segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Perfeita como Beatriz, Marjorie Estiano teve uma participação marcante em "Justiça"

O quarto episódio de "Justiça" foi um pouco atípico, levando em consideração os três anteriores. Isso porque o protagonista Maurício (Cauã Reymond) não foi o maior destaque. Quem dominou o capítulo, emocionando o tempo todo que esteve presente no enredo, foi Marjorie Estiano, cujo desempenho primou pela total entrega na pele da doce Beatriz, noiva do personagem central dessa história. O drama daquela mulher envolveu de uma forma intensa e angustiante. A participação da atriz foi curta, mas de muito impacto.


O drama da bailarina que é atropelada, ficando tetraplégica, pôde ser acompanhado de relance em todos os outros episódios. Foi a única personagem que esteve presente em todas as outras histórias. O atropelamento, inclusive, é o ponto de cruzamento dos enredos. O telespectador foi preparado para esse momento ao longo da semana e, mesmo vista de longe, a cena provocava um forte impacto. Portanto, era previsível que quando fosse exibida 'na íntegra' haveria uma grande comoção. E de fato houve. Até porque o capítulo já começou com Maurício praticando a eutanásia na esposa para só depois o tempo voltar, explicando como tudo aconteceu.

Logo no início do episódio, Marjorie dominou a cena, esbanjando emoção no instante em que Beatriz pede para o noivo fazer carinho em seu rosto porque no corpo ela não sentia. A sequência seguinte mostrou a personagem gravando um vídeo inocentando o marido e expondo a sua admiração pelas pessoas que conseguiam seguir em frente diante de uma tetraplegia, mas que ela não conseguia.
"O acidente foi eu não ter morrido" foi trecho mais forte do texto da autora Manuela Dias, dito com intensidade por uma intérprete totalmente entregue ao momento. E após agradecer o esposo e dizer que o ama, a personagem fecha os olhos e morre.

A partir de então, a trama voltou no tempo em três dias para expor a relação apaixonada do casal, destacando a química entre Marjorie e Cauã, que protagonizaram algumas cenas mais quentes. O intuito também foi enfatizar o quanto que a bailarina amava seu ofício, vivendo para dançar. Tanto que a estreia de Beatriz em um novo espetáculo de dança lotou o teatro e a personagem aproveitou o momento para agradecer o carinho do público, fazendo uma menção especial ao marido. Ficou perceptível que a sua vida era o palco.

Já a sequência do atropelamento primou pelo realismo, impressionando quem acompanhou todo o desenrolar daquele trágico acontecimento. Falando ao telefone com seu marido, Beatriz percebe que ele está à sua frente e os dois se cortejam. Ela atravessa a rua fazendo um rodopio de balé, feliz e plena, quando é atingida em cheio pelo carro de Antenor (maravilhoso Antônio Calloni), que fugia depois de ter dado o golpe no sócio Euclydes (Luiz Carlos Vasconcelos). A direção da cena foi irretocável, evidenciando a competência de José Luiz Villamarim e equipe. O corpo batendo no vidro dianteiro do veículo fez tudo parecer real, assim como o desespero de Maurício.

Todas as demais cenas de Marjorie, então, foram em uma cama de hospital, totalmente imóvel. O trabalho facial da atriz merece uma menção especial, pois ficou clara a preocupação dela em aproveitar vários detalhes para expor o constante incômodo da personagem com aquela trágica situação. O entortar da boca, por exemplo, era uma constante, além da língua passando por cima dos dentes para tentar umedecer a boca enquanto tentava falar com o marido. São detalhes que nem sempre são observados, mas que fazem toda a diferença, ainda mais em um momento de tanto sofrimento da personagem. Como o corpo não podia mais ser utilizado, a intérprete fez do rosto o seu único elemento de apoio.

E Marjorie deu um show de atuação no instante em que Beatriz pergunta para o esposo se ele estava lhe abraçando. A própria condição da bailarina já provocava comoção, entretanto, a interpretação da atriz aumentou o grau de sensibilidade daqueles últimos minutos que a personagem tinha de vida. A cena mais dramática foi logo depois da citada, quando Maurício deita em cima da esposa e chora copiosamente ao seu lado. Os rostos colados, expondo a dor da despedida e da tragédia que acometia aquele casal tão feliz, representaram uma imagem de puro sofrimento, onde as lágrimas bastavam para selar para sempre aquele amor e a cumplicidade dos dois. Os atores emocionaram, com destaque especial para a atriz, maior revelação de "Malhação".

Manuela Dias contou com o talento de Marjorie Estiano em janeiro, quando lhe deu a religiosa Mariana na grande microssérie "Ligações Perigosas", e agora pôde contar novamente com a dedicação da atriz em "Justiça". É perfeitamente compreensível a autora ter escrito para ela uma personagem tão forte e dramática. Uma profissional mais limitada não conseguiria honrar a dimensão desse papel, desperdiçando todas as grandiosas cenas do quarto episódio. Felizmente, a intérprete fez jus à confiança e sua curta participação já ficará marcada em todo o contexto dessa primorosa minissérie.

33 comentários:

Daniela disse...

