sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Sophie Charlotte e Andreia Horta brilham na cena mais emocionante de "Sangue Bom"

A novela das sete está cada vez mais perto do fim e o público que acompanhou a história já começa a sentir saudades. E as últimas semanas estão presenteando o telespectador com ótimas sequências. Mas, ainda que a trama de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari não tenha terminado, é preciso dizer que a cena mais triste, profunda, bem interpretada e tocante de "Sangue Bom" foi a da morte da Simone (Andreia Horta), exibida nessa quinta-feira (24/10).


Após muito lutar contra a leucemia, a irmã de Amora (Sophie Charlotte) não encontrou um doador de medula compatível e não conseguiu resistir. A semana marcou a piora do estado de saúde de Simone, que recebeu todo o apoio e ajuda da filha adotiva de Bárbara Ellen (Giulia Gam). Bento (Marco Pigossi) também sempre ficou do lado das irmãs, que estavam mais unidas do que nunca, depois da superação de um reencontro recheado de mágoas.

Todas as sequências que envolveram a despedida da personagem foram intensas e muito tristes. A mais tocante foi o momento em que Amora entra esperançosa no quarto da irmã e fala da grande campanha que Bento estava fazendo para encontrar um doador compatível. Simone, sorri e relembra a época em que a 'ex-it girl' cuidava dela quando a via doente e cantava enquanto deitava em seu colo. A partir de então,
Amora canta novamente ('Alfazema', de Cídia Luize) e as duas choram. A música cantada entra na cena posterior, enquanto é exibido um compilado de momentos ---- incluindo personagens na sala de espera e fazendo visitas, além do médico dizendo que não acharam um doador. Depois é mostrado o instante em que Simone abre os olhos, vê Amora dormindo ao lado dos seus filhos, dá um leve sorriso e falece. A ex-patricinha acorda, constata que perdeu a irmã, beija sua testa, a abraça e chora. Foi uma sequência tão bonita e delicada que qualquer descrição fica aquém do que foi transmitido.

O telespectador pôde ver uma cena, de pouco mais de cinco minutos, que primou por uma emoção profunda, transmitida com maestria por Sophie Charlotte e Andreia Horta. As duas fizeram uma grandiosa parceria nessa novela e é uma lástima que Simone não tenha entrado antes na trama. A entrega de Andreia foi visceral e nem pareceu que ela chegou com menos de dois meses para o fim da história. Já Sophie apenas comprovou mais uma vez o quão foi acertada a sua escalação para viver a complexa Amora, uma personagem desafiadora e enriquecedora para qualquer atriz. A dor sentida pela morte da irmã foi demonstrada através de um sofrido choro, que também significava o desabafo de anos de mágoa guardada e de atitudes equivocadas tomadas, que apenas resultaram em todos esses momentos trágicos da atual fase sua vida.

Simone entrou na novela para expor o lado frágil e inseguro da 'ex-it girl' de uma forma mais explícita e o objetivo foi plenamente alcançado. Se antes seu lado humano só era mostrado nos instantes de felicidade com Bento e em situações esporádicas (como quando ganhou um desenho de presente de uma criança), pode-se dizer que todas as suas feridas não cicatrizadas ficaram completamente expostas com a chegada da irmã, que havia a abandonado na rua anos atrás. O início da relação, como não poderia deixar de ser, foi conflituoso e amargo, mas depois, com o tempo, Amora acabou perdoando e se aproximando da mãe de André (Carlos Alexandre Saddy) e Mayara (Marcella Ramalho), reacendendo o amor que sentia por ela na infância.

Agora a ex de Bento passará a cuidar dos sobrinhos e terá novos desafios para superar. As cenas de Sophie com as crianças, por sinal, estão cada vez mais lindas. Aliás, é preciso destacar também a preciosidade da sequência em que André dá para a tia o presente que Simone tinha deixado para ela: o par de sapatos que Amora tinha visto em uma vitrine na época em que estava na rua. Mais um momento tocante que marcou o capítulo e que arrancou lágrimas, não só da ex-patricinha como do telespectador.

A morte de Simone foi o ponto de partida para a regeneração de Amora e o momento mais impactante de "Sangue Bom". Através dessa linda cena, o público pôde constatar a competência dos autores, o acerto da direção de Dennis Carvalho, o amadurecimento de Amora, o imenso talento da sempre ótima Andreia Horta e o engrandecimento de uma atriz chamada Sophie Charlotte.


Cena da morte que vale ser vista e revista: Simone não resiste e morre

85 comentários:

Thallys Bruno Almeida disse...

Bem, vamos lá, e falando friamente.

Eu me rendo à Sophie. Isso mesmo. Se eu já vinha elogiando à Sophie de fato, essa cena provou que ela pode. Sim, ainda a achei equivocada nos primeiros meses, mas passei a gostar pouco depois e sempre reconheci isso. E Andreia Horta dispensa comentários. O talento dessa mulher é uma coisa linda.

Algumas opiniões sobre Amora eu tenho mudado, sim. Como essa da regeneração. Tá claro que ela se arrepende de tudo que cometeu pra prejudicar. Mas algumas eu mantenho, como minha ausência de simpatia pela mesma.

Mas tem uma coisa que eu acho meio estranha. Essa redenção podia vir mais cedo (talvez se invertessem os personagens, o povo já não iria acreditar no Fabinho, do jeito que estão as coisas). Ela poderia ter sido mais humanizada já na época em que a Simone chegou, mesmo com todo aquele medo por ter sido abandonada. Ou então a redenção poderia vir nessa época mesmo, caso a novela demorasse um pouco mais. Pra quem sempre torceu pela Amora, essa redenção é totalmente crível. Mas para uma parte dos que não torcem, se odiaram a mesma pela novela inteira, talvez não vai ser agora, com uma semana acabando, que vão acreditar, o que é natural tbm.

