quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Giane e Fabinho se beijam, Isabelle Drummond e Humberto Carrão transbordam química e casal se sobressai em "Sangue Bom"

O capítulo de "Sangue Bom" exibido no último sábado (28/09) exibiu o aguardado primeiro beijo de Giane e Fabinho, um casal cuja implicância mútua é a principal característica. A cena foi linda e o que já havia ficado evidente desde o início da novela, e se intensificado nas últimas semanas, apenas se confirmou: a imensa química entre Isabelle Drummond e Humberto Carrão.


Os atores já haviam se destacado em "Cheias de Charme" quando encantaram o público com o bonito romance vivido por Cida e Elano. A doce empreguete e o íntegro advogado formaram um lindo par e eram um dos pontos altos da trama de sucesso de Filipe Miguez e Isabel de Oliveira. Agora, na história de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, os dois novamente repetem a perfeita sintonia que tiveram na novela anterior e ainda mostram para o público o quanto que são versáteis.

Isabelle Drummond e Humberto Carrão ganharam personagens irônicos, agressivos e marrentos, ou seja, perfis completamente diferentes dos vividos por eles na novela das 'empreguetes'. Cida era meiga, tímica e inocente, enquanto que Giane é irônica, introspectiva e, antes de entrar no mundo da moda, masculinizada. Já Fabinho apresentou sérios desvios de caráter, deixou a mãe pagar por um crime que ele
cometeu, tramou para Érico (Armando Babaioff) perder o emprego, é debochado, mas agora, após muitas pancadas que levou da vida, começa a se regenerar. Ou seja, nada a ver com Elano, um jovem tímido, amoroso e honesto, que sempre se manteve firme em seus ideais, mesmo diante das dificuldades de sua vida.

Essa visível diferença na composição dos personagens serviu para evidenciar a competência da dupla. Mesmo contracenando novamente juntos, Isabelle e Humberto conseguiram deixar de lado tudo o que viveram em "Cheias de Charme", se transformando totalmente na nova novela. Tanto que é impossível notar qualquer semelhança de Giane e Fabinho com Cida e Elano, ainda que os atores estejam vivendo novamente um casal. E, vale ressaltar, o risco era grande, afinal, ambos ainda estão caminhando na carreira.

Mas a verdade é que desde o início a menina marrenta e o sujeito arrogante demonstraram sintonia em cena, deixando nas entrelinhas que um futuro envolvimento amoroso seria bastante possível, apesar das ferrenhas brigas que protagonizavam. Até porque um dos maiores clichês dramatúrgicos é justamente esse: o ódio virar o amor.

Os autores souberam conduzir muito delicadamente a história do casal e a aproximação foi feita com cautela. Primeiramente Fabinho se viu sem nada na vida e totalmente sem rumo. Após receber um gesto de carinho de Malu (Fernanda Vasconcellos), o personagem acaba deixando sua completa frieza um pouco de lado, e é ajudado por Giane após sofrer um acidente. A partir de então o sentimento entre eles vai ficando mais forte, até o filho de Plínio (Herson Capri) sofrer uma grande injustiça na empresa de Érico, quando foi acusado de ter dado informações para a concorrência. Indignado por ninguém acreditar em sua palavra (afinal seu passado não ajuda), ele é consolado pela então amiga ----- "Tô perdido, Giane! Não tenho saída, minha mãe não acredita em mim, ninguém acredita em mim!" "Eu acredito em você, é sério. Eu juro." ------, que não resiste e o beija. Foi uma excelente cena. A química do casal ficou ainda mais explícita, praticamente 'obrigando' o telespectador a torcer por um final feliz para eles ----- o que não será difícil, uma vez que o vídeo do beijo é o maior sucesso entre os sites de novelas da Globo, contendo milhares de compartilhamentos e curtidas.

Pena que o par só tenha realmente começado de fato no último mês de novela. Humberto e Isabelle demoraram para crescer na história (ela mais que ele) e no início ficaram sendo meros coadjuvantes e não protagonistas ---- como de fato são ----, ao contrário de Bento (Marco Pigossi), Amora (Sophie Charlotte) e Malu, que tiveram destaque desde o início. A situação de Maurício (Jayme Matarazzo) é até um pouco semelhante com a deles, uma vez que o rapaz só teve sua participação aumentada agora, quando seu personagem começou a se envolver com Malu.

Porém, ainda que tenha sido um pouco tardio, não há dúvidas de que Giane e Fabinho formaram o melhor casal de "Sangue Bom". Isabelle Drummond e Humberto Carrão mais uma vez estão brilhando em cena e demonstrando uma sintonia invejável. Afinal, ricos personagens sendo interpretados por ótimos atores formam uma combinação difícil de dar errado.

80 comentários:

Thairys Moreno disse...

Confesso que no início impliquei com essa novela, não gostava mesmo, mas o desenvolvimento de Sangue Bom tem sido ótimo, sinto que agora sim a complexidade dos personagens tem sido exploradas e o ritmo acelerou, toda aquela atenção voltada ao núcleo Bento e Amora era uma chatice, ohh casalzinho que não combina!!! A minha torcida ainda continua sendo "Malu e Bento", apesar que também gostei da Malu com o Maurício.
A Isabelle Drummond não estava recebendo o destaque que merece, o que eu achava um desperdício, antes tarde do que nunca!
Quanto ao casal Fabinho e Giane, sem comentários, os dois são perfeitos, apaixonantes, impossível não torcer pra um final feliz para os dois.
Adorei os autores terem apostado nessa "regeneração" do Fabinho, estão conduzindo bem a história.
Beijos e ótimo final de semana!

Anônimo disse...

Apesar da demora no destaque do Fabinho e principalmente da Giane, os autores capricharam nas viradas dos personagens. A mudança da Giane foi de uma naturalidade linda e a redenção do Fabinho é muito coerente.
As atuações dos ótimos Humberto Carrão e Isabelle Drummond, sempre no tom correto, junto com os personagens de texto apaixonante, sempre vomitando ironias só tornam esse casal ainda mais especial. E que química é aquela? Explodiram na tela!
Único erro foi essa demora no envolvimento, só um mês de novela e pelo que li, ainda irão ter uma briga desnecessária, aí é difícil, mas nada que prejudique o melhor casal de ''Sangue Bom''. Impossível não amar o casal de brigões.

Francisca Baptista disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Taisg disse...

Ótima avaliação! Os autores deram realmente uma tacada de mestre quando resolveram apostar em Giane e Fabinho, o que salvou a reta final da trama inclusive. A redenção do Fabinho foi muito bem escrita e dramatizada, ele amadureceu,com a ajuda da Giane, aprendeu com os próprios erros, e mudou de maneira natural e gradativa, mas manteve sua personalidade cativamente. E Humberto e Isabelle são atores geniais, muito talentosos, com uma química inacreditável, daquelas que se vê pouco nos últimos anos em novelas. Merecem todo o reconhecimento, e já passou da hora de ganharem papéis em horário nobre. É realmente um desperdício que falte apenas um mês para terminar a novela, quem sabe se os autores tivessem percebido o quanto o casal seria amado pelo publico antes, a novela poderia ter se extendido...

Francisca Baptista disse...

Perfeito Sergio, como todos seus comentarios.
Mas vou pedir licença pra so falar do beijo, como vc mesmo me disse: eu surtei (eu e resto do país!). Aqueles dois estao quase nos transformando em voyeurs tarados, daqueles que ficam vendo e revendo as cenas, querendo que venham mais e mais cenas, veja que situaçao. Brincadeiras a parte, a cena foi muito, muito boa, tudo foi bom ne? A iluminacao espetacular, o texto, a direçao, a situaçao, o local (com aquela gradezinha sensualizante), ate a musica deles é otima, inves de ser uma romantiquinha é um grande folk, e aqueles atores explodindo em quimica? O que dizer daqueles dois? Se eles separados sao muito muito bons, juntos eles ficam arrasadores. Nao sobra pra ninguem.
O que mais supreendeu todo mundo é que muitos estavam esperando algo mais delicadinho (apesar deles nao serem nem um pouco assim), meio cheio de pudores, tipo Cida e Elano, talvez porque para muitos a Isabelle ainda tenha aquela imagem da nossa eterna “pretty girl” (isso é que dá quando a gente fica vendo os atores crescerem na nossa frente, ainda passa a pessima sensaçao que tamos envelhecendo,rs) , dai veio aquela explosao de tesao e sensualidade, com a Isabelle caindo “matando” no Carrao... Nossa, todo mundo ficou de boca aberta, literalmente. So se falou nisso depois e no outro dia no trabalho, olha que loucura.
Acho que as fases, tanto da Giane quanto do Fabinho, acabaram sendo muito bem conduzida, fazendo eles chegarem exatamente nesse ponto , com todo mundo apaixonado por eles, torcendo muito.
So é lamentavel, como voce disse, que eles chegaram muito tarde, 1 mes para acabar a novela é muito pouco tempo pra um casal tao apaixonante. Nao entendo esses autores, ok eles sao os donos dos personagens, mas porque eles sempre erram dessa maneira tao primaria. O Felipe e a Izabel de Cheias de Charme cometeram um erro pior, so juntando a Cida e o Elano (que todos amavam) nas tres semanas finais . Nao faltaram alertas, eles tem ate um olheiro (pelo menos o mais visivel) no twitter, que é o Rodrigo Amaral, nao é possivel que eles nao saibam o que se escreve sobre a novela nas redes sociais.
Que venha a 1ª. noite deles ... Ja pensou o que vai acontecer na TL? Se vier com a mesma pegada, surto vai ser pouco.... Adoro!!!
Adoro seus comentarios no twitter, mesmo quando nao gosto dos personagens (nem dos atores) . Rs
Beijos

eder ribeiro disse...

Realmente Sérgio, uma personagem para dar certo precisa do envolvimento dos atores. Dos dois prefiro a interpretação do Carrão. Abçs.

Carlos disse...

O casal é maravilhoso, nao tenho nem palavras pra falar sobre eles

MICHELE OLIVEIRA disse...

Não tem como não se encantar com esses dois..maior acerto dessa novela foi colocar Giane e Fabinho como par romântico.

Anônimo disse...

Bom dia Sérgio

Excelente artigo. Fabinho e Giane já é o casal da novela. Os atores são brilhantes e a química entre eles é muito grande. Eu até me atrevo a dizer que esse casal é melhor do que Cida e Elano. A construção da relação deles está sendo muito bem feita. Bom que eles vão terminar juntos, eu não tenho a menor dúvida. A novela está caminhado para fim e desfecho dos protagonistas já começam a ficar claro. Fabinho e Giane ficaram juntos. Bento e Malu também, tendo em vista que é a segunda maior torcida. Amora termina redimida com os sobrinhos (não sei se ficará ao lado de Maurício ou com um novo amor). Maurício termina com Amora ou com um novo amor. Acredito que esse será o fim dos protagonistas.

Abraços

Anônimo disse...

Ok, agora eu quero ver Isabelle Drummond e Humberto Carrão no horário nobre, eles são atores maravilhosos... meu, até a Bruna Marquezine que é boa atriz, mas não como a Isabelle vai ganhar destaque na próxima novela do Manoel Carlos, então Carrão e Drummond tem que estar também, ótimos atores tem que ter seu reconhecimento merecido... Humbelle no horário nobre já rs

Patricia Galis disse...

