quarta-feira, 10 de julho de 2013

A volta triunfal de Yoná Magalhães em "Sangue Bom"

Afastada das novelas desde 2009, quando viveu a picareta Adalgisa em "Cama de Gato", Yoná Magalhães estava fazendo falta na televisão. E para a sorte do público, após uma rápida participação na série "Tapas & Beijos", a atriz voltou a dar o ar da graça em "Sangue Bom". Entretanto, nas primeiras semanas da novela das sete, parecia que Yoná faria apenas uma figuração de luxo. Mas, felizmente, foi apenas uma impressão. Com o passar dos capítulos, foi possível ver que sua personagem tinha uma grande importância e ainda apresentava uma história muito rica.


Glória é uma mulher autoritária e já teve uma excelente condição financeira. Mãe de Perácio (Felipe Camargo), sofreu um baque quando perdeu sua filha ---- hipertensa, a mulher teve complicações no parto e faleceu. A morte coincidiu com o momento de ruína da família. Com raiva de tudo e culpando o genro (Wilson - Marco Ricca) pela perda da filha, a matriarca deu o neto (Bento - Marco Pigossi) para o primeiro que apareceu, no caso Silvério (Norival Rizzo). Anos se passaram e a distinta senhora acabou se tornando uma pessoa amarga e infeliz.

Nos capítulos mais recentes, a personagem descobriu a identidade do seu neto. E foi a partir dessa situação que a atriz comprovou o quanto que é esplêndida. Yoná Magalhães protagonizou grandiosas cenas e emocionou em todos os momentos. Tanto quando explica as razões do abandono para Silvério e Salma (Louise Cardoso), quanto
no instante em que abraça Bento e chora copiosamente. Foram sequências intensas e tocantes. A atuação foi digna de muitos aplausos, o que não é nenhuma novidade na carreira de Yoná.

Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari fizeram muito bem ao escalar essa grande atriz para viver um papel totalmente diferente dos tipos que ela estava acostumada a interpretar nos últimos anos --- peruas quase sempre voltadas para o humor. Após brilhar diversas vezes nesses papéis cômicos, Yoná provou que estava precisando muito voltar ao drama para presentear o telespectador com seu talento e relembrar os velhos tempos em que emocionava o público com perfis mais densos.

Com a Glória, a atriz está podendo se destacar em meio a um elenco numeroso e repleto de atores jovens. Depois de algumas semanas aparecendo timidamente, tudo indica que, a partir de agora, a trama e o drama da personagem só irão crescer. Afinal, Bento ainda não sabe da verdade e muito menos Wilson, o genro que virou um ser amargo depois da perda da esposa. Para culminar pai e filho se detestam, e ainda há Brenda (Letícia Isnard) ---- vigarista casada com Perácio ---- morando na mansão e atazanando a vida da sogra. Ou seja, é sem dúvida um núcleo riquíssimo e cheio de subtramas interessantes.

Exibindo um currículo de respeito e repleto de bons trabalhos ---- tendo "Saramandaia", "Roque Santeiro", "Tieta", "A Próxima Vítima", "Um Só Coração", "Senhora do Destino" e "Paraíso Tropical" entre eles ---- Yoná Magalhães não podia ficar tanto tempo afastada da televisão. Inadmissível que os autores a tenham deixado quase quatro anos fora do ar. Ainda bem que Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari se lembraram de escalar uma profissional desse calibre para fazer parte de "Sangue Bom". Ela e o telespectador mereciam esse presente.

37 comentários:

✿ chica disse...

Ela é maravilhosa, trabalha com o coração e deve ter o papel bem legal que lhe dê chances de mostrar a que veio! abraços, tudo de bom, até a volta! chica

Fernando Oliveira disse...

Yoná Magalhães é simplesmente, maravilhosa. Atrizes como ela que tem uma bagagem, uma história na TV desde os anos 50 faz a diferença nos dias atuais. É muito tempo, 60 anos de vida na TV e com esse talento todo. Adorei o artigo, Sérgio!

Patricia Galis disse...

Sempre gostei do se trabalho além de ter sido uma das mulheres mais lindas da tv, e ainda o é sua elegância é de tirar o chapéu.

Filha do Rei disse...

Yoná sempre foi esplêndida.É daquelas estrelas discretas,mas esplendorosas quando entram em cena.
Bjs

FABIOTV disse...

Olá, tudo bem? Concordo!!! Yoná Magalhães é uma grande atriz. Roubou a cena nos recentes capítulos. Estive na festa de lançamento da novela. Ela atendeu toda a imprensa com calma, paciência e educação. Também percebi o respeito dos jornalistas com a atriz. Já outros, deixa pra lá.... Rs... Abraços, Fabio www.fabiotv.zip.net

Letícia disse...

