sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Êxito da interação entre "Amor à Vida" e "Big Brother Brasil" resulta no show de Tatá Werneck

Misturar ficção e realidade não é uma tarefa fácil. O risco da artificialidade se faz presente do início ao fim do 'processo'. Entretanto, Walcyr Carrasco e Boninho conseguiram vencer esse desafio com louvor através de Valdirene, uma das personagens mais queridas da novela das nove. A entrada da piradinha de "Amor à Vida" no "Big Brother Brasil" foi uma jogada de mestre.


O autor aproveitou o esticamento de sua novela para concretizar o desejo da filha de Márcia (Elizabeth Savalla), manifestado logo na primeira cena de Tatá Werneck ---- um vídeo feito por Valdirene para entrar no BBB. Nas últimas semanas, a trama da personagem ficou voltada exclusivamente para a sua saga em busca da fama, do dinheiro e do sucesso.

Com a ajuda de Jefferson (Celso Bernini) e Murilo (Emílio Orciollo Neto), que também queriam entrar no "Big Brother", a namorada de Carlito (Anderson Di Rizzi) saiu de São Paulo em direção ao Rio de Janeiro e viveu uma avalanche de dificuldades: acampou na praia, tentou arrumar emprego, invadiu o Projac,
agarrou Wolf Maya e Mauro Mendonça Filho (diretores de "Amor à Vida" em uma participação especial) e conseguiu chegar até Boninho. Foi a partir desse encontro que a ficção e a realidade começaram a se misturar efetivamente.

O diretor do BBB colocou Valdirene e seus amigos em uma Casa de Vidro (presente em edições passadas, mas inexistente na décima-quarta e construída especialmente para a novela), que passaram a conviver com uma loira gostosa em busca da aprovação popular. Os atores realmente tiveram que interagir com populares, que se amontoavam no Shopping para vê-los. Após essa grande sacada, Pedro Bial fez uma participação na trama, vivendo ele mesmo, para anunciar a classificação da piradinha.

A entrada triunfal da personagem aconteceu na última quarta-feira (15/01). Quem pagou pelo Pay Per View ---- para assistir ao BBB 24 horas ---- pôde ver a sucessão de tiradas da Tatá Werneck e o seu show de improviso diante dos participantes, que foram ridicularizados e souberam entrar na brincadeira. Walcyr deu total liberdade para a atriz improvisar, exigindo apenas que ela interpretasse o tempo todo. Tatá cumpriu a exigência com louvor e conseguiu manter a personagem em quase todos os momentos.

Valdirene virou a protagonista da casa: fez intriga, tentou combinar voto, atacou a comida e escondeu salgadinhos em vários lugares, se fez de pobre coitada para conquistar o público, chorou, falou da filha (Maryjeine), criticou Félix (Mateus Solano), foi para debaixo do edredom com um participante, malhou e foi carregada para fora da casa, após perder uma prova --- criada só para a novela ---, cuja punição era a eliminação do programa. Foram momentos impagáveis, vividos magistralmente por Tatá Werneck.

E esse conjunto de situações foi muito bem aproveitado na novela. Mauro Mendonça Filho, Wolf Maya e equipe, selecionaram as melhores partes da Valdelícia no BBB e exibiram no capítulo de quinta-feira (16/01). Além de se divertir com as tiradas da periguete, o telespectador pôde ver as reações dos personagens. Vide o ciúme de Carlito, o deboche de Denizard (Fúlvio Stefanini) e a alegria de Márcia, que constatou o sucesso da filha quando foi buscá-la após a eliminação.

Essa bem conduzida interação funcionou perfeitamente e expôs a criatividade de Walcyr Carrasco, que soube unir teledramaturgia e reality show de uma forma surpreendente. Todos os envolvidos em mais essa ousadia de "Amor à Vida" foram beneficiados com a mistura de ficção com realidade: a novela (que ganhou com a ótima história), a atriz (que esbanjou talento e rapidez de raciocínio), a personagem (que apresentou uma nova virada), o BBB (que ganhou um atrativo nesse início de jogo) e o público (que se divertiu com os dois produtos).

"Big Brother Brasil" e "Amor à Vida" fizeram um ótimo casamento, com direito a bons frutos. Afinal, é raro haver uma junção tão bem-sucedida entre produtos tão distintos. Valdirene será uma das personagens inesquecíveis da trama de Walcyr Carrasco e a participação de Tatá Werneck no BBB já é a melhor da história do reality. Todos os envolvidos nesse trabalho ---- autor, atriz, diretores e equipe ---- estão de parabéns pelo excelente resultado alcançado e pelos hilários momentos proporcionados durante essa empreitada. Valeu a pena arriscar!

