quarta-feira, 19 de março de 2014

"Big Brother Brasil 14" e o telhado de vidro

O "BBB 14" tem sido marcado pelas polêmicas. Vários participantes já falaram muitas bobagens e agiram de forma equivocada no programa. Porém, recentemente, uma briga feia entre Cássio e Marcelo causou um grande estresse na casa e provocou um intenso debate nas redes sociais sobre o abuso de incapaz.


Tudo começou quando Angela se embebedou na festa de sábado (15/03). Ela havia planejado encher a cara com Clara e cumpriu o que havia prometido. Porém, o resultado foi catastrófico para quase todos os participantes. Marcelo, que também estava embriagado, resolveu sair da festa porque não estava se sentindo bem. Mas Angela foi atrás dele porque Cássio disse que ele estava com ciúmes de Diego. 

Ela insistiu para Marcelo voltar para a festa e ele acabou aceitando. Mas perdeu completamente a noção do bom senso ao insistir o tempo todo para ficar com Angela, mesmo a menina negando pela nonagésima vez. Ele mais uma vez achou que o fato dela ter ido atrás dele foi um 'sinal' de que havia uma
mínima chance. E essa situação incômoda se seguiu durante toda a festa, até que surgiu uma brincadeira com um pó colorido.

Angela se deitou e depois Marcelo jogou água na cara dela dizendo que precisava lavar o rosto (sujo com o pó) e ela se irritou. Os dois discutiram e ele jogou uma almofada nela. Tempos depois, ele deitou do lado de Angela, lhe deu um selinho e ela pediu para ele ficar ali e deitar em sua barriga. Ele preferiu continuar do lado, fazendo carinho em sua cabeça. Ela dormiu e ele cochilou. Cássio se incomodou com essa situação e tentou tirá-la de lá, a puxando com força, o que deixou Marcelo indignado. E tudo só piorou quando Polly contou para o amigo que Cássio havia dito que ele tinha abusado dela. 

A partir de então, Marcelo se descontrola, vai atrás de Cássio, os dois discutem feio e entre muitas ofensas proferidas, Cássio o chama de estuprador e Marcelo tenta agredi-lo. Foi uma cena triste de se ver. E depois de toda essa confusão, o clima fica pesado na casa e Angela diz que não se lembra de nada. 

O resultado de todo esse imbróglio foi uma guerra nas redes sociais e o levantamento de uma polêmica já ocorrida no "BBB 12", quando um participante foi acusado de abuso sexual e acabou saindo do programa. De um lado, telespectadores indignados com a atitude de Marcelo e exigindo até prisão para ele. Do outro, pessoas condenando todos os envolvidos, e de outro, pessoas defendendo Marcelo e acusando Cássio de ter exagerado nas palavras. 

Mas o discurso do Bial na eliminação de Diego (que saiu nessa terça - 18/03) evidenciou todo o conjunto de erros: cada um tem suas razões e ninguém tem razão. Não há um consenso nem dentro da casa e nem fora. Todos cometeram pecados e todos têm telhado de vidro. 

As palavras do apresentador foram certeiras: "Não tem tribunal, nem justiça e nem consenso. Alguns aí afirmam que você é homofóbico, só que isto está longe de ser consenso ---- para Diego. E você? Se você clama inocência, por que disse a intrigante frase 'O Cássio quer prender o ladrão antes dele cometer o crime'? Isto está longe de ser consenso ---- para Marcelo. Há quem diga que seu namoro é 'fake' (falso), mas isto está longe de ser consenso ---- para Vanessa e Clara. Para alguns, álcool não é álibi, ou atenuante, o que também está longe de ser consenso ---- para Angela. Há quem ache que você está certo, mas errou nas palavras, mas longe de ser consenso ---- para Cássio. Alguns acham que você tirou vantagem sim, mas longe de ser consenso ---- para Marcelo. Alguém é inocente? Alguém tem razão? Nem perto de consenso!" 

O discurso expôs os inúmeros equívocos ocorridos durante a fatídica festa e ainda deixou claro que naquela casa não há santo, muito pelo contrário. Marcelo errou feio ao insistir mais uma vez para ficar com Angela e o que fez não tem defesa; no entanto, classificá-lo como um abusador ou criminoso ultrapassa os limites do bom senso. Cássio teve razão ao se incomodar com a situação, mas suas palavras foram pesadas demais. Além disso, todos os participantes vêm cometendo uma sucessão de equívocos, tanto em atitudes, quanto em frases.

Diego quase agrediu Cássio quando se aborreceu com o desperdício de bebida em uma festa. Ele ainda mostrou preconceito ao criticar a adoção feita por casais gays. Já Cássio deu declarações racistas, enquanto Angela disse que deveriam matar todos portadores do vírus da AIDS. Fran disse que quando não toma banho fica com 'cheiro de neguinha'. Clara e Vanessa também mostraram racismo quando criticaram Fran usando palavras que nem vale a pena repetir. Clara ainda chegou a fazer uma piada sobre abuso. Polly falou um monte de bobagens sobre o que é um abuso ---- para ela só pode ser considerado se as partes íntimas forem tocadas. Aline fez uma brincadeira infeliz sobre a tragédia de Santa Maria e Slim disse para Letícia (após a mesma lhe jogar bebida no rosto) que quebraria sua cara se ela fosse homem. Ou seja, partindo do princípio das leis do país, quase todos poderiam ser facilmente processados.

A décima-quarta edição do "Big Brother Brasil" teve (e ainda tem) participantes que não podem ser defendidos com veemência por nenhum torcedor. O fã do reality tem que acabar torcendo por quem erra menos, o que não tem sido fácil nesse ano. Como bem disse Pedro Bial, cada um tem suas razões e ninguém tem razão. Jamais haverá consenso. Afinal, o telhado de vidro é uma constante ameaça. Para todos.

40 comentários:

Anônimo disse...

No fim das contas só a Poly ainda não fez nenhuma declaração ou atitude polêmica #PolyCampeã

Anônimo disse...

Poly não fez declaração polêmica pq não conseguiu decorar o script dela...

Anônimo disse...

Como Poly não fez declaração polêmica? Disse mais de uma vez que abuso é só se tocar nas partes íntimas da pessoa! Me poupe. Burra nível on!!!

Anônimo disse...

a leitura que diogo teve da briga foi perfeita. qd uma mulher sobria fala para vc varias vezes nao. vc nao pode se aproveitar da bebedira para se aproximar. esse e' o sentido de tirar vantagem e nao vi maecelo pedindo desculpa por isso.porem cassio exagerou na palavra abuso

Anônimo disse...

big brother? KKKKKKKKKKKKKK
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

Anônimo disse...

Já é comprovado que todos eles recebem script! Primeiro Aline e agora Cássio deve tá ganhando por fora uma bolada por tentar agitar isso aí mesmo rodando no próximo paredão. Melhor coisa que a Globo fez foi proibir Uol e Terra de falarem sobre esse programa, melhorou bastante a página deles.

Cc disse...

Programa armado eu prefiro casos de família e teste de fidelidade, pelo menos são divertidos e não pedem ninguém pra ligar pra lá pra emissora faturar.

Anônimo disse...

Big bosta brasil esse programa e uma MERDA a 14 anos confesso que ja
Assistir essa merda mais hoje em dia
Gracas adeus nao perco meu tempo
Dando ibope pra esse programa que so
Serve pra fazer lavagem cerebral nas pessoas viva a tv a cabo que me livra dessa MERDA chamada BBB BOSTA.

Vanessa disse...

Sérgio, meu querido, quanto tempo, não?
Estou imersa neste BBB, por isso nunca mais vi nada na TV para vir comentar aqui. Nem a chegada da Vivianne Pasmanter, no meu top5 de atrizes preferidas, me fez sentar no sofá para ver o primeiro cap de "Em Família". rs

Olha, essa briga foi a mais forte que eu já vi até hoje em uma edição do BBB. Tive pavor, medo de que o Marcelo agredisse o Cássio. Foi realmente chocante e o clima na casa, se já não era bom, piorou em uma escala sem fim.

Sobre o texto, uma pena que vc não tenha pesquisado um pouco mais sobre o que é abuso. Pela lei, qquer situação não consentida, com uma pessoa completamente inconsciente, mesmo que seja um simples selinho, é considerada sim ABUSO! As pessoas tendem a relacionar abuso a ações mais fortes, o que "minimiza" a reação do Marcelo.

Inclusive, a própria Angela, em uma conversa reservada com o Marcelo, explicou o que é abuso de acordo com a lei. Achei inclusive curioso como ela não o fez na frente de todos. Aliás, a Angela em nenhum momento explicou para as pessoas da casa o que se configurava um abuso. Sempre se calou, ouvindo todas as barbaridades ditas pela Poly, Clara, Vanessa e Marcelo sem fazer qquer tipo de correção.

Tenho pra mim que, como não se lembra dos fatos, prefere não levantar maiores explicações para evitar qquer tipo de condenação com o Marcelo. Como a própria disse: na dúvida, melhor acreditar no réu.

Em uma situação tão delicada, acho que a emissora poderia ter aberto uma exceção e mostrado as imgs da festa para a Angela no Confessionário. Seria o mínimo para alguém que pode ter sido abusada. Deu para perceber o qto ela ficou fragilizada com esta história. E o Marcelo, só para piorar, ainda a coagiu de tds as formas para que acreditasse em sua versão. Um "ele sempre me respeitou" não foi o bastante a ele.

Uma pena que a Globo tenha tratado tudo com tanto descaso. Seria uma ótima oportunidade para discutir um assunto tão sério, que acontece toda noite em qquer festa do país. Mulher nenhuma merecia passar pela situação da Angela. E de pensar que a emissora preferiu culpar a bebedeira dela, como se fosse a vilã de toda a história.

O Marcelo, pra mim, foi ladeira abaixo. Se não bastasse tudo isso, ainda cobra que as meninas virem a cara para o Cássio, sai emburrado da festa para não ficar ao lado de "pessoas falsas". Por favor... É muito infantil e mimado! Nem a Angela, tão odiada por tantos, merecia um Marcelo na vida dela. No final das contas, nem é ela quem se faz de vítima.

E acho que a Angela só não vai levar adiante esta história do abuso aqui fora pq a Globo vai pedir pra abafar. Assim como fez no 12.

Beijão!
Vanessa

Vanessa disse...

Sérgio,
Achei um texto aqui que explica mto bem o que é o abuso. Foi exatamente o que a Angela disse ao Marcelo em uma conversa reservada na cozinha. Fica a questão: por que ela falou só pra ele e não comentou com td a casa, como adora ecoar os papos? Por que nenhuma mente pensante perguntou à criminalista o que configura o abuso de acordo com a lei? Enfim, aqui vai o texto para que reflita sobre esse caso Marcelo/Angela. A partir do momento que ela disse 4000 "não", e naquele estado etílico, o Marcelo saiu-se sim como abusador.


----------------------

As mudanças na tipificação penal de crimes sexuais feitas em 2009 no Código Penal Brasileiro colocam o país como um dos mais severos no tratamento desse tipo de violência. Mas, como mostram as reações do público diante das suspeitas de abuso sexual na edição de domingo do Big Brother Brasil, da Rede Globo, o padrão nacional ainda é o de desconhecimento da lei e dos limites do que é estupro. A lei brasileira considera estupro, por exemplo, o beijo forçado que é aplicado em uma noitada, ou constrangimentos contra os quais a vítima não possa se defender. Apesar do rigor do texto, o entendimento da maioria da população parece congelado na interpretação de que só com penetração há o crime.

http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/o-brasil-nao-conhece-os-limites-do-abuso-sexual

✿ chica disse...

Do BBB nem sei de nada, mas vim deixar um abração, desejando um lindo fds e ótimo outono que hoje inicia! chica

Pedro Bertoldi disse...

