quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Giovanna Antonelli e Vanessa Giácomo brilham na reta final de "A Regra do Jogo"

A reta final de "A Regra do Jogo" está bem movimentada e tudo graças ao bom andamento da trama central, que deslanchou de vez. Apesar dos absurdos do enredo ---- como o surto de Romero (Alexandre Nero), que resolve sequestrar Tóia para provar que mudou (?) ----, a principal trama da novela tem prendido a atenção do público. Após o destaque de Débora Evelyn (que brilhou com a volta de Kiki ao casarão da família), Vanessa Giácomo e Giovanna Antonelli vêm sendo cada vez mais exigidas em virtude do rapto da filha de Djanira (Cássia Kiss), que proporcionou interessantes desdobramentos.


O embate entre mocinha e vilã ficou explícito quando a parceira de Romero achou o cativeiro onde ele mantinha a mãe do seu filho presa. Atena até conseguiu evitar a fuga da inimiga, mesmo quando Tóia ameaçou enfiar uma faca no seu algoz ---- debilitado por causa da esclerose múltipla. As atrizes se destacaram e fizeram uma ótima dobradinha. Já toda a sequência que expôs a 'união' das rivais teve o terror psicológico como grande protagonista, uma vez que Atena se aproveitou do estado de desespero de Tóia para manipulá-la.

E os momentos de puro desespero da refém foram angustiantes, fazendo jus a bons filmes de suspense. Percebendo o estado de Tóia, Atena conseguiu convencê-la a matar Romero, relembrando tudo o que ele fez com a inimiga. As cenas exigiram uma completa entrega das atrizes e ambas mostraram o quão são competentes.
A vilã usou todo o pânico da mocinha a seu favor e não teve pena de torturá-la emocionalmente, ainda que tenha tentado passar uma imagem de 'salvadora' e 'justiceira'.

Completamente desnorteada e buscando se livrar daquele aprisionamento, Tóia aceita todas as condições e dopa o ex-marido, chamando Atena logo em seguida. A picareta joga gasolina na casa e praticamente obriga Tóia a riscar o fósforo. Após muito hesitar, a esposa de Juliano acaba tacando fogo no local e foge com a rival. As sequências ficaram muito boas e o nível de entrega das intérpretes impressionou.

Vanessa Giácomo, que teve uma guinada na novela com a transformação da sua personagem (antes burra demais), está impecável e com uma atuação visceral. Ela conseguiu passar uma verdade tão grande que o estado de choque de Tóia parecia real. A mocinha ficou aterrorizada com a frieza de Atena e piorou ainda mais quando ouviu Romero gritar por socorro em meio ao fogo. Estava claramente tendo um pesadelo acordada. Todos os elogios são insuficientes para a atriz.

E Giovanna Antonelli não fica atrás. Atena, que funcionou mais como alívio cômico da trama central ao longo da novela (embora seja uma 171 nata), mostrou um lado cruel ainda não visto. Ela se aproveitou da fragilidade emocional de Tóia para usá-la a seu favor e obteve êxito. A intérprete fez uma grande dobradinha com Vanessa e as duas têm tido várias cenas extremamente complicadas. Aliás, depois de toda a situação traumática envolvendo a 'morte' de Romero, a vilã começou a chantagear a 'cúmplice', exigindo parte da herança milionária que ela tem.

Essa nova virada também foi benéfica para as atrizