terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Caio Castro, teatro, polêmica e uma declaração infeliz

A reprise da entrevista que Caio Castro concedeu a Marília Gabriela causou um reboliço no meio artístico. O programa já tinha sido exibido ano passado, mas a declaração infeliz do ator passou despercebida. Quando a atração foi reprisada recentemente, Ingrid Guimarães mostrou indignação com a declaração do rapaz ----- ele disse não gostar de ir ao teatro e que só lê por obrigação para ficar 'antenado', caso alguém lhe faça alguma pergunta. A partir de então, a polêmica foi iniciada.


Ingrid fez questão de dizer: "Me espanta ver como alguns jovens atores se distanciam cada vez mais da essência da profissão e fazem dela um grande negócio. São eles que vão provar que nesta profissão é melhor abrir casas noturnas e restaurantes do que perder um fim de semana de sol no teatro." Miguel Falabella apoiou a indignação da atriz e não poupou palavras ao falar de Caio: "Não interessa saber quem é. Esse tipo de gente não interessa e ponto. Você só erra quando o chama de ator, querida. Não é ator, é desinibido."

E outros grandes nomes também fizeram questão de repudiar a declaração do rapaz, como Pedro Paulo Rangel: "Chocante, triste, um absurdo, mas absolutamente natural com estes tempos que nos deram pra viver. Por que o espanto? Não sei quem é a anta, e nem me interesso em saber, mas me regozijo em não tê-la
pastando em nosso jardim." Já Laura Cardoso chamou Caio de ignorante e Rosamaria Murtinho perguntou quanto anos ele tinha. Nivea Maria e Odilon Wagner, em uma entrevista ao "Pânico", na rádio Jovem Pan, também condenaram a declaração.

Porém, houve quem também defendesse. O grande Carlos Vereza, por exemplo, culpou as televisões que incentivam as carinhas bonitas e sem conteúdo, além da cultura que confunde novo com novidade, encostando atores com larga experiência com teatro e televisão. A própria Marília Gabriela declarou que pegaram o 'coitado para bode expiatório'. A jornalista também disse que a opinião dele reflete o pensamento de grande parte da população brasileira.

A verdade é que toda essa polêmica não está no fato de não gostar de teatro ou de ler, afinal, todos têm o direito de gostar e detestar o que bem quiser. Gosto não se discute. E ninguém é superior porque lê mais ou vai ao teatro regularmente. Entretanto, um ator declarar o que Caio Castro declarou é deprimente.

Como bem disse a atriz Beth Goulart, ele tem direito de não gostar, mas é estranho que um profissional das artes dramáticas negue as origens de sua profissão. Essa 'opinião' do ator é tão incoerente quanto a de um autor que diz não suportar literatura ou a de um policial que diz não gostar de mexer em armas. Porém, não fazer teatro não faz de um ator menos talentoso. Afinal, a grande Glória Pires é um ótimo exemplo. Dedicada sempre ao mundo televisivo e cinematográfico, a atriz é uma das melhores do país mesmo sem ter o cenário teatral como base.

Mas Caio Castro não pode se dar a esse luxo. O ator foi o vencedor de um concurso no "Caldeirão do Huck", entrou na "Malhação" e depois engrenou uma novela atrás da outra na Globo. Mas não teve uma atuação convincente até agora. Seu último trabalho (em "Amor à Vida") deixou claro que o seu sucesso se deve aos seus dotes físicos, uma vez que a função de Michel era praticamente transar com Patrícia (Maria Casadevall). E não convenceu nas poucas cenas que exigiram mais dele.

Se Caio quiser mesmo seguir atuando ---- levando em consideração que o mesmo já mostrou querer ser apresentador ----, precisará se dedicar à profissão. Também necessitará de maturidade para evitar declarações tão deprimentes quanto a que deu no "Marília Gabriela Entrevista", do GNT, e terá que parar de se expor tanto na mídia, deixando seu trabalho totalmente de lado. Há um longo caminho a percorrer e muito o que estudar, afinal, até agora não conseguiu sequer honrar o que alega ser: um ator.

59 comentários:

✿ chica disse...

Ele, além de ter enchido linguiça naquela novela com sua parceirinha chata, perdeu a chance de calar a boca e calado, não falaria idiotices como fez! Credo!! abração,chica

Thallys Bruno Almeida disse...

Acredito que Laura, Rosamaria e Pedro Paulo tenham se sentido ofendidos talvez pelo fato de o teatro fazer parte de suas formações em uma época em que a profissão de ator não era bem-vista pela sociedade.

