terça-feira, 11 de março de 2014

Vivianne Pasmanter rouba a cena interpretando a vilã Shirley de "Em Família"

A novela de Manoel Carlos está com pouco mais de um mês de exibição. O ciclo foi apenas iniciado e tem muita história pela frente. Entretanto, desde os primeiros capítulos foi possível perceber que Shirley seria o ponto alto de "Em Família". Interpretada pela promissora Giovana Rispoli na primeira fase e pela talentosa Alice Wegmann na segunda, a vilã passou a ser vivida pela ótima Vivianne Pasmanter na terceira. E a história ganhou um importante atrativo com a chegada da vilã, que retornou de viagem após anos longe.


A trama, até então, tem sido marcada pelo ritmo vagaroso, com poucos acontecimentos. Mas a entrada da vilã deu um novo fôlego à novela, que ficou bem mais interessante com a entrada da sarcástica personagem. Shirley enriqueceu de forma fácil e ostenta todos os seus luxos sem pensar duas vezes. Usa o dinheiro para humilhar os outros, debocha da própria filha (Bárbara - Polliana Aleixo) porque ela está acima do peso, ridiculariza o pai alcoólatra (Viriato - Antônio Petrin), não liga para o filho (Leto - Ronny Kriwat) e ainda tem uma obsessão doentia por Laerte (Gabriel Braga Nunes).

A personagem é dessas que cativam o telespectador através das maldades recheadas de ironia. Manoel Carlos resolveu apostar em uma vilã clássica, ainda que suas novelas anteriores não tenham sido marcadas por esse tipo de perfil, tão tradicional em folhetins.
Branca Letícia de Barros Motta, de "Por Amor", vivida magistralmente por Susana Vieira, é a mais lembrada até hoje. A Laura, vivida pela própria Vivianne Pasmanter na mesma novela, também foi marcante, além das mimadas Íris (Déborah Secco) e Dóris (Regiane Alves) em "Laços de Família" e "Mulheres Apaixonadas", respectivamente. Mas, ao contrário delas --- que apesar de tudo tinham uma certa humanidade ---, Maneco optou por algo mais explícito com a Shirley.

A fútil mulher não tem demonstrado nenhum lado mais humano e possui até uma cobra de estimação. Tudo para evidenciar a vilania da personagem, que já pode ser considerada uma dos melhores de "Em Família". E a grandiosidade desse papel reflete a confiança que o autor tem no talento da atriz, que já participou de três novelas dele.

Lançada por Manoel Carlos em "Felicidade" (1991), Vivianne Pasmanter também atuou em "Por Amor" (1997), "Páginas da Vida" (2006) e agora brilha em "Em Família". Figura rara na televisão, a atriz costuma escolher bem os trabalhos que faz e matou as saudades do público com essa volta triunfal, após ter participado da fracassada "Tempos Modernos" em 2010.

Shirley tem roubado a cena na novela das nove e os melhores momentos são protagonizados por ela. A história envolvendo a obsessão que a vilã sente por Laerte promete render, assim como sua conturbada relação com o pai e a filha. Outro ponto que desperta atenção é a rivalidade que a víbora tem com Helena (Júlia Lemmertz), uma vez que as duas sempre se alfinetaram desde a adolescência.

Tem sido um prazer ver Vivianne Pasmanter de volta à tevê e as pérolas proferidas por Shirley dão um toque de humor ferino em uma novela dominada pelo drama e pelo ritmo vagaroso. A vilã é um dos trunfos de Manoel Carlos para conquistar o público, que ainda não foi fisgado pela trama --- os índices de audiência estão deixando muito a desejar (abaixo dos 35 pontos). Se o folhetim será um sucesso ou um fracasso ainda é cedo para saber, mas que a atriz tem se destacado, e ainda se destacará cada vez mais, na pele dessa deliciosa personagem é um fato difícil de ser contestado.

56 comentários:

Kelvin disse...

Excelente texto, Sérgio! Concordo em tudo o que você disse. Viviane Pasmanter está indo muito bem no papel, aliás ela arrasa em qualquer personagem e eu estava com saudades de ver ela interpretando uma vilã tão boa quanto a Laura de "Por Amor", e acho que Shirley pode até supera-la porque "Em Família" fica muito melhor quando ela aparece mas as cenas dela são sempre tão curtas, não sei porque rsrsrs.
A frase dela que eu mais gostei foi a do capítulo que ela voltou para casa e comentou com Leto sobre a Filha: "Não vou nem mostrar o elefantinho hindu que eu comprei, vai que ela acha que é indireta?" kkkkkkkkk.
Agora a novela, está num ritmo que não me agrada muito, está muito arrastada ultimamente. E não acho que é porque esse é o jeito "Maneco de Ser" já que Mulheres Apaixonadas e Laços de Família tinha um ritmo agradável, ao contrário de Viver a Vida e Paginas da Vida. Também é muito cedo para dizer que essa é uma das melhores novelas do Manoel Carlos, mas também não deve ficar na lista das piores porque além da diferença de idades dos atores que é bem gritante, o único defeito do folhetim é o ritmo lento. Já a história é boa e todos os núcleos são bem interessantes também. Porém os que eu mais estou gostando é o da Clara/Marina, Juliana/Bia e o da Shirley. Abraços!

Pérola disse...

Textos que contam histórias.

Quase entrei na narração.

beijo

Anônimo disse...

Sou suspeito pra falar por que adoro a
Vivianne pasmanter ela da um brilho especial a novela agora por mais que eu goste da vivi ta dificil aquentar esse ritmo desgracado de lento dessa novela gente o capitulo de ontem/segunda nao aconteceu nada de interesante so bla bla bla nao tenhe cristo que aquente uma novela lenta ,devagar quase se arastando assim nao da ne sergio.

✿ chica disse...

Concordo, ela está trabalhando muito bem, desempenhando seu papel lindamente! abração,tudo de bom,linda semana,chica

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

A entrada de Vivianne Pasmanter movimentou a trama de Em Família, que andava parada. Suas cenas estão entre as melhores da novela. Aliás, elogiar a atriz é chover no molhado.

Anônimo disse...

Ela tá ótima mas o ritmo dessa novela é uma das coisas mais insuportáveis que eu já vi. Quase uma hora diária sem acontecer N-A-D-A. Merece o fracasso que tem feito.

Raquel disse...

Oi, Sérgio!

Concordo que a Shirley até agora tem sido a melhor coisa da novela. Eu até tentei acompanhar, mas já desisti por causa do ritmo e da história. Nenhum dos dois me agrada. Os personagens principais são insuportáveis e não dá vontade de torcer por ninguém. Assim fica até fácil pra Viviane roubar os holofotes...

Mas discordo que a Shirley é diferente de outras "vilãs" do Maneco. Inclusive, acho que ela lembra muito a Branca e a Laura. Pra virar algo mais clássico, tipo Felix em AAV, ainda tem muito arroz com feijão pra comer.

Lulu on the Sky disse...

Adoro a Viviane Pasmanter. Ela arrasou qdo fez a Débora em Felicidade e depois a Laura em Por Amor, ambas do Maneco e essa Shirley é muito divertida.
Blog de cara nova! Hoje tem 2 posts fresquinhos.
Big Beijos
Blog Lulu on the sky

Fabrício disse...

Viviane é uma das melhores atrizes do país e ela conseguiu se destacar mesmo com um papel repetitivo. Porque a Shirley é quase a Laura só que perua. A falta de criatividade do autor poderia prejudicá-la se ela não fosse talentosa.

Sobre o ritmo, concordo. É lenta demais e não concordo com os que culpam Jayme Monjardim. Isso é culpa do Maneco que se perdeu desde Páginas da Vida. Ele não pode mais escrever uma novela de horário nobre com um ritmo ruim desses. Sorte que essa é a última porque ele parou no tempo. Se acomodou e não pretende mudar. Do que adianta ver uma novela que não apresenta nada que te prenda a não ser diálogos sobre a vida, amor e temas cansativos? Abraço!

Gustavo Nogueira disse...

Concordo em tudo que você falou Sérgio.Realmente Em Família estava com um ritmo lento, sem grandes acontecimentos, mas a entrada de Viviane Pasmanter melhorou a trama.A Shirley é daquelas personagens carismáticas que conquistam a simpatia do público logo de cara.Por enquanto a Shirley é a minha personagem preferida da novela, adoro a personagem.A Viviane Pasmanter está dando um show de interpretação, a Shirley tem tudo para ser um dos seus melhores personagens nas novelas.

Diogo S. disse...

É uma excepcional atriz realmente. Sem mais.

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Olá amigo, eu adoro a Viviane, ela é sempre de uma autenticidade na interpretação maravilhosa, só tem papéis marcantes na tv, não é figurinha batida mas quando aparece deixa sua marca, amoooo, está ótima,quanto a cobra tenho minhas ressalvas, kkkkk mas o papel dela está ótimo!

