do Tony continua o mesmo. Que gostoso ter relembrado tantos personagens e tanta coisa importante.

Adorei a coincidência dos 60 anos da morte de Vargas coincidirem com o aniversário do atro e que ainda por cima viveu o presidente no cinema e ainda está se destacando em O Rebu. Uma conjunção astral, praticamente. Adorei a postagem. Bjsss

William O. disse...

Merecida homenagem! Esse cara é um mestre da teledramaturgia e o respeito que conquistou é fruto do seu trabalho e da sua pessoa. Ele é um poço de caráter e profissionalismo. Esse sim é um ator pra ter fãs!

Ana Carolina disse...

Me emocionei no finalzinho do seu texto, Sérgio. Muito bonita essa homenagem ao melhor ator desse país pra mim. Tony é um ícone e todo o prestígio que conquistou ao longo dos anos é merecido. Sou fã número um dele.

Anônimo disse...

Tony Ramos é um cara extraordinário!

Fabrício disse...

Sérgio, o Tony é um grande ator e todas as homenagens feitas são justas. Acabei de ver o filme Getúlio na Tela Quente e fiquei impressionado pela atuação do ator. Não tinha visto no cinema. E logo antes já havia visto ele ótimo como o Braga de O Rebu. Quanta versatilidade e quanto talento em uma pessoa só! Que cara bom! Abraços!

✿ chica disse...

Linda revisita à vida desse grande ator! Adoro seus trabalhos e nem parece que são já 50 anos trabalhando! abração,chica

Anônimo disse...

Lembro dele no Domingão do Faustão esse ano. ele estava magnífico. Não acompanho a carreira dele de perto, mas lembro do Tony na novela A próxima vítima, Paraíso tropical e Felicidade. Mas, pra mim o melhor papel dele está sendo o Braga. Nunca vi ele fazer vilão.

Clau disse...

Bom dia Sérgio,
Tony Ramos é maravilhoso,
sem dúvida, uma unanimidade.
Sou fã dele.
Gostei do post em homenagem a este grande artista!
Bjs!

Bell disse...

Um grande artista que merece todo o nosso respeito.
Parabéns!!!

um ótimo dia pra vc =)

Maíny disse...

Texto muito bom, o Tony merece. Ele é extraordinário, o melhor ator do País. Fica difícil escolher um personagem preferido, mas eu amo o Totó. Sou fã demais. Bjs Sérgio.

Melina disse...

Um ator extraordinário e que está arrasando em O Rebu. Adorei essa merecida homenagem, Sérgio. Como não amar Tony Ramos? O Braga foi um presente de aniversário e tanto pra ele e como é bom vê-lo fazendo um vilão após tantos homens bons. E no filme Getúlio ele realmente teve uma atuação assombrosa. Fora a pessoa íntegra e competente que é. Uma simpatia. Amo demais. Um beijo.

MARILENE disse...

Sergio,você o homenageou lindamente. Ele merece os aplausos de todos, pelo trabalho magnífico como ator, pelo lado cidadão e familiar, pelo respeito que conquistou ao longo desses 50 anos de talentoso trabalho. Bjs.

Anônimo disse...

Tony é o cara!

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Amigo eu não conhecia muito sobre ele, o nome verdadeiro soube agora rsrrs no entanto adoro ele e acho que ele é um unanime querido ator, não há quem não goste e admire seu trabalho!Parabéns e vida longa a ele! Abraçoss

Kaká disse...

Bela e justa homenagem, Sérgio. Tony Ramos merece todas as homenagens possíveis, não só pelo seu talento, demonstrado em todos os trabalhos citados por você - além dos demais-, da sua capacidade da sua versatilidade, visto as várias nacionalidades que já interpretados, mas também pelo seu caráter e humildade. Tony realmente é uma unanimidade, um exemplo não só de ator, mas de marido, de pai e de ser humano. Sou muito fã desde a infância quando passei a admirá-lo a cada novo trabalho que fazia. Tony é um gênio, um mito, é o cara.