E é vdd, é uma chatice essa coisa de dizer que quem lê sei lá quantos livros por dia ou faz teatro é superior intelectualmente aos outros, haja visto aquele monte de chatos que fica mandando "desligar o bbb pra ler um livro."

O grande problema nisso tudo foi a arrogância do sr. Castro. A forma desdenhosa como tratou o assunto. E acho que o sucesso pela forma física vem de bem antes do Michel.

Mas acho que já se deu ibope demais pra esse cara. Esse tipo de polêmica só irá alimentar ainda mais o ego do Caio.

Felisberto Junior disse...

Olá, Sérgio
sim, a verdade é que não está no fato de não gostar de teatro ou de ler, cada um com seus direitos, mas , o fato dele parecer desdenhar,gerou toda essa polêmica e "bronca" dos colegas, pois é comum que um ator tenha respeito pelas palavras, livros e pela arte que ele escolheu representar, pois o teatro é a raiz do ator...
Boa noite, obrigado,belo dia,abraços

Felisberto Junior disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Letícia disse...

Boa noite Meu caro Sérgio,

Realmente foi uma declaração bastante infeliz. Afinal de contas para um pessoa que busca entrar nesta área da atuação... Gostar de teatro seria o mínimo exigido. E um ator, precisar gostar de ler, afinal de contas, a leitura é uma das bases de um bom ator. É claro que ninguém é obrigado a gosta... A resposta do rapaz foi bastante infeliz, apesar de realmente, simbolizar parte da opinião de muitos tantos outros brasileiros... Ele é reflexo disso...
Quando você pega um Antônio Fagundes, o cara lê um livro atrás do outro e é considerado um dos mais cultos do meio artístico e isso tem um por que... É alguém que se dedica a leitura constantemente, é um exercício diário para o ator e isso acaba refletindo no seu trabalho.
Realmente temos que levar em conta que é apenas um jovem ator que atrai mais pela estampa que pelo talento... Quem sabe no futuro, isso possa ser revertido... Quem sabe até um dia possa trabalhar em teatro, talvez seja isso que falte para se tornar um ator de verdade...

Uma boa semana Sérgio

Anônimo disse...

Na minha opiniao o que falta pra esse
Rapaz e talento pra atuar que ele nao
Tem nenhum na minha opiniao ele so
E um rostinho bonito e um corpinho
Bonito nao mais que isso agora sem
Talento ele e,canastrao ele e ou seja
Pra mim esse caio castro nao e nada.
E so isso que tenho pra dizer
Bom dia atodos.

paulo disse...

O problema não é ele não gostar de teatro, a Gloria Pires também nunca fez teatro e é uma das maiores atrizes do brasil. O fato é que esse rapazinho NÃO sabe atuar nem na TV que é o veiculo em que ele trabalha. Mas a mediocridade dos dias de hoje permite esse tipo de coisa, ele não concorreu a melhor ator coadjuvante no Faustão? E os cantores e musicas que concorreram a tal premio? E aposto que ganhará muitos troféus nos prêmios "contigo" da vida, eleito por adolescentes que votam em seus tablets e smartphones. Que época terrível estamos vivendo...

Flávia disse...

Você sambou nessa crítica, Sérgio! Caio nem pode ser chamado de ator!!! Ridículo o que ele falou. E ainda tem o caso de pedir pra tal namorada abortar! Ele só faz m***** !

Danizita L. disse...

Um ator desprezar teatro e leitura? Ai,ai, prova de que ele só está interessado mesmo é no glamour e exposição que a profissão pode proporcionar. Quanto à Glória Pires,não tem comparação, ela já deu inúmeras provas que é uma brilhante atriz, e o fato dela ser ausente no teatro não quer dizer que ela detesta ou não respeita. Caio Castro é um ator muito fraco, exatamente por isso tinha que procurar se apegar ao máximo possível a esses dois elementos que ele tanto desdenha,como você mesmo disse, até hoje não convenceu, e olha que ele já tem uns 6 anos de estrada com uma novela atrás da outra.

Anônimo disse...

Por isso que é esse excelente ator que é.

Glória Pires pode não fazer teatro, mas prestigia.

Júlia Borges disse...

Não o metralho por sua declaração porque sinceramente nunca vi nele um cara realmente dedicado a arte. Compreendo a classe artística que o criticou, para eles foi um espanto ver que um "artista" não gosta de teatro (berço de tudo), nem de ler. Mas a praia do Caio Castro é ser famoso, e não ser artista. Ele só faz novela, pois a mesma é o maior alavanca para a fama. Mas vocês ão de convir que sua resposta a toda essa polêmica foi digna de um moleque, idem a foto. Se eu não o critiquei por sua declaração, o critico por sua resposta.

