sexta-feira, 28 de março de 2014

"Malhação", "Joia Rara", "Além do Horizonte", "Em Família" e a fraca atual fase da Globo

A atual fase da Globo não anda nada boa. Seus quatro principais produtos de teledramaturgia estão com os números de audiência abaixo do esperado e as produções têm deixado muito a desejar. Nem sempre Ibope alto significa qualidade, tanto que "Lado a Lado", "Guerra dos Sexos" e "Sangue Bom" ---- três fracassos que não mereceram os índices baixos --- são exemplos relativamente recentes que comprovam esse fato. Porém, a novelinha adolescente e as três novelas atuais têm pecado em vários pontos, diminuindo qualquer chance da situação ser revertida e fazendo por merecer os números indesejados.


"Malhação" já começou equivocada ao priorizar uma história infantilizada, onde o colégio ficava em segundo plano. Os adolescentes não apresentaram conflitos atraentes e o foco era somente os dilemas amorosos dos personagens. Após uma temporada muito bem escrita, onde vários tipos emplacaram, como a periguete Fatinha (Juliana Paiva), foi impossível não fazer uma comparação e perceber que o nível caiu muito. Embora a audiência da atual fase tenha melhorado em virtude do término do horário de verão, a trama em si continua fraca e desinteressante.

"Joia Rara" está em plena reta final, mas lamentavelmente a história não foi bem conduzida e Duca Rachid e Thelma Guedes acabaram deixando vários personagens sem função e a trama ficou voltada para as fugas de Manfred (Carmo Dalla Vechia) e os constantes sequestros praticados pelo vilão. O resultado
foi um natural desgaste da novela, que ficou repetitiva e sem grandes atrativos, apesar do ótimo elenco e da qualidade dos cenários.

"Além do Horizonte" conseguiu diminuir ainda mais os baixos índices da ótima "Sangue Bom". O ibope do horário das sete da Globo despencou e o público estranhou ver uma trama que não tinha a comédia como foco principal e sim um enredo de suspense. Porém, a história demorou demais para ser desenvolvida por Carlos Gregório e Marcos Berstein, o que automaticamente afastou o telespectador sem paciência para assistir personagens discutindo teorias filosóficas sobre a 'felicidade'. Mas com o tempo, algumas alterações foram feitas ---- como a formação do casal Marlon e Lili e o aumento da importância do núcleo da Comunidade ---- e a trama melhorou significativamente. Entretanto, apesar das nítidas evoluções, está longe de ser classificada como uma grande obra. No máximo regular.

Já "Em Família" é a última novela de Manoel Carlos e o autor merecia encerrar esse seu ciclo em grande estilo. Porém, a substituta de "Amor à Vida" já começou enfrentando problemas com a audiência, levando a Globo a editar os capítulos e acelerar a história. Ou seja, Maneco acabou ficando sem frente e o elenco tem reclamado do atraso dos roteiros. Além dessas desagradáveis questões, Gabriel Braga Nunes, segundo vários veículos de imprensa, tem aborrecido seus colegas e causado problemas nas gravações. Para piorar a situação, a trama tem se arrastado e não tem apresentado acontecimentos relevantes para o telespectador. Nada parece se desenvolver e o excesso de diálogos irrelevantes entedia. O resultado desse desanimador conjunto é um desinteresse do público, baixa repercussão e índices preocupantes ---- o folhetim tem lutado para conseguir chegar aos 30 pontos, média de uma novela das sete.

Com seus quatro principais produtos apresentando dificuldades, a Globo agora aposta suas fichas nas estreias que estão por vir. E, ao que tudo indica, serão boas produções. A próxima temporada de "Malhação" será escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm. E como a autora foi uma das responsáveis pela bem escrita fase passada (apelidada de 'De volta às origens'), a novelinha adolescente ---- que sofrerá uma pausa durante a Copa do Mundo ---- tem chances de se reerguer. O remake de "Meu Pedacinho de Chão" (próxima novela das seis de Benedito Ruy Barbosa) despertou atenção por causa do diretor Luis Fernando Carvalho, que optou por um tom lúdico e no estilo "Alice no país das maravilhas". Já "Geração "Brasil" (novela das sete) e "O Rebu" (novela das onze) prometem devido ao bom elenco escalado e aos autores que escreverão ---- Felipe Miguez e Izabel de Oliveira, responsáveis pelo sucesso "Cheias de Charme", e George Moura, responsável pela excelente "Amores Roubados", respectivamente.

Mas enquanto as novas produção não chegam, a Globo vai enfrentando um período desanimador, onde "Malhação", "Joia Rara", "Além do Horizonte" e "Em Família" não conseguem apresentar tramas atrativas, provocando um desinteresse do telespectador e causando problemas nos números de audiência. Que essa tenebrosa fase passe logo. A emissora e o público agradecem.

105 comentários:

Nequéren Reis disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
OX disse...

Nossa, que crítica boa! Gostei, Sérgio! Não poupou nada! E eu não tenho acompanhado nada justamente por causa disso! Estou aguardando O Rebu!

Anônimo disse...

Saudades de Malhação com a Fatinha, de Lado a Lado, de Sangue Bom, de Amor À Vida, de Saramandaia... Agora a programação é um pé no saco!

Thallys Bruno Almeida disse...

Eu só digo que o fracasso de Malhação e ADH é merecido, ainda mais a primeira. Mas o de Joia e Em Família, sinceramente? Não acho nem um pouco merecido mesmo.

Em um primeiro momento, pode-se pensar que Joia e Em Família fracassaram por trazerem elementos já tradicionais das novelas. Mas o fracasso de ADH prova que não, já que a novela de Gregório e Bernstein trazia uma abordagem totalmente nova e também foi rejeitada.

Joia decaiu na reta final com a repetição das fugas do Manfred e a falta de destaque de algumas tramas paralelas, mas mesmo sendo a trama mais fraca de Duca e Thelma, não acho que mereça o fracasso sabe porquê? Pela postura das autoras, em especial Thelma. A entrevista que elas deram no jornal O Globo mostra um pouco disso. É uma qualidade que aprendi a valorizar. O respeito pelo público que ainda as acompanha. Será uma gigante injustiça se Joia levar a pecha de pior audiência das 6 do horário. Mesmo com as falhas que aparentou, não merecia nunca.

E vamo combinar que Em Família tb sofreu com um pouco de má vontade de alguns comentários feitos pouco antes de sua estreia. Há alguns acontecimentos que faltam ser explorados sim, caso do triângulo Helena-Luiza-Laerte, a forma estranha como vem sendo retratado o casal lésbico, o fato de Shirley ainda não ter "agido" após seu retorno. Mas uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra. A novela precisa de cenas que representem acontecimentos importantes, mas não adianta cobrar alta velocidade do Maneco, porque correria nunca foi com ele, é só ver como exemplo História de Amor no Viva.

Me dá a impressão de que o grande público não tem mais paciência para tramas contemplativas, com ritmo mais ameno. Virou praticamente uma obrigação haver viradas atrás de viradas, núcleos cômicos que às vezes nem sempre dão certo, velocidade alucinante, etc. E isso explica o "eterno luto" que muitos têm por Avenida Brasil - luto esse que incomoda, afinal tivemos tramas superiores. Isso pode abrir um precedente perigoso. Este outro texto, aliás, define bem o quão chata é essa sensação (http://porcoselefantesedoninhas.blogspot.com.br/2014/01/sindrome-pos-avenida-brasil.html). Ainda mais que Avenida Brasil foi o último sucesso legítimo do horário (não apenas nos números de ibope, mas na repercussão verdadeiramente positiva).

Ação é bem-vinda quando bem explorada e quando todas as sequências têm acontecimentos importantes como fundo (tenho visto alguns capítulos recentes de Pecado Mortal na Record e pude perceber que Carlos Lombardi vem acertando em cheio).

Da nova fase aposto mais em Geração Brasil e O Rebu (esta mais pela curiosidade de ter o tempo linear embaralhado), e em segundo lugar em Buu. Em Falso Brilhante apenas alguns elementos me interessaram.

Lucas disse...

Na parte onde vc diz que audiência não significa qualidade faltou citar Amor à vida, que podia ter audiência mas qualidade que é bom passou longe, reclamou de diálogos irrelevantes, como se na novela passada das 21 hs tivesse diálogos complexos e profundos..ha ha ha..tinha gritaria e cafonice isso sim....

Anônimo disse...

Só novela chata! E a esse Lucas, a gritaria e a cafonice de Amor à Vida conquistaram os telespectadores e ainda deixaram os haters com raiva porque sempre falam da novela toda hora!!!!! kkkkkkkk

Anônimo disse...

O núcleo da como sempre maravilhosa Giovanna Antonelli é o único que salva a novela das 9.Já deu pra perceber um padrão: problemas de audiência? Gio Antonelli neles! (e, claro, a Tainá Müller também tá maravilhosa na personagem)

No mais, concordo com tudo, Sérgio!

Vera Lúcia disse...


Oi Sérgio,

Realmente, a Globo não anda numa boa fase com suas novelas. Embora eu não assista todas elas, acabo acompanhando alguma coisa enquanto a televisão está ligada, além de pegar alguns lances na internet. De todas, lamento em especial por 'Em família', pois Manoel Carlos merecia encerrar sua última novela de uma maneira marcante.

Ótimo final de semana.

Abraço.

Felipe disse...

Você sempre escreve boas críticas mas essa está entre as suas melhores. Concordo em gênero, número e grau!

✿ chica disse...

Desses todos, só assisto a Em FAMÍLIA, que, por sinal, anda mais chatinha. Essa ultima semana quase nem aguentei assistir, mudava o canal... Tomara melhore! abração, lindo fds! chica

Anônimo disse...

Realmente, todas as novelas da globo estão um fiasco, mesmo em familia com elenco maravilhpdo -Natália do vale, ana bratriz Nogueira, Viviane Pasmanter, Gio Antonelli...- a trama tá chata, talvez, não só ppr culpa dp Maneco, mas pela má escolha dos protagonista, Julia lemertZzzzzzzzz não conseguiu pegar a graça de uma personagem principal, falta sal nessa mocinha, mas, pra compensar Bruna t um arraso! Já Humberto, um ótimo ator, mas avho q ele não está se sentindo bem no personagem! E a divissima Natalia maravilhosa como sempre.
Adh eu prefiro nem comentar, acho que desde aquele beijo, nâo tem uma novela tão ruim das sete!
Joia rara é uma novela ótima, elenco de primeira, historia legal, cenario fantastico, mas, já sabemos que novrla das seis raramente faz sucesso, o unico exemplo q eu lembro agora foi mulheres de areia, que foo o maior ibope da globo em novrla das seis, e ja foi vendido para 109 paises -Gloria e Laura arrasando como sempre-.
E sobre malhação: SAUDADES LIA, FATINHA, GIU, DINHO, ORELHA ...

Fernando Oliveira disse...

Primeiramente, Sérgio parabéns pela crítica.

Minha opinião:
"Jóia Rara" é boa pelo lado folhetinesco, tem todos os ingredientes de numa boa novela, no entanto teve um inicio morno (um dos problemas que conheço de "Em Família", mas que não deve ser regra), principalmente pela expectativa criada em torno das duas tramas: a primeira, de autoria das badaladas Thelma e Duca que vinham do sucesso "Cordel Encantado". A segunda por ser a última do Maneco, também badalado e competente autor de novelas. Eu vi apenas o inicio de "Em Família", portanto me abstenho de opinar sobre a novela por inteiro.

Sobre "Além do Horizonte", acho que os autores tiveram humildade para reconhecer os equívocos no roteiro e competência para modificar o que não estava funcionando, tudo isso com a ajuda do ex-"Malhação", Ricardo Hofstetter. Para aproximar-se de uma parcela do público, juntaram Lili e Marlom. Já William funcionou bem melhor com Celina. Os núcleos cômicos foram melhor aproveitados e a trama policialesca envolvendo o vilão LC-William-polícia ficou mais atrativa. Enfim, uma novela regular que cresceu alguns pontinhos na audiência e que mesmo não dando todo o retorno esperado, é bem tratada pela emissora que a produz.

Sobre “PECADO MORTAL” posso falar com propriedade, pois assisto desde o inicio. Todos os 131 capítulos exibidos até ontem, 28/03/2014 demonstram o amadurecimento e a coragem de um novelista em ousar fora da emissora que o consagrou. Difícil apontar um erro ou furo no roteiro da novela. Todas as cenas de ação, comédia, drama, enfim, todas deram bons ganchos e foram importantíssimas para o enredo. Isso acontece desde o inicio, não é genialidade do autor e de seus colaboradores que passou a ocorrer recentemente. A ação está impregnada na novela desde o capítulo n° 1 exibido em 25/09/2013. Amo "Pecado Mortal", novela onde o mocinho é um herói que resolve tudo estrategicamente e em família!

