sexta-feira, 22 de abril de 2016

Marco Ricca se mostra como um dos grandes acertos de "Liberdade Liberdade"

"Liberdade, Liberdade" ainda está em seu início. Há vários capítulos pela frente e muita história para ser contada. Porém, mesmo antes de sequer completar um mês no ar, já é possível observar o acerto da escalação do elenco. São muitos atores se destacando, incluindo a protagonista Andreia Horta, na pele da revolucionária Joaquina. E, entre os muitos nomes merecedores de elogios desse ótimo time selecionado, é preciso aplaudir um profissional que sempre brilha em seus trabalhos e não tem feito diferente agora: Marco Ricca.


O ator tem sido um dos grandes destaques da novela escrita por Mário Teixeira, baseada no argumento de Márcia Prates, e dirigida por Vinícius Coimbra. Na pele do perigoso Mão de Luva, Marco mostra o quão é talentoso e sua composição do bandido é primorosa. Ele adotou um sotaque mineirês bem acentuado, o que ajudou a expor ainda mais o jeito malandro do trambiqueiro. Aliás, é um dos poucos atores do elenco que tem mostrado o jeito de falar do povo de Minas Gerais, ainda que de forma mais caricata. E foi uma ideia de gênio, pois coube perfeitamente no papel.

Mão de Luva foi o responsável por um dos momentos mais tensos da rápida primeira fase, quando sequestrou Joaquina (Mel Maia) e quase matou Raposo (Dalton Vigh), após uma emboscada preparada junto com sua gangue. Ironicamente, após a passagem de tempo, a mesma situação ocorreu mais duas vezes. O bandido tentou saquear a carruagem que trazia Joaquina, Raposo, André (Caio Blat) e Bertolezza (Shreon Menezzes), mas não obteve êxito.
Já na segunda vez, conseguiu raptar novamente a sua vítima predileta e ainda constatou que ela era mesmo a filha de Tiradentes que ele havia sequestrado no passado.

O personagem é um dos mais interessantes da novela e o principal responsável pelos momentos de humor da história, cujo foco central é a triste e pesada vida de Joaquina, que passou por inúmeros sofrimentos e ainda se vê diante de injustiças sociais, escravidão e miséria. As tiradas irônicas do bandido são impagáveis e o sarcasmo que o domina acaba servindo para deixar o perfil um pouco mais leve, apesar de todo o universo de maldades que o cerca. É aquele clássico vilão que desperta simpatia do público.

E a atuação de Marco Ricca está irretocável. O ator é um dos melhores do país e tem feito ótimas cenas, principalmente com Andreia Horta e Dalton Vigh. Ele ainda protagoniza boas sequências com Zezé Polessa, a 'bruxa' Ascenção, e se destacou em um dos momentos mais fortes desse início de novela: quando Mão de Luva mata a pancadas um de seus capangas que tentou estuprar Joaquina. O bandido flagrou o momento do abuso, amarrou o comparsa, fez um rápido 'julgamento', e ainda perguntou se sua refém queria que o 'réu' morresse com dor ou sem dor. Foi uma grande cena.

A carreira de Marco está repleta de bons trabalhos no cinema, no teatro e na televisão, onde estreou em 1993, em "Renascer", trama de Benedito Ruy Barbosa, interpretando o José Augusto (coprotagonista). No ano seguinte, mudou de emissora e entrou na inesquecível "Éramos Seis" (de Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho), um dos maiores sucessos do SBT, onde viveu o Felício. Em 1997, voltou para a Globo (na novela "Por Amor", de Manoel Carlos), onde está até hoje. Participou do remake de "Pecado Capital" (1998), "Força de um Desejo" (1999), "O Beijo do Vampiro" (2002), "JK" (2006) e "Paraíso Tropical" (2007), entre outras novelas e séries.

Brilhou como o vilão Samir Hayalla, do remake de "O Astro", em 2011, e esteve na premiada e ótima série/telefilme "Doce de Mãe" (2012/2014), interpretando Silvio, um dos filhos da querida Dona Picucha (Fernanda Montenegro). Se destacou também em "Sangue Bom", na pele do amargurado Wilson, e divertiu recentemente na "Escolinha do Professor Raimundo - nova geração", onde reviveu o ranzinza Pedro Pedreira, personagem do saudoso Francisco Milani. Sua atuação, inclusive, impressionou pela semelhança com a do original.

