segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Retrospectiva 2014: os melhores casais do ano

O ano de 2014 não foi muito feliz para as novelas. O número de fracassos foi maior que o número de êxitos ----- situação bem semelhante ocorreu em 2013, vale lembrar. Porém, os pares românticos, como não poderia deixar de ser, estiveram presentes em várias delas e muitos conquistaram o público. Alguns, inclusive, ainda estão no ar e repletos de cenas românticas para evidenciar bastante a boa química existente entre eles. Assim como ocorreu no ano passado, fiz uma seleção dos melhores casais da ficção.





Pedro e Karina ("Malhação Sonhos"):
A atual temporada está repleta de ótimos casais e este é um deles. Rafael Vitti e Isabella Santoni são gratas revelações e a química que têm em cena é nítida. O Exibido e a Esquentadinha formam um par apaixonante e a relação é claramente inspirada na ' A Megera Domada', que também serviu de inspiração para Petruchio (Eduardo Moscovis) e Catarina (Adrina Esteves) em "O Cravo e a Rosa". Karina sofre de problemas de autoestima e Pedro é um verdadeiro trapalhão. Os dois combinam muito e fazem um sucesso merecido.



Gina e Ferdinando ("Meu Pedacinho de Chão"):
O improvável casal foi ganhando destaque no remake de Benedito Ruy Barbosa, e o mundo encantado criado pelo diretor Luiz Fernando Carvalho fez este par parecer com os contos da Disney. Entretanto, Gina era uma mulher briguenta e nada parecida com as princesas clássicas. Mas no final da história, ela acabou sendo conquistada de vez pelo seu 'príncipe' Nando e se desarmou por completo. Johnny Massaro e Paula Barbosa formaram um lindo casal e os atores brilharam.

Félix e Niko ("Amor à Vida"):
A novela de Walcyr Carrasco ficou no ar apenas em janeiro, portanto, nem pode ser considerada uma trama de 2014. Entretanto, o casal gay arrebatou o público e protagonizou o primeiro beijo gay da história do horário nobre da Globo. Um feito que será lembrado eternamente. Mateus Solano e Thiago Fragoso foram incríveis e este foi o par gay de maior sucesso da teledramaturgia.


Marlon e Lili ("Além do Horizonte"):
O casal não estava previsto na trama de Carlos Gregório e Marcos Bernstein, mas a imensa química entre Juliana Paiva e Rodrigo Simas (já vista anteriormente na "Malhação Intensa" através de Bruno e Fatinha) novamente ficou clara e os autores juntaram os dois de uma forma bem coerente com o enredo da história. O resultado foi um par que deu certo e deixou o folhetim com um casal protagonista realmente atraente, o que não tinha acontecido com o Lili e William (Thiago Rodrigues). E a música Receive, de Alanis Morissette, combinou muito com o par.


Verônica e Cadu ("Em Família"):
A última novela de Manoel Carlos foi um fracasso. Os problemas foram inúmeros, incluindo a formação de casais. Porém, este par ----- que infelizmente só foi formado na reta final da história, o que foi outro erro ---- funcionou e Helena Ranaldi e Reyanldo Gianecchini tiveram uma ótima química em cena. Pena que o telespectador não pôde acompanhar este par por mais tempo, já que o autor demorou demais para juntar os personagens.


Zelão e Juliana ("Meu Pedacinho de Chão"):
A interpretação magistral de Irandhir Santos fez do Zelão o grande destaque deste lúdico remake, e seu amor pela professorinha foi tão bonito que foi impossível não torcer pelo casal. Irandhir e Bruna Linzmeyer formaram um lindo par e tiveram uma nítida sintonia. As cenas poéticas protagonizadas pelos dois eram repletas de sensibilidade.


Cobra e Jade ("Malhação Sonhos"):
Aparentemente vistos como vilões da novelinha, os personagens combinaram perfeitamente assim que se aproximaram. Mas com o tempo, foi possível perceber que eles não tinham nada de malvados. São problemáticos e enfrentam questões pessoais complicadas. Um acaba sendo o ponto de apoio do outro. A atração física move o romance, repleto de brigas e momentos tensos. Felipe Simas e Anaju Dorigon esbanjam química nas cenas quentes do par.


Priscila e Marcelo ("Além do Horizonte"):
Um improvável par que acabou sendo o grande acerto cômico da trama de suspense que foi exibida no horário das sete. Laila Zaid e Igor Angelkorte, grata revelação, tiveram um ótimo entrosamento e o casal atrapalhado funcionou muito bem. Era divertido acompanhar a conturbada, e ao mesmo tempo meiga, relação entre duas pessoas tão diferentes, onde ele era o frágil e ela a forte.


Bruno e Duda ("O Rebu"):
Namorados na vida real, Daniel de Oliveira e Sophie Charlotte protagonizaram inúmeras sequências quentes e ousadas. A relação do casal era voltada para um clima de mistério e desconfiança, onde os dois tinham segredos que não podiam revelar. Foram muitas cenas de romance, dança e sexo. Os atores tiveram uma nítida química e o final do par foi uma verdadeira tragédia, onde Duda golpeia a cabeça de Bruno com uma estátua e o joga em um freezer.


Pituca e Serelepe ("Meu Pedacinho de Chão"):
Geytsa Garcia e Tomás Sampaio foram gratas revelações e os pequenos tinham um maravilhoso entrosamento cênico. As cenas deles eram sempre lúdicas e voltadas para uma magia que permeava a história. A amizade entre as crianças era muito bonita e o carinho que um sentia pelo outro evidenciava toda a sensibilidade desta novela tão bem dirigida por Luiz Fernando Carvalho. Era o típico primeiro amor.


Virgílio e Helena ("Em Família"):
O amor genuíno que Virgílio sentia por Helena era muito bonito e a protagonista só foi dar valor na reta final da novela. O casal demorou demais para protagonizar cenas interessantes, além das brigas. E isso só ocorreu depois que Helena ficou bêbada e partiu para cima do seu marido. Foi um momento divertido e que tirou um pouco a imagem de amargurada da personagem. A partir desta situação, o par começou a ficar bem mais atrativo. Humberto Martins e Júlia Lemmertz tiveram química.


Duca e Bianca ("Malhação Sonhos"):
A atual temporada da novelinha é o melhor produto diário da Globo. A história de Rosane Svartman e Paulo Halm está bem mais atraente que todas as novelas e entre os muitos acertos está o êxito dos pares românticos. O casal formado por Arthur Aguiar e Bruna Hamu tem muita química e representa o romance clássico da mocinha e do mocinho que se amam. Duca é um sujeito íntegro, mas galinha, enquanto Bianca é uma patricinha que não leva desaforo para casa. Um ótimo par.