Sobre o fanatismo, vc sabe que nunca fui talifã e nunca tive paciência pra isso, não vai ser agora que serei. Se em algumas menções sobre a Fernanda (da qual gosto mais aqui na novela) fui mais enfático, é porque não tenho paciência de ler as mesmas críticas negativas à mesma, do mesmo jeito que vc provavelmente não gosta de certas coisas ditas sobre a Sophie. É simples.

Enfim, essa é minha opinião definitiva. Revi a cena com cuidado e me emocionei de fato com a atuação das duas. Abç!

Thallys Bruno Almeida disse...

Correção: elogiando-a tempos atrás / passei a gostar de fato.

melissa disse...

Cena linda Sophie e Andreia passaram um vinculo muito forte. Parabéns a elas

Maria Lúcia Gromann disse...

Essa cena foi linda, aliás o capitulo inteiro, foi lindo e emocionante. Eu chorei. Por isso eu digo: Sangue Bom consegue mostrar muito drama e muito humor num mesmo capítulo.

daniela nunes disse...

Chorei horrores não conseguia parar E como a Sophie canta bem

Anônimo disse...

Ta tudo tão linda nessa regeneração da Amora, que eu me pergunto porque diabos os atores vão faze-la dar em cima do Fabinho? Que cena mais desnecessária. Ela ja ta mudando, aí me fazem uma cena dessas que vai fazer muita gente meter o pau nela e descredibilizar a redenção dela. Eu achei nem noção isso. A redenção dela a partir da Simone tava ficando bonito, que ela continuasse se redimindo pra ter um final feliz e de bem com a vida e com os outros, independentemente de terminar com um par romântico.

Karina disse...

Eu chorei muito com essa cena e o seu texto está tão lindo quanto o que foi passado na novela! As duas foram maravilhosas e Amora está levando essa reta final nas costas. Não só a reta final ela levou a novela toda. Beijo.

Lais disse...

A sequencia toda foi maravilhosa, emocionante. Sophie e Andreia arrasaram como irmãs, A relação delas foi muito natural, foi gradativa. Simone foi conquistando e desmanchando o duro coração da Amora aos poucos, não poderia ter sido melhor.

Fabiana disse...

A cena toda foi muito grandiosa, desde as belas atuações de Andreia e Sophie, a musica gravada com a voz da própria Sophie até a comovente busca pela medula, ver praticamente o elenco preocupado em salvar a vida da Simone apesar de tudo que Amora aprontou, as expressões de cada um, ver Bento passando por cima de tudo, ver Mauricio chegando com o pai, Malu observando Amora com os sobrinhos e mesmo com Bento e pra finalizar Amora recebendo o presente de Simone Capitulo maravilhoso

Anônimo disse...

Concordo em parte com o comentário de Thallys Bruno Almeida. Não me considero 'talifã', apenas, não simpatizei com a personagem desde o começo da trama. Não mudaria minha opinião, apenas porque ela poderá 'sofrer uma redenção'. Pra mim, ela sempre teve, e sempre terá um quê de vilania. E como tal, deve sofrer por seus erros. Andrea Horta deu um show!

Celina Alves disse...

Que legal que vc disponibilizou o link, eu perdi o capítulo e assisti agora, foi emocionante! as atrizes arrasaram.
BjoBjo;)
Celina Alves
Luxos e Luxos

Thallys Bruno Almeida disse...

PS: Faltou dizer no meu comentário que sim, também acho que ela deve pagar pelo que realmente errou.

Melina disse...

Sérgio, estava esperando esse texto. Tive medo que você deixasse passar mas que bom que não! Que cena esplendorosa e que atuações emocionantes. Quem não chorou tem coração de pedra porque não é possível. Amora é minha personagem favorita e me orgulho de ver Sophie defendendo tão bem esse papel.

Pergunto ao comentarista anônimo que postou acima: - O Fabinho pagou pelo o que fez? Ele roubou uma moto, tentou matar Odila, armou para Ériko perder o emprego, quebrou a estufa do Bento e tentou atear fogo na Toca do Saci. Ele não pagou por NADA, mas Amora está pagando e muito. Ainda pagará mais porque irá pra cadeia, portanto, ele que não é "talifã" pode se despreocupar. E um beijo Sérgio!

OX disse...

Não vejo essa novela mas vi a cena porque você colocou o link. Me comovi mesmo sem saber detalhes da história. Essa Sophie Challote tem talento.

Rita disse...

Serginho confesso pra vc que chorei ao ver essa cena....apesar não não gostar muito dessa novela, achei bem legal as duas juntas , e a cena foi mesmo emocionante.....otimas essas atrizes......espero um final diferente pelo que estou vendo...


Bento sem Amora.......

Massssss esperamos pra ver, quem fica com quem né

. (.") .
. /█\..└──●► *Rita!!

Lucas disse...

Boa noite, Sérgio

Muito bom esse seu post. A cena das duas ontem realmente emocionou. A Sophie realmente está mostrando que é uma jovem atriz muito promissora. Ela terá com certeza uma carreira de muito sucesso. A Andrea dispensa comentários. Desde do seriado A Cura, essa menina está arrasando em todos os seus papeis. Uma ótima dobradinha que elas fizeram em Sangue Bom. Agora mudando de assunto, essas talifãs da Fernanda Vasconcellos são realmente irritantes. Desde a A Vida da Gente é essa mesma ladainha de que a atriz que se opõe a personagem da Fernanda é horrível, que a personagem também é horrível, que se o mocinho não ficar com Ana/Malu não é coerente e blá blá blá. É sempre o mesmos argumentos. Não viram o disco. E pior que elas acabam diminuído o papel da atriz que elas gostam, resumindo apenas ao relacionamento com o mocinho. Eu não sou fã da Malu, mas é inegável que a personagem tem nuances, é complexa e é muito bem interpretada pela Fernanda. Essas pessoas ao invés de elogiar isso, prefere focar em história de casal que nem teve história. Ficam destilando ódio com tudo que se opõe a isso. É uma pena porque a Fernanda é excelente atriz e não merecia esse tipo de fãs. Olha, eu torço pelo casal Bento e Amora, mas eu não ficaria chateado se eles terminassem separados. Mas diante disso tudo, eu adoraria que eles ficassem juntos no final só para calar a boca dessa gente. Eu realmente espero que a Maria Adelaide e o Vicent Villari tenham a mesma coragem que a Lícia teve em A Vida da Gente de dar um um final coerente a trama. Se eles se renderem a esses talifãs e dar um final para satisfaze-los sem se importa com a coerência da história, eu sinceramente ficarei desapontado com eles. Desculpe escrever um post tão longo mas como você, já estou de saco cheio dessa gente. Abraços.

