quinta-feira, 2 de maio de 2013

Bruno e Fatinha: o casal sensação da Malhação

A atual temporada de "Malhação" tem apresentado muitos romances, conflitos e dilemas desde que estreou em 2012. Muitos casais se formaram e se separaram. Os meses foram se passando e a história central acabou tomando novos rumos. Atualmente o romance entre Lia (Alice Wegmann) e Vitor (Guilherme Leicam) está em crise devido ao envolvimento do irmão do mocinho, Sal (Pedro Cassiano), com traficantes de ecstasy ---- um clima de suspense que enriqueceu a trama da novelinha. É bom lembrar que esse par foi formado justamente porque o personagem Dinho (Guilherme Prates) não tinha agradado. Porém, mesmo com a mudança de protagonista e entrada de um clima policialesco, não é essa situação que tem despertado mais atenção do público e sim as constantes crises do casal Bruno e Fatinha, interpretados por Rodrigo Simas e Juliana Paiva.


Quem acompanha a atual temporada sabe que Juliana Paiva se destacou logo no primeiro capítulo, mostrando que seria o grande trunfo da história. E realmente a boa impressão se confirmou pouco tempos depois. Fatinha é uma periguete que transborda simpatia e a atriz tem aproveitado o grande papel que tem em mãos. Rodrigo Simas começou meio apagado e o Bruno parecia avulso na história. Aos poucos, o irmão da Ju (Agatha Moreira) foi tendo mais importância. Só que o destaque mesmo começou no momento em que ele e Maria de Fátima dos Prazeres se encontraram: a partir daí os personagens foram crescendo juntos e telespectador começou a acompanhar um divertido jogo de gato e rato.

No início a relação era muito conturbada e Fatinha provocava Bruno de todas as formas. Mas quando finalmente o casal resolveu se juntar de fato, aconteceu uma aparente harmonia. Harmonia essa que terminou quando o rapaz passou a sentir vergonha do jeito da namorada, passando a evitá-la diante dos amigos e
dos pais. Após um grande mal entendido, durante um evento profissional onde Bruno decidiria seu futuro (cujas cenas foram ótimas e tiveram a participação de Joana Limaverde vivendo uma chefe durona), a relação terminou, com direito a uma sequência muito bem interpretada pelos dois, onde Bruno dispensa sua amada. Como se pode perceber, nos últimos meses a dupla ganhou status de casal protagonista. Um reconhecimento merecido, pois os atores estão muito bem, enquanto que os personagens têm química de sobra.

E atualmente o jogo se inverteu. Se antes era Fatinha que vivia correndo atrás de Bruno, agora é ele que não consegue tirá-la da cabeça. Nos últimos capítulos foram exibidas sequências muito divertidas, onde Fatinha protagoniza um ensaio sensual e tem fotos suas de calcinha e sutiã espalhadas em posteres por toda a cidade, ocasionando outra crise entre ela e Bruno. Juliana Paiva se destacou em todas as cenas e as autoras estão caprichando cada vez mais no texto da periguete. Já Rodrigo Simas evoluiu muito após seu fraco desempenho em "Fina Estampa".

O casal caiu nas graças do público desde que surgiu e os fãs chamam a dupla de "Brutinha", que muitas vezes costuma aparecer nos TTs (Trending Topics - assuntos mais comentados) do Twitter. Claro que esse sucesso é resultado da ótima sintonia entre os atores, da boa construção dos personagens, do texto compatível com o universo adolescente e da história atraente, onde um rapaz certinho acaba cedendo aos encantos de uma garota totalmente 'sem noção' e que ama viver a vida intensamente.

