domingo, 7 de outubro de 2012

Em plena reta final, Avenida Brasil exibe uma sucessão de cenas impactantes e tira o fôlego do telespectador

Faltando pouco para seu fim, "Avenida Brasil" tem deixado o público em êxtase. Atuações magistrais, capítulos impactantes, cenas grandiosas, reviravoltas que nunca cessam e uma direção caprichada têm sido a tônica dos últimos capítulos; mas, verdade seja dita, o telespectador viu este conjunto desde o início da obra. Em menos de duas semanas, Nina e Jorginho caíram, se levantaram, Tufão foi investigando sua mulher, Carminha começou a sentir o chão se abrir, tentou matar Max, que foi salvo por Mãe Lucinda, que voltou pra mansão, assustou a vilã, finalmente mostrou as fotos comprometedoras, que chocou Ivana e que desmascarou a vilã perante toda a família de Tufão. Não por acaso, a audiência tem explodido e os cinco últimos capítulos ultrapassaram os 40 pontos com facilidade. Levando-se em conta que o Horário Eleitoral só terminou na quarta-feira e ainda temos duas semanas de novela.


De todas as cenas mais recentes, é preciso ressaltar o momento em que Carminha ludibria Max no barco, aceitando fugir com seu amante antes que todos descubram seus podres. Além dos desempenhos excepcionais de Adriana Esteves e Marcello Novaes e do grande texto do autor, o telespectador viu uma direção impecável. Enquanto ambos conversavam, o foco foi no olhar de cada um, ignorando até mesmo a boca dos atores em diversos momentos. Ainda havia uma música romântica tocando no ambiente, esta colocada por Max para comemorar a fuga e o romance do casal. Sequência de um brilhantismo impressionante. Ricardo Waddington, Amora Mautner e José Luiz Villamarim são diretores admiráveis e merecem todo e qualquer reconhecimento.

Elogiar Adriana Esteves já virou uma rotina, mas não se pode ignorar seu desempenho, principalmente quando Carminha demonstra remorso e angústia no momento que decide eliminar seu comparsa. A vilã realmente sofreu com sua própria atitude e isto pôde ser visto no olhar da personagem; tanto no instante que o enganou, quanto na
hora que mandou Lúcio quebrar o casco do barco de seu amante. E o grito que a víbora deu assim que viu Max de volta na mansão (após este salvo por Mãe Lucinda) já virou um dos maiores 'hits' da internet, com várias pessoas compartilhando o antológico momento.

João Emanuel Carneiro é o grande mestre dos ganchos e das reviravoltas, no entanto, a quantidade de cenas impactantes nesta reta final não deixa de ser surpreendente. Mesmo o público tendo se acostumado a acompanhar capítulos ágeis, sempre deixando aquela vontade de assistir ao dia seguinte, é difícil não se empolgar com a reta final desta trama que mobilizou o país. A cena em que Ivana abre o presente dado por seu marido, e grita de desespero ao ver as fotos do traidor com sua cunhada, foi um dos melhores ganchos da trama, conseguindo um feito e tanto para um sábado: atingir picos de 44 pontos no ibope.

A menos de 20 dias do seu fim, "Avenida Brasil" não está deixando ninguém respirar, presenteando o público com uma sucessão de sequências dignas de muitos aplausos. E todos que acompanharam a novela até agora sabem que João Emanuel Carneiro não irá diminuir este ritmo frenético. Até o último capítulo será impossível deixar de correr nesta avenida! Oi oi oi!

68 comentários:

Ana Lucia Nicolau disse...

essa novela já deu o que tinha que dar, passou da hora de acabar....

LUIZ disse...

Só voce mesmo pra estar tão empolgado com essa novelinha, sergio. O que tá todo mundo comentando é que essa novela se tornou um fiasco total na reta final, com cada vez mais absurdos. Esses dias eu assisti o capitulo em que o tufão desmascara a carminha e o max, hoje voltei a assistir e vi o max na mesa daquela familia louca comendo como se nada tivesse acontecido. Essa novela dá voltas e volta pro mesmo lugar, ridiculo. Como que a carminha afunda um barco e achou que ninguem ia procurar o max no mar? Quanta besteira, ARGH!

Thallys Bruno Almeida disse...

Que capítulos, hein, Sérgio?? JEC deu um belo tapa na cara de quem dizia (e diz) que essa novela "já deu o que tinha que dar". Ah, que nada!!!! Enfim, Tufão descobriu a verdade, Max percebeu que Carminha tentou matá-lo, a vilã percebeu o cerco se fechando e Ivana, da pior maneira, finalmente percebeu o verdadeiro caráter do "bebezão" que ela tanto amava. E então, será mesmo que "nada acontece, que a novela só dá voltas e voltas no mesmo lugar"? Não é bem isso que vejo.

A Suellen, por sua vez, que eu adorava, ficou chata (isso eu tenho que reconhecer). Hoje, a personagem finalmente percebeu no que deu abandonar Roni e voltar à vida de periguete e acabou sendo humilhada pelo Wallerson, o típico jogador mauricinho babaca.

Para alegria dos fãs de AVBR e desespero dos talifãs da concorrência, JEC surpreendeu mais uma vez. Não é à toa que hoje, como vimos, mereceu o reconhecimento do Walcyr Carrasco. Abçs!

Sérgio Santos disse...