Essa novela é uma graça não sei pq não foi tão bem aceita, e o casal citado são uns fofos e ótimos atores.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sérgio, também gosto da atuação da dupla e concordo que Isabelle e Carrão estão totalmente diferentes da novela anterior e continuam convencendo. O público acaba mesmo torcendo por este casal.
Vou torcer agora por um desenvolvimento maior também do personagem Maurício.

Mirian disse...

Sergio

Acompanho seus comentários no tt e aqui desde Avenida Brasil, como não consigo assistir muito Tv faço uma pre seleção de acordo com suas observações, que desde então tem ido de encontro com minhas preferencias!
Comecei a assistir Sangue Bom, mas acabei me desinteressando nem sei dizer porque, não tinha simpatia pelo Fabinho, achava e acho o Bento enfadonho, enfim, quando vi não assistia mais... Lendo alguns comentários seus no tt, comecei a voltar a ver cenas da "nova fase de Fabinho", desde que havia sido acolhido pela Giane e me apaixonei pelo casal!
Não assisti Cheias de Chame, portanto não tenho parâmetro para comparar com Cida e Elano, mas achei a história de Giane e Fabinho muito gostosa de acompanhar! Não gosto de romances óbvios, gosto daquele despertar da paixão antes do primeiro beijo, daquela luta que eles travam com eles mesmos para ir contra o que sentem... Imagino que o beijo foi só um complemento disso tudo, enfim agora sigo a novela por conta dos dois!!!
Mais uma ótima aposta sua!
Só me preocupo com uma situação, como não sigo a novela desde o inicio, vejo pessoas dizendo que é o Fabinho o responsável pelo o que aconteceu no Buffet e pelas mensagens à Amora. Se isso for real, a pessoa por quem a Giane vem se apaixonando não existe, e tudo perde o sentido...Você acha que é isso mesmo?
Um abraço de uma fã

Mirian

Orientadora das atividades dirigidas disse...

Concordo muito com você. São lindinhos juntos. Uma amiga que estava ao meu lado, até chorou com a cena do primeiro beijo.... risos... um abraço, Sérgio!

Milene Lima disse...

O meu maior motivo pra ver essa novela. As cenas dos dois são lindas demais.

Beijo!!!

Anônimo disse...

Passei a acompanhar a novela por causa desses dois maravilhosos atores. A cena do beijo foi emocionante.

Anônimo disse...

Mirian, se o Fabinho de fato for o tal do "sabotador" seria o mesmo que matar a galinha dos ovos de ouro. Eu espero que Maria Adelaide e Vincent Villari saibam disso.

Thallys Bruno Almeida disse...

Bem, Sérgio, de início, não vislumbrava a possibilidade de Giane e Fabinho se relacionarem. As tramas dos dois estavam muito afastadas, o que não me faz ver essa sintonia "desde o início". Pouco depois, quando Giane se descobriu mulher, gostei muito da aproximação dela com o Caio, que a fez resgatar sua auto-estima e seu brilho próprio. Porém, a condução da história feita pelos autores, juntando-se ao fato de Fabinho estar na lona total, acabou por fazer o par Fabinho-Giane me conquistar de vez.

Enquanto em Cheias de Charme a química entre os dois deixava uma coisa mais doce, mais suavizada; agora se vê uma coisa mais "quente", mais intensa, a ponto de os dois pensarem mais fortemente um no outro após essa belíssima cena do beijo. Apesar de o par ter chegado um tanto tarde, valeu a pena ver a condução dessa história a ponto de, de fato, se tornarem o melhor casal da trama no momento. Se junta a Érico (antigo)/Verônica; Damaris/Lucindo e Charlene/Wilson entre os meus já definidos.

Tenho algumas restrições ao Maurício. Cheguei a torcer pra Malu ficar com ele quando o Bento virou um babaca insuportável, mas ainda assim o vejo em certos momentos um tanto inseguro e não merecedor dela. E gostei muito de vê-la se envolvendo com o Érico (mesmo sendo o atual), até pra mostrar essa fase mais liberal dela. Quanto a Malu e Bento, aquele mesmo par que você considerava corretinho-entediante-perfeitinho e tal, eu via por outro lado: dois jovens com as mesmas afinidades, ideais de vida, convicções... só que os autores focaram demais na exploração desses ideais e se esqueceram de mostrar que eles poderiam se desejar como aconteceu com ela e o Maurício. Por isso, deixou-lhe essa impressão. Se o Bento acordar, não verei problema se ele ficar com ela. Ou talvez o Maurício, se mantiver a fase em que ele tinha o meu respeito. Eu a vejo feliz com qualquer um dos dois.

O que quero é Amora sozinha. E nem tô falando da redenção, apesar de algumas notas já sinalizarem para esse caminho através da morte da Simone. Ela pode ser feliz, retomar sua carreira, criar os sobrinhos, não me oponho caso esse caminho seja seguido com a mesma coerência. Mas não a quero com Bento, não vejo qualquer necessidade. Sei que adora, mas acho esse par simplesmente insuportável. Insustentável (e olha que torci na novela passada pra um par de opostos declarados que foi Juliana e Nando) e nem a comprovada química entre Marco e Sophie me convenceria disso.

Bem, é isso. abç!

Demian disse...

Excelente texto... Suas colocações são ótimas... Fiquei um tempo sem assistir Sangue Bom e só voltei a ver por causa de um post seu... Não me arrependo, a novela está ótima.

Melissa disse...

Giane e Fabinho são perfeitos juntos não tem como negar a história doi Fabinho ao meu ver, foi a mais bem conduzida pelos autores e realmente Isabelle e Humberto transbordam quimica Também concordo é uma pena Mauricio não ter sido explorado ele é um ótimo personagem e Jayme e Fernanda combinam muito em cena eu estou na torcida pelo casal Malu e Mauricio

Lulu on the Sky disse...

Sérgio,
Achei perfeita a sua colocação. Humberto Carrão e Isabelle Drummond formam um lindo casal e eu descobri inclusive que tem torcida pro romance virar real, embora ele namore a atriz Chandelly Braz, tanto é que quando saiu o primeiro beijo nessa novela Sangue bom, surgiu a hastag Humbelle.

Humberto teve a oportunidade de mostrar a versatilidade no seu primeiro papel de vilão e Isabelle um tipo masculinizado que desabrocha quando descobre o amor.

Torço muito para os personagens ficarem juntos no final da novela.

Big beijos

Helena Nunes disse...

Demorou para os autores juntarem esses dois já nas primeiras cenas deles tinha alguma coisa a mais é o melhor casal sem duvida da novela Fabinho e Giane tem total aprovação Agora ainda torço por Bento e Amora por mais que seja difícil por ela ter aprontado com todos eu ainda quero eles juntos acho que o mesmo que acontece com Isabelle e Carrão acontece com Sophie e Pigossi sei que as historias são distintas os personagens são diferentes mais eu gosto desses dois casais

Anônimo disse...

Vou imitar os seus tweetes!
Marco Pigossi e Sophie Charlote = S2
Isabelle Drummond e Humberto Carrão = S2. kkkkkk AMOOOO

Bruno Marques disse...

Fabinho e Giane forma O CASAL da novela!!! Alo sobra química!!!Incrível!!!
Vendo os dois juntos você acaba se dando conta de que Amora e Bento não tem graça nenhuma.Aliás,casal nenhum na TV atualmente tem essa química!!!
Só torço pra que os autores não nos decepcione!!!
O casal merece um final mais que digno!!!

Leticia disse...

Carrão e Isabelle são tudo juntos desde da escalação dos nomes eu já torcia para eles como casal Também adoro Malu e Mauricio acho muito fofo os dois, torcendo para Malu nãio dar uma de doida e ficar com Mauricio porque Bento não dá chato demais indeciso demais ele que fique com as flores dele e Amora os autores pegaram pesado com as maldades dela acho que ela deve terminar com os sobrinhos por mais que Sophie e Marco também tenham quimica

Anônimo disse...

Eu até curto o casal, gosto dos atores. Mas acho o Fabinho e Amora tem a mesma essencia, e essa coisa de torcerem por Fabinho e Giane e criticarem Amora e Bento um pouco equivocada. Agora fica todo mundo ao mesmo tempo em que elegia o novo casal, detona Amora e Bento. Não é assim, Giane e Fabinho são um ótimo casal por si só, não se faz eles melhor diminuindo o outro. Até porque, Pigossi e Sophie Charlotte tem um quimica tão explosiva quanto Isabelle e Carrão, o erro foi não pesada de mão na vilania da Amora e no machismo de muitos telespectadores.

Sérgio, uma duvida, Porque Sangue Bom não esta mais apresentando a abertura? Faz uma semana que a novela vai ao intervalo sem mostrar a abertura.

Anônimo disse...

Minha visão sobre Giane e Fabinho é o tanto quanto parecida com a sua. Torci pelo casal desde o momento que eu fiquei sabendo que o Humberto e a Isabelle estariam na mesma novela,obviamente por seus personagens em "cheias de charmes",que eu particularmente shippava demais. Começou a novela e comecei a quebrar a cabeça tentando achar um jeito dos personagens dos dois se ligarem no decorrer da novela e sinceramente eu não encontrava nenhum jeito,pois eu sabia que o Fabinho seria daquele tipo de vilão que se transformaria e ficaria "bom", bem do tipo vilãozinho de malhação,e eu não encontrava um jeito da Giane ser o alguém que tornaria ele uma pessoa melhor,pelo jeito "machão" que ela tinha e tudo mais,a unica pessoa que poderia fazer isso ao meu ver era a Malu,que de certa forma ajudou e muito,porém é sua irmã e não existiria a possibilidade deles ficarem juntos e eu não torceria para isso,eu acho. Mas nas poucas cenas q eles tinha juntos dava pra ver uma química lá no fundo eu ficava estrondeante . Teve um período da novela que eu deixei de assistir,por não esta tendo algo que me cativasse,pois o que me cativa sempre uma novela são os casais e os meus shipps dessa novela sempre foi Malu e Mauricio/Fabinho e Giane e nenhum dos dois estava juntos,então larguei a novela meio que de mão. No capitulo em que ocorreu o incêndio na toca do saci eu voltei a assistir e vi Giane defendendo o Fabinho e naquele instante voltei a ter um motivo para assistir a "minha" novela. Hoje eu não perco um capitulo e quando acaba um já vou pro site correndo rever na expectativa do proximo. Fabiane passa uma sensação totalmente oposta da que Cida e Elano passavam,o que me faz admirar cada vez mais o trabalho do Carrão e da Isabelle,acho que eles são atores espetaculares e espero que depois dessa novela e desse contraste que conseguiram,eles consigam um destaque e espaço ainda maior na telinha da globo. Quem sabe Humbelle sendo protagonista do horário nobre um dia ...

Anônimo disse...

Disse tudo Sérgio , na minha opinião Giane e Fabinho formam o melhor casal da novela disparado, o único erro dos autores foi não ter explorado a relação dos dois antes, penso que demorou muito para acontecer. Giane e Fabinho já são personagens ótimos separados juntos então nen se fala.Os fãs de Bento/Amora e Malu/Mauricio que me perdoem mas Giane e Fabinho é o casal top de Sangue Bom .