MARILENE disse...

Sergio, não há chamativo em nenhuma delas, realmente. Ficar sem assistir não faz diferença porque nada acontece de importância.
Gabriel Braga Nunes não é bom ator e houve uma escolha infeliz.Nenhum de seus trabalhos me agradou. Lamento por Manoel Carlos sair de cena com um fracasso desses, em sua última Helena. Bjs.

Felisberto Junior disse...

Olá, Boa tarde,Sérgio
sim, "Malhação", "Joia Rara", "Além do Horizonte" e "Em Família" são exemplos típicos que a Plim Plim está em má fase. Malhação, é como tu disses, errou na mão, deixando a escola fora do plano principal.Somente, sinto muito pela "Em Família" que poderia ser melhor, em face de ser o último trabalho de Maneco.Uma pena!
Obrigado,belo finde, abraços!

Filha do Rei disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Filha do Rei disse...

É, a Globo não tem acertado, destas produções citadas ainda fico com Joia Rara, apesar do autor ter se perdido na história, tornando-a um pouco cansativa.
Tenha um abençoado fim de semana. Bjsss

Filha do Rei disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Pra min a pior de todas e EM FAMILIA que novela chaaaaaaaaata sergio nao suporto essa novela parada do maneco pra mim a ultima grande e maravilhosa novela escrita pela maneco foi mulheres apaixonadas a 11 anos atras

Anônimo disse...

Sergio querido guerra dos sexos mereceu sim o fracasso que teve foi uma das piores tramas do silvio de abreu so perde. Pra as filhas da mae que foi um pouco pior do que ela agora concordo com voce que lado a lado e sangue bom foram tramas injustisadas pois foram muito boas .

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

É verdade, Sérgio. Há tempos não acontecia uma safra tão desinteressante. Razão pela qual tenho assistido a essas produções esporadicamente.
Não achei que a fraca Guerra dos Sexos merecesse mais audiência do que teve. Mas Lado a Lado e A Vida da Gente foram injustiçadas.
As chamadas de Meu Pedacinho de Chão lembram também Cordel Encantado, Hoje é Dia de Maria e Saramandaia.
O remake de O Rebu promete, a começar pelo elenco. Mas prefiro obras inéditas.
Resta torcer por tempos melhores.

Alexandra Amaral disse...

Realmente essas novelas atuais são uma chatice. Joia Rara ainda consegue se salvar um pouco pois tem um ou outro personagem interessante, Além do Horizonte não tem solução mesmo, a novela deu uma boa guinada mas já está dando sono de novo, e sobre Em Família, vou mandar as inimigas assistirem pra entrarem em coma de tanto sono.

A Viajante disse...

Eu até tento gostar, mas tem sido tarefa difícil. Realmente o lindo do Gabriel Braga Nunes não agrada e nem convence. É muito covarde e nada admirável, pra ter tanta mulher babando por ele... vai entender?? risos.... beijo, querido!

Lulu on the Sky disse...

Ultimamente tá sofrível assistir a Rede Globo.
big beijos

Anônimo disse...

A temporada passada de Malhação foi muito marcante. Muitos personagens eram bem escritos e complexos e a história era envolvente apesar de alguns erros. Em família está muito parada e chata. Só tenho visto cenas de duas personagens pelo site da novela. Já ADH deveria ser uma minissérie. Ela não tem cara de novela e uma duração menor evitaria muitas enrolações da trama.

Clau disse...

Oi Sérgio :)
Adorei sua análise. Vc é imparcial!
Só não gostei de saber que 'Entre Família' está mal das pernas, afinal é a última novela desse grande autor, então é uma pena os capítulos não estarem sendo relevantes. Se a trama fosse atraente, a aceitação do público seria outra...
Bjs \o/

Melina disse...

Sérgio, querido, que bela crítica! Tocou em todos os pontos e não deixou pedra sobre pedra. A Globo não anda numa boa fase mesmo e não tem uma novela que eu tenha conseguido assistir. Malhação não conto pq raramente vejo, mas a das seis eu abandonei há muito tempo, essa das sete eu larguei na primeira semana e a Em Família provoca sono imediato.

Novelas mal desenvolvidas, com enredos fracos e personagens chatos! Que falta eu sinto da minha Sangue Bom e também de Amor à Vida que faziam uma dobradinha ótima!

Eu também estou animada com O Rebu! Parece que será boa! As outras não me interessei, mas tomara que surpreendam. Até porque pior do que essas será bem difícil. Um beijo e bom domingo!

Bruno Marques disse...

Acho que essa é a pior fase das novelas globais em todos os tempos!!!
É a primeira vez que eu não consigo gostar de nenhuma!!!
Espero que as coisas melhorem com as próximas!!!
Abraços Sérgio!!!

Rita Sperchi disse...

Olá Serginho bom dia1

Assisto malhação desde que começou, só que dessa vez não gostei muito, aparece mais coisas sobre comida do que o colégio então.....

As outras novelas estão ai passando e nada de efeito melhora, cada uma com sua história e nada de empolgar o publico...Jóia Rara eu até gosto, mas as fugidas do malvadinho é de lascar mesmo....mas me divirto com ela é a melhorzinha
Além do Horizonte acho que já deu o que tinha que dar, sem palavras até pra falar dela de tão chata.
Em Família tem bons atores como eu disse ,mas tadinhos tem que fazer um papel que nem sempre agrada, por isso que o Laerte fica nervosinho acho que o papel dele é ruim demais.....HELENA essa atriz é uma raridade mas tbém coitada tem hora que é melhor ficar calada, ainda bem que é apenas ficção senaõ ......
Bom falei..
Bjusss de bom domingo até mais

_______________Rita!!

Thallys Bruno Almeida disse...

Ah, mais uma coisinha, como assim "diminuindo as chances de reverter a situação" pra uma novela das 9 que ainda tem quatro ou cinco meses pela frente? É totalmente injusto condenar uma novela desse jeito. Isso não é nem nunca foi crítica imparcial e fundamentada, é pura e simples viuvez da novela anterior. É uma pena que esse tipo de viuvez impeça de enxergar o que a novela tem de bom.

Sissym Mascarenhas disse...



Sérgio,

Só consigo assistir a ultima delas, tambem considero tipo mamao com açucar. Ouço de outras pessoas críticas negativas quanto as 2 primeiras. Eu, francamente, não esperava uma novela "forte" vinda do escritor para o horario nobre. Ela segue o estilo que ele sempre faz, algumas vezes o enredo caí melhor ao gosto e outras não. Contudo, gosto muito de ler as cronicas dele, não perco uma.

Deve ser algo cíclico, momentos que acertam e outros não. Desta vez, nenhuma das 03 consegue chamar atenção de maneira diferenciada.

Bjs

Thallys Bruno Almeida disse...

Em outras palavras, foi de uma extrema precipitação sua condenar Em Família dessa forma como se a novela fosse um caso perdido. De uma injustiça sem precedentes com Manoel Carlos. Mas, enfim, se ela fosse de autoria do Walcyr ela seria (aliás, qualquer uma das quatro) maravilhosa, impecável e não sei o quê mais lá... Nem dava pra esperar algo diferente.

Se fosse só o gosto pessoal, não haveria problema nenhum, mas a forma como vc defendeu Walcyr, a arrogância dele ao assumir o horário nobre e os mais variados defeitos, em minha humilde opinião, tira a legitimidade desse artigo.

Andressa Mattos M. disse...

Sérgio, muito bom o seu texto. Estou de pleno acordo mas nem queria estar porque isso é péssimo para nós espectadores. Asa produções atuais estão muito fracas e deixam a desejar. Não dá vontade de acompanhar novela nenhuma.

Gostaria de saber a razão da agressividade do comentarista Thallys. Desqualificar o Sérgio só porque discorda dele? Você não diz gostar dele? Não parece pelo tom dos seus comentários.

Gustavo Nogueira disse...

Concordo totalmente com você, Sérgio.As quatro tramas atuais realmente não empolgam: essa atual temporada de Malhação é muito fraca, nem de longe chega aos pés da temporada anterior, que era ótima na minha opinião.A minha opinião sobre Joia Rara você já sabe, rs.Além do Horizonte parece que melhorou, mas mesmo assim não me empolga e eu não acompanho muito a novela.Assisto Em Família, mas falta ritmo, algo que prenda o telespectador.Por enquanto, os destaques da trama são a Viviane Pasmanter, Angêla Vieira e Vanessa Gerbelli.O núcleo composto por Giovanna Antonelli, Reynaldo Gianechini e Thainá Muller não me empolga.

Letícia disse...

Boa noite meu caro Sérgio...

Não estou acompanhando praticamente as produções da Globo, agora, nesta última semana é que vou assistir joia rara para acompanhar o desfecho... Quando as outras, não perco meu tempo... Malhação, eu acho os protagonistas não insossos, nem perco meu tempo... Além do Horizonte, eu assisti os primeiros capítulos e não me empolgou, sei que as novelas da sete tem tradição para a comédia e não acho errado a Globo tentar inovar um pouco, o problema é que a novela era muito estranha mesmo, não era atraente, e isso fez que o espectador fosse buscar outra coisa para fazer...
Já Em Família, apesar da linda música de abertura com a Ana Carolina o resto não chama a minha atenção, talvez a culpa seja do Félix de Mateus Solano, me deixou muito mal acostumada kkk e era tão agradável ver o Félix com seu Carneiro que me fez perder o interesse, pela sucessora de Amor a Vida... Falando sério agora, eu acredito que erros cometidos ainda na produção da novela, escalando atores que não corresponde aos personagens que interpretam... Como já disse em posts anteriores, sei que existe a tal licença poética, porém quando se vê uma Helena que na fase dos quarenta anos, mas parece ter muito mais idade, e isso vale para o Virgilio também, apesar do belo trabalho do Humberto Martins, ele não aparenta um homem de quarenta e poucos anos... O irmão da Helena parece ser muito mais novo que a irmã caçula que é interpretada pela maravilhosa Giovana Antonelli, é evidente que algo não se encaixa... A Helena parece ser muito mais velha que sua tia interpretada pela Vanesse Gerbelli... Ok como disse há a tal licença... Agora a estória não me atrai muito... A implicância de Helena por Laerte, qualquer um percebe que há um amor recolhido ali e muito mal resolvido... As investidas da Marina para Clara eu já acho um pouco exageradas, o autor poderia trabalhar mais isso usando de delicadeza... Atrairia mais o público, principalmente que vi um comercial em que o marido da Clara vai descobrir uma grave enfermidade...
Vi chamadas de "Um pedacinho do céu, achei lindas, porém dá um certo medo, pois é algo tão inovador para uma obra mais longa como uma novela... Quem sabe dê certo... Gosto muito trabalho do Luis Fernando Carvalho, principalmente quando não tenta ser tão autoral...
Quem sabe a Globo tenha mais sorte com suas próximas produções, capacidade para fazer isso ela tem...
Bjs Sérgio e uma ótima semana...

Lucas disse...

Fazer o que né Anomimo se o povão gosta é de espetáculos bizarros..só lamento. Mas isso é só no Brasil, a prova disso é que Avenida Brasil foi esmagada por Lado a Lado no Emmy....

Pedro Bertoldi disse...

Oi Sérgio.
Realmente a fase não anda bem. 2013 foi um ano bem mormo na TV. Creio que estamos passando pela ressaca. Malhação nem assisto mais. Joia Rara pouco assisto, mas não considero uma novela ruim.
Além do Horizonte voltou a estaca zero nessa fase que se encontra. Em Familia quase durmo. Não acontece nada. Maneco não merecia fechar seu ciclo com a marca da menor audiencia do horario nobre da globo. Tomara que ele mude de ideia e me venha com uma Por amor da vida!
A nova Malhação.está me deixando ancioso. Já Meu Pedacinho de Chão, me deixa apreensivo. Tenho medo que LFC imprima seu tom intelectualoide a novela. Geração Brasil e O Rebu são a minhas aguardadas maiores. E temo que Falso Brilhante me faz temer uma Fina Estampa 2. Abraços!!!

Anônimo disse...

Olá, concordo totalmente com a sua critica, a globo tá com uma safra de novelas péssima. Quais são suas apostas para a nova das 18hrs? Acha que o publico vai curtir o clima "conto de fadas"? beijos.

Anônimo disse...

Das novelas do ano passado as únicas que me empolgaram foram Sangue Bom e Amor à vida. Amor a vida só gostei da empolgante e ótima trajetória do Félix. Sangue bom teve um ótimo elenco e excelentes criticas ao mundo dos famosos. Apesar de alguns erros terríveis e um elenco gigante com alguns atores desperdiçados tenho que admitir que me empolgou bastante. Dessas que estão no ar atualmente nenhuma me empolga. E Em família está surgindo agora um casal que talvez me anime. Mas, está difícil mesmo.

Barbie Californiana disse...

Com exceção de Em Família que estou acompanhando e gostando, não posso opinar nas demais, pois não as assisto, Sérgio... ;) Mas gosto de acompanhar suas opiniões. beijinhos

Anônimo disse...

Não tem a ver com o post, mas sabendo que gostou da participação do Marcelo no bbb, já viu o texto maravilhoso que o colunista Renato Kramer escreveu sobre ele? Se gostar, divulgue para seus seguidores, uma boa resposta e com todas as verdades sobre ele também, e quem falava dele. A melhor participação, junto com Poly! O nome dessa edição e o que salvou!
Vi pelo twitter da atriz Marina Ruy Barbosa que ela também gostava dele, como outros desse meio também, e repassou seu comentário sobre a melhor dupla desse bbb ter sido Marcelo e Poly!
Parabéns pelos seus comentários sobre eles também, colocou tudo deles muito bem, ainda mais sobre o Marcelo, que se mostrou e confirmou ser um ser humano maravilhoso, assim como ela também, mas ele então... E pela torcida nessa edição também!

Quanto a programação da Globo, realmente faz um bom tempo que não a assisto justamente pelas atuais atrações! Não gosto de nenhuma no momento, e esse bbb então, só salvou os que comentei mesmo, e depois das suspeitas de Boninho e se continuar assim todo o resto, tão cedo não volto a assistir a emissora. O que tenho mais assistido são canais fechados com suas séries. Dos abertos, Jô não vejo faz tempo, mas deve continuar bom como sempre, e Sbt é o que tenho acompanhado por uma boa reprise e a estreia do Danilo, que até então nunca tinha visto e achei bom!

Anônimo disse...

Ah, e lembrando agora, na falta de uma boa história na televisão também estou revendo uma vez ou outra, só os melhores capítulos, Avenida Brasil que está passando agora no México... É até engraçado pela dublagem feita, algumas bem parecidas e outras muito ruins, lembrando as de lá que passam aqui, mas é bom rever os bons capítulos do começo dessa novela.

E um último comentário sobre o bbb... Vi também que Marcelo falou em ser ator, o que me fez lembrar de como ele soube e se saiu bem na "brincadeira" com a Tatá Werneck na primeira semana, e que com bons profissionais e esforço ele realmente poderia se sair bem nisso, acredito mesmo.
Uma pena ter visto blogueiro que vive para criticar alguns artistas, subs, e detonar como se fossem qualquer coisa ex-bbbs que não gosta, debochando dele por isso.
É claro que muitos desses, como qualquer um que não precise participar do programa, queiram apenas se aproveitar disso e não realmente gostam ou querem fazer isso bem, mas nele acredito, até pela participação da Valdirene.
E com tantos ruins e que não se esforçam ou mesmo mostram interesse em ser bom nisso e mesmo assim estão aí, como no seu bem feito post sobre Caio Castro, e tantos assim formados, Aline mesmo no bbb, e esse desmerecendo e debochando de uma vontade provavelmente verdadeira dele, pelo resto.
Espero que ele seja muito feliz, pois merece, e mantenha o sorriso e educação de sempre, mesmo com aqueles que não se mostram merecedores desse tratamento dele! E aguente bem e ignore esses tipos, que devem ser iguais aos que ele precisou aguentar na casa, mas depois de ter passado por tudo aquilo e sendo quem é, esero e acredito que vai tirar de letra e logo voltar a sua vida, não precisando aturar nenhum desses...

Thallys Bruno Almeida disse...

Cara Andressa, a "agressividade" na verdade é a minha discordância da política de dois pesos e duas medidas que ele tem feito com Joia e Em Família por ter gostado da recente trama do Walcyr, que teve problemas parecidos e muito evidentes, criticadíssimos no twitter, mas que ele falou pouco ou quase nada. Na novela do Walcyr é "mesmo esticada mantém o ritmo, tem rodízio de núcleos, licença poética", mas em Joia, é "situações que se perderam, barriga, subestimar o telespectador" e outras pedras que ele atira. E depois quer falar em coerência. É isso que me desagrada.

Anônimo disse...

Em Família é podre. #prontofalei

Sérgio Santos disse...

Obrigado, OX!

Sérgio Santos disse...

Tirando Saramandaia, anônimo, eu concordo com vc. Abçs

Sérgio Santos disse...

Thallys, qual o seu comentário verdadeiro? O primeiro os os outros três? O que tem a ver a simpatia das autoras com a novela? Então vc considera isso pra avaliar uma obra? Se for assim eu teria que amar todas as novelas da Glória Perez pq mesmo ela tendo discutido com várias pessoas no Twitter, ela é uma pessoa maravilhosa e com uma história de vida admirável. Pare a pense nessa bobagem que vc disse. Eu adoro a Duca e a Thelma, mas não é por isso que tenho que achar a novela atual boa.

Eu não tenho dois pesos e duas medidas mas nem vou me alongar com isso pq meus textos e minha conduta falam por si. Eu tenho sim gosto pessoal, o que não me impede de apontar o que considero equivocado em novelas que gosto.

Olha, eu poderia pegar aqui vários textos criticando Av Brasil, mas é mta perda de tempo. A novela fez um baita sucesso, mas tb foi criticada, desculpa. Aliás, até BARRIGA falaram que ela teve.

Se vc tá achando a atual safra da Globo ótima como chegou a me dizer uma vez, aproveita e se delicie com as novelas. Eu acho que tá ruim demais. E o que vc chama de contemplativo em EF eu chamo de ritmo arrastado, falta de história e marasmo. Contemplação era o que havia em A Vida da Gente, com uma trama de ritmo mais devagar, mas que te envolvia em todos os capítulos. Vc consegue dizer o que tem acontecido na novela até agora? Desculpa, mas nada que não tenha acontecido há 2 semanas atrás, com exceção da doença do Cadu.

Eu disse diminuindo as chances, eu disse aniquilando as chances? O ibope caiu ainda mais pelo que li. O índice está catastrófico. E se continuar desse jeito não vai aumentar. Mas não disse que será impossível. Agora, das demais será sim quase impossível pq já estão todas acabando.