Marco Ricca é um grande ator e sua carreira expõe isso. Agora, em "Liberdade, Liberdade", ele vem dando show na pele do malandro e sarcástico Mão de Luva, um personagem que parece ter sido escrito sob medida para o intérprete. É sempre bom vê-lo atuar e com certeza será um dos muitos pontos positivos da novela das onze que ainda está sem seu início. Aliás, já está sendo.

34 comentários:

Isabela disse...

Ele está fantástico mesmo! Grande ator.

Anônimo disse...

Ele é o único que se preocupou com o sotaque de Minas. Ainda que exagerado já vale. Os outros ignoraram completamente. Parecem paulistas e cariocas em Minas.Erro crasso da direção.

Pâmela disse...

Post super merecido Sérgio! Marco é um grande ator e está brilhando absoluto em Liberdade Liberdade, a onde destaco também, entre esses que você destacou ai no texto: Bruno Ferrari (ótimo) e Mateus Solano (pra variar, GENIAL!) Agora fiquei curiosa pra saber se você viu Chatô Hahahahaha
Ah, em tempo, apesar do show pra mim o melhor personagem dele continua sendo o Samir de O Astro, vamos ver até o fim da novela se mudo de idéia.

Paula disse...

Post merecido e gostei que foi logo na segunda semana de novela. Ele merece mesmo.

Victor disse...

O Marco é um grande ator e esse Mão de Luva é um achado. A novela é bem boa, mas está longe de ser ótima. Falta algo. Parece sem alma.

Anônimo disse...

Esse ator sempre se destaca e sempre merece elogios.

Pâmela disse...

Sérgio sei que não é o assunto do post mas o de Laços de Família ficou muito lá atrás então vou falar aqui mesmo porque to passando muita raiva hahahaha

Camila era uma cretina sim e com tudo que tinha direito, acontece que, vendo a novela completa pela segunda vez tenho dito mais raiva da "sonsice" do Edu do que dela.
Não adiantou nada ele ficar cheio de mimimi com a tia dele quando ela jogou a verdade na cara dele em relação a Camila, bater o pé, sair de casa, fazer toda aquela cena e depois ficar se encontrando as escondidas com a Camila, se derretendo todo no telefone com a Helena, quer dizer ele queria as duas né? Tava numa situação confortável enquanto as duas se matavam em casa. Cadê a atitude de homem que ele tanto enchia a boca pra dizer que era? Na realidade mesmo ele era um menino mimado pela tia que depois de fazer birra fazia tudo o que ela queria. Se realmente Edu fosse homem chamava as duas pra uma conversa séria e caso fosse, abriria o jogo com a Helena em relação a Camila, sei que ninguém escolhe por quem vai se apaixonar, desse jeito seria ao mesmo digno da parte dele.
Laços é sim minha novela preferida do Maneco, acontece que essa parte irrita pra caramba, Maneco poderia ter feito do Edu realmente um homem. Apesar disso , Giane defendeu bem o Edu da primeira a última cena e não mereceu as críticas que recebeu na época.
Desculpa o textão hahahaha

Zilani Célia disse...

OI SÉRGIO!
ESTOU ACOMPANHANDO NÃO TÃO ASSIDUAMENTE COMO GOSTARIA, MAS NA MEDIDA DO POSSÍVEL E ESTOU GOSTANDO MUITO.
TENS RAZÃO EM DESTACAR A ATUAÇÃO DE MARCO RICCA, ESTÁ IMPECÁVEL.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Lulu on the sky disse...

Olá, Sérgio!
Diria que o papel da carreira do Marco Ricca. Ele está perfeito.
Big beijos
Lulu on the sky

Vinícius disse...

Ele é fera e Mão de Luva me arranca boas gargalhadas mesmo sendo cruel.Já sou fã desse personagem.

Anônimo disse...

Sergio,essa novela é realmente muito boa,e o elenco idem.Marcos Ricca está ótimo no papel.