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Bela e merecida homenagem a esse inigualável ator. Tony Ramos é fantástico. Talento, versatilidade, simpatia e simplicidade fazem dele 'o cara' da teledramaturgia brasileira. Sou grande admiradora dele.

Parabéns pelo texto/homenagem.

Abraço.

Amanda Ventura disse...

Parabéns a Tony Ramos pelos 50 anos de sua brilhante carreira e a você pelo ótimo texto. Assino embaixo de tudo o que já foi dito aqui, tanto por você quanto pelos outros comentaristas, sobre este talentoso ator e admirável ser humano.

Tony Ramos é um desses artistas que conseguem ter uma empatia tão grande com o público que até parece que o conhecemos pessoalmente. Ele não se comporta como astro, não se deslumbrou com o sucesso, é discreto em relação a sua vida pessoal. Também é muito elogiado por seus colegas pelo profissionalismo e pela gentileza.

Enfim, Tony é tudo de bom e merece todas as homenagens recebidas. E nós merecemos que ele continue a nos presentear com muitos outros personagens inesquecíveis.

Amanda Ventura disse...


Assisti há pouco a cena em que Braga confirma ter um tumor maligno no cérebro. Mais uma cena irretocável do grandioso Tony Ramos. Fiquei emocionada com a reação do personagem diante da certeza da morte iminente e sua preocupação com o modo de dar a notícia à sua mulher, Lídia.
Braga é um canalha, mas o medo da morte lhe concedeu uma humanidade que só um ator com o talento e a sensibilidade de Tony Ramos saberia transmitir.

Anônimo disse...

Parabéns ao grande ator. Cara, eu fico pensando como a globo tem um vasto material pra explorar e não o faz. O Domingo Espetacular mostrou essa semana por onde a Turma do Balão Magico, o emblemático programa infantil da década de 80. Foi emocionante ver trechos dos clipes das musicas e os ex-integrantes Fofão, Tob, Mike, Jayrzinho e claro, Simony. A reportagem enfatizou o grande sucesso que foi o programa, os discos, e tudo mais. Mas esses acertos da Record ninguém comenta. Enquanto isso o Fantastico mostrava matérias sonolentas e/ou sensacionalistas. Essas matérias "por onde anda" que o Domingo Espetacular faz a cada semana deveriam ser copiadas pelo chaterrimo "vídeo show" não acha? A Globo poderia fazer daquele programa algo super interessante mas consegue a proeza de transformar aquilo num lixo. Mas o vídeo show dos anos 80 e até dos 90 era bom também, mas como quase tudo dentro da emissora se perdeu totalmente.

Lulu on the Sky disse...

Bela homenagem ao Tony Ramos. Gosto muito dele. Dentre os inúmeros personagens que ele fez destaco:Riobaldo na minissérie Grande Sertão Veredas, Tonico de Bebê a Bordo, Juca da Próxima Vítima.
Big beijos
Lulu on the Sky

Adriana Helena disse...

Oi Sérgio, boa tarde amigo querido!

Que bela homenagem que fizeste ao melhor ator brasileiro! Adoro o Tony Ramos, não só pelas suas interpretações como ator, mas também pelo exemplo que passa em sua vida pessoal. Sempre discreto e alheio a todos os tipos de badalações, mesmo sendo um astro de primeira grandeza, como é!
Impecável em suas atitudes, em todos os campos que participa!
Eis um ator que merece todas a homenagens pelos belos 50 anos de carreira!

Agradecida pelo texto amigo, arrasou, como sempre!
Beijos e uma grande e especial semana!

Anônimo disse...

Pra mim seus melhores papeis são o Pardal de "livre pra voar" e os gêmeos de "baila comigo". Pena que hoje as novelas não estão a altura dos verdadeiros atores.

Alexandra disse...