E partindo desse seu brilhante pensamento, eu critico ADH pq estou viúvo de Sangue Bom e critico JR pq estou viúvo de Flor do Caribe. Por favor, Thallys, esse tipo de argumento não. E eu não valorizo os pontos bons de EM? Então o texto que escrevi da Shirley e do Virgílio não serviram pra nada. Ok.

Se vc acha que meu texto não tem legitimidade, paciência. Lamento.

Sérgio Santos disse...

Lucas, confesso que não entendo quando se precisa criticar uma obra pra enaltecer outra. Eu acho vários diálogos de EF tediosos e que pouco acrescentam, mas nunca critiquei o texto em si pq cada autor tem um estilo de escrever. Tem quem ache o Maneco fútil pq ele só escreve pra rico, mas isso eu nunca apontei pq é o estilo dele.

Sérgio Santos disse...

Tão chatas mesmo, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Também acho, Vera. Maneco merecia um enceramento em grande estilo. bjs

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Felipe.

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, Chica.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, acho a Júlia ótima como Helena. A personagem é que é chata. O elenco é bom mas a trama dá sono. Olha, JR enfrentou problemas e o horário prejudicou tb, mas não é por isso que não fez sucesso. Além de Mulheres de Areia, vieram mtas outras depois que fizeram um baita sucesso, incluindo O Cravo e a Rosa, Chocolate com Pimenta, Alma Gêmea, enfim...

Sérgio Santos disse...

Fernando, mt obrigado. Sobre ADH, concordo que os autores merecem elogios por terem tentado melhorar a novela e ainda conseguido em alguns pontos. Por isso que a considero regular, caso contrário acharia péssima. Mas as correções surtiram efeito.

Pecado Mortal eu vejo alguns trechos e embora eu veja várias situações comuns do Lombardi que eu nunca gostei, reconheço a qualidade da novela. Mas eu só citei mesmo a fraca fase da Globo. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Nenhuma empolga, Marilene. E sobre o Gabriel, como já disse, o considero no máximo regular. Nunca o achei esse baita ator que alguns veem, pelo contrário. bjssss

Sérgio Santos disse...

Felis, obrigado pelo comentário. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Cléu, respeito sua opinião. bjssssss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, concordo, a última grande novela do Maneco foi Mulheres Apaixonadas. Que novelão!

Sérgio Santos disse...

Anônimo, não achei que o remake de GDS merecia ter sido um sucesso, mas aquele fracasso que foi achei injusto pq foi bem melhor do que mta novela do horário que marcou bem mais. Sobre SB e LAL estamos de pleno acordo! abçssss

Sérgio Santos disse...

Pois é, Elvira, a fase tá triste. A única que tenho acompanhado mais é a das sete e olhe lá. As outras nem isso. Tá tudo mt fraco. Tb acho que MPDC lembra as obras do Luis Fernando Carvalho e nem sei se isso é um bom sinal, mas pelo menos vale pela tentativa de sair da mesmice. O Rebu promete. Bjsssss

Sérgio Santos disse...

Alexandra, então vc chamaria Em Família de Em Coma? rs Tomara que o Maneco insira mais situações para despertar interesse pq do jeito que tá não dá pra continuar. bjs

Sérgio Santos disse...

Ju, parece que só tem o Laerte de homem na novela. Todas só querem aquele babaca. Preguiça! bjssss

Sérgio Santos disse...

Lulu, obrigado pelo comentário. bj

Sérgio Santos disse...

Anônimo, concordo com tudo. ADH devia ser série, Malhação deixou saudades e EF tá mt sonolenta.

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo carinho, Clau. Em Família não merecia marcar menos que Salve Jorge, por exemplo. Mas quem sabe melhora. bj

Sérgio Santos disse...

Melina, muito obrigado pelo carinho de sempre. Tá brabo o negócio mesmo e tá difícil se apegar a alguma novela. Essa dobradinha era boa mesmo e eu tb sinto falta, mas paciência, acabou... O Rebu promete mesmo, mas torço para Geração Brasil ser ótima tb. A das seis tenho sérias dúvidas. bj

Sérgio Santos disse...

Não sei se é a pior, Bruno, mas tá péssimo mesmo. Tomara que essa fase acabe logo. Abçs

Sérgio Santos disse...

Rita, obrigado pelo comentário. Malhação virou uma trama boba e Em Família acho que peca pela falta de acontecimentos relevantes. Não dá vontade de ver no dia seguinte. bj

Sérgio Santos disse...

Sissym, Maneco tem um estilo próprio e que eu sempre gostei e muito. Mas desde Págs da Vida que não consigo gostar de uma novela dele. Pena, pq o admiro mt. bjssssss

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Andressa. Pois é, é péssimo pra emissora e pra nós tb. É desanimador. E não precisa se preocupar comigo, não. rs Mas tb não entendi ele me desqualificar. Quer dizer, até imagino a razão, mas ainda assim acho desnecessário, enfim. bjão!

Sérgio Santos disse...

Gustavo, jurava que esse triângulo do casal lésbico e do Gianecchini seria o melhor da novela, mas tb não me empolgou, embora os 3 estejam mt bem. Pelo que li, a próxima temporada da Malhação voltará aos bons tempos. abçs

Sérgio Santos disse...

Olá minha cara Letícia. Entendo vc não estar vendo nada pq realmente não há nada de mt atraente. Tb vou acompanhar essa última semana de JR, mas o cap de hoje, por ex, já me irritou com o Manfred sequestrando a Pérola.

Um pedacinho do Céu vc criou pq é Meu Pedacinho de Chão. rsrs Mas ficou um nome bonito o seu. Olha, não sei se dará certo, mas o risco é grande. Vale pela inovação e pq caso contrário seria mais um remake do Benedito contando a mesma história.

Será que o Félix te deixou mal acostumada? rs A questão das idades foi uma das situações que prejudicaram a novela, mas agora isso ficou em segundo plano. Caso houvesse uma trama atraente, acho que daria pra relevar. Mas até agora não aconteceu nada de mt interessante. Bjão e boa semana!

Sérgio Santos disse...

Pedro, tb tenho medo que Falso Brilhante seja um Fina Estampa 2. Mas tomara que não... abç

Sérgio Santos disse...

Anônimo, acho que as chances de um fracasso são grandes. Mas vale pela ousadia. Só que se o LFC abusar dos tons meios intelectualóides dele o resultado será o afastamento do público. Mas se não tivesse essa novidade, seria mais um remake sonolento do Benedito do fazendeiro rico que não aceita que seu filho namore uma pobre etc... bj

Sérgio Santos disse...