Obs:Eu adoro a atriz Olívia Araújo, uma pena ela não ter importância na história, está parecendo figurante.
Uma lástima,não acha?

MARILENE disse...

Sérgio, não estou acompanhando, mas o ator Marco Ricca é muito bom. Além de suas observações, sempre bem estruturadas, já ouvi outros comentários sobre a excelente interpretação dele na novela. Bjs.

Sérgio Santos disse...

Ele é, Isabela. bjs

Sérgio Santos disse...

Tem alguns outros que estão com um sotaque também, anonimo. A Yanna Lavigne e a Dill, por exemplo. Mas mts não estão msm.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Pamela. Olha, eu não cheguei a ver Chatô. Mas o vi no trailer e adorei. Depois vejo se consigo assistir. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Pois é, Paula, nem fiz questão de esperar mt para aplaudi-lo. bjs

Sérgio Santos disse...

Entendo, Victor. abçs

Sérgio Santos disse...

Sempre msm, anonimo. abçs

Sérgio Santos disse...

Sem problemas, Pamela. E concordo plenamente. Edu era tão sonso quanto a Camila e os dois têm a mesma culpa. Ele se indignou com Alma pq ela vomitou verdades na cara dele, assim como Iris vomitou na cara de Camila. E Edu era um mimadinho mesmo. O Gianecchini ainda estava mt cru, mas não fez feio nesse primeiro trabalho. bjss

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Zilani. bjs

Sérgio Santos disse...

Está perfeito mesmo, Lulu. bjs

Sérgio Santos disse...

Tb já sou fã, Vinicius!

Sérgio Santos disse...

Anonimo, tb adoro a Olivia. Mas ainda é cedo pra ver quem tem destaque e quem não tem. São apenas duas semanas de novela. Aguardemos.

Sérgio Santos disse...

Marco Ricca é genial, Marilene. Bjssss

Felisberto N. Junior disse...

Olá,Sérgio...verdade, Marco Ricca está demonstrando, como Mão de Luva, o seu inegável e grande talento,que, particularmente, conheci na novela do SBT "Éramos seis"- que vc destacou na análise- e ,também,chamou a atenção, o fato dele ter sido o que melhor demonstrou o jeito de falar do povo de Minas Gerais...Bela homenagem/análise!Feliz semana,belos dias,abraços!

Clau disse...

Oi Sérgio ;)
Marco Ricca é excelente ator,
sou fã dele!
Não assisto, mas já vi alguns trechos,
de Liberdade Liberdade. Mão de Luva
incorporou divinamente o personagem!
Ótima semana! Beijos!

Adriana Helena disse...

Oi Sérgio, boa noite amigo!
QUE ARTIGO FANTÁSTICO!
Finalmente um papel de destaque maior para este ator que adoro: ator Marco Ricca !
Ele está imbatível em Liberdade, Liberdade!
Com um jeito maroto de falar, um sotaque mineiro perfeitinho, na medida certa...
E a interpretação, sem comentários de tão bom!!!!
Ahh como adoro e nem consigo ficar com raiva da bandidagem dele...hehehe

Obrigada amigo, por trazer felicidade em palavras!
Sua análise está incrível!!
Beijos e uma semana muito linda!!!

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Concordo, Sérgio. Marco Ricca convence num personagem totalmente diferente dos que interpretou anteriormente.

Sérgio Santos disse...

Que bom que gostou, Felis! E ele brilhou msm em Éramos Seis. Esse sotaque mineirês de agora está perfeito. abçs

Sérgio Santos disse...

Ele é mesmo, Clau. bjssss

Sérgio Santos disse...

Adriana, seus comentários são sempre repletos de carinho. Sempre fico feliz. Mt obrigado. bjão

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Elvira. Convence mesmo. bjs

Vera Lúcia disse...


Marco Ricca está mesmo primoroso na pele de Mão de Luva. Desde o início da novela reparei em sua talentosa atuação. É verdade que há grandes atores na trama e que muitos estão impecáveis. É sempre prazeroso ver uma grande elenco em atuação.
Merecido destaque.

Abraço.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Vera. E Marco é gênio mesmo. Todo o elenco está mt bem, aliás. bjsssss