quinta-feira, 27 de junho de 2013

"Gabi quase Proibida": uma propaganda enganosa do SBT

Há alguns meses, foi divulgado que o SBT planejava um novo programa para Marília Gabriela. Após algumas especulações, finalmente houve a confirmação dessa nova atração. O intuito era produzir um programa sobre sexo e temas mais picantes para Gabi. Segundo notícias publicadas, a jornalista até exigiu dar algumas sugestões no formato. Assim sendo, estreou no início da madrugada dessa quarta-feira (26/06) o "Gabi quase Proibida".


Contratada da emissora desde 2010, quando retornou à antiga casa após um período fazendo novelas na Globo, a jornalista comanda o "De Frente com Gabi", que ia ao ar em dois dias da semana: domingo e quarta-feira, sempre à meia-noite. Agora, teoricamente, a experiente jornalista tem dois programas. Porém, é só na teoria mesmo. A estreia da nova atração evidenciou o clima de propaganda enganosa do SBT.

"Gabi quase Proibida" tem exatamente o mesmo formato do "De Frente com Gabi" e, inclusive, do "Marília Gabriela Entrevista", programa que ela comanda no canal a cabo GNT. A estreia contou com a luxuosa presença de Ney Matogrosso. A entrevista foi fantástica, o que já virou rotina na carreira de Gabi, principalmente quando há um entrevistado que tem muito o que dizer. Ney falou abertamente sobre sua
sexualidade, preconceito, entre muitos outros temas. Foi uma excelente e deliciosa conversa. Nem deu para sentir o tempo passar. Entretanto, não há absolutamente nada de diferente nesse 'novo' produto.

O SBT nem se deu o trabalho de mudar o cenário. O máximo que fizeram foi inserir uma cor vermelha para dar um clima mais 'picante' ao programa. A música de abertura, aliás, também não sofreu grandes alterações. O telespectador mais desavisado com certeza nem percebeu que se tratava de uma novidade. Marília Gabriela fica na mesma bancada da atração que vai ao ar aos domingos, de frente para o convidado, e a conversa fui naturalmente, o que sempre acontece quando há uma entrevistadora competente. Claro que Gabi prioriza perguntas mais íntimas, incluindo experiências sexuais e afins; porém, as perguntas feitas poderiam ser repetidas tranquilamente no "De Frende com Gabi". Aliás, o próprio Ney já deu declarações igualmente mais íntimas para Gabi outras vezes. E para enfatizar a total ausência de novidade, Marília terminou a excelente entrevista com suas tradicionais 'rapidinhas', incluindo a clássica 'convidado por convidado', no caso 'Ney Matogrosso por Ney Matogrosso'.

É bom ressaltar que o programa foi excelente. A crítica não está relacionada ao conteúdo e muito menos à competência da jornalista. Afinal, não há melhor entrevistadora que Marília Gabriela no Brasil. Entretanto, o que o SBT fez foi uma clara propaganda enganosa. Foi apresentado ao telespectador uma suposta 'estreia', que de estreia não teve nada. Houve apenas uma tentativa de camuflar algo que já existia. Por incrível que pareça, a emissora de Silvio Santos tentou 'plagiar', digamos assim, uma produção da própria empresa. Algo quase inimaginável.

"Gabi quase Proibida" é um ótima opção para quem quer prestigiar uma jornalista talentosa entrevistando e conquistando seus convidados através de inteligência, perguntas pertinentes e grande desenvoltura. Porém, Marília Gabriela não ganhou um novo programa do SBT. Gabi apenas continuou comandando o mesmo produto que já contava com sua luxuosa presença há um bom tempo. A 'grande' novidade mesmo é o nome. E olhe lá.

22 comentários:

Thallys Bruno Almeida disse...

Bem, Sérgio, assim que o programa foi anunciado, pelo nome eu imaginei algo de auditório. E li que era um desejo antigo da Marília Gabriela ter um programa mais voltado às questões sexuais. Mas na prática, acabou sendo o mesmo programa, sendo diferido apenas pelo vermelho do cenário, que simboliza o desejo, o picante, o "proibido" referido no título. Compensou pela qualidade se manter excelente, ainda mais com uma entrevista perfeita como a do Ney Matogrosso ontem.

Acredito que ela trouxe essa "variante" do "De Frente" voltada ao sexo em um momento até interessante de se ver, já que coincide com toda a polêmica em relação a liberdade sexual que atualmente está em voga nos protestos. A julgar pela conflituosa entrevista com o Silas Malafaia e sua sábia decisão de recusar Marco Feliciano (que acabou indo ao Ratinho, bem como Silas).

No fim das contas, vale pela qualidade, apesar da sensação de mais do mesmo. Abçs!

Anônimo disse...

Normal o SBT não investir na produção dos programas, o "Quem convence ganha mais", era um "Casos de Família" 2.0, assim como o "QÉST" E O Astros.
Com uma profissional do quilate da Gabi, daria pra investir em um formato diferenciado. Achei o nome do programa ótimo, e como dito, se manter o nível bom dos entrevistados, segue como uma ótima opção, mesmo não apresentando novidades.

eder ribeiro disse...