Oi Sergio.
Sinceramente acho que todos estão errados. Mas na minha opinião, Angela é a mais errada. O jogo dela é se fazer de vitima em todas as situaçoes. Nao acredito quando ela diz que não se lembta de nada. Ela esperou pra ver qual lado estava mais certo na visão da casa e tomou um posição. Achei esse BBB o mais fraco de todos que acompanhei. Das mães, achei que foi uma estratégia pra alavancar o jogo. E acho que não adiantou muito, pois Ledi era a melhor de todas e qnd saiu todas sairam.

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Olá amigo, é a primeira vez que não assisto absolutamente nenhum capitulo do BBB, estou bem por fora desta vez, teve outras edições que acompanhei bem mas esta não sei nem os nomes dos participantes rssr Abraçosss

Fabíola Oliveira disse...

Uma das coisas que eu admiro em você é o equilíbrio e coerência com que você analisa os casos que se predispõe a escrever, Sérgio, embora tenha gente alegando nos comentários que você não se empenhou em pesquisar o que seria estupro dentro para a lei brasileira.

Esse é o típico caso que basta um falar que logo todos passam a ver polêmica onde não haviam enxergado. Foi assim com o Rafinha Bastos quando a Wanessa chiou com a brincadeira que ele fez com ela e que, segundo consta, algumas pessoas da platéia tinham até rido.

Foi assim com o Caio Castro quando a ingride Guimarães resolveu tachá-lo de medíocre nas redes sociais e é assim agora que o Cássio alega ter sido abuso o selinho que o Marcelo deu na Ângela quando estava embriagada.

Talvez se ele não tivesse dito nada, ninguém acharia que aquilo foi abuso e seria só mais um fim de festa no BBB.

Realmente ele não deveria ter insistido tanto, mas daí fazer uma acusação séria dessas contra o cara já é superdimensionar a coisa que sendo analisada apenas dentro dos estritos limites do contexto em que aconteceu, deveria ser tirada por menos para o bem de todos.

Depois que a Ângela e o Marcelo já tinham ficado e tudo mais... Agora só porque o cara deu um selinho em uma mulher embriagada tentando reatar a relação é um abusador porque ela no estado em que estava com sua consciência alterada...

Queria saber o que é quando um homem completamente bêbado transa com uma mulher feia... Afinal de contas ele também estava com seu estado de consciência alterado. Logo, não tinha condições de manifestar sua vontade validamente... rsrsrs

Acredito que lei exista para ser aplicada com bom senso. Acontece que o que é bom senso talvez também não seja consenso... Porque para alguns, bom senso será considerar o Marcelo um abusador porque deu um selinho em uma mulher que, por estar em estado etílico agudo, encontrava-se vulnerável.

Para outros, bom senso será aplicar a lei levando em consideração o contexto em que tudo aconteceu.



Anônimo disse...

Tu é um dos críticos mais sensatos que tem! Sempre procurando ser justo e imparcial nos textos. Esse do BBB tu foi impecável. Condenou todo mundo e não absolveu ninguém. Perfeito!

Melina disse...

Texto maravilhoso, Sérgio! Parabéns! O Marcelo foi um ridículo mas ele não abusou daquela sonsa. Acusá-lo disso é muito grave e, como você bem colocou, todos naquela casa poderiam ser processados, inclusive ele. Mas experimenta ir numa delegacia 'denunciar' o abuso e mostrar as imagens pra ver o que acontece. O delegado vai rir da sua cara! Classificaram até aquela almofadada que ele deu nela como agressão. Que exagero. Um beijo!

Raquel disse...

Oi, Sérgio!

Não vejo BBB e não assisti as cenas, então não posso nem me posicionar direito sobre quem tá certo ou errado. Mas acompanhei a polêmica pela internet e achei que podia das os meus 2 cents para a discussão.