Oi Ana, obrigado pelo comentário, mas discordo dele. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Luiz, obrigado pelo comentário. Olha, não sou só eu, não. Tem muita gente gostando da novela. Como pelo que parece você não tem acompanhado não entendeu a volta do Max e nem a forma genial como isso foi mostrado. Jura que viu defeito no naufrágio do barco? Acho um pouco de má vontade. Abraços!

Sérgio Santos disse...

Oi Thallys, eu também não vejo nada de voltas no mesmo lugar e nem que a novela cansou, muito pelo contrário. Aliás, a repercussão está sendo refletida na audiência nessa reta final, embora a novela tenha tido um alto ibope desde o início.

Suellen ficou chata mesmo e a dupla com o Roni era muito bacana. Mas espero novas reviravoltas no caso dela também.

Bacana a atitude do Walcyr, né? Se eu já o admirava e era fã dele, isso fez tudo triplicar. Abração!

✿ chica disse...

Apesar de um monte de cenas chatas, está empolgante. Estou louca pra ver a Carminha e seu final...

Ela trabalha bem demais.

Vamos esperar! Mandei o email com a casa! abraços,chica

Bia Hain disse...

Sérgio,l agora posso concordar contigo. As cenas da última semana foram mesmo muito boas. Depois de uma tama arrastada e maio absurda, o autor está fechando a novela de forma surpreendente. Adriana Esteves tem mesmo se superado com as mudanças bruscas de expressão e atitude. Um abraço, bom domingo!

Roberta Ribeiro disse...

Que coisa maravilhosa essa Avenida Brasil.
Dificil vai ser acordar e constatar que ela terminou, nao gosto nem de pensar.
Divertida e dramatica para uma unica Avenida que ganhou o Brasil!
Oi Oi Oi:)

paulo disse...

Caro Sérgio, é dificil discutir com vc porque é visível pelo seu texto que vc está empolgado com essa novela, e põe empolgado nisso. Se vc pelo menos admitisse os furos dela eu até "perdoava" mas voce parece não (querer) enxergar isso. Será que tanta gente que critica os absurdos de AB está errada? A cegueira do tufão já ficou cômica de tão inverossímil, tanto que o que não faltam são paródias nos humorísticos da TV. E todos os outros absurdos que já foram comentados aqui mesmo no seu blog, e essa semana as cenas do barco foram pra lá de absurdas, tanto que a nina matou a charada, lógico que a carminha ia querer matar o max, aliás a nina é uma das poucas pessoas normais da novela. Se o objetivo da carminha era sumir com o corpo dele pra evitar um DNA como que ela afunda um barco? Qualquer pessoa iria raciocinar: o barco sumiu, afundou, o corpo está lá, oras!!! Daí ligam pra casa do tufão após resgatarem o max e a lucinda mas não falam nada, só que o barco afundou? Tem que mandar esse funcionario da marinha embora já, ou ele tambem foi comprado pela carminha? Aliás a tal da lucinda é mãe dináh, como que ela sabia que a carminha ia fazer aquilo e ficar escondida no barco, e se sabia aparecesse e acabava com os planos da carminha e não esperar a tragédia acontecer! E o tufão só vai ter certeza da traição do max e da carminha qdo ver as tais fotos? Tudo que ele viu e ouviu até agora não servem pra nada? Sabe aquela piada do portugues que seguiu a mulher até o motel mas voltou pra casa sem ter certeza de nada porque a porta do quarto do motel tava trancada? Pois é... Enquanto isso os demais personagens da novela dão voltas e voltas no mesmo lugar, como a periguete suéllen atacando mais uma vítima, as mulheres do Cadinho e suas confusões, etc. Mas o que tudo isso tem a ver com a trama principal? Novela tem que ter vários núcleos mas eles tem que se completar, e não um monte de estorinhas(chatíssmas) avulsas. Essa novela tem muitos defeitos SIM, mas que sirva de lição pro autor tentar acertar na próxima. E só me responda uma coisa: por que a mulher do max e aquelas mulheres do salão da monalisa tem voz de personagem da zorra total? Que coisa ridicula!!!

Zilani Célia disse...

OI SÉRGIO!
CONCORDO COM ALGUNS DOS COMENTÁRIOS, A NOVELA TEVE ALTOS E BAIXOS, COMO TODAS TEM, "ENCHERAM LINGUIÇA" (DITADO DO SUL)COMO TODO AUTOR O FAZ PARA COMPLETAR UM CICLO, MUITAS FALHAS, SIM, MAS, QUE ESTÁ PRENDENDO O TODO O BRASIL, SIM, BASTA VER-SE A AUDIÊNCIA, E A VOZ DO POVO É A VOZ DE DEUS NÉ?
ABRÇS
zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

Anônimo disse...

O texto do João Emanuel é muito bem feito,e a novela é bem dirigida!

Anônimo disse...

Vish, Maior merda essa novela

Rafael Barbosa dos Santos disse...

Nem sei como definir este espetáculo que estamos vendo. Uma cena melhor que a outra, grandes momentos. Meu Deus como vamos viver sem Avenida Brasil rsrs. Já quero que o tempo passe voando para chegar logo segunda feira as 21 hrs, hora marcada para o encontro com o espetáculo armado por JEC.

Milene Lima disse...

Será que eu também sou talifã concorrente? Não entendi o termo do seu comentador. Então se não concordamos, somos tolos? Sei lá... Eu fiquei mais de um mês sem ver Avenida Brasil, sem vontade ou remorso algum. Estava insuportável a trama principal e as outras tramas são chatas demais. Não suporto o Cadinho e suas mulheres chatas, jamais achei engraçado, enfim.
Mas aí as reviravoltas me atraíram e estou eu vendo os momentos finais. Eu veria mesmo odiando a novela, o que não é o caso. Só não a acho assim tão espetacular. A Favorita, no meu desimportante conceito, ganha com larga vantagem no quesito "hipnose do público".

