segunda-feira, 28 de maio de 2012

"Saturday Night Live" começa prometendo e termina decepcionando

A estreia do novo programa comandado por Rafinha Bastos na Redetv! (a versão brasileira do "Saturday Night Live", programa que vai ao ar desde 1975 na televisão norte-americana) parecia promissora. A atriz Renata Gaspar apareceu caracterizada de Xuxa e fazendo uma piada com o depoimento da apresentadora no quadro "O que vi da vida" do "Fantástico". Foram várias frases debochadas, mas destaco uma: "Tenho orgulho de ser a primeira Maria Chuteira da história", fazendo um referência ao romance que Xuxa teve com Pelé.


Logo após esse quadro, surge Rafinha Bastos no palco (este bem simplório) apresentando a nova atração e fazendo um rápido 'stand-up'. Disse que o "Pânico na Band" só começaria às onze da noite, criticou o "Zorra Total" e fez questão de lembrar que a novela das oito da Globo só começa às nove, então ninguém poderia reclamar que seu programa vai ao ar aos domingos mesmo tendo "Saturday" (sábado em inglês) no nome. Também não deixou barato o "Fantástico"e fez questão de dizer que o programa era no máximo 'legalzinho'.

O melhor momento da atração foi o pedido de desculpas do apresentador. Rafinha começou a ler uma suposta lista de nomes que ofendeu, o que lhe rendeu alguns processos, e começou
a proferir críticas ácidas e debochadas, cutucando a ferida de todos. Disse que o jogador Ronaldo não era um 'papa-traveco' e que  Preta Gil não era gorda, por exemplo. A impressão que se teve era que esse momento foi dedicado para que o apresentador se vingasse dos que o processaram ou falaram mal dele. Mas ganhou pontos ao abordar esses assuntos um pouco espinhosos com criatividade.

Após esse momento promissor, onde teve piada e deboche até em uma ação de merchandising, entrou o primeiro intervalo comercial. Quando voltou, vimos uma esquete muito engraçada de duas amigas que se encontram e têm um ataque histério, imitando as conversas frequentes em redes sociais, como o Facebook, por exemplo. Carol Zoccoli e Marcela Leal divertiram. Mas tudo o que veio depois foi decepcionante e constrangedor.

As demais esquetes foram muito mal produzidas, sem graça e apelativas. O cenário e direção precários afetaram diretamente a qualidade das cenas e as piadas não surtiram efeito. Pra piorar, foi exibido acidentalmente o animador de platéia tendo um esforço imenso para fazer com que todos aplaudissem e gritassem. Algumas sequências eram ao vivo e outras gravadas, mas em nenhum dos casos houve diferença na falta de cuidado com o que era feito. Ainda teve a participação especial de Marina Lima, que cantou (ou tentou cantar) algumas de suas músicas.

Em outros momentos Rafinha Bastos parecia ter orgulho das polêmicas em que se envolveu e até especulou o que poderia sair na imprensa, após debochar de Luciana Gimenez durante um telejornal onde se comenta notícias verídicas (quadro tradicional do programa norte-americano). Convenhamos que a arrogância do apresentador sempre foi muito conhecida, então não houve grande surpresa, porém, o telespectador conseguiu observar com maior clareza esse ego elevado durante a atração.

"Saturday Night Live" parecia promissor, mas acabou não convencendo. Além de enfrentar um horário muito competitivo --- e demonstrando equívoco ao não se fixar nas noites de sábado, onde a concorrência é menos acirrada ---, tivemos mais pontos negativos do que positivos. É claro que ainda é muito cedo para falar sobre o desempenho do programa (que marcou míseros 0,8 pontos de média e 1,6 de pico), mas se não houver modificações urgentes será difícil que Rafinha evite novos processos e fatalmente sua atração terá vida curta na Redetv!.

Links relacionados: O que será da Rede TV! ?
                             Rafinha Bastos e o humor sem limites

26 comentários:

ELAINE disse...

Meu amigo! Obrigada! Graças a Deus que não assisti.... Pelo visto não perdi nada.... Obrigada pelo carinho!
Uma segunda-feira abençoada!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Valquíria disse...

Affff, esse Rafinha Bastos é um tosco, nem sei pq a Rede Tv o contratou, vai só afundar mais a emissora kkkk
Acho pouco os processos que ele responde...
Sergio, ganhei sim a votação, obrigada pela força :D
Bjos!
amonailart.blogspot.com

Larissa Toso disse...

oi Sérgio, Obrigada pela visita no blog, adorei seu espaço aqui, interessante mesmo! Vou sempre estar aqui para lê-lo.
Já tinha visto que esse programa não seria lá essas coisas mesmo, ainda bem que não assisti, haha
beijos e boa semana

Clau disse...

Oi Sérgio,tudo bem?!
Obrigada pela visita :)
Gostei do seu Blog,principalmente porque eu quase não assisto tv;então aqui a gente fica sabendo um pouco de tudo o que acontece nesse mundo televisivo.
Em relação ao 'Saturday Night Live',parece que eu não perdi nada!
Bjs!

Smareis disse...

Não gosto dele, acho uma chatice.
Parabéns pela postagem.

Beijos e ótima semana.

Sérgio Santos disse...