Milena disse...

Sophie e Andreia duas lindas, foi emocionante a entrega das duas na cena. Quanto a redenção da Amora, sou suspeita sempre torci pela personagem, já xinguei os autores pela demora rsrsrs, Sério fiquei feliz com o final que saiu a la Carminha, de certa forma Amora irá pagar pelo que fez, uma vez que seus ''crimes'' tem punições brandas perante a justiça. ela vai se redimir pelo amor aos sobrinhos, vai se tratar psicologicamente e torna-se uma pessoa do bem. Também achei desnecessário ela procurar Barbara, uma vez que esta já demonstrou que não esta nem ai para ninguém e ainda seguir os conselhos dela, mas entendo, uma vez que uma pessoa não muda completamente da noite para dia, por isso é coerente e importante Bento não voltar com ela logo após sua saída da prisão, e essa passagem de tempo mostrando uma nova Amora, madura, cercada pelo amor dos sobrinhos, reconstruindo sua vida dignamente.

Carina kumber disse...

Eu amei a cena e chorei horrores com as duas, Sophie mostrou que tem o porque ser uma das protagonistas, deixando muita gente calada, se bem que ainda tem alguns que não dão o braço a torcer, por motivos que só eles mesmo entendem, porque as justificativas chegam a ser assustadoras e Andreia comprava que tem talento de sobra e esfrega na cara de autores e diretores que merece um papel de grande destaque

Vic disse...

Serginho, sou a Vic do Twitter.Primeira vez que comento aqui mas leio sempre e você sabe.Preciso falar dessa cena profunda e triste que foi exibida na quinta e que ficará guardada na memória de todos que viram.Sophie e Andreia deram tudo e mais um pouco na cena.Que atrizes lindas e competentes!Foi de chorar e chorar muito.Nem consegui rever a cena depois porque não queria mais soluçar de tanto chorar.

Mas também quero comentar sobre o seu momento de desabafo hoje (ontem) no Twitter. AMEI ver você desmascarando aquela talifã da Fernanda para os seus seguidores.Ela ainda achava a Manu a vilã de A Vida da Gente! kkkkkkk E disse que Marjorie era canastrona! kkkkkk Que ridículo. E você tem toda razão quando diz que os argumentos são sempre os mesmos,incluindo que são maioria,que os autores TEM QUE fazer o que eles querem e dane-se a coerência da história.Só interessa a personagem da Fernanda ficar com quem eles exigem.Amei de paixão seu desabafo e saiba que a sua paciência é sim de JÓ porque eu no seu lugar mandava todo mundo tomar no C! Beijos beijos e beijos!

GustavoGM disse...

Essa cena foi linda e mostrou que a Sophie cresceu muito ao longo da novela.

Quanto a trama da redenção da personagem, tb concordo com o Thallys Bruno, demoraram muito para começar. Ficou muito em cima, poderiam ter deixado o final para o reerguimento da personagem como pessoa pública de sucesso. Pois pelo final chocho que está circulando ela termina boazinha, mas pobre. O que definitivamente não combina com a Amora Campana.

Catarina Schneider disse...

Lindas. Lindas. Lindas. Brilharam demais, roubaram a cena literalmente... S2 Sophie e Andreia fizeram uma cena simples, tocante, emocionante, verdadeira, maravihosa! Elas conseguiram passar tudo em pequenas palavras, em pequenos gestos, olhares e lágrimas. Duas excelentes atrizes, merecem os elogios que estão recebendo. Principalmente Sophie, q recebeu muitas críticas negativas no início. Eu sempre torci pela redenção da Amora, fiquei triste com a morte da Simone mas acredito que foi essencial para completar sua redenção. Tambem concordo que demorou muito a acontecer... mas enfim, desde que aconteça já fico satisfeita, a Amora merece ser feliz. Vi no twitter vc falando das fãs, kkk... só lamento muito essas pessoas, tem a cabecinha beeem pequenina. Precisam aprender a ver novela e deixar a historia prevalecer. Whatever... kkk! Só vamos desejar mais sucesso a essas duas grandes mulheres, viva Sophie e Andreia! Os autores nos presentearam com duas personagens incríveis e as duas atrizes, com talento de sobra, agarraram com tudo a historia de Amora e Simone, se entregando por completo, coisa linda de se ver! Em pouco tempo de novela juntas mostraram uma sintonia maravilhosa... apenas no olhar víamos tudo que precisava! A Simone foi fundamental para compor o restante da personalidade da Amora que não tinha sido mostrado por completo. Obrigada autores, diretores, Sophie e Andreia. Parabéns.

Lulu on the Sky disse...

Chorei vendo essa cena. Tanto Sophie quanto Andreia Horta souberam dar veracidade a cena.
Ótimo dia pra vc!
Big Beijos
Lulu on the sky

Anônimo disse...

Disse tudo! É impressionante essa sintonia da Sophie Charlotte e da Andréia Horta. Andréia entrou no meio da novela, já quase no final; Sophie já estava embalada na trama, mas as duas se entrosaram tão bem, mas tão bem, que parece que elas ja haviam trabalhado juntas antes, que ja estavam atuando desde o inicio da trama, mas não. Elas se encontraram agora no final e se encaixaram muito bem. É uma coisa fora de série, que me impressionou muito. São muito talentosas, passam muita verdade, principalmente nesses turbilhões de sentimentos que provocou esse reencontro. Além disso, elas tem um físico semelhante, tom de pele, cabelo, o que as deixou ainda mais irmãs, parece real, que são irmãs mesma. Essa parceria das duas foi algo tão acertado que me deixa embasbacada, me enche os olhos.
Sophie e Andréia já arrasaram na chegada da Simone, continuaram dando show na aproximação e resistência por parte da Amora até se entregarem uma a outra e na dedicação da Amora nos últimos dias da irmã, foi tudo tão bonito, bem feito, bem vivido pelas atrizes que e não tinha como não se emocionar com todas essas cenas finais. Palmas!

Sophie Charlotte, aliás, esta em estado de graça, teve ótimas parcerias nessa novela. Desde Marco Pigossi, que dispensa comentários (química absurda, sintonia perfeita já mostrada em Fina Estampa), com Giulia Gam, as duas fizeram uma ótima dobradinha como mãe e filha, estavam afinadas. E também com Humberto Carrão, a dupla de anti-heróis sensacional, adoro os embates deles. Mas foi com Andréia Horta mesmo que me surpreendeu justamente pelo fato já explicado de ele ter pego o bonde andando. Isso me marcou bastante.

Que venham muitas outras parcerias bem sucedidas na telinha como essa. Que essas duas atrizes maravilhosas continuem a nos brindar com grandes atuações. O telespectador pode e deve odiar a Amora, mas também tem que saber separar as coisas e reconhecer o trabalho magistral da Sophie Charlotte.

Ah! E uma ultima dúvida. Foi a Sophie Charlotte quem cantou aquela musica Alfazema na cena da novela? Pois não era a voz da cantora oficial.


Maíra

Patricia Dutra disse...

A cena foi linda, mas a música acrescentou muita emoção, que música linda, suave, e ficou muito legal com a "Amora" começar cantando e prosseguir com a gravação original.
Obrigada por me revelar qual é o nome e a intérprete dessa música.

Anônimo disse...

Independente de talifã ou não, não da pra negar que a Amora mexe com o telespectador como nenhum outro personagem faz!! Foi incrivel como os autores fizeram ela ter tantas caracterisitcas, mostrar tantas nuances que até do inicio ao final da novela não da para parar de se surpreender!

Mas nada disso poderia ser feito se o personagem parasse na mão de uma atriz inexpressiva e aqui todo o credito do mundo para Sophie Charlotte que não cansou de dar show durante a novela. Da maior futilidade até a grande compaixão da morte da irmã a atriz soube convencer com competência de atriz consagrada!! Ela esta entregue a personagem e grande parte do encanto da se deve a competência em interpretar da Sophie!!

Sobre a Andreia, impressionante como nos apegamos a ela que não passou dois meses na novela! Foi um papel de responsabilidade e a atriz mostrou bastante talento. Também parecia envolvida com a historia a bastante tempo!

Duas lindas!! Sangue Bom deveria durar mais um ano!

Camila Marques disse...

Foi a cena mais tocante da novela mesmo. Interpretações maravilhosas e duas atrizes incríveis e dedicadas. Hoje a Sophie deu uma entrevista para a Angélica no Estrelas e que menina encantadora e doce. Ela canta mesmo e disse isso no programa.A voz suave dela cantando Alfazema na cena é natural. Adorei o seu texto e o seu blog. Virei sempre agora.

E em relação aos talifãs eu também concordo com você.É triste ver gente que não tenha capacidade de raciocínio e que acha novela um brinquedinho que pode mandar e desmandar a seu bel prazer. Uma pena que a Fernanda tenha tanto fã idiota. Ela é uma boa atriz e merecia admiradores mais maduros. Um beijo.

MARILENE disse...

As últimas cenas foram, de fato, muito boas. Despertaram emoções. A entrada na novela da irmã de Amora deu nova vida à trama, com seu jeito sensível e bom. Bjs.

Augusto disse...

Linda cena e interpretações grandiosas. Eu não chorei porque segurei firme mas senti vontade.

E Amora nem conseguiu dar o golpe no Fabinho. Se atrapalhou toda, ficou constrangida e acabou aproveitando a chance pra pegar o celular dele e investigar o sabotador. Bárbara dessa vez não conseguiu.

Mas eu concordo que a regeneração demorou demais. Não por causa de forçação de barra como os fãs da Fernanda Vasconcellos falam e sim porque seria produtivo a novela exibir com mais tempo o renascimento da Amora.

Fabio. disse...

Bolão pra ver quem é o sabotador? Estou apostando no Plínio. Já falei dele desde o início das minhas postagens aqui.

Quanto à morte da Simone, é disparada a cena mais bonita da novela inteira. Sophie acabou com o estoque de lágrimas da semana. Todo o processo, a campanha,a esperança da Amora, o clipe todo, a música. O Bento foi o último a se despedir da Simone viva, depois as flores, depois a Amora se despedindo da irmã.
Aí eles fizeram uma redundância: o Bento falando que se um ciclo se fechou é porque algo mudou dentro de você, daí, eles falam sobre compaixão.
Reparem, na abertura da novela, que todo ciclo da vida da Amora, se inicia e se fecha com uma explosão de flores. O final é meio óbvio,né?

A Viajante disse...

Das associações.... eu chorei muito! Fiquei me imaginando ali, perdendo um dos meus irmãos para uma doença tão cruel. Muito legal quando uma cena de uma novela consegue emocionar. Gostei muito da sua postagem. Beijo!!

Anônimo disse...

Geovana Knich Marcon

Só tô assinando embaixo, rs.

Rafael Barbosa disse...

Em anos de noveleiro, posso dizer que foi uma das cenas mais lindas que já vi. A delicadeza da cena, toda a sequencia com a montagem de imagens muito bem feita, a trilha linda, quase todos os personagens envolvidos e a as interpretações magistrais de Sophie Charlotte e Andréia Horta, as duas foram bárbaras nessa cena. olha que nem vi na hora, tive que ver na net depois o que não é a mesma coisa, mas ainda assim foi possível se emocionar. Estou adorando a regeneração da Amora e a forma com que ela vem sendo conduzida, minha relação com ela sempre foi bem conflitada o que eu acho natural por ser um personagem tão controverso que sem dúvida despertou o amor e ódio de muita gente ao mesmo tempo. Mas independente de amá-la ou odiá-la, não se pode negar que amora foi o grande personagem de Sangue Bom, sem ela não teria novela, e é sem dúvida a mais bem construída, ela conseguiu ser a mocinha e vilã, ou as duas coisas ao mesmo tempo o que acho mais apropriado. E Sophie Charlotte mais que deu conta dessa personagem, ela arrasou absoluta.
Já sofro de antemão com o fim da novela.

abçs

Bia Hain disse...

O que gostei, além do talento das atrizes na cena, foi essa mudança de rumo surpreendente na reta final da novela, e a maneira como aconteceu. Um abraço!

Fernanda P. disse...

Olá Sérgio!

Que bom que você fez um post sobre essa sequencia! A Andreia Horta fez uma participação curtíssima, porém marcante, teve uma ótima química com a Sophie Charlotte e o encerramento dessa parceria não poderia ter sido melhor.Sangue Bom não cansa de mostrar cenas lindas, me emocionei vendo a cena, ao som da Sophie Charlotte cantando Alfazema (aliás, uma das coisas legais dessa novela foi ter algumas atrizes do elenco cantando durante a passagem de cenas). Só de imaginar perder uma irmã vitima de leucemia pouco tempo depois de reencontrá-la e fazer as pazes com ela dá um nó na garganta. Não se emocionar, nem que seja um pouquinho, só mesmo aquelas pessoas que você sabe quem são, pra essas nenhum sofrimento seria o bastante para a Amora. Já comentei algo mais ou menos igual em outro post, mas volto a citar: comentários em alguns sites reclamando que a não punição criminal da Amora, não é um ato exemplar porque: "ensina a população que o crime compensa" "valoriza a impunidade" etc... mas nenhuma dessas pessoas que cobram uma ação educativa dos autores considera errado que a Maria Adelaide Amaral e o Vincent "esqueceram" completamente a ficha criminal do Fabinho ;). Se os autores "têm que ensinar" como deveria ser a justiça deste país, por que a não punição criminal da Amora é "politicamente incorreta" mas a não punição criminal do Fabinho não é politicamente incorreta? Esse papo de "os autores têm que dar bom exemplo" é desculpa, já que é unilateral.

Não posso deixar de citar as cenas de Bento e Wilson de sexta e sábado, que linda aproximação entre pai e filho! Marco Pigossi e Marco Ricca ótimos, como sempre!

Já está me dando um aperto no coração a aproximação do final da novela, me apeguei tanto a Sangue Bom!!!

Sérgio Santos disse...

Bem, Thallys, a sua ausência de simpatia pela Amora não tem o menor problema. Como eu já disse inúmeras vezes, odiar a personagem é perfeitamente compreensível e vai do gosto de cada um. O que é doentio e sem fundamento são as argumentações para o ódio. As pessoas sentem vergonha de dizer que simplesmente não gostam por questão de empatia ou porque não gostam da Sophie, então ficam criando justificativas que são totalmente aniquiladas quando se fala do Fabinho.

E pode ter certeza que se a regeneração viesse antes, os mesmos que o odeiam não iam dar o braço a torcer. Li justificativas dos haters dizendo que foi 'apelação', ou seja manteriam a opinião a o que eles chama de apelação viesse antes.

A Sophie está espetacular e eu sempre aprovei a escalação dela. Sobre os talifãs, vc sabe o que eu penso e o que eu já aturei por causa deles. Abçs.

Sérgio Santos disse...

Verdade, Melissa. Bjs

Sérgio Santos disse...

Maria, eu tb me emocionei, até pq perdi uma pessoa próxima e deu pra ver a veracidade dos sentimentos passados. Bjs

Sérgio Santos disse...

Daniela, a Sophie canta mt bem mesmo. bj

Sérgio Santos disse...

Anônimo, coo vc escreveu esse comentário antes da cena ter ido ao ar, creio que vc mudou de opinião. Ela chegou pra dar em cima, mas ficou constrangida e desistiu no meio. E não foi pq ele não deu corda, afinal, quem quer dar golpe sabe como insistir e ela nunca foi de recuar. Achei interessante mostrarem mais uma vez o quanto que a Bárbara foi destrutiva para Amora. Abç!

Sérgio Santos disse...

Puxa, mt obrigado, Karina. E realmente a Amora levou a novela nas costas, tudo girou em torno dela. Bjs

Sérgio Santos disse...

Concordo com vc, Laís. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Foi tudo grandioso mesmo, Fabiana. Todos esses momentos citados por vc foram mt bonitos. Bjs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, sem problema odiar a personagem, mas achá-la com um quê de vilania sim. Uma pergunta: vc quer que o Fabinho pague por tudo tb ou com ele é diferente? Pq até agora ele não pagou por nada. abç

Sérgio Santos disse...

Celina, fiz questão de colocar o link porque uma cena dessas merece. Bjs

Sérgio Santos disse...

Melina, jamais deixaria passar. Se deixasse não me perdoaria. E não havia lido esse seu comentário, caso contrário não teria repetido a mesma pergunta que vc fez para o anônimo. E realmente é curioso ver esse dois pesos e duas medidas: punição exemplar pra uma mas perdão pro outro. Bjsss

Sérgio Santos disse...

OX, foi uma ótima novela. E Sophie deu um show. abçs

Sérgio Santos disse...

Rita, foi uma cena linda. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Lucas, não se desculpe, escreva o quanto quiser. O espaço é pra isso. E eu entendo sua irritação porque a minha paciência se esgotou e já faz um tempo. Até tentei dialogar com alguns talifãs disfarçados que com o tempo foram tirando a máscara. E Fernanda não merece esse tipo de fã mesmo, aliás, nenhum profissional de talento merece.

A novela tem seguido uma lógica clara desde o primeiro capítulo e essa reta final só tem sublinhado isso. Se os autores quiserem dar um tiro no pé no último capítulo será problema deles, mas eu duvido, caso contrário não teriam deixado pistas tão claras. Mas, óbvio, claras pra quem está vendo a novela e não pra quem está vendo uma única personagem. Amora e Bento têm uma ligação forte e se amam, o final lógico seria um novo começo pra eles, com um envolvimento nas entrelinhas ou explícito. Malu e Maurício e Giane e Fabinho juntos. Ponto. E isso não é torcida, é observação. Só isso.

Sobre a Andreia, concordo com vc, mas ela já tinha participado de novelas na Record e em uma série da HBO. eu não cheguei a ver, mas deve ter brilhado tb. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Exato, Milena. Essa balançada que ela deu com o 'conselho' da Bárbara deixou tudo mais verossímil e acabou quebrando aquele discurso de quem odeia a personagem alegando que ela sofreu uma """lavagem cerebral""" e tentando menosprezar a redenção dela. Bjs

Sérgio Santos disse...

Carina, compactuo da sua opinião. Bjs

Sérgio Santos disse...

Vic, que milagre te ver por aqui. Quem é viva sempre aparece. A cena foi maravilhosa mesmo e as atrizes se entregaram por completo. A melhor cena da novela.

Olha, eu não aguentei. Quando aquela menina me chamou de recalcado eu fiz questão de ir no perfil dela e dar uma pesquisada. Foi fácil achar o tweet dela de 2012 dizendo que a Marjorie era canastrona e que o final de A Vida da Gente foi ridículo e mimimi. E infelizmente todas as fãs doentias de Malu com Bento fazem parte daquela turminha que encheu a paciência naquela época. Tudo se encaixou. Bjs

Milene Lima disse...

A cena foi mesmo comovente, eu chorei sim, estava num dia de extrema sensibilidade e aquilo me tocou fundo.

Sobre a redenção da Amora, isso apaga os crimes?

Também não entendi isso dela dar em cima do Fabinho, visto que começava a compreender a vida de uma maneira mais realista e menos frívola.

Enfim, vamos ver o que acontece, né?

Beijo.

Sérgio Santos disse...

Gustavo, eu também acho que a redenção poderia vir antes mas para mostrar o volta por cima dela e não por causa de 'veracidade', pq tudo ficou mt verossímil. Mas sobre voltar a ser famosa e querida, há controvérsias. Sabemos que quando algum artista se queima na mídia dificilmente consegue voltar a ser o que era antes. Pelo contrário, mtas vezes nunca volta. Abçs.

Sérgio Santos disse...

Catarina, nem tenho muito o que acrescentar. Assino embaixo de tudo. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Também, Lulu. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Maíra, excelente comentário. Concordo com tudo. E realmente Andreia e Sophie têm até algumas semelhanças físicas; Não sei se os autores escalaram Andreia pensando nisso ou se foi uma feliz coincidência. A parceria dela foi incrível.

E é verdade, Sophie fez uma ótima dobradinha com Giulia Gam, com o Humberto Carrão, com o Marco Pigossi e com a própria Andreia. Foram parcerias de sucesso.

Sim, aquela era a voz da Sophie mesmo, mas depois inseriram a voz original, assim que a cena acabou e entrou a paisagem com as flores. Aliás, a Sophie quem cantou "I love 'n' rock roll" na cena da despedida de solteira da Amora. Ela tem uma voz linda. Bjs

Sérgio Santos disse...

De nada, Patrícia. ;) bjs

Sérgio Santos disse...

Perfeito, anônimo, concordo plenamente. Amora foi uma personagem fascinante, levou a trama nas costas e ainda despertou inúmeros sentimentos. Eu sempre amei a personagem mas vibrei quando Giane deu uma surra nela no meio da novela e me diverti com o sarcasmo do Fabinho pra cima dela justamente pq sei que ela merecia. Enfim, uma gama de sentimentos e Sophie foi magistral. Abçs.

Sérgio Santos disse...

Oi Camila, concordo com vc e seja bem-vinda. Que bom que gostou do blog. Eu soube que a Sophie deu uma entrevista no Estrelas mas ainda não vi. Com certeza verei. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Isso, Marilene! Obrigado pelo comentário. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Augusto, o melhor dessa cena foi que Sophie conseguiu passar o constrangimento da Amora com esse quase golpe. E desistiu no meio.

Olha também acho que a regeneração poderia ter vindo um pouco antes pelo mesmo motivo que vc, porém, vamos parar pra pensar: ela sempre moveu a trama, sem isso a novela poderia ficar bem monótona. Abçs.

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Ju. Foi linda mesmo. Bjsssss

Sérgio Santos disse...

Exato, Rafael, foi uma personagem fascinante e repleta de nuances, muito bem explorados pela Sophie, que deu um show. A cena foi uma das mais lindas já feitas mesmo e também estou triste pelo fim da novela. Fará falta. Abçssss

Sérgio Santos disse...

Foi tudo mt bem feito, Bia. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Oi Fábio. Olha, eu aposto na Pau de Jacu pela história bem amarrada que eu soube envolvendo a Socorro. Se quiser que eu conte depois diga.