Boa tarde Sérgio,

ao ler seu belo texto sobre a Yoná Magalhães, me lembrei de algo que li a algum tempo atrás, a falta de bons papeis para mulheres mais velhas e se você reparar é uma verdade. Envelhecer chega a ser um pecado para as atrizes, seus papeis, normalmente, se resumem a mães e avós que tão conselhos ou vive situações periféricas, sem muita importância para as tramas. Provavelmente a ausência da atriz durante quase 4 anos da telinha em um papel de destaque seja por isso. Muitos autores, infelizmente, não conseguem perceber que há vida além dos cinquentas e as mulheres têm uma vida mais rica que aparece na telinha.

Sei que há exemplos de atrizes como a Suzana Vieira, Laura Cardoso, Fernanda Montenegro que ainda continuam atuando com certa frequência, mas mesmo assim, se reparar bem, as presenças delas na tela são mais espaçadas.

Não tenho nada contra o novo, ao contrário, aprecio o novo, mas não deixo de lado as "antigas" (sinto-me cometendo uma indelicadeza falando assim), a experiência que os anos trouxeram a estas grandes atrizes, elas sabem como ninguém enriquecer um papel, trazer as nuances necessárias para dá a emoção certa para quem assiste. Ter elas em produções é enriquecer a dramaturgia, é uma verdadeira aula de interpretação. Muitos jovens atores deveriam tê-las como exemplos. O caminho percorrido por elas foi longo e ainda percorrem com maestria.

As grandes atrizes, e os atores também, meu respeito e admiração.

Um abraço Sérgio.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Yoná Magalhães merecia esse destaque. Realmente, a personagem aparecia pouco na trama, mas, quando foi exigida, deu oportunidade para Yoná emocionar. Também gostei dela nas novelas citadas por você, Sérgio. Acrescento sua boa presença em "Cama de Gato".

Barbie Californiana disse...

Yoná já se eternizou como um excelente talento, Sérgio, pena que não posso assistir nesse horário. beijinhos

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, eu fiquei muito feliz com o destaque que ela está ganhando, merecidíssmo, sempre gostei muito dela! Os autores foram muito felizes em trazê-la p trama surpreendendo a nós que achávamos que seria só uma participação! Abraçosss

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Yoná Magalhães é uma atriz admirável. Seu retorno é bem vindo, pois tem muito a ensinar aos novos talentos, além do prazer que proporciona aos telespectadores pela sempre brilhante atuação.

Apesar de não ver a novela, gostei de ler a sua excelente análise.

Beijo.

Clau disse...

Boa noite Sérgio!
Sou fã do trabalho da Yoná Magalhães,essa veterana maravilhosa.
Gostava de vê-la em Tieta!
Adorei ler sobre a personagem que ela está fazendo,afinal,eu desconhecia,pois não assisto Sangue Bom.
Obrigada!
Bjs \o/

BIA disse...

Oi Sérgio!!!

Eu adoro esta atriz!!! A Yoná Magalhães é muito simpática e alegre, ela transmite uma energia boa em tudo o que faz!!!
Bjs :)

Zilani Célia disse...

OI SERGIO!
EM TEU ÓTIMO TEXTO, FALAS TUDO O QUE ESTA ATRIZ, YONÁ MAGALHÃES, MERECE, É MARAVILHOSA E ESTÁ DANDO SEU RECADO COMO TANTAS VEZES JÁ O FEZ.
TE CONFESSO QUE NO INÍCIO DA NOVELA ESTAVA MEIO DECEPCIONADA COM O PAPEL QUE ELA ESTAVA DESEMPENHANDO,MAS, COMO BEM DIZES, CRESCEU E VAI NOS BRINDAR COM BELOS MOMENTOS, TENHO CERTEZA.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

MARILENE disse...

Pensei a mesma coisa, em suas primeiras cenas. Mas cresceu, com o talento que lhe é inerente. As partes que mencionou foram excelentes e ela tem-se destacado mais, agora. Bjs.

Thallys Bruno Almeida disse...

Que presentaço a Yoná Magalhães recebeu com essa personagem. Fico feliz que MAA/Villari tenham agregado mais um acerto à vasta coleção de pontos positivos de Sangue Bom.

As cenas dela descobrindo toda a verdade sobre Bento através de Silvério e Salma, além do reencontro com o florista, foram de uma emoção ímpar. A paisagem linda, a emoção dos atores, a linda trilha lusitana (Quase Um Fado, de António Zambujo). De arrepiar.

Quando se fala em Brenda, Perácio e Rosemere (Malu Mader) nesse núcleo, uma coisa é certa: fica MUITO melhor sem o MALA do Felipinho, apesar de este ter ganhado uma certa importância ao prometer que ajudará o pai a se reerguer na carreira de pintor. Só vendo pra crer...

Mas esse pequeno detalhe não atrapalha o brilhantismo de Sangue Bom e eu fico feliz de ver uma super atriz como Yoná novamente com o espaço merecido e em um personagem à altura de seu puro talento. Abçs!

jhwz2011 disse...

