sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Malhação decepciona e encerra sua temporada recheada de clichês

Quando a décima-nona temporada de "Malhação" foi ao ar, no dia 29 de agosto de 2011, foi bastante perceptível que a fase seria totalmente diferente das anteriores. Além de ter o "Conectados" como subtítulo, a  autora Ingrid Zavarezzi estava disposta a inovar e apresentou uma proposta nova para o público adolescente. Tentando pegar carona no sucesso dos seriados americanos de suspense, criou-se uma história sobrenatural  envolvendo o número 1046, a vida de Alexia (Bia Arantes), e a relação com os protagonistas, vividos pelos atores Caio Paduan (Gabriel) e Thaís Melchior (Cristal).


No entanto, a tentativa de inovação não deu certo. O público rejeitou a história, considerada complexa demais, e a audiência caiu vertiginosamente (chegou aos 11 pontos em fevereiro, um índice crítico). Com o intuito de salvar a temporada, mudanças drásticas foram feitas e Ingrid passou a receber 'ajuda' de outros roteiristas (Renata Dias Gomes é uma delas) e o autor Ricardo Linhares também passou a mexer no enredo. Resultado: uma novelinha nova foi criada e a anterior foi praticamente apagada.

O tal mistério envolvendo o número 1046 foi resolvido às pressas e o entendimento ficou em segundo plano. A mocinha (Cristal) virou vilã, uma psicótica sem escrúpulos, e totalmente obcecada pelo protagonista (Gabriel). Já Alexia era uma personagem complexa, muito enigmática e, ao que tudo indicava, viciada em drogas. Mas ninguém conseguiu descobrir o
porquê de tantos conflitos, afinal, após uma viagem tudo mudou.  O telespectador passou a ver uma menina doce, pura e virginal, em suma, virou a mocinha da novela. E o que dizer sobre Moisés (Alejandro Claveaux)? Se na fase inicial o personagem apresentava uma certa dubiedade, após ter seu namoro com Alexia desfeito, passou a correr atrás na ex e virou um psicopata. É de se lamentar, também, que o ator Pedro Tergolina (grata revelação, que teve uma atuação impecável ao viver o cego Filipe) tenha perdido destaque. Ainda falando sobre atores, estas alterações serviram para mostrar que Bia Arantes e Thaís Melchior são atrizes esforçadas e o quanto que Caio Paduan é limitado.

Além das mudanças citadas, novos atores entraram no elenco (Danton Mello, Helena Fernandes, Maurício Destri, dentre outros) e a história virou uma sucessão de clichês. Só para citar alguns exemplos, temos Cristal forjando uma gravidez para 'forçar' o mocinho a se casar com ela, interrompendo assim o lindo romance entre Gabriel e Alexia. Além deste fato totalmente bobo, no penúltimo capítulo, o protagonista descobre que é adotado e seu pai verdadeiro é na verdade Fabiano, uma pessoa que ele tinha um laço forte de amizade e companheirismo. Pieguice pura.

Por incrível que pareça, estas alterações na história fizeram a audiência aumentar. Se antes a novelinha não passava dos 13/14 pontos, após as mudanças, os índices foram aumentando gradativamente e chegaram aos 18 pontos. Este triste fato apenas comprova que parte do público de "Malhação" gosta de uma mesmice e das repetições que a trama vem promovendo ao longo dos anos. Se tivesse havido respeito para com os telespectadores que aceitaram as inovações apresentadas e estavam gostando do enredo, deveriam ter encurtado a temporada e iniciado a fase nova com mais antecedência. Mas, lamentavelmente, optaram por essa alterações bruscas na história.

Ao fugir de sua proposta inicial, "Malhação" termina sua décima-nona temporada escapando do fracasso retumbante que se aproximava, porém, deixa um rastro de problemas que não foram solucionados corretamente na evolução do enredo. As chamadas da nova temporada são bem animadoras e parece que agradará o público-alvo. Resta saber se conseguirá obter os mesmo índices da vitoriosa temporada de 2010, escrita por Emanuel Jaconiba, e que chegou a alcançar 32 pontos de audiência no último capítulo, ou se enfrentará dificuldades como a "Conectados". Façam suas apostas.

 Links relacionados: Malhação: um caso perdido?
                   Malhação se conecta com o sobrenatural e acerta em cheio
               Atual temporada de Malhação não trata adolescente como idiota

38 comentários:

Carlos disse...

Acho que o maior problema de Malhação tem sido apenas uma: não falar sobre jovens. Tentaram inventar a desculpa de que não gostaram desse temporada atual pq tinha favela Zzzzzzzz. Tem nada a ver. Se os personagens fossem pobres mas vivessem os dilemas de todo adolescente, PROVAVELMENTE, seria sucesso. Mas não, o que vimos foi mais uma novelinha na tela da Globo, quando malhação era "quase" uma série.

Pelo que vejo, na próxima temporada haverá aqueles clices de menina boazinha, a roqueira perturbada e tal, mas pelo menos terá uma escola, com alunos de uniforme (nunca entendi esse pessoal no colégio sem uniforme. Colégio do sonho de muitos hehe).
Vamos ver no que vai dar a próxima, pq eles sempre começam bem, mas depois de 1 mês desandam.

Sérgio Santos disse...

Oi Carlos, essa temporada eu acompanhei no início, mas após as mudanças desisti. A fase passada foi muito boa e fez um merecido sucesso.

Na verdade não gostaram dessa fase não por causa da favela e sim por causa da temática totalmente diferente do 'padrão Malhação'; aí resolveram alterar para os mais puros clichês da teledramaturgia, e que muitas novelas nem usam mais, para atrair o público e acabaram conseguindo. Aliás, nessa fase eles mal apareciam estudando.

Não dá pra falar ainda da nova, mas as chamadas, embora transmita o 'mais do mesmo', estão interessantes. Abração!

Mery disse...

Oi, Sérgio.
Eu não assisto a Malhação atualmente.
Já gostei dessa novelinha em outro tempo...Amava mesmo era f[a.
Está passando uma reprise no Canal Viva q gosto muito, mas não dá ora ver por causa do horário.
Beijos da Mery
Tenha um bom dia.

Valquiria Novaes disse...

Já gostei mt de malhação, mas é um programa que deveria sair da grade já, cansou, é sempre a mesma coisa :/
Bjos e bom final de semana!
amonailart.blogspot.com

Hoteis No Rio De Janeiro E Passagens Aereas Online disse...

O problema da Malhação é que a globo usa como oficina para divulgar novos atores, e isso é importante,vários talentos surgiram dali, por isso é importante resgatar esse programa.


Hoteis no Rio de Janeiro

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Concordo, Sérgio. "Malhação" teve algumas temporadas muito boas, quando foram discutidos temas como a virgindade, a AIDS, os conflitos familiares. Além disso, foi o celeiro de vários bons atores.
A temporada que está por terminar começou realmente com o pé direito, mas foi se tornando repetitiva.
Resta torcer para que a nova temporada volte a interessar ao público-alvo, mas também seja mais ousada na proposta do que muitas das anteriores.

Clau disse...

Oi Sérgio :)
Malhação já teve temporadas que eu adorei.
Mas,de uns tempos pra cá,perdeu a graça,pelo menos pra mim!
Nossa!!Acho que tô ficando velha,pois parece que eu lembro quase do início dessa novelinha em 1900 e bolinhas...
Bjs!

FaloTV disse...

Eu gostava mais da primeira história que foi prometida em MalhaçãoConectados... Odiei a escolha do protagonista (Caio Paduan) que mostrou ser um ator muito "dramático", e da ( Bia arantes) que era exagerada demais.. A história se perdeu, atores ótimos foram substituidos por outros ótimos mas que foram totalmente desperdiçados, lamento muito que uma revelação brilhante como o pedro tergolina tenha sido jogada de "escanteio" e ser substituido por histórias sem nexos.. Mas gostei muito de como a Thais Melchior conseguiu transmitir verdade em sua obsessão pelo Gabriel e como conveceu como vilã sem ser forçada e acho que ela e o Alejandro, fora o pedro foram as grandes revelações dessa temporada frustrada! Abçs

Thallys Bruno Almeida disse...

Bem, Sérgio, ainda bem que não era só eu que achava o Caio Paduan péssimo ator. E eu reclamava do Bruno Gissoni na fase anterior...

Do jeito que essa temporada foi tão ruim, vi pouquíssima coisa. Mas do que vi: Thaís Melchior tem futuro e pode se dar ainda melhor. Bia Arantes até que se saiu bem, mas mas a achei BEM melhor em Cama de Gato. Marcella Rica idem. Alejandro Claveaux, também vindo do "Clandestinos", foi a melhor revelação, junto a Pedro Tergolina. Letícia Spiller, Helena Fernandes, Virgínia Cavendish e Danton Mello foram desperdiçados. Juliana Lohmann, que fez parte da era de ouro de Malhação no início dos anos 2000, também foi ótima, apesar de tudo. O Maurício Destri, que estreou em Cordel Encantado, foi outro que achei péssimo.

A temporada foi o símbolo da contradição: reclamavam tanto que Malhação tava na mesmice, aí quando resolveram inovar, foi esse desastre. Não é à toa que foi a pior da história, junto com aquela tenebrosa do Fiuk.

A nova também não me parece muito promissora: David Lucas escalado para mais um papel de nerd, Danielle Winits em mais um papel de mulher gostosa e professora desejada pelos alunos, etc. Mas resta saber quem de potencial de talento pode sair dessa nova, já que bem ou mal Malhação ainda é uma porta de entrada para novos atores, como Marjorie Estiano, Fernanda Vasconcellos, Nathalia Dill, Olívia Torres, entre outros.

Kellen Bittencourt disse...

Genteeee é mesmo, eu até esqueci do tal numero misterioso, realmente a trama tomou outros rumos bem diferentes, hj assistindo o ultimo capitulo fiquei decepcionada, o engraçado é que minha filha que é adolescente não assiste, e eu assisto kkkkkk Abraçosssss

Barbie Californiana disse...

Sérgio, vou te confessar uma coisa, tem tempos que eu não assisto, acho que perdeu a graça... eles modificaram tanto que deixou de ser interessante. beijos e linda noite.

Karina pink disse...

gostei do blog, seguindo
segui o meu http://pinkbelezura.blogspot.com.br/

Milene Lima disse...

Nossa, o Caio Paduan é ruim demais! A menina que fez a Aléxia (esqueci o nome),é estranha... Tem um olhar meio doente (rrsrs), gostei não.

Embora o personagem tenha sido devorado pelo clichê, adorei o Alejandro Claveaux. Espero que seja aproveitado em outras atrações da emissora.

Beijo, Sérgio.

Sérgio Santos disse...

Oi Mery, obrigado pelo comentário. malhação fez parte da vida de muita gente. Essa temporada foi a pior de todas, infelizmente. Também pouco acompanhei e fiz bem. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi Valquíria, obrigado pelo comentário. Nem acho que deveria sair da grade porque acabariam colocando um formato muito semelhante e iriam dizer que é 'imitação'. E a novelinha serve de escola para muitos atores iniciantes. Mas realmente a fórmula pouco muda. Beijão! =)

Sérgio Santos disse...

Oi "Hoteis", compactuo da sua opinião. Também acho importante essa escola que acaba servindo e já lançou muita gente boa. Que a qualidade retorne logo. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Oi Elvira, é verdade, são muitas temporadas boas, outras nem tanto e outras péssimas como a atual, que se perdeu por causa da rejeição que sofreu. A história inicial era inovadora, mas as modificações foram vergonhosas. Vamos ver se a próxima fase acerta. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Clau, você não é a única. Também lembro de muita coisa de Malhação, desde o início. Muita gente se desencantou mesmo, mas acho que é importante a continuação porque toda hora temos crianças e adolescentes crescendo e virando telespectador da novelinha. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Falotv, também achei a proposta inicial bacana e fugia do óbvio, mas depois... Caio é muito fraco e Thais se mostrou competente, mas as mudanças nos perfis dos personagens foi ridícula. Abração!

Sérgio Santos disse...

Thallys, sim ele é muito ruim! Gostava do Bruno em Malhação. Também vi muito pouco, mas na fase inicial até que tive interesse em acompanhar, mas depois que soube que fairam essas alterações já tratei de abandonar. Vi dois capítulos nessa semana e as alterações foram totalmente absurdas e clichês constrangedores.

Realmente o David já tá estigmatizado e Danielle Winits é muito fraca, mas tenho gostado das chamadas, em especial da periguete que será vivida pela Juliana Paiva. Vamos ver no que vai dar! Abraço!

Sérgio Santos disse...

Oi Kellen, pois é, o tal número era o maior mistério e simplesmente foi deixado de lado. Mas Malhação abrange uma grande variedade de público mesmo, não se assuste. Crianças, adolescentes, adultos, enfim, muitos assistem. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Barbie, obrigado pelo comentário. A temporada passada fez muito sucesso e eu achei ótima, mas muita gente perdeu o interesse assim como você! Beijos e bom fim de semana!

Sérgio Santos disse...

Oi Milene, o ator é MUITO fraco! Também achei o Alejandro bem, embora tivesse exagerado na caricatura. Bia Arantes é esforçada e a personagem dela é que parecia doente, aliás, era doente na fase inicial, mas depois mudou de perfil magicamente. Beijos! =)

Sérgio Santos disse...

Karina, fico feliz que tenha gostado. Beijo.

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Tudo bem, por aqui?
Sérgio!
...só me lembro que Malhação tinha como premissa básica servir de escada para novos atores e atrizes!Nem sei se está fazendo isso ainda!Esta fase, sinceramente, não acompanhei, portanto, eu sei que vc vai me desculpar por não fazer nenhum comentário pertinente à respeito de...
Mas, agradeço o carinho de sua visita!E desejo um bom final de semana!
Abraços

Rita disse...

Querido amigo sempre fui fã de Malhação, assisti todas.
Gosto pq ali mostra aos jovens o que é certo ou errado, gostei dessa sim, sabendo que teve muitas coisas complicada.
Cristal gostei do final , pq ela era doente , obcecada pelo Gabriel, e por isso acabou como tinha que ser mesmo, louca e presa.
Moises..bom mas só pensava em dinheiro e roubou, matou o final era isso tbém.
Só não gostei que a Carmem morreu, acho que depois de tanto tempo ela tinha que ser feliz com o filho, mesmo não ficando com o Fabiano
Do resto sempre falta alguma coisa
Vamos ver a outra como vai ser, eu estarei la assistindo de novo
Bjussss
Rita!!!!

Rita disse...

Querido amigo sempre fui fã de Malhação, assisti todas.
Gosto pq ali mostra aos jovens o que é certo ou errado, gostei dessa sim, sabendo que teve muitas coisas complicada.
Cristal gostei do final , pq ela era doente , obcecada pelo Gabriel, e por isso acabou como tinha que ser mesmo, louca e presa.
Moises..bom mas só pensava em dinheiro e roubou, matou o final era isso tbém.
Só não gostei que a Carmem morreu, acho que depois de tanto tempo ela tinha que ser feliz com o filho, mesmo não ficando com o Fabiano
Do resto sempre falta alguma coisa
Vamos ver a outra como vai ser, eu estarei la assistindo de novo
Bjussss
Rita!!!!

Diego disse...

Olá Sérgio!

Descobri seu blog desde o ano passado (na minha saudosa Vida da Gente) e desde então o acompanho aqui, embora nunca escrevi aqui.

Não acompanhei o início de Malhação, comecei a acompanhar nas minhas férias de Fevereiro e passei a ver no site da Globo.

Eu gostei da composição da Cristal, embora as vezes exagerada, talvez porque o papel pedisse. Gostava do conflito e dos desempenhos das atrizes que defenderam Laura e Deborah tb.

Achei também que os intérpretes de Moisés, Babi, Guido, Aparecida e Felipe cumpriram seus papéis direitinhos. Agora o casal protagonista foi muito fraco... O rapaz em especial! O casal Betão e Maria tb deixaram a desejar, talvez pela trama fraca.

Agora o final foi bem decepcionante. Se a novelinha encaminhou pra 1 monte de obviedades, o final foi no mínimo lamentável. Quem acompanhar a trama merece mais...

Abração Sérgio, até a próxima!

Sissym disse...

Sérgio, sobre Malhação, nunca tive tempo para assistir, sei que está muitos anos no ar, sempre trocando o elenco, renovando e talvez haja altos e baixos.

P.S.: eu já li aquele texto em alguns lugares e todos eles apareciam o mesmo autor. Eu tambem tenho estas duvidas, a unica certeza que me resta é quando eu mesma escrevo!!! :)

Beijos

Sérgio Santos disse...

Oi Felisberto, obrigado pelo comentário. Desculpar? Que bobagem, não há motivo algum pra isso! Abração!

Sérgio Santos disse...

Oi Rita, obrigado pelo comentário. Pelo visto você é fã de Malhação mesmo! Na verdade a Cristal ficou doente do nada só por causa das mudanças bruscas na trama. A morte de Carmem foi apenas mais um clichê dessa fase: a mãe que morre para ser perdoada. Beijos! =)

Sérgio Santos disse...

Oi Diego, que bom que você acompanha o blog desde A Vida da Gente, fico feliz que goste daqui. Eu cheguei a acompanhar essa fase antes das mudanças, mas depois abandonei de vez. Claro que uma vez ou outra a gente acaba vendo. Achei o final muito fraco, assim como toda a temporada. Uma bobagem só! Abração e obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Oi Sissym, obrigado pelo comentário. Sim, a função acaba sendo essa mesmo, embora também já tenha uma audiência quase que cativa.

ps: você tem toda razão. Beijos!

Thairys Moreno disse...

Eu estava gostando do enredo da novela no inicio, mas acho que esse tema abordado, o sobrenatural, não é o tipo de assunto que atraia a atenção dos adolescentes. Acho melhor continuarem apostando nas mesmices e bobagens de sempre,rs.

Bia Hain disse...

Oi, Sérgio. No horário de Malhação geralmente estou costurando em frente à tv, e pegava alguns lances da trama. Realmente deixou muito a desejar e fechou a sucessão de confusões com chave de ouro com a história da adoção de Gabriel. Espero que a criatividade vá além da expectativa na próxima temporada. Um abraço!

Sérgio Santos disse...

Oi Thairys, os adolescentes até gostam disso, mas eles rejeitaram a inovação mesmo. Agora creio que daqui pra frente será a repetição costumeira! Obrigado pelo comentário! Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Bia, pois é, uma sucessão de confusões e alterações sem sentido. Foi isso que aconteceu nessa temporada. Pra esquecer. Vamos ver se a próxima agrada. Beijos! =)

Ítalo Moreira Toffolo disse...

Essa nova temporada já está rendendo. Está mais com cara de jovem.
E o melhor mesmo está sendo o despertar da beleza de Juliana Paiva (a Fátima). Na Ti Ti Ti eu não reparei nela, mas agora ela está maravilhosa, espetacular, linda de mais!
Será que ela está solteira? :D

[]'s, brother.