quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Santiago se revela na reta final de Avenida Brasil e Juca de Oliveira cresce em cena

Ele era um velhinho bondoso e transbordava ternura. Entrou na história pouco depois do centésimo capítulo. Tinha uma oficina que consertava brinquedos, principalmente bonecas. Formava um lindo par com Lucinda e demonstrava preocupação com as maldades de Carminha, sua filha. Assim como a mãe do lixão e Nilo, guardava um mistério que só seria descoberto nos momentos finais. Este era o perfil de Santiago, o personagem que, nos últimos dias, surpreendeu a todos e revelou ser o maior vilão de "Avenida Brasil", responsável pelas maiores atrocidades da novela.


Juca de Oliveira foi presenteado pela segunda vez com um personagem que inicia bonzinho, mas no final mostra a verdadeira face demoníaca. O primeiro foi Otto, da excelente série "A Cura", também escrita por João Emanuel Carneiro, onde o telespectador pôde acompanhar uma história fascinante e enigmática, que só ficou clara nos últimos episódios. Agora, com Santiago, o ator consegue mostrar sua grandiosidade no horário nobre, ao interpretar um tipo que parecia um mero figurante, mas que acabou virando um dos pilares da novela.

Santiago é um sujeito frio, pérfido, que aterrorizou a vida da filha e de todos que o cercaram. Após muito tempo apresentando poucas pistas, João Emanuel Carneiro começou a apresentar para o público a história que desencadeou o início de tudo. Carminha teve a quem puxar e perto do pai a vilã parece até uma mera aprendiz. Ao que tudo indica, a ex de Tufão era abusada sexualmente na infância e
após ver o pedófilo  matando a mãe, a menina fugiu, indo parar no lixão --- local onde conheceu Max, seu parceiro de vida e de golpes. O grande vilão, aliás, só eliminou a mulher porque se aproveitou de uma tragédia: sua esposa tentou matar Lucinda --- após descobrir a traição do marido ---  e acertou a filha da rival por acidente. A amante, então, entrou em desespero e pegou a arma para vingar a morte da criança; porém, não teve coragem e, ao chegar na casa de Santiago, deu um tiro a esmo. Como tinha uma situação perfeita, o psicopata não pensou duas vezes: atirou contra a própria mulher, ficando com a herança da vítima e induzindo a amante a achar que realmente cometeu um crime.

Com um personagem tão maquiavélico quanto este, fica claro o quanto que Juca de Oliveira tirou a sorte grande ao interpretá-lo. No capítulo desta terça-feira, a hora de maior impacto foi o momento em que Santiago envenena Nilo e debocha ao vê-lo agonizando. Muito merecidamente a participação do velho demoníaco cresceu, abrindo um leque de oportunidades para que o ator mostrasse o seu já conhecido talento. A última vez que vimos Juca em uma novela das nove foi em 2001, vivendo o inesquecível Albieri, de "O Clone". Depois de muito tempo afastado do horário mais nobre da televisão brasileira, estava na hora do público admirá-lo em um tipo de vilão que não mede as consequências de seus atos.

Santiago, Lucinda, Nilo, Carminha, Max e Nina são as figuras centrais de "Avenida Brasil". Todos acabaram protagonizando as cenas mais importantes da novela em um local característico, que também virou uma espécie de personagem da obra de João Emanuel Carneiro: o lixão. E Vera Holz, José de Abreu, Adriana Esteves, Marcello Novaes e Débora Falabella não poderiam ter recebido uma companhia melhor nesta reta final. Juca de Oliveira só enriqueceu este talentoso time, fazendo o telespectador aplaudi-lo de pé.


48 comentários:

Thairys Moreno disse...

Concordo em tudo Sérgio, Juca de Oliveira está interpretando tal papel de forma magistral, em certas cenas chego a ficar impressionada com a frieza e a maldade com que ele interpreta o personagem, o autor João Emanuel Carneiro só surpreende, e a chegada do novo vilão a novela só faz a trama ficar mais impactante, Carminha parece uma boba perto do pai,rs, se achávamos Carminha má e impiedosa, Santiago chegou pra mostrar que a filha é fichinha, e como diria o ditado, filho de peixe, peixinho é. Santiago é um verdadeiro psicopata, manipulador, dissimulado, capaz das maiores atrocidades, imune a qualquer tipo de sentimento, um vilão que há muito não se via, tem tudo pra marcar na história da teledramaturgia. Beijos e ótima quarta-feira.

✿ chica disse...

Ele estava quietinho, bonzinho toda a trama e de, repente, explodiu... Maravilhoso papel ele faz agora. Vamos ver ,indo pro fim!! abração,chica

Roberta Ribeiro disse...

Gepeto, hihihi:)
Mas que ator incrivel.
Sempre achei sinistra aquela coisa de consertar bonecas quebradas, claro era uma fachada!
Esse JEC é genial!
Oi Oi Oi!