Beijo, Sérgio.

Carlos disse...

Minha empolgação com essa novela está tão grande que essa semana só vi a cena da Carminha e Max na quinta, mas apenas pq queria ver A Grande Família. Nessa cena sim, elogio a Adriana Esteves, ali sim ela passou o sentimento da personagem. De resto, vi nada demais nela. Como já disse, infelizmente os autores gostam de vê-la gritando nas novelas, a moça ficou até com a garganta ruim nessa novela, coitada. Merece descansar junto com a novela, que aliás já deu FAZ TEMPO.

Não sei que empolgação é essa. Quando ela vai ser pega começa tudo do zero e ela consegue enrolar. Dessa vez foi mesmo? Ela não inventou que era montagem e os super bobos não acreditaram? Queria ver o autor desmascará-la no MEIO da novela, aí sim seria digno de aplausos.

Essa novela está cheia de furos desde o início, mas o autor perdeu a mão mesmo do capítulo 100 em diante. Vai acabar a novela e a vingança da Nina foi uma porcaria tanto que ela nem finalizou, ou seja, aquele teaser da novela ("agora ela vai pagar pelo que fez, eu juro") não se cumpriu. As fotos são da Nina, mas a vinçança em si não houve. E o que foi o Tufão acreditar na mulher que foi capaz de deixar o próprio filho no lixão (FATO) e deixar de acreditar na Nina pq ela estava com o filho dele e foi flagrada com drogas na mochila, e aí tem outro furo, Nina, ex-inteligente, nem pensou na câmera de segurança? Aceitou ser presa sem problema algum?

Personagens sem profundidade, vai terminar a novela e o Roni não sabe o que é. Essa novela só é das 8 por causa da trama principal, pq ela tinha tudo pra ser das 7, só bobagens. Na A Favorita tinha uma Catarina que passava poucas e boas com o marido, aí me pergunto: e nessa? Personagens não evoluem, público menos ainda.

Abraço

Carlos disse...

Pois é Milene, se for assim, sou talifã com maior orgulho kkkkk

Concordo com o Paulo quanto a esse papo de barco, fui procurar agora os videos no site pra entender um pouco e pois é, baixou a vidente na mãe Lucinda. Se a Carminha quisesse matá-lo teria que fazer isso e SUMIR com o corpo. Vários casos na vida real, será que ela não aprendeu? A ta, esqueci, tem que ter o "Quem matou o Max?", né?

Só discordo Paulo quanto a Nina. Aquilo lá tbm não tem atitude normal. Ela usa tecnologia pra encontrar a rival mas não usa pra desmascará-la? Faz uma vingança infantil após anos?

Essa novela pode ganhar trocentos prêmios que não vou mudar de opinião: foi uma porcaria de muito mal gosto no horário das 8. Digna de pena. Emoção, evolução, aprendizado, comédia SEM APELAÇÃO? Essa novela NÃO teve.

Abraço

Barbie Californiana disse...

A reta final está muito boa mesmo, Sérgio... eu até cheguei a pensar que o autor iria transformar a Nina em vilã e Carminha em mocinha, ainda bem que não fez a troca, senão seria um tiro no pé... Ah! e o susto que a Carminha levou ao ver o Max de volta foi inenarrável, ri muito... hihihi
beijos e lindo domingo.

"Eu não escrevo em português. Escrevo eu mesmo"-F.P- disse...

Fico indignado com a anestesia de alguns. É das poderosas. Talvez alguma injetado pela obra antecessora a AVB, se é que pode ser chamada de obra, a não ser que seja uma obra fisiológica, de tão merda que foi. Quando aparece uma trama tão fantástica, que se quer permite respirar não conseguem apreciar. É uma pena que prefiram manter a dormência de uma fina estampa que realmente desvendar os mistérios da humanidade. É o que JOÃO EMANOEL está fazendo, nos despertando.
Podem me dizer que sou alienado por gostar dessa novela, sou msm, obra de arte é pra nos deixar msm alienados.
Adriana Esteves Magistral. Crédito aos demais personagens.
Até mais ler...

Felisberto Junior disse...

Olá!
Boa tarde!
Sérgio,
As cenas da última semana foram mesmo muito boas. Depois de algumas "barrigas",e algumas "bobagens" que nem a licença poética permite, o autor está fechando bem a novela.
Concordo com vc quando diz que Adriana Esteves tem mesmo se superado e destacado..vamos aguardar!
Bom domingo!Bom início de semana!
Abraços

EDER RIBEIRO disse...

Sérgio, concordo com vc em gênero e grau. Vc faz uma análise perfeita da novela. Quero acrescentar aqui uma cena copiada de uma novela que me foge o nome, cuja cena o Reginaldo Farias dá banana para a câmera fugindo no helicóptero, e Max faz o mesmo a família de tufão, gostei tanto que tou torcendo para o bandido se dá bem...rssss. Abçs.

Narinha disse...

Momentos absolutamente fantásticos estes da semana que acaba.Sinceramente, não consigo imaginar o que ainda falta para o João inventar;só sei que,com certeza, assistiremos de fôlego preso e torcendo para que chegue o dia seguinte.E,delícia particular, é assistir à novela com toda a 'cascata' do OIOIOI, todos 'ligados na mesma emoção'e na mesma diversão com Zezé e Adauto! rsrsrs

paulo disse...