Barbie Californiana disse...

Eles formam mesmo um belo casal, Sérgio. beijinhos

Anônimo disse...

Só consigo gostar da Giane quando está com o Fabinho, assim como só consigo gostar da Malu quando está com o Maurício (por que será? porque é quando a vida delas não está girando em torno de Amora e bento? rs

Sérgio Santos disse...

Oi Thairys, eu no início critiquei a novela porque o prólogo foi longo demais e nada acontecia. Mas depois que engrenou não parou mais. E que bom.

Giane e Fabinho combinam muito, mas discordo sobre Malu e Bento. Acho o casal um sonífero e vejo muito mais química com ela e Maurício e ele e Amora. A regeneração do Fabinho tá mt interessante mesmo. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Anônimo, concordo. Porém, sobre a futura briga, faz parte, é novela, precisa desse vai e volta. Mas demoraram pra juntar mesmo. abçs

Sérgio Santos disse...

Oi Taisg. Acho que o horário nobre é uma questão de tempo e com certeza virá. Pois é, o casal é excelente e uma pena que só tenham se juntado no final. Mas antes agora que nunca. bjs

Sérgio Santos disse...

Francisca, fique à vontade. O casal é lindo mesmo e eu torcia desde o início. E vi claramente que a chance de virarem um casal era imensa, como de fato viraram sem ficar forçado.

Sobre a cena do beijo, foi quente mesmo. Só não gostei da cena da transa porque eles ficaram vestidos. Tudo bem que o horário não permite nada muito ousado, mas tirar a blusa não teria problema. A cena foi linda mas soou estranho.

Que bom que vc gosta dos meus comentários mesmo quando não gosta dos personagens e dos atores. Aliás, é normal discordar hora e outra. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, eder. abçs

Sérgio Santos disse...

Concordo, Carlos.

Sérgio Santos disse...

Verdade, Michele. Mas isso já estava previsto desde o início.

Thaís disse...

Que meu gosto por Cida e Elano fique claro desde o início. Havia uma certa fascinação em esperar que os sentimentos dele fossem correspondidos; um quê de um humor em acompanhar suas constantes e fracassadas investidas. Elano era um personagem cativante que em muito lembra o Érico pré-acidente: dono de integridade e determinação, porém sem a chatice de alguns outros seres fictícios (cof Bento cof).

A derrocada do casal foi a invalidez que lhe foi destinada na segunda fase da trama. Cida tornou-se insuportável devido à sua ingenuidade aguda. Elano desapareceu sem necessidade e nunca mais teve função equivalente aos meses áureos nos quais lutava para desmascarar Conrado. A reconciliação foi no mínimo decepcionante; quantos palavrões são necessários para exprimir meu descontentamento com o fato de que a primeira noite deles não mostrava nem o deitar na cama? Santo desperdício.

Contudo, agora temos Giane e Fabinho, que mantém os pontos positivos do par anterior e vai além. Há Isabelle, Carrão e a química já conhecida. Também há a intensidade e a sensualidade oriunda da própria definição das personagens em questão. O beijo do dia 28 foi primoroso, infligindo uma miríade de sentimentos no telespectador: tensão, expectativa, pena, carinho, alegria. Arrisco-me a dizer que está acima da própria primeira vez em minha lista pessoal. Talvez seja a iluminação diminuta? Não sei bem explicar.

Não venho apoiando o casal desde o começo de Sangue Bom, mas fui laçada logo nos primeiros dias de setembro. Como esquecê-los aos prantos juntos, marcados por uma memória em comum? A ligação entre eles foi de sinceridade tocante desde então. Giane pode ter se tornado mais confiante, porém continua sem segurança no amor. Fabinho nunca teve uma relação genuína e tampouco acreditava que era capaz de tal feito. Interseccionar suas personalidades foi um acerto: embora aparentemente imiscíveis, eles possuem vários traços em comum. Raiva, impulsividade, rispidez, sarcasmo e, lá no fundo, vulnerabilidade e insegurança. Aliem-se estes fatores ao excelente texto que lhes foi presenteado e o resultado é explosivo no melhor dos sentidos.

Percebamos agora o motivo de Giane nunca ter beijado Bento de verdade ou de Caio não apresentar personalidade definida. A intenção dos autores foi descartar qualquer possibilidade de competição, ao contrário do triângulo Bento/Malu/Amora, no qual apenas a última tem um amor fixo (e verdadeiro, se posso adicionar). Não há o mesmo rodízio incansável de sentimentos; a paixão de Giane e Fabinho foi desenhada para ser definitiva quando surgisse.

É evidente o empenho dos autores em desenvolver o relacionamento de forma natural, mesmo com o pouco tempo restante na novela. Ainda endosso a opinião de que um mês é insuficiente para construir um casal a partir da base, mas MAA e VV conseguiram atingir o objetivo com folga. O êxito é apenas consequência dessa sucessão de acertos.

Sem dúvida, temos em Giane e Fabinho os melhores protagonistas de Sangue Bom, tanto separados quanto juntos. Sem ofensa às preferências alheias, mas eles não mais somente ofuscam os outros casais da trama; já estão a humilhá-los. Que continuem assim.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, boa noite. Olha, não sei se o final será esse, se seguir a lógica da história e a base da trama, Malu ficará com Maurício e isso de torcida não importa. Até pq Giane e Fabinho iriam ficar juntos independente dessa imensa torcida que tiveram agora. Amora ficará com os sobrinhos mesmo e acredito que ela e Bento recomeçarão do zero após uma passagem de tempo. abçs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, com certeza o reconhecimento virá.

Sérgio Santos disse...

Pois é, Patrícia, uma pena, ela merecia ter sido um sucesso. bj

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Elvira. Não sei se o Maurício terá esse desenvolvimento, mas acho que com Malu ele cresceu mais na novela. Enfim, veremos. bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Mirian. Puxa, muito obrigado. Fico feliz que goste de mim, mas não perca tempo sendo minha fã não porque não vale a pena. rs

Eu sempre vi potencial nesse casal e tinha praticamente certeza que se envolveriam até pelo contexto da novela.

Olha, acredito que não seja o Fabinho. Mas se for, é até """"compreensível""""" já que Amora tramou para incriminá-lo também. Mas creio que foi outra pessoa, só não imagino quem. Socorro seria muito óbvia. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Sua amiga se emocionou? Bacana, a cena foi bonita mesmo. bjssss

Sérgio Santos disse...

Lindos, Milene. bjs

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Giane e Fabinho formam o melhor casal da novela, Thallys. A química esteve presente desde o início a o amadurecimento da aproximação está mt bacana.

Eu não achava Malu e Bento perfeitinhos, chatíssimos etc etc etc, eu ainda acho. Maurício é inseguro porque ele tem seus defeitos e é humano, normal. Essa 'diferença' entre ele e Malu também aumenta a química do casal.

Bem, eu nem citei Amora no texto, mas vc gosta de falar dela, já percebi. Fala até mais do que quem gosta dela. Eu acho que, se seguir a lógica da trama e o que tem sido mostrado, Amora termina com os sobrinhos (após ser presa e pagar pelo que fez) e ela e Bento recomeçarão do zero, quase que deixando subentendido uma volta. Isso é o que enxergo. Não acho o casal nada insuportável, mt pelo contrário, a química dos atores é nítica e as cenas deles juntos são lindas. Mas, claro, quando há felicidade e não quando há cobranças e brigas etc, até pq isso enfraquece qualquer casal.

E eu detestei essa ficada da Malu com Érico. Não vi química alguma e achei totalmente forçado. Só gostei da atitude da Malu de ligar o botão do danem-se os outros. Abçs

Sérgio Santos disse...

Demian, que bom que eu fui o responsável então. Abraços!

Sérgio Santos disse...

Melissa, é verdade, o casal é muito bom. E é uma pena mesmo que Maurício tenha ficado de lado, mas acho que ele e Malu ficarão juntos mesmo. bj

Sérgio Santos disse...

Lulu, obrigado. Seria legal se eles namorassem também na vida real, mas aí deixa que a vida é deles e o Humberto tá com a Chandelly mesmo. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Helena, concordo. Marco e Sophie também têm uma química intensa, apesar das tramas e dos contextos serem totalmente distintos. Mas como ela irá presa e cairá em desgraça, ou seja pagará pelo o que fez, acho que há chances de um final feliz pra eles. Bjs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, é assim mesmo que eu coloco. rs

Sérgio Santos disse...

Mas Bruno, nao existe a menor chance de Giane e Fabinho não terminarem juntos. Não se preocupe. Mas eu gosto de Amora e Bento também.

Sérgio Santos disse...

Letícia, o Bento virou o personagem mais insuportável da novela com a saída do Felipinho. Os autores pesaram a mão com ele e o estragaram. Amora ficará com os sobrinhos com ou sem ele, mas vamos ver como tudo se desenvolverá. Só acho um retrocesso se Malu ficar com Bento. bjs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, concordo com o seu comentário a respeito de Giane e Fabinho/Bento e Amora e com o dois pesos e duas medidas que diferenciam Fabinho de Amora. A diferença é que ele se regenerou antes e sempre foi mais burro. Talvez eu até escreva sobre isso.

Sobre a abertura, acredito que seja por causa da falta de tempo. A novela tem entrado quase 19h40 e não 19h30. Esse fato também já aconteceu com novelas das sete anteriores, incluindo Guerra dos Sexos. abçs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, concordo, mas eu sempre vi essa possibilidade justamente porque aquele ódio todo que um sentia pelo outro parecia gratuito e no final ia acabar se transformando em atração. Um clichê.

Acho que para protagonizarem uma novela das nove ainda vai demorar bastante porque nessa faixa só atores mais 'maduros' (acima dos 30) protagonizam. Abçs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, eu vejo imensa química entre Bento e Amora, mas sem dúvida Giane e Fabinho formam o melhor casal mesmo. Abçs

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, Barbie. bj

Sérgio Santos disse...

Bem provável, anônimo. rs abçs

Sérgio Santos disse...

Thaís, muito bom o seu comentário. Aliás, citando Cheias de Charme, por isso que me desencantei com a novela da metade pro final: além da barriga imensa na trama, Cida virou uma completa imbecil, um tipo de perfil que eu abomino.

Mas em Sangue Bom isso foi bem melhor desenvolvido e o erro de terem demorado demais pra iniciar a história foi contornado quando ela engrenou.

Também achei muito interessante sua posição sobre Bento/Malu/Amora, além de Giane com Fabinho, claro. Bjs

Francisca Baptista disse...

Concordo que na cena da transa teve muita roupa, esperava que fosse tao ousada quanto foi a do primeiro beijo, a da Malu e do Mauricio foi bem mais ousada (nesse detalhe, claro). De resto foi bem quente como é esse casal tao espetacular e lindo.

Vanessa disse...

Sérgio, meu querido.

Quem não se apaixonou por esse casal, não é? Talvez, a graça esteja no fato de eles não serem melosos, se tratarem por "traste, palahaço, pivete". rs. Tem também a questão do talento, da química... Curioso também que é o Fabinho, quem diria, parece ser a mocinha da relação. É o romântico, preocupado, quem gosta de ter DRs. rs. Já a Giane é prática. As cenas deles são o ponto alto de "Sangue bom" no momento.

Aliás, que novela deliciosa! É a única que eu acompanho com entusiasmo. A começar pelo texto da MAA e do VV. Ao mesmo tempo que diverte, te faz pensar em meio a esse mundo tão fútil em que ter é mais importante do que ser.

Gosto muito também da Verônica. Estou especialmente curiosa para ver os próximos capítulos, em que ela se torna cantora de fato. E, claro, como boa romãntica, quero assistir logo à reconciliação dela com o Érico. A fase dele não é das melhores - era um personagem fofo, se tornou um ogro -, mas mostra exatamente como é o ser humano. Muitas vezes, dá vontade de extravasar, ainda mais quando vc só toma rasteira da vida.

Esses quatro citados aqui são os personagens que eu mais curto! Me arrisco a dizer, inclusive, que se "Sangue Bom" tivesse apostado mais na Giane, coadjuvante em boa parte do tempo, teria tido um resultado no ibope muito melhor. Ou se a Isabelle tivesse vivido a Amora. Como já escrevi aqui, sempre defendo que personagens complexas como a Amora devem ser defendidas por atrizes carismáticas e extremamente talentosas, o que sobra na Isabelle e falta na Sophie.

Antes de dar o meu "tchau", queria comentar que esse fenômeno Giane/Fabinho me lembra muito Laura/Edgar. Por muitos meses, os vídeos deles eram os mais vistos do site oficial. Em uma época, chegaram a ter 19 na lista dos 20 mais vistos. E eram eles que faziam os internautas "delirarem" a cada aparição, declaração, briga... Algo muito parecido com o que acontece hoje com Fabinho/Giane.

Beijão!

Vanessa

Anônimo disse...

Nossa, somente neste sábado com o diálogo do Fabinho e Giane que eu me dei conta que no capitulo anterior eles tinham transado. Eu até achei isso no inicio, mas com a cena seguinte eu jurei que eles só tinham dado uns amaço no quarto dela, sem chegar as vias de fato. Geralmente em cenas pós-sexo eles ficam semi nus debaixo de lençóis, o que não acorreu, eles estavam bem vestidos, que nem deu pra acreditar que eles tinham transado. Será por causa dos atores, eles tem algum pudor com esses tipos de cena? Horário não é, pois outros casais já tiveram cenas quentes na mesma novela, e Isabelle já é maior de idade. Também, pouco importa, mas achei estranho pois pra mim, precisou os personagens dizer pra eu entender.

Em tempo, não acho parâmetro dizer que o casal conquistou a todos por que os videos deles são os mais vistos no site. Isso é obra de fãs apaixonados (Isabelle tem muitos) que vejam e revejam umas 100 vezes por dia, que contribui pra isso. E digo mais, muitos fazem justamente pra ser o mais acessado, coisa pra enaltecer seu ídolo. Tanto que a audiência da novela não mudou nada (até marcou 25, numero abaixo pras segundas-feiras de costume), continua a mesma desde sempre (alias, oh novelinha pra ser tão estável, nunca bate recorde). Fãs são malucos, entendam.

Abraços, Maíra.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Excelente texto. Eu na verdade tenho um pouco de resistência ao novo casal, pois ela o odiava muito desde o começo da novela e o agrediu bastante com muita raiva. Ele se apaixonar por ela é compreensível, mas ela se apaixonar por ele é que não me desce muito. Mas gosto dos atores, eles tem química e ao menos vale a pena vê-los ter mais destaque na novela.
Mas, apesar da fofura toda e de grandes torcidas, Amora, Malu e Bento continuam sendo o carro-chefe da novela.

Sérgio Santos disse...

Verdade, Vanessa, com certeza o fato de não serem melosos conta como um ponto a favor. E Giane é o 'homem' da relação mesmo, o que deixa tudo ainda mais divertido.

A novela é excelente mesmo e eu sou fã. Mas não gosto da Verônica. Acho cansativa e ainda acaba sendo um tipo que Letícia Sabatella interpretou umas 500 vezes. Gosto da Palmira e sinto falta dela. Mas quem sabe quando Verônica se assumir cantora ela fique tão legal quanto era a sua 'outra personalidade'. Érico tá insuportável mesmo mas não vejo que esteja sendo proposital, acho que é por causa do acidente mesmo que causou o transtorno. Mas acho que já tá na hora de voltar a ser o que era.

Bem, vc sabe que eu adoro a Sophie e não a acho sem carisma, muito pelo contrário. Também acho injusto jogar nas costas dela o fracasso no ibope. Amora é uma personagem fantástica e eu acho a Sophie impecável no papel, principalmente quando Amora mostra sua fragilidade.

Agora, sobre Laura e Edgar é verdade, o Giane e Fabinho estão recebendo o mesmo carinho. Não sei se tão grande quanto era o da novela das seis, mas estão. Aliás, são dois casais ótimos! Beijão!

Sérgio Santos disse...

Pois é, Francisca, nesse ponto a cena ficou devendo e soou artificial. Pena.

Sérgio Santos disse...

Maíra, eu tenho quase certeza que é por causa da Isabelle que é evangélica e já demonstrou morrer de vergonha de mostrar o corpo. Teve até uma matéria no Vídeo Show que eu a vi "reclamando" (sem ser antipática, bom dizer) que o câmera estava focalizando suas pernas enquanto ela estava com o figurino da Giane (saia curta). Mas ela terá que lidar com isso no futuro se quiser seguir na profissão. O corpo do ator tem que servir ao trabalho. Mas nada que o tempo e o amadurecimento não ajudem.