Clara e Marina ("Em Família"):
O romance lésbico não foi bem desenvolvido por Manoel Carlos e a forma como tudo começou foi muito equivocada, o que causou uma rejeição ao casal. Porém, ao longo da novela, a torcida 'Clarina' foi ficando forte na internet e o par foi uma das poucas coisas que despertaram uma certa repercussão nas redes sociais. Giovanna Antonelli e Tainá Muller convenceram e, apesar dos problemas da fraca novela, conseguiram se destacar. As duas, inclusive, protagonizaram dois beijos na história, depois do tabu ter sido quebrado por Félix e Niko.


Micaela e Martin ("Malhação Casa Cheia"):
Esta temporada foi uma das piores da novelinha e a história era totalmente infantilizada e mal construída. A ausência de bons pares também prejudicou a trama. Porém, o casal interpretado por Laís Pinho e Hugo Bonemer foi um dos poucos acertos. Os dois foram gratas revelações, se sobressaíram e tiveram química em cena. E a história dos personagens foi interessante: um galinha que mudou de comportamento após ter se apaixonado por uma nerd desengonçada, que por sua vez mudou o visual e virou uma menina linda.


Laura e Caíque ("Alto Astral"):
O casal protagonista da novela de Daniel Ortiz é um dos pontos positivos da novela supervisionada por Silvio de Abreu. Nathalia Dill e Sérgio Guizé estão ótimos e entrosados em cena. Ele é um rapaz atrapalhado que vê espíritos e ela uma típica mocinha que busca o paradeiro da sua mãe verdadeira. Os dois são verdadeiras almas gêmeas e se aproximaram graças a uma anjinha que faz de tudo para vê-los juntos e felizes.



Mari e Jeff ("Malhação Sonhos"):
Malu Campos e Cadu Libonati interpretam o casal mais puro da atual temporada da novelinha adolescente. Ela é uma menina meiga, que engravidou e precisou adiar o sonho de ser cantora, enquanto ele é um rapaz que ama dançar e precisa enfrentar o preconceito do pai para fazer o que gosta. Os dois se apaixonaram após um apoiar o outro. O romance é muito bonito e sensível.




Maria Clara e Vicente ("Império"):
O romance da filha do comendador com o cozinheiro que virou dono de restaurante começou depois que ambos terminaram seus relacionamentos de forma traumática. Ela tomou a iniciativa e ele acabou cedendo aos seus encantos. Andreia Horta e Rafael Cardoso têm química de sobra e o casal sempre que está junto proporciona ótimas cenas.




Pamela e Ernesto ("Geração Brasil"):
A fracassada e problemática novela de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira apresentou vários equívocos, entre eles a formação dos casais. Praticamente todos foram mal desenvolvidos. Entretanto, entre os poucos pares que funcionaram está perua interpretada por Cláudia Abreu e o nerd vivido pelo Felipe Abib. Os dois tiveram química e é uma pena que o casal só tenha se aproximado na reta final da história.



João Lucas e Du ("Império"):
O melhor casal da atual novela das nove. Daniel Rocha e Josie Pessoa tiveram um ótimo entrosamento e a amizade entre os personagens sempre foi muito bacana de ser acompanhada. A cumplicidade acabou virando amor e os dois passaram a formar um típico casal de adolescentes que precisam encarar os problemas da vida adulta, incluindo dois filhos que ela tem do caçula do poderoso comendador.


Braga e Lídia ("O Rebu"):
O canalha tinha na esposa seu porto seguro. Ela, por sua vez, o defendia com unhas e dentes. Tony Ramos e Bel Kowarik fizeram uma grandiosa parceria e a cena onde o empresário conta para a mulher que tem um tumor na cabeça foi forte e emocionante, com direito a um verdadeiro show dos atores.




Maria Inês e Marcelo ("Alto Astral"):
O casal ainda nem conseguiu ficar junto de fato, em virtude da doença que a esposa de Marcelo (Úrsula - Silvia Pfeifer) finge ter; mas Christiane Torloni e Edson Celulari estão em plena sintonia. O par mais experiente é um dos atrativos da trama de Daniel Ortiz e fica praticamente impossível não torcer para que os personagens voltem a viver o romance que foi interrompido no passado.




Sandra e Rafael ("Boogie Oogie"):
O único casal interessante da atual novela das seis é justamente o protagonista. Isis Valverde e Marco Pigossi tiveram química desde a primeira cena e o clássico 'Your Song', de Elton John, embala lindamente o romance do par. Apesar dos personagens terem perdido importância que tinham na história, os atores continuam muito bem e o par agrada.




Ray e Edu ("Dupla Identidade"):
A série de suspense escrita por Glória Perez prendeu o telespectador e o serial killer aterrorizou as mulheres da história, incluindo Ray, a sua namorada. Mas apesar de nunca ter existido a possibilidade do casal ser feliz, Débora Falabella e Bruno Gagliasso fizeram uma excelente parceria e a química entre eles ficou evidente. Ambos deram um show e a cena final, onde ele dá um sorriso debochado e ela o olha com perplexidade, foi brilhantemente interpretada pelos dois.


Allain e Maria Angélica ("O Rebu"):
Jesuíta Barbosa e Camila Morgado tiveram várias sequências quentes e o casal tinha química de sobra. O aprendiz de marginal e a perua viraram cúmplices, mas no final ele a abandonou para fugir da polícia. A grata revelação e a experiente atriz funcionaram muito bem juntos e deixaram o remake de George Moura e Sérgio Goldenberg com a cara das 23h.



Magnólia e Severo ("Império"):
Este casal não protagoniza cena alguma de romance, porém, os picaretas combinam e estão sendo vividos muito bem por Zezé Polessa e Tato Gabus Mendes. Embora não tenham muita importância na história de Aguinaldo Silva, os dois conseguem protagonizar boas cenas e fazem uma dupla ferina.




Sol e Wallace ("Malhação Sonhos"):
Jeniffer Nascimento e Antônio Carlos formam mais um ótimo casal da atual temporada. O lutador de muay thai sempre foi apaixonado pela menina humilde que canta lindamente e ela acabou retribuindo este sentimento. Os dois têm prioridades distintas, o que é um empecilho para o romance. Os atores estão muito bem e o casal é voltado para a comicidade.




Verônica e Jonas ("Geração Brasil"):
O par não foi bem desenvolvido pelo autores, mas Taís Araújo e Murilo Benício tiveram química e os atores convenceram na novela, apesar dos inúmeros problemas que ela teve. A jornalista e o poderoso empresário terminaram juntos e formaram uma linda família.





José Alfredo e Maria Isis ("Império"):
O romance não foi muito bem desenvolvido pelo autor, uma vez que ela era tratada inicialmente feito uma prostituta pelo comendador e ainda se envolveu com o filho dele; porém, o par tem uma boa torcida na internet. As cenas protagonizadas por Alexandre Nero e Marina Ruy Barbosa são bonitas e o casal conquistou muitos adolescentes.


Gael e Dandara ("Malhação Sonhos"):
O bronco professor de muay thai e a doce professora de canto formam um conflituoso casal, onde os opostos se atraem. Eriberto Leão e Emanuelle Araújo combinaram muito em cena e o par já proporcionou ótimas sequências para os atores, vide o momento que os personagens cantam juntos em meio a uma linda reconciliação.



Bernardo e Gilda ("O Rebu"):
José de Abreu e Cássia Kiss interpretaram brilhantemente um casal de advogados que só estava junto pelas aparências. Os dois nutriam um ódio extremo um pelo outro, mas no final resolveram selar a paz após perceberem que estavam sendo manipulados por Braga (Tony Ramos) e Angela (Patrícia Pillar). A cena onde eles resolvem ficar juntos e recomeçam do zero foi bonita.


Epaminondas e Catarina ("Meu Pedacinho de Chão"):
O casal vivia às turras, mas um não sabia viver sem o outro. Osmar Prado e Juliana Paes estavam ótimos na novela e os dois tiveram uma boa sintonia. Os personagens se amavam acima de tudo, mesmo com as divergências provocando inúmeras brigas, com direito a vários gritos histéricos de ambos. O par também tinha uma comicidade que deixava a relação mais interessante.




Maria Marta e José Alfredo ("Império"):
Lilia Cabral e Alexandre Nero estão repetindo a excelente parceria que tiveram em "A Favorita", quando viveram um casal apaixonado. Agora, porém, eles formam praticamente um 'não casal'. Os personagens são unidos por interesse, mas começaram de baixo e foram os responsáveis pela construção do tão falado império. E o amor que Maria Marta sente pelo comendador é nítido.






Como é possível constatar, teve casal para todos os gostos em 2014. E os pares foram compostos por bons atores, que tiveram química em cena. Uns se destacaram mais, outros menos, mas todos foram (e muitos ainda são) bem interpretados. Que em 2015 tenham mais casais atrativos porque toda boa ficção precisa de muito romance.

85 comentários:

Raquel Mazon disse...

AMEEEEEEEEEEEEEI!!!!!!!!!!! Que retrospectiva legal, Sérgio! Nossa, tu é destruidor mesmo, viu??? kkk Destaco Pedro e Karina, Zelão e Juliana, Félix e Niko, Gina e Ferdinando, Marlon e Lili e Duda e Bruno! Aguardando as outras retrospectivas!

Elaine disse...

Adorei também essa retrô da shippagem.E fico impressionada como suas retrospectivas são bem detalhadas. Honra o nome do blog. De todos eu amo mais o Félix com o Niko que foi o melhor casal de todos os tempos. Atualmente tenho gostado de todos da Malhação e de Laura e Caíque em Alto Astral. Tb gostei de Duda e Bruno. O resto eu não gostei.

Anônimo disse...

Félix e Niko foram o casal de 2013 e de 2014. Circularam pelo mundo todo.

Tainá disse...

Adorei a retrô dos casais. Pedro e Karina, Duca e Bianca, Marlon e Lili, João Lucas e Du, Priscila e Marcelo, Cobra e Jade, Félix e Niko e José Alfredo e Maria Marta são meus preferidos.

Andressa Mattos M. disse...

Sérgio, tava curiosa pra nova retrospectiva e me deliciei lendo. Todos os casais da Malhação e de O Rebu eu adorei. Muito bom vc ter colocado todos e, claro, Félix e Niko, que foram o casal sensação do Brasil. Os de Meu Pedacinho de Chão também foram lindos, em especial Zelão e Juliana. Já Maria Isis e Zé Alfredo e aquelas Clara e Marina eu detesto. Acho que vc também... hehe Ficou muito legal esse seu texto. Beijo.

Anônimo disse...

Depois dos piores, mais uma boa retrospectiva. E completa porque vc não esqueceu de nada, bem diferente do que houve ontem com aquele vergonhoso Melhores do Ano.

Thallys Bruno Almeida disse...

Félix e Niko combinaram e fizeram sucesso, mas como a novela foi do ano passado, não vou comentá-los agora.

E que milagre é esse Clara e Marina estão nessa lista? Jurava que não entrariam. Até pq só fizeram sucesso com a fanbase...

Discordo 1: Duca e Bianca. Daquilo que vejo da atual temporada, tenho achado-os bastante chatos, uma lenga-lenga sem fim entre os dois. Acho bem mais interessantes os pares Duca e Natália, Pedro e Karina e Cobra/Jade, em especial "Perina".

Discordo 2: Marlon e Lili. Nem de longe vi em Rodrigo Simas e Juliana Paiva a mesma química que tiveram em Malhação. Dessa vez, olhando agora, dá pra ver que foi só truque pra chamar os shippers dos tempos da Malhação. Na mesma novela, Priscila e Marcelo combinaram muito mais.

Discordo 3: Maria Clara/Vicente nem Lucas/Du. Andreia Horta e Rafael Cardoso têm química, mas tenho me cansado de seus personagens (e até mesmo da Cristina, que defendi no começo da novela mas deixei de gostar quando caiu na lábia da Cora e começou a desconfiar do Vicente). Os únicos pares de Império que me agradam são os de José Alfredo: com Marta e com Isis.

Discordo 4: Laura e Caique. Têm química, mas têm um dos temas românticos mais chatos já vistos e acho que as cenas dos espíritos dele "quebram" o clima. Prefiro Maria Inês e Marcelo, com trama mais convincente pra mim.

Entre os pares de Pedacinho, gostei mais de Pituca/Lepe, Catarina/Coronel Epa e Zelão/Juliana.

Sandra e Rafael é o par que mais me agrada e a química da Isis com o Marco é bem visível. Aliás, dela com qualquer ator que faça, vide o Cauã em Amores Roubados. O par nos últimos capítulos tem andado com menos espaço mesmo, porém, desde a sexta, deu-se uma reviravolta que os deixará separados por um tempo, com a ida de Sandra pra mansão Carlota.

Ida essa, aliás, que deu uma virada boa pra Boogie Oogie, a julgar pelos próximos caps, porque acredito que Sandra será mais eficiente que Vitória no tão falado segredo da Carlota. E pra quem reclamava que Carlota, Vitória e Susana sempre se davam bem, está previsto pra as três se ferrarem, o que não deixa de ser um alívio. Sandra e Rafael é o par que mais me agrada atualmente junto com Perina.

Ah, o de Dupla Identidade também funcionou muito bem e foi um dos melhores.

Ou seja, elejo dessa lista meus preferidos: Sandra/Rafael, Pedro/Karina, Cobra/Jade, Ray/Edu, Maria Inês/Marcelo, Zelão/Juliana, Catarina/Epa, Priscila/Marcelo.

Anônimo disse...

Esse Zé Alfredo com Maria Isis só agrada as crianças pq é um casal insosso e essa personagem da Marina é uma sonsa. Traiu o cara e ainda negou. Tirando esse casal e o Clara com Marina, gosto de todos os outros.

Rafael disse...

Só discordo de Sandra e Rafael porque essa mocinha é um pé no saco e ele é um banana. Prefiro muito mais a Vitória, mas essa novela é bem rasa. Os meu prediletos são Félix e Niko, Pedro e Karina, Duca e Bianca, Jade e Cobra, Marlon e Lili e Laura e Caíque.

Neide disse...

Bom... Entre os casais citados o que eu mais amei e shippei muito e ainda shippo é Jonas e Verônica.
A novela foi sofrível, mas o casal Verônas para mim foi maravilhoso, Taís e Murilo tiveram uma química e uma sintonia em cena incrível.

Gabriela Kollin disse...

Faltou Megan e Davi ( Isabelle Drummond e Humberto Carrão) de Geração Brasil, que mesmo com a novela flop dão show de química sempre quando estão em cena.

Kauê disse...

Muito boa essa retrospectiva Sérgio! Incrível como todos os casais de Malhação funcionam mt bem eu só não consigo ver mt química entre Duca e Bianca, acho o casal insosso bem diferente de Pedro e Karina que esbajam química e combinam mt.
Em "O Rebu" os casais tbm funcionaram mt bem e protagonizaram cenas ótimas com destaque pra Duda e Bruno, Alain e Angélica.
Os casais de "Meu Pedacinho de Chão" foram um dos pontos positivos da trama e Zelão e a professora Juliana emocionaram muito. Também gostei do Cadu e da Verônica embora o relacionamento deles deveria ter sido mais explorado pelo autor como vc bem disse assim com Helena e Virgílio que era um bom casal. Félix e Niko construíram uma história bacana no decorrer da trama, foi um dos assuntos mais comentados e fizeram o maior sucesso, conquistaram o Brasil.
Dos que não me agradam estão Clara e Marina, Marlon e Lili, Pamela e Ernesto. Gosto do Vicente com a Clara mas já vi que ele vai terminar com a Cristina, é uma pena!!! No início não gostava mt do Comendador com a Ísis agora até acho interessante mas prefiro ele com Maria Marta. Os outros casais tbm são/foram ótimos como Sandra e Rafael, Priscila e Marcelo e Ray e Edu.

Ricardo disse...

Das novelas que acompanhei e vi bem, gostei muito de Cadu e Veronica e Marcelo E Priscila. Cadu e Veronica poderiam ter sidos mais explorados. Discordo totalmente de Maria Isis e Zé Alfredo por nao gostar dos personagens e principalmente de Clara e marina, alias nem achei que fossem estar aqui. Só de olhar pra foto delas já lembro da vagabundagem de marina, das cenas absurdas de traicao e daquele fandom insuportavel. Sérgio, ano passado nao foi tudo colocado em um post só? Vai ter cenas do ano?

Ana Carolina disse...

Pra mim a tal Boogie Oogie não tem nenhum casal interessante, nem mesmo esse protagonista. E tb dispenso Clara e Marina, Alfredo e Isis e os de Geração Brasil. De resto, gosto de todos, especialmente os de O Rebu e Félix e Niko. Sérgio, deve ter dado um trabalhão fazer isso, não? Adorei.

Pedro Vinicius disse...

Sempre acompanho o blog, mas é a primeira vez que comento. Parabéns por mais esse post. Concordo com a maioria, tirando a Clara e o Vicente, já que acho os dois sem graça. E acrescentaria a Beatriz e o Cláudio, que achei e ainda acho uma relação bonita de se ver.

Lorena disse...

Amei a retrospectiva. Destaco os casais de Malhação, para mim acima de todos Duca e Bianca, pela verossimilhança do sentimento deles. Ao contrário dos outros casais, eles tem uma clara ligação emocional, de carinho e cumplicidade, que torna até o clichê algo bonito, sincero e agradável. Lucas e Du também tem uma linda história, um entendimento claro, além de fazerem um casal lindíssimo. Félix e Niko sem comentários, jamais vou esquecer a cena do beijo e o avanço que isso proporcionou na teledramaturgia brasileira, e José Alfredo e Maria Marta, interpretados por Nero e Lília em estado de graça, que mesmo às turras conseguem nos conquistar. Linda lista!

Anônimo disse...

Retrospectiva maravilhosa. Casal pra todos os gostos mesmo! Marlon e Lili, Pedro e Karina, Cobra e Jade, Duca e Bianca, Mari e Jeff, Félix e Niko, Zelão e Juliana e José Alfredo e Maria Marta são os melhores do ano.

F Silva disse...

Algo a comentar...

Ufa! 31 casais, eu consegui contar. Uma excelente retrospectiva. Adorei.

Sérgio, tenho que ser muito cuidadosa com o que vou escrever aqui, pois o tema é polêmico e muito sensível, mas eu não consigo achar graça, beleza ou encanto em casais homosexuais.

"Casal romântico" pra mim continua sendo a relação amorosa entre um homem e uma mulher. E talvez a graça e a beleza seja justamente por serem duas pessoas de sexo oposto. A química é evidente e o encaixe perfeito.

Sérgio, senti a necessidade de escrever isso, mas confesso que não sou radical e respeito a liberdade de escolha de cada um.

Bom, vamos ao post...

Perina - de fato foi o casal sensação da atual temporada da Malhação. Entretenimento puro.

Gina e Ferdinando - Acho que Gina foi a verdadeira "megera domada", pois Karina ainda não foi(risos)

Marlon e Lili - Sou suspeita pra falar, pois sou fã do Rodrigo Simas e da Juliana Paiva. Ainda tem química de sobra para um terceiro casal em futuros trabalhos. Só não vale música da Morissette, Ok?

Verônica e Cadu - Não me interessei. Nem lembrava desse romance...

Zelão e Juliana - Um encanto. Talvez mais pela brilhante interpretação de Irandhir.

Cobra e Jade - Química evidente, porém falta uma história aprofundada ali.

Priscila e Marcelo - Divertidíssimos. Concordo com teu texto.

Bruna e Duda - Bom, apenas.

Pituca e Serelepe - Uma graça! Assim como toda aquela novela.

Virgílio e Helena - Prejudicados pelo ritmo lento e complicado do Maneco.

Duca e Bianca - Uma pena! Duca merecia como par uma personagem mais instigante. Bianca é chaaata.

Micaela e Martin - É verdade. Um dos poucos acertos daquela Casa Cheia até demais.

Laura e Caíque - Casal clássico. Mas aquela anjinha enche o saco e o casal não precisa daquilo.

Mari e Jeff - Lindo casal, mas conflitos individuais se sobressaem ao romance.

