quarta-feira, 16 de julho de 2014

Com personagens carismáticos e bons dramas adolescentes, "Malhação Sonhos" apresenta um começo promissor

Após um período de recesso para a exibição dos jogos da Copa do Mundo, "Malhação" voltou ao ar nesta segunda-feira (14/07), com uma nova temporada chamada de "Malhação Sonhos". Dirigida por Luiz Henrique Rios, e escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm, com supervisão de texto de Glória Barreto, a vigésima-segunda temporada estava prometendo uma boa história através de atrativas chamadas. E pelo que está sendo visto até agora, a boa impressão causada pôde ser confirmada.


O primeiro capítulo já começou com um número musical, evidenciando uma das principais características da nova fase. A música estará bem presente e para isso escalaram muitos atores oriundos de musicais no teatro. Mas este não será o único meio explorado pelos autores. A luta e as artes também farão parte da trama através de um Galpão que abriga a Escola de Artes Ribalta e o Centro de Artes Marciais do Gael (Eriberto Leão). Todos os personagens permearão estes três cenários e o objetivo de cada um será distinto: tem o lutador, a atriz, a cantora, quem tem domínio em duas das modalidades citadas, enfim.

A ideia é muito bem vinda, principalmente porque na atual temporada não terá escola, principal pano de fundo de várias temporadas, inclusive na bem-sucedida fase de 2012, escrita pela mesma equipe. O meio escolar foi bem substituído e por vários elementos muito ricos para o enredo.
Além dos conflitos e dramas de cada personagem, haverá todo este mundo para explorar, proporcionando uma maior versatilidade para a trama, evitando uma inevitável repetição em uma história que ficará praticamente um ano no ar.

A estreia foi muito boa e, ao contrário da temporada passada que se equivocou ao apostar na infantilização do conteúdo, os autores mostraram que os adolescentes serão bem retratados. O que se vê é uma trama jovem, cheia de personagens verossímeis e repleto de dramas aparentemente bem interessantes. Um enredo de fácil identificação com os telespectadores, independente da idade ---- embora, claro, seja um produto voltado para os jovens.

Os protagonistas estão divididos entre os temas abordados na novelinha. Bianca (Bruna Hamu) é a típica mocinha ingênua e sonha em ser atriz, que nem sua falecida mãe. Mas seu pai (Gael) não permite que ela realize este sonho. Ela, por sua vez, é apaixonada (e correspondida) por Duca (Arthur Aguiar), mocinho íntegro que treina artes marciais na academia de Gael, que o trata como filho. Só que a irmã de Bianca, a marrenta e masculinizada Karina (Isabella Santoni), também é apaixonada pelo rapaz e gosta de lutar ---- treina inclusive na mesma academia. Uma trama amorosa clichê em "Malhação", mas que começou sendo muito bem contada.

A afinada Sol (Jeniffer Nascimento), o atrapalhado Pedro (Rafael Vitti) e a vilã-exibicionista Jade (Ana Ju Dorigon) compõem o núcleo artístico junto com a mocinha vivida por Bruna Hamu. Emanuelle Araújo, Helena Fernandes e Guilherme Piva interpretam os professores e também estão nesta trama. Já a parte voltada para as lutas é composta por (além de Gael, Karina e Duca) Wallace (Antônio Carlos/Mussunzinho) e pelo mau-caráter Cobra (Felipe Simas), que será um típico bad boy, o vilão da temporada. O elenco ainda conta com Felipe Camargo, Patrícia França, Leo Jaime (que volta na pele do Nando, interpretado por ele na fase de 2012), Danielle Suzuki, entre outros.

O elenco jovem é bastante promissor e os veteranos, em sua maioria, têm talento. Tanto que já é possível elogiar os desempenhos de Bruna Hamu e Arthur Aguiar, que estão muito bem e formam um casal com boa química. Além deles, Isabella Santoni se sobressaiu na pele de sua agressiva Karina e o casal formado com Rafael Vitti promete ótimas cenas, voltadas para a típica relação 'tapas e beijos'. Ana Ju Dorigon é outro nome que promete se destacar na pele da sua ambiciosa Jade. E Felipe Simas tem um ótimo personagem em mãos. Caso convença, poderá seguir o mesmo rumo de seus irmãos Bruno Gissoni e Rodrigo Simas.

Já no quesito história, o drama das irmãs, até agora, é o mais interessante. Bianca e Karina se amam, mas vivem brigando por causa das personalidades opostas e também por causa de um drama que a irmã marrenta carrega ---- foi no seu parto que a mãe delas veio a falecer. As atrizes, inclusive, prometem uma boa parceria cênica.