Sobre a abertura, sabe que eu nunca prestei atenção nisso? Vou olhar amanhã pra ver. O que eu já havia notado é que os nomes Marco e Sophie / Fernanda e Jayme / Isabelle e Humberto vem em pares, o que já deixa tudo implícito. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Exato, Fernanda. Foi uma cena repleta de emoção e sentimentos, mas essas pessoas que nós sabemos quem não se emocionaram e ainda consideraram apelação barata. Paciência, quem perde são eles...

Sim, essa desculpa que Amora tem que 'pagar por tudo' é esfarrapada porque todos fizeram questão de esquecer o que Fabinho fez.

Aliás, já me disseram que ele pelo menos não é dissimulado. Mas como assim? Ele fingiu ser um anjo para o Plínio, procurou Irene fingindo preocupação mas era só pra ajudar no seu golpe, fingiu que era apaixonado pela Mel, bajulava o Natan e tratava bem os outros funcionários na frente dele pra depois humilhar todo mundo, dissimulou descaradamente pra polícia, deixando sua mãe ser acusada por ele. Como assim não foi dissimulado? E ainda que não tivesse sido, então tudo bem? Ser um desgraçado sincero atenua os crimes? Não cola isso.

E Amora pagou caro pelo que fez: perdeu seu programa na televisão, seu prestígio, sua boa condição financeira e ainda será presa. Fabinho perdeu o quê?

E é bom ressaltar que não me incomodo com o fato dele não ser 'punido exemplarmente' justamente porque ele mostrou um sincero arrependimento. Mas ao meno um serviço comunitário ele merecia. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Milene, acho que aquela cena tocou quase todo mundo. Foi de uma sensibilidade ímpar.

Claro que redenção não apaga crimes, mas ela já está pagando e mt caro por tudo o que fez. Só que é aquilo que eu falei acima, a redenção do Fabinho apagou o que ele fez? Então pq essa diferenciação?

Essa última tentativa de golpe serviu para mostrar o quanto que Bárbara foi destrutiva para Amora. E ela acabou desistindo no meio, o que deixou a redenção mais crível ainda. Beijão!

Fernanda P. disse...

Olá Sérgio,

Sobre a música, não foi usada gravação da Cídia, no decorrer da cena
http://www.youtube.com/watch?v=AMFr5rQCDGg

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sérgio, também gostei dessas cenas. Fiquei emocionada com as lições que Simone deixou para a irmã, para as duas cantando juntas Alfazema, para a mobilização dos personagens para doar a medula óssea, para a agonia da moça e as cenas subentendidas da sua morte. Andréia Horta e Sophie Charlotte souberam valorizar o bom texto e foram bem dirigidas.

Anônimo disse...

Curioso! A Andreía Horta e o Tato Gabus Mendes que realmente foram uma participação e seus personagens morreram tiveram seus nomes creditados na abertura. Helena Fernandes que entrou faltando 2 semanas para o fim, também teve. Ja Tarcisio Filho que entrou primeiro que os outros 3 e teve um personagem de destaque que cresceu não teve o nome creditado na abertura. Injusto isso.

Daniela disse...

Oi sérgio eu sou aquele anônimo q é fã da Débora Falabella e da Mariana Ximemes e q não gosta nem um pouco da atuação da nathalia dill em joia rara (essa foi a única definição q eu achei p vc me reconheçer rsrs)olha eu ñ era exatamente uma hater da sophie charlotte mais no começo da novela ela me incomodava um pouco e dava pra perceber quando ela tava interpretando mal em alguma cena...mas depois começei a gosta dela quando ela virou vilã e ficava uma fera..e posso fala cai de amores pela sophie nessa cena da morte me conquistou de uma forma tanto ela como a andreia..chorei q nem uma loka e uma pena a cena foi rapidinho demais achei q ia haver uma conversa com ela antes da morte tipo:'Não ,não morre ..ñ me deixe sozinha ..e bla,bla rsrs típico de novela mas ñ quando eu vi a cena ja tinha acabado e fiquei mais triste ainda,nunca tinha chorando tanto desse jeito desde o último capitulo de avenida brasil ao vivo quando a carminha e a nina se abraçam..alias Sérgio ñ sei s vc concorda mais Amora ta me saindo uma bela carminha nessa reta final se ñ acha?principalmente no q diz a respeito a redenção,a diferença q a amora e a sophie tem mais haters na net q a carminha e a adriana INFELIZMENTE(se vc vê o q os haters da sophie falam sobre ela no site da Patricia Kogut na pag dos leitores é horrível..tomara q as atrizes ñ leiam aquilo pq tem mtos elogios mas tbm mtas críticas se a atriz ñ tiver preparada p/ aquilo e madura o suficiente entra em depressão)se viu a tosca da Fabíola Reipert falando mau da sophie no começo da novela?!a cobríola deve q quando viu essa cena engoliu o recalque e deve q até ela acabo chorando,mordeu a língua a gordinha rsrs...no mais gostei da crítica.. abraços.

Maíny disse...

Não sou fã da novela, mas essa cena foi LINDA e comovente. Sophie e Andrea não precisaram de muito diálogo pra emocionarem, aliás, a Sophie merece prêmios por sua Amora, pois ela deu um show, melhor personagem de sua carreira.

Sérgio Santos disse...

Ih, Fernanda, fui facilmente enganado. rsrs Bjão!!

Sérgio Santos disse...

Concordo, Elvira. Aliás, é difícil alguém não ter se emocionado com aquela cena. Foi profunda demais. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, isso é injusto mesmo. Aliás, o Tarcísio não foi valorizado na novela. Pena. Abçs.

Sérgio Santos disse...

