sexta-feira, 10 de abril de 2015

Após período turbulento, "Vídeo Show" tenta voltar aos bons tempos e acerta com as novas mudanças

Há tempos que o "Vídeo Show" enfrenta uma maré turbulenta. Todas as alterações feitas no programa ao longo destes anos não surtiram o efeito esperado e só pioraram o que já estava ruim. Porém, uma luz no fim do túnel pôde a ser vista na estreia de uma nova fase da atração, que começou a ser exibida nesta segunda-feira (09/04). O formato sofreu novas mudanças e desta vez parece que as medidas tomadas deixaram o conjunto bem mais atrativo.


Zeca Camargo (que definitivamente não se deu bem na atração) foi desligado e efetivaram Otaviano Costa na apresentação --- que já vinha ocupando este posto há uns meses. Mas, agora há uma bancada, igual a dos telejornais da emissora, onde ele comanda o programa ao lado de Monica Iozzi, uma das melhores surpresas desta nova fase. Ela também virou apresentadora fixa e, por tudo o que vem mostrando, ficará muito tempo no posto.

Outra mudança foi a volta do 'ao vivo', experiência testada (sem sucesso) na época que André Marques, Ana Furtado, Fiorella Matheis, Geovanna Tominaga e Luigi Baricelli apresentaram a atração. Com este formato de telejornal e tendo dois 'âncoras' que se saem bem no improviso, transmitir o conteúdo em tempo real foi um acerto e tanto.
Esta nova dinâmica ---- com direito a comentários dos apresentadores ao longo da exibição das matérias e entrevistas feitas sem um roteiro pré-determinado ---- deixou o "Vídeo Show" muito melhor. 

O programa ainda foi presenteado pelo retorno de duas figuras que têm suas trajetórias profissionais diretamente ligadas ao formato: Cissa Guimarães e Miguel Falabella. A primeira está de volta (após um período cobrindo as férias de Ana Maria Braga no "Mais Você", ao lado de André Marques) com o quadro semanal 'Gentem como a gente', onde entrevista atores/atrizes, abordando a intimidade e a vida deles de uma forma bem informal. O segundo, honrando o ditado 'O bom filho a casa torna', entrou para o time com o objetivo de encerrar diariamente a atração, proferindo pensamentos ou histórias para o público.

A estreia de Cissa foi com Cássia Kiss e a conversa das duas, que são grandes amigas, foi ótima e descontraída. Já Miguel vem encerrando a atração desde então, com mensagens interessantes e dando boa tarde com aquele gesto tão característico de agradecimento com as mãos que marcou sua trajetória no comando do programa. Ele, aliás, na estreia, fez questão de dizer o quanto que tem carinho por este produto que o consagrou como apresentador:
"Ó nós aqui outra vez. Apresentei o 'Vídeo Show' por 15 anos, de 1987 a 2002. Desde então, nunca fiquei exatamente afastado do programa. São quase 30 anos de uma relação muito afetuosa e me honra sobremaneira estar aqui. Pretendo continuar por um bom tempo encerrando o 'Vídeo Show' com vocês, dividindo pérolas e pensamentos."
Foi uma declaração que evidenciou bem o carinho que ele sente pelo programa.

Além de todas estas acertadas mudanças, a atração voltou a focar mais nos seus arquivos, provocando uma nostalgia boa no telespectador. Entretanto, apresentou um novo quadro com o Marcelo Serrado chamado 'Me engana que eu gosto' que se mostrou bem desnecessário ---- um pequeno equívoco em meio a tantos êxitos. Fica visível que o programa, agora sob a direção de Boninho novamente, está tentando retornar aos bons tempos. E vale destacar o ótimo desempenho de Monica Iozzi, que formou uma boa dupla com Otaviano Costa. O conjunto só não está perfeito porque ainda não trouxeram de volta o clássico 'Falha Nossa', com erros de gravação das novelas inéditas exibidas atualmente. Mas o saldo desta nova fase está bem positivo.

Após uma sucessão de mudanças catastróficas, o "Vídeo Show" (que está há mais de 30 anos no ar, podendo ser considerado um dos produtos mais longevos da televisão) parece que reencontrou seu rumo. Se continuar do jeito que está, a atração tem tudo para receber o retorno da audiência, renovando seu fôlego por muitos anos. 

46 comentários:

Marília disse...

Tava na hora! Eu nem vi esse quadro do Marcelo Serrado e pelo que li é melhor não ver mesmo. E Falabella tinha que voltar mas na bancada ao lado da Monica. O Otaviano não dá, é muito exagerado. E O Falha Nossa continua sendo reprise, nada de erros novos.

Anônimo disse...

Concordo sobre a Monica, a volta do Falabella e da Cissa e sobre essa bancada tipo telejornal. Mas Otaviano continua chato, não vi muita mudança nas matérias e acho desnecessário ser ao vivo.

Zyon disse...

Ricardo Waddington terminou de afundar o Video Show e Boninho foi chamado para o salvamento, embora na fase dele o programa não estivesse nada interessante. Só que agora parece que ele realmente acertou com as mexidas e eu gostei de tudo, até desse quadro do Marcelo Serrado. Acho que o intuito foi esse mesmo, ser algo banal e meio zoado. O Falabella encerrar dá uma nostalgia boa e Cissa é uma simpatia.

Ricardo Cortes disse...

Eu só vi o da estreia e gostei. A Globo deveria valorizar mais esse programa porque todas as concorrentes querem copiar e não conseguem.

Anônimo disse...

Qual mudança SIGNIFICATIVA houve? A Globo não entendeu ainda que mudar cenário e apresentadores, ao vivo ou gravado, não faz diferença nenhuma se o conteúdo do programa continua o mesmo. Assisti na segunda por curiosidade e hoje de novo pra ver se mudou alguma e olha só: bastidores das gravações de Babilonia, conversa com os big brothers, entrevista com os atores de malhação... AH FAÇAM O FAVOR! O publico quer ver nostalgia, coisas do fundo do baú e não esse monte de bobagem sobre a programação atual. Tanto que o ibope já voltou a cair. E aquela tal de Monica Tozzi(?) que moça retardada, parece ser ate meio analfabeta, nem lendo ela consegue pronunciar os nomes dos atores, um horror! Aliás coisa mais boba aqueles dois naquela bancada, colocaram o Falabela só pra encerrar, enfim, um desastre! Ah, o mais novo ESCANDALO envolvendo a globo e sua costumeira manipulação é que descobriram que as enquetes pra escolher reprise de novelas no viva são FAKES, aff, ninguém merece essa emissora mais.

Henrique disse...

Só queria saber pq não exibem mais o Falha Nossa inédito. É só erro que já passou quatrocentas vezes. Será que a Globo proibe agora exibirem erros de suas produções?

Sol disse...

Na minha opinião teria ficado muito melhor se o Miguel e a Cissa estivessem na bancada.

Anônimo disse...

Ok, concordo com tudo, mas vc não achou um absurdo tirarem o clássico do Michael Jackson da vinheta? Era uma característica fundamental do programa!

Gabriel disse...

Mônica Iozzi é com certeza o nome dessa nova fase do vídeo show jáh gostava dela agora virei fã. O entrosamento dela com o Otaviano (que as vezes acho exagerado demais) tá muito bom. E o mais legal é com certeza os comentários deles em cima da matéria, as ironias da Iozzi é o melhor.
Mas acho que tem coisas que ainda fazem falta como o Michael Jackson na abertura e falha nossa inéditos q eu não cconsigo entender pq eles não fazem sendo q é o quadro de mais sucesso do programa.

Maxxi disse...

Olha Sérgio, pela primeira vez tenho a duscordar muuuito com você.

Em primeiro lugar, quem deveria retornar ao comando do Vídeo Show eram Cissa e Falabella. Depois do desperdício dela nas novelas, isso era essencial.

Ai vem o Otaviano... Até o acho engralado, mas para manter-se engraçado ele faz de tudo, exagera na dose em muitos momentos. A Monica está me matando de vergonha. Parece que esta na bancada do CQC, onde ser engraçado é necessário. Achei uma escolha equivocada.

Enfim, o Vídeo Show não precisa ser ao vivo. É um bom programa que nao necessita de expedientes ao vivo. Vídeo Show já foi um programa inesquecível da tarde. E tem uma receita fácil: bastidores de novela, nostalgia e falha nossa. Quasr não vejo nostalgia, resumos de novelas antigonas e as Falhas Nossas ayuais nem existem. Outro dia vi o Otaviano fakando sobre una declaraçao do Ed Motta, nada a ver com essa estrutura e após a reportagem ainda rolou uma crítica embananada do Otaviano. Uma pena. Qual a necessidade disso
Resultsdo, e então miiiito ruim. Mas ainda melhor que com Ana Furtado...

Karina disse...

Oi Sergio!
Finalmente o Video Show ta voltando a suas raizes adorei a volta do Miguel e da Cissa e penso que o programa deveria ser apenas com eles apesar da Mônica estar excelente mas queria ela no "Amor e Sexo" acho que combinaria mais. Tenho gostado muito do quadro do Marcelo, acho que ele tem talento para apresentador também.

Filha do Rei disse...

Sérgio, felizmente acertaram!! Ufa! Que bom! :)

Anônimo disse...

As mudanças de antes foram uma porcaria mas as de agora foram positivas. Mas pra voltar aos bons tempos ainda falta muito.

William O. disse...

Aos que queriam o Falabella na bancada, já digo que seria impossível com o ritmo de trabalho dele. O máximo é esse encerramento que ele pode gravar em um dia e olhe lá. Gostei do seu texto, Sérgio, e concordo com quase tudo, menos com o fato de ser ao vivo que pra mim não altera em nada.

Vera Lúcia disse...

Olá Sérgio,

Não assisto mais ao'Vídeo Show', mas espero que as mudanças sejam positivas. Pelas chamadas, pude perceber que haveria mudanças importantes e capazes de recuperar a audiência do programa. Admiro muito o trabalho do Falabella e da Cissa Guimarães. O Zeca Camargo realmente não tinha o perfil do programa.
Gostei muito de ler suas ótimas considerações.

Excelente domingo.

Abraço.

Lulu on the sky disse...

Preciso descobrir o horário da reprise no VIVA pra eu ver.
big beijos

Ed Taborda Assunção disse...

Sérgio, ainda não pude assistir ao novo Vídeo Show :/ Mas gosto da Mônica Iozzi e espero que ela esteja bem. Não gosto muito do Otaviano não, acho ele meio forçado... Mas pelo menos tá deixando de ser um anexo da Flávia Alessandra. Zeca Camargo realmente não combinava com o programa. Mas eu queria mesmo era o Miguel e a Cissa apresentando, mas fazer o quê. Até na época do André Marques eu gostava mais. "Falha Nossa", "Espelho Mágico", "Túnel do Tempo" eram quadros bem legais. Gostava muito do Vídeo Game na época em que era com atores, depois colocaram anônimos e ficou chato. Enfim, espero que o Vídeo Show volte aos tempos áureos. É um programa marcante para a maioria das pessoas.
Abraços

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Eu estou amando as mudanças, acho que agora vai... rsrs abraçoss

Clau disse...

Oi Sérgio,
Fiquei feliz quando soube
Cissa Guimarães e Miguel Falabella,
retornariam ao Vídeo Show!
Gosto muito deles.
E vc tem razão, para completar esse conjunto
de mudanças positivas,
seria excelente se mostrassem os erros de gravação.
O quadro Falha Nossa seria sucesso garantido!
Bjs \o/

Anônimo disse...

KKKKKK, HOJE O "NOVO" VIDEO SHOW AMARGOU O TERCEIRO LUGAR COM MISEROS 7 PONTOS, ATRÁS DE RECORD E SBT. ESSE POVINHO DA GLOBO ACHA QUE ALGUEM VAI SE INTERESSAR EM ASSISTIR SÓ PORQUE COLOCOU AQUELES DOIS PATETAS AO VIVO E ABERTURA NOVA? QUEM QUER VER BASTIDOR DE BABILONIA? QUEM QUER VER BBB? ACORDA GLOBO OU O FIM ESTA PROXIMO!

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Também gostei do novo-velho Videoshow, Sérgio. Deu até vontade de voltar a assistir.

Maxxi disse...

Por favor, Sérgio, desconsidere o texto anterior repleto de erros e considere este:

Olha Sérgio, pela primeira vez tenho a discordar muuuito com você.

Em primeiro lugar, quem deveria retornar ao comando do Vídeo Show eram Cissa e Falabella. Depois do desperdício dela nas novelas, isso era essencial.

Ai vem o Otaviano... Até o acho engraçado, mas para manter-se engraçado ele faz de tudo, exagera na dose em muitos momentos. A Monica está me matando de vergonha. Parece que esta na bancada do CQC, onde ser engraçado é necessário. Achei uma escolha equivocada.

Enfim, o Vídeo Show não precisa ser ao vivo. É um bom programa que nao necessita de expedientes ao vivo. Vídeo Show já foi um programa inesquecível da tarde. E tem uma receita fácil: bastidores de novela, nostalgia e falha nossa. Quase não vejo nostalgia, resumos de novelas antigas e as Falhas Nossas atuais nem existem. Outro dia vi o Otaviano falando sobre una declaraçao do Ed Motta, nada a ver com essa estrutura e após a reportagem ainda rolou uma crítica embananada do Otaviano. Uma pena. Qual a necessidade disso?
Resultado: muuito ruim. Mas ainda melhor que com Ana Furtado...

Carlos disse...