Mas como a equipe é a mesma da temporada de 2012, é inevitável não notar claras semelhanças em alguns perfis. Afinal, quem viu a fase conseguiu identificar as 'inspirações'. Wallace lembra o Pilha (Peter Brandão), Karina lembra a Lia (Alice Wegmann), Bianca lembra a Ju (Agatha Moreira), Cobra lembra o Sal (Pedro Cassiano) e Jade tem um quê de Fatinha (Juliana Paiva), só que mais voltada para a vilania. E a ótima abertura ---- ao som da talentosa Pitty cantando 'Agora só falta você', clássico de Rita Lee, regravado por ela ---- é muito parecida com a da "Malhação Intensa". Porém, as similaridades não comprometem em nada a história e podem até ajudar a aproximar mais o público, carente de uma boa trama.

"Malhação Sonhos" ---- que também investirá na interatividade, através do reality "Você em Malhação" (a cada mês um telespectador será escolhido para participar da novelinha) ---- tem tudo para devolver qualidade ao horário, após a fraca "Malhação Casa Cheia". Rosane Svartman, Paulo Halm e Glória Barreto já comprovaram que sabem escrever para adolescente e retratam com competência todo este universo jovem. A temporada de 2012 mostrou a capacidade deles e a de 2014 começou comprovando o que já tinha sido muito elogiado. Se a trama seguir apresentando todos os pontos positivos vistos nos dois primeiros capítulos, os jovens (e os mais velhos) serão presenteados com uma prazerosa e atrativa "Malhação".

40 comentários:

Ana Carolina disse...

Gostei da nova temporada. Concordo com todos os seus pontos. Parece uma trama adolescente ao contrário da temporada anterior que parecia história pra criança. Já gostei da Karina e da Bianca.

Bell disse...

Vou assistir e formar minha opinião.

Tenha um lindo dia =)

Cc disse...

UM HOMEM DE QUASE 30 ANOS ASSISTINDO MALHAÇÃO?

Anônimo disse...

Concordo. A temporada começou muito bem e a equipe tem competência. A audiência não tá mt boa mas ao menos tá melhor que da temporada passada. Já é alguma coisa.

MAX disse...

Rosane sabe escrever pra adolescente e a Kogut escreveu tb uma crítica hoje elogiando a nova temporada. Concordo com seu texto. A temporada parece promissora.

Lulu on the Sky disse...

Ainda não vi nenhum capítulo. Mas gosto do Arthur Aguiar como ator.
Big beijos
Lulu on the Sky

Anônimo disse...

A temporada tá ótima. Foram só dois capítulos mas já dá pra ver que a trama é boa.

Rosane Svartman disse...

Estou aqui com o Paulo Halm lendo a crítica e achando tudo muito pertinente. Pra gente é ótimo ler uma crítica assim e refletir sobre vários pontos. Obrigada/o pelos elogios e pelos toques. Bjs! R e P

Flávia disse...

Nossa, Sérgio, tá cheio de prestígio com os autores, hein? Vc merece!! É o melhor crítico de tv que tem e sabe ver tudo com maestria. Sou fã mesmo! bjkkkkk

Sérgio Santos disse...

Exatamente, Ana. Tb gostei delas!

Sérgio Santos disse...

Ok, Bell. bj

Sérgio Santos disse...

Anônimo, a temporada tá bem agradável e bacana de se acompanhar. Os autores parecem ter acertado.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, MAX.

Sérgio Santos disse...

Lulu, estou achando o Arthur bem. bj

Sérgio Santos disse...

Concordo, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Rosane, que honra. Fico feliz que vocês tenham gostado. E ter vc marcando presença aqui e ainda lendo as críticas é gratificante. Obrigado pelo seu carinho e saiba que é recíproco. Assim como ocorrem em 2012, vocês começaram essa nova temporada com o pé direito. Parabéns. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Flávia. bjssss =)

Felisberto Junior disse...

Olá,Sérgio
sim,o início foi bem promissor ( minha filha quem assiste aqui e me disse), mas ,sim, gostei da nova abertura,Pitty...creio que os novos elementos,músicas,lutas dará , realmente, maior agilidade à atual temporada, pelo menos mais do que essa anterior, que "tiraram "a escola e colocaram o casarão como principal pano de fundo...assim espero, que a temporada seja boa mesma...
Obrigado pelo carinho,bela semana,abraços!

Pedro Bertoldi disse...