"E o grito que a víbora deu assim que viu Max de volta na mansão (após este salvo por Mãe Lucinda) já virou um dos maiores 'hits' da internet, com várias pessoas compartilhando o antológico momento."
********
Desculpe, mas senti vergonha alheia lendo isto.

Jeanne Geyer disse...

Olá, concordo sim que a novela está de tirar o fôlego,mas acho que o autor exagerou muito. A Favorita continua sendo a melhor, com cenas bem feitas e na medida certa, sem apelações. Beijos :)

Vanessa disse...

Sérgio, querido,
Voltei a acompanhar "Avenida Brasil" nessas últimas semanas. E que semanas!!!

Vi, ou melhor, tentei ver o cap de sábado em um barzinho aqui de SP. Cheguei lá apenas faltando dois blocos para acabar, e fiquei impressionada com o envolvimento dos presentes. Homens, mulheres, todos acompanhavam como se fosse uma final de Copa do Mundo cada cena de "Avenida Brasil". Até os garçons pararam para ver a novela em um dos três telões. Assim que a Carminha foi congelada, te juro que as pessoas se levantaram e comemoraram, como se fosse um gol do Brasil. rs. Ali só comprovei o qto a novela tem mexido com o País.

Se vai bater o recorde de "Fina Estampa", acho que isso é o de menos neste momento. Pelo menos em repercussão e em crítica, "Avenida Brasil" já venceu há muito o duelo com sua antecessora. Eu só lamento por Glória Perez, que vai ter a ingrata tarefa de substituir a obra prima de JEC. E, cá pra nós, nem que faça um sucessão como "O Clone" (o que não significa que tenha sido boa), vai ser muito, mas muito difícil fazer a audiência esquecer "Avenida Brasil". Eu mesma vou aproveitar a entrada de "Salve Jorge" para me libertar das novelas das 21. rs. Glória não dá. É muita alucinação junta. Prefiro reservar meu tempo para acompanhar "Lado a Lado", cada vez melhor. :c)

Beijos, querido.
Não consegui mais vir aqui por causa do trabalho, cansaço.. Mas sempre apareço para ler os posts. :c)

Vanessa disse...

Sérgio, querido,
Voltei a acompanhar "Avenida Brasil" nessas últimas semanas. E que semanas!!!

Vi, ou melhor, tentei ver o cap de sábado em um barzinho aqui de SP. Cheguei lá apenas faltando dois blocos para acabar, e fiquei impressionada com o envolvimento dos presentes. Homens, mulheres, todos acompanhavam como se fosse uma final de Copa do Mundo cada cena de "Avenida Brasil". Até os garçons pararam para ver a novela em um dos três telões. Assim que a Carminha foi congelada, te juro que as pessoas se levantaram e comemoraram, como se fosse um gol do Brasil. rs. Ali só comprovei o qto a novela tem mexido com o País.

Se vai bater o recorde de "Fina Estampa", acho que isso é o de menos neste momento. Pelo menos em repercussão e em crítica, "Avenida Brasil" já venceu há muito o duelo com sua antecessora. Eu só lamento por Glória Perez, que vai ter a ingrata tarefa de substituir a obra prima de JEC. E, cá pra nós, nem que faça um sucessão como "O Clone" (o que não significa que tenha sido boa), vai ser muito, mas muito difícil fazer a audiência esquecer "Avenida Brasil". Eu mesma vou aproveitar a entrada de "Salve Jorge" para me libertar das novelas das 21. rs. Glória não dá. É muita alucinação junta. Prefiro reservar meu tempo para acompanhar "Lado a Lado", cada vez melhor. :c)

Beijos, querido.
Não consegui mais vir aqui por causa do trabalho, cansaço.. Mas sempre apareço para ler os posts. :c)

VERINHA disse...

Olá Sergio, agradecendo sua presença no meu cantinho.
Nossa que novela para prender a gente, imagine que meu marido fica comentando com os amigos, aqui em casa para tudo e uns tempos atras juramos que não imamos mais ver novela, ficamos escravos, mas esta nos prendeu de uma forma incrível.
Dá até medo da Carminha, quando a gente pensa que ela ficou por baixo, dá uma reviravolta incrível, é muita maldade para uma só cabeçinha. Será que agora ela vai ganhar o dela? Se o tufão ser enrolado de volta, eu entro na televisão e enforco ele,kkkkkk.
Mas sentirei saudades, como sinto da Cheia de charme.
Uma semana maravilhosa, beijinhos.

Bruno Marques disse...

Essa semana foi eletrizante.Sábado, eu tava assistindo a novela num local público e quando a Carminha foi desmascarada todos os presentes vibraram muito!Enfim, JEC é um gênio!

Milene Lima disse...

Eu ia perguntar porque o Divino é um time que não joga, só treina. E porque o Jorginho era o craque do time, mas só aparece lá quando quer. Mas vou ficar quieta pra não ser presa pela polícia anti-opinião e acusada de radical. Deixa quieto.

E sigo revoltada porque o meu Adauto vai ser corno até o fim. Judiação!

Beijo, de novo, Sérgio.

Sérgio Santos disse...

Oi Chica, trabalho muito! Olha, recebi o e-mail e achei muito difícil ,viu? rs Beijos!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Bia, obrigado pelo comentário! Que cenas, hein? rs Boa semana! Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi Roberta, também não quero nem pensar que está acabando!!! Mas vamos aproveitar esses momentos finais! Beijos.