Realmente seu argumento tem sentido em relação aos vídeos. Eu, por exemplo, vi a cena 3 vezes. Imagino que os ainda mais apaixonados tenham visto muito mais. E, sim, é uma pena que a novela tenha um baixo ibope. Nunca mereceu. Bjs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, obrigado. Mas a Giane o odiava com razão, né? Fabinho era um sujeito desprezível e frio até a metade da novela. Muitos se esquecem disso e até dizem que Amora é pior, mas a verdade é que ele se regenerou antes, só isso. Depois, com o tempo, Giane foi vendo que ele estava mudando e daí nasceu a paixão. Achei coerente. Abraços.

Carlos disse...

Pode ate ser por causa de Isabelle mas isso não impede do Carrão pelo menos tirar mais a roupa, sobre um comentario acima que Amora,Bento e Malu sao o carro chefe da novela, me desculpe o anonimo ma nao da pra deixar Fabinho fora dessa lista

Anônimo disse...

Sobre o viewrs dos videos de Fabinho e Giane, me desculpem os descrentes mais é impossivel por mais q se tenham fãs apaixonado TODOS os videos do casal estarem na primeira pag do top 20, isso de flodar não existe, então sim tem muita gente que aumenta os viewrs vendo on and on, mas não a ponto de subir pra 100 mil em uma madruga como aconteceu com o video da transa q ja passou a abertura q esta la a 4 meses. Pra mim é fato q Fabinho e Giane cairam nas graças do publico so olhar pelos comentários aqui e em outros blog de novela

Quanto a polemica cena do pos transa- Humberto tava com mais roupa q Isabelle, ela ate tava com a bunda "fora" então não penso q foi pudor e sim continuação msm... ele ja ia sair os dois so estavam abraçados e tls, pelo menos pra mim ficou parecendo q ela ja tinha mandado ele se vestir antes pra cair fora e ele ficou tentando convencer ela, mas enfim... não muda em nada a cena divertida e fofa


sobre Amor/Bento/Malu cargo chefe eu discordo, a trama do Fabinho quando engrenou sobressaiu ate a da Amora,tanto a ascensão ate a derrocada e a regeneração do Fabinho teem sido o ponto auto da historia onde ele ta dominando, o relacionamento com a Giane foi so a cereja do bolo

dito isso adorei toda a abordagem sobre humberto e isabelle, eles são brilhantes, mas Carrão ta simplesmente sendo um monstro na trama

Sérgio Santos disse...

Mas Carlos, se a Isabelle não quis (isso tudo hipoteticamente, óbvio), não teria sentido ela estar toda vestida e ele não. Ficaria ainda pior.

Sérgio Santos disse...

O casal é muito querido mesmo, anônimo. E acredito na força da torcida mesmo. Mas pode, sim, ter números a mais vindo de uma pessoa.

A cena da transa foi linda e os atores estiveram ótimos como de costume, mas muita gente veio me perguntar no Twitter se eles transaram mesmo ou se foi só um 'quase'. Ou seja, não ficou clara justamente por causa desse equívoco do excesso de roupas.

Eu também não acho que Bento/Malu/Amora sejam o ponto chave, muito pelo contrário, para mim os melhores personagens são Amora, Fabinho e Giane. E coincidentemente foram os três que mais deram acessos nos textos que escrevi. Ou seja, mais gente pensa como eu. Amora é a mais complexa e interessante personagem da novela, seguida logo por Fabinho e Giane. Isso, claro, sem citar Damáris, Lucindo e Bárbara, mas estamos falando só do sexteto mesmo. Abçs

Rosa Branca disse...

Estão lindos mesmo, com quimica total, estou torcendo muito.

Sérgio Santos disse...

Compartilho da mesma opinião, Paty. bj

Carlos disse...

o que vc achou de Louise Cardoso e Daniel Dantas na cena em que revela ao Bento que Wilson é pai dele, achei que eles foram mal, eles falaram isso com uma calma, parecia que estava chamando eles para almoçar?

Carlos disse...

Lendo alguns comentários seus em Cheias de Charme, onde dizia que Humberto Carrão se repetia no papel de Elano, discordava completamente o resto concordo com tudo , mas esta atuação de hoje em Sangue Bom dispensa comentários,

Sérgio Santos disse...

Carlos, achei a Louise fraca mesmo. Mas ela tá desanimada com o papel e dá pra entender. Ela foi totalmente subaproveitada.

Eu achei o Elano uma espécie de Luti e por isso vi repetição no Humberto, mas sempre gostei dele como ator. Porém, critico quando não vejo um bom trabalho ainda que goste do ator. Mas depois ele se encontrou naquele papel.

Tiago disse...

Prezado Sergio, primeiramente parabéns pelo blog e por seus ótimos textos sobre a TV.
Com relação aos atores Humberto e Isabelle, eu acho que do sexteto de protagonistas foram os que conseguiram mais se destacar, seja pela complexidade dos personagens que começaram a novela um pouco apagados e que deram uma virada sensacional da metade da novela para cá comprovando a maturidade e evolução dessas duas grandes promessas da dramaturgia.
Outro ponto que merece ser destacado foi a construção do romance entre os personagens sem que o publico tivesse qualquer lembrança do casal que fizeram em Cheias de Charme, o que mais uma vez denota a competencia dos atores e dos autores da novela,
Uma pergunta, vc acha que ambos já se encontram prontos e maduros para encararem o horário das 21 horas ou ainda tem que maturar um pouco na faixa das 18 hs e 19 hs até darem esse salto?
Abraços!

Sérgio Santos disse...

Tiago, muito obrigado. Vc tem razão, eles viraram o casal de maior destaque da novela e com méritos. Acho que estão prontos sim para o horário nobre, mas não pra protagonizar até pq novela das nove não tem protagonistas tão jovens. Abração!