Sissym Mascarenhas disse...


Sergio!

Sempre gostei dela atuando e felizmente ela chegou para tirar o marasmo! rsss....

Beijocas

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Gosto da atriz Vivianne Pasmanter. Ela é muito carismática, além de ser uma figura bonita. Tenho certeza de que ela desempenhará, com êxito, o personagem da Shirley. Até então, apesar de sua excelente atuação, ainda não me entusiasmei com a novela. O jeito é aguardar para ver se a trama fica mais movimentada e interessante.

Beijo.

Adriana Helena disse...

Oi Sérgio, tudo bem amigo?
Puxa, finalmente um raio de sol para iluminar a novela!
Nossa, como estávamos precisando de dar uma sacudida naquele marasmo que se instalou!! rsrs

A Viviane é tão solar não é? Ela passa isso como atriz.. Sabe amigo, ao contrário da Júlia Lemmertz que, apesar de ser uma grande atriz, não está muito bem neste trabalho.A diferença dos personagens da primeiras fase com a atual impressiona. Cadê aquela personalidade forte da primeira etapa? Tem algo errado aí...

Já a Shirley está arrasando! Adoro a ironia dela! Você escreveu muito bem amigo. Pensamos assim tão parecidos!! rsrs

Beijos e uma semana maravilhosa!!!

Anônimo disse...

Se uma vilã em AMOR À VIDA tivesse uma cobra de estimação todo mundo ia dizer que era mexicano. Por que não dizem com o Maneco??? E você deveria dizer pra apontar a hipocrisia de parte da crítica e dos telespectadores babaovos de jornalista.

MARILENE disse...

Sergio, a novela não tem despertado interesse. É tudo muito lento e nada acontece de diferente. Viviane é uma grande atriz e não faz o papel daquela vilã com cara de má (rss). É até divertida. Espero que movimente a trama e traga algo novo. Bjs.

Maíra disse...

Vivianne é uma grande atriz, e já se destaca nessa novela. Shirley chegou chegando. Mas até agora ela é uma personagem legal, engraçada, ta meio no caminho da comédia. Não é ainda uma vilã que prometeu ser. É sabido que as vilãs de Manoel Carlos são são grandes vilãs cruéis, mas é um perfil de vilã também interessante, mas mesmo assim essa vilã ainda não despertou. Entrou a Shirley, mas não entrou a vilã Shirley, rs. Mesmo assim, Viviane esta se destacando.
O mais impressionante nessa novela e com essa personagem foi a escalação da Alice Wegmann e Viviane Pasmanter para a mesma personagem, até hoje ainda fico impressionada com a semelhança delas e em como combinou elas serem a mesma personagem. Foi uma escalação certeira, no físico e no talento.

Maíra disse...

E por falar na Alice Wegmann, sabia que ela e a Sophie Charlotte vão rodar um filme independente juntas por agora. Como você gosta delas, achei que você ia gostar de saber. O diretor é um Matheus Souza.

A Viajante disse...

Oi Sérgio! Estive um pouco ausente das leituras do blog e das escritas no meu, por motivos óbvios: falta de conexão... risos... estava praticamente numa ilha... exageros à parte, estou de volta e cheia de críticas severas à nova novela. Me parece que os erros são bem maiores que os acertos... ainda não vi uma cena que me empolgasse.... Viviane Pasmanter está bem, sim! Vou analisar mais e depois comento. Beijo!

Barbie Californiana disse...

Ela está mesmo arrasando... à altura do último vilão... rs beijinhos

Melina disse...

Sérgio, acho Viviane uma grande atriz. Mas não acho que essa vilã seja diferente da Laura de Por Amor. Acho uma cópia. A cobra sim deixa algo mais explícito e caricato. Anteontem tentei ver a novela mas não consegui. Muito chata e nem vi a Shirley. Ela está tendo bom destaque? Não me pareceu. Um beijo, querido!

Anônimo disse...

Oie Sergio otima analise só não concordo com a parte q vc falou q ela nao mostrou um lado humano mostrou sim foi na parte da amiga dela ajudando comprando todas as coisas q a amiga dela estava vendendo bom pra mim foi um lado humano da parte dela adoro a shirley é a unica personagem q me agrada nessa novela pq os outros fala serio nao suporto a helena se fazendo de vitima sendo q no fundo ela tbm é a culpada e tbm nao suporto a luiza se comportando e sendo igual a helena na adolecencia é ridiculo isso pq parece q é o clone da helena viviane pasmanter realmente arrazando sempre achei ela uma exelente atriz sou fã dela bom foi uma otima analise beijinhos :)

Filha do Rei disse...