Sérgio Santos disse...

Paulo, talvez você não tenha lido meu último texto sobre Av. Brasil onde eu falo justamente dos furos da novela. O que eu considero furo, eu admito sem o menor problema. Nina sair de um banco com um milhão em dinheiro vivo é um imenso furo. Nina não armazenar as fotos em um arquivo no computador é outro baita furo. Porém, o resto não considero furo e sim licença poética. Pois é, estamos falando de uma obra de ficção e isso precisa se levar em conta. Por que nos filmes tudo é tolerado e em novelas não? E toda teledramaturgia seguisse os rumos 100% verossímeis não haveria conflitos, ou melhor, haveria sim, em menos de dois meses. E desculpe, Paulo, mas as novelas antigas eram 100% verídicas? Não tinha nada do que aconteceu na atual trama?

Uma coisa é o festival de barbaridades ridículas que aconteceram em Fina Estampa, como Tereza Cristina morrer no mar e depois aparecer subitamente a bordo de um carro importado, ou uma pessoa morrer caindo de uma escada de cinco degraus e não morrer após um capotamento de carro.

Mas da mesma forma que você acha impossível falar sobre Av. Brasil, eu também sei que nada irá te convencer que temos boas novelas e que não são só as de 1970 que eram interessantes. Mas ok, não haveria graça se todo mundo concordasse sempre.

Agora, lamento que você tenha sentido vergonha alheia ao ler esse trecho do meu texto, ou o texto inteiro (como imagino). Mas se fosse pensar em agradar todo mundo não teria um blog. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Zilani, obrigado pelo comentário. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi "Anônimo", concordo com você. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Oi Rafael, pois é, penso o mesmo. Sofreremos de abstinência das brabas! rsrs Abração!

Sérgio Santos disse...

Oi Milene, pare de dizer que sua opinião é desimportante. Não é não. Olha, prefiro muito mais Avenida Brasil do que A Favorita, mas respeito sua concepção.

A trama do Cadinho melhorou 100% com a falência dele, mas também respeito você não gostar.

Sobre o time do Divino, por causa dessas críticas, o autor criou uma partida oficial tempos atrás e só serviu para confirmar o óbvio: os jogos nada acrescentam à trama. O útil eram os diálogos nos vestiários, a Suellen e a situação do Roni. Jogo é encheção de linguiça.

Coitado do Adauto, vai descobrir que é corno amanhã mesmo. Mas acho que terminará com a Olenka. Beijos!!!

Sérgio Santos disse...

Carlos, sim, Carminha dirá que é montagem no capítulo de amanhã, mas não irão acreditar e ela será surrada por tudo quanto é gente.

Discordo das suas opiniões sobre a novela e chamá-la de porcaria acho uma grande injustiça. E personagens sem profundidade com certeza não foi o problema dessa novela. O que mais tinha ali era isso.

Mãe Lucinda, assim como Nina, imaginou que Carminha mataria Max, não vi absurdo nisso, uma vez que vocês mesmos disseram que era óbvio que isso fosse acontecer. Abraços!

Sérgio Santos disse...

Oi Barbie, está ótima mesmo. Você riu que nem o Nilo, né? rsrs Sim, não tinha como inverter as posições após tudo que Carminha fez. Beijos!!!

Sérgio Santos disse...

Oi amigo, obrigado pelo comentário. Após meses com o horário nobre tendo Insensato Coração, uma novela fraquíssima, e Fina Estampa, uma novela horrível; o telespectador está podendo acompanhar essa maravilha de Avenida Brasil! Abraços!

Sérgio Santos disse...

Oi Felisberto, obrigado pelo comentário. Adriana deu show. Tenha um ótima semana também! Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Eder, muito obrigado. Essa cena foi copiada da antológica Vale Tudo, quando Reginaldo Faria dá uma banana para o Brasil após embarcar em seu jatinho. Max não se dará bem, será assassinado em breve. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Narinha, a cascata no Twitter é muito divertida mesmo. E Zezé e Adauto? Esses dois são hilários e os atores excelentes. Beijos e obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Oi Jeanne, A Favorita foi uma novela marcante mesmo e há uma disputa ferrenha entre ela e Avenida Brasil. Eu, particularmente, prefiro a atual. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Vanessa, obrigado pelo carinho de sempre. Olha, eu moro perto de um restaurante e três bares. Juro pra você que quando Ivana abriu o presente e se deparou com as fotos, eu ouvi gritos e aplausos vindo dos locais. Parecia gol do Brasil. Nunca vi isso em cima de uma novela desde o último capítulo de A Próxima Vítima.

As tramas da Glória são cansativas mesmo e a única que eu gostei foi O Clone. As demais, detestei todas. Será uma dura missão mesmo.

Sim, Lado a Lado está muito agradável de se ver. Beijos!!! =)

Sérgio Santos disse...

Oi Verinha, Av. Brasil fez várias que pessoas, que haviam deixado de ver novela, voltassem a acompanhar uma trama. Agora eles vão acreditar sim! haha O capítulo de segunda será épico! Beijos!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Bruno, sim, essa reação foi a mesma em vários locais públicos pelo visto. Não por acaso o capítulo de sábado deu 44 pontos, índice absurdamente alto para um fim de semana. Abraço!

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Boa crítica, Sérgio. Há tempos eu esperava por capítulos assim impactantes. João Emanuel Carneiro optou por não ser Nina, mas Max, o portador das fotos, numa vingança contra Carminha, encurralada, e foi muito feliz. Ótimos texto, direção e atuações.