Entendo os que dizem que tudo foi grandemente exagerado. As redes sociais hoje em dia têm o poder de criar opiniões e esse dito cujo "consenso" como nunca antes. Basta alguém famoso ou alguém que se admire postar algo que um monte de retwites e compartilhamentos se seguem em cascata e muita gente pega embalo na discussão sem refletir grandemente sobre ela. Pequenas coisas acabam tendo uma amplitude enorme. Isso é bom e ruim ao mesmo tempo. Pessoalmente, eu preferia o tempo em que era mais difícil comentar algo sobre o que não se tem conhecimento nenhum, mas...

Entendo também aqueles que pegam carona nesses acontecimentos ordinários para levantar bandeiras. Em um país em que se prefere discutir a bebedeira de uma atriz no carnaval a o que está acontecendo na Ucrânia, qualquer oportunidade de discussão de um tema um pouco mais sério é agarrada com unhas e dentes. Mas acredito que as indignações deve se manter nessa esfera e menos na esfera das crucificações pessoais...

Enfim, no final das contas o BBB vai acabar e ninguém vai lembrar mais disso. Mas gostaria que as pessoas pensassem no que aconteceu quando estiverem fazendo qualquer coisa errada e não apenas quando veem o BBB.

Vic disse...

ótimo texto, eu sou TeamMarcelo mas reconheci que ele se excedeu ao tentar ficar com a Angela mesmo ela estando naquele estado, porém as palavras que o Cássio usou foram bastante pesadas, ele foi bastante asqueroso, e como você mesmo disse todos os participantes já cometeram alguma polêmica e ninguém pode julgar ninguém tampouco as torcidas, enfim apesar os erros continuo torcendo para o Marcelo ganhar

Nívea Marco disse...

Oi Sergio, gostei do seu texto, bastante explicativo.
Não me conformo do marcelo ter continuado na casa após o episódio e não me conformo com as atitudes machistas de polly, clara e vanessa pressionando a angela sobre o marcelo não ter feito nada.
A Angela fala não pro marcelo tem uns 15 dias, ela claramente arrependeu de ter beijado pela primeira vez e por isso não quis mais. Em que mundo que essas pessoas vivem que pensam que por ela estar bebada e quase desmaiada, vai ser legal ganhar um selinho? Pra mim, é abuso e pra mim faltou uma explicação sobre o que é abuso para o público.
Acho marcelo um babaca e ainda bem que não fui com a cara dele desde o início, sempre achei estranho (como quando ele brigou com o junior pela leticia, sem nem ter nada com a leticia). Acho Bial um babaca por ter induzido o público ("Angela PARECE que estava bebada") oras, mesmo que não estivesse, o papel do apresentador é apresentar e não interferir, ainda mais com esse abuso ocorrendo. E outra, se ela não se lembra do que ocorreu, eu acredito nela e não fico fazendo dela a culpada de tudo (culpabilização da vitima ta mandando um abraço).
No mais, pra mim nenhum merece ganhar e depois desse episódio eu parei de ver o programa. Não consigo, não dá.
Acho uma falta de vergonha na cara dos responsáveis pelo programa não aproveitarem esse caso para esclarecer para o público sobre diferenças entre abuso/estupro e sobre quando alguém diz que não é não mesmo.
Enfim, acho que me alonguei demais e o texto ficou confuso, mas no mais é isso, parei de ver o programa por que não consigo aceitar um abuso contra mulher em rede nacional ser tratado como coisa normal.
Beijos, Sergio!
Nos vemos no twitter!
;)

Barbie Californiana disse...

Bem se ela disse que nada aconteceu, o outro deveria ficar na dele. Mas como eu não acompanho nem posso opinar muito. beijinhos

MARILENE disse...

Sergio, não vejo o programa, mas gosto de ler seu posicionamento, principalmente como nessa postagem, abordando atitudes nada louváveis. Pelo que tenho ouvido de minha irmã, que o acompanha, está difícil torcer por alguém (rss). Bjs.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, no texto eu coloco a bobagem que ela falou sobre abuso. Todos ali erram.

Sérgio Santos disse...

Pois é, anônimo, abuso é mt forte. E ele tb estava bêbado. Agiu errado, mas como tantos outros.

Sérgio Santos disse...

