quarta-feira, 26 de março de 2014

Mariana Xavier e Luciana Paes divertem e Yanna Lavigne emociona em "Além do Horizonte"

A novela das sete apresentou muitos equívocos, mas foi acertando alguns pontos ao longo dos meses. Nem todos ficaram bons, mas entre as mudanças positivas feitas na história, há as três irmãs de Tapiré. Ana Rita (Mariana Xavier), Ana Fátima (Yanna Lavigne) e Ana Selma (Luciana Paes) ganharam um bom destaque em "Além do Horizonte e enquanto uma emociona, as outras duas divertem quem assiste.


Inicialmente, o trio não era valorizado e ficava avulso no núcleo de Tapiré. Apareciam pouco e nas poucas cenas que tinham não conseguiam se destacar devido aos diálogos repetitivos, além das situações desinteressantes. Mas a ida das irmãs para o Rio de Janeiro provocou uma agradável virada na história delas. 

A boa sintonia entre as atrizes pôde ser vista com mais clareza, longe de um núcleo que nunca chegou a empolgar, e as três fizeram boas cenas. Mas Ana Fátima não ficou muito tempo longe de casa e acabou voltando para Tapiré. No entanto, o retorno não atrapalhou Yanna Lavigne, que conseguiu mostrar seu talento
quando a personagem descobriu que Kleber (Marcello Novaes) era seu pai. As sequências foram difíceis e ela emocionou. 

Já Ana Rita e Ana Selma continuam no RJ e estão tentando a carreira artística. Esse fato automaticamente proporciona hilárias cenas para as atrizes, que dão um show na comédia. É difícil destacar alguma situação mais engraçada vivida pela dupla, mas o clipe onde ambas adaptam a música "Beijinho no ombro" (sucesso de Valesca Popozuda) pode ser considerado o momento mais engraçado da novela, que estava carente de um núcleo cômico.

E para melhorar ainda mais a comicidade das irmãs, Nilson (JP Rufino) foi escolhido para ser o 'agente' delas. O talentoso menino faz uma ótima parceria com as atrizes e as cenas estão leves e divertidas. Os autores acertaram na condução dessa trama, uma vez que a novela sempre foi baseada no suspense e as poucas cenas teoricamente cômicas não tinham a menor graça. 

Mariana Xavier e Luciana Paes são gratas surpresas em "Além do Horizonte". As duas têm pouca experiência na televisão, mas mostraram que merecem ser escaladas para as próximas produções da emissora. Vale lembrar que Mariana se destacou no filme "Minha mãe é uma peça", vivendo Marcelina, a filha da deliciosa Dona Hermínia, personagem interpretada por Paulo Gustavo. Já Yanna Lavigne ganhou seu primeiro papel de maior importância em "Salve Jorge" e agora tem feito bonito na trama das sete, comprovando o acerto de sua escalação. 

Ana Rita, Ana Selma e Ana Fátima são personagens que ganharam um merecido destaque, mesmo não tendo relação alguma com o núcleo da Comunidade comandada por LC (Antônio Calloni). As três estão tendo bons momentos na novela, onde duas divertem o telespectador e outra emociona. "Além do Horizonte" ainda está longe de ser considerada uma grande obra, mas Marcos Berstein e Carlos Gregório acertaram quando resolveram investir nas irmãs de Tapiré. 

20 comentários:

Thallys Bruno Almeida disse...

Considero Mariana e Luciana o "verdadeiro casal protagonista" de Além do Horizonte. As loucuras das Anas me interessam mais do que a ciranda amorosa entre William, Marlon e Lili.

Lembro da Yanna em Salve Jorge, mas acho que o primeiro papel de maior importância dela é agora, já que lá ela integrava o fraquíssimo núcleo turco. Ela e o Marcelo protagonizaram cenas ótimas e fico feliz que sua personagem tenha crescido. Sem contar que ela é linda tb.

Mariana e Luciana estão absolutamente impagáveis. O "beijinho no boto" foi mto bom, mto bom mesmo. E felizmente juntaram o JP Rufino com elas.

Eu junto as três a JP Rufino, Mariana Rios, Calloni, Cássio Gabus, Carol Ferraz, Sabrima Greve (Angelique) e Alex Nero como a turma que mais me agrada nessa novela. Se bem que a atual fase tá tensa e eu quero mais é que Geração venha.

E sobre a saída do Alexandre Nero, pode ser que ele se dê bem na novela do Aguinaldo. Td bem que AS não tem produzido mais nada de bom desde 2007, mas quero ver como vai ser esse par do Alexandre com a Marina Ruy Barbosa. E gostei do AS ter dado um personagem diferente pra ela, assim como tinha feito com o Zé Mayer em FE.

Felisberto Junior disse...

Olá, Boa noite, Sérgio
só vou poder ficar aqui ,de camarote, lendo e aplaudindo sua análise.Só vc mesmo, de olho nos detalhes para escrever sobre!Nunca , sinceramente, tinha ouvido falar de Ana Rita (Mariana Xavier), Ana Fátima (Yanna Lavigne) e Ana Selma (Luciana Paes).Sim,moro na Terra, sim!
Obrigado pelo carinho,bela noite,belos dias, abraços!

Luma Rosa disse...

Oi, Sérgio!
Sempre que estou zapeando e passo pela novela, as cenas estão tensas. Noutro dia assisti uma cena com o Cássio Gabus Mendes e estava ótima, daí mudou de cena e eu mudei de canal! :D
Vou procurar o momento mais engraçado da novela para assistir!
Beijus,

Anônimo disse...

Gracas adeus falta pouco pra essa novela acabar e que venha logo GERACAO BRASIL e que me faca esquecer logo essa novela ridicula chamada alem do inferno ela so nao e pior do que tres irmas(2008) e
Tempos modernos(2010) mais e iqualmente ruim .

Mariana disse...

Não acho a Yanna talentosa, mas das outras duas eu gosto. Elas estão divertidas! E a Mariana no filme Minha mãe é uma peça tá engraçada demais! Só que essa novela ainda deixa muito a desejar. Sobre o seu comentário no Twiter da péssima qualidade das novelas da globo atuais eu assino embaixo!

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Olá amigo, esta novela tem um enredo muito fraco, aquela história de máquina da felicidade é uma chatice total, gosto de muitos atores da novela, mas o tema não emplacou na minha opinião, sem duvida essas atrizes foram ganhando espaço justamente pelo fraco conteúdo que acabou favorecendo a exposição delas já que não se tinha nada mais interessante na novela, não sei se são realmente boas atrizes devido a isso, penso que futuros trabalhos é que dirão mas são divertidas! Abraçossss

MARILENE disse...

Sergio, a mudança foi muito positiva, realmente. As duas passaram a nos fazer rir depois que saíram de Tapiré. E o garoto é ótimo como "agente" delas. Os outros núcleos não perderam a mesmice e a chatice. Só a Fátima, com sua descoberta e seu carisma, permanece agradando, com uma sensível interpretação. Bjs.

Raquel disse...

Sérgio,

Está pra nascer um núcleo cômico que me agrade. Acho que as Anas têm um humor forçado, óbvio e cansativo. Na minha humilde opinião, o Hermes maquinado ficou 100000X mais engraçado do que as Anas e Pricelo juntos.

Em compensação, acho que a trama da Fátima é a única coisa que tá prestando fora da comunidade (e olha que essa também está ficando cansativa) e a Yanna está mandando muito bem. Ela com o Novaes estão fazendo uma ótima dupla e até o Tardio ficou mais simpático depois que formou casal com ela. :P

Beijos...

Sérgio Santos disse...

Pensei que o seu casal protagonista fosse Heloisa e Thomaz, Thallys. Pq duas irmãs serem consideradas um casal é meio complicado. Mas as duas estão ótimas e mt divertidas. Yanna tb convence.

O Nero deve se sair bem na trama do Aguinaldo, mas a novela não me empolga em nada.

Sérgio Santos disse...

Mas é compreensível, Felis. A novela é pouco vista. Abçs

Sérgio Santos disse...

Entendo, Luma. O Cássio Gabus está mt bem como de costume. bjão

Sérgio Santos disse...

Tomara que GB seja boa, anônimo. ADH deixou mt a desejar, apesar das melhoras.

Sérgio Santos disse...

Mariana, a sua xará no filme está hilária mesmo. Aliás, o filme é hilário. Eu gosto da Yanna mas respeito sua opinião. E realmente a atual fase da Globo tá triste. bjs

Sérgio Santos disse...

Kellen, não emplacou mesmo. É fato, foi um fracasso. Mas depois de algumas mudanças a trama apresentou melhoras. Ainda está longe de ser considerada uma boa novela, mas melhorou. bjs

Sérgio Santos disse...

Juntar o Nilson com as duas foi uma boa sacada, Marilene. Mas ainda há núcleos chatos mesmo. bjs

Sérgio Santos disse...

Entendo, Raquel. Mta gente odeia núcleo cômico mesmo. Eu no início não via a mínima graça nas situações, mas depois acho que acertaram e as atrizes estão mt bem.

Mas concordo que a trama tá cansativa em vários pontos e os núcleos que eu considerava chatos continuam chatos. bjssss

Filha do Rei disse...

Sérgio, elas realmente são muito boas, divirto-me com as duas :)

Sérgio Santos disse...

Eu tb, Cléu. bjssssss

Anônimo disse...

EU GOSTO DA GORDINHA E DA ALTA. A YANNA NÃO CONVENCE.

Sérgio Santos disse...

Eu gosto das três, anônimo.