Paty Michele disse...

Eu sou fã incondicional da trama. Nem pisco!
O grito de Carminha foi tão impactante que até eu me assombrei!
kkkkkkkkkk

A novela tá com tudo!

bjo, Sérgio.

A viajante disse...

Mas gente, eu perdi tudo isso? Sábado eu fui para duas comemorações e agora só me resta buscar no youtube... risos... mas amei a cena de Carminha com Max, no barco. O olhar angustiante e as lágrimas rolando, tão naturais... ela ganhará sim, o título de melhor protagonista víbora de todos os tempos!!! Muito legal a sua postagem... um abraço, Sérgio!

Rita disse...

Serginho meu querido falar de Adriana
Esteves é uma honra , grande atriz adoro ela..mas eita Carminha das trevas kkkkk né, nem posso imaginar o fim dela..vamos ver como termina , mas valeu a pena assistir essa novela
E que o Tufão seja bem feliz
Bjusss com carinho
Rita!!!!

Carlos disse...

Não lembro em ter dito que era ÓBVIO que Carminha iria matar o Max, mas vamos supor que isso seja óbvio, pq teria que morrer NO BARCO? Pq a Lucinda foi PRO BARCO? Essa coincidência que não bate. Uma vez chamei a Carminha de BURRA e vc não concordou, mas será que não seria burrice matar o Max no próprio barco? Como o Paulo disse, o barco iria afundar, o Max iria sumir, onde procurar? Achou o corpo? Pronto DNA. A não ser q o autor inventasse da Carminha sumir com o corpo dele de dentro do IML, né? Mais dinheiro pra comprar o povo nessa novela...

Outra coisa, eu JAMAIS disse que aprovava as "licenças poéticas" dos filmes. Claro, dependendo do filme. Um filme tipo Star Wars vc não pode exigir realidade. Ficção Científica é viajante mesmo. Agora um filme tipo Jason, vc acha coerente as vítimas correndo, ele andando, e mesmo assim alcançá-las? A diferença é que um filme tem 2 horas, então "dá pra aturar" e se tiver continuação nem precisa assistir, novela são capítulos. Eu aturei essa até o início do 3° mês e parei pq já estava cansado com a enrolação que o autor JÁ estava fazendo desde o 1° mês quando a Nina chegou na casa de Carminha e o máximo que ela sabia fazer era um fricassé de vitela.

Aí te pergunto: que licença é essa que fez com que a vingança fosse finalizada pelo Max? Mesmo que tenha um confronto final, quem deveria queimá-la perante a família inteira é a Nina. Ela que deveria acabar com Max e com Carminha, pois não foi ela que disse "agora ela vai ter que pagar pelo que fez, eu juro?". Ela iria viajar com o Jorginho pq? Pq tinha desistido da vingança mal feita e adiou? Por favor né?

Profundidade nessa trama se resume a Nina, Carminha e... SÓ. Nem me venha falar de mãe Lucinda pq ela simplismente é omissa, só dá pitacos. Compare a profundidade dessa novela com o de Por Amor, por exemplo. Ok, não vou comparar com essa trama pq o "clima" era outro. Então compare com A Favorita. A profundidade era existente na Flora, na Donatela, na Catarina, na Lara... Cara, entendíamos os conflitos da Lara e fazia sentido, mesmo que já soubessemos quem era a vilã. A própria Dona Irene foi feita de trouxa, mas a explicação da Flora foi perfeita pq foi como o público viu: loirinha, carinha de anjo, traços da própria atriz. Até o conflito do Orlandinho foi melhor abordado do que o do Roni que até agora não teve grande conflito, isso pra não dizer nenhum.

Me desculpe, essa novela faz sucesso, vai receber prêmios, mas não foi bem executada EM NADA, tanto que até o Cadinho, trama pobre, tá sendo engraçado (palavras suas pq vejo graça alguma naquilo). A trama do Roni não foi pra frente. Monalisa, que parecia ser A personagem da Heloísa Perisse mesclando humor e drama se tornou mais uma na multidão. Personagens que uma hora são uma coisa e depois é outra (veja como era o Leleco nos primeiros capítulos, agora ele é quase um Sherlock Holmes).

Mas isso é bom, pq no final das contas eu leio um livro, jogo videogame, vejo minhas séries, aliás, procure Revenge e vc verá uma trama BOA de vingança sem GRITARIAS. Sei que vc não gosta muito de série, mas assista, parece até um pouco com novela e os ganchos são BEM superiores, pq gancho de descoberta de algo onde no próximo capítulo já sabemos que vai ter briga, é uma das coisas mais velhas da dramaturgia.

E outra, isso aí de bar cheio pra assistir capítulo já ocorreu em outras novelas. AB é sucesso, mas vamos com calma né galera "Gênio", "Obra Prima"... Sou fã de muitas coisas, mas não sou exagerado.

Abraço

paulo disse...

Carlos, concordo com vc em tudo. Ja disse e vou repetir, o mundo está tão medíocre que qualquer coisa se torna clássico, obra-prima, ou vira hit na internet... Pelo amor de Deus, Adriana Esteves é tão exagerada nesse papel, faz tanta careta, poxa, sou do tempo em que vilão de novela não precisava de xingamentos ou caretas pra convencer como vilão, vide Odete Roitman, aquilo sim era interpretação. Mas tudo bem, eu entendo a empolgação de algumas pessoas com essa novela. Cada geração tem os ídolos que merece, hehe...

