terça-feira, 26 de abril de 2016

"Êta Mundo Bom!" e "Totalmente Demais": dois fenômenos de audiência, dois grandes acertos

Os dois maiores sucessos da Globo em 2016, levando em consideração audiência e repercussão, são "Êta Mundo Bom!" e "Totalmente Demais". A novela das seis e a trama das sete são verdadeiros fenômenos de popularidade e há tempos a emissora não obtinha tanto retorno nos respectivos horários. Conquistaram realmente o telespectador. Apesar de precipitado, vale colocar que as produções dificilmente serão superadas esse ano (talvez nem tão cedo), ao que tudo indica. E os folhetins fazem jus ao resultado obtido perante o público.


É sempre importante ressaltar que audiência e qualidade nem sempre andam juntas. Uma trama fracassada pode ser primorosa, ao mesmo tempo que um folhetim péssimo pode ser um sucesso. Entretanto, o caso das duas produções citadas reflete um conjunto de acertos, implicando ainda em ótimos resultados nos números do Ibope. São duas novelas escapistas, que priorizam situações tipicamente folhetinescas e muitas vezes tendo a leveza como ponto principal. Também se caracterizam pela despretensiosidade, onde não há a preocupação de inovar nada. São novelas que honram a condição de novelas.

Após 11 anos afastado do horário das seis, Walcyr Carrasco voltou para a faixa que o consagrou na Globo com os fenômenos "O Cravo e a Rosa", "Chocolate com Pimenta" e "Alma Gêmea". Depois de ter emplacado o maior sucesso da emissora em 2015, a novela das 23h "Verdades Secretas", o autor pediu para retornar às 18h e teve seu pedido atendido. Pois em menos de quatro meses no ar, o escritor conseguiu emplacar mais um estrondoso sucesso para chamar de seu.
O seu novo folhetim vem alcançando impressionantes números e quebrou seu próprio recorde ao chegar aos 32,4 pontos no capítulo em que Candinho finalmente descobre quem é a sua mãe. São índices não alcançados desde 2010.

"Êta Mundo Bom!", dirigida com competência por Jorge Fernando (parceiro de longa data do escritor), já pode ser considerada um dos maiores acertos da faixa nos últimos anos. Levando ainda em consideração que entrou no lugar de duas novelas primorosas e que também conquistaram o telespectador: "Sete Vidas" e "Além do Tempo", de Lícia Manzo e Elizabeth Jhin, respectivamente ---- outras produções que também já estão na lista de grandes acertos da faixa. Walcyr voltou a apresentar para o público tudo aquilo que ele estava sentindo falta desde que o autor saiu do horário das seis: queda no chiqueiro, guerra de comida, núcleo caipira, muito humor e um enredo central clássico, com bonzinhos e malvados bem explícitos.

A fórmula mais uma vez funcionou e a novela é uma delícia de ser acompanhada. A saga de Candinho é envolvente e Sérgio Guizé está impecável interpretando o protagonista caipira. O personagem ficou ainda mais atrativo quando encontrou a mãe e o ator tem feito ótimas cenas ao lado de Eliane Giardini (Anastácia), JP Rufino (Pirulito), Marco Nanini (Pancrácio) e Flávia Alessandra (Sandra). A trajetória da íntegra Maria (Bianca Bin) é outro grande trunfo da história e o casal formado com Celso (Rainer Cadete) --- um vilão que muda pelo amor --- funciona. Já o núcleo da fazenda de Cunegundes (Elizabeth Savalla) é o melhor da novela, enquanto a pensão de Camélia (Ana Lucia Torre) acaba servindo como um bom ponto de transição de personagens, destacando ainda o puro romance de Osório (Arthur Aguiar) e Gerusa (Giovanna Grigio). E o autor consegue manter o ritmo, prendendo o público.

Enquanto a novela das seis ainda está no fim de seu quarto mês, a das sete está perto de fechar seu ciclo. A trama de Rosane Svartman e Paulo Halm estreou em novembro e chegará ao final em maio. Desde o início vem apresentando ótimos índices de audiência e a produção veio em uma crescente, até chegar ao ponto de obter médias acima dos 30 pontos, virando o maior fenômeno da faixa após o imenso sucesso de "Cheias de Charme", em 2012. E em virtude desse grande êxito, a Globo pediu para os autores esticarem a trama em duas semanas, tendo pedido atendido. Ou seja, ao invés de acabar no dia 13 de maio, como o previsto, se encerrará no dia 27. E se dependesse da emissora só acabaria em junho, mas os escritores alegaram não ter mais enredo para contar caso fosse estendida ainda mais. E a razão desse fenômeno pode ser explicada facilmente através dos capítulos exibidos.

Rosane e Paulo emplacam o terceiro sucesso seguido ---- antes eles já tinham conquistado o público com duas elogiadas temporadas de "Malhação": a "Intensa", de 2012, e a "Sonhos", de 2014 (ambas conduzidas pela mesma equipe da atual novela, incluindo o diretor Luiz Henrique Rios) ---- e o enredo reúne todos os clichês folhetinescos possíveis, além de contar com um toque de conto de fadas que faz toda a diferença.

"Totalmente Demais" é uma novela despretensiosa e os escritores sabem conduzir a história com competência, não perdendo o ritmo em nenhum momento, graças ao esquema de rodízio que fazem, onde um núcleo se destaca por vez, enquanto os outros assumem posições de 'espera' até ganharem espaço. Dessa forma, todos os atores são valorizados e o enredo não se esgota ---- por exemplo, a alternância de vilões, com a saída de Dino (Paulo Rocha) e a entrada Sofia (Priscila Steinman) e Jacaré (Sérgio Malheiros). Vale citar ainda o acerto dos pares românticos, fundamentais em qualquer bom folhetim. Entre os principais estão Jonatas (Felipe Simas) e Eliza (Marina Ruy Barbosa), Germano (Humberto Martins) e Lili (Vivianne Pasmanter), Carolina (Juliana Paes) e Arthur (Fábio Assunção) e agora Cassandra (Juliana Paiva) e Fabinho (Daniel Blanco) ---- além de Arthur e Eliza, o que implica em divisões de torcidas fervorosas e apaixonadas nas redes sociais.

"Êta Mundo Bom!" e "Totalmente Demais" são novelas que unem qualidade, envolvente história, bom elenco, interessantes personagens, atrativos casais e impressionante audiência. As duas produções merecem o imenso sucesso que fazem e são os principais motivos para a Globo comemorar em 2016. Walcyr Carrasco, Rosane Svartman e Paulo Halm estão presenteando o público exatamente com o que ele quer e estão sendo recompensados por isso. Os autores criaram dois folhetins que reúnem um grande conjunto de acertos.

42 comentários:

Maurício disse...

Assino embaixo. Duas novelas que não tem vergonha de serem novelas e abusarem dos clichês.Estou adorando ambas.

Johnny disse...

Falou tudo!

Johnny disse...

Falou tudo!

Wesley disse...

Já preferi a das seis, já preferi a das sete, já gostei das duas igualmente e agora estou preferindo a das seis de novo porque os autores demoraram demais pra juntar Eliza e Jonatas, priorizando a chatice dela com Arthur que cansou.

Fabiana disse...

Dois sucesso merecidos mesmo. Eu vejo as duas sempre e amo. A Velho Chico é mt chata e estou perdendo o encanto por Liberdade Liberdade...

Bethania disse...

A novela das seis é uma delícia e a das sete foi uma boa surpresa.Os autores tem uma trajetória de sucesso e merecem.Seu texto faz um bom apanhado das duas novelas.Adorei esse blog.Virei mais vezes!

Anônimo disse...

Quem acompanha as tramas do Walcyr Carrasco, sabe que ele tem uma obsessão por casamentos desfeitos no altar. Mas tamanha repetição numa novela só já é exagero.
Eta Mundo Bom apresentou o terceiro casamento da novela. No mês passado, houve o casamento frustrado de Mafalda e Romeu, que não se concretizou porque o vestido dela se desfez na hora. Só não houve guerra de comida naquela ocasião. O casamento de Sandra com Ernesto foi cancelado no altar, quando Pancrácio denunciou que o noivo estava enganando a todos se fazendo passar por Candinho. Na continuação, houve a tradicional guerra de bolo entre Sandra e Celso. E, como nas duas situações anteriores, o enlace não se concretizou.Momentos antes do "sim" de Eponina, uma mulher entrou na igreja e informou a todos que Inácio é casado com ela. Depois, na fazenda, diante de toda a comida que havia sido preparada para a festa, uma confusão boba deu início a uma guerra de comida.