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Ele foi mesmo infeliz nessa declaração, o que mostra que ainda está bem imaturo na profissão escolhida. É direito dele não gostar de ler ou de assistir a uma peça de teatro, mas é estranho que um ator não dê relevância a estes valiosos instrumentos que tendem apenas a acrescer um ator. Talvez esta polêmica sirva para despertá-lo e traga algum ensinamento para ele. Nunca vi um ator não se interessar por teatro, ainda que fosse apenas com a finalidade de aprender com a atuação dos colegas.
Mas ele é jovem e ainda tem muito a aprender. Só uma bela estampa não garante o sucesso ou a permanência de um ator nas telas da TV.

Ótimo dia.

Beijo.

Clau disse...

Oi Sérgio!
Caio Castro é só um rostinho bonito que tem um corpo sarado.
Atuar não é a praia dele.
Deveria estar em outra profissão.
Ele foi infeliz ao dar essa declaração, mas aposto que vários atores (principalmente os da nova geração), também pensam igual a ele, mas não falam...Até que ele foi autêntico nessa entrevista...
bjs.

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Olá amigo que saudades, estou retornando finalmente depois de uma longa pausa me dedicando a mudança! Eita que o bicho tá pegando aqui para o Caio Castro kkkk, então, o que dizer? Eu não vi a declaração, teria que assistir para julgar no contexto, mas com certeza o fator geração ai tem tudo haver, o teatro é a base da dramaturgia, a escola que formou diversos atores de antigas gerações, porém quem está formando novos atores hoje? O teatro? não, a Malhação mesmo, e as palavras do Caio Castro só refletem a atualidade na qual ele como ator foi formado, não ensinaram penso eu, a ele que é bonito e soa bem falar bem do teatro por ser este é a elite da dramaturgia, o ovo de onde ela nasceu, ele foi infeliz mas de fato disse o que a grande maioria da população brasileira pensa, não o culpo, os tempos mudaram os atores não dão mais importância para quem foi Grupo Oficina, quem foi Vianinha, Augusto Boal, Oswald de Andrade e tantos outros, a "arte" está vindo fácil para eles, não precisam lutar contra a ditadura para manter uma peça em cartaz, o dinheiro vem e vem fácil através da TV, são poucos os que entendem de verdade a importância do teatro na formação completa de um ator! Abraçossss

MARILENE disse...

Sergio, ele não tem talento e suas declarações mostram o quanto ainda tem que aprender para ser considerado ator. Há muitos rostos bonitinhos na TV, mas poucos conseguem se firmar. Merecer o respeito dos colegas é fundamental, em qualquer profissão. Faltou-lhe maturidade para entender que não se diz tudo que se pensa. Bjs.

Anônimo disse...

Não vi o trabalho do Caio em Malhação e em Tititi lembro que ele era fraco no início, mas com o tempo melhorou consideravelmente. Porém em Fina estampa a coisa ficou ruim, pois lembro que ele foi muito criticado por conta do seu Antenor. E realmente ele não soube conduzir o personagem direito. Depois disso o Caio só piorou e sua vida pessoal ficou mais famosa que seus personagens. Uma pena. Isso é falta de maturidade e juízo.

Anônimo disse...

Não tenho nada contra a Gabi, mas ela deveria dar espaço para atores jovens realmente talentosos e esforçados e não para esse tipo de "artista". Sangue bom, por exemplo, era cheia de jovens com talento. Com raras exceções.

Barbie Californiana disse...

Um rapaz de coragem... perdi essa entrevista, Sérgio... e olha que sempre vejo Gabi mesmo sendo tarde, digamos que seja uma exceção devido a qualidade do programa que ela apresenta... rs rs rs beijinhos

Anônimo disse...

Não é surpreendente essa declaração do Caio, principalmente pq vem dele, mas concordo que não deixa de ser deprimente!! É no teatro que o ator se torna completo, afinal de contas é ele, o texto e a plateia. Demonstra insegurança, logo, falta de empenho e vontade. Como eu disse não é surpreendente já que se prefere virar noites em festas e dias em academias do que se aperfeiçoar na profissão que diz ter escolhido!! Mas felizmente não está tudo perdido, existem jovens atores que ainda levam a profissão a sério e nos dão a alegria de vê boas interpretações como por exemplo o Humberto Carrão, Jesuita Barbosa e o Marco Pigossi que é, na minha opinião, muito mais bonito que o Caio Castro e é disputadissimo tanto no teatro como na TV! No fim da pena é do Caio, que se queimou legal e que a BELEZA UMA HORA VAI EMBORA!

