sexta-feira, 3 de abril de 2015

Repleta de dramas envolventes, "Sete Vidas" é uma novela que merece ser contemplada

As chamadas iniciais já mostravam que a trama de Lícia Manzo seria recheada de densidade e delicadeza, o que foi confirmado no dia da estreia de "Sete Vidas". E, após algumas semanas de novela no ar, pode-se constatar que a história vem sendo muito bem desenvolvida pela autora. Repleto de dramas, o enredo envolve quem assiste e 'convida' a mergulhar naquele mundo vivido por tantos personagens cativantes.


Toda a trama em torno dos conflitos de Lígia (Débora Bloch) e Miguel (Domingos Montagner), e da aproximação dos filhos dele (oriundos de uma doação de sêmen), está sendo contada aos poucos e de forma detalhada. O mesmo vale para os núcleos paralelos, onde todos têm uma ligação direta ou indireta com o enredo principal. Mas não quer dizer que a novela esteja arrastada, tanto que já ocorreram inúmeros acontecimentos e várias passagens de tempo neste primeiro mês de folhetim.

A direção de Jayme Monjardim está em perfeita sintonia com a história de Lícia Manzo e a fotografia é de encher os olhos. O diretor, aliás, deixa o primoroso texto da autora ser a grande estrela de "Sete Vidas", focando também nos perfis construídos através de tomadas de câmera completas, exibindo os detalhes dos ambientes e a forma como cada um vive.
Todo este harmonioso conjunto favorece bastante a aproximação do público, que se sente cada vez mais íntimo daqueles personagens.

A relação dos meios-irmãos é uma das mais envolventes. Júlia (Isabelle Drummond) e Pedro (Jayme Matarazzo) sofrem em virtude do amor proibido que sentem e a angústia de ambos pode ser percebida com nitidez, tanto pelo texto quanto pela atuação dos intérpretes, que têm química de sobra. Após muito resistirem, os dois acabaram dando um beijo, o que implicou em um inevitável afastamento. Ela resolveu antecipar seu casamento com Edgar (Fernando Belo) e ele foi fazer um curso em Fernando de Noronha. Mas, eles sequer imaginam que não são irmãos porque Júlia não é filha biológica de Miguel. O segredo é guardado por Guida (Cláudia Mello) e Marta (Gisele Fróes), tia e mãe da menina, respectivamente.

Já a história de amor que não pôde ser vivida por Lígia e Miguel expõe a complexidade do protagonista e o sofrimento silencioso da mulher que precisou refazer sua vida depois da 'morte' de seu amado. Domingos Montagner está muito bem na pele deste angustiado navegador, que tem pânico de se envolver afetivamente com alguém devido a um trauma do passado ----- ele se sente responsável pela morte da mãe em um acidente de carro (vale elogiar, inclusive, as cenas de flashback protagonizadas por Cláudia Netto, Celso Frateschi e Jesuíta Barbosa, que expuseram o trauma do solitário homem).

Débora Bloch está impecável como Lígia e esta personagem tem tudo para ser a melhor da sua carreira na televisão. Ela tem feito ótimas cenas com Leonardo Medeiros (Lauro), Malu Galli ----- que interpreta sua irmã Irene (uma workaholic que deixa a vida pessoal em segundo plano) ---- e Ângelo Antônio, que vive o passivo Vicente, homem com quem Lígia se casou e reconstruiu a vida. É a primeira vez que o público pode ver a atriz em um tom tão naturalista e com uma personagem de tanto destaque.

Além dos acertos já mencionados e das relações bem construídas, vale citar também a forma como os demais personagens estão sendo apresentados: aos poucos. Esta estratégia é muito válida, pois serve para provocar pequenas movimentações na história a cada semana e ainda expõe a personalidade de cada um com mais precisão. A novela começou focada exclusivamente no núcleo central e mostrou poucos perfis. Agora, de forma gradativa, os demais vão surgindo e engrandecendo o enredo. Vide a chegada de mais dois meios-irmãos: o retraído Bernardo e a arrogante Laila, que provocou um verdadeiro furacão na trama, mexendo com a vida de todos. Guilherme Lobo não demorou para mostrar o seu talento e Maria Eduarda de Carvalho está maravilhosa.