Só é de se lamentar que após o crescimento desse casal, tenha ocorrido uma diminuição da importância de outro casal que deu muito certo na temporada: Ju e Gil. Agatha Moreira e Daniel Blanco perderam a importância na trama, o que é uma pena. Porém, agora, ao que parece, a personagem está se destacando novamente através da entrada dela no mundo da moda por causa da insistência da mãe (Marta - Silvia Pfeifer). Ao que tudo indica, a importante temática envolvendo as duras cobranças em cima das modelos começará a ser exibida na trama, tendo Juliana como referência. Resta torcer para que Ju e Gil voltem a ter a importância que tinham, já que para um casal se sobressair não é necessário ofuscar outro. Mas, independente dessa situação, o fato é que Bruno e Fatinha estão roubando a cena.

Juliana Paiva e Rodrigo Simas merecem o sucesso que têm feito. Os personagens deram muito certo juntos e o casal caiu nas graças do público adolescente. Quando a atual temporada da "Malhação" chegar ao fim, com toda certeza esse casal nada tranquilo ficará marcado como um dos acertos da história de Rosane Svartman e Glória Barreto.

26 comentários:

Anônimo disse...

Sérgio, concordo com a tua opinião sobre o casal sensação da Malhação. Só discordo de duas coisas. No início Rodrigo Simas não estava apagado, apenas o personagem era coadjuvante da Juliana, e Simas atuou muito bem como um rapaz sério, maduro e centrado. A outra coisa de que discordo é que ele foi um dos destaques da novela Fina Estampa. Numa atuação totalmente diferente do Bruno Menezes, Simas deu ao Leandro dos Anjos um ar marrento e carregado. Rodrigo Simas, além de belo, é um ótimo ator.

Ana disse...

Ótima análise, Sérgio. Não via a hora de ler algo relacionado aos dois escrito por você.
Concordo com tudo que foi escrito. Bruno e Fatinha, sem dúvidas, são os protagonistas dessa temporada. Eles tem uma história forte, apesar de não parecer, é complexa, agradou ao público e ganhou bastante espaço. O texto é divertido, dinâmico, mas também tem a seriedade e o drama na hora certa, os dois extremos são ótimos!! Há uma química enorme entre eles e é fácil torcer para que fiquem juntos. Agora com o casal separado, estão rendendo cenas bem engraçadas, tal como Bruno, que se mostra tão correto, perdendo totalmente a linha com o outdoor da Fatinha. Sem contar que um ainda continua dando pitaco na vida do outro, mesmo ambos repudiando a intromissão, fazem o mesmo com o outro, hahah.
Juliana Paiva está sabendo aproveitar a oportunidade que tem em mãos e que, ao meu ver, cresceu muito na atuação desde Ti ti ti, ela está maravilhosa, se importou em crescer como atriz. Juliana e Rodrigo Simas juntos tem uma sintonia perfeita, que reflete nos personagens, eles merecem todos os elogios das críticas. Já estou nostálgica, espero repitam a dose dos dois juntos em alguma próxima novela.

✿ chica disse...

Passei pra desejar um lindo fds!abraços,chica

Aleatoriamente disse...

Oi Sérgio.
Não consigo acompanhar por causa do horário. Mas a tua narração me deixa maravilhada.

Beijinho

Patricia Galis disse...

As vezes vejo o finzinho só pq não dá tempo de assistir, mas confesso que gosto dos dois, acho que terão futuro na globo, ela fez TITITI né?

Wander Veroni Maia disse...

Oi Sérgio! É muito bom ler uma crítica positiva a atual temporada de Malhação que está muito boa, por sinal. Fatinha é um dos grandes destaques da trama e não é a toa que foi elevada a protagonista junto com a Lia. Com a morte da Marcela, acho que o casal Ju e Gil vão voltar a ter mais destaque.

Abraços,

http://cafecomnoticias.blogspot.com.br

Lulu disse...

lembro qdo a Juliana Paiva fez a Valquiria em Tititi. Ela é ótima atriz né?
Big Beijos

Marcos Mariano disse...

Sergião, a anos eu não assisto malhação, depois de um tempo assistindo esse folhetim, comecei a ter a impressão de estar vendo sempre a mesma coisa só que com personagens diferentes, a partir dai parei de assistir, perdi o interesse.

Abraços

Sérgio Santos disse...

