sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

A saída de Drica Moraes, o talento de Marjorie Estiano e a polêmica substituição em "Império"

A equipe de "Império" passou por um momento tenso na primeira semana de dezembro. O terror de todo novelista aconteceu com Aguinaldo Silva: uma de suas principais atrizes precisou se afastar da novela por problemas de saúde. A grande Drica Moraes --- que já havia desmaiado algumas semanas antes nas gravações --- precisou ser afastada após apresentar um quadro de labirintite e quando voltou a trabalhar estava afônica, sem poder gravar. O médico, então, recomendou o seu afastamento e todos, obviamente, concordaram. Mas para evitar um desastre na novela, o autor resolveu rapidamente o problema trazendo Marjorie Estiano de volta.


A intérprete da Cora na primeira fase de "Império" foi chamada às pressas pela produção e topou na hora. Só pediu para enviarem os capítulos. O resultado de todo este imbróglio foi a gravação de uma cena em tempo recorde, onde a atriz conseguiu decorar o texto em menos de 24h e ainda incorporou a vilã com todos os trejeitos de Drica Moraes. Marjorie conseguiu o que parecia impossível: apagar completamente a personagem que viveu nos primeiros capítulos da trama e imprimir um novo tom interpretativo, muito mais condizente com o que a sua parceira estava fazendo até se afastar das gravações.

O resultado ficou impecável e a cena onde Cora se humilha pelo amor de José Alfredo (Alexandre Nero) foi brilhantemente defendida pela atriz. Suas expressões faciais e corporais, tanto na hora que Cora tira o véu que cobria seu rosto, quanto no momento que bebe e se insinua para o comendador, foram precisas e evidenciaram o imenso talento desta profissional, que foi elogiada por Aguinaldo e Rogério Gomes.
O diretor, aliás, declarou que ela deveria ser considerada a 'funcionária do ano' pelo o que fez. E é verdade.

Este foi o maior desafio que Marjorie Estiano já teve na carreira. Não é nada fácil, até mesmo para uma atriz veterana, entrar em uma novela em andamento às pressas e ainda substituir uma colega que precisou sair por questões de saúde. Mas ela conseguiu com louvor e mais uma vez expôs sua competência para o público. Sua atitude, inclusive, jamais será esquecida pela produção de "Império", afinal, caso houvesse uma recusa (o que seria compreensível, diga-se), corria o risco de jogar uma grande quantidade de capítulos no lixo.

Entretanto, a solução de Aguinaldo Silva, apesar de corajosa, deixou todo o contexto no mínimo bizarro. Se o folhetim fosse baseado no realismo fantástico ---- gênero que o autor domina, vide "Pedra sobre Pedra", citando apenas um exemplo -----, a ideia seria ótima. Mas em uma obra realista fica estranho uma personagem voltar rejuvenescida tendo como única explicação: "Coisas estranhas acontecem." Inicialmente, uma 'plástica' seria usada como desculpa, mas resolveram deixar de lado. Matar a vilã seria algo óbvio, mas colocar Marjorie vivendo uma impostora a mando da víbora seria bem mais interessante dramaturgicamente. O lado bom é que esta possibilidade está em aberto, uma vez que Drica pode voltar na reta final, ainda que a chance seja remota ----- ela até deu uma declaração dizendo que espera retornar.

É preciso ressaltar que, independente da forma como ocorreu, a melhor substituta era mesmo Marjorie Estiano. Não havia outra atriz melhor para colocar no lugar, ainda mais porque foi ela quem viveu a vilã na primeira fase. E esta não foi a primeira vez que um ator/atriz precisou ser substituído por outro (a). O que mais tem é exemplo, onde o mais lembrado é, sem dúvida, o de "Brega & Chique" (1987), quando Jorge Dória foi substituído por Raul Cortez. Mas, ignorando um pouco esta polêmica, não há como ignorar o equívoco no desenvolvimento de Cora.

Troca de atrizes à parte, a vilã foi uma promessa não cumprida. Na primeira fase, a personagem honrou o posto de peste e Marjorie Estiano se destacou em todos os quatro capítulos. Já na segunda fase, quando Drica entrou, o papel teve sua força aniquilada. Acabou virando um tipo mais voltado para a comicidade, com direito até a cenas onde cheirava cuecas e soltava gases. A grande vilã prometida nas chamadas se contentava apenas em fazer futricas. Mas, após muitas reclamações, o autor colocou Cora para matar: ela empurrou Fernando (Erom Cordeiro) da escada e armou para se livrar dele. A atriz pôde finalmente brilhar.

Porém, não foi o bastante para 'reavivar' a personagem. Aguinaldo Silva declarou nos últimos dias que não podia escrever muitas sequências pesadas para Drica, devido ao problema de saúde dela ---- ficou fragilizada após se curar do câncer. Ou seja, teoricamente, não foi possível fazer de Cora uma víbora digna de horário nobre. Só que independente da razão, a frustração se fez presente. Resta torcer para que com a volta de Marjorie, a tia de Cristina (Leandra Leal) ----- outro ponto que agora provoca estranhamento, vale colocar (ambas têm praticamente a mesma idade) ----- volte a ser aquela diaba da primeira fase.

A saída de Drica Moraes resultou em uma grande perda para "Império", que ficou sem uma de suas melhores atrizes. Mas a entrada da maravilhosa Marjorie Estiano foi uma substituição à altura, apesar do natural estranhamento que o contexto tosco desta chegada causa no telespectador. Aguinaldo Silva e Rogério Gomes precisaram lidar com um problema inesperado e tentaram resolvê-lo da melhor maneira possível. Em relação ao talento da substituta, não há dúvidas de que ambos acertaram; mas se esta solução foi a melhor para o desenvolvimento da trama (que acaba em março), só o tempo irá dizer.

82 comentários:

✿ chica disse...

Estou na torcida pela saúde da Drica!

E não estou gostando da nova Cora.Está diferente, nem parece a Marjorie, ela não se achou ainda! abraços,. lindo fds! chica

Raquel Mazon disse...

Marjorie é maravilhosa e Drica idem mas essa saída do autor foi ridícula. Essa novela tá muito ruim. Boa postagem, Sérgio.

Anônimo disse...

As atrizes são maravilhosas mas como vc colocou no texto a solução ficou tosca e bizarra. Subestimaram o telespectador com essa solução ridícula.

William O. disse...

A saída seria genial se a novela fosse de realismo fantástico como está bem colocado no texto, mas não sendo ficou simplesmente bizarro. E as atrizes não tem culpa, coitadas. As duas são muito talentosas e merecem elogios.

rafael venancio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
rafael venancio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
rafael venancio disse...

imperio de fato prometeu uma grande vilã e realmente ter visto a personagem Cora ser desconstruída durante a segunda fase, após Marjorie Estiano ter feito uma excelente atuação, foi frustante. Acredito que Silva não sabia mais o que fazer com ela: no prologo, ela era a mulher que, no passado, destruiu o romance da irmã, mas durante o desenvolvimento, quem era e o que faria? O autor não sabia onde encaixá-la dentro de uma trama centrada em um homem arrogante, tosco e feio. Como ela exerceria o poder da maldade? Havia diversas opções, porém o novelista preferiu ignorá-las e focar num ata nem desata entre os filhos dele para saber quem seria o presidente da Império, o que, em minha opinião, não fazia sentido nenhum (considerando que todos são herdeiros) ainda mais com este comendador afirmando que "não vai morrer nunca" (vê se pode uma coisa dessas). Cora podia ter sido mais que uma promessa, teria sido muito interessante ve-la disputando com Maria Marta o controle da empresa, mas a falta de ideias para ele por parte de Aguinaldo a transformou em uma clara decepção e os outros personagens, presos a um ciclo ridiculo, não ajudavam em nada. Aguinaldo tinha um enredo intrigante em suas mãos, entretanto não soube administrá-lo, fui percebendo isso quando a recusa e Cristina em reconhecer-se como filha do José Alfredo deu nos nervos com aquele discurso ridículo de boa moça honesta e desinteresseira (isso até podia funcionar mas em pequena quantidade) era demasiadamente, logo, as atitudes vergonhosas da vilã foram efeitos colaterais.
Imperio ainda pode surpreender na sua reta final, torço por isso.

Gustavo Nogueira disse...

Concordo totalmente com você, Sérgio.Essa solução encontrada pelo Aguinaldo Silva foi muito tosca e bizarra.Poderiam matar a Cora(já que ela nem fazia tanta maldade na segunda fase, só matou o Fernando o que só prova que a personagem não foi bem desenvolvida, foi para o humor chulo a nível zorra total) ou a Marjorie Estiano entrar com alguma outra personagem ligada a ela, mas nesse contexto ficou muito ridículo.Sorte que a Marjorie Estiano é talentosa ao extremo e está imprimindo todos as expressões faciais da Drica Moraes, se não fosse isso seria ainda pior.Desejo melhoras a Drica e seria bom se ela voltasse na reta final e a personagem da Marjorie fosse uma impostora, seria muito mais cabível e interessante.

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Tanto a Drica quanto a Marjorie são grandes talentos e possuem grande presença em cena. Todavia, a mudança, embora decorrente de motivo de força maior, causou um impacto negativo a princípio. Achei esquisito demais...
Gostaria de ter visto a cena da ansiada noite de Cora representada pela Drica, embora nada ficou a dever com a atuação da Marjorie. É que ficou meio desencaixado, entende? rsrs. Acredito, contudo, que com o passar dos capítulos o telespectador acabará se acostumando a ver a Cora na Marjorie. É o que eu espero, assim como torço para a rápida recuperação da Drica.

Excelente análise.

Beijo.

Ana Carolina disse...

Solução bizarra mesmo e que não fez o menor sentido. Mas as atrizes são maravilhosas. Drica teve uma substituta à sua altura e concordo que não tinha como não ser a Marjorie. Mas que fosse uma impostora e não ela "jovem".

Fernanda disse...

Há tempos que não vejo essa novela porque me decepcionei bastante com os rumos dela mas fiz questão de ver essa substituição. E estou de acordo com vc, foi bizarra. Sorte que a Marjorie é uma baita atriz que ficou com esse abacaxi na mão. Mas o autor tá perdidinho. Cora foi uma promessa falida e a grande vilã não é nada além de uma fofoqueira amarga. Duvido que volte a ser aquela vilã da primeira fase até porque a cena com o comendador já deixou bem claro que ficará nisso de virgindade e só. Beijos.