Felisberto N. Junior disse...

Olá, Sérgio...como sempre análise perfeita... no meio desse mar agitado da vida , o ser humano tem que sentir leveza em algo, se não afunda... por isso, creio, priorizar situações tipicamente folhetinescas , o menos é mais, e muitas vezes tendo a leveza como ponto principal foram ,realmente,grandes acertos, refletidos na qualidade e audiência das duas novelas e claro,também, pela competência, já demonstrada anteriormente, dos autores Walcyr,Rosane e Paulo...Belos dias,abraços!

Bell disse...

Acompanho pouco mas a que mais gosto é Êta Mundo bom.

Um ótimo dia pra você=)

Yasmin disse...

Ótima crítica. Duas novelas que não tentam inventar a roda mas sabem fazer o arroz com feijão bem feito. Estão tendo essa audiência impressionante porque, como você exemplifica no texto, apresentam um conjunto de acertos, incluindo elenco bom, ótimos personagens, casais com química e história gostosa.

Lulu on the sky disse...

Sem dúvida são ótimas. Em compensação Velho Chico está um porre.
big beijos

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Prefiro Totalmente Demais,Sérgio, mas respeito sua opinião.

Pâmela disse...

Concordo plenamente Sérgio, texto perfeito. Tenho gostado MUITO do Arthur Aguiar na novela das 18hrs , confesso que dele tava realmente tava esperando um trabalho impecável já visto em MSonhos, Dona Xepa e Rebelde, acontece que ele conseguiu me surpreender e foi AINDA MELHOR do que eu esperava. Do fenômeno da sete destaco o texto EXCELENTE e seria injustiça eu citar um ator ou outro porque todos estão PERFEITOS.

PS: acho que você vai gostar : http://portalovertube.com/2016/04/25/priscila-steinman-a-sofia-de-totalmente-demais-une-se-ao-elenco-da-serie-justica/

Giovany Gdss disse...

Novelas que sempre me cativaram, texto muito bom, só faltou uma menção para a Camila Queiroz que faz uma belíssima e inocente Mafalda em eta mundo bom. Admiro muito essa troca de vilões em totalmente demais, Priscila Steinman me surpreendeu muito com a Sofia dela, que por sinal está perfeita.
Como disse no texto provavelmente vai demorar pra uma novela desses horários conseguir um sucesso tão grande assim!

Anônimo disse...

Tanto Eta Mundo Bom como Totalmente Demais são tramas deliciosas e que vem surpreendendo em vários sentidos como na História,direção e elenco.
Tirando o elenco principal,o que acha da atuação de Marianna Armelini,Arthur Aguiar e Giovana Grígio na novela?Diante do texto teatral,você acha que eles conseguem driblar?
E Priscila Steinmann,está ótima em Totalmente Demais não acha?

Anita disse...

Antes as pessoas queriam uma nova "Avenida Brasil". Agora querem uma nova "Verdades Secretas". E depois? Vão querer uma nova "Êta Mundo Bom!" e uma nova "Totalmente Demais"? Bem que elas podiam ler "Não se apega, não" (que é ótimo, por sinal) e aprender a desapegar (mesmo que seja de uma novela).

Rafaella disse...

Onde eu assino, caro Sérgio?

Joana Limaverde disse...

E o capítulo do sequestro da Eliza, Sérgio? Um show de adrenalina e cenas incríveis em Totalmente Demais. A novela está imperdível.Estou amando muito.A das seis também é agradável, embora goste menos.

Rosane Svartman disse...