Maria Clara e Vicente - Bom casal e de fato uma história que convence.

Pamela e Ernesto - discordo absolutamente. Coitada da Cláudia Abreu. Aliás que gafe.

João Lucas e Du - bonitinhos.

Braga e Lídia - Como sempre é bom assistir o Tony Ramos. Ótimas cenas.

Maria Inês e Marcelo - Esses sim são os verdadeiros protagonistas, pois acho as personagens deles mais interessantes e a história deles é folhetim puro.

Sandra e Rafael - Realmente o início foi mais interessante. Mas o "segredo da Carlota" e as "puladas de cerca" do Fernando tá roubando a cena e jogando todos pra coadjuvantes. Que pena.

Ray e Edu - Um show de atuação de Gagliasso.

Allain e Maria Angélica e Magnólia e Severo - Funcionaram para aquilo que foi proposto.

Sol e Wallace - divertido romance.

Verônica e Jonas - Não gostei. Apesar da atuação segura da Taís.

João Alfredo e Maria Isis - Concordo. Foi um alarde tão grande no lançamento que terminou por frustrar.

Gael e Dandara - casal muito bem concebido. Atraente temporada.

Bernardo e Gilda - Onde tem Cássia Kiss tem show de atuação.

Epa e Catarina - Uma delícia de assistir. Que saudades daquelas cenas.

Maria Marta e José Alfredo - O ponto forte de Império.

Tem mais retrospectiva?

Um grande abraço...

Ricardo disse...

Sérgio já vi o histórico do ano passa. Eu tinha me confundido e achado que foi tudo num post só.

Anônimo disse...

Sérgio, como sempre um belo post, pra variar. Concordo com quase todos, quase por que muitos desses nem vi. Concordo com os casais de Malhação e O Rebu, Além do Horizonte e Flopação Brasil nem posso opinar por que desisti na primeira semana. Epamimodas/Catarina e Juliana/Zelão eu amei. Aliás, todos os casais de MPDC. Discordo de Clara e Vicente, por que ele é um chato de galocha e ela não tem muita função na história. Cadu e Verônica e Virgílio e Helena também foram bons casais. Clara e Marina foi um péssimo casal ao meu ver, mas pelo modo como o autor conduziu a trama delas, a Marina parecia que só era obcecada pela Clara e não que amava ela. E, de uma hora pra outra, virou uma mocinha romântica. Alfredo e Ísis é um dos piores casais que já vi e parece que o relacionamento deles se resume a sexo. Ficou meio absurdo eles serem apaixonados um pelo outro, se encontrarem direto e ela nem saber qual a profissão dele. E ele tratava ela no início como uma prostituta mesmo e não como alguém que amava. Ele e Marta são um casal muito melhor. Mas fazer o quê, já que a Marina é a nova queridinha do Aguinaldo, né?

Abraços
Ed

Lara disse...

Dentre os citados, destaco todos os casais de Meu pedacinho de chão, um verdadeiro conto de fadas, Feliz e Niko, Duda e Bruno e Sandra E Rafael, pra mim o casal mais bonito do ano. Amo de paixão Débora e Bruno, até fiquei surpresa com a seleção do casal. Só mostra que a química cênica de Gagliasso e Falabella precisa ser aproveitada em um par romântico digno de torcida porque serial killer é dose rs. Poderia citar também Antonia e Leandro de Amores Roubados. Cauã ótimo.

Gustavo Nogueira disse...

Gostei de quase todos os casais Sérgio, com exceção de Clara e Marina e José Alfredo e Maria Isis, não vejo química alguma em nenhum desses pares.A Pamela e Ernesto de Geração Brasil eu não posso opinar, porque quase não assisti aquela novela péssima.Os pares de Meu Pedacinho de Chão eu também não posso opinar, porque não assisti essa novela.A Maria Clara e o Vicente de Império têm química(ele com a Cristina também tem na minha opinião), mas os personagens não são lá muito atrativos, apesar do bom desempenho dos atores e além disso o casal tem muito pouco destaque na novela.Gosto de todos os casais de Malhação Sonhos e esse casal Micaela e Martin não posso falar nada porque não assisti essa temporada péssima, mas achei a história deles interessante.A Sandra e Rafael de Boogie Oogie são um casal repleto de química e sintonia, mas a história dos dois está muito cansativa.Os meus preferidos dessa lista são Pedro e Karina, Félix e Niko, Laura e Caíque, João Lucas e Du, Maria Inês e Marcelo, Ray e Edu e claro Maria Marta e José Alfredo.Também gosto da dupla Magnólia e Severo, os atores estão ótimos e os personagens são hilários.

Anônimo disse...

Concordo com boa parte dos escolhidos. E malhação com presença fortíssima na lista, seis casais e todos lindos. Dentre os quais, Cobra e Jade que têm uma tórrida química que poucas vezes vi igual. Lindo e quente casal!

Anônimo disse...

Cobra e Jade são o casal mais complexo de malhação e sempre roubam a cena quando aparecem em suas cenas quentes e tensas. Mereciam mais destaque

Anônimo disse...

O Casal que mais gosto,o Mais Lindo do Ano é João Lucas e Du,Daniel Rocha e Josie Pessoa tem Mega Quimica,são Lindos Juntos é Impossivel não torcer por eles,e Não amar as cenas em que aparecem,tem uma Linda Historia,numa Novela que não tem casais e nem Muito romance,e que tem um Casal horrorozo chamado Isis e Zé alfredo,chega a ser nojento esses dois,sem conteudo,só servem para fazer Sexo,ela é uma verdadeira Prostituta de Luxo,Torço para o Zé ficar com a Maria Marta,o Casal João Lucas e Du são o que essa Novela tem de melhor,no quesito Romance.Quantos aos Outros,tbm Adorei a Maioria da Lista.

Lucas disse...

Olá Sérgio, parabéns por essa lista bem completa dos casais. Dos casais destaco Gina e Ferdinando, Sandra e Rafael, Maria Inês e Marcelo, Pedro e Karina e Lucas e Du. Para mim, esses foram os melhores casais do ano.

Abraços

juliana s disse...

Sérgio, gostei de quase todos os casais que você citou, muito bem por sinal. Meus preferidos foram: Zelão e Juliana, adorava as cenas deles juntos. Karina e Pedro, é diversão garantida, Félix e Niko, Adoro Caique e Laura, Sandra e Rafael, apesar da novela está chata.
Não gostei do casal Priscila e Marcelo, eles eram muito chatos e enjoativos. Maria Clara e Vicente também não me agrada muito. Também não gostei do jonas Marra e Verônica, achava sem graça, talvez seja pela maneira como foi escrita a história. No restante que você citou gostei também. Bjsss

JrGiam disse...

Olá, é a primeira vez que venho a esse blog. Concordo com quase toda a lista de casais do ano, menos com os pares que só se formaram na reta final das tramas, como Pâmela e Ernesto de "Geração Brasil" e Cadu e Verônica de "Em Família". Nos dois casos, pareceram resoluções de última hora, improvisadas pelos autores. De resto, a lista tá perfeita.

Liveware Lu disse...

Adorei o post mas só comentarei os casais das novelas que tenho assistido.
Em 1° lugar fico com Zelão e Juliana, a atuação do Irandhir foi suficiente para deixar o casal emocionante apesar de achar Bruna mediana.
Em 2° lugar, Gina e Ferdinando, o caráter oposto de cada um foi o ponto alto do romance e ambos tiveram um ótimo entrosamento em cena.
Em 3° lugar, Laura e Caíque, os dois tem feito ótimas cenas românticas e os atores mostram muita segurança em cena, é o casal mais legal da novela das 7.
Em 4° lugar, Sandra e Rafael, apesar recentemente o casal estar super morno resolvi inclui eles na lista, espero que o casal passe por uma reviravolta em breve.
Considero Felix e Niko como casal do ano passado e por causa disso não inclui eles na minha lista. Não tenho acompanhado as outras novelas e por isso não posso dar uma opinião completa.
Como tenho assistido a novela Alto Astral poderei dar uma opinião sobre o casal Maria Inês e Marcelo que você listou. Os atores são maravilhosos mas a história deles não tem me agradado muito, é estranho o fato do casal acreditar facilmente nas mentiras de Úrsula, fora que novamente uma novela coloca uma personagem que finge uma doença mortal (o mesmo problema tem ocorrido em Boogie Oogie infelizmente), para personagens maduros como Maria Ines e Marcelo fica difícil de acreditar que caiam tão facilmente nessa cilada (o mesmo eu digo com relação a família de Vitoria que sequer investigaram a doença da filha), mas espero que o casal passe por reviravoltas e que ganhe ares mais maduros.

Anônimo disse...

faltou foi casal. metade dos que estão ai. nem graça teve, fazer o que né gosto é gosto. melhor casal foi Dilma e Aécio Diécio é vida

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Parabéns, Sérgio, pela excelente retrospectiva que você fez. Pessoalmente, gostei de Gina e Ferdinando, Zelão e Juliana, Pituca e Serelepe, Félix e Niko, Marlon e Lili, Verônica e Cadu, Bruno e Duda, Laura e Caíque, João Lucas e Du, José Alfredo tanto com Maria Ísis quanto com Maria Marta (mérito de Alexandre Nero), Magnólia e Severo, Ray e Edu, e ainda acrescento Leandro (Cauã Reymond) e Antonia (Isis Valverde), de Amores Roubados. Haja química.

Lene Santos disse...

Ótima lista Sérgio. Olhando todos esses casais, eu pude notar o quanto eu sou noveleira, pois todos eles, sem exceção, eu pude acompanhar e ver o desenrolar das histórias. Que saudade de "Meu Pedacinho de Chão", Juliana e Zelão e aquele romance tão simples, bonito e singelo. Percebi também o quanto Geração Brasil foi fracassada, até os casais mais "dignos" da trama, não são lá grandes coisas. E por fim, o meu xodó atualmente, o casal que eu mais me pego torcendo e vibrando com as cenas, Cobra e Jade. Mesmo já tendo passado da idade, sou uma telespectadora assídua de Malhação. E sem dúvida alguma, a química mais quente da temporada, acredito eu ser a de Cobrade. Acho também ser deles a relação mais adulta e complexa dentre os casais teens da novelinha, e a sintonia e química entre os dois atores AnaJu e Felipe só agregam a essa bela história. No mais, boas festas e tudo de bom Sérgio. Feliz 2015, Beijos.

Thiciane Diniz disse...

Ótimo post! Muitos casais variados, alguns bem interessantes e outros nem tanto!

Da malhação, destaco os casais Perina e Cobrade. Ambos com muita química e com ótima história! Mari e Jeff também são muito fofos juntos!

E destaco também Clarina. Clara e Marina foram praticamente uma das poucas histórias realmente interessantes na novela 'Em Família' e roubaram a cena! Por isso merecem ser lembradas!

Anônimo disse...

Mto boa... só tiraria marina e clara e colocaria o jairo e a juliana no lugar. Casal totalmente fora da casinha, mas que deu certo kkkkkkkkk era a melhor coisa daquela novela insonsa. Caíque e laura ainda é um mistério pra mim. Gosto. Mas me acostumei tanto com a nathalia fazendo pares com o jaime matarazzo q é até difícil vê-la com outro. E tiraria tbm, isis e zé. Prefiro ele com a marta, mil vezes. Maria clara e vicente tbm ótima química, mas o desgraçado do aguinaldo silva tá estragando tudo transformando a clara numa vilã e a cristina na poderosa. Isso porque viu q a torcida da clara tava imensamente superior e resolveu estragar a personagem. Ainda bem que ela vai tá na próxima novela do jec e isso me acalma porque sei q vem coisa grande pra ela.

Anônimo disse...

Ótima lista Sérgio, só sentir falta dos outros casais das outras emissoras, é como os "Melhores do Ano" do Faustão, parece que só dentro da Rede Globo é que existe talento e coisas boas, quando sabemos que não é necessariamente assim. Mas sua lista está excelente, creio que não fuja muito disso mesmo.

Quanto aos casais, não se é porque eu gosto de tramas e histórias mais intensas, densas e dramáticas, quando a tensão e a química se misturam, mas dos pares citados acima, os que eu mais gosto são Duda e Bruno, Jade e Cobra, Ray e Edu. Ambos os casais têm uma atmosfera tensa envolta, e possuem uma química capaz de explodir o ambiente. Aquilo de faltar sair faísca quando juntos! rs. Adoro!

ps: acrescentaria Antônia e Leandro de "Amores Roubados" - Isís e Cauã estavam ótimos, e com muita química.

Anônimo disse...

Desses casais gosto muito de perina a atuação de Isabella e Rafael estão ótimas e eles são o melhor casal atualmente. Só que de todos o meu preferido é Felix e Niko mesmo estando só um mês no ar eles foram o casal do ano, seu texto está ótimo concordo com a maioria dos casais, só discordo de Duca e Bianca, prefiro o Duca com a Nat a Bianca é um porre, e discordo de Clarina pra mim elas foram um casal chato e sem química. Senti falta de Megan e Davi e Robertão e Érica, dois casais que repercutiram bastante em especial o primeiro.

Livia disse...

Só acompanhei e curti Verônica e Jonas de Geração Brasil.

Anônimo disse...

Nao gostei de clara e marina, helena e virgilio e zé e isis

Sérgio Santos disse...

Que bom que gostou, Raquel! bjão!

Sérgio Santos disse...

Elaine, muito obrigado! Fico feliz!