Amanda Ventura disse...

Não acompanho esta novela, mas assisti uma cena da Marjorie e achei que ela conseguiu mesmo incorporar todos os trejeitos que Drica criou para Cora. Duas grandes atrizes, infelizmente na pele da personagem errada. Cora não é má nem é engraçada. É apenas ridícula mesmo. Uma pena, pois a personagem foi apresentada no início como a grande vilã da história. Enfim, coisas de Aguinaldo Silva.
Quanto a solução encontrada para o afastamento de Drica, não poderia ter sido mais sem sentido. Como você disse, perfeitamente cabível em uma novela como Pedra sobre Pedra ( ou Saramandaia, Roque Santeiro, entre outras), mas bizarra em Império.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Aguinaldo Silva foi ousado. Ele poderia ter inventado uma morte súbita, uma viagem inesperada, mas preferiu manter a personagem. Torço pela saúde da Drica, mas enquanto isso saboreamos o talento de Marjorie Estiano,

Kauê disse...

Também concordo com você Sérgio, e com a maioria aqui. Achei essa substituição bem inverossímil se tratando de "Império" que nada tem a ver com o lúdico, com o realismo fantástico...

Mas não podemos deixar de citar a Marjorie Estiano como uma excelente profissional, que não titubeou e aceitou de primeira, correndo muitos riscos ao entrar em uma trama já em movimento e por ter interpretado a mesma personagem na fase inicial... Sem dúvidas o talento dela é invejável, apagou completamente a Cora da primeira fase e imprimiu alguns trejeitos da Drica não comprometendo em nada.

Drica é uma atriz incrível e espero que ela se recupere logo. Se houver a possibilidade dela voltar e Marjorie ser de fato uma impostora seria bem mais interessante mesmo!!!

Sempre Fênix disse...

Substituição necessária , mas bem tosca ao meu ver ainda que Marjorie seja uma talento super, prova disso é conseguir pegar os trejeitos de Drica que até então só de ver ... me dava uma raiva !!!!
Espero que Drica se recupere brevemente , mesmo que não volte a Império...

Abraços

Gustavo Nogueira disse...

Estou aqui de novo Sérgio, sei que não tem nada haver com o assunto, mas o que vc está achando de Boogie Oogie?Gostava muito da novela, mas percebo que a trama está se perdendo nos últimos capítulos e ficando cansativa, tudo está andando em círculos, Sandra e Rafael vivem os mesmos conflitos repetitivos, o drama de Dani e Rodrigo já cansou, a falsa doença da Vitória já está cansando, a Susana perdeu a função e só está na novela para destruir o Fernando(o que não faz diferença, já que tem a Carlota para fazer isso).Espero que a trama encontre algum rumo, se não se perderá totalmente assim como a fraca Joia Rara.E percebo que vc não anda muito empolgado com a novela, já que tem alguns dias que não comenta no twitter.

Gustavo Nogueira disse...

Concordo com o comentarista Rafael, caso o Aguinaldo Silva tivesse imaginação, ele poderia muito bem desenvolver a Cora, por exemplo: já ficou claro(apesar de ter sido esquecido) que a Maria Marta esconde um segredo, a Cora poderia muito bem descobrir de alguma forma, chantageá-la e assim se infiltrar na família do José Alfredo, tirando alguma vantagem.Seria muito melhor do que aquelas cenas desnecessárias e constrangedoras dignas de zorra total.Como já disseram, o Aguinaldo Silva se perdeu desde Duas Caras(sua última grande novela foi Senhora do Destino) e nunca mais recuperou a mão.

MARILENE disse...

Independente do talento inquestionável de Marjorie, a mudança ficou estranha. Talvez devessem tê-la maquiado para ficar mais velha. Tudo aconteceu repentinamente e para quem acompanha a novela, ficou meio esquisita a sequência. Lamento a saída de Drica e espero que logo esteja bem. Vejamos o que vai acontecer!!!! Bjs.

Paola Costa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Letícia disse...

Meu caríssimo Sérgio, boa noite...

Estava esperando ansiosa por este post... E confesso que é muito estranha mesmo a solução para o afastamento da Drica Moares, reconheço que quando se escreve uma novela, há sempre a possibilidade de um ator sair por problemas saúde, ou o que for. O mais usual é afastar o personagem, matar, colocar para viajar... Substituir assim e por alguém mais nova... Particularmente torço para que a personagem da Marjorie seja uma impostora e que seja aliada da Cora de Drica, seria mais "verossímil"... A Cora se sentindo ameaça e se afastou para se proteger, ela poderia se sentir ameaça pelo "chefe dos sem-casas", ela pode ter visto o Jairo (era este o nome do capanga da Cora???? KKK) sendo morto e se sentiu ameaçada e fugiu por hora. E também que já tivesse conhecimento desta nova Cora, se conheceram em outro momento e que fizeram um pacto em troca de dinheiro é claro. Seria mais interessante... Tudo bem que haja uma licença poética, mas neste caso dá mais para solução de novela mexicana (se é que também usam este recurso).
Melhoras para Drica Moraes...
Sobre a Marjorie... Que menina danada e corajosa... Assumiu o papel da Drica, "Reinventou" a Cora e tudo isso em tempo recorde, gravou uma cena maravilhosa e parece que estivesse desde o início da segunda fase da novela. Você vê o grande ator nestes detalhes... Ela poderia perfeitamente ter dito não, como você mesmo ressaltou, mas aceitou e o fez com muita competência. Isto foi muito profissional da parte da Marjorie... O bom é que nós fãs temos o prazer de ter novamente a Marjorie em uma novela, o ruim se seja por causa do afastamento da Drica, e a saída maluca que o autor achou por hora... Espero que realmente que a Drica volte, mesmo que seja nas últimas semanas da novela, e volte mais malévola e se una a "Cora" de Marjorie...