Oi, Sérgio!! Viviane realmente está sendo o destaque da novela,ela é talentosa.
Tenha lindos dias.Bjs

Patricia Galis disse...

Para mim uma das melhores atrizes que temos, tinha certeza que isso iria acontecer....

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Kelvin! A novela ganha mt quando ela aparece e eu tb não entendo pq as cenas são tão curtas. Mas acho que ela crescerá mais.

O ritmo está arrastado demais e isso nada tem a ver com o jeito do Maneco como vc bem disse. Até Mulheres Apaixonadas suas tramas tinham um ótimo ritmo. Não era eletrizante (até pq não é do estilo dele), mas era bem ágil. As duas últimas deixaram a desejar e a de agora é a mesma coisa.

Considerar Em Família uma das melhores novelas dele pra mim é um grande equívoco. Ainda é cedo pra isso e ela precisará melhorar mt pra poder cogitar isso. Mas ser pior que Viver a Vida eu acho bem difícil.

Gosto do núcleo da Shirley e da Juliana. O da Marina eu pensei que fosse adorar mas não gostei da forma como está sendo conduzido. abçs

Sérgio Santos disse...

Beijo, Pérola.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, tb sou fã da Viviane e sou suspeito pra falar. E sobre o ritmo eu concordo plenamente com vc.

Sérgio Santos disse...

Boa semana, Chica. bj

Sérgio Santos disse...

Verdade, Elvira, elogiá-la é cair na repetição. A Shirley é a alma da novela. bj

Sérgio Santos disse...

É quase uma unanimidade as críticas em cima do ritmo da novela, anônimo. abçs

Sérgio Santos disse...

Oi Raquel! Realmente os personagens centrais são insuportáveis. Eu só gosto mesmo do Virgílio. E era de se esperar que a Shirley fosse roubar a cena como tem feito.

Tb acho que pra ser um Félix ela precisa de muito mais, porém, o que quis dizer é que ela é uma vilã mais escrachada, principalmente pela questão da cobra. Mas que tem semelhança com a Laura é fato, afinal, ela tb é louca por um cara que protagonista gosta. bj

Sérgio Santos disse...

Lulu, obrigado pelo comentário. bjssssss

Sérgio Santos disse...

Fabrício, ela é uma das melhores mesmo. Sou fã! E a vilã tem semelhanças com a Laura mesmo. Laura gostava do personagem do Fabio Assunção e ela é louca pelo Laerte, quase a mesma coisa. Mas no geral a acho mais vilanesca.

Concordo com a sua consideração sobre o ritmo, mas eu acho que o Jayme tb tem uma parcela de culpa. A parceria deles não deu mt certo. Mas claro que o Maneco tb tem responsabilidade nisso e concordo que ele se perdeu desde Pags da Vida. Ainda espero ver Em Família melhorar, mas não quero ficar mt esperançoso. abçs

Sérgio Santos disse...

Gustavo, a Shirley tb é a minha personagem preferida. A única que eu realmente gosto. E a atriz está incrível. Abçs

Sérgio Santos disse...

Sem mais, Diogo. abçs

Sérgio Santos disse...

Exatamente, Kellen! E a cobra dividiu opiniões mesmo. rs bj

Sérgio Santos disse...

Pois é, Sissym, ela é a responsável pelos poucos acontecimentos da trama. bj

Sérgio Santos disse...

Vera, a Viviane é maravilhosa e esbanja talento. Mas eu tb ainda não me empolguei com a novela. Aliás, mta gente não se empolgou. bj

Sérgio Santos disse...

Adriana, há quanto tempo! Tudo indo.

Viviane chegou pra movimentar um pouco a novela, mas nem ela tem conseguido mexer em muita coisa, o que é uma pena. Mas a atriz está ótima.

Jura que não tem gostado da Júlia? Tenho acho ótima! A Helena tá mais comedida mas ainda vejo ironia e deboche nela. Só que Luiza tá a cópia da Helena, então talvez isso acabe atrapalhando. bjssss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, eu concordo com vc. Se a cobra estivesse em Amor à Vida ia ter um bando de gente dizendo que era mexicano e tal. Mas eu não tenho pq dizer isso já que eu nada tenho contra essa mexicanização que ocorre em TODAS as novelas. E a cobra foi uma ótima sacada pra mim. Mas quem criticava os supostos exageros de AAV tinha a obrigação de criticar o mesmo agora.