É de praxe a cópia de si mesmo no SBT, contudo, a Marilia merece todos os elogios, justamente por ser uma ótima entrevistadora. Excelente, Sérgio, a sua crônica. Abçs e bom finde.

✿ chica disse...

Que pena que não valorizem a Marília. Gosto dela e suas entrevistas. Vou ver se vejo! abração,chica

Barbie Californiana disse...

É uma pena a Marília não está sendo bem aproveitada, Sérgio! Acho que ela é uma ótima entrevistadora. Não vi o programa... beijos e tudo de bom.

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, chato isso, mas talvez a mudança ainda aconteça de fato, eu não assisto o SBT por isso estou por fora, mas conheço a competência da Gabi e com certeza ela merece ser bastante valorizada, como atriz eu não gostei dela, então acho que ela deve continuar como entrevistadora apresentadora mesmo rrs ABraçosss

paulo disse...

Adoro a Gabi, pessoa inteligente, culta, educada, elegante, e sem ser chata. Incrivel como ela e um convidado num cenário simples consegue ser mais interessante que muitos programas. Acho até que deveria ir ao ar diariamente e no horário nobre pra quem(como eu) não tolera aqueles programinhas globais no horário. Gabi sim pode ser chamada de vida inteligente na madrugada.
Abrçs!

Sérgio Santos disse...

Thallys, eu esperava algo totalmente diferente. O que foi exibido é mais do mesmo e uma clara propaganda enganosa. Todas as perguntas (ótimas) que ela fez pro Ney poderiam ser feitas no De Frente com Gabi, por isso não vi nada de novo, nem na temática do sexo. Até porque ela sempre falava de sexo quando o convidado tinha alguma 'polêmica' a esclarecer. Abçs

Sérgio Santos disse...

É verdade, anônimo. Esse "Quem convence ganha mais" é uma cópia do já péssimo Casos de Família (que era bom com a Regina Volpato). Mas no caso do Astros, a emissora se viu 'obrigada' a voltar porque a Record comprou o Got Talent (que foi um fiasco) e acabou proibindo o SBT de exibir o Qual é o seu talento?. Então acabou sendo uma 'alternativa'.

Também acho que todo programa com Gabi é ótimo, ainda sendo mais do msm. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Eder, obrigado! Bom fds prs você também!

Sérgio Santos disse...

Chica, o programa é muito bom porque é igual ao De Frente com Gabi e ao Marília Gabriela Entrevista, que também são ótimos. bjs

Sérgio Santos disse...

Nem diria não sendo bem aproveitada, Barbie, mas sim uma repetição do que já era feito mesmo. Gabi é excelente. bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Kellen. Olha, sabe que não a achei tão mal assim como atriz? Gostava dela atuando também. Mas, claro, como entrevistadora é imbatível. bjs

Sérgio Santos disse...

Também acho, Paulo. Ela é a melhor entrevistadora do país. Nunca será superada e consegue fazer de qualquer conversa uma boa entrevista. Abraços.

MARILENE disse...

Não fiquei sabendo como foi realizada a apresentação do programa e seus supostos objetivos. Só uma certeza, temos, qualquer programa onde ela faça entrevistas merecerá aplausos. É ótima. Bjs.

Sérgio Santos disse...

Isso é, Marilene! Qualquer programa com a Marília vale a pena! Beijos!

Anônimo disse...

Ta , Mas só um pouco, voce queria que eles falasse de p.au e búceta? é isso?. acabei de ver a entrevista do programa de estreia e eles falar 90 por cento de sexo e intimidades. nao leu o titulo autora do blog? QUASE PROIBIDA.

Anônimo disse...

correção: Autor do blog. Vi um nome de mulher mais acima em uma postagem e pensei que era mulher . Me desculpe. Mas voltando a postagem. Eu acho que esse programa fala de sexualidade e intimidades mesmo, na entreviista do ney foi só sobre isso. ela não se prendia muito nessas questoes antes , agora ela ganhou mais espaço pra isso. provavelmente por pedido dela. enfim. não da pra passar disso em rede nacional aberta. o povo nao ta preparado.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, definitivamente vc não entendeu nada do que eu escrevi no texto. Em nenhum momento eu falei que o erro é não falar tudo de sexo e sim repetir o mesmo esquema de seus programas de entrevistas. Todas as perguntas feitas poderiam ser repetidas em qualquer programa dela. Não há nada de diferente no programa.

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Victor Silva disse...

Não vi a entrevista de Ney,mas vi um pedaço de uma outra entrevista,e realmente isso foi um jogo de marketing horrível!!Eu considero a Gabi uma ótima entrevistadora,mas comandar um programa praticamente idêntico ao outro,é sacanagem e aproveitamento!!Será que foi uma fórmula para tentar arrastar público para o horário?Tática um tanto quanto patética!!abraço Sérgio...faz tempo que não passava por aqui...mas agora voltarei mis vezes!!!

Sérgio Santos disse...

Victor, saudades de vc. Sumiu!!!! Sim, pareceu uma jogada de marketing mesmo! Gabi é maravilhosa mas o programa não tem nada de diferente do que ela já faz. Abração!