Bonito texto e ótima homenagem! Tony merece. Um dos maiores atores do país, um mito da atuação, aquele ator sempre versátil, repetição não é com ele. Comecei a acompanhá lo em 81 com o sucesso de Baila Comigo (em O Astro e A Viagem 75 eu era muito pequena) e não parei mais. Assisti todas as novelas em que ele participou, a maioria foi ótima. Só Felicidade mesmo que detestei. Resumindo: Tony Ramos além de ser humilde e gentil, é um dos melhores artistas brasileiros! tem algo melhor que isso? Rss bjs

Sérgio Santos disse...

Que bom que gostou, Andressa. Foi uma conjunção de coincidências mesmo. Aniversário do Tony, 50 anos de carreira, estar brilhando em O Rebu, 60 anos da morte do Vargas e a exibição de Getúlio. bjs

Sérgio Santos disse...

Verdade, William!

Sérgio Santos disse...

Fico feliz que tenha gostado do texto e se emocionado, Ana. bjsss

Sérgio Santos disse...

Fato, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Fabrício, já tinha visto Getúlio no cinema, mas o Tony está extraordinário. E vê-lo como Braga tb comprova sua versatilidade. abçs

Sérgio Santos disse...

Nem parece mesmo, Chica. bjs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, foi uma bela homenagem que ele recebeu no Domingão. Emocionante. E o Braga está sendo brilhantemente vivido por ele.

Sérgio Santos disse...

Unanimidade mesmo, Clau. Ele é o cara. bjs

Sérgio Santos disse...

Boa semana, Bell! bj

Sérgio Santos disse...

Adoro te ver por aqui, Maíny. Tony é um mestre e todas as homenagens serão poucas pra ele. bjssss

Sérgio Santos disse...

Melina, concordo plenamente com vc. Como é bom ver Tony atuar! bjs

Sérgio Santos disse...

Que bom que gostou, Marilene =) bjsss

Sérgio Santos disse...

Concordo, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Vida longa a ele, Kellen! Um mestre! bj

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Kaká! E é verdade, foram muitos tipos de diferentes nacionalidades que ele interpretou e quase todos dados por Silvio de Abreu. Ele se sai bem em qualquer papel! Ele é bom demais.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Vera. Tony faz jus ao bordão do Faustão; Ele é incrível tanto no lado profissional quanto no pessoal. bjssss

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Amanda. Tony é discreto na vida pessoal, admirado pelos colegas, pela imprensa, pelos fãs, pelo público, enfim, é um gênio. Uma pessoa rara mesmo. E quanto personagem bom ele já viveu.


Nossa, essa cena do Braga descobrindo o tumor maligno foi fabulosa. O capítulo de terça foi encerrado em grande estilo e com uma atuação magistral. Por isso que discordo quando dizem que as tramas paralelas da novela são encheção de linguiça, não são, pelo contrário ,elas são responsáveis pelo engrandecimento da obra e da complexidade dos personagens. Quem ganha é o público. Bjsssss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, esse do "Por onde anda?" sempre foi um quadro do Vídeo Show. Depois pararam ,mas o quadro começou lá.

Sérgio Santos disse...

Ele é fantástico, Lulu. bj

Sérgio Santos disse...

Adriana, obrigado pelo carinho de sempre. Concordo com o seu comentário e é fácil elogiar o Tony! bjssss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, eu acho que O Rebu está à altura dos atores, sim.

Sérgio Santos disse...

Não tem, né Alexandra? Ele é bom demais! Não por acaso é uma referência e um profissional tão respeitado. Bjsss

Filha do Rei disse...

AH, o Tony Ramos sempre vale a pena assistir a tua que ele faz.É um dos artistas que nunca precisou causar escândalos, a sua arte lhe basta, não precisa de mais nada.Aplausos a ele.

Sérgio Santos disse...

Perfeito, Cléu. bjs

Anônimo disse...

Tony é um ser maravilhoso e que belo texto o homenageando! parabéns.

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sérgio Santos disse...

Obrigado, anônimo.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Tony Ramos: como eu gosto deste ator, que se destaca pelo talento, carisma e simpatia.

Sérgio Santos disse...

Ele é tudo isso e um pouco mais, Elvira.