Fabíola Oliveira disse...

Eu achei a polêmica iniciada por Ingrid Guimarães absolutamente desnecessária, Sérgio.

Realmente é estranho um ator dizer que não gosta de teatro, mas francamente o rapaz não está obrigado a mentir só para satisfazer uns e outros.

E qual o problema se ele quiser fazer da profissão apenas um negócio? Acho que cada um deve cuidar de si e definir o que realmente quer e deseja da profissão que escolheu.

O caio parece ter escolhido apenas só ser famoso. O que há de mau nisso?

E quem mais quer fazer da profissão de ator um grande negócio antes do próprio Caio é a televisão, que se utiliza desses profissionais que conseguem se popularizar pelos dotes estéticos, para alavancar audiência.

Um bom exemplo disso é a Fiorela Matheis, que é péssima atriz e, mesmo assim, foi chamada para fazer uma temporada de Malhação depois que um dos diretores da atração a viu no PROJAC lanchando com a mãe.

Vai me dizer que, com tanta menina querendo ser atriz, não tinha ninguém melhor que a Fiorela? Talvez entre todas as candidatas ao papel, ela fosse a mais gata até porque superá-la no quesito beleza é uma tarefa um tanto quanto difícil.


Depois que, mesmo não gostando de ler, ele se força isso ao menos para saber dar uma entrevista, quer dizer: ele entende e sente essa necessidade de consumir alguma leitura para ter um mínimo para falar em uma entrevista.

Ademais que vamos deixar de hipocrisia: em tempos de poucas oportunidades profissionais, quem não gostaria de ter a sorte do Caio Castro e ganhar dinheiro literalmente com a cara, ainda que não necessariamente goste de teatro? Pena que a Ingrid Guimarães não tenha a cara tão bonita.

Outra coisa: que problema pode haver de alguém usar uma profissão como trampolim para outra, no caso dele, ser apresentador?

Gente normal faz isso o tempo todo: muitas vezes aceitam seguir temporariamente uma profissão porque sabe que ela pode ser um meio de atingir a que realmente quer.

No curso de Direito, é normalíssimo a gente vê pessoas dizendo que não querem, nem gostam de advogar.

Eu tive um professor de Direito Civil que disse que não gostava de advogar, que o fazia apenas porque era o melhor meio que havia encontrado para garantir a sua subsistência e de sua família e ninguém achou isso estranho. Inclusive para a esmagadora das pessoas que se formam em Direito,esse curso é apenas uma ferramenta para ampliar as chances de passarem em um concurso.

Agora um ator tem que dizer que gosta de teatro. Paciência!

Sem noção mesmo foi a Ingrid ao lançar mão das redes sociais para achincalhar alguém que ela queira , quer não é um colega de profissão. Eu a achei extremamente antiética.

Sou terminantemente contra, Sérgio, a essa mania moderna de usar as redes sociais para desnecessariamente achincalhar pessoas que pensam diferente de nós. Problema é que tem hora que a gente superestima demais o que pensa.

Beijos!

Luma Rosa disse...

Oi, Sérgio!
Tudo depende da maneira como as coisas são ditas. Quando assisti a entrevista no ano passado, achei que ele foi humilde e não arrogante, em confessar que não tem o afinco de outros atores e que ler não fazia parte do seu dia a dia no passado e que agora tem que ler pelo menos para se manter informado sobre o que acontece. Enfim, estou com a Marília Gabriela; pegaram o moço como bode espiatório.
Beijus,

Anônimo disse...

É um bosta, arrogante, trata os fãs mal, merece parar na fazenda.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Caio Castro é um ator fraco, sempre se repete nos personagens, mas agrada ao público adolescente e por isso é constantemente escalado. No caso da polêmica declaração, cabe bem o ditado: Quem diz o que quer, ouve o que não quer. É estranho um ator se declarar desinteressado de teatro e cultura, mas ele teve coragem de se expor e ir contra o politicamente correto.

Anônimo disse...