42 comentários:

Pedro Bertoldi disse...

Foi legal mesmo. Pena que que não mostraram pra quem não tem PPV, a chegada dela, ja o capitulo de quarta teve fim com ela indo para a casa. Perdoo, porque guardou pra novela! Abraços, Sérgio!

Barbie Californiana disse...

hahaaa... ela é ótima. Adorei a participação dela e só assisti ao BBB por causa dela. :P beijinhos

Anônimo disse...

Que ridículo, novela e bbb. Fico boba como a globo caiu tanto.

Thallys Bruno Almeida disse...

Sim, eu tive minhas desconfianças e achava desnecessário isso por estar cansado da novela (e a trama da Valdirene se incluiu nisso). Mas me deixei surpreender pelo bom resultado por um simples motivo: Tatá Werneck.

Ela foi a dona da história. Longe do texto do Walcyr, improvisando de fato, como fazia nos bons tempos de MTV. Como se ela tivesse "pegado emprestado" a Valdirene para si com o Walcyr, criador do personagem.

E graças a ela, de fato, todo mundo saiu ganhando. A Valdirene, que pelo menos por um capítulo voltou a ficar divertida; a Tatá, que pôde reviver a grande habilidade que a consagrou - o improviso; a novela, que numa reta final que considero fraca pôde apresentar um bom gancho depois da morte da Leila (essas duas cenas foram o que se salvaram essa semana) e o reality que trouxe um bom atrativo pra primeira festa e teve a eliminação mais rápida de sua história (não oficial, mas eliminação, rs). Abç!

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Eu adorei esta interação. A princípio, não acreditei que Valdirene entrasse no Big Brother e que já seria eliminada na Casa de Vidro. Foi hilária a participação da Tatá, que mostrou seu talento ímpar na arte da improvisação. Entendo que foi uma jogada genial da globo, pois acabou gerando ibope para o BBB neste início de jogo.

Perfeitas suas considerações.

Excelente final de semana.

Beijo.

Kelvin disse...

Meu deus, Sério! Quanto tempo eu não comento um post seu! Meses.
Sobre essa ideia de colocar a Valdirene no BBB, eu achei simplesmente GENIAL! Carrasco pode ter todos os defeitos, mas o fato é que ele tem sempre ótimas sacadas, e essa foi só uma delas. Lembrando que ele salvou Morde e Assopra do desastre enriquecendo o drama da Dulce e dando a ela o posto de protagonista.
Eu por exemplo, não consegui parar de rir com a Valdirene nesse dia kkkkk. "Esqueci a minha escova de dente" kkkkkkkkkk.
E na minha sincera opinião, os melhores núcleos até agora são o da Valdirene, o da menina autista, o principal, o dos velhinhos e o da Amarilys. Sim, porque mesmo que eu odeie ela assim como quase todos os que assistem a novela, para mim aquela mulher é uma das personagens mais complexas e interessantes de "Amor a Vida". Por quê? Porque o problema é que Amarilys é uma mulher extremamente chata, dependente e carente. Por isso, ela nunca achou um homem que quisesse formar uma família com ela. Daí o jeito que ela encontrou de construir uma foi esse. Acho um absurdo, mas não deixa de ser fora da realidade. Mulheres com atração por homens gays também não é incomum. É o mesmo caso de homens que sentem atração por lésbicas. Amarilys é o tipo de mulher que se sente muito bem quando um homem muda por ela, deixe de ser quem é por ela e sufoque os seus próprios desejos e impulsos (Refiro-me ao Eron) por ela.
Abraços!

Paty Michele disse...

Achei uma grande sacada dos diretores fazerem isso, só morri de pena dela na saída, doida pra ficar!!! kkkkkk

Sérgio, estou esperando a suas resenha sobre o desfecho de Amores Roubados. Só se fala nisso nas redes sociais.

bjão.

Letícia disse...

Boa tarde Sérgio, tudo bem?

Não sou fã de Big Brother Brasil, mas tenho que reconhecer que este curto "casamento" com Amor a Vida foi impagável... As cenas que foram ao ar na novela, Tatá Werneck soube mostrar todas as fases que os bbbs passam dentro da casa e sem sair em momento algum do personagem... O resultado ficou maravilhoso... Os verdadeiros bbbs também souberam interagir bem ali... Foi divertido... Ambos os programas ganharam com esta integração... E a saída de Valdirene do bbb foi antológica saiu a força e carregada, eu não consegui segurar o riso... Foi muito divertido.

todos que participaram desta passagem da Piradinha pelo BBB estão de parabéns, fizeram um excelente trabalho...