ESPETÁCULO DE ATRIZ! Maior revelação da Malhação meesmo!

Samara disse...

Que texto maravilindo sobre a Marjorie! Amei e concordo!!!

Heródoto disse...

Texto preciso. A atuação dela me arrebatou.Ela deu um show na pele dessa bailarina.Texto merecido!

Pâmela disse...

oi Sérgio :)
Bom to estarrecida com a separação do William e da Fátima, gente!!! Pra mim eles eram tipo grudados. Os únicos que me fazem acreditar em amor verdadeiro agora são: Tarcísio e Glória, Cassinho e Lídia e a Taís e o Lázaro e que nada mais aconteça com nenhum casal rs Ainda sobre esse assunto: fiquei feliz pela Camila e pelo Klebber gosto muito dos dois, combinam juntos <3 Não tem a ver com o t um texto mas foi um desabafo haha. Então vamos a ele:

Marjorie merecia merecia o oscar não só por esse trabalho mas também por encantar nos palcos e ser humilde e sempre simpática. Beatriz já entrou para a lista das grandes personagens da TV e olha que não chegou nem a participar de uma semana inteira (não to contando com a cena do atropelamento). Cabe agora ao Cauã continuar o show e eu to apostando nele. Pela PRIMEIRA VEZ eu to curtindo de fato uma atuação dele, saiu do automático. Finalmente ele deixou de ser o filho problemático e mimado. Cresceu e amadureceu.

Vic disse...

Só digo uma coisa: se o Cauã fizer mais um personagem que é preso injustamente pode pedir música HAHAHAHAHA

Anônimo disse...

Ela parecia a protagonista e ofuscou o Cauã! Mereceu a postagem!

Sandro disse...

Ela é uma atriz que mergulha de cabeça em cada papel. E no drama ninguém ganha dela. Belo texto!

Lisa disse...

A Marjorie é fantástica e a sua entrega me comoveu até porque uma pessoa na minha família passou por isso e ela foi perfeita.

Felisberto N. Junior disse...

Olá,Sérgio, bom dia... Marjorie Estiano sempre impecável em suas cenas dramáticas,ainda mais (quase) inerte em uma cama de hospital, e com a feição como único elemento. E faço de suas palavras sobre a Mariana Ruy Barbosa as minhas para Marjorie "Segue linda, como se nota." Análise justa e merecida!Feliz semana, abraços!

Rafaella disse...

A situação ficou forçada porque a autora quis juntar o Mauricio com os outros 3 presos. Se tivesse dado uma cronologia normal pra isso seria perfeito porque ficou rapído demais todo o processo da eutanasia. Mas a Marjorie é um show. Que atriz! Engoliu o Cauã.

Ramon Siqueira disse...

Essa série é obra prima!!!!
Marjorie esteve EMBLEMÁTICA e IRRETOCÁVEL, ela é um monstro divino! E a cena do atropelamento é a melhor que eu já vi na vida, pareceu que eu estava no carro e atropelei ela. Maravilhoso demais!!

Anônimo disse...

Claramente uma das maiores revelações dos últimos tempo da malhação. uma linda. O Cauã ja acho ao contrário. Sempre se repete e muito, mas até que me convence em seus papéis. Mudando de assunto: vc tem blog, Twitter e tal. Mas fica chato e cansativo vc elogiar tudo da Globo
da impressão que vc só faz isso por faminha..claro, vc tem muito seguidores(mérito seu) mas eu vejo vários famosos te respondendo.isso não é querer fama as custas deles? Vc vai negar, é óbvio. Mas que vc puxa saco da emissora vc puxa. Isso é inegável! Não é verdade? quando falam pra vc alguma coisa relacionada a isso, vc não fica putinho? Eu sei que fica pq no fundo vc sabe que é verdade.
Obs: Só quero deixa claro que não tenho nada contra sua pessoa, sou apenas sincera e gosto de expor a minha sinceridade. Não precisa se aborrecer pq não tenho nada contra vc, só acho feio o que vc faz. Opinião minha. Ok? Vou citar um exemplo: pra que colocar o Walcyr num pedestal? Vc diminui outros autores só por não gostar do estilo. Ele o(Walcyr) não é isso tudo de autor. Ele faz muito sucesso só por ser um autor popular, mas eu odeio ele. quando uma pessoa debate com vc algo sobre ele vc surta. Certo?

Pâmela disse...

Oi "Anônimo". Bom o texto não foi pra mim mas vou tecer um comentário porque acho que você foi injusto (a). O Sérgio tem todo direito de admirar o Walcyr ou quem quer que seja. Todo mundo tem seus ídolos, aposto que você também tem os seus.
Ele não é puxa saco da globo. Basta ver o último texto dele, quando tem que elogiar um produto da Record ele faz sim! Citou os méritos de Os Dez Mandamentos, sempre fala muito bem da Juliana Silveira e da Thaís Fersoza (que tão a onde mesmo?), elogiou MUITO "Escrava Mãe" e outra, ele também não cansa de elogiar o MasterChef (QUE É DA BAND). Elogia o Walcyr como várias vezes já fez com o João Emanuel Carneiro, Lícia Manzo e vários outros autores. Ele também criticou muito "Em Família", por exemplo, que é da GLOBO.
Ele é justo, quando tem que falar mal da globo ele fala sim, da mesma forma que ele não vê problema em elogiar a Record ou qualquer outra emissora basta ter um programa de qualidade. Pesquise direito no blog dele antes de escrever alguma coisa.