Sérgio Santos disse...

Circularam pelo mundo todo mesmo, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Tb gosto de todos esses, Tainá!

Sérgio Santos disse...

Sim, Andressa, eu tb detesto. rs Mas coloquei pq tentei ser imparcial. Se fosse pelo meu gosto pessoal, jamais colocaria Clara/Marina, Isis/Zé Alfredo e Veronica/Jonas. Mas fico feliz que tenha gostado. Deu trabalho! rs bjs

Sérgio Santos disse...

Obrigado, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Milagre, não, Thallys, coloquei pq fui imparcial. O casal teve sua torcida, mas não chegou nem perto de Félix e Niko. Mas seria injusto da minha parte ignorar. E por mim não colocaria nem esse e nem Veronica e Jonas e nem Isis e Zé. Eu acho João Lucas e Du o melhor casal daquela novela.

Laura e Caíque formam um lindo casal e a música é linda, mas vc odeia a Malta. Aliás, há séculos um casal não tinha rock como tema, já valeu por isso. Mas a música em si é o de menos, já que o que vale é o par em si.

A Isis tem química com o Pigossi, mas ela não tem com todos os atores pq não teve um pingo de química com o Caio Blat em Caminho das Indias. Acontece. E Marlon e Lili formaram o melhor casal de ADH, tanto que nem se compara com Lili e William que não tinha sintonia alguma. Tanto que ele combinou bem mais com Celina.

Sérgio Santos disse...

Tb não vejo graça em Isis com Zé, anônimo. E tb achei ela cínica ap negar o romance com João Lucas já que ela beijou ele sim e mais de uma vez.

Sérgio Santos disse...

Entendo, Rafael. Eu gosto da Sandra. Eu detesto é o Rafael que é insuportável.

Sérgio Santos disse...

Eu preferia ela com Barata, Neide, mas entendo que tenha gostado. Bjs

Sérgio Santos disse...

Gabriela, não cloquei Megan e Davi e nem Manu e Davi pq os dois pares foram porcamente construídos e nem teria como eu colocar esse par já que ele ficou com Manu e ela com o personagem do Dudu Azevedo que nem lembro o nome.

Sérgio Santos disse...

Muito obrigado, Kauê. E isso é normal, cada um tem sua torcida mesmo, tanto que fiz questão de colocar um monte de casal. Tem pra todos os gostos. E foi uma pena mesmo o Maneco não ter aproveitado Cadu com Veronica e Helena com Virgilio. abçs

Sérgio Santos disse...

Ricardo, assim como vc, eu tb não gostei de Clara e Marina e nem gosto de Ze com Isis, mas coloquei pra ser justo com todo mundo. E como já viu, dividi as retrospectivas em 3 partes dessa vez. abraçao

Sérgio Santos disse...

Deu um trabalhão sim, Ana. Mas valeu a pena pq todos gostaram. Em Boogie Oogie o único casal que eu acho interessante é o central, pq os outros eu acho mt ruins. Mas entendo que vc nem desse goste.bjssss

Sérgio Santos disse...

Pedro, pois então seja bem vindo a parte dos comentários. Bom te ver aqui. Não coloquei Beatriz e Claudio pq a trama deles ficou perdida na novela e a situação da homossexualidade dele não funcionou mt bem.

Sérgio Santos disse...

Lorena, obrigado. Fico feliz que tenha gostado. E tb gosto mt de todos esses que vc citou. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Tb adorei esses, anônimo.

Sérgio Santos disse...

F Silva, vc contou! Eu nem tinha contado. Nossa, escrevi pra caramba! Eu nada tenho contra os casais gays, desde que sejam bem desenvolvidos, assim como precisa tb ser bem desenvolvido o hétero. E obrigado por ter tido o trablho de comentar quase todos os casais que citei. E tiveram mais duas retrôs depois dessa que vc tb comentou! Abraço!

Sérgio Santos disse...

Ed, mt bom seu comentário. E concordo, no começo a Marina era msm uma obcecada pela Clara e nem respeitou o casamento dela. Não por acaso o romance enfrentou forte rejeição no começo. O autor não soube conduzir. E tb acho que essa relação do Zé com a Isis se resume a sexo e ele usa ela. Não vejo graça no casal, embora ache os atores ótimos. sbçsss

Sérgio Santos disse...

Lara, pois é, o Bruno e Debora formariam um lindo casal protagonista de novela. E nem citei o Leandro com a Antonia pq ele transou com todo mundo naquela série, né, então, enfim... rs bjsss

Sérgio Santos disse...

Tb não vejo química nesses dois, Gustavo, mas citei pra ser justo. E concordo com o restante do seu comentário. Micaela e Martin formaram o único casal que realmente funcionou naquela temporada ruim. Já a atual todos os pares deram certo. Abçssss

Sérgio Santos disse...

Malhação Sonhos tá com presença forte mesmo, anônimo, tá cheio de casal ótimo, incluindo Cobra e Jade.

Sérgio Santos disse...

Tb gosto mt de Cobra e Jade, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, acho João Lucas e Du o melhor casal de Império. Daniel e Josie estão ótimos e mereciam mais destaque. Tb prefiro Zé com Maria Marta.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Lucas. Fico feliz que tenha gostado. Abraço!

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Juliana! Nossa, eu me divertia com Priscila e Marcelo. rs Mas fico feliz que tenha gostado da lista. bjsss

Sérgio Santos disse...

JrGiam, obrigado pelo comentário e seja bem vindo! Fico feliz que tenha gostado. Abraço!

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Liveware Lu. Tb gosto de todos esses casais, mas tb gosto mt de Maria Ines e Marcelo. E vale citar que essa situação já estava na sinopse de Alto Astral, já em Boogie Oogie foi inserida como alternativa pra encher linguiça e aquela situação da Vitoria sair falando pra todo mundo que vai morrer soou forçado. Porém, entendo essa sua crítica. Sobre Zelão/Juliana, Gina/Nando e Laura/Caíque, assino embaixo. Mas gostei da Bruna vivendo a Juliana. Claro que não se compara com sua atuação como Linda, mas enfim. bjsss

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Elvira, fico feliz que tenha gostado! =) bjs

Sérgio Santos disse...

Lene, feliz 2015 pra vc tb! Eu eu tb já passei da idade de Malhação, mas adoro a atual temporada e sempre gosto quando a fase está boa. Cobra e JUade formam um casal complexo mesmo e os atores tão mt bem. E somos noveleiros! rs Mas é vdd, Geração Brasil foi tão ruim que nem casal bom teve... bjsss

Sérgio Santos disse...

Thiciane, fico feliz que tenha gostado! O que não faltou foi casal! bjsss

Sérgio Santos disse...