Meu caro Sérgio, um excelente final de semana... bjs..

Rita disse...

A interação foi divina, nunca vi uma atriz tão piradinha como essa Valdirene rsrsrsrsr, ela não tem nada de bonito ,mas só o jeito dela fazer bem o papel deixa ela maravilhosa....espero que ela termine bem no final
Uma atriz que vai marcar pra sempre a história e junto do BBB foi mais marcante ainda

Abraços de sempre
______________Rita!!!!

Melina disse...

Sérgio, primeiramente quero dizer que li todas as suas respostas nos textos anteriores e gostaria de te parabenizar por sua educação e paciência até com quem não merece e ainda tenta diminuí-lo. Você é um querido e ainda bem que conheci seu blog na época de Sangue Bom. Tanto que não larguei mais.

Agora sobre essa louca aí. Valdirene é uma das personagens mais carismáticas de Amor À Vida e o Walcyr teve uma ideia de gênio quando resolveu enfiá-la no BBB. E olha que o risco de dar errada era muito grande como você bem disse no texto. Mas deu tudo certinho. E Boninho tem é que agradecer ao autor porque se não fosse a Val não teríamos nada de atraente nesse início de reality. Ô gentinha chata!

Tatá deu um show de improviso e eu ri horrores com essa menina! Fiquei ainda mais apaixonada pela Valdirene! Pena que tenha durado tão pouquinho! Um beijo e bom sábado para você!

Anônimo disse...

hahahahahahaha Foi SENSACIONAL como você mesmo costuma dizer! Uma das melhores inovações já feitas!!!!!!!!!

Athyne Tedesco disse...

Essa foi uma das melhores ideias que eu já vi em telenovelas, e que tinha tudo para dar errado, se não se tratasse da talentosíssima Tatá Werneck, acho que você ficar 12 horas na personagem, sem texto deve ser muuuuuito difícil, e ela fez isso com maestria.

Concordo que todos ganharam com essa participação,o BBB saiu ganhado porque estava um marasmo até a sua entrada. A novela também ganhou bastante com essa participação, eu sempre torci para o Walcyr voltar a inserir o BBB na trama da Valdirene, já que a primeira cena dela na novela (que foi uma das melhores) ela mostrava um vídeo de inscrição para o programa.

Sobre a novela acho que desde que o Felix e o Niko começaram a se aproximar foi dado um gás á trama que estava ficando desgastada depois das revelações mais importantes, e sobre o casal acho que poucas vezes eu vi um casal gay tão querido nas novelas, e com a participação da Valdirene no BBB, novamente foi dado um gás na novela, uma ótima ideia mesmo.

Evanir disse...

UM FINAL DE SEMANA
NA PAZ E NA LUZ DE JESUS.
VAMOS LUTAR POR UM MUNDO
MELHOR NEM QUE SEJA EU E VOCÊ.
QUERO QUE SAIBA VOCÊ FOI
E É IMPORTANTE DEMAIS PARA MIM.
CARINHOSAMENTE ,EVANIR.

Karina disse...

Sérgio, eu ri MUITOOOOOOO!!!!!!!!!! Uma das melhores coisas da novela e ainda salvou o BBB do marasmo! Walcyr e Tatá estão de parabéns! Bom domingo!

MARILENE disse...

Sergio, creio que foi a competência da atriz que permitiu o sucesso, com suas falas e brincadeiras. Uma combinação realmente muito boa e com a qual nos divertimos. Bjs.

Bia Hain disse...

Essa atriz é maravilhosa, não é, Sérgio!!! Espero que a Globo consiga sempre mantê-la em papeis que destaquem seu talento.
Lembro-me do fiasco do Rodrigo Lombardi em Salve Jorge, lamentável, é um excelente ator.
Um abraço!

Filha do Rei disse...

Sérgio, a Tatá é uma "peça" :), onde entra ela faz a diferença.
Tenha uma linda semana. Bjs

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Respeito sua opinião, Sérgio, mas discordo. Tatá Werneck tem problemas de dicção e nem sempre dá para entender o que ela fala. Achei que a Globo quis aumentar a audiência, ao fazer essa interação. Continuo não vendo graça na Tatá, nem na personagem Valdirene.

Clau disse...