Vi seu comentário sobre o assunto na época, sobre os artistas que falando e etc, e concordo totalmente, principalmente com o Falabella com o que foi dito...
É uma pena que tenha tantos atores bons e realmente querendo fazer bonito e com dificuldade de chegar a passar em testes, por "atores" como ele, enquanto ele e outros com por rosto.
Conheci alguns que são bonitos, não mais que ele, mas ótimos atores, pacote completo e consegue papéis mas pouco para o que merecia. É sempre mais difícil para os bons mesmo, mas que não são tão lindos ou filhos, ou conhecidos de famosos. Pelo menos a maioria quando consegue também surpreende e se mantém.
Apenas acho que ninguém é obrigado a nada, concordo também com os artistas que falaram que ele é livre e pode não gostar, mas realmente é estranho declarações do tipo vindo de atores, só que aí é que está... Seria estranho de outros, mesmo podendo não gostar e só atuar, só que vindo dele não é estranho porque ele não é ator! É só pegar o histórico dele.
O cara passou em um teste do Caldeirão do Huck para Malhação, e apenas por ser simpáticozinho e bonito. E não falo pela novela, nem nada, que landçou bons atores ou os que se tornaram com o tempo, mas que ao mesmo tempo sempre contrata pela beleza também, e poucos vão longe depois como é o caso dele... E tudo bem que tinha diretor, mas lembro e ele fazia sucesso com as meninas na época pelo rostinho, cachinhos e etc.
Depois disso, até hoje, pelo que parece não fez nada para melhorar mesmo a atuação, é só olhar todos os trabalhos dele até hoje.
Como disse Miguel, é apenas desinibido e é mantido por quem só olha o que o mantém mesmo nesse meio... Além da emissora não se ligar, perder atores bons para outra emissora e manter ele e outros sempre e com papéis de destaque.
Não seria problema ele começar assim se focasse e tentasse melhorar pelo menos um pouco, sei lá... Talvez ele só ache legal pelo oba, oba e por fazer o de sempre, fácil, igual, sem roupa... Tantos começaram assim e melhoraram, mas não parece que será o caso dele. Seria bom até para mostrar como outros que aproveitaram a oportunidade dada, mas no caso dele só aproveita a imagem mesmo.
Não é à toa que na época passaram o outro que tinha sido bom também, mas se não me engano, não tinha sido escolhido pelo público...
O fato é que ele pode continuar assim, mas ator como Matheus Solano, Wagner Moura, entre tantos outros atuais maravilhosos, que são reconhecidos e surpreendem a cada papel, que são indicados e premiados nas premiações por pessoas entendidas e por público com senso e não só os que costumam indicar ele, pelo ótimo trabalho, se continuar sendo só isso que é até hoje, nunca será como eles, que são ainda mais lindos e tão, tão melhores pela ótima atuação, dedicação e respeito pelo trabalho e por quem prestigia eles também!

Anônimo disse...

Ah, e não acho mesmo que foi um ato de se admirar, corajoso, e se fosse, poderia ter dito o que queria, mas muito melhor, com outras palavras, como já vi grandes atores fazendo o mesmo, mas sem desmerecer nada... E pior foi a resposta dada pelo pai dele e ele logo depois, apesar do comentário que gerou a resposta do pai dele...
Só sei que admirei os atores que souberam responder isso, ainda mais os veteranos, principalmente a de uma atriz e de um ator também do teatro que não lembro os nomes agora, além do Miguel Falabella como disse.

Anônimo disse...

*Não é à toa que na época passaram o outro que tinha sido bom mesmo, mas se não me engano, não tinha sido escolhido pelo público....

Sérgio Santos disse...

Pois é, Chica. bjssss

Sérgio Santos disse...

Se sentiram ofendidos e têm razão. Ele foi infeliz na declaração e quem fala o que quer ouve o que não quer.

Não acho que isso seja ibope, pelo contrário, é queimação de filme mesmo.

Sérgio Santos disse...

É lógico, Felis, não gostar de teatro e de leitura não é a questão. O problema é um ator falar isso. Ele não pensou nesse pequeno detalhe. abçsss

Sérgio Santos disse...

Exatamente, minha cara Letícia! E se ele ainda fosse talentoso, até dava pra relevar essa declaração, mas nem é o caso. Ele se destaca mais pelas suas pegações do que pelo seu trabalho. Não convenceu em nenhuma novela até agora e não se preocupa em evoluir ou se aperfeiçoar.

Não gostar de ler e ir a teatro, ok, mas um profissional das artes dramáticas falar isso não dá. Glória Pires não faz teatro, mas prestigia e nunca disse tamanho absurdo. Enfim... Bjssss e bom fim de semana!

Sérgio Santos disse...

Concordo, anônimo. abçsssss

Sérgio Santos disse...