Oi Sérgio, como sempre, é um prazer ler e refletir sobre as suas consideraçōes. Penso que na dramaturgia as histórias de amor, conflito, drama, se repetem, o desafio é como contá-las buscando, mais do que a diferença, a emoção e conexão com o público. PP gosta de dizer, brincando, claro, que não cita ninguém com menos de 200 anos. E vamos em frente!

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

São as minhas novelas favoritas. Ambas agradam e envolvem, embora 'Totalmente Demais' tenha mais movimento e emoção. Cheguei a ficar em conflito quanto ao casal que deveria terminar junto, no que pertine a Arthur/Elisa ou Jonatas/Elisa. Contudo, pelo que vi dos últimos capítulos, Jonatas está merecendo ficar com a Elisa. Além do mais, parece haver maior emoção/química no relacionamento dos dois.
Andou bem os autores de Totalmente Demais em não aceitar esticar ainda mais a novela, pois isto poderia comprometer a qualidade da trama em sua parte final.

Ótimas considerações.

Obrigada pelo carinho! Quando recebo atenção especial, como a sua, sempre dou um jeitinho de corresponder, embora entrando em publicações anteriores para não ser vista circulando por aí (pelo menos por ora).

Ótimo final de semana.

Abraço.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Maurício!

Sérgio Santos disse...

Valeu, Johny!

Sérgio Santos disse...

Entendo, Wesley. =)

Sérgio Santos disse...

Sucessos merecidos, Fabiana. E Velho Chico tá um saco mesmo, mas ainda gosto de Liberdade Liberdade.

Sérgio Santos disse...

Fico feliz, Bethania. E venha mais vezes mesmo! Seja bem vinda!

Sérgio Santos disse...

Ele gosta de casamentos desfeitos mesmo, anonimo. Mas guerra de comida é caracteristica dele na faixa das seis e sete. Em Amor à Vida, Gabriela e Verdades Secretas não teve.

Sérgio Santos disse...

Ótimo comentário, Felis. E obrigado. abçs

Sérgio Santos disse...

Ótimo dia pra vc tb, Bell. bj

Sérgio Santos disse...

É exatamente isso, Yasmin. bjs

Sérgio Santos disse...

Pois é, Lulu... bjs

Sérgio Santos disse...

Tb respeito a sua, Elvira. bjs

Sérgio Santos disse...

O Arthur tá mt bem msm como Osório, Pamela. E eu já tinha lido essa notícia da Priscila. Mt bacana. bjs

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Giovany. Fiz um texto só pra Camila tem umas 4 semanas, acho. Nesse não deu pra falar de todo mundo que merecia pq foi um apanhado geral das duas tramas. E o sucesso duplo é mt merecido msm. abçs

Sérgio Santos disse...

Anonimo, acho o Arthur e a Mariana ótimos e a Giovana correta. E -Priscila se saiu mt bem mesmo.

Sérgio Santos disse...

Não entendi seu comentário, Anita.

Sérgio Santos disse...

Embaixo do texto, Rafaella. rs bjssss

Sérgio Santos disse...

Cenas impactantes, Joana. Fiz um texto sobre isso, inclusive. bjs

Sérgio Santos disse...

Rosane, que prazer te ver aqui novamente. Parabéns por mais esse imenso sucesso de vcs. É merecido. E é verdade, contar algo novo depois de tanta novela é quase impossível. Mas clichês bem feitos sempre funcionam, como é o caso agora. Obrigado pelo carinho de sempre. E o Paulo também! Bjsss

Sérgio Santos disse...

Oi Vera. Fico feliz que esteja bem. E eu sou claramente Joliza. Acho o casal lindo e repleto de química. E foge do clichê pq o príncipe é justamente um aparente sapo. bjs

Sérgio Santos disse...

Ah, Vera, eu já acho que poderiam ter esticado só em mais uma semaninha. rs bjss

Ed Taborda Assunção disse...

São as novelas mais agradáveis de se acompanhar mesmo. Acho Eta Mundo Bom uma novela despretenciosa e agradável de assistir, assim como Totalmente Demais. Velho Chico é um saco e Liberdade Liberdade só me agradou no início, nem vejo mais.
Abraços

Sérgio Santos disse...

São novelas mt gostosas, Ed. Abração!