sábado, 22 de junho de 2013

Capítulo que marca um mês de "Amor à Vida" evidencia talento de Bárbara Paz e Mateus Solano

Na última quinta-feira (20/06), "Amor à Vida" completou um mês no ar. E completou da melhor forma possível: apresentando uma memorável cena, onde Félix (Mateus Solano) se desespera e conta seu grande segredo para Edith (Bárbara Paz). A sequência, que representou uma nova virada na trama, exigiu muitos dos atores e já entrou para a lista de melhores cenas dessa novela.


Walcyr Carrasco tem mostrado ao público que não economizará história e a sucessão de acontecimentos desde a estreia apenas comprova isso. Aliás, já aconteceu tanta coisa que o telespectador tem a impressão de que a trama está no ar há uns três meses, no mínimo. Ao descobrir que Paulinha (Klara Castanho) é a filha desaparecida de Paloma (Paolla Oliveira), Félix entra em desespero e constata que todo o 'trabalho' que teve anos atrás foi em vão. Sem conseguir segurar o ódio e o medo, o vilão conta para sua esposa que roubou a filha da irmã e a jogou em uma caçamba de lixo.

A cena foi longa e muito intensa. Mateus Solano e Bárbara Paz fizeram uma grande dobradinha e ambos puderam se destacar igualmente. Félix chorou feito uma criança e Edith, em choque, não conseguiu acreditar na monstruosidade do marido. O ator já vem esbanjando talento desde o primeiro dia, tanto
nas cenas irônicas quanto nas mais dramáticas. Porém, Bárbara vem crescendo a cada capítulo. A atriz está muito bem e já é possível dizer que vive a melhor personagem de sua carreira até então. A discussão do casal, além de ter mostrado o profissionalismo dos atores, realçou a frieza e a fragilidade emocional do vilão.

Quem também se destacou foi Rosamaria Murtinho. Edith não conseguiu segurar o segredo e contou tudo para sua mãe. Foi a partir disso que Tamara contornou a situação e impediu a filha de se separar do marido. O momento também serviu para o público conhecer o passado da esposa de Félix. A mulher na verdade era uma prostituta e foi contratada por César (Antônio Fagundes) para seduzir e casar com o filho. O motivo era a desconfiança do médico em relação à homossexualidade do vilão. Após o flashback que exibe a situação para o telespectador, foi possível enxergar o lado diabólico de Tamara. A mãe de Edith se mostrou tão fria e interesseira quanto Félix e a partir de agora o trio estabeleceu uma espécie de aliança. E a veterana deu um show de interpretação, mostrando como fazia falta vê-la no horário nobre. Rosamaria começa a crescer merecidamente na novela.

O capítulo da última quinta-feira ainda contou com cenas hilárias protagonizadas por Valdirene. Tatá Werneck divertiu quando a periguete é flagrada pela polícia ao lado de um traficante e acaba indo parar na cadeia. Também foi possível notar e rir de vários improvisos da atriz, arte que ela domina como ninguém. Ou seja, foi um capítulo que apresentou drama e humor da melhor qualidade.

"Amor à Vida" acabou de completar um mês no ar e promete muitas boas histórias pela frente. Duas importantes viradas marcaram a última semana ----- Paloma descobriu que Paulinha é sua filha e Félix se viu encurralado diante da inesperada situação ----- e novos rumos já começam a ser delineados na trama. O triângulo amoroso envolvendo Nicole (Marina Ruy Barbosa), Thales (Ricardo Tozzi) e Rogério (Daniel Rocha) também começou a ser formado e a dubiedade de César se tornou mais evidente.

E em meio a todos esses acontecimentos da última semana, é mais do que merecido destacar, elogiar e aplaudir o grande momento que Mateus Solano e Bárbara Paz protagonizaram. O capítulo em que Félix chora diante de Edith evidenciou o talento dos atores, a ótima direção de Mauro Mendonça Filho e Wolf Maya e a atraente história de Walcyr Carrasco.

32 comentários:

✿ chica disse...

Foi muito intensa mesmo aquela cena. Solano está muito bem nessa novel! Aliás tudo está muito bom, pena protagonistas pra encher linguiça e dar nojo como a tal da Patricia e a idiotinha da secretária do Antônio Fagundes. Aquilo tudo, das duas, não faria falta nenhuma na novela. É pura e p... apelação,rs...

No mais ,estou adorando! Todos muito bem! abração,chica

luzes dobem disse...

Acompanho quando consigo a novela, mas gosto do ritmo e elenco!!!! Pena que perdia cena =(
bjs, Flavia.

Smareis disse...