Um ótimo final de semana meu caríssimo Sérgio, um grande abraço e até a próxima...

paulo disse...

Acho engraçado como a mentalidade das pessoas muda com o tempo. Imperio tem trama, tudo se encaixa. Isso é novela. O texto do Aguinaldo Silva é ótimo. Mas acho que é demais pro publico de agora, vide as criticas. Preferem novelas com um monte de historinhas avulsas e bobas como Avenida Brasil. Ou o texto paupérrimo do Walcyr Carrasco. Percebam como em Imperio todos os núcleos se completam, tudo se encaixa, uma aula pros autores de hoje que NÃO SABEM ESCREVER NOVELA. Ah, Sergio, aposto que você não esta assistindo O Dono do Mundo no viva, a ultima novela do GB que prestou. Revendo agora vejo que não estava errado, a novela é espetacular. A audiência do canal é a maior desde Vale Tudo, mas você só gosta de coisas atuais né?

Daniellyn disse...

Independente de talento e solução encontrada, eu também achei ridículo esse rejuvenescimento, até porque uma plastica não deixaria ela perfeitamente como era quando jovem em poucas semanas. No minimo ela estaria toda enfaixada até agora. E fizeram plástica também na voz? Muito estranho, mas como você mencionou, ficou em aberto. Mas o autor vai ter que cortar um dobrado pra fazer alguma coisa verossímil, até porque todas aceitarem que é a Cora de sempre fica difícil de engolir.
Apesar da situação de saúde da interprete, de evitar uma catástrofe nas gravações, achei que a solução estragou o realismo da novela, por mais que a situação exija um pouco de compreensão.
E realmente, a Cora deixou muuuuuuito a desejar, prometeu e não cumpriu. Drica poderia se destacar muito mais e poderia ter evitado algumas cenas patéticas.

Lulu on the Sky disse...

Oi Sérgio,
Eu achei ótima a interpretação da Marjorie porém eu justificaria a entrada dela como uma sobrinha da Cora e não como a própria Cora, ficou esquisito
big beijos

Reinaldo SP disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Filha do Rei disse...

Oi!! As duas são talentosíssimas, A Marjorie mostrou um profissionalismo maravilhoso, atirou-se no desafio.Mas seria mais aceitável se por exemplo a Marjorie aparecesse como filha da Cora, uma filha que ela teve na juventude e assim criar uma história: a filha que aparece para se vingar de algo ou alguém :)
Mas, vamos ver no que vai dar.
Tenha uma semana abençoada. Bjs

Reinaldo SP disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Reinaldo SP disse...

Boa Tarde Sérgio, achei muito interessante sua matéria sobre a polêmica troca de atrizes da novela Império. Ultimamente tenho assistido a novela apenas esporadicamente mas resolvi conferir os capítulos recentes.
No meu ponto de vista, a novela, de uma certa forma, abusa de um realismo fantástico. Mesmo antes da nova Cora aparecer, já havíamos nos deparado com situações um tanto inusitadas. Como exemplo, podemos citar as cenas envolvendo aquele diamante sobrenatural, ou, ainda mais, as cenas em que o personagem Severo conversava com um fantasma. E é exatamente por isso que resolvi incluir a nova Cora nessa lista.
Obviamente, as novelas não possuem nenhum compromisso com a realidade e, claro, cada novela possui seu gênero. Por exemplo, as situações bizarras da ótima novela Alto Astral são naturalmente aceitáveis pelo fato de esta estar justamente retratando o realismo fantástico. Agora, com relação a novela das 9, a realidade e a verossimilhança são mais exigidas pela maioria do público.
Eu, pessoalmente, não tenho gostado das situações que a novela vem apresentando e acho que isso depende muito da maneira como cada um enxerga aquilo. Império é uma novela a qual temos que assistir sem compromisso nenhum, sem levar nada a sério mesmo, do contrário, fica muito difícil de digerir o que estamos assistindo.
Com relação a nova Cora, é muito provável que a personagem se mostre uma impostora ou algo similar, não sabemos que rumos a história vai tomar, mas ficou muito dificil para mim ver a maneira como os demais personagens aceitaram tal situação com bastante facilidade. Esses são detalhes que, infelizmente, teremos de deixar passar em branco. Devo também ressaltar que o autor errou bastante na condução da personagem Cora, e, na minha opinião, a entrada de Marjorie não mudou muita coisa, mas deixo claro que tanto Marjorie quanto Drica são excelentes.
Somente lamento muito o fato de Drica Moraes ter adoecido, fiquei bastante surpreso com a noticia de que não estava bem. Na novela Guerra dos Sexos, quando fez a Nieta, a atriz estava aparentemente ótima, mas acredito que a carga do trabalho de uma novela das 9 a tenha enfraquecido bastante, e, felizmente, a atriz já esta se recuperando.
Para terminar, considero Império apenas uma novela ´´razoável´´, não chega a ser uma novela ruim, ao contrário de sua antecessora, mas também não a considero uma trama marcante ou inesquecível que mereça ganhar prêmios. Nos resta torcer para que a trama proporcione ótimas cenas em sua reta final independente das situações não convencionais que vem apresentando. Até mais.

Gabriel Rezende disse...

Sérgio, ótimo texto.
Marjorie é excelente mesmo. Desde que fez a Natasha em Malhação Vagabanda, já demonstrava um grande talento.

Acho que não vai dar pra essa nova Cora ser uma impostora, porque nas cenas em que a personagem está sozinha, ela continua agindo como Cora. Ficará inverossímel se ela ser uma impostora.

No caso de Brega & Chique, a plástica que o personagem fez já estava prevista na sinopse e era importante para o andamento da trama, mas Brega & Chique era uma comédia, onde a saída da plástica é mais bem aceita do que num universo como o de Império, que sempre foi mostrada como uma novela realista.

Laryssa Rosário disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laryssa Rosário disse...

Oi Sérgio não acompanho a novela mas como sou fã da Marjorie vi algumas cenas e ela ta arrasando mesmo, agora ela foi muita corajosa em ter aceitado voltar para essa pedreira chamada Império pq que novelinha tosca acho que se fosse eu inventaria uma viajem kkkk mas entendo a Marjorie foi uma atitude legal da parte dela bom salvou o Aguinaldo, só não sei se ela vai ser capaz de transforma essa personagem digna de zorra total em uma vilã de verdade, isso depende muito do autor pq até agora a Cora tem sido uma personagem bem uó esses dias ela estava bem Perséfone lá com o comendador kkkk, se continuar assim a Cora já pode ir para o limbo das vilãs esquecíveis da teledramaturgia. No geral espero que a Drica se recupere e possa voltar a novela e a Marjorie ganhe uma vilã de verdade ela merece !

Uma Interessante Vida disse...

Uma pena a Drica ter adoecido, mas a Marjorie está ótima, ela é uma boa atriz. bjs

Anônimo disse...

Ué, a atriz que fez a Maria Marta na primeira fase não voltou na novela como sobrinha dela? Uma sobrinha que é a cara da tia no passado? Isso ninguém estranhou, mas foi só alguém na imprensa comentar a troca da Cora que virou um buxixo, todo mundo vai atrás. E se no fim ela for sobrinha da Cora? O povo gosta de criticar viu!

BIA disse...

Que tudo fique bem com a Drica! Seus textos sempre informativos! Boa semana Sérgio! :)

Bjs

David Denis Lobão disse...

Gosto das duas e amei a solução criativa, também curti a entrada da Marjorie.

Karina disse...

Olá Sérgio!
AMO DE PAIXÃO a Marjorie Estiano sem dúvidas ela é a futura Glória Pires e tem dado um show em Império. Mas ainda não acredito que ela seja a Cora, acho que o Aguinaldo vai pegar todo mundo de surpresa e essa "nova Cora" será na verdade uma impostora contratada pela Cora verdadeira pra destruir o comendador e no final ela voltaria pra ser desmascarada! pelo menos faria mais sentido! beijos

Lucas disse...

Rí-di-cu-lo....só isso que posso dizer, a novela toda está odiosa...que a Marjore faz ótimas cenas não há dúvidas... mas para a história ficou escrota demais essa "solução"...

Thallys Bruno Almeida disse...

Que a Marjorie deu show e brilhou absoluta nessas sequências, isso sabemos, ela é brilhante. Composição fantástica e perfeita.

Quanto à saída da Cora, sabe-se que Aguinaldo é corajoso e gosta de arriscar, mesmo consciente de que tal decisão pode levar a trama para um rumo ridículo e absurdo como aconteceu agora. E sabemos tb que o Aguinaldo sempre gosta de estar por cima. Nesse caso, matar a Cora, além de solução óbvia, seria um reconhecimento de fracasso, coisa que, do alto de seu ego inflado, ele detesta. Afinal, sabemos bem o que foi a Cora da Drica. Mesmo ele tendo justificado depois que tinha que poupá-la.

Mas jogar a nova Cora sem qualquer explicação forçando-nos a "voar" de qualquer jeito, no melhor estilo Glória Perez em Salve Jorge, não deu pra engolir não. Além do mais, é bizarro ver a Marjorie tia da Leandra, sendo que as duas têm apenas cinco meses de diferença (Leandra sendo mais velha). Fantasia é bom mas até pra isso tem limite.

Se bem que faz tempo que não me interesso mais por Império, apesar de a trama estar focada toda na central. As coisas que eu esperava ocorrer (a guerra familiar pela joalheria, o triângulo Cristina-Vicente-Maria Clara, os núcleos paralelos como o do carnaval etc) ou foram jogadas fora ou estão ocorrendo de um jeito que não me agrada. Só não é pior porque o Rogério Gomes é um ótimo diretor e tá fazendo um bom trabalho.

Já que o Gustavo comentou, queria discordar dele em partes sobre Boogie Oogie. Não acho que a trama esteja andando em círculos nem que a doença fake da Vitória esteja cansando, pelo contrário, agora é que tá pegando fôlego e produzindo resultados - ela conseguiu compadecer tanto a "velha" família quanto os "novos" pais, ficou visível o quanto o Fernando gosta dela mesmo tendo sido um péssimo exemplo de pai. E até a Carlota se humanizou, algo novo pra quem sempre a enxergou como um poço de frieza. A Sandra e o Rafael de fato estão com a trama meio em stand by mas acredito que isso seja pro autor conseguir destacar cada núcleo e isso não é nada fácil numa novela onde a agilidade é o fator. E ainda vem a Sandra disposta a se mudar pra mansão dos Fraga, o que pode complicar a relação dela com o Rafael. Se a Vitória tem revelado lados humanos, a Sandra pode revelar lados mais obscuros. O que eu acho que realmente perdeu a função e já cansou é o Pedro. Ele não serve pra mais nada. A Vitória é bem mais eficiente que ele na questão de separar . A Inês poderia ter uma trama mais própria e mandar a Susana pastar, se relacionar com o Paulo, como se foi insinuado, etc. Acredito eu que ainda tem muita coisa pra acontecer e o autor até agora vem cumprindo tudo. Entendo que pense assim, mas com todos os pontos negativos e positivos, Boogie é a única que acompanho (pq Império eu já desisti e Alto Astral eu não estou em casa e mesmo assim vejo mais por alguns núcleos que me interessam). E das novelas da próxima leva, a que me mais interessa é Babilônia (Lady Marizete e Sete Vidas, com respeito a seus autores, não me animam).

Sérgio Santos disse...

Vamos torcer, Chica. bjs

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Raquel.

Sérgio Santos disse...

Pois é, anônimo...

Sérgio Santos disse...

Bom seu comentário, Rafael. E realmente essa sensação foi passada. O autor parecia não saber mais o que fazer com a Cora e a transformou num tipo cômico apelativo. A Cristina é aquela mocinha insuportável que não gosta de dinheiro e aquele mimimi em recusar o Zé Alfredo tirou qlq um do sério. Não sei o que essa nova velha Cora fará, mas que não seja só isso de virgindade pq já deu.

Sérgio Santos disse...

A questão da impostora seria infinitamente mais interessante, Gustavo, até pq isso ficou absurdo. Mas nem se se terá pq a cena dela falando consigo mesma o quanto amava o comendador me desanimou. Ela ali não tava "fingindo" pra ninguém, tava sozinha... Enfim, mas a Marjorie está maravilhosa.

Sérgio Santos disse...

Exato, Vera. As duas são talentosas ao cubo. Mas é claro que eu entendo. A situação ficou esquisita mesmo e não há como negar. Não teve como não estranhar essa situação no mínimo tosca. bjs

Sérgio Santos disse...

Pois é, Ana, uma impostora ficaria mt legal. Ela poderia até entrar em contado ás vezes com a Cora pelo telefone. Não teria problema algum e ela faria as vezes da vilã. bj

Sérgio Santos disse...

Eu tb duvido muito, Fernanda, mas quem sabe... Sorte que a Marjorie é incrível. Bjs

Sérgio Santos disse...

Conseguiu mesmo, Amanda. Aliás, impressionante como ela incorporou os trejeitos da Drica. Não é a Cora da primeira fase é a Cora da Drica mesmo. Mas a solução ficou no mínimo surreal numa novela onde não tem realismo fantástico. E Cora, pelas chamadas iniciais, prometia ser uma vilã maravilhosa. Mas infelizmente isso não se concretizou. bjs

Sérgio Santos disse...

Nem acho que a morte seria a melhor solução, Elvira. Creio que um sumiço misterioso com a chegada de uma sobrinha se passando por ela seria bem mais plausível. Mas Marjorie tá ótima mesmo.

Sérgio Santos disse...

Exatamente, William.

Sérgio Santos disse...

Isso, Kauê. E temos mesmo que elogiar não só o talento da Marjorie, como tb a sua conduta profissional. Admirável o que ela fez. Aceitou o desafio e nem pensou duas vezes. Pena que a solução tenha sido essa. E tb torço pra Drica voltar e ainda contracenar com Marjorie.

Sérgio Santos disse...

Sempre Fenix, pois é, foi inevitável, mas ficou esquisito pra dizer o mínimo. E vamos torcer pra recuperação da Drica.

Sérgio Santos disse...

Oi Gustavo. Sim, eu me cansei da novela. Não acho que tenha se perdido por completo ainda, mas tá chata. Tem andando em círculos mesmo, esse papo de segredo de Carlota já encheu o saco, a doença da Vitória pra adiar o casamento da Sandra ficou forçada, Sandra e Rafael estão estagnados... Susana perdeu a função mesmo pq aquilo de entrar de sócia e ainda pagar pra empresa lá da Gilda é uma vingança mt idiota, né. Inês nunca foi mt significante mas tb perdeu a importância, assim como outros personagens. Antes achava a novela boa, agora mediana. Não tenho mais visto com a frequência que eu via e lembro que vc chegou a me questionar sobre isso antes. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Veremos o que acontecerá, Marilene. Mas ficou esquisito mesmo. bj

Sérgio Santos disse...

Olá caríssima Letícia! Não sabia que estava ansiosa por esse post, que bom. ;) E pois é, a entrada da Marjorie poderia ser na pele de Corina, uma impostora que se passaria por Cora tentando enganar os outros. Não precisaria matar a Cora e nem estagnar as tramas ligadas a ela. Desse jeito ficou ruim.

Acho engraçado que teve gente que achou isso "genial", mas se fosse com outro autor duvido que elogiaria.

E Marjorie é danada mesmo. Mal chegou e já roubou a cena. Impressionante como se entrega nos papéis e agora não foi diferente. Beijão e boa semana.

Sérgio Santos disse...

Que milagre, Paulo, vc gostando de uma novela atual. Mas vc me surpreendeu quando disse que gostou daquela desgraça de Fina Estampa. Agora, tudo se encaixa???? Vc que vive falando dos núcleos avulsos das novelas não fala nada daquele núcleo do Paulinho Vilhena que é completamente deslocado e não se encaixa com nada. Aquele do trígamo vivido pelo Flávio Galvão que tb não tem serventia alguma, entre outros que nem falarei aqui. Mas eu nem critiquei a novela no texto, até pq a acho regular, eu falei da troca das atrizes que ficou absurda.

O Dono do Mundo tá mesmo fazendo sucesso no Viva, Paulo. Mas vc sabe que na época foi um fiasco, né? Vc tb sabe que a mocinha pateta foi odiada pelo público que a rejeitou, etc etc etc... Ou seja, muita novela do passado tb teve problema.

Sérgio Santos disse...

Ah, Paulo, vc acha o texto "Vc só não perdeu o lacre que tanto queria..." bom? Ok, né.

Sérgio Santos disse...

Daniellyn, eu tenho esperança que seja uma impostora embora a cena dela se lamentando sozinha tenha me desanimado... Pq realmente ser a Cora fica complicado. Pelo menos ela a viveu na primeira fase e agora Marjorie está podendo brilhar como sempre. Mas tomara que Drica volte no final.

Sérgio Santos disse...

Eu tb faria isso, Lulu.

Sérgio Santos disse...

Cléu, seria melhor sobrinha mesmo pq filha não dá já que ela é virgem. E seria mt mais interessante pra trama. Mas enfim... bj

Sérgio Santos disse...

Reinaldo, gostei novamente do seu comentário. E é verdade, esse diamante rosa que brilha e que ainda se quebrou em 4 pedaços (diamante nem quebra) foram momentos de realismo fantástico que o autor inseriu, assim como aquele fantasma do Wilson Grey que surgiu do nada. E, pra mim, ficou meio (ou mt) ridículo já que essa novela não tem isso como base.

Mas foi uma pena mesmo a saída da Drica em em Guerra dos Sexos ela parecia ótima mesmo, assim como sua participação em Doce de Mãe. Mas esse ritmo de novela das 9 deve te-la enfraquecido. Que ela fique bem logo. E Marjorie está maravilhosa como sempre.

Tb não acho essa novela ruim, acho razoável. Abçs

André disse...

Ola Sergio.
Meu eu achei realmente estranho a Cora rejuvenescida porem eu prefiro mil vezes a Marjorie como Cora pois ela traz aquele ar dark pro personagem que é muito interessante,e que Drica infelizmente nao teve chances ou nao pode imprimir(Nao entendi porque ela nao podia fazer cenas pesadas)

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Gabriel. E acho a Marjorie a maior revelação de Malhação. Mais uma vez ela comprova isso. E concordo com vc, seria bem mais atrativo se ela fosse uma impostora. Aí sim eu adoraria. abçsss

Sérgio Santos disse...

Laryssa, é verdade, a Cora deu uma de perséfone. rs E a Marjorie sempre se destaca em seus trabalhos, portanto, não é novidade o show que vem dando. Mas a situação ficou forçada e estranha. Tb torço pra ela voltar a ser aquela vilãzona, mas não sei se o autor fará isso... E Marjorie merece uma víbora msm. Bjão

Sérgio Santos disse...

Pena mesmo, Barbie.

Sérgio Santos disse...

Voltou como sobrinha, não como Maria Marta, anônimo. E se isso acontecer com a Cora, ótimo, se não, ficará estranho.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Bia. bjssss

Sérgio Santos disse...

A Marjorie é ótima, David.

Sérgio Santos disse...

Aí sim será ótimo, Karina. E Marjorie é maravilhosa.

Sérgio Santos disse...

Ficou sim, Lucas, soou estranho, não há como negar.

Sérgio Santos disse...

A Marjorie está ótima, Thallys, mas a solução ficou no mínimo esquisita e não há como fechar os olhos pra isso. Nem precisava matar a Cora, bastava sumi-la misteriosamente e colocar a impostora, que manteria contado com ela pelo telefone. Seria o plausível.

João disse...