Oi, Elaine. Eu que agradeço. O início foi até bem animador, mas depois foi triste... Tenha uma ótima semana! Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi, Valquíria! Que legal! Torci pra você ganhar! ;) Não gosto da prepotência do Rafinha e isso ficou ainda mais evidente no programa, o que é uma lástima. Também prevejo que mais processos virão! Beijão!

Sérgio Santos disse...

Oi, Larissa! A sua iniciativa é muito bacana, gostei de verdade. As previsões para esse programa não eram lá muito otimistas, então o que surpreendeu mesmo foi o início atrativo. O resto... Beijos e obrigado pelo comentário!

Sérgio Santos disse...

Oi, Clau! Obrigado pelo comentário e elogio! Beijos e volte sempre! :)

Sérgio Santos disse...

Oi, Smareis! Rafinha não prima pela simpatia, né?! Muitos gostam dele e muitos o odeiam também! Obrigado pelo comentário! Beijos!

Thallys Bruno Almeida disse...

A julgar pelo primeiro bloco, o SNL parecia promissor, pois se destacaram a sátira ao O Que Vi da Vida com a Xuxa e o "pedido de desculpas" ácido. Mas foi só acabar a esquete das amigas que tudo desandou. Outro complicador para o programa é a ausência de grandes convidados, pois falharam na tentativa de buscar uma "atração bombástica", como prometeram. Rafinha Bastos deixou a fama subir à cabeça de tal forma que suas declarações recentes em entrevistas dão até nojo. Pelo cenário visto, o programa brasileiro está a léguas de distância atrás do original americano, que teve nomes como Eddie Murphy, Steve Martin, Adam Sandler, etc. Com a combinação arrogância do Rafinha + lista negra da RedeTV + esquetes mal-produzidas + falta de grandes convidados, não irá durar muito.

Paty Michele disse...

Bem, eu não costumo assistir à esse canal. rsrs
Tbm não sou partidária desse tipo de humor que humilha e envergonha os artistas.

Então, acho que não perdi mta coisa.

Um abraço, Sérgio, continua postando pra gente saber o que está rolando, eu vejo TV mto pouco, mas gosto muito!

Dandara Blue disse...

Sérgio,
Sou grande fã do programa original,assisto fielmente há anos e é realmente espetacular.
O que foi exibido no Brasil neste domingo foi um fiasco vergonhoso.
Nada funcionou e tudo foi apelativo e de mau gosto, o que seria compreensível,sendo na RedeTV,mas imperdoável por se tratar do íc0ne SNL,37anos no ar e um dos maiores sucessos da tv mundial.Uma vergonha.

Sérgio Santos disse...

Thallys, obrigado pelo comentário! Pois é, o início nos iludiu apresentando coisas interessantes, mas depois mostrou que não consegue se sustentar por muito tempo. A ausência de bons convidados será péssimo para a atração, sem dúvidas. Vamos ver se terá vida longa. Abraço!

Sérgio Santos disse...

Oi, Paty! Obrigado pelo comentário! Pode deixar que continuarei! ;)

O pior de tudo é que as piadas depois do primeiro bloco não tiveram graça alguma, sendo pesadas ou não. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi, Dandara, obrigado pelo comentário. Vi o programa original poucas vezes e estou longe de ser um telespectador assíduo. Mas a diferença de qualidade é gritante e isso era previsível, levando em conta as dificuldades que a Redetv! sempre teve, mas além disso o conjunto da obra foi fraco demais. Gostei do início, mas me decepcionei com o resto. Beijos.

Rita disse...

Hoje vim te visitar e dizer que ter amigos
sempre presente deixando na minha pagina uma
palavra de carinho é muito gratificante Por isso agradeço de coração a sua amizade.
Parabéns por tudo que vc tem de bonito aqui
Deixo um abraço
de boa tarde
Bjuss
Rita!!!!!!

Bia Hain disse...

Oi, Sérgio. Eu não conhecia o programa mas é preciso ter muito cuidado para não passar do humor ou sátira para a grosseria. Pode se tornar um programa apelativo. Um abraço!

Sérgio Santos disse...

Oi, Rita! Obrigado pelas palavras carinhosas! beijos

Sérgio Santos disse...

Oi, Bia. Você tem razão. E tiveram situações bem apelativas e sem graça mesmo. Beijos.

Pedro HP disse...

Acho q o programa foi coerente com o estilo do programa norte americano, só não concebo a ideia de q dará certo aqui no Brasil.

Sérgio Santos disse...

Pedro,obrigado pelo comentário. A qualidade foi bem distinta, né? Os cenários da Redetv! são muito precários. Acho difícil que faça sucesso, mas não é impossível. Se houver algumas modificações, quem sabe. Abraço!

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

"Saturday Night Live" começou fraco, mas tem condições de melhorar.
"Sexo a 3" foi um constrangimento total. Conseguiu desagradar a todos.
A Rede TV! atravessa problemas de natureza interna e primeiro precisa colocar a casa em ordem.

Anônimo disse...

Atitude certa para causa errada!!!

Sérgio Santos disse...

Elvira, também acho que se forem feitas algumas modificações o programa pode dar certo ou ao menos ter um ibope um pouco maior. Me recusei a comentar sobre aquele "Sexo a 3". Constrangedor. A Redetv! está numa crise aguda. Beijos e obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

"Anônimo", obrigado pelo comentário. Abraço!