Felipe disse...

Até eu que nunca fui um grande fã de Avenida Brasil tô fazendo questão de parar todos os dias pra assistir os capítulos. Tá boa demais!

Carlos disse...

Não vou nem dizer que as pessoas estão sendo medíocres, pq assim ofendo os que não o são. Mas acho exagerado o que estão dizendo. Li um comentário assim no uol: "Agora, aprece que o autor abriu os olhos, pois estava substimando a inteligencia humana. Melhorou na reta final. Vamos ver se melhora mais ainda. Tufao ficar com Monaliza.". Será que essa pessoa esqueceu que na reta final TUDO ACONTECE? É lógico que agora as coisas ficam melhores e esquentam, até a PIOR NOVELA DA DÉCADA Fina Estampa "melhorou" no final com o suspense que o autor tinha criado. Foi horrível, eu sei, mas é quando começa a ficar feio para os vilões. Se Aguinaldo tivesse feito um final direito a maioria iria aplaudí-lo no final, mas como ele fez aquele porcaria, a maioria caiu em cima. Provavelmente o mesmo não acontecerá com JEC, só ver as novelas anteriores. Se bem que isso não é garantia de nada... Mas acho que o JEC tem mais bom senso.

E Paulo, sou do tempo da Odete tbm, e vc via que as brigas tinham um contexto, não era pra apelar. Vc via uma conversa, as vezes as brigas eram sutis, sem escandalos, mas com indiretas. Esse Revenge que tanto falam, e que eu citei, é assim. Isso sim é biscoito fino. O próprio Vale Tudo foi uma "obra de arte" por ter personagens que falavam sobre a situação brasileira da época, que ainda é atual, mostrava personagens com problemas, como a personagem da Renata Sorrah, tinha os clássicos dos folhetins como a briga de mãe e filha, isso sim era bom.

Não sou saudosista, tanto é que a última novela que elogio é justamente o desse autor, A Favorita, mas tenho que concordar com o Paulo em certas coisas, mesmo achando que antigamente tbm tinha porcaria, a diferença é que não tinha internet pra cada um ficar dando pitaco e falando mal. As revistas faziam favor de só falar bem, assim como a maioria na imprensa hoje em dia, e os do contra são mal vistos e a prova tá logo acima. Vejo furos inaceitáveis nessa novela desde o início e relevei, mas me desculpe, aceitar coisas como um marido que prefere acreditar e dar chance a uma mulher que deixou o próprio filho no LIXÃO? Pior que o próprio personagem já tinha ficado indignado, mas por dar ouvidos a mãe, ele voltou atrás. 12 anos e ele ainda dá ouvidos a mamãe? Não estou falando de vida real, pq na vida real tem gente trouxa, digo que é muito fácil fazer uma novela onde as coisas não se desenrolam apenas pra vilã fazer trocentas tramóias e no final ser DIVA e uma das maiores vilãs. A Flora se deu bem a novela toda, mas lá não tinha filhos com chances pra DNA (ignorado pelo autor), não tinha uma mocinha burra ao ponto de ignorar tecnologia (Donatela não era burra, era cautelosa, deu mole, mas não chegou a ser burrice, tanto é que ninguém fez piadinha da personagem na internet), não tinha uma mansão inteira CEGA (Só Dona Irene, os demais aos poucos no decorrer da novela, alguns até no meio, já desconfiavam da Flora. A Lara era uma espécie de Jorginho, só que com mais atitude e com justificativas para a sua implicância com a Flora, agora me diga, pq Jorginho não gosta da Carminha? É de graça? Ela que tirou aquele garoto do lixão, a lógica seria ele gostar dela, ou pelo menos ser desconfiado, mas não desprezá-la).

CONTINUA...

Carlos disse...

CONTINUAÇÃO

Entendem pq não gosto? Tem mta coisa que não bate nessa trama. E a Adriana é mto boa, mas as vezes, por causa dos escandalos, me lembro dela em O Cravo e a Rosa, com a diferença de que lá ela era boazinha. Lá sim ela estava bem, ao ponto de vc pensar "mas que mocinha louca". Isso sim era anormal e gostoso de assistir. Agora uma vilã que grita desde o início da novela por qualquer coisinha? Tem falas que ela poderia dar fora sem se exaltar, já mostraria uma transformação na personagem, que antes era uma pobre escandalosa e depois virou uma nova rica fina. Mas pra que, né? O povão gosta de barraco, escandalo, baixaria, só rechear um capítulo disso e pronto. Aposto que hoje deve dar boa audiência, recorde talvez. E se tiver mais barraco nessas últimas semanas, até pq está acabando, melhor ainda. E lá vem clichê do "Quem matou?". Vilã que se dá mal no final com péssimos argumentos, Cadinho sendo um dos melhores núcleos no momento, mais um assassino misterioso... É, minha TV terá um bom descanso nesses momentos finais, e ele merece, tadinho.

Abraço.

Cecilia sfalsin disse...

Olá Sérgio..

Estou amando as revelações e a forma como o autor esta desenvolvendo a trama. Só temo que os últimos capítulos sejam cansativos tipo empurrados com cenas enjoativas, por enquanto estou amando. Adorei a cena de Lucinda salvando o Max, da forma que ele usou para se vingar da Carminha e não podia deixar de comentar o suto dela ao revê lo vivinho rsrsrs..Estou acompanhando os detalhes e vermos no que dá não é mesmo rsrs...