Sérgio, estava esperando vc terminar de responder os leitores pra te mostrar isso. http://revistamarieclaire.globo.com/Revista/Common/0,,EMI206452-17737,00-GILBERTO+BRAGA+MORRO+DE+INVEJA+DA+GLORIA+PEREZ.html Vc leu essa entrevista que o Gilberto Braga deu pra Marie Clare anos atrás? Sei que nada tem a ver com o assunto, mas como o Aguinaldo anda se achando com essa Império, achei apropriado mostrar essa entrevista com esse senhor. Nunca vi alguém tão esnobe quanto ele. Acho que o Gilberto consegue ser mais arrogante que o Aguinaldo. Concorda?? Já leu a entrevista? Abraço.

João disse...

Sobre a entrevista, Sérgio, caso não tenha lido, ele foi grosseiro com a Glória Perez e ainda se mostrou uma pessoa que se acha o tal. Me decepcionei pq era fã dele.

Maxxi disse...

Pense numa situação que merece ser vista de vários ângulos...

Primeiro, o "ressurgimento" da Cora abriu leque para uma discussão que estava ficando evidente: Cora não é vilã, é a personagem do núcleo de humor. Tal qual Valdirene, a possibilidade de rejuvenescer a personagem foi tão tosca como colocar a outra num reality show, o que evidenciou, denunciou a vilã que o Aguinaldão perdeu. Ora, se tivéssemos uma vilã forte como a Laura Cachorra, isso seria impensável!

O outro ângulo nos permite ver a coisa com mais razão e realmente perceber que a artimanha do Aguinaldo foi a mais frágil dentre as possíveis. até trocar Drica da Silva por Fernanda Montenegro parecia mais sensato nessa situação (não acredito na solução de matar a personagem!) Porém, rejuvenescer do nada, apenas por meio de um SPA, de certa forma, ameaçou a integridade realista da novela. Mas logo todos esquecerão. Esse seria o menor problema (afinal, esquecemos que Senhora do Destino se passava em 1994 e o incômodo das idades da novela Em Família deu lugar a outros mil incômodos)

Por outro, a possibilidade de trazer Marjorie num excelente papel, a sua altura e a única substituta capaz de ficar no lugar da Drica. Embora não tenha obtido grande destaque, a culpa não é da atriz. O autor decidiu dar um tom cômico à Cora e pronto. nasceu aí o problema. Talvez com Marjorie o autor perceba que o tom amargo da personagem defendida na primeira fase do folhetim, seja o ideal para conduzir Cora. E Marjorie possui esse poder de convencer o Aguinaldo que esse seria o caminho para salvar a personagem!Enfim, que venha Marjorie e uma nova fase na novela!

Thallys Bruno Almeida disse...

Ah, aquele comentário lá em cima sobre Boogie que eu falei pro Gustavo serve pra vc tb. Queria saber o que vc tem a dizer, já que discordo em partes dessa história de andar em círculos.

Gustavo Nogueira disse...

Sérgio, a novela tá chata mesmo e nem tenho acompanhado com tanta frequência, os capítulos de sábado e ontem, por exemplo, eu nem assisti.Império é a mesma coisa.E Thallys essa é a minha opinião sobre a novela, respeito a sua opinião e espero que vc também respeite a minha.

Anônimo disse...

Sérgio, Até que eu gostei da saída do autor. Saiu do comum e eu vejo alguns elementos de realismo fantástico nela. Marjorie está maravilhosa mesmo.



Esse Thallys não sabe respeitar a opinião dos outros, Gustavo. É um babaca. Coitado do Sérgio que tem que aguentar esse mala!

Helo disse...

A Cora da Marjorie esta bem melhor que da Drica isso é fato , Drica estava muito comica , a Cora da Marjorie é bem mais maldosa , mais sedutora , digna de uma vilã de verdade .

Thallys Bruno Almeida disse...

Gustavo, em nenhum momento eu desrespeitei tua opinião. Eu apenas vejo a coisa de uma forma diferente e me senti à vontade pra colocar aqui. É, diferentemente de alguns anônimos que só sabem bajular o blogueiro, eu não sou obrigado a concordar com todas as opiniões dele nem "engolir" nada. Simples.

Sérgio Santos disse...

André, a Cora da Marjorie foi mt mais atrativa mesmo. E a ao que parece a Drica não poderia fazer cenas pesadas por causa do seu estado, mas sei lá...

Sérgio Santos disse...

João, essa entrevista é antiga. Acho que de 2011, na época daquela péssima Insensato Coração. Eu já tinha lido. E o Gilberto é extremamente arrogante, aliás, sempre foi. Vc não sabia? Ele já falou mal até da Sonia Braga, Claudia Abreu e Alessandra Negrini que fizeram as novelas dele. Não sei se ele é mais que o Aguinaldo, mas acho que dá um empate. A diferença é que o Aguinaldo é sempre simpático nas entrevistas, o Gilberto nem isso. Abçs

Sérgio Santos disse...

Maxxi, muito interessante seu comentário. Vc dividiu bem as questões e as descreveu bem também. Concordo com o seu posicionamento e tb torço para que o autor faça a Cora voltar a ser o que era na primeira fase, embora esteja duvidando bastante... Mas a Marjorie está magnífica. abçsss

Sérgio Santos disse...

Entendo, anônimo, mas eu não gostei não. Mas a Marjorie está maravilhosa mesmo.

Sérgio Santos disse...

Mas não era culpa da Drica, Helo. bjsss