Oi Daniela. Adorei a definição porque pude te identificar na hora. rsrs Eu sempre gostei muito da Sophie, porém, não chegava a ser fã dela. E em Ti ti ti eu não gostei da interpretação dela como Stéfany, pq a achei exagerada e caricata. Porém, como Amora ela me conquistou de um jeito que eu virei fã. O que ela fez e vem fazendo é de espantar e eu sempre aplaudo as cenas dela, que exigem muito e são sempre fortes. Amora é a melhor personagem da carreira dela e será difícil outra superá-la tão cedo. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Oi Maíny. É verdade, essa novela não te conquistou. Eu adorei. Mas a cena foi linda mesmo e de uma emoção aguda. Concordo com vc, a Sophie fez por merecer prêmios por essa sua atuação e torço por ela. Merece. Bjão!

Anônimo disse...

A cena da morte da Simone foi tão linda ... que me deixou arrasado ... acordei o dia seguinte... como se alguem muito próximo tivesse morrido de verdade ... essanovela Sangue Bom é a que me marcou mais a vida inteira ... e estou aliviado que esteja terminando ... porque não aguento mais como estou viciado nela ... e eu odiava Sophie Charlotte ... mas ela está arrasando ... admiro ela agora .... grande atriz ...

Pietra Corleone disse...

Uma cena linda! A canção, as atrizes totalmente doadas a cena e ao texto, a delicadeza de tudo, a mobilização dos personagens, o olhar da Malu para os cuidados da Amora com os sobrinhos e para o apoio do Bento a ela. Essa cena é disparada a mais emocionante da novela. A Simone se tornou o contraponto mais doce da Amora, com um amor capaz de fazer as defesas dela ruírem. Daí, você pensa que mistérios que não existem por trás dessas novelas, que são capazes de nos emocionar com personagens fictícios, mas que nos parecem tão reais. Toda a relação, para mim, da Simone com a Amora foi uma das coisas mais sensíveis, fortes, difíceis e bonitas da novela. Andreia Horta foi um presente sob encomenda, daqueles que chegam "atrasados", e quando você abre, a surpresa e a expectativa deixam de ser segredos e viram a tradução mais perfeita do talento espontâneo. E isso, se fortalece ainda mais quando você vê na tela, o quanto ela soube extrair e trocar com a Sophie em cena. Enfim, estou triste porque essa novela vai acabar. Me apeguei demais, a novela é linda, repleta de críticas ácidas e relações profundas. Meu 'luto' pelo fim da trama já se antecipou. ;)


Um beijo, Sérgio.

Sérgio Santos disse...

A cena foi lindíssima mesmo, anônimo. De uma sensibilidade ímpar. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Pietra. Concordo com vc e adorei a definição que vc deu para a participação da Andreia na novela. Foi bem isso mesmo. E me apeguei também à novela e já estou com saudades. Bjsssss

Anônimo disse...

Sei que a novela ja terminou, mas gostaria de dar o meu contributo para essa cena.
Nao sou fã de Amora, mas gosto da Sophie como actriz e realmente a cena foi linda. Fico arrepiada toda vez que lembro. E a musica Alfazema?! Toda aquela sequencia, foi demais! A emoção de Simone quando vê a irma abracada aos sobrinhos, o sofrimento, resignaçao força que Amora transmitiu ao telespectador, lindo!!!!!!
A novela poderia ter sido melhor. Aquele final que muita gente chama de aberto, pyra mim estava mais que fechado, porque se voces notaram, Bento ficou estasiado quando viu a Maiara e tratou logo de procurar com os olhos, quando a menina desapareceu, ou seja era um novo começo pra eles depois de tanta coisa que passou.
Fabinho e Giane, nas cenas finais, como protagonistas, que os autores diziam que eles eram, tiveram um despecho de 15 segundos (protago o quê?). Malu e Mau, nao vou nem comentar, porque os autores realmente conseguiram estragar o que poderia ter sido uma grande estoria de amor, seja com Bento ou Mau.

Sinceramente, achava que a Amora combinava muito mais com o Mau do que com o Bento, eles tinham quimica sim, e ninguem vai me convencer do contrario.

Agora entendo porque nao gostei da novela TI TI TI, os autores eram os mesmos.
Gosto da MAA, mas quando faz parceria o VV, me desculpem, mas nao da muito certo nao.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, a cena foi linda mesmo e as atrizes foram ótimas.

Bento e Amora tinham uma linda história de amor e a química era explícita. O final foi teoricamente em aberto, mas é claro que eles ficaram juntos. Foi um lindo recomeço. Não tinha nada a ver ela ficar com Maurício. Aliás, desde o início ficou claro que Giane e Fabinho ficariam juntos, assim como Malu e Maurício e Bento e Amora. Mas cada um com sua torcida.

Eu não gostei de Ti ti ti da metade pro final, mas achei Sangue Bom excelente e a parceria dos autores foi amadurecida nesse último trabalho e eles conseguiram corrigir os erros que cometeram naquele remake.

Anônimo disse...

Sérgio, sei que estou atrasada, mas, também só pude ver a cena depois pela internet e não resisto a comentar. Foi lindo, emocionante sem ser piegas. Show de direção, interpretação, tudo. E que voz linda da Sophie!
Confesso que há muito tempo uma novela não me pegava de jeito como aconteceu com Sangue Bom. A última que na qual eu ficava vidrada era justamente Ti-ti-ti, da Maria Adelaide. Mas, embora eu desse boas gargalhadas com o remake, devo admitir que a construção dos personagens de Sangue Bom é muito melhor. Além disso, a novela teve três das cenas mais bonitas que vi nos últimos tempos, por coincidência todas envolvendo os protagonistas que foram abandonados na infância: a morte de Simone embalada pela voz de Amora, Wilson dando para Bento a foto da mãe e o brinquedo que fez para o filho e Fabinho ajudando Irene no Hospital psiquiátrico, ainda sem saber que ela era sua mãe. Todas me tocaram profundamente.
Como se não bastasse cenas tão belas, amei o fato dos autores optarem pela coerência no final da novela. Foi perfeito! Ainda estou órfã de Sangue Bom e acho que vou custar a me desapegar da novela.