quarta-feira, 30 de setembro de 2015

De volta às novelas, Alinne Moraes se sobressai na pele da mocinha Lívia em "Além do Tempo"

Ela estava afastada dos folhetins desde 2011, quando viveu a íntegra Lili, no remake de "O Astro". Em 2012, protagonizou a série "Como aproveitar o fim do mundo", de Alexandre Machado e Fernanda Youg, e em 2013 engravidou do seu primeiro filho, precisando sair do elenco de "Em Família", onde viveria a homossexual Marina. Agora, em 2015, Alinne Moraes volta às novelas na pele da mocinha Lívia, em "Além do Tempo", e mostra em cada capítulo como fazia falta na teledramaturgia.


A atriz vem honrando o posto de heroína da história de Elizabeth Jhin, que começa no século XIX e chega até os dias atuais. A personagem é a típica mocinha sofredora, que padece a história inteira enfrentando os mais diversos tipos de dificuldades, principalmente emocionais. Entretanto, apesar de carregar todos os clichês possíveis do gênero, Lívia não é um perfil que irrita e nem se mostra uma passiva idiotizada, ao contrário de Anita (Letícia Persiles), uma tonta que abusa da ingenuidade e cansa pelo excesso de bondade.

A filha de Emília (Ana Beatriz Nogueira) foi superprotegida pela mãe, que temia qualquer tipo de contato com a poderosa família de seu marido (Bernardo), dado como morto na época. Passou um longo período no convento de Padre Luis (Carlos Vereza), mas de nada adiantou o isolamento, pois conheceu o Conde Felipe (Rafael Cardoso), e se apaixonou.
Aos poucos, foi descobrindo todo o traumático passado de sua família e o mal que a Condessa Vitória (Irene Ravache), sua avó, fez para acabar com o romance de seus pais.

A personagem cresceu quando Emília descobriu que Bernardo estava vivo. Mãe e filha iniciaram uma jornada em busca do desmemoriado homem e, justamente por causa desse objetivo, Lívia resolveu se infiltrar na mansão da Condessa, que também procurava o filho. Conseguiu um emprego temporário de empregada, mas acabou efetivada pela toda poderosa, que nutriu uma simpatia imediata pela funcionária. A partir de então, começou a surgir um carinho mútuo e um vínculo difícil de ser quebrado, por ironia do destino.

Alinne sabe aproveitar todos os dilemas emocionais da sua mocinha para mostrar o seu talento e tem brilhado sempre que aparece. As cenas vêm ficando mais densas, exigindo mais da intérprete, que corresponde. Não é fácil viver uma heroína, ainda mais levando em consideração o fascínio que os vilões sempre despertam no público, uma vez que são os responsáveis pela movimentação da história. E nesta produção, vale ressaltar, há ótimos perfis cruéis, como a própria Condessa, além de Bento (Luis Carlos Vasconcelos) e Melissa (Paolla Oliveira), por exemplo. Mas a atriz defende sua personagem muito bem e o próprio perfil é atrativo.

As cenas protagonizadas por Alinne e Ana Beatriz Nogueira são repletas de intensidade e as duas fazem uma dupla incrível, tanto nos momentos de amor entre mãe e filha, quanto nos de briga. Uma das melhores sequências das duas foi quando Emília rompeu com Lívia, depois que a filha disse que não poderia deixar a Condessa, mesmo já tendo encontrado seu pai. Aliás, o encontro da mocinha com Bernardo foi lindíssimo. Toda a emoção daquele esperado instante foi passado com veracidade pelos atores, destacando ainda Louise Cardoso (Gema).

Mas a atriz também tem feito sequências maravilhosas com Irene Ravache, o grande nome de "Além do Tempo". Lívia foi a responsável pela humanização da Condessa, que deixou de ser uma Dama de Ferro, virando uma senhora mais sensível e carente. Vitória se afeiçoou à empregada, mesmo sem imaginar que ela é sua neta, assim como a mocinha se apegou àquela que era a pior das megeras, responsável pela desgraça de sua mãe. A armadilha do destino, bastante folhetinesca, tem proporcionado ótimos momentos protagonizados pelas atrizes. Vale destacar também Nivea Maria, que brilha cada vez que Zilda transborda rabugice e ciúmes da 'rival', e Paolla Oliveira, que expõe com competência o ódio sentido por Melissa, desde que a criada ganhou espaço na casa.

Além do bom desempenho de Alinne, ainda é necessário citar a ótima química que a atriz tem com Rafael Cardoso. Lívia e Felipe formam um lindo casal e a história clássica do amor que dura muitas vidas está sendo bem representada. Os dois têm muita sintonia e, mesmo tendo protagonizado poucos momentos juntos de fato, conseguem expor todo o sentimento dos personagens através da troca de olhares, fundamental em um bom par romântico, ainda mais protagonista.