Anônimo, Jairo e Juliana tiveram química mesmo, mas a relação era mesmo fora da casinha, até pq ela só ficou com ele por interesse. E ele era violento. Tb não colocaria Clara e Marina e nem Zé e Isis. Clara ficou chata mesmo, o que foi uma pena, já que ela continua sem destaque. Que com o JEC ela tenha mais sorte.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, tb achei esses 3 casais citados por vc excelentes. Eram (são)complexos mesmo e cheios de química. Mas na lista de destaques eu citei produções de outras emissoras. E qual casal de outra emissora vc sugeriria? Eu realmente não vi nenhum. abçs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, tb gosto mt de Perina e Félix e Niko. Não coloquei Megan e Davi pq eles não ficaram juntos e pq os autores não souberam conduzir o casal, e nem Manu com Davi. Já Robertão e Érika eu não coloquei pq os atores não são grandes coisas.

Sérgio Santos disse...

Ok, Livia.

Sérgio Santos disse...

Tudo bem, anônimo.

Thallys Bruno Almeida disse...

Bom, se você gosta de escutar um vocalista de uma banda que faz um esforço hercúleo pra cantar a própria música em apresentações ao vivo na TV só porque é rock, seja feliz. Eu já acho que ele vai se prejudicar rapidinho se persistir com esse tipo de atitude e que o fato de ser rock não é nenhum determinante obrigatório de qualidade positiva, mas vai saber...

E em ADH, em nenhum momento eu falei de William. Falei de Marlon e Lili, que continuo não achando um bom par porque achei seus personagens insuportavelmente chatos e acredito que os autores só juntaram pra atrair os shippers da fanbase dos dois atores. E no meu ver não funcionou. Marcelo e Priscila ainda conseguiam divertir dentro daquilo que era proposto.

Mas é aquilo, quando o ator/atriz tem tudo a seu favor, é fácil. Quando tudo conspira contra e mesmo assim a pessoa faz um bom trabalho, aí é que a gente vê quem é bom de verdade.

Pamela Sanches disse...

Maria Clara e Vicente#

Anônimo disse...

Que lista maravilhosa, Sérgio! Adorei, mesmo não tendo gostado de alguns pares citados por vc. Mas vi nas suas respostas que vc tb não gostou, então melhor ainda. haha Félix e Niko, Pedro e Karina, Duca e Bianca, Cobra e Jade, Marlon e Lili, Zelão e Juliana, Duda e Bruno e Gina e Nando são os meus prediletos e adorei a sua descrição pra cada um. Parabéns pela sua paciência, viu! Beijo e feliz 2015 atrasado!


Thamires

Raquel disse...

Fala Sérgio!

Haja política e memória para encher uma lista com 31 casais dignos de nota esse ano, hein?! :P Ao meu ver, esse ano foi fraquíssimo de casais e poucos realmente se salvam. Não consigo torcer por nenhum casal em Império, nem em Boogie Oogie e Alto Astral eu nem tow vendo...

Concordo com você com alguns casais e descordo em muitos outros, enquanto outros eu simplesmente não vi mesmo. Mas entendo que você não colocou apenas os casais que gostava pessoalmente, mas também aqueles que têm uma grande fanbase. Só isso explica o casal Clarina e Alfredisis na lista... Aliás, fiquei supresa de ver nos comentários a quantidade de pessoas que preferem a Marta à ninfeta. Pela forma como certos jornalistas falavam de Alfredisis, eu jurava que era unanimidade absoluta (o que contribuia pro meu ódio a eles aqui já declarado).

Gostei muito do post da F Silva, no qual eu adorei os comentários aos casais que você citou, concordando com quase todo eles. E como adendo à discussão sobre os casais homossexuais, me parece que hoje em dia só basta ser um casal do mesmo sexo para arrebatar uma legião de fãs. Tão aí os casais Clara e Vanessa do Big Brother (claramente duas amigas que usaram a hype para se promover) e Clara e Marina (com uma história horrorosa de obsessão e traição). Não vi Amor à Vida para falar de Niko e Félix, mas acredito que grande parte do hype veio por causa do tão esperado primeiro beijo gay na Globo.

Enfim, só gostaria de dizer que de todos os casais de 2014, o único que arrebatou meu coração e me fez torcer de verdade foi Marlon e Lili e por isso levam o meu troféu de melhor casal de 2014. O resto, podem ser até bons, mas sou completamente indiferentes a possibilidade de ficarem juntos ou não. É isso.

Juliana disse...

Parabéns, adorei esta lista.
De todos estes casais, meus dois preferidos são Maria Inês/Marcelo e Zelão/Juliana. O casal que me fez e o que ainda me faz torcer de verdade por esses amores, ver e rever cenas após cada capítulo, ficar feliz a cada momento deles. Lindos!!
Mas destaco os outros que também me cativaram:
Gina e Ferdinando
Félix e Niko
Verônica e Cadu
Micaela e Martin
João Lucas e Du
Sandra e Rafael
Verônica e Jonas
Epaminondas e Catarina
Maria Marta e José Alfredo
(torci também por Heloísa e Thomaz em ADH, mas isso é apenas uma lembrança pessoal, acho a ausência nessa lista mais que compreensível)
Feliz 2015 pra você!!

Sérgio Santos disse...

Muitos cantores de rock forçam a voz, Thallys, é normal no gênero.

Sérgio Santos disse...

Pamela, obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Thamires, mt obrigado. Pois é, de alguns não gostei msm mas citei pra ser justo. E tb adorei todos os pares citados por vc. Obrigado pelo carinho. bjs

Sérgio Santos disse...

Não foi fácil não, Raquel. rs Mas valeu pena porque agradou. E vc tem razão, nem todos eu gostei. Se fosse por gosto pessoal, excluiria Clara/Marina. Veronica/Jonas e Alfredo/Isis. Mas citei pq tem e teve quem gostasse. E tb adorei Marlon e Lili. Formaram o melhor casal de ADH e os autores conseguiram juntá-los de uma forma coerente com a trama. Foi mt legal.

Félix e Niko posso te garantir que não arrebataram o publico por causa do beijo gay, não, pelo contrário, a trama foi tão bem construída pelo autor que todo mundo se viu torcendo pelo par. Tanto que pela primeira vez houve pressão popular pelo beijo.

E nem me lembre dessa Clara e dessa Vanessa porque aquilo era de uma falsidade absurda. Bjssss

Sérgio Santos disse...

Juliana, mt obrigado. Tb gosto mt de Maria Ines e Marcelo e adorei Zelão com Juliana. Gostei mt dessa sua lista e concordo com toda ela. Eu não citei Heloisa e Thomaz pq o casal foi mal desenvolvido pelos autores, apesar dos bons desempenhos de Flavia Alessandra e Alexandre Borges. Beijos!

JOICE disse...

MELHOR CASAL DE TODOS DO ANO DE 2014 SEM DUVIDAS MARLON E LILI :)