terça-feira, 1 de abril de 2014

"Divertics" não conseguiu divertir

A Globo tentou apresentar uma nova proposta com o "Divertics", que se encerrou no último domingo (30/03), após 18 programas. A ideia era exibir esquetes de humor mescladas com apresentações circenses, interação da plateia e improvisos dos atores. Sem dúvida foi uma proposta promissora, entretanto, o resultado não foi o esperado.


A plateia, por vezes, soava forçada, várias esquetes deixaram a desejar e, apesar do grande elenco escalado, o riso não vinha fácil. Era perceptível que algumas situações apresentavam um humor mais característico de internet (vide o canal "Porta dos Fundos") e outras apelavam para o estilo mais popularesco. Ou seja, tentaram unir todos os tipos de público em uma só atração; atitude mais do que válida, só que infelizmente sem causar o efeito desejado.

Rafael Infante, Maria Clara Gueiros, Roberta Rodrigues, Nando Cunha, Luis Fernando Guimarães, Ellen Roche, David Lucas e Marianna Armellini são ótimos e fizeram bem o que era proposto, ainda que várias esquetes não tenham funcionado. Mas quem se destacou mesmo foi Leandro Hassum. O humorista conseguiu divertir até mesmo em situações sem um pingo de comicidade graças ao seu talento
de improvisação. Seus improvisos provocavam risos em seus colegas de cena e também em quem assistia. Ele lembrou muito Miguel Falabella, no "Sai de Baixo", quando o ator fazia de tudo para tirar a concentração de Aracy Balabanian, por exemplo.

Leandro foi o grande acerto de uma atração que pecou na junção de muitos elementos. As próprias intervenções de Jorge Fernando (sempre sendo filmado editando, dirigindo e dando palpites nas cenas) não funcionaram. Tudo era muito ensaiado e o telespectador conseguia notar com facilidade que nada daquilo era natural. Até algumas risadas da plateia soavam artificiais.

A Globo se equivocou ao colocar esse tipo de programa para substituir o já bem aceito "Esquenta!", durante a época de Natal, férias e Carnaval. O erro de estratégia, inclusive, foi comprovado no dia do encerramento do humorístico, que saiu de cena com 11 pontos de audiência, ocupando a vice-colocação, perdendo para a Record, que obteve 12 pontos.

O "Divertics" foi uma boa tentativa de sair da mesmice e todos os envolvidos no projeto merecem crédito por terem arriscado. Porém, lamentavelmente, o produto ficou bem aquém do esperado e não funcionou como deveria. Uma segunda temporada foi descartada e agora todos os atores já estão encaminhando outros projetos, enquanto Jorge Fernando começa a se preparar para a direção de "Búu", novela das sete supervisionada por Silvio de Abreu. Ou seja, página virada para todos.

42 comentários:

Thallys Bruno Almeida disse...

Divertics não passou de um Zorra Total aprimorado na aparência com banda, auditório, le parkour e tantos outros mas se esquecendo do principal: o roteiro. Não é difícil entender porque recentemente sofreu derrotas para o dominical recém-lançado pela Record (não que Geraldo Luís seja bom, mto pelo contrário, mas Divertics era tenso demais). E do (felizmente) pouco que vi acho que nem o Hassum conseguiu se destacar.

A Globo não tinha nada que tirar o Esquenta justamente da época que consagrou o programa, o verão e o carnaval. Ainda bem que vai tarde.

✿ chica disse...

Posso apenas ver as críticas ,ler e não posso opinar.Não assisti! abração,tudo de bom,chica

Felisberto Junior disse...

Olá, Bom dia, Sérgio
seu título do post já "disse" tudo, Divertics não conseguiu divertir.Também, penso que "tentaram" misturar muita coisa e até,podemos dizer, com várias pessoas talentosas tal como o Hassum, inquestionável e a Marianna Armellini de quem sou fã e não deu "liga".Fica para a próxima!
Obrigado,belos dias,abraços!

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Também não gostei do Divertics. Foi um desperdício de talentos em quadros sem graça. Difícil dizer se ele ou Zorra Total é pior. Saiu do ar sem deixar saudades.

Bell disse...

Eu não gostei, achei sem graça.
O Zorra já foi melhor, caiu na mesmice.
Complicado sobreviver um programa de comédia sempre com as mesmas coisas.

Anônimo disse...

Divertics foi muito chatics!!!!!

MARILENE disse...

Sergio, que programa chato!!! Grandes nomes e nada de humor agradável e verdadeiro. Ainda bem que, como mencionou, é "página virada" (rss). Bjs.

Filha do Rei disse...

É, não deu certo. Ótimo diretor, ótimos atores, mas não encantou, não nos fez gargalhar com vontade.Que pena!!
Tenha uma linda semana. Bjs

Flávia disse...

O Hassum foi a salvação do programa mesmo! Quando via só via por ele e ria bastante. Mas o resto foi ruim demais da conta, Sérgio. bjjjjjjjjjj

Melina disse...