Eu acho que essa novela vai bombar daqui pra frente, com esses acontecimento, essa virada, a história vai desenvolvendo , e isso é que chama atenção do público.
Walcyr Carrasco esta desenvolvendo um ótimo trabalho.
A cena foi espetacular, Solano e Paz mostraram os atores excelentes que são.

Beijos Sérgio!

Lulu on the Sky disse...

Sem dúvida. A parceria depois de 3 novelas é incrível como eles se entendem em cena. Emocionante.
Big Beijos

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde
Sérgio
Bela análise
Bem...sobre o Matheus Solano, tu disse tudo,sou fã desse rapaz.A Bárbara está me surpreendendo, talvez em funções de péssimas atuações em novelas anteriores.
Walcyr está cumprindo o que prometeu,com tramas rápida e intensas.
E por fim, agora que me "toquei"(sim,moro na Terra)a Tata Werneck,participava de um programa de improvisos, por isso a facilidade e bela atuação dela.
Obrigado pela visita
Bom final de semana
Abraços

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

A cena entre Félix e Edith foi realmente marcante. Os atores deram um show de interpretação. Mateus Solano é um grande talento e supera as expectativas na pele do vilão Félix. Bárbara Paz também está surpreendendo. A novela está ótima até o momento. Pena que já tive notícias da futura morte de César (Antônio Fagundes). Admiro muito o trabalho e carisma deste excelente ator.

Ótima análise.

Beijo.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sérgio, também gostei deste capítulo, tanto quanto do primeiro. Mateus, Bárbara e Rosamaria entraram com a carga dramática exigida, enquanto Tatá contribuiu com a dose de humor.

MARILENE disse...

Foi um capítulo marcante e a interpretação dos atores mereceu meus aplausos. Espero que a novela continue nesse ritmo, mantendo nosso interesse e atenção. Bjs.

eder ribeiro disse...

Sérgio, sem dúvida nenhuma, o Mateus Solano dá um show de interpretação. A sua personagem é rica e ele desempenha muito bem o papel. Dá prazer vendo ele atuar. Essa novela,em um mês, já está se igualando a A.B., espero que supera em audiência, pois, além dos atores, os autores e diretores está demonstrando como se realiza uma trama com surpresas constantes. Abçs.
PS: Depois de ler o teu email, após duas semanas tentando configurar o meu blog, eu consegui. Obg por me alertar para isso.

Carlos disse...

Queria comentar, mas não assisto mesmo. Estou por fora de TODAS as novelas. Nem li o seu texto pra nem pensar em ficar com vontade de assistir.

Abraços

Bia Hain disse...

Oi, Sérgio, como vai? A atuação de ambos foi fantástica e a trama me surpreende a cada dia, pois as revelações e seus desdobramentos não acontecem só no final, e sim progressivamente. Um abraço!!

Patricia Galis disse...

A Barbara tem se mostrado uma atriz padrão A, as cenas que participa normalmente são carregadas de emoção e essa foi mais uma...parabéns aos atores.

Barbie Californiana disse...

Eu vi a cena, Sérgio e foi tensa mesmo, ambos deram um show de interpretação. beijos e tenha uma linda semana.

Thallys Bruno Almeida disse...

Ótimo artigo, Sérgio. Aliás, essa semana em si foi repleta de ganchos.

Mateus Solano foi de um brilhantismo ímpar, confirmando ser o maior nome dramático de AAV. E Bárbara Paz, que nunca gostei, surpreende desde o início e se superou em especial nessa sequência da decepção da Edith com o Félix e na revelação do passado. A Rosamaria Murtinho, então, genial.

De início, Paloma vivendo um misto de alegria e raiva ao descobrir que Paulinha é sua filha. Alegria por poder conviver com a menina pela qual se apegou, raiva por acreditar que o outrora grande amor de sua vida teria cometido tal coisa. A frieza de comportamento dela com Bruno e as pistas dadas por ela Ninho são uma prova do quanto essa disputa vai pegar fogo. E Paolla Oliveira esteve perfeita em todos esses momentos. Só espero que o lado mais impulsivo da personagem (como uma possível aliança com o Ninho) não a faça uma chata, já que ela já deu provas de se livrar da Marina e não merece isso de novo.

Depois, Marina Ruy Barbosa e a emoção de Nicole ao descobrir a doença terminal e sua tristeza ao se ver sozinha, o início de um novo triângulo amoroso com Dr. Rogério (Daniel Rocha) e Thales (Ricardo Tozzi) e a iminente chance de ela ser vítima de um golpe de sua "melhor amiga" Leila (Fernanda Machado). Enquanto Marina emociona, Fernanda retrata perfeitamente toda a falta de caráter de sua vilã. E Tatá Werneck junto com a Savalla foram o alívio cômico em meio a tanta dramaticidade. Os improvisos dela foram perfeitos, não dava pra não rir.