Lucinha disse...

OIOIOI...Sergio vc disse tudo...concordo com vc... Santiago (Juca de Oliveira) é um verdadeiro psicopata, ah a Carminha tem a quem puxar mesmo, embora ela ainda é uma aprendiz perto do paizinho dela...Juca foi contemplado para esse papel, que mudou muito a minha visão dessa novela...hihihi
Vamos ver o plano dele para raptar o Tufão hihihi se não fosse a bocuda da Ivana isso não iria acontecer hihihi.

Ia me esquecendo...obrigada meu anjo pela sua visita em meu cantinho... beijos e uma linda quarta-feira.

Rafael Barbosa dos Santos disse...

Nessa última semana, parece que JEC criou uma nova novela, com um novo vilão, novas vítimas e grandes revelações, o que estou achando um máximo! Juca de Oliveira está arrebentando, da até medo de Santiago, adorei o "velha idiota" que ele soltou se referindo a Lucinda rs. Acho merecido esse destaque pois Juca é um grande ator. Eu bem me lembro de Otto de A cura, no inicio todos diziam que ele era um monstro, mas alguns acreditavam que ela era um santo, e Jec nos levava a crer que ele realmente era um herói, mas na verdade ele era o verdadeiro vilão da história. Achava genial a série, e o final ficou claro que haveria uma segunda temporada, torci para isso, mas infelizmente não veio. Quanto a Avenida essa semana segue a mesma linha de A cura, surpreendente! Ainda existe algumas perguntas a serem respondidas: Porque Carminha nunca contou para Lucinda a verdade em relação a Santiago E ainda a culpava, sabendo que ela era inocente? E porque Nilo também não contou nada, deixando Lucinda presa, acreditando que era realmente uma assassina, e ainda deixou ela acreditar que ele que sequestrou Carminha e a lavou para o lixão, quando na verdade Santiago a jogou lá? Nilo era o que mais tinha motivos para odiar Santiago, afinal ele roubou sua mulher e destruiu sua família, por que Nilo o polparia? Por dinheiro? Enfim é aguardar o final dessa sucesso pra saber!
Abraço.

Thallys Bruno Almeida disse...

Perfeito artigo, Sérgio. Ter Juca de Oliveira em um elenco é sempre um presente pra quem gosta de grandes atuações. Enquanto Carminha é mais "expansiva" em suas vilanias, Santiago tem a frieza de um psicopata. "Enganou" direitinho o público. E ontem, Juca e José de Abreu formaram uma dobradinha de primeiríssima na morte do Nilo. Uma reta final antológica de uma novela que marcou como poucas.

PS: críticazinha ridícula aquela do Daniel Castro, hein?

Grande abraço!

Kellen Bittencourt disse...

Amigo, demais mesmo a entrada do Juca de Oliveira, o contraste do bandido real com o falso velhinho que docemente conserta brinquedos, esse autor é brilhante, por algumas vezes caiu no meu conceito qdo fez cenas que jamais aconteceriam na realidade, mas não dá p negar em suma ele é brilhante! rsrs abraçossss

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Confesso que cheguei a estranhar o pouco destaque que havia sido emprestado ao grande ator Juca de Oliveira. Foi surpreendente a revelação de que seu personagem é, na verdade, o maior vilão da trama. Agora dá para entender o desequilíbrio da Carminha que, no fundo, também é vítima de sua trajetória de vida.
E vamos para a reta final, deliciando-nos com as belas e marcantes atuações dos grandes atores que compõem o núcleo principal da novela.

Ótimo dia.

Beijo.

Paty Michele disse...

Isso sem contar que ele é o principal suspeito de ter matado Max.

Mas seria inacreditável Carminha ter um pai bonzinho, né não?

bjo, Sérgio

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde!
Sérgio...
O final deve sempre ser uma surpresa, ou a inversão de uma situação que deveria seguir em direção oposta, ou que pareceria sem "outra coisa". O bom autor quando, depois de prender o telespectador através de toda a novela, lhe fornece a catarse, a surpresa.Foi o que JEC fez... e ele foi muito feliz, porque pode contar com Juca, um excelente ator, para dar essa virada na novela...
Obrigado!
Boa quarta feira!
Abraços

Tatiane disse...

Sérgio, sinceramente não gostei dessa história do Santiago ser o grande vilão, e essa nova Carminha que não convence e nem agrada. Se a Nina virou coadjuvante na queda da Carminha, a Carminha virou coadjuvante nessa última semana. E se tudo o que estiver sido divulgado no site da globo for verdade, a Carminha vai terminar a novela como a grande heroína, pois ela vai salvar a Nina duas vezes e o Tufão. Essa última semana deveria ser protagonismo para Carminha e Nina, e nada de Santiago.