Maria Flor (Taís, oceanógrafa que se envolve com Pedro) e Vanessa Gerbelli (Marina, antiga namorada de Miguel) são outras ótimas atrizes que entraram recentemente para enriquecer o já entrosado e talentoso elenco. Vale mencionar ainda a primorosa trilha sonora, repleta de músicas de qualidade, com destaque para 'Pais e Filhos' (Legião Urbana), 'Epitáfio' (Titãs), 'All Star' (Cássia Eller e Nando Reis), 'Blowin In The Wind' (Dan Torres) e o lindo tema de abertura 'What A Wonderful World' cantado por Tiago Iorc.

A vida é a grande protagonista e a maior vilã de "Sete Vidas". Partindo desta 'filosofia', Lícia Manzo tem conseguido contar uma história delicada e repleta de bons dramas. O horário das seis precisava tê-la de volta para presentear o público com relacionamentos profundos e emocionantes, cheios de tipos humanos. São muitos os atrativos que convidam o telespectador a acompanhar este folhetim. A novela está tão harmônica e bem construída que nem é para ser assistida e sim contemplada. Um produto da melhor qualidade. Que siga assim até o final.

76 comentários:

Andressa Mattos M. disse...

Sérgio, há quanto tempo. Dei uma sumidinha mas voltei. Perfeita a sua crítica. Essa novela está perfeita. Tão perfeita quanto A Vida da Gente. Será que continuará assim até o final como aconteceu com a outra? Torcendo pra isso. Depois daquela novela tão precária e mal escrita, o horário estava precisando mesmo de um folhetim como esse. O Texto é lindo e os personagens de fácil identificação. Todos muito humanos. Lícia é uma autora que já merece o horário nobre. E ainda bem que não colocaram essa novela às 23h. Não tinha nada a ver com o horário tardio e sim com o das 18h mesmo. Beijo.

Fernanda disse...

A novela é um primor, Sérgio. Estou encantada. Seu texto veio em boa hora. A novela não tem aquele ritmo alucinante mas não tem nada de arrastada. É pra ser contemplada mesmo de tão delicada que é. Gosto de todos os personagens e de todo o elenco. E que elenco! A trilha foi uma surpresa pra mim, não imaginava que seria tão boa. Só música linda. Júlia e Pedro e Ligia e Miguel são os melhores casais, além dos principais também. Não perco um capítulo. E concordo com todo o seu texto.

Anônimo disse...

Essa novela é bem feitinha e tem qualidade. Das que estão no ar, é a melhor.

Henrique disse...

A novela é redondinha. E nem precisa daquelas cenas frenéticas que a superestimada Avenida Brasil praticamente obrigou todas a ter. Ela conta a vida daquelas pessoas e nos prende.

F Silva disse...

Algo a comentar...

Gostaria de destacar o 7º parágrafo. A novela não apenas começou focada na história dos protagonistas, pois Lícia Manzo continua focando sua novela no drama central e isso é ótimo.

As tramas paralelas são muito boas e de fato elas aparecem gradativamente. Vemos claramente que alguns personagens que estão surgindo vão coadjuvando a trama central, ajudando no seu desenvolvimento. Essas tramas paralelas ocupam o tempo e o espaço certo na exibição da trama e não ofuscam a excelente trama central.

Novela boa é assim, onde nós identificamos a trama central com seus protagonistas, as tramas paralelas com seus personagens coadjuvantes e os de apoio, tornando possível o desenvolvimento de uma trama bem costurada e de fácil acompanhamento por parte do seu público.

De fato é uma obra pra ser contemplada Sérgio.

Abraços...

Ulisses disse...

Linda novela. Mas só terá 4 meses não é? Uma pena.