Oi Sérgio, boa noite!
Não assisti, mas me diverti só de ler seu post!!
Tatá Werneck interpreta maravilhosamente bem, e é impagável.
Bjs!

Anônimo disse...

Foi hilário! Ri muito e ainda sinto falta dela lá no BBB!

Sérgio Santos disse...

Pedro, no fundo eu achei justo. O PPV não é barato então quem paga merece ter alguns privilégios. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Muita gente só viu por causa dela, Barbie. bj

Sérgio Santos disse...

Tatá e Walcyr estão de parabéns, Thallys. Por mais que os que odeiam o autor neguem isso. Foi um conjunto de acertos que foi mt bem-sucedido e o resultado pôde ser visto nas duas produções. Uma ousadia merecedora de elogios e uma encheção de linguiça das mais inteligentes de todos os tempos. Abç

Sérgio Santos disse...

Vera, obrigado! Foi uma ideia muito boa, né? Eu tb cheguei a achar que ela não entraria na casa, mas depois que li a notícia achei genial. E de fato foi. O BBB e a novela ganharam. bjsssss

Sérgio Santos disse...

Kelvin, tinha tempo mesmo. Foi genial mesmo e o autor foi muito criativo. Valeu a pena acompanhar a saga da Valdirene no BBB, horando sua primeira aparição na novela gravando um vídeo para entrar no reality.

Olha, se vc parar para refletir, vc citou todos os núcleos principais da novela. Eu concordo e acrescento o César com Aline, além da família Khoury, ou seja, praticamente a novela toda. Com exceção daquele casal inútil Patrícia/Michel, além da Perséfone. Mas da Perséfone eu gosto e só detestei esse momento de bigodinho que durou umas duas semanas. Mas li o final dela e achei perfeito. Concordo sobre o núcleo Amarilys. Apesar da personagem ser intolerável, é o melhor momento da Dani Winits na carreira e o papel é mt bom. Enfim, abraços.

Sérgio Santos disse...

Paty, foi mt criativo mesmo. E eu demorei tanto a responder vocês que já postei o texto de Amores Roubados. rs Bjssss

Sérgio Santos disse...

Minha cara Letícia, foi muito divertido, né? E o BBB tá sentindo falta dela porque anteontem mostraram um outro clipe com a Valdirene na casa.Essa sacada foi sensacional! Beijão e boa semana!

Sérgio Santos disse...

Já marcou, Rita! E ela terminará bem ao lado do Carlito. =) Bjão

Sérgio Santos disse...

Melina, obrigado pelo carinho! Ter um blog dá trabalho. Vc precisa escrever mt e ainda ter jogo de cintura para lidar com alguns comentários. Mas já venho garantindo minha vaga no céu.

Foi uma interação mt bacana e o resultado foi ótimo. Poderia até dar errado mas valeu a pena correr o risco. Bjssss

Sérgio Santos disse...

É verdade, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Athyne, concordo plenamente com vc! Era um missão mt difícil e Walcyr confiou cegamente na Tatá, a deixando livre na casa, mas mantendo a personagem. E que atriz se sujeitaria a isso? É bom questionar pq mts atores odeiam BBB.

Mas tudo valeu a pena e o resultado foi um divertimento dos bons. A personagem será inesquecível para o público e para a Tatá, que virou um sucesso por causa dela.

Concordo sobre essa boa guinada na trama e tb sobre a aproximação de Niko e Félix. Foi natural e bonito. É a primeira vez que um casal gay tem uma torcida tão forte do público. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Obrigado pela mensagem, Evanir. bj

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, Karina. bj

Sérgio Santos disse...

Foi muito legal, Marilene. bjssss

Sérgio Santos disse...

Bia, é verdade. No entanto, discordo de vc sobre o Rodrigo pq sempre achei ele um ator mt fraco e canastrão. bjssssss

Sérgio Santos disse...

Exato, Cléu. bj

Sérgio Santos disse...

Elvira, eu entendo. Aliás, te conheço há muito tempo e sei que vc nunca foi fã de núcleos cômicos em novelas. Entendo perfeitamente. bj

Sérgio Santos disse...

Clau, vc perdeu ótimos momentos! rs bjsssss

Sérgio Santos disse...

Eu também sinto, anônimo.

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sérgio, gosto de núcleos cômicos em novelas, desde que sejam de bom gosto ou realmente divertidos, o que raramente acontece.

Sérgio Santos disse...

Entendo, Elvira. É que acho que nunca te vi elogiando um núcleo cômico. Mas dá pra entender pq isso é questão de gosto mesmo. Bjs