EDER RIBEIRO disse...

Realmente Sérgio, o fio da meada começa no Santiago e todas as características da personagem se ver reletidas em Carminha. Abçs.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Concordo, Sérgio. Juca de Oliveira não tria entrado na novela se não fosse para brilhar, como está acontecendo. Suas cenas com Adriana Esteves, José de Abreu e Vera Holtz são muito boas.

Adriana Helena disse...

Olá querido Sérgio!
Nossa, os últimos capítulos de Avenida Brasil estão fervilhando não é mesmo?

E olha que interessante, quando o Juca de Oliveira entrou na novela em um personagem tão "bonzinho" e ainda por cima, que recuperava bonecas estragadas, eu senti que havia algo estranho, mas nem me toquei na época, pois ele parecia um vovó fofo rsrs. Posteriormente se revelou um monstro em uma interpretação de tirar o chapéu! Eu adoro a voz do Juca de Oliveira: a princípio parecia linda e suave e agora está "demoníaca" .. Isso sim, é ator de primeira linha!!!

Como sempre uma excelente análise amigo! Adoro estar com você e ler seus textos nesta reta final da novela Avenida Brasil!
Um super abraço!!!

MARILENE disse...

Quando o vi, pela primeira vez, na novela, cheguei a pensar no desperdício de um ator tão bom, em um papel insignificante (rss). Agora ele está mostrando a que veio. E de forma maravilhosa, como você ressaltou. Bjs.

Jeanne Geyer disse...

foi uma grande surpresa mesmo, e Juca de Oliveira é um grande ator, concordo que merece ser aplaudido de pé. fica o presente para o telespectador sua atuação.
beijos

Mari Trovão disse...

Texto excelente! Avenida Brasil pra mim é a melhor novela já escrita, por conta do quão complexa é a história! João Emanuel Carneiro está sendo um gênio ao conseguir desenrolar a trama tão bem elaborada! Só um detalhe que eu discordo do texto: acho que Carminha não fugiu para o lixão, acho que Santiago, que é um monstro, querendo se livrar dela, jogou ela lá. Além disso, ela já conhecia o Max antes dali! Bjus

A Viajante disse...

Concordo... desde que interpretou o Albiere, em O Clone, que admiro ele... mas o lixão é muito arrumadinho... risos... a casa de Mãe Lucinda é colorida... toda reciclada... estilosa, eu diria... risos... saudades, já!! Não curti a o envenenamento de Nilo... ... Beijo!

Marcos Mariano disse...

Confesso que já tentei para de assistir essa novela mas é impossível, quando agente pensa que a novela já deu tudo que tinha pra dar eis que surge mais uma grande revelação.

Sou fã da carteirinha do Juca de Oliveira e essa virada em seu personagem só o engrandeceu ainda mais, agora sim ele poderá mostrar ainda mais o quão grande ator ele é.

Narinha disse...

De acordo com todos os elogios ao Juca de Oliveira! É um ator fantástico ! Mas... essa carta na manga, do arquivilão no finzinho da trama,pra mim empobreceu demais tudo a que assisti encantada até agora. Não houve,ao longo dos capítulos, um 'índice',uma pista sequer de que:1º Carminha teria algum contato com alguém que de alguma forma a subjugasse; 2º aquele velhinho protetor era ,na realidade, um maquiavélico bandido que manipulava como marionetes os demais personagens a ele ligados.Acho fácil demais tirar esse coelho da cartola sem que nada anteriormente pudesse levantar suspeitas por mais sutis que fossem os indícios. A novela é do JEC,foi excelente durante 170 capítulos,mas este final com o Santiago virado em demônio e mais, com a Carminha submissa, temerosa e obediente a ele, não convence,ou não impressiona como solução dos impasses narrativos criados.

paulo disse...

NADA nessa novela faz senido, realmente o autor do nada transformar o caráter de um personagem é licença poética tambem? Convenhamos, essa novela se perdeu a muito tempo, mas a mídia já a elegeu como "a grande novela" do momento, fazer o que? Abrçs a todos.

paulo disse...

*sentido.

Nívea Marco disse...

Adoro o Juca de Oliveira e acho que ele está fazendo o Santiago de uma forma belíssima. Estou odiando ele de raiva! Hahahah. Mas, queria muito que a Carminha fosse a grande e única vilã dessa história e que o pai dela fosse um flashback. Não gostei mesmo do Santiago roubar esse posto dela. Sem contar que ela virou uma pastel agora. Não quero ela se redimindo, quero ela má. Eu amo odiar a Carminha. Hahahah
Bjos!

Barbie Californiana disse...

Concordo, Sérgio, ele surpreendeu e está dando um show de interpretação... beijos e linda madrugada.

Sérgio Santos disse...

Oi Thairyz, posso assinar embaixo? Concordo plenamente com você, beijos!

Sérgio Santos disse...

Pois é, chica, de repente, bom, surgiu um diabo! rs Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Roberta, é verdade, tem um toque de sinistro nisso tudo! Obrigado pelo comentário. Bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Lucinha, eu que agradeço o carinho! Eu prometo e eu cumpro!

Santiago mostrou que Carminha perto dele é uma iniciante. Nilo se despediu em grande estilo. hi hi hi Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Rafael, olha eu amei A Cura e também torcia por uma segunda temporada. Até hoje quero saber o que aconteceu com a Rosângela quando ela acordou na cama do hospital! Confesso que eu era um dos que acreditavam no Otto.

Juca novamente brilha e se destaca como um personagem demoníaco. Olha, o Nilo não contou pra Lucinda a verdade porque queria se vingar dela após ter sofrido a traição e viu essa forma de prejudicá-la. Carminha, acredito eu, usava o terror psicológico para tê-la anestesiada, afinal, com o sentimento de culpa ela nunca a entregaria para o Tufão.

Realmente parece outra novela surgindo nessa reta final. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Thallys, obrigado. Juca e José formaram uma dupla talentosa mesmo e a cena final foi excelente. Santiago é a Flora mais velha e também enganou a todos.

Nem li essa crítica do Daniel, mas lerei amanhã. Porém, ele elogia tudo da Record e trabalha no R7, a cópia da Globo.com. Então... Abraços!

Sérgio Santos disse...

Oi Kellen, é isso aí, os furos acabam ficando menos diante dessa trama tão fascinante. Santiago é um personagem muito forte e pérfido. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi Vera, é verdade, Juca não merecia um figurante e sim um grande papel. JEC não decepcionou e deu isso a ele. Vamos acompanhar esses momentos finais. Beijão.

Sérgio Santos disse...

Oi Paty, pois é, Carminha teve a quem puxar. Eu acredito que foi o Santiago o assassino. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Felisberto, adorei seu comentário. Concordo plenamente com você! Abraços!

Sérgio Santos disse...

Tatiane, eu adorei essa situação, mas nem fiz questão de ler nada do que é divulgado e a senhorita já me contou vários spoilers, hein? rs Mas creio que nesses dois capítulos finais teremos muitos embates. Vamos ver. Beijos!!!

Sérgio Santos disse...

Eder, sem dúvida, mas mesmo Carminha tendo sofrido não justifica suas maldades. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Elvira, exato. Juca não merecia figuração de luxo e quando o autor o escalou sabia muito bem o que estava fazendo. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Adriana, eu que adoro seus comentário e agradeço o seu carinho! Sim, a novela está pegando fogo! De velhinho bondoso, Santiago virou um demônio! Como está sendo bom ver Juca brilhar! Beijão!!!!! =)

Sérgio Santos disse...

Né, Marilene? Parecia uma mera figuração mesmo, mas tudo mudou para a alegria do telespectador, ao poder ver um grande ator brilhar. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Jeanne. obrigado pelo comentário. Temos que aplaudi-lo sempre mesmo. Bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Mari, obrigado pelo elogio! Será que foi o Santiago que a abandonou lá? Pode ser. Mas pelo que vi a vilã conheceu o Max no lixão mesmo. Enfim, a novela está empolgante e tem feito por merecer o sucesso. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Ju, achei interessante colocarem o lixão como a parte lúdica da novela. Até porque a trama é exibida na hora que muita gente está jantando e não seria agradável ver um lixão realmente no ar.

Também lamentei a morte do Nilo, mas ao menos foi na última semana só. Beijos!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Marcos, pena que você não tem tempo pra ver. Acho que iria gostar. Juca é ótimo mesmo. Abraços!

Sérgio Santos disse...

Oi Narinha, respeito e entendo seu ponto de vista. Porém, acho que houve sim muitos indícios que Carminha teve uma vida sofrida e que passou pelas mesmas dificuldades de Nina, ou até piores. Ela chorava quando falava da mãe, sentia nojo do Santiago, enfim... Acho que já estava tudo previsto mesmo. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Oi Paulo, olha, o autor não transformou o caráter de ninguém. Apesar de Carminha ter sofrido muito, isso não ameniza suas maldades e nem sua crueldade. Ela continua sendo vilã e falsa. Santiago também não mudou de caráter, apenas enganou a todos, inclusive o público. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Nívea, também tô odiando Santiago! Mas Carminha, ao menos por enquanto, continua sendo uma vadia! haha Também não gostaria da redenção, a não ser que seja feita de uma maneira convincente. Beijão! =)

Sérgio Santos disse...

Oi Barbie, obrigado pelo comentário. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Mari, desculpa minha falha. No capítulo de quarta a Carminha disse que foi abandonada pelo Santiago quando tinha 5 anos. Você tem razão. Bjs