Beijos

paulo disse...

Não quero ser chato e insistente, mas é IMPOSSIVEL não comentar as falhas dessa novela uma atrás da outra, e cada vez piores. Depois do total ABSURDO que foi a tentativa da Carminha de se livrar do Max afundando um barco(!), me vem mais um furo: como que o tufão depois de ouvir tudo que ouviu sobre a Carminha, inclusive do próprio filho que ele tanto ama e confia,e depois de VER com seus próprios olhos ela vendendo uma jóia que acabou de ganhar e dando o dinheiro pro Max, ele só cai a ficha e acredita que a mulher não presta qdo o mal caráter do Max lhe mostra as tais fotos que poderiam muito bem serem realmente uma montagem ou a Carminha podia ter sido dopada mesmo, enfim, justamente qdo algo bastante passível de fraude lhe é mostrado é que ele acredita? Todos os FATOS ocorridos antes não eram suficientes? Ah, vá...

Sérgio Santos disse...

Oi Elvira, foi muito feliz mesmo. Acabou fazendo a vilã cair nas mãos do próprio comparsa. Quantas cenas excelentes temos visto! Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi Paty, também sou fã! Nem dá pra piscar! Aquele grito foi sensacional! rsrs Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi Ju, obrigado! Sim, você perdeu! Corra pra ver depois, hein? O capítulo de hoje, então, foi épico! Obrigado. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Rita, Adriana é Adriana! Aliás, você deve ter ouvido muitas gracinhas por causa do "É tudo culpa da Rita!" rsrs Beijos!!!

Sérgio Santos disse...

Carlos, a Lucinda foi até o barco porque era óbvio. Max foi expulso da chácara pelo Lúcio e foi expulso da mansão, portanto, aonde ele estaria? Lá, é claro.

Sobre as licenças poéticas, acredite, tem gente que reclama até mesmo quando isso está explícito. Por exemplo, em "Morde & Assopra" a trama era sobre o contraponto entre dinossauros e robôs, pois eu cansei de ler comentário dizendo que era um absurdo uma robô que fala estar na novela e pior ainda o autor ter colocado dinossauros vivos no centro da Terra (inspirado no filme A Viagem ao Centro da Terra). Imagina o que dirão que virem a Dona Redonda explodir no remake de Saramamdaia ano que vem!

Sobre o 'quem matou?", não vejo problema até porque será quase na última semana da novela, não terá nem tempo para enrolações. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Oi Felipe, tá boa mesmo! Abraço!

Sérgio Santos disse...

Oi Cecília, pois é, vamos ver no que vai dar! Muita coisa vem por aí! Beijos!

Sérgio Santos disse...

Paulo, dessa vez você está dizendo que era para o Tufão acreditar nas desculpas da Carminha porque eram mais plausíveis? Então você está tirando o furo do arquivo do computador da novela, afinal, a Nina fez as fotos impressas justamente para não correr o risco de a acusarem de montagem, correto?

Aliás, sobre o DNA, Carminha não matou Max para evitar o teste e sim para evitar que ele contasse tudo. Até porque a Ágatha pode muito bem fazer o teste de DNA com o próprio Tufão e descobrir que não é filha dele, ou seja, aí já se concluiria sobre Jorginho.

Sobre assassinato no barco, qual o problema? Ele foi dopado e o barco naufragado. Teoricamente não haveria nenhuma prova contra ela, afinal, não havia nada sobre a briga dos dois e nem sequer a virão ali.

Carlos disse...

Sérgio, me desculpe quanto ao barco, só vi a cena e estou me baseando no que vcs estão dizendo. Por isso não gosto de falar dos fatos de AGORA pq não sei se chega a ser furo ou não. Não assisto mais, então não dá pra comentar.

Quanto ao DNA, eu achava que ela queria matar o Ma pelos dois motivos já que ele é pai dos dois e um fio de cabelo provaria isso. E o Tufão SABE que a Agatha não é filha dele, esqueceu que Carminha o enganou no início dizendo que estava grávida do Genésio? DNA com o Tufão não adiantaria nada, não entendi o que vc quis dizer com esse seu segundo parágrafo para o Paulo kkkkk.

Quanto ao barco afundado, não teria provas contra Carminha, a burrice seria que ele seria achado e o DNA poderia ter sido feito (isso se o objetivo dela tiver sido sumir pra ele não fazer o exame).

Voltando para mim, não veria problema no "Quem matou?" se os fãs dessa novela não insistissem em falar bobagens como "trama inovadora", "o autor fugiu da mesmice", etc e tal. De diferente MESMO nessa novela, só o sequestro forjado. Ok, já tiveram outras tramas com isso, mas nessa tudo foi bem diferente, a tensão fez a diferença, já o resto... Até esse o "Quem matou?" na reta final não é novidade, Vale-Tudo e Insensato Coração fizeram o mesmo. Pois é, uma novela de um ano atrás fez isso...

Não vejo problema em licença poética desde que ela faça sentido e nessa novela não fez. 100 capítulos pra Nina tirar meia duzia de fotos? Se isso não se chama enrolação não sei o que é. E isso pq estou falando só da trama principal, poderia falar das demais com tranquilidade.

Abraço

Sérgio Santos disse...

Ih, Carlos, é mesmo, furada minha. Ela mentiu mesmo dizendo que era filha do Genésio. Esqueci disso.

Mas o objetivo do assassinato não era evitar o DNA e sim não deixar que ele contasse tudo, uma vez que ele a ameaçou. Abraços.