Yona Magalhaes é uma atriz fantastica e fazia falta e alguns poderiam aparecer mais como Lima Duarte, Beatriz Seagall,Lady Francisco, acho que tem que dar espacos aos jovens porque um dia eles podem morrer e alguem tem que substitui-los e nao podem deixa-los tanto tempo de fora tambem

Sérgio Santos disse...

Verdade, Chica. bjs

Sérgio Santos disse...

É verdade, Fernando, atrizes como essa precisam e merecem ser valorizadas. Yoná ganhou uma ótima personagem na novela Abração!

Sérgio Santos disse...

Concordo, Patrícia. bjssss

Sérgio Santos disse...

É verdade, Cléu! Tem sido um prazer vê-la. bjs

Sérgio Santos disse...

Vc foi na festa, Fabio? Que bacana! Yoná sempre mostrou ser uma pessoa muito simpática mesmo! Abraços!

Sérgio Santos disse...

Letícia, pra variar, assino embaixo! Walcyr Carrasco e Silvio de Abreu são atores que costumam sempre valorizar os veteranos. Pena que nem todos são assim.

Uma lástima a Yoná ter ficado afastada tanto tempo. Já estava na hora de voltar e que bom que foi nessa personagem.

Os grandes atores precisam ser valorizados sempre. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Elvira, no início achei que era uma mera figurante. Depois a vi crescendo, até essa cena da revelação. Ali ela dominou tudo. Espero que continue com o destaque até o fim. Sim, ela esteve ótima em Cama de Gato. Não citei novamente porque já havia colocado a novela no início do texto. bjs

Sérgio Santos disse...

Pena mesmo, Barbie. A novela é mt boa. bj

Sérgio Santos disse...

Verdade, Kellen. Os autores acertaram ao escolher a Yoná pra viver a Glória. A personagem está sendo muito bem defendida por ela. bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Vera! Obrigado pelo seu carinhoso comentário. bjsssss

Sérgio Santos disse...

Também adoro ela, Bia. bjsss

Sérgio Santos disse...

Zilani, por um momento eu também cheguei a achar que era uma figurante de luxo. Mas, felizmente, os autores me fizeram calar a boca. Yoná tá dando show. bjssss

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Marilene! Ela cresceu e apareceu. bjssss

Sérgio Santos disse...

Verdade, Thallys. A cena teve um conjunto perfeito. Não gosto do Felipinho e do Perácio, mas os demais personagens do núcleo são ótimos. Vamos ver como essa situação será desenvolvida, espero que da melhor maneira possível. abraços.

Sérgio Santos disse...

Jhwz2011, é verdade. Esses atores também fazem por merecer grandes papéis. Lady Francisco participou da reta final de Cheias de Charme e Louco por Elas e a Beatriz fez uma rápida participação em Lado a Lado. Pena que raramente são lembradas. O Lima Duarte eu acho que é bem valorizado na Globo. Abraços.

Neli Souza disse...

Sergio, desde o início da novela,Yoná encarnou brilhantemente a quatrocentona arruinada. Esteve ótima mesmo quando tudo parecia apontar apenas para uma aristocrata decadente,mas altiva,amarga e sarcástica.Neste momento da trama em que se humaniza ao conhecer e amar o neto,ela simplesmente arrasou.E é um dos núcleos mais interessantes,em que pese a dispensável figura do Felipinho.Estou amando esperar a reação do Bento quando descobrir sua origem.

Sérgio Santos disse...

Oi Neli! É verdade, Yoná cresceu absurdamente em cena e merecidamente. Esse núcleo é mesmo muito bom, com exceção do cansativo Felipinho. Também aguardo a reação do Bento quando souber de tudo. Boas cenas virão. bjsssss

jhwz2011 disse...

Ahh Fabio quem foi mal educado la na festa, os protagonistas sao simpaticos pelo menos?

Sandra Rodrigues disse...

Yoná como Theresa Amayo são irrefutavelmente atrizes de real e primeira grandeza!AMO AS DUAS e as acompanho por toda a vida!Impossivel tirarem a sua coroa de RAINHAS!

Sérgio Santos disse...

Sandra, concordo plenamente com você. bjs

DIDHA PEREIRA disse...

SOU FÃ DE YONÁ, SENTIA A SUA FALTA E ME QUESTIONAVA POR QUE A GLOBO NÃO DÁ A ELA O DESTAQUE QUE DÁ PARA GLÓRIA, REGINA, FERNANDA? AFINAL YONÁ FOI A PRIMEIRA MOCINHA DA TV GLOBO E FEZ A HISTÓRIA DO TEATRO, TV E CINEMA BRASILEIROS! ESSA ATRIZ MARAVILHOSA, VERDADEIRA DIVÃ POSSUI UM ESPAÇO MARCADO NA NOSSA MEMÓRIA, NO NOSSO CORAÇÃO E NO IMAGINÁRIO COLETIVO DESSE POVO VARONIL... DESPERTA BRASIL!
Didha Pereira - ator, autor, pesquisador e encenador