Olá Sérgio! Quanto tempo né? Andei sumido!hehehe
Essa Malhação ta perfeita. Eu ja me identifiquei muito com a temporada de 2012 (da mesma equipe)e nesta me identifico muito mais por que faço teatro a contra gosto dos meus pais que queriam que eu fosse advogado por que rende mais. A história está bem ágil, os personagens são verossímeis, a trama das irmãs é envolvente (ao contrário da temporada passada, com a Anita e a Sophia).
O que eu gosto muito nesta Malhação ( e na de 2012 também) é que a história não se prende a esteriótipo do próprio formato. Temos vilões, triangulos amorosos, mas diferente das outras temporadas, os personagens são muito humanos, tem verdade neles. A Lia e a Fatinha, podiam ser vistas como vilãs, pois uma gostava do namorado da outra, e Fatinha se atirava para todos, mas eram tipos tão bem escritos, e tão bem defendidos pelos atores que se tornou impossível não se encartar por elas. Da mesma maneira que Karina podia ser vista como má, mas não é. Ela é humana, sincera e o drama de sua personagem mostra que os autores não pretendem fazer os adolescentes de bobos, como na temporada passada!
Malhação Sonhos está trazendo de volta o frescor dos tempos áureos do formato. A audiência pode não estar lá em cima, mas a qualidade é inquestionável! parabéns a todos os envolvidos!
P.S: Achei válido a junção entre a escola de artes e a academia de luta, pois dá um sentido ao nome que há tempos não tinha mais significado.

Abraços

Diego disse...

Parabéns pela postagem. Muito bem escrita. O autor Paulo Halm postou sua crítica no Twitter dele e te elogiou não sei se chegou a ver. E Rosane ainda comentou aqui. Parabéns!

Vivi disse...

O que eu mais gostei foi da inserção da escola de música. Todas as temporadas que tiveram música foram boas. A da Vagabanda e a da Sophie Charlotte com Mariana Rios que o digam. A Karina é uma personagem muito boa e foi a que mais gostei até agora. Muito bom seu texto e que legal ver a Rosane Svartman por aqui!

Anônimo disse...

CRÍTICA IMPECÁVEL, PARABÉNS!

Fernanda disse...

A temporada estreou de maneira positiva e despretensiosa. Vi os 2 primeiros capítulos e gostei do que vi. Parece uma história bem legal de se acompanhar.

Andressa Mattos M. disse...

Sérgio, eu vi o primeiro capítulo e gostei. O segundo não vi e nem o terceiro mas tentarei ver o de hoje. A temporada parece boa mesmo e gostei dos pontos apontados por você na crítica.

Anônimo disse...

A temporada tá ótima! Concordo com tudo.

BIA disse...

Parece que esta nova temporada vai ser boa! Não assisto mas deve ser legal e dá uma saudade imensa da adolescência, na minha opinião a melhor fase da vida! Morro de saudades desta época!
Bjs

Patricia Galis disse...

Tbm gostei, espero que essa temporada seja diferente mesmo. Pq esta tudo muito parecido né...rs

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, Felis. Abraço e boa semana.

Sérgio Santos disse...

Não sabia que vc fazia teatro, Pedro, bacana. E é verdade, a temporada está mt verossímil e os autores já haviam mostrado competência em 2012 com a fase da Fatinha, que inicialmente até poderia ser vista como uma vilã mesmo, embora ache que Lia nunca foi. A Karina não é má mesmo, só é rebelde e agressiva. Mau mesmo é o Cobra. Enfim, a fase tá ótima a a relação das irmãs nem se compara com aquela bobagem das irmãs na Malhação Casa Cheia.

Foi boa ideia mesmo colocarem esses galpões com artes, música e lutas. abraços.

Sérgio Santos disse...

Eu vi sim, Diego. Ele também veio falar comigo. Fiquei lisonjeado. abrçs

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Vivi. É verdade, a fase de 2004, da Vagabanda, e a de 2007, da Sophie/Dill/Mariana foram muito boas e essa tem tudo pra ser. Já está sendo, aliás. E Karina é uma das melhores personagens msm. Foi a que mais gostei tb. bj

Sérgio Santos disse...

Obrigado, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Parece mesmo, Fernanda.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Andressa. A temporada tá mt boa. bjs

Sérgio Santos disse...

Tá mesmo, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Eu tb morro de saudades, Bia. bjs

Sérgio Santos disse...

A trama de Malhação dificilmente muda, Patrícia, mas a forma de contar a trama faz toda a diferença. bjs

Anônimo disse...

TÁ MUITO BOA!!!!!!!!

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sérgio Santos disse...

Tá mesmo, anônimo.