Alexandra disse...

Sérgio, Sete Vidas é ótima, mas é muito triste durar apenas 4 meses. Tenho certeza que a Lícia teria fôlego para levar a novela até agosto ou setembro!

Rafaella disse...

Me sensibilizei com seu texto e concordo. A novela é linda e dá vontade de acompanhar. Delícia de história que me conquistou logo de cara. E a trilha? Um presente para os ouvidos.

Reinaldo SP disse...

Olá Sérgio, levando em consideração tudo o que foi apresentado até agora, não nos resta nenhuma dúvida de que ´´Sete Vidas´´ é a melhor novela no ar atualmente. Os atores Débora Bloch, Domingos Monagner, Isabelle Drummond e Jayme Matarazzo estão honrando com competência os postos de protagonistas da trama - suas escalações foram um acerto completo: Débora Bloch já merecia a tempos uma protagonista, que atriz magnífica; Domingos Montagner por fim recebeu um papel a sua altura, desde Cordel Encantado estavam devendo isso a ele, o ator teve apenas papéis regulares em Salve Jorge e Joia Rara; Após o erro ´´Geração Brasil´´, Isabelle Drummond voltou com tudo e apagou de vez a esquecível Megan; Jayme Matarazzo, que não teve um papel tão grande em ´´Sangue Bom´´, esta podendo mostrar todo o seu potencial na trama, confesso que estava um pouco desconfiado de sua capacidade à principio.
Ghilherme Lobo esta ótimo na pele de Bernardo e seu personagem já é um dos grandes destaques da trama juntamente com Maria Eduarda que esta perfeita na pele de Laila - a atriz deu um tom perfeito e impecável à personagem.
A personagem Elisa de Letícia Colin tem me chamado bastante atenção, após um papel extremamente pequeno em Além do Horizonte, a atriz tem mostrado uma atuação surpreendente e bem segura de si com destaque à cena em que quase é estuprada (a atriz já havia passado por uma situação semelhante e bem mais forte na trama Chamas da Vida da Record) - Colin, com certeza, merece mais oportunidades na Globo.
Malu Galli está impecável como Irene, sua personagem complexa e cheia de nuances tem proporcionado à atriz grandes cenas com Débora Bloch.
É necessário também destacar Cyria Coentro (não consigo imaginar a maravilhosa Ana Beatriz Nogueira na pele de Marlene, o papel combinou perfeitamente com Cyria), Cláudia Mello, Gisele Fróes, Ângelo Antônio, Walderez de Barros (a atriz estava fazendo muita falta), Leonardo Medeiros, Mariana Lima, Ângelo Antônio, Fernando Belo, Selma Egrei, Cláudio Jaborandy, Maria Manoella e a participação especial e marcante de Jesuíta Barbosa.
Maria Flor, Fernanda Rodrigues e Vanessa Gerbelli, que entraram apenas recentemente, são gratas surpresas à trama, tenho certeza de que suas personagens serão bem aproveitadas.
Regina Duarte, Bianca Comparato, Fernando Eiras e Michel Noher ainda não apareceram na trama, tenho ótimas expectativas com relação às personagens de Duarte e Comparato.
Lícia Manzo tem mostrando ser uma das melhores autoras atuais da emissora, espero muito vê-la futuramente no horário nobre da Globo.

Anônimo disse...

Novela divina e muito bem escrita. Quero ver se aqueles malas que odeiam a Globo terão coragem de vir aqui criticar essa produção!

Karen disse...

O ponto alto dessa novela é a sensibilidade do enredo. Tudo é muito real e bonito de se acompanhar, até mesmo as atitudes equivocas que alguns tomam. É humano. Lícia já entrou pra galeria de renomados autores do Brasil e o reconhecimento que está tendo na Globo é justíssimo. A Vida da Gente foi linda e Sete Vidas tem tudo para seguir o mesmo caminho.

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Vim trazer-te um abraço e votos de uma BOA PÁSCOA

Anônimo disse...