Anônimo, obrigado pelo comentário. Realmente, no início ele era apenas um coadjuvante. Mas por isso mesmo passou a impressão de que o personagem não cresceria. O que não ocorreu.

Achei o Rodrigo muito fraco em Fina Estampa. Via muito exagero nele, incluindo os excessos na cara de malvado que ele fazia em todas as cenas. Mas respeito sua opinião. Porém, agora eu tenho gostado muito dele na Malhação. Abraços!

Sérgio Santos disse...

Oi Ana. Muita gente me pedia para escrever sobre eles e eu ia adiando. Agora consegui postar. O casal é muito bacana mesmo e deu muito certo. A trama é rica e os atores estão muito bem. Difícil não gostar deles.

Juliana Paiva está incrível e também vejo evolução nela, porém, gostei muito dela em Ti ti ti vivendo a Val. Tenho certeza que será disputada por vários atores depois de Malhação. bjsssss

Sérgio Santos disse...

*autores

Sérgio Santos disse...

Chica, pra vc também. bj

Sérgio Santos disse...

Fernanda, obrigado pelo comentário. bj

Sérgio Santos disse...

Oi Patrícia. Fez sim, era a Val da novela. Tinha os cabelos curtinhos. bjsss

Sérgio Santos disse...

Oi Wander, obrigado. O casal é muito bom e tem feito por merecer o destaque. Essa temporada tá muito bacana mesmo.

Realmente a morte da Marcela tem tudo pra fazer crescer novamente a participação do Gil, e automaticamente a da Ju também. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Ótima mesmo, Lulu. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Marcos, depende muito da temporada. Há fases boas e ruins. Abraços.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sérgio, também gosto do casal Bruno e Fatinha. Eles se amam, mas os temperamentos opostos causam mal-entendidos. Ambos deveriam ceder para conseguirem se entrosar.
Gosto desta temporada de "Malhação". O conflito envolvendo Lia, Vítor e Sal também é interessante.

VERINHA TIBURSKI disse...

Olá Sérgio, é uma graça esses dois, no começo ela chegava a enjoar, mas com o tempo comecei a gostar da personagem,por sua maneira verdadeira de ser, é a diversão da malhação.Não estou mais acompanhando por causa do trabalho e filhinha se desinteressou, mas de vez em quando vejo a trama que sempre achei muito legal.
Agradeço sua visita carinhosa.
Bom fim de semana.Beijos.

Sérgio Santos disse...

Elvira, essa fase da Malhação tá muito gostosa de assistir. E Bruno e Fatinha formam um casal muito carismático. Os atores estão muito bem e os personagens apresentam bons conflitos. Bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Verinha. Eu que agradeço o seu carinho. bj

Anônimo disse...

O casal Bruno e Fatinha FOI a sensação dessa temporada. Alçaram o posto de protagonistas assim que o personagem de Simas foi seduzido, bêbado pela periguete do Quadrante.

Já estava prevista na sinopse da novelinha que Bruno e Fatinha iriam se envolver. Bruno iria rejeitar a garota, mas poderiam namorar no futuro.

Foi o único casal que deu certo desde o início da história. Pois a trama dos protagonistas Dinho, Lia e Ju, apesar de boa não teve fôlego para se manter ao longo da temporada.

Ju terminou por se envolver com Gil, mas a história dos dois é muito fraca, sem grandes conflitos e conflitos é o que dá tempero numa novela. Ju e Gil possuem conflitos individuais na trama, que agora na reta final irá se intensificar, porém como casal não há nada pra contar.

Dinho saiu de cena e entrou o Vítor, pra conquistar a Lia. A história deles é boa, mas Guilherme Leicam, apesar de ter o perfil da beleza que encanta as adolescentes, é fraco atuando ao lado da excelente Alice Correia. A história dos dois só tem pique por causa do vilão Pedro Cassiano, muito bom ator.