Alinne Moraes estava fazendo falta nos folhetins e tem sido um prazer vê-la de volta em uma novela tão caprichada quanto "Além do Tempo". Lívia vem sendo muito bem defendida por ela e a clássica mocinha humilde da primeira fase voltará com ótima condição financeira na segunda, quando a história começar a ser passada em 2015, após uma passagem de 150 anos, com todos reencarnados. A atriz tem feito por merecer o destaque que a filha de Emília e neta da Condessa tem na trama. Se sobressai com facilidade.

40 comentários:

Pedro disse...

Linda Alinne! Belo texto. Fazia falta mesmo e está maravilhosa.

Anônimo disse...

Eu sou fã dessa mulher, fora o que é linda!

Thamires disse...

Estou adorando essa novela e a Lívia é uma querida.Alinne fazia muita falta e fiquei feliz em vê-la em um produto bom como esse.Tomara que a segunda fase seja tão boa quanto essa.

Fábia disse...

Sou apaixonada por essa relação da Livia e da Condessa. As atrizes estão incríveis.

Ana Carolina disse...

Não dava muito por essa novela, principalmente depois da linda Sete Vidas, mas tenho me surpreendido com a qualidade dela. E Alinne Moraes faz por merecer esse seu texto. Livia é uma boa mocinha, a primeira dessa autora que não é uma idiota. Gosto da relação dela com a Condessa e com Emília. Não queria que mudasse de fase.

Yasmin disse...

Concordo com tudo.Alinne é uma atriz fantástica e é uma das mulheres mais lindas do Brasil.De início torci o nariz em vê-la voltando na pele de uma mocinha, mas ela está bem e emociona.

Anônimo disse...

Alinne é diva, está ótima!

MARILENE disse...

Sergio, gosto muito a novela. Alinne Moraes tem nos presenteado com uma interpretação que merece aplausos. Ela consegue emocionar, nas cenas com Irene Ravache. Concordo, plenamente, com toda as suas colocações. Bjs.

Andressa Mattos M. disse...

Alinne está fabulosa e eu adoro a Lívia. Concordo com o texto, Sérgio, principalmente na parte que vc fala da relação dela com a Condessa.Me emociono vendo o carinho que uma tem pela outra.A autora conseguiu humanizar a Condessa com maestria.

Bia Hain disse...

Olá, Sérgio, como vai? Sabe que aconteceu uma coincidência engraçada, senti falta de Alinne Moares nas telinhas e no dia seguinte, lá estava a propaganda da novela! Das que estão no ar atualmente, além do tempo tem sido minha preferida, não só pela bem lembrada química entre o casal, como atuações brilhantes de Paola Oliveira (já lhe disse, a prefiro como vilã), Nívea Maria, Irene Ravache... muito bom! Abraços!

Liliane disse...

Alinne é uma atriz que não tem só beleza, tem talento. Desde que surgiu em Coração de Estudante dava pra ver que teria futuro. E ainda bem que ela não entrou na Em Família, que novela ruim!

Lulu on the sky disse...

Depois de tantos papeis complexos a Alinne Moraes segura bem o papel de mocinha.
Boa noite pra vc!
Big Beijos
Lulu on the Sky

Fabíola disse...

É... Parece que essa é mais uma novela espírita no horário das 6:00 horas. Difícil mesmo é uma novela com essa temática alcançar o mesmo sucesso que Almas Gêmeas, que foi um verdadeiro fenômeno para o horário...

Mas, Sérgio, desculpe a minha indiscrição, mas... Por que você não tem foto? Sou doida para ver a tua cara... Só consigo te imaginar alto, assim 1,80cm, nem gordo, nem magro, com uma leve barriguinha, cabelo liso, com aproximadamente 29 anos, cara de nerd, de óculos, branco e com pé 42...

Anônimo disse...

Concordo com tudo, parabéns pelo texto, eu penso da mesma forma. A Alinne é uma atriz completa, faz uma mocinha clássica nos dias de hoje é quase impossível, hoje o publico prefere as vilãs, e a Alinne com todo o seu talento e carisma consegue fazer a mocinha dela ser amada, merece todos os elogios que recebe. Provou de uma vez por todas que pode fazer qualquer tipo de papel.

Anônimo disse...

correção: fazer uma mocinha clássica*

E não posso deixar de citar a excelente química dela com todas as atrizes que contracena, as cenas dela com a Ana Beatriz Nogueira são sempre lindas, e com a Irene Ravache um show a parte, deixa o publico de boca aberta, muita cumplicidade ali. Sem falar na química com o Rafael Cardoso, o casal é lindo.

Vera Lúcia disse...


Excelente, Sérgio.
Esta novela é uma das exceções do horário que assisto e faço tudo para não perder. Estou gostando muito e Alinne Moraes está ótima no papel de Lívia. Além de linda, esbanja talento. É mesmo um perfil atrativo, conforme suas palavras.