O bom dessa novela é que tudo anda rápido mas sem correria ou cenas absurdas feitas pra fazer o espectador de trouxa. A trilha é linda também e a abertura muito bonita.

Nita Oliveira disse...

Vim para conhecer, e gostei muito de tudo! Vou seguir para não perder de vista! Adorei a postagem.
Beijo.
Nita

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Simplesmente, a melhor novela no ar no momento. A autora Licia Manzo encanta com seu texto sensível, o elenco foi bem escolhido. Estou gostando dessa novela assim como gostei da anterior, da mesma autora,A Vida da Gente. Gosto da música de abertura, uma regravação de What's a wonderful world, e de Blowing in the wind. Lindas imagens na Antártica.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Desejo uma Feliz Páscoa para você,Sérgio, e seus familiares.

Lilly Silva disse...

Nunca consigo assistir as novelas das 18Hs pois não dá tempo. Porém minha mãe assiste, e acaba me contando ( assisto como se fosse rádio novela kkkkkk ), e ela parece legal. Sei que a escolha do Iorc na abertura foi maravilhosa, amo a música, e o cantor...
Fui sua curtida número 2000 de sua página do Facebook \o/
Parabéns!!!
Beijos e beijos e tenhas uma feliz Páscoa!!!

http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

Vera Lúcia disse...


Que ótimo texto, Sérgio!
Lamento não estar acompanhando a novela, pois o horário não permite. As chamadas mostram o quanto a trama é envolvente. Pensei na possibilidade de Júlia não ser meio-irmã de Pedro, pois a relação dos dois é muito linda. Vi a cena do beijo entre eles. Um casal que merece viver esse amor aparentemente proibido. Que bom que o horário das seis (18 horas) foi premiado com uma novela de qualidade.

Feliz Páscoa para você e família.

Abraço.

Karina disse...

Oi Sérgio!
Como eu sempre digo ela é a sucessora do bom Manoel Carlos (aquele dos tempos de Laços de Familia, História de amor, Por amor...) que a próxima novela dela seja as 21hrs.
Tenha uma excelente páscoa, amado! *-*

Michele Oliveira disse...

Sérgio, ótimo seu texto como sempre. Eu, como fã do texto de Licia Manzo, estou acompanhando a novela Sete Vidas, embora ela ainda não tenha me envolvido como aconteceu com AVDG. Mas com certeza é a melhor trama global no ar atualmente. Isabela e Jayme realmente teem uma ótima sintonia em cena. Pedro e Júlia é quase unanime entre a torcida, embora a personagem da Maria Flor seja uma fofa.Já quanto ao Miguel, o que vc chama de complexidade no personagem eu chamo de covardia mesmo. Com trauma ou sem trauma, uma coisa é não querer assumir um compromisso, outra coisa bem diferente é deixar todo mundo pensar que ele está morto para não precisar assumir nada...Vicente é um homem integro e com uma capacidade de se doar que o Miguel nunca terá. Isso é ser passivo? Pode ser para alguns...para mim isso é grandiosidade de caráter. Enquanto o Miguel brinca de navegador solitário,Vicente está segurando as barras que ele deveria segurar...Enfim, Sete Vida, assim como AVDG,é uma obra primorosa...

Raylan Soares disse...

Que novela linda, Sérgio! Sem dúvidas a melhor no ar atualmente. Débora Bloch está estupenda na pele da protagonista, merece um prêmio. Não só ela, mas todo o elenco. Que bom que a Elisa ganhou trama própria e não serviu apenas de personagem orelha, a Letícia Colin é ótima. À primeira vista, a trama pode parecer lenta mas é impressionante a quantidade de acontecimentos que já nos foram mostrados. Que siga assim até o final e que pena que ela durará pouco. Lícia Manzo já está no meu top 3 de autores favoritos, ao lado de João Emanoel Carneiro e Maria Adelaide Amaral.

Ed Taborda Assunção disse...

Acho que gostar de Sete Vidas é uma unanimidade. A novela é excelente e os diálogos riquíssimos. Essa novela poderia ser uma novela das 9 sem problemas. Tomara que a Lícia seja promovida. Pena eu não poder mais estar acompanhando a trama por causa de compromissos, mas acompanho sempre que posso pela Internet por que ela é maravilhosa. Júlia e Pedro são um casal excelente, Isabelle finalmente sendo valorizado depois daquela péssima Megan. Esse é o melhor papel dela desde a Cida de Cheias de Charme. O Jayme evoluiu muito desde que estreou na TV. Débora em um dos seus melhores papéis até agora e Domingos Montagner excelente também. Adorei a Laila assim como todos os outros personagens, muito bem vividos por seus intérpretes. Como é bom ver a Maria Flor em uma novela depois de tanto tempo. E a trilha sonora é uma das melhores que já vi. Lícia já era uma das minhas autoras favoritas e agora está entre as primeiras. Acho que a novela ser curta não é prejudicial não, todas as novelas deveriam ser mais curtas mesmo pra não correr o risco de enjoar, embora duvide muito que essa trama enjoe. E a próxima não me anima muito, espero que a Elizabeth Jhin acerte dessa vez como acertou em Escrito Nas Estrelas.
Abraços

Anônimo disse...

Não assisto essa novelinha nem sei se presta portanto vou falar de Babilonia: poucas vezes vi algo tão ruim, tão chato, tão tosco quanto essa novela. E pensar que a excelente Dono do Mundo foi tão criticada na época, hoje é ouro perto dessa tal de Babilonia. E nada tem a ver com boicote, a novela é terrível mesmo, um mico, um king kong pra globo, pro Gilberto Braga, pra gloria pires e todo o elenco dessa joça. O engraçado é ler o texto empolgadíssimo desse blog na estreia da novela, kkkk, só esse Sergio Santos mesmo.

Sissym Mascarenhas disse...



Olá Sergio,

Somente hoje, por acaso, assisti um capitulo. Ela parece agradavel. Não tenho como seguir, mas minha filha pode e disse que está gostando.

Aproveito o momento para lhe desejar um otimo Domingo de pascoa.

Bjs

Luma Rosa disse...

Oi, Sérgio!
Como comentei anteriormente, as chamadas com imagens deslumbrantes e Jayme Monjardim como diretor eram um convite e tanto para assistir a novela.
Alguma coisa aconteceu no dia da estréia e não pude assistir. O que fez quebrar a minha rotina de sempre assistir o primeiro capítulo para decidir se vou acompanhar.
Daí você imagina o que aconteceu. Quem sabe num repeteco eu venha assistir?
Um feliz domingo de páscoa para você e sua família!!
Beijus,

Anônimo disse...

Estou adorando a novela, todos os atores estao otimos fora que é tao bom ver de volta atrizes como Walderez de Barros, Fernanda Rodrigues, Maria flor e Leticia Colin (ainda lembro bem de sua marcante personagem Vivi de Chamas da vida). Espero q a novela siga mantendo esse ritmo ate o final, é uma novela maravilhosa

Matheus Nogueira disse...

Sérgio,´´Chiquititas´´já tá na reta final e ´´Cúmplices de Um Resgate´´já iniciou as gravações.e a Larissa Manoela já tá impressionando os próprios colegas de elenco nas primeiras gravações.basta um pouco de concentração e ela consegue chorar em cena.

Matheus Nogueira disse...

só continuando,Sérgio,a Larissa chora sem esforço

Kauê disse...

Sete Vidas sem dúvidas é a melhor novela no ar atualmente. Estou adorando acompanha-la. A trama é riquíssima os personagens tem uma bagagem e tanto, aparentemente a trama parece lenta mas já aconteceu tanta coisa em tão pouco tempo. A introdução gradativa dos personagens e de uma certa forma todos ligados ao enredo central é um ponto positivo! A trilha sonora é maravilhosa assim como a abertura que é muito linda tbm. A direção do Jayme Monjardim esta em ótima sintonia com o riquíssimo texto de Lícia, as fotografias são lindas, belas imagens. O elenco é maravilhoso e é tão bom ver os atores defendendo o texto de uma forma tão consiste como vem acontecendo. Deborah Block esta ótima como Ligia e Domingos Montagner está mt bem. Isabelle é uma das melhores de sua geração e ela tem em mãos uma ótima personagem fazendo jus ao seu talento. Destaque tbm para Letícia Colin, Guilherme Lobo, Jayme Matarazzo, Maria Flor e Vanessa Gerbelli. Atrizes como Malu Galli, Gisele Fróes, Walderez de Barros dispensam comentários. Sete Vidas é um primor quase não tem do que se queixar. Tbm espero ver Lícia Manzo no horário nobre em breve, competência e talento não faltam.

Lulu on the sky disse...

Oi Sérgio,
Essa novela é de uma delicadeza absurda. Pena que passa às seis, se fosse no horário nobre com certeza alcançaria um bom IBOPE. Sou fã da Isabelle Drummond desde que ela era a Emília do Sítio do Picapau Amarelo.
Boa Páscoa para você.
Big Beijos
Lulu on the Sky

Gabriel Fonseca disse...

Essa é a minha novela preferida, a melhor atualmente.Aquela Alto Astral era boazinha, mas está deixando a desejar por causa da Laura que antes era uma mocinha forte e determinada e acabou virando uma completa idiota cedendo as chantagens do Marcos e aquela Babilônia é do mesmo nível de Insensato Coração, ruim demais.Sete Vidas tem um ótimo texto, personagens humanos e as coisas acontecem na hora certa não tem um ritmo frenético mas também não é lenta como aquela horrível Em Família.

Amanda Ventura disse...

Uma beleza de novela, em todos os aspectos - texto, fotografia, direção, elenco, trilha sonora. Quando não consigo assistir no horário, procuro ver depois.
Me encanta a forma como Licia Manzo constrói seus personagens, que parecem tão reais, tão próximos de pessoas que conhecemos de fato, e nada caricatos. Sem vilões fazendo maldades terríveis e sem mocinhas com comportamento politicamente correto o tempo todo (Júlia passará a noite com Pedro estando ainda casada com Edgard). Só mesmo Licia e Maneco conseguiram criar tipos assim.

Felisberto N. Junior disse...

Olá,Sérgio
já pelas chamadas, percebi que a novela teria muita delicadeza e sensibilidade , contemplá la como uma linda fotografia...acerto esse, de inserir pouco à pouco os personagens na trama...parabéns pela análise!
Feliz semana, belos dias,abraços!

Raquel DSP Paraiba disse...

Sérgio! Adorei seu comentário! Sete vidas é uma novela linda, repleta de beleza!
O conjunto da Obra tá magnífico, os atores, direção, fotografia e os textos realistas e profundos. Melhor novela que assisti depois de Vida da Gente.

Melina disse...

Sérgio, querido, assino embaixo dessa sua maravilhosa crítica. Sete Vidas é uma novela delicada, sensível, bem escrita e repleta de personagens densos e humanos. Estou encantada pela história e pela novela como um todo. Não vejo defeito em nada e em nenhum núcleo. Lícia é uma autora que sabe expor o universo humano com maestria. Seu texto exaltou tudo isso e a trilha é mesmo de muita qualidade. Esses 4 meses de novela passarão muito rápido. Um beijo.

Liveware Lu disse...

Gosto muito da novela, todos os atores estao se destacando muito bem, é muito difícil citar algum ponto negativo. Os atores estao dando um show a parte, Debora Bloch, Domingos Montagner, Malu Galli, Gisele Froes, Isabelle Drummond, Maria Flor, Jayme Matarazzo, Ghilherme Lobo, Maria Eduarda Carvalho, Leticia Colin todos os demais estão otimos.
Acho que ficarei com muitas duvidas com relaçao aos casais principais da novela, ainda nao sei direito para quem vou torcer horas torço para Ligia e Miguel se reencontrarem e recomeçarem o romance mas horas penso que Ligia ficaria melhor com Vicente, a personagem Marina não conta nesse triângulo porque Vanessa Gerbelli só ficara 40 capitulos. Com relaçao a Pedro, Julia e Tais é a mesma coisa, o jeito é esperar a história avançar mais e que venham mais surpresas.

Anônimo disse...

Pelo menos até agora, já considero SETE VIDAS como a melhor novela e produção de 2015, é uma verdadeira obra de arte, veremos quais outras produções da Globo se juntarão a ela nos próximos meses se bem que é bastante provável que Favela Chique entre na lista.

Sérgio Santos disse...

Quanto tempo msm, Andressa! E quanto tempo eu demorei pra responder vcs. É que tenho escrito mt texto e falta tempo. Concordo que a novela estão tão linda quanto AVDG e tomara que siga assim. Tb acho que não tinha nada a ver com o horário das 23h, a Globo fez mt bem em colocar às 18h, é a cara do horário. E ela tem feito por merecer o horário nobre mesmo.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Fernanda. E tb estou. Que novela primorosa! Dá gosto de acompanhar e não tem nada de arrastada mesmo. bjsssss

Sérgio Santos disse...

Concordo, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Nos prende mesmo, Henrique.

Sérgio Santos disse...

F Silva, desculpe a demora mais uma vez. E assino embaixo do seu comentário. A trama central é primorosa todos os núcleos paralelos são tão atrativos quanto e fazem um conjunto mt harmonioso. Novela deliciosa. Bjs

Sérgio Santos disse...

Pena mesmo, Ulisses, mas pelo menos deixa um gostinho de quero mais.

Sérgio Santos disse...

Tb acho que teria, Alexandra.

Sérgio Santos disse...

A trilha é outra qualidade, Rafaella. Um presente pros ouvis de fato.

Sérgio Santos disse...

Reinaldo, comentário excelente e desculpe a demora em responder. Eu concordo com todos os seus pontos mt bem colocados e pra variar não tenho o que acrescentar. Bianca Comparato entrou nessa quinta pra engrandecer o elenco. A novela está primorosa. Só discordo quanto a Ana Beatriz Nogueira pq acho que seria mt bom pra ela viver um tipo tão diferente quanto a Marlene. Mas Cyria é maravilhosa. A melhor novela no ar e Licia é uma autora excepcional. Abração!

Sérgio Santos disse...

Eles arrumam, anonimo... rs

Sérgio Santos disse...

Perfeito, Karen!

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Luis.

Sérgio Santos disse...

É verdade, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Seja bem vinda, Nita! bjs

Sérgio Santos disse...

Exato, Elbira, a melhor novela no ar. Impecável e bem construída. Uma delícia. Licia merece todos os elogios. E mt obrigado, espero que vc tenha tido uma ótima Páscoa. Desculpe a demora em responder.

Sérgio Santos disse...

Lilly, vc foi minha curtida número 2000? =D Adorei. Mas não tem prêmio. :( rs Bjs e obrigado pelo comentário!

Sérgio Santos disse...

Vera, vc ia amar a novela. E espero que tenha tido uma ótima Páscoa. bjão!

Sérgio Santos disse...

É verdade, Karina! E ela tem feito por merecer mesmo. Obrigado, linda, espero que tenha tido uma excelente Páscoa. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Michele. A novela é linda msm e o texto da Licia é de um sensibilidade absurda. Eu acho o Miguel um tipo mt complexo. Não acho que ele foge por causa dos filhos tanto que nem sabia desses filhos e só queria se isolar mesmo. Vicente é mt íntegro msm, mas é explorado por todos os lados. Bjs

Sérgio Santos disse...

Linda mesmo, Raylan! E Licia está na minha lista de autores favoritos desde AVDG. Ela é maravilhosa. E é a melhor novela no ar atualmente mesmo e Leticia Colin está ótima msm vivendo a Elisa. Aliás, o elenco todo. abçsss

Sérgio Santos disse...

Olha, poderia msm, Ed, facilmente. É uma trama rica e mt atrativa. Tem valido a pena assistir a cada capítulo. A Maria Flor merecia voltar msm e deu sorte pq voltou nessa novela linda depois de ter estado ano passado na maravilhosa O Rebu. Isabelle ganhou um grande papel msm, e todos os atores ganharam bons tipos. abçsss

Sérgio Santos disse...

Ah, Ed, a Jhin tb não me anima mt, mas o elenco tá ficando bom.

Sérgio Santos disse...

Sissym, sua filha tem bom gosto. =) A novela é um primor. Linda, linda! Bjs e espero que tenha tido uma linda Páscoa!

Sérgio Santos disse...

Ah, que pena, Luma, vc ia gostar tanto... E não tem problema ver msm tendo perdido o primeiro cap. bjssss

Sérgio Santos disse...

É msm, anonimo, a novela ainda tem o mérito de trazer de volta essas ótimas atrizes!

Sérgio Santos disse...

Larissa tem talento msm, Matheus.

Sérgio Santos disse...

Kauê, onde eu assino?

Sérgio Santos disse...

É de uma delicadeza absurda mesmo, Lulu. Um prazer de se acompanhar. bjs

Sérgio Santos disse...

A minha tb, Gabriel. Eu ainda acho Alto Astral mt boa de se ver e nem acho que Laura tenha virado idiota. Na verdade ela não tinha msm o que fazer com essa chantagem do Marcos. E Babilônia começou ótima mas tá decaindo cada vez mais. Pena. Licia merece todos os elogios mesmo. abç

Sérgio Santos disse...

Amanda, desculpe a demora. E é verdade, todos os personagens são 100% reais e humanos. A vida é a vilã por isso não tem vilões. A trama está perfeita e tem valido mt a pena acompanhar. E que bom que vc está acompanhando pq lembro de vc dizendo que talvez não fosse ver. bjssss

Sérgio Santos disse...

E tem msm, Felis. abçs!

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Raquel. E que saudades de A Vida da Gente! Impecável e tocante. bjs

Sérgio Santos disse...

Eu tb não vejo defeito em nada, Melina, e os 4 meses passarão rápido msm. O primeiro, inclusive, já passou. bjs

Sérgio Santos disse...

Tb gosto mt, Livewere Lu. A novela está perfeita e harmônica. Eu torço por Ligia e Miguel pq dá pra ver que, apesar de gostar mt do Vicente, ela não o ama. Basta cogitar a hipótese do Miguel estar vido que ela fica desnorteada. Pena que a Vanessa só ficará 40 capítulos porque ela é ótima. E torço pra Julia e Pedro pq dá pra ver que eles se amam mt. Bjs

Sérgio Santos disse...

Até agora é a melhor novela de 2015 mesmo, anonimo. Fato.

Juliana Santos disse...

Novela linda, maravilhosa, encantadora, emocionante... como não amar "Sete Vidas". Melhor novela atualmente. Por mim eu assistiriam horas e mão me cansaria. Pena que vai durar pouco tempo. Boogie oogie ficou séculos no ar, e essa obra prima tem que acabar logo. Que pena. Mas ainda tem muita coisa ainda. Bjssss

Filha do Rei disse...

Acabei de deixar o comentário sobre "Babilônia" e agora chego à "poesia" de que falei. "Sete Vidas" é um refrigério :): tem problemas, intrigas, mas são gente como a gente.É muito bom sentar e assisti-la.

Tenha uma abençoada semana! Bjs

Sérgio Santos disse...

Pena mesmo, Juliana. Novela tão linda como essa... A outra durou um tempão. Injusto. Bjão!

Sérgio Santos disse...

Perfeito, Cléu. E tinha certeza que vc iria gostar dessa novela! bjs