Discordo, anônimo. Se ganhassem script a Globo não teria enfrentado processos pelas coisas que alguns falam.

Sérgio Santos disse...

Cc, a Globo fatura mt mais com merchan.

Sérgio Santos disse...

Vanessa, vc me abandonou e eu já estava acostumado. Vc parecia bem empolgada com Em Família. Mas a novela não tem me animado em nada. Cansativa demais.

Eu nem precisei pesquisar sobre abuso pq eu já sei disso há tempos. E essa mudança na lei foi uma das poucas coisas que acertaram no Brasil, embora na hora do vamos ver tem sempre benefícios. Mas classificá-lo como um abusador de mulher ultrapassa os limites do bom senso, na minha concepção. Ele tb estava bêbado e tentou ficar com ela de novo por 500 vezes pq acha que ela gosta dele no fundo. Atitude condenável e não há como defendê-lo, mas transformá-lo num monstro acho que é questão de guerra de torcidas.

A amnésia da Angela é conveniente pq a deixa como vítima de novo. Normal não se lembrar de algumas coisas, mas esquecer de tudo como ela alega não dá pra engolir. E a Angela não falou pra ninguém sobre o que é um abuso pq ficou com medo de se queimar aqui fora. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Bom fim de semana, Chica.

Sérgio Santos disse...

Sim, Pedro, tá todo mundo erado. Não há santo ali. E essa edição foi mt fraca mesmo. Nem deu prazer de torcer. A Dona Ledi era ótima, mas todas as mães divertiram. abçs

Sérgio Santos disse...

Sem problemas, Kellen. bjs

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Fabíola! Tento ser sempre! Muitos dos que se revoltaram com a situação (condenável, diga-se), já odiavam o Marcelo antes do acontecido. Então foi só juntar a fome com a vontade de comer. Ele errou mesmo, não tem defesa, mas daí a chamá-lo de abusador é pesado demais. Todo mundo errou ali e isso ficou nítido. Concordo com seu comentário. bjssss

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, anônimo. abçs

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Melina! Tudo foi exagerado e todos erraram. Ninguém merece defesa. Tb acho que não daria em nada caso houvesse uma denúncia. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Raquel, concordo com o seu posicionamento, ainda que vc não tenha visto nada desse BBB. Tem razão. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Vic. O que Marcelo fez não tem defesa, mas é preciso moderação na hora de fazer acusações. Bjs

Sérgio Santos disse...

Não se alongou não, Nivea, escreva o quanto quiser! Respeito sua opinião, embora discorde sobre a questão do abuso. Não defendo ninguém e condeno todos. Mas entendo sua raiva, até pq vc nunca gostou dele. Sobre a Polly, achei a atitude dela louvável. Ela defendeu o melhor amigo com unhas e dentes. Se fossem Clara e Vanessa, por ex, teriam virado as costas como fizeram com Letícia e Aline. bjs

Sérgio Santos disse...

Ok, Barbie. bjs

Sérgio Santos disse...

Tá complicado mesmo, Marilene! rs E como tá! bjs

Vera Lúcia disse...


Ótima análise, Sérgio.
Cada ano que passa o Big Brother consegue ficar pior do que o do ano anterior. Não há nenhum participante carismático ou com posturas dignas de serem ressaltadas. Não tenho para quem torcer. Por ora, talvez para a Polly, mas apenas por falta de melhor opção.
Marcelo é um inconveniente e sem noção. Parece não ter autoestima. Eu também não gostaria de um homem insistente. Quanto mais ele pega no pé da Ângela, mas chato ele fica.
O Cássio exagerou. Sua atitude me pareceu mais uma jogada, que produziu um efeito inesperado.
Deram importância demais a um fato sem importância, diante do nada inocente BBB.

Beijo.

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sérgio Santos disse...

Obrigado, Vera. Realmente essa edição foi complicada. Difícil torcer por alguém diante de tantos erros. Mas houve sim um exagero do Cássio. Mas o Marcelo não tem autoestima mesmo e falta noção de bom senso pra ele. Bjão!