SB e AAV tb me empolgaram, anônimo, embora as duas tivessem tido erros tb. Mas as qualidades sobressaíram. QUal casal de EF que te anima? Eu por enquanto não tenho nenhum.

Sérgio Santos disse...

Sem problemas ,Barbie. bj

Sérgio Santos disse...

Anônimo, eu li sim e concordei com ele em tudo. Marcelo e Polly fizeram ótimas participações e gostava mt deles. Sim, a Marina gostava da dupla tb e ela retwittou meu comentário. Estão fazendo falta lá.

Não sei se ele se sairá bem como ator pq precisa estudar mt e melhorar a dicção dele pq fala pra dentro, mas quem sabe. Me diverti com ele e a Valdirene. Tb lamentei mt a eliminação dele no domingo e pra mim a edição acabou ali. Essa final está triste. Obrigado pelo carinho. abçsssss

Sérgio Santos disse...

Ok, anônimo.

Anônimo disse...

QUal casal de EF que te anima? Eu por enquanto não tenho nenhum.2

Sérgio, o quase casal Gisele&Murilo estão começando uma história agora. Eles me chamaram a atenção, mas é cedo pra fazer um julgamento. Entretanto eu tenho simpatia por eles. Na verdade estou desesperada pra encontrar alguma coisa que me empolgue em EF.
Por que o triângulo Cadu x Clara x Marina não te empolgou??

Pra mim apesar dos bons atores envolvidos a história em si é uma grande porcaria.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Esse Thallys é tão sem razão que usando a argumentação tosca dele todos criticaram Salve Jorge porque estavam de luto de Avenida Brasil. POR SINAL DUAS NOVELAS RUINS DEMAIS!!!!! Uma bajulada excessivamente e outra que foi criticada como merece!!!!!!!!

Lucas disse...

E escrever para pobre é o que? Colocar um monte a ator num núcleo suburbano, falando errado e gritando? HA- HA-HA...FAZ-ME RIR. Então que não tenha núcleo podre ou como dizem: "núcleo cômico".

Lucas disse...

E escrever para pobre é oque? Colocar um monte de ator em um núcleo suburbano falando errado e gritando? O QUE SE ACOSTUMOU A CHAMAR DE "NUCLEO CÔMICO". Então que não tenha mesmo!!!

Thallys Bruno Almeida disse...

Acho que vc não leu minha resposta. Eu só defendi Joia e Em Família. E se eu falei que tava ótima na outra vez foi porque ADH tava melhor tb.

Mas o meu grande problema é o tanto que eu li aqui de gente querendo dizer que "Amor à Vida é um sucesso absoluto e os cricríticos vão ter que engolir isso". Não foi. A média geral prova isso. A repercussão negativa tb. A única coisa que queriam saber no último cap era o beijo Félix e Niko, esse sim elogiado e bem-feito. A única coisa que "entrou pra história da dramaturgia" foi essa cena do casal gay e o final com o César que deram um pouco de dignidade pra um último capítulo tedioso. Se não fosse por isso AAV seria esquecida totalmente. Esse era o meu problema. Vender AAV como sucesso sendo que não foi (os 45, 46, 47 pontos de alguns caps finais nunca me iludiram).

E eu fico tranquilo comigo mesmo porque no caso de Joia Rara eu sempre lamentei o fracasso mesmo com os problemas que tinha, nunca vendi um sucesso que nunca existiu. E se por algum milagre JR ganhar for indicada a um prêmio futuro, mesmo o Emmy, eu vou ficar feliz, mas nem por isso vou mandar ninguém engolir coisa alguma.

Thallys Bruno Almeida disse...

Até porque dizer que "a novela é sucesso" nem sempre quer dizer "a novela é boa", taí Fina Estampa pra provar.

Renatinha disse...

Impressão minha ou os folhetins ultimamente da poderosa estão repetitivos e monótonos? Sempre gostei de novelas, mas ultimamente tenho ORGULHO em dizer que não CONSIGO assistir nenhuma, até a das 21 não aguento a mesmice.
Sobrou até pro BBB, fórmula da globo tá estragada, REFORMULAÇÃO JÁ!

Anônimo disse...

Esse Thallys é psicopata

Patricia Galis disse...

De todas apesar de ter razão ainda Joia Rara foi a melhorzinha na minha opinião, fico triste por Em família, pois é a ultima novela no Maneco que sempre foi maravilhoso.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, Gisele é a Agatha Moreira? Pq se for, eu gosto mt dela, mas nem sei quem é Murilo.

O triãngulo Cadu/Marina/Clara tinha me empolgado mt antes da estreia, mas depois a trama não me convenceu e achei mt equivocado a condução do romance lésbico. Marina parece sentir apenas tesão por Clara e não amor. Preferia ela com a assistente e Clara com Cadu, mas nem me importo pra falar a verdade pq a novela não me anima em nada.

Sérgio Santos disse...

Lucas, não sei se vc percebeu, mas a crítica sobre o Maneco só escrever pra rico não foi minha. Eu apenas disse que tem mta gente que critica isso nele, mas eu não me incluo. Simplesmente pq respeito o estilo de cada autor. E os núcleos cômicos mtas vezes são de pessoas humildes mesmo.

Sérgio Santos disse...

Thallys, eu li mt bem a sua resposta. Sucesso absoluto não foi mesmo, até pq há tempos não há isso. Mas foi sim uma trama mt bem sucedida e repito, é a única novela que conseguiu bons índices para a Globo. A única. Isso em um período onde todas dão indices pífios. Se isso não foi ter ido bem não sei o que seria. O beijo gay ainda é repercutido, mas a trama teve mtas outras qualidades que já citei e muito, então nem vou me repetir. Mas teve erros tb? Teve, mas ficaram menores diante dos acertos.

JR não pode ser vendida como sucesso pq nem há base pra isso, tudo deixa claro o fracasso.

O seu exemplo de Fina Estampa diz bem. Eu odiei essa novela com todas as minhas forças, mas nunca neguei o sucesso dela. E claro que ser sucesso nem sempre implica em ser uma boa novela. Aliás, os críticos de Avenida Brasil usam esse argumento.

Sérgio Santos disse...

Renatinha, a Globo não anda numa fase boa mesmo. Mas nem sei se a questão é repetição, pq a novela das sete tentou ousar e não deu certo.

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, Patrícia.

Sérgio Santos disse...