Sérgio Santos disse...

Concordo com vc, Marilene. bj

Sérgio Santos disse...

Maíra, é verdade, Alice e Viviane se parecem mt fisicamente e essa escalação foi um acerto. E eu não sabia desse filme dela com a Sophie não. Adorei saber. Eu realmente gosto mt delas! Obrigado! Beijão!

Sérgio Santos disse...

Ju, senti sua falta. Sim, tb não me empolguei com muita coisa dessa novela até agora. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Barbie, não acho que esteja á altura do Félix, mas ela tá mt bem. bj

Sérgio Santos disse...

Anônimo, realmente nessa parte ela mostrou carinho pela amiga, ainda que a tenha humilhado. E a Viviane está ótima no papel. Rouba a cena sempre que aparece. Bjsss e obrigado!

Sérgio Santos disse...

Melina, não acho cópia, mas claro que há semelhanças. Ele poderia ter evitado isso, mas fazer o que... A Viviane está magistral. E por enquanto a Shirley ainda não tá tendo o destaque que merece, mas acredito que vá ter. Bjsssss

Sérgio Santos disse...

Cléu, boa semana pra vc. bj

Sérgio Santos disse...

Concordo, Patrícia. bj

Leandro disse...

Gosto das vilãs de Manoel Carlos, ele mesmo diz que não escreve vilões assassinos, são pessoas comuns sem exageros de caras e bocas. Bem, e tenho que admitir que esperava mais da novela. Mas ainda prefiro Em Família do que a cafonice da novela passada.

Anônimo disse...

Em família decepcionou mesmo, tem tudo pra ser A PIOR do maneco. Olha a diferença da excelente historia de amor que tá passando no viva. Mas convenhamos qualquer coisa é melhor que Walcyr Carrasco e seu texto pobre e cafona.

Thallys Bruno Almeida disse...

Tô adorando a volta da Viviane Pasmanter. A mulher tá linda (o tempo não passa pra ela, impressionante), voltou com tudo, esbanja talento em cada cena, pegou uma personagem sensacional e transparece que tá adorando interpretar a Shirley. Ainda mais que Maneco é o autor que mais a valorizou.

Mas não acho que a novela esteja vagarosa. Acho o ritmo normal, tranquilo, tô gostando. Me agrada mais do que as duas últimas do Maneco (e, na minha singela opinião, as duas últimas do horário tbm).

E entre os personagens, algumas eu amo logo de cara: a Luiza da Bruna Marquezine (não acho que ela esteja "se oferecendo" para o cara que agrediu o melhor amigo, até porque ela nem se deu conta dessa história ainda, e eu adoro a dose de ousadia dela), a Marina da Tainá Muller (embora sozinha, o casal com a Clara tá meio estranho), a Branca (torço muito pra ela ferrar o canalha do Ricardo), além do núcleo idoso brilhantemente estrelado por Paulo José, Suely Franco e Maria Pompeu. Os que eu detesto: Felipe (ô sujeito inconveniente), o André (um babaca que desvaloriza a mãe) e a Miss Lauren (por motivos óbvios).

Sérgio Santos disse...

Discordo, mas respeito sua opinião, Leandro.

Sérgio Santos disse...

Não acho que Em Família conseguirá ser pior que Viver a Vida, anônimo, mas nada é impossível. Só que está longe de ser uma grande novela.

Sérgio Santos disse...

Bem, Thallys, o ritmo da novela está muito arrastado e isso fica nítido. Mas se não te incomoda, ok. A Viviane está ótima e Shirley é melhor personagem da novela de longe.

A Luiza sabe mt bem da história e não tá nem aí. Não gosto dela e não me apeguei a quase nenhum personagem. Branca é ótima e o papel do Paulo José encantador, mas os outros perfis estão complicados.

Bruno disse...

Quase 3 meses de novela e fica bem nitida a insatisfação do público através dos números do Ibope. Vivianne excelente como sempre em sua interpretação...mas coitada,depois de tanto tempo afastada das novelas merecia estar numa novela de sucesso como foi " Por Amor". Mas o fato é que a parte dela está sendo mais que cumprida neste fiasco do horario até outrora "nobre" se tornando POBRE.