Exato, Paulo, não é esse o problema. Mas declarar isso sem vergonha alguma, levando em consideração seu fraco trabalho, é lamentável. Sim, concorreu e é um absurdo vê-lo entre os indicados.

Sérgio Santos disse...

Flávia, obrigado. E essa questão que vc citou, é apenas uma das polêmicas que ele se envolveu. Triste.

Sérgio Santos disse...

Danizita, assino embaixo do seu comentário! É o que penso. bjssss

Sérgio Santos disse...

Exato, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Júlia, não deixa de ser verdade. Ele realmente parece querer usufruir dos benefícios da fama e só.

Sérgio Santos disse...

Isso, Vera, é direito dele mas não deixa de ser estranho, levando em consideração a profissão que escolheu. Não sei se isso melhorará sua conduta, já que ele mostrou não estar nada arrependido. Bjssss e bom fim de semana.

Sérgio Santos disse...

Olha, Clau, tb não duvido que muitos rostinhos bonitos pensam que nem ele. Bjs

Sérgio Santos disse...

Que saudades, Kellen! Senti sua falta! Bem vinda de volta! Sim, compreendo sua opinião e tb acho que muitos pensam como ele, mas ainda assim não deixa de ter sido infeliz nessa entrevista. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Perfeito, Marilene! bjssss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, eu vi em Malhação e, apesar da temporada ter sido ótima, ele foi mt fraco. E continuei achando em todas as demais produções. Em Tititi convenceu em uma ou outra cena mas nada demais.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, a única entrevista da Gabi com ator de Sangue Bom foi com a Sophie Charlotte. Aliás, a entrevista foi excelente.

Sérgio Santos disse...

Barbie, esse Gabi que vc vê é o do SBT. O do GNT começa às 22h. bjsss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, nem sei se essa declaração afastará o Caio das novelas e séries. O lógico seria afastar, mas nem sei. O Pigossi é mt talentoso!

Sérgio Santos disse...

Fabíola, entendo sua opinião, mas discordo porque achei a Ingrid corajosa e quem fala o que quer escuta o que não quer. Eu acho problema quando um ator usa a profissão como um mero negócio. Mas é aquilo, errado é quem compra isso e o contrata.

Tem muita gente mesmo que está trabalhando com o que não gosta só pelo dinheiro, mas daí a dar uma declaração pública sobre isso são outros 500. Eu não contrataria um advogado que me falasse que odeia o que faz. Se odeia não deve fazer direito. Caso do Caio nem não atua nada direito. Mas enfim... Beijão!

Sérgio Santos disse...

Entendo sua opinião, Luma, embora discorde. Bjsss e bom fim de semana.

Sérgio Santos disse...

Já havia lido que ele não trata bem os fãs, anônimo. Mas não sei pq nunca vi.

Sérgio Santos disse...

Exato, Elvira, ele se repete sempre e quem fala o que quer... Mas nem sei se foi coragem, acho que foi na verdade um ato falho. Bjsss

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sérgio Santos disse...

Anônimo, eu concordo com absolutamente tudo o que vc escreveu em seus dois comentários. Nem tenho nada a acrescentar.

Fabíola Oliveira disse...

Sérgio, eu respeito a sua opinião, mas eu não penso que o ditado " quem diz o que quer escuta o que não quer possa ser aplicado no caso em questão, pois eu entendo a aplicação desse adágio popular apenas quando o que se quer dizer tem o intuito de ofender o outro, o que não me parece ter sido o caso.

Acontece que a Gabi fez uma pergunta e ele respondeu. Agora se alguns atores não gostaram do que ouviram, aí já é problema deles.

Eu não tou aqui de forma alguma querendo defender o Caio que, segundo consta, é uma figura muito indigesta, mas tão somente o que eu penso sobre o assunto.

Ele mesmo disse uma certa vez que, quando tava participando do programa do Luciano Hulk para entrar em Malhação,ninguém do colégio onde ele estudava torcia por ele porque não era uma figura muito popular por lá.

Depois que eu tenho cá minhas dúvidas se realmente quem faz o que gosta, faz sempre bem feito e quem não faz o que gosta, faz mal feito.

Minha mãe, por exemplo, odeia passar roupa, mas passa muito bem porque ela se predispõe a fazem bem feito tudo aquilo que ela se mete a fazer.

Tivemos uma empregada aqui em casa uma vez que disse que adorava cozinhar e as comidas dela eram péssimas, até feder, fediam.