No meio disso tudo, a única coisa que tem me cansado é a trama de Michel (Caio Castro) e Patrícia (Maria Casadevall). Os dois não sabem fazer mais nada a não ser transar e depois esnobarem um ao outro. Já cansou. Ainda mais sendo o Caio Castro aquele péssimo ator de sempre. Pena por ela, ótima.

O público agradece por esse novelão (sem o menor medo de exagerar) que é Amor à Vida. Abçs!

Anônimo disse...

Também estou gostando muito dois dois.
Solano é o dono da novela, incrível como do nada, ele faz o Félix desabar em lágrimas, é de se aplaudir de pé.
Sempre gostei da Bárbara, mas ele exagerava algumas vezes, com a Edith ela adotou um tom mais sóbrio e está muito bem, encara o Solano de igual pra igual. E a Rosamaria é redundâcia elogiar, sempre ótima.
Essa novela ainda promete vários embates épicos, os atores devem adorar cenas do tipo.

Sérgio Santos disse...

Boa cena mesmo, Chica. Os dois foram muito bem! Eu acho as cenas da Aline ótimas e apesar do romance entre Patrícia e Michel muitas vezes ficar nesse vai e volta eu não desgosto. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Ah, pena mesmo, Flávia. Foi mt boa. bjão

Sérgio Santos disse...

Smareis, a novela bombou desde o primeiro capítulo e só tá crescendo. Dá gosto de assistir. bjsssss

Sérgio Santos disse...

Verdade, Lulu. Sintonia perfeita. bjssss

Sérgio Santos disse...

Ainda bem que vc mora na Terra, Felis. rs A Bárbara sempre foi muito teatral mas agora ela tá excelente. Enfim não tem quase nada pra criticar nessa novela. Abração.

Sérgio Santos disse...

Vera, o Mateus está fantástico mesmo. E Bárbara surpreende a cada cena. Já tinha lido a respeito dessa morte de César mas não sei se é verdade. Tomara que não porque o personagem é muito interessante e o Fagundes tá mt bem. bjsssss

Sérgio Santos disse...

Foi muito bom, né Elvira? Deu gosto de ver. Beijos!!!!

Sérgio Santos disse...

Também espero, Marilene! Que não perca o ritmo! Beijos

Sérgio Santos disse...

Oi Eder. A novela tem feito por merecer muitos elogios e o Mateus está incrível. Também estou tão empolgado quanto estava com Avenida Brasil.

E que bom que ajudei. abçsss

Sérgio Santos disse...

É bom não ler mesmo, Carlos, porque eu acho que vc gostaria dessa novela. É muito boa. Abraços.

Sérgio Santos disse...

É verdade, Bia, tá tudo sendo brilhantemente desenvolvido e não há enrolação. Que bom. bjsssss

Sérgio Santos disse...

Parabéns mesmo, Patrícia. bjssss

Sérgio Santos disse...

Oi Barbie. Tenha uma linda semana vc também .bjs

Sérgio Santos disse...

Verdade, Thallys. A semana passada foi cheia de ganchos e essa de agora já começou com pé direito. A trama tá sendo muito bem desenvolvida.

Mateus está muito bem, Rosamaria idem e Bárbara também. Concordo com o seu comentário. Só discordo sobre Michel-Patrícia. Concordo sobre o Caio, claro, mas gosto do núcleo. Por enquanto. A única parte chata na novela pra mim é Ninho e aquela amiga dele feita pela Maria Maya.

Acho que Paloma corre um risco de ficar chata com o Ninho sim, mas o bom é que não durará mt. abçssss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, concordo. Os dois formam um bela dupla e Mateus está incrível. Sempre achei a Bárbara teatral demais, porém, nessa novela ela acertou o tom logo de cara. Essa novela é muito boa. Tô adorando. abraços.

Anônimo disse...

Sergio,adoro as personagem da Tamara e da Edith,desde o primeiro capitulo sao as minhas duas favoritas,espero que tenho muito destaque pra elas,que eles sejam peças chave na historia e que consigam se safar de todas,pois elas merecem para ter que aguentar essa familia tosca de pessoas de ridiculas(Felix,Cesar)

Sérgio Santos disse...

Também gosto mt da Tamara e da Edith, anônimo. Aliás, essa novela tem inúmeros personagens bons. abraços.