As personagens de Rodrigo Simas e Juliana Paiva, além de terem brilho próprio, quando se juntam brilham mais ainda. E olha que não é necessário um vilão pra movimentar a história deles. Eles são opostos e os opostos se atraem mas não se entendem. Brutinha ainda tem muito pano pra manga. Vamos ver.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, obrigado pelo comentário. Concordo com vc. E também acho que Guilherme Leicam é muito fraco e é engolido pela Alice Wegmann. Ju e Gil formam um ótimo casal mas é uma pena que tenham perdido destaque. Porém, já estão voltando a aparecer mais. Que bom.

Realmente, o triângulo central tinha uma história boa mas não deu certo porque Dinho foi rejeitado e depois por causa da fraca atuação de Guilherme.

Rodrigo e Juliana têm uma imensa química. O casal é muito bacana. Abraços.

Anônimo disse...

adoro malhação e o casal sensação também ontem e hoje foi o melhor episodio deles até agora e que quase fez eu chora amei muito maneiro...

Anônimo disse...

adoro malhação e o casal sensação também ontem e hoje foi o melhor episodio deles até agora e que quase fez eu chora amei muito maneiro...

Edivaldo Ferreira disse...

Algo a acrescentar…

Na realidade, nessa temporada, os protagonistas foram neutralizados
pelos personagens de Juliana Paiva e Rodrigo Simas. Mais pela trama do
que pela atuação dos atores.

Os destaques -
Guilherme Prates defendeu muito bem seu personagem. O Dinho era aquilo mesmo.

Alice Wegman, muito boa e cenas difíceis para uma jovem atriz.

Agatha Moreira - grata revelação. Compôs uma Ju cativante.

Guilherme Leicam - Apenas correto.

Juliana Paiva - Muito boa, porém, canastrona em várias cenas. Nota dez na química com o Simas.

Rodrigo Simas - Defendeu muito bem o personagem masculino que mais sofreu variações na trama. Concordo que ele evoluiu. "De olho" nele que tem futuro.

Desde a primeira cena, no final da segunda semana da novela, esses dois personagens, Bruno e Fatinha, tiveram um rápido encontro, com o rapaz ignorando as investidas da moça. 60 capítulos depois, os personagens se encontram novamente, mas o jovem engata um namoro com outra moça, politicamente correta e com os mesmos ideais que ele defende, continuando então, a ignorar as investidas ousadas da periguete do Quadrante. Mais, num belo dia, a jovem se depara com o belo rapaz vindo de uma festa completamente bêbado, alvo fácil para as investidas da garota. Resultado, o menino abre a guarda e se joga nos braços da sedurota gatinha. Começa aí, a trajetória do casal que robou a cena dos protagonistas.

Sozinhos eles não teriam força. Fatinha, seria apenas uma periguete fazendo peripécias no Quadrante. Isso iria cansar. Bruno, apenas o irmão mais velho da Ju. Porém, esses dois personagens se mostraram bastante complexos. Uma virgem que se faz passar por uma periguete fake, se apaixonando por um rapaz sério, centrado, bem comportado, mais que acaba tendo sua vida certinha
agitada pelas invasivas da moça, tornando-o um cara bastante confuso em
suas atitudes.

Resultado, deu caldo e o casal "BruTinha" junção dos nomes dos dois personagens, muito comum entre os "teens" hoje, se tornou a sensação da novelinha e gerou repercussão nas redes socias. "Brutinha" chegou várias vezes dos tt's mundiais.

A bonitinha, porém fraquinha, historinha de Ju-Dinho-Lia não deu caldo suficiente para sustentar a trama por muito tempo.

A correta, porém "plástica" e "engessada", história de Vítor com a Lia agitou um pouco a trama, mais por causa das vilanias do personagem Sal, do que pelo casal em si. Aliás, Lia, sozinha, é uma forte personagem. Precisava formar química com um personagem mais forte que Dinho e Vítor.

Pra uma história render é necessários personagens cheios de complexidade, e uni-los, pra segurar uma novela tão longa como é Malhação.