E só para dar mais um exemplo, o Ronaldo Fenômeno odiava treinar e treinar, obviamente, é algo que deve fazer parte da rotina de qualquer atleta e o cara odiava. Ainda esta semana ele falou sobre isso na Jovem Pan.

Eu tô com a Gaby: pegaram o cara para bode expiatório só porque entre os atores desprovidos de talento, ele é o mais pop, o que mais faz sucesso...

Quanto a advogado, Sérgio, tenho certeza de que muita gente ao ler esse comentário vai me criticar, ainda que apenas mentalmente, mas mesmo assim vou dizer: boa parte das pessoas que se forma em Direito não gosta de advogar e está advogando só porque, dentro da profissão, não encontrou nada melhor para fazer, ou seja, não conseguiu ser aprovada em nenhum concurso.

Conheci uma pessoa que, na graduação, nem estagiar em escritório quis por dizer que não queria advogar. Formou-se, não conseguiu ser aprovada em nenhum concurso e começou a advogar. Dizem que é competente, mas eu tenho cá minhas dúvidas se ela gosta mesmo de advogar...

Eu conheci uma certa advogada que dizia que amava advogar e perdeu uma ação porque perdeu o dia da audiência... Uma falha quase que inadmissível para um advogado...

Mas cada um tem sua forma de pensar e eu respeito.

Beijo enorme para você e bom carnaval, Sérgio!

Fabíola Oliveira disse...

Agora também dizer que é uma pena que atores realmente talentosos deixem de ter uma chance de mostrar seu talento em detrimento de um Caio Castro é.

Mas como você mesmo disse e eu assino embaixo, o culpado maior é a própria emissora que o contrata e olha que para o nível dele, ele já fez até muita novela e algumas até em horário nobre...

Particularmente, eu não o acho tão bonito assim. Certamente tem melhores como o Jesuíta Barbosa, por exemplo, que é bom ator e já fez algumas aparições na TV. Não sei se chegará a fazer alguma novela... Soube que ele tá pegando tanto trabalho, que abandonou até a faculdade de artes cênicas e foi elogiadíssimo pelo Wagner Moura, que disse que ele é um ator tão bom, que é capaz até de sustentar, com louvor, uma cena com close no rosto...

Anônimo disse...

Quanto mais uma pessoa lê e estuda, menos ignorante ela é e ponto. Infelizmente algumas pessoas não gostam de ler, não apreciam a cultura.

Que sejam felizes com suas escolhas, mas uma pessoa q se pretende "ator" como esse Caio castro - q diga-se de passagem, é apenas um rostinho bonito fadado ao esquecimento assim q a Globo decidir e as histéricas permitirem - ou muda de postura, o q acho impossível pois parece bem feliz na sua estupidez, ou temos q esperar o próximo gostosão da fila!

Fabíola Oliveira disse...

Talvez o que você esteja esquecendo, anônimo, é que provavelmente ele não quer ser ator. Talvez, não sei, essa profissão para ele seja apenas um trampolim para alcançar algo mais...

Eu realmente encaro essa postura do Caio Castro de maneira muito prática: a sorte um belo dia sorriu para ele e, até agora, tudo o que ele está fazendo é o que qualquer um no lugar dele faria: aproveitando!

Só não sei se da melhor forma, mas está aproveitando dentro do que ele se predispôs a fazer, que pode muito bem não ser o que a maioria espera.

Depois que ele parece que, mesmo não sendo dado à leitura, lê assim mesmo alguma coisa, ou seja, ele se força a fazer o que não gosta porque entende o valor disso, principalmente ele que vive o tempo todo respondendo a perguntas em entrevistas.

E eu não entendo por que, em um universo tão grande de bons atores, as pessoas fiquem tão indignadas com o que o Caio que, ainda é um ator medíocre, falou.

Tá na cara que isso é só porque ele é famoso. Se fosse um ator que quase ninguém ouviu falar, as pessoas não estariam nem aí para essa declaração e jamais ela teria sido alçada ao nível de " polêmica".

Uma coisa que eu noto: criticar quem de alguma forma( independente de ter talento ou não) se destaca parece que sempre ajuda a agregar valor a crítica porque parece que sem esse elemento ela perderia a força ou o poder de atrair seguidores. Criticar gente inexpressiva não tem graça, né...

Convenhamos, quem estaria se importado com isso se não fosse o Caio Castro que tivesse falado?

Sempre vão existir pessoas que não mereciam estar em um lugar de destaque e estão.

