sexta-feira, 13 de maio de 2016

Rodízio de apresentadores no "Vídeo Show" não disfarça o equívoco na escolha de Maíra Charken

O "Vídeo Show" enfrentava um período de calmaria, após um longo tempo encarando momentos turbulentos com constantes reformulações fracassadas. E o motivo para tamanha 'perfeição' era a sintonia plena entre Monica Iozzi e Otaviano Costa, que se destacaram assim que assumiram a bancada da atração e seguiram assim até o final da parceria, dado com a saída da apresentadora para trilhar seu caminho de atriz ---- ela ficou quase um ano apresentando ao lado do colega e amigo. A partir de então, Joaquim Lopes assumiu o lugar temporariamente por uns meses até ceder o lugar para Maíra Charken, que seria a substituta de Iozzi. Seria. Não é mais.


A nova apresentadora assumiu a função em março, mas não durou nem dois meses completos fixa na bancada. O programa adotou, repentinamente, um esquema de revezamento, alternando os escolhidos para o comando da atração. Não foi dada maior satisfação para o público. As repórteres Giovanna Ewbank e Alinne Prado passaram a dividir a apresentação com Otaviano ou Joaquim Lopes. Não há uma ordem a ser seguida. Até mesmo o recém-contratado Rafael Cortez (ex-"CQC", da Band) já esteve algumas vezes apresentando o "Vídeo Show". Ainda houve a contratação de Susana Vieira, que passou a integrar o time e já estreou apresentando ao lado de Otaviano ---- ela, até segunda ordem, aparece na bancada toda quinta-feira.

Ficou claro que o rodízio foi uma espécie de disfarce da produção para diminuir a participação de Maíra. Como haveria uma grande estardalhaço na imprensa caso a apresentadora fosse retirada de uma vez, resolveram adorar essa tática. Entretanto, não funcionou, pois a repercussão foi a mesma. Até porque foi algo muito perceptível.
Ela estava sendo bombardeada de críticas desde que estreou na função e, infelizmente, não houve sintonia com Otaviano. Tanto que a falta de intimidade entre eles muitas vezes transparecia, deixando o clima de parceria artificial. Mas, afinal, o que houve de errado? Na verdade, não é tão difícil elaborar respostas para essa pergunta.

Maíra Charken é atriz, cantora, dançarina e ainda é boa no improviso. Fez parte do corpo de balé do "Domingão do Faustão" em 1999 e ficou marcada pelas pequenas participações em novelas e séries. Sua personagem de maior destaque foi a delegada Vera, na fracassada "Babilônia", exibida ano passado. Porém, apesar das experiências citadas, ela nunca foi uma figura grande conhecida do público. Ao contrário de Monica Iozzi, que já havia se destacado no "CQC" e ainda fez uma boa participação no "BBB 14", tendo um quadro de ótima repercussão ---- também estava atuando em "Alto Astral" quando entrou no programa. Ou seja, colocar uma pessoa pouco conhecida para substituir uma apresentadora que havia dado tão certo foi um tiro no pé.

Mas esse não é o maior problema, é apenas um deles. Outro ponto que chamou atenção negativamente foi a tentativa de Maíra de copiar Monica. Nem deve ter sido intencional, pois a própria Maíra demonstra tem um estilo sarcástico parecido. Porém, a comparação ficou inevitável e soou forçado. Até porque logo no início já começou a fazer piadas com sua solteirice, 'dando em cima' dos atores da Globo, exatamente como a antecessora fazia. A nova apresentadora ainda repetia as expressões de constrangimento de Monica quando Otaviano fazia suas palhaçadas, chegando até a sair da bancada, assim como Iozzi costumava fazer. Seria muito melhor se ela procurasse agir mais naturalmente, sem a obrigação de ser engraçada o tempo todo. Afinal, cada um é cada um e o "Vídeo Show" não é programa humorístico. O Otaviano mesmo não tenta ser piadista o tempo todo, apenas quando encontra uma brecha. A própria Maíra se mostrava desconfortável em vários momentos, apesar das tentativas de transparecer naturalidade.

Entre as mulheres que fizeram teste para a bancada, estava Mariana Santos e fica difícil entender o porquê da não escolha. Ela e Otaviano sempre tiveram sintonia no "Amor & Sexo". Podiam até colocar a ex-BBB Ana Paula, que sempre se destaca nas matérias como repórter. Opções não faltavam. Entretanto, justiça seja feita, é necessário também mencionar o conteúdo do programa, que acabou voltando a ser o foco principal com a saída de Monica. Até porque, naturalmente, a antiga apresentadora e Otaviano acabaram virando os grandes protagonistas da atração, deixando o "Vídeo Show" em segundo plano. Afinal, durante a parceria deles, o maior atrativo do formato era justamente as tiradas da dupla, que demonstrava uma completa sintonia até mesmo nos deboches. Involuntariamente, os dois ficaram maiores que o programa. Mas, sem isso tudo mudou, voltando a ser como antes. Ou seja, as matérias passaram a ser mais importantes.

E o programa tem pecado nesse ponto. O quadro "Falha Nossa", por exemplo, segue extinto. Nunca mais exibiram erros de gravação das novelas e séries que estão no ar. As raras vezes que mostram correspondem aos erros já exibidos inúmeras vezes de produções antigas. O quadro "Novelão da Semana" ao menos voltou ao ar, mas estão reexibindo tramas já mostradas no mesmo quadro anteriormente, como "A Viagem". Ainda há uma preocupação em focar na carreira de sertanejos, exibindo os bastidores dos shows e curiosidades, fugindo completamente da proposta da atração, que é a abordagem dos bastidores da televisão. E várias vezes o programa reprisa cenas exibidas nas novelas e seriados no dia anterior, o que não deixa de ser desnecessário, tirando uma ou outra sequência que realmente mereça uma reprise no dia seguinte.