Sim, anônimo, partindo do argumento viuvez, podemos dizer que eu critico ADH pq sou viúvo de Sangue Bom, critiquei JR pq fiquei viúvo de Flor do Caribe (que não gostei) e que critiquei Salve Jorge pq era fã de Avenida Brasil.

Thallys Bruno Almeida disse...

Só ficaram menores se foi pra vc. Vc foi o único blogueiro que eu li elogiando essa novela ao final. Então, considerando tudo que li dessa novela, acho mesmo que Amor à Vifa não tem condição nenhuma de ser vendida como bem-sucedida porque não foi. Que adianta ter elevado a audiência com conteúdo duvidoso, com uma das retas finais mais arrastadas que eu já vi? Não adianta, essa sua tentativa de vender que a novela foi bem sucedida não vai me convencer nunca.

Thallys Bruno Almeida disse...

Foi tão bem sucedida que o Fúlvio Stefanini reclamou em entrevista recente, corajosamente e com toda razão, que seu personagem não teve destaque nenhum, assim como tbm fez o Zé de Abreu, com razão tbm, ao lamentar o pífio papel do Wilker. Nossa, se isso é ser bem sucedida...

Sérgio Santos disse...

Thallys, eu não quero te convencer de nada. Aliás, se vc toma como base as críticas que lê, vc deveria acha Em Família péssima.

Fiquei triste com a declaração do Fúlvio pq só o Walcyr o escalava e agora nem ele mais vai escalá-lo. E veja seu nível de argumentação, o que tem a ver a reclamação de atores com ser bem sucedida ou não?

Vc achou a reta final de AAV arrastada e chama Em Família de contemplativa? Olha, sério, difícil. E se vc acha AAV um fracasso como tenta impor, ok. Aliás, todas as premiações que ela levou, toda a repercussão que teve, enfim, se tudo isso pra vc é nada, não posso fazer nada.

E insisto, se vc se importa tanto com o que lê, deveria ter achado o final de Joia Rara fraquíssimo pq todo mundo criticou.

Thallys Bruno Almeida disse...

Levou por ser novela das nove. Porque se for considerar premiações, Viver a Vida, que foi criticadíssima e teve baixa audiência, foi sucesso também, haja visto os prêmios que Alinne e Mateus levaram pela Luciana e pelos gêmeos.

Eu acho simplesmente que o seu tipo de coerência (se achar uma coisa de uma forma tem obrigatoriamente que achar a outra também) não funciona pra mim. Por acaso eu tenho que gostar/desgostar de alguma coisa "porque é coerente"? Onde é que entra o gosto pessoal nessa hora? Olha, eu não sei nem pq eu comecei essa discussão.

Thallys Bruno Almeida disse...

E outra, desanimei da trama do Maneco. O que é uma pena, pois merecia encerrar com chave de ouro. Mas isso pra mim não deterimna que AAV tenha sido melhor. Desanimei independentemente de AAV ter sido boa ou não.

Anônimo disse...

Thallys é uma pessoa que tenta impor sua opinião a quem discorda dele e desqualifica o outro quando não concorda. Seguia ele no Twitter porque vi que você o seguia, Sérgio, e percebi isso. Ainda notei uma tentativa de atacá-lo em vários momentos. Hoje vi que você deixou de segui-lo e te parabenizo por isso. Eu já havia deixado há meses e percebo que até você que é paciente cansou. E agora ele usa Amor À Vida como arma para te atingir da mesma forma como utilizava a Amora, se lembra? É um nível de infantilidade que assusta.


Sou o Nando. Abraço, Sérgio!

Sérgio Santos disse...

Thallys, eu tb não sei pq vc começou com isso até porque o texto era sobre a fraca safra de novelas da Globo e não sobre Amor à Vida que acabou em janeiro. Mas, desculpe, não dá pra comparar a repercussão de AAV com VAV. Uma caiu a audiência e a outra aumentou, fora como eu já disse a fase em que a trama do Walcyr estava, onde tudo tinha índices insatisfatórios.

Ok, realmente novela das nove ganha mt prêmio, concordo. Mas ela ganhou todos, inclusive os que não tinham ligação com a Globo como o próprio APCA. E não foram só dois atores, foram vários. E independente de prêmio, a trama caiu no gosto popular, isso é inegável.

E eu juro que não dá pra entender vc defendendo o seu direito a ter gosto pessoal e condenando o meu.

Eu nunca me animei com a novela do Maneco, embora não imaginasse que fosse tão cansativa. Até Viver a Vida era melhor e eu nunca pensei que fosse dizer isso. Mas claro que isso não implica em dizer que a anterior era melhor ou pior. Porém, pra mim era mt melhor mesmo e nem se compara.

Sérgio Santos disse...

Oi Nando! Sim, eu lembro bem do negócio da Amora. E você no Twitter é mais assíduo do que aqui no blog. Mas vc nem tem visto mta novela depois que AAV acabou então eu 'perdoo' sua ausência. Abraço!

Anônimo disse...

Anônimo, Gisele é a Agatha Moreira? Pq se for, eu gosto mt dela, mas nem sei quem é Murilo. 2

A Gisele é a Agatha Moreira. A Gisele é filha do Ricardo (Herson Capri) e da Branca (Angela Vieira). O Murilo (Sacha Bali) é amigo do André (Bruno Gissoni). Até pouco tempo ele estava fazendo figuração de luxo. Concordo sobre o triângulo Cadu X Clara X Marina. O pior é ver a complexa e pouco aprofundada Marina vivendo em função da patética Clara.

Anônimo disse...

Outra coisa Sergio,você disse que a Marina parece sentir só tesão pela Clara, mas a própria Marina já disse que está apaixonada. Você acha que ela mentiu??
Pelo que foi mostrado até agora a Marina parece ser bem mimada. Pra mim essa "paixão" pela Clara é só mais um capricho da Marina.

Sérgio Santos disse...

Gosto mt da Agatha, anônimo. Aliás, hj vi o finalzinho do capítulo e assisti uma cena que a mãe a tira da moto desse tal de Murilo. O Sacha Balli eu lembro, mas nem lembrava que ele estava na novela. Agora vi que eles formam um casal mesmo. Não achei o par mt interessante, mas quem sabe fica bom.

Não acho que Marina mentiu, acho apenas que o autor conduziu mt mal essa trama. Ele realmente quis passar um amor com a personagem, mas não soube criar situações convincentes. Ela parece apenas uma obcecada pela Clara. Enfim... abçs