Anônimo disse...

Desculpa, mas eu não fiz esse comentário pra saber da sua opinião. Metida!

Victor disse...

Esses imbecis que atacam o Sérgio são deprimentes. E nenhum tem um pingo de moral pra falar dele. Aliás, são todos de uma panelinha de fracassados do Twitter que vivem pra falar mal dele pelas costas. E quando alguém vem debater, derrubando os argumentos dessa escória, como vc fez, Pâmela, eles atacam. Como esse imbecil que te chamou de metida. E os famosos responde o Sérgio porque GOSTAM DELE. ELE NÃO PRECISA DE FAMA NENHUMA. Resta o recalque dessa gente frustrada de merda.

Anônimo disse...

kkkkk, pelo jeito esse anonimo que falou mal do zamenza só pode ser a faclubenathaliadill, até a maneira de falar é parecido, geralmente ela ataca assim mesmo, aquela louca frustrada que não faz nada da vida e vive só no twitter postando coisas da idola quando nao tem o que fazer fica ai perseguindo os outros.

Sérgio Santos disse...

Sem duvida, Daniela.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Samara!

Sérgio Santos disse...

Valeu, Heródoto!

Sérgio Santos disse...

Pâmela, eu também fiquei mt surpreso. Todo mundo, né. Mas ainda acredito numa volta, quem sabe...Formavam um casal tão bonito e tão icônico... Pena. E Marjorie deu show mesmo. Tinha que escrever esse texto. Ela é incrível. To achando o Cauã bem também, mas achei que ficou devendo nas cenas de emoção. Ela engoliu ele. Aguardemos o restante. bjssss

Sérgio Santos disse...

É verdade, Vic... rs

Sérgio Santos disse...

De acordo, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Sandro! É verdade. abçs

Sérgio Santos disse...

Nossa, Lisa, que horrível... Bjss

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Felis. =) Abração!

Sérgio Santos disse...

É verdade, Rafaella. Houve sim um erro cronológico nesse caso. Seria impossível o Mauricio estar junto dos outros 3 naquele intervalo tão curto. Foi um furo. Mas Marjorie deu show.

Sérgio Santos disse...

Exatamente, Ramon!

Sérgio Santos disse...

Primeiramente, anonimo, se informe melhor sobre mim. E vc tá com raiva pq os famosos falam comigo? Lamento. Aliás, eu raramente vou até eles falar algo. Eles é que vêm até a mim. Sinto muito se isso te incomoda. Se eles gostam de mim é mérito meu mesmo, assim como meus seguidores e blog e o que for. Não, não me interessa "faminha". Até pq se interessasse eu divulgaria minha foto por tudo quanto é canto. E eu não coloco Walcyr num pedestal, eu simplesmente admiro ele como escritor e gostei de quase todas as novelas dele que são sempre sucessos. Aliás, acho que isso é que irrita os "haters". Eles não admitem o sucesso que ele faz. E eu não diminuo os outros não. Se informe melhor. Até pq eu tb admiro vários outros que elogio tanto quanto ele, como Licia Manzo, Rosane Svartman, João Emanuel Carneiro e mais. Só que esses não incomodam, né? Não são tão odiados por esse grupelho de Twitter que vc faz parte. Sim, pq eu sei quem vc é. Vcs todos. Não tiram meu nome da boca. Mas eu não ligo pq quem fala pelas cosas é pq está ATRÁS. E não surto não, apenas me canso de ler esse tipo de comentário estúpido. E vc não tem nada contra mim? kkkkk Imagina se tivesse... E mais: eu não elogio tudo da Globo não. Elogio o que eu gosto e acho bom. Mais uma vez digo: se informe melhor. Aliás, há uma contradição sua: se eu elogio tudo da Globo pq vc deu chilique com o meu texto de Sol Nascente???? Aí eu não posso criticar???? UÉ...

Sérgio Santos disse...

Pãmela, mt obrigado pela defesa. Mas nem adianta argumentar com essa gente que se faz de idiota. Eles sabem muito bem que critico coisas da Globo e elogio das outras emissoras também. Eles fazem isso pra provocaçãozinha barata. Não dão ponto sem nó. Ainda são estúpidos e grossos. Nada mais justo do que ser também. Mas no Twitter eu simplesmente bloqueio essas pragas e ignoro. Não dou moral pra essa gente.

Sérgio Santos disse...

Panelinha de fracassados, Victor... hahaha Gostei.

Sérgio Santos disse...

Vai ver é ela mesmo, anonimo, ou algum outro covarde do grupelho. Ou alguém que recebeu um coice meu no Twitter depois de algum ataque e tá vindo aqui encher.

Anônimo disse...

Tá fazendo muita falta na minissérie. Marjorie é incrível!

Sérgio Santos disse...

Tá mesmo, anonimo.