O "Vídeo Show", apesar de ainda estar longe do ideal, melhorou muito com a última reformulação e isso é inegável. Embora os problemas estejam mais expostos agora em virtude do problema na apresentação, é fato que a atração tem acertos. Algumas matérias são muito boas, o novo estúdio de vidro (mostrando o Projac - agora Estúdios Globo - ao fundo) está lindo e o encerramento com Miguel Falabella segue ótimo. Porém, a produção precisa acertar as questões mencionadas e a equipe não conseguiu substituir Monica Iozzi à altura. Maíra Charken, infelizmente, não correspondeu na nova função e, mesmo involuntariamente, ainda prejudicou Otaviano que perdeu o posto fixo na bancada. Mas, é preciso ressaltar, ela não foi a maior culpada. Foram feitos vários testes antes da escolha da nova apresentadora. Será que a produção não conseguiu observar os problemas tão explícitos? Seria melhor não tê-la escolhido ao invés de expô-la a essa situação nada agradável. Que pena.

30 comentários:

Clara disse...

Você é muito sensato e quando critica tem bom embasamento.

Giovany Gdss disse...

Realmente. Acho que a Mariana Santos se sairia muito melhor que a Maíra

Wesley disse...

Parabéns pela análise.Eu concordo com tudo e foi uma atitude amadora da produção mesmo. Enrolaram tanto pra anunciar uma contratação equivocada como essa e ainda expuseram a menina à toa.

Pâmela disse...

Vou confessar que nunca tinha ouvido falar nessa moça, antes do programa. Por mim ficaria só o Otaviano, acho que ele se basta. É bom apresentador, divertido e sabe se virar quando comete alguma gafe. Ficaria apenas ele, como nos bons tempos do Falabella! Que saudades do Video Show com ele, Sérgio!

Jânio disse...

Parabéns pela crítica bem escrita!

Anônimo disse...

Concordo. E a culpa é também da Iozzi que abandonou o barco sem se importar. Quero ver como se sairá sendo atriz pq é só mais uma. Já como apresentadora era ela e só.

Rafaella disse...

O programa tava indo bem, mas parece que regrediu.Maíra foi uma escolha equivocada mesmo e a culpa maior é da produção que ficou adiando e fazendo suspense pra isso.Acabou ainda prejudicando a tal Maíra.Mariana Santos ou até a Ana Paula eram melhores opções como vc falou.Ou então deixavam o Joaquim msm pq ele e Otaviano juntos são bons.

Claudio Aparecido Reis Reis disse...

Volto a frisar;o VÍDEO SHOW morreu no dia que o MIGUEL FALABELLA saiu.

Claudio Aparecido Reis Reis disse...

Volto a frisar;o VÍDEO SHOW morreu no dia que o MIGUEL FALABELLA saiu.

Tela Seduzente disse...

A Maíra simplesmente não deu certo! E a globo anda bancando a burra, com medo de Ana Paula ser efêmera e não coloca-la na bancada.

Felisberto N. Junior disse...

Olá, Sérgio ... is vero, ninguém é insubstituível,mas colocar uma pessoa pouco conhecida para substituir uma apresentadora que havia dado tão certo tende à dar errado...confesso que, todo o respeito à ela, nunca tinha ouvido falar de Maíra Charken e agora,essa tentativa da "plim-plim" de fazer malabarismos para não confessar o equívoco,...faz parte!Bela e sensata análise!
Bom f.d.s,belos dias,abraços!

Rita Sperchi disse...

Bom dia 🍃🌸🍃 "
Claro que com o Falabella era melhor, mas o Otaviano é bem engraçado gosto dele, quanto as meninas são mais ou menos, eu adoro esse programa bjuss Serginho querido
Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

SIMONE MOTA ALMEIDA disse...

A Monica é uma estrela e teve uma química perfeita com o Otaviano. Os dois juntos mudaram o Vídeo Show. Ela entrou para ficar só três meses e acabou ficando dez, mas ela tinha os planos dela. Eu acho que escolheram errado. Tinha outras apresentadoras que daria mais certo!

Maíra disse...

Foi um conjunto de erros. Fizeram um milhão de testes, não perceberam o óbvio e colocaram a coitada no ar que ficou imitando a Iozzi sem parar. Não tinha como dar certo e o coitado do Otaviano pagou o pato porque perdeu o posto de fixo. Podiam deixar ele e o Joca que divertem juntos.

Mari disse...

tinham que tirar essa Maíra em o Otaviano e colocar a Susana e a Ana Paula na bancada HAJA olha elassssssss

Sérgio Santos disse...

Fico honrado com seu elogio, Clara.

Sérgio Santos disse...

Mt melhor, Giovany!

Sérgio Santos disse...

Valeu, Wesley. E é isso mesmo.

Sérgio Santos disse...

Era bom msm com o Falabella, Pãmela. Mas o Otaviano funciona melhor como dupla e acho que até com o Joaquim ficaria bom.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Jãnio.

Sérgio Santos disse...

Não acho que a culpa tenha sido da Iozzi, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Exatamente, Rafaella!

Sérgio Santos disse...

Discordo, Cláudio.

Sérgio Santos disse...

Podiam botar a Ana mesmo, Tela Seduzente.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Felis. E foram vários tiros no pé mesmo. abçs

Sérgio Santos disse...

Bjs, Rita!

Sérgio Santos disse...

Assino embaixo, Simone. Bjsss

Sérgio Santos disse...

É verdade, Maíra!

Sérgio Santos disse...

Susana não dá, Mari. Ela está ali só temporariamente porque está sempre sendo escalada para novelas.

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.