Observem o The Voice e outros programas de calouros: sai gente dali talentosíssima, mas quem tá fazendo sucesso é Luan Santana e Lucas Lucco ( que tem um sotaque cantando bem chatinho, Gustavo Lima, que não raramente dá umas desafinadas feiosas cantando.

Depois que ninguém precisa necessariamente ser desprovido de talento para sumir da mídia. Alguns atores, com o decurso do tempo e falta de sorte, simplesmente deixaram de ser chamados para novos trabalhos.

Profissão de ator infelizmente tem desses percalços. Exemplo disso é Joana Fomm, a Perpétua de Tiêta,que depois de ter se submetido a um tratamento contra o câncer, mais nunca recebeu convites para atuar.

Quem não se lembra da Mel Lisboa, a eterna Anita, que parecia ter tido um começo de carreira promissor e, depois disso, mais nunca recebeu papéis relevantes, tendo estado bem apagadinha da mídia nos últimos anos?

O que não dizer de Harley Joel Osment, o garotinho do Filme do aclamado longa americano O Sexto Sentido, que também mais nunca conseguiu se envolver em uma produção de sucesso?

Possa ser que o Caio Castro se prejudique com essa declaração, mas também possa ser que não. Vamos ver...

E, Sérgio,eu acharia a Ingrid bem mais corajosa se ela tivesse criticado a Globo por contratar o Caio Castro e o Walcyr por tê-lo escalado para uma novela no horário nobre.

Ela deveria ter atacado a fonte do sucesso do garoto também.

Ai, sim, eu a acharia uma mulher de coragem porque ele só está aonde está porque a Globo o levou até lá. Criticar alguém que se sabe que a maioria já tem vontade de criticar e só está esperando uma boa oportunidade é fácil.

Em tempos de redes sociais, ninguém quer se queimar, né. Quer apenas mostrar que é cult! Então, ela preferiu hastear uma bandeira nas redes sociais supostamente em defesa de sua profissão, mas sem mergulhar de cabeça na questão. Tendi...

Fabíola Oliveira disse...

Coragem, para mim, teve o Antônio Fagundes que ingressou com uma reclamação trabalhista contra a Globo por essa emissora está desobedecendo algumas previsões legais no que tange a determinados direitos trabalhistas e venceu a ação...

Isso é coragem e olha que tem muito ator na Globo insatisfeito com os horários de trabalho da emissora.

Mas cadê que ninguém usa uma rede social para falar disso? Já não digo os mais novos que precisam desabrochar na carreira. Mas os mais velhos, que já conseguiram certa estabilidade profissional, bem que poderiam levantar essa bandeira. Mas cadê?

Fica tudo caladinho remugando suas insatisfações com a emissora pelos bastidores...

Sérgio Santos disse...

Fabíola, eu entendo perfeitamente a sua concepção. E nem sabia dessa história da escola dele. Mas dá pra entender pq não gostam mt dele...

Imagino que tenha mesmo mt advogado que odeie a profissão, assim como vários profissionais. Mas isso se diz em particular, não em público.

Jesuíta é um talento mesmo e ele já foi escalado para o remake de O Astro. Que bom. Mas é lamentável mesmo que mta gente talentosa seja preterida e outras sem talento sejam endeusadas.

Sobre o Fagundes nem posso falar pq não me aprofundei no assunto. Só achei exagerado ele querer receber grana por cada participação que fizer nos programas da Globo. Mas nem sei o que houve de fato. Beijos e ótimo Carnaval pra vc!

Sérgio Santos disse...

E há vários por aí, anônimo.

Filha do Rei disse...

Oiii!! Acredito que serei uma das poucas a "defender" o Caio :) e ainda sou uma das poucas que vê talento neste garoto que talvez esteja deslumbrado com o sucesso, "talvez". Os atores caem em cima dele, alguns dizem que ele está só por dinheiro, que artes tem q ter amor, mas lembro-me de atores de teatro que não gostavam de tv e faziam novelas por causa do dinheiro.Caio é lindo sim, mas acho-o mais espontâneo do que lindo e está aí para crescer, se não o rotularem e se conseguir perceber em que está errando. Espero que ele dê certo.

Bjss e obrigada pelo carinho de sempre!!

Anônimo disse...

Gosto não se discute,mas tna minha opiniào,de rostinho bonito Caio Castro nào tem nada, cara larga,nada simpático, e pior se acha ,acho ele feio, e péssimo ATOR, mas qto mais se fala mais na mídia ele fica, dá ibop , né?? assim como aquela coisinha que canta , enjoada q só ela, mas é filha de famoso...tá cheio desses tipo na TV G...