Sabe que nem achei tão ruim, Sérgio? Até consegui me divertir e passar o tempo nas vezes que acompanhei. Não foi uma maravilha mas até que gostei. Um beijo!

Bia Hain disse...

Oi, Sérgio! Até que eu assistia o progrma, mas nem de longe se pode colocar como humor de primeira linha. Acho que o excesso de elementos não coexistiram bem e isso apagou um pouco o talento de ótimos humoristas do programa. Um abraço!

Barbie Californiana disse...

Tentei assisti e não me animei para continuar, mas achava que só eu estivesse achando chato... rsrss beijinhos

Anônimo disse...

GLOBO JÁ ERA, ACEITA QUE DÓI MENOS. E ISSO NÃO TEM VOLTA, LEMBRA A MTV? FOI PIORANDO, PIORANDO ATÉ ACABAR...

Cc disse...

É ate divertido ver o sergio todo empolgado no twitter comentando minuto a minuto a programação da globo, novelas e programas que quase ninguém mais assiste e ele lá todo empolgado, kkkk. E por falar nisso só agora acessando a internet fiquei sabendo que hoje era a final do bbb, mas quem se importa com isso?

Lulu on the Sky disse...

Nunca gostei do programa, desde que começou achei super fraco. Desperdício de tempo e de talentos.
big beijos
Lulu on the Sky

Smareis disse...

Achei super chato esse programa Sérgio, muitos talento jogado fora. Humor fraco demais.
Ultimamente estou mais ligada no Discovery, aqui tem tanta coisa bacana pra gente ver. Gosto demais.
Bjs e ótima semana!

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Olá amigo eu tentei assistir, até achei graça de alguma coisa mas o formato não me agradou, os atores eram bons mas nem sempre convenciam, fica p próxima Divertics!!! Abraçosss

Milene Lima disse...

Esse Rafael Infante é de onde? Não o conhecia, gostei dele, é engraçado. O texto diz tudo. O programa veio cheio das vontades de tentar fazer diferente, mas fez diferente demais, ao ponto de não fazer rir. Aí lascou, né?
Beijo, Sergio.

Patricia Galis disse...

Vi só o programa de estreia e depois desisti não me divertics nada rs

Leonardo Avelino disse...

E o programa foi uma decepção, mas para passar o esquenta que e outra porcaria e melhor passar um filme nesse horário ou jornal, que e bem mais satisfatório que os dois programas.

Sérgio Santos disse...

Thallys, não acho que o Divertics era um Zorra Total. As propostas eram diferentes. Mas não agradou mesmo pq resolveu juntar muita coisa e esqueceu da graça.

Sérgio Santos disse...

Ok, Chica. bjsssss

Sérgio Santos disse...

A tentativa foi válida, Felis, mas se equivocaram. Faz parte. abçs

Sérgio Santos disse...

Eu acho que o Zorra é bem pior, Elvira. Mas o Divertics tb não foi feliz. bjs

Sérgio Santos disse...

É verdade, Bell. bj

Sérgio Santos disse...

Boa, anônimo. rs

Sérgio Santos disse...

Pois é, Marilene, o elenco era muito bom, mas a graça veio em raros momentos. bj

Sérgio Santos disse...

Cléu, isso só ajuda a confirmar que não existe fórmula pro sucesso. Às vezes há tudo, mas falta algo. bj

Sérgio Santos disse...

Eu tb ria com o Hassum, Flávia. Ele é ótima no improviso e tirava os outros do sério. bj

Sérgio Santos disse...

Melina, eu tb achei bom em alguns momentos. Mas achei o saldo geral ruim. bjão

Sérgio Santos disse...

Bia, gostei do seu comentário. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Não foi não, Barbie. rs bj

Sérgio Santos disse...

Vc tá comparando a Globo com a MTV, anônimo? Ok...

Sérgio Santos disse...

Cc, é engraçado? Que bom que vc se diverte.

Sérgio Santos disse...

O programa sofreu rejeição mesmo, Lulu. bj

Sérgio Santos disse...

Smareis, no geral, tudo deixou mt a desejar mesmo. bj

Sérgio Santos disse...

Eu tb ri de algumas esquetes e principalmente do Hassum, Kellen, mas no geral não foi bom. bj

Sérgio Santos disse...

Milene, ele é do Canal Porta dos Fundos, do Kibeloco. Conhece? Ele é mt bom mesmo e tb gosto dele.

Pois é, inovar é sempre válido, mas dessa vez não deu mt certo. Ficou mta coisa junta. bjs

Sérgio Santos disse...

Entendo, Patrícia. rs bj

Sérgio Santos disse...

Leonardo, acho o Esquenta! um bom programa, mas eu não gosto pq não faz meu estilo. E já tem a Temperatura Máxima que passa antes, outro filme não dá. É melhor ter um programa mesmo.

Anônimo disse...

Faltou um roteiro decente pois os atores fizeram o possível mas o roteiro era pobre demais. Mas valeu o empenho dos atores.

Sérgio Santos disse...

Bom ponto de vista, anônimo.