Quiseram transformar o vídeo show numa mistura de TV Fama com CQC, deu no que deu: o ibope já caiu de novo. Tem que colocar mais coisa antiga que é o que prende publico hoje, as coisas atuais não causam mais interesse face a pobreza da programação da globo.

Sérgio Santos disse...

Pois é, Marília, o Falha Nossa continua repetindo erros, não entendo... Mas o Falabella ficar todo dia apresentando o VS ao vivo não teria como. Ela tá cheio de trabalhos pra fazer, teatro, séries, enfim, impossível. Que bom que ao menos ele conseguiu fazer esses encerramentos.

Sérgio Santos disse...

Entendo, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Zyon, concordo totalmente com seu comentário, menos com o quadro do Serrado pq achei mt ruim msm.

Sérgio Santos disse...

Tb gostei, Ricardo.

Sérgio Santos disse...

Anonimo, claro que houve uma mudança significativa no formato todo. E claro tb que vão fazer bastidores da programação atual, afinal, é propaganda pra eles mesmos. Mas tá tendo quadros relembrando coisas antigas tb. Ao menos melhor do que tava ficou. E, nossa, que escândalo, hein? Até fiquei aliviado pq era duro acreditar que tinham votado pra Tropicaliente ser reprisada...

Sérgio Santos disse...

Tb não entendo, Henrique. É um mistério pra mim.

Sérgio Santos disse...

Sol, a Cissa até poderia msm, mas o Miguel é impossível, ele tá mt atarefado, não tem condições.

Sérgio Santos disse...

Ah, isso concordo, anonimo, tb acho que tirar aquele clássico do Michael foi um erro grave. Era uma característica vital do programa.

Sérgio Santos disse...

Verdade, Gabriel, a Monica foi um grande acerto e acredito que ela só sai do programa se quiser, pq está ótima e entrosada msm com Otaviano. Tb não entendo isso do Falha Nossa, é algo incompreensivel.

Sérgio Santos disse...

Entendo, Maxxi. Tb acho que o programa ainda tá long de ser o que era, tanto que coloquei no título "tenta voltar aos bons tempos". Mas ainda assim ,achei a escolha da Monica mt acertada e ela funcionou com o Otaviano, que concordo exagera mtas vezes. Mas com ela até que fica melhor pq ela se comporta como se fosse a gente constrangido.

Quanto a Cissa, fato, seria uma ótima apresentadora, mas o Falabella não tem mais tempo pra apresentar todo dia ao vivo o VS. Sorte que ele arrumou tempo pra gravar os encerramentos, que provavelmente são feitos em um dia rápido de gravação. Mas entendi seu ponto de vista. abçssss

Sérgio Santos disse...

Oi Karina. Acho que a Monica ficaria mt tímida no A&S pq ela não curte mt se expor, ela faz mais uma personagem quando apresenta, por ex. Lá ela teria que ser ela mesma... Bjssss

Sérgio Santos disse...

Menos mal, Cleu.

Sérgio Santos disse...

Tb acho que ainda falta mt, anonimo. Mas já é um progresso.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, William, e é isso msm. Não teria como o Falabella apresentar.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Vera. Bjão!

Sérgio Santos disse...

Acho que é antes da reprise do Mais Você, por volta das 17h, se não me engano, Lulu.

Sérgio Santos disse...

Oi Ed. Quando ver me diga o que achou. Tb gostava mt do Video Game com atores, mas depois ficou chato com anônimos. E eu nunca gostei do Espelho Mágico, até pq é um quadro só pra merchan. Mas desses outros eu gosto. A Monica está mt bem e até que fez uma boa dupla com o Otaviano. Abçs!

Sérgio Santos disse...

Vamos ver, Kellen... rs bjs

Sérgio Santos disse...

Pois é, Clau... Bjão!

Sérgio Santos disse...

Melhorou bastante, Elvira. Tava um desastre antes.

Sérgio Santos disse...

Eu sinceramente não vi nada do TV Fama e nem do CQC no novo VS, Carlos.

Ed Taborda Assunção disse...

Assisti e tá beeeeeeem melhor do que era mesmo. Só o Otaviano que eu continuo achando chato mesmo. Mas a Mônica é perfeita pra bancada. E o encerramento com o Falabella é ótimo também. Só achei ruim tirarem a música clássica da vinheta. Eu cresci ouvindo aquela música... Era uma marca do programa.

Sérgio Santos disse...

Tb achei péssima a saída da vinheta clássica, Ed. Mas o formato melhorou bastante. A Monica é ótima pq ela mostra um constrangimento hilário pelas palhaçadas do Otaviano.