Abraço.

jlgiam disse...

Fabíola, não é tão difícil assim não. Nessa quarta-feira, por exemplo, Além do Tempo registrou 22 pontos, o mesmo índice obtido por A Regra do Jogo. A última novela das 18h que alcançou a audiência do horário das 21h havia sido justamente Alma Gêmea, que nos seus dois últimos meses empatava e ás vezes até vencia a novela das 9 da época, Belíssima. Mesmo a temática do espiritismo estando meio desgastada, Elizabeth Jhin conseguiu, em Além do Tempo, fazer algo dentro do seu estilo, mas injetando algum diferencial. Esse diferencial será justamente a passagem de tempo de 150 anos, que trará a trama do século 19 para 2015. E além disso, nessa novela não aparecem espíritos(pelo menos até agora) e os anjos são mostrados sem estereótipos(ao contrário daqueles anjos bobocas de Amor Eterno Amor e Escrito nas Estrelas).

Ah, e Alinne Moraes está mesmo perfeita no papel. E pensar que no início ela chegou a ser considerada por alguns meio "velha" pra viver uma mocinha do século 19 que era colocada num convento contra a própria vontade, mas seu talento logo ajuda a passar a impressão de que ela pode ser mais jovem. E ela ainda forma um belo casal com Rafael Cardoso. Aliás, eu só simpatizo com o Conde Felipe quando está junto da Lívia, porque o personagem em si é um saco, ingênuo demais! Mas a novela como um todo é linda e, depois que acabou Verdades Secretas, pode ser considerada a melhor no ar!

Ed Taborda Assunção disse...

Essa novela é maravilhosa e a Alinne Moraes estava fazendo falta na Tv. A mocinha dela consegue fazer nós telespectadores torcermos por ela, o que é difícil hoje em dia que só existe mocinha songamonga. Acho o elenco da novela excelente. E o par romântico principal tem química também, apesar de eu achar o Felipe muito chato. Estou ansioso para essa passagen de tempo, espero que a novela continue tão boa quanto é. Será um risco e tanto. Abraços.

Pedrita disse...

adoro essa novela. gosto de todo o elenco. beijos, pedrita

Karina disse...

Aline é linda e talentosa. Amo.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Pedro.

Sérgio Santos disse...

Tb sou, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Concordo, Thamires. E tomara mesmo!

Sérgio Santos disse...

Estão mesmo, Fábia.

Sérgio Santos disse...

Ana, também não apostava muito, mas é uma excelente novela. A Alinne está maravilhosa mesmo e a primeira fase é linda. E nem dá para não mudar de fase pq a trama não se sustenta até janeiro nessa fase, não tem como. Tomara que a segunda seja tão boa quanto.bj

Sérgio Santos disse...

Concordo, Yasmin.

Sérgio Santos disse...

Está mesmo, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Marilene. E eu tb gosto mt da novela.

Sérgio Santos disse...

Andressa, a autora conseguiu msm humanizar a Condessa através da Livia e essa relação é mt bonita. Alinne faz uma ótima mocinha. Bjs

Sérgio Santos disse...

Td indo, Bia. E olha que coincidência bacana! Ela fazia mta falta e que bom vê-la de volta em uma trama tão boa. O elenco está mt bem escalado e a Paolla tá bem de vilã msm. bjs

Sérgio Santos disse...

Ainda bem mesmo, Liliane.

Sérgio Santos disse...

Verdade, Lulu. bjs

Sérgio Santos disse...

Superar Alma Gêmea é impossível, Fabíola. Mas tem tido um bom retorno. Nossa, vc me imagina assim? hahaha Eu no futuro talvez coloque uma foto de rosto, quem sabe. rs Tenho 1,75, passou perto. Tenho um pouco de nerd sim e não sou gordo. bjsss

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, anonimo. eu concordo com o seu comentário.

Sérgio Santos disse...

Ah, sim, anonimo. Fato, Ela tem ótima sintonia com Rafael Cardoso, Irene Ravache e Ana Beatriz Nogueira.

Sérgio Santos disse...

Que bom que vc tem visto, Vera. É mt boa, né? bjss

Sérgio Santos disse...

Jlgiam, a autora dessa vez conseguiu criar uma trama espírita mt bem escrita e sem ser piegas, como essas citadas, principalmente a última. Alinne está perfeita e merece elogios. Como Verdades Secretas acabou, concordo que é a atual melhor no ar.

Sérgio Santos disse...

É verdade, Ed. E eu concordo, o Felipe é um mala e só melhora quando está com Livia, caso contrário, fica um saco. E essa mocinha dá vontade de torcer mesmo. A mudança de fase será um risco mesmo, mas tomara que valha a pena.

Sérgio Santos disse...

Idem, Pedrita. bjs

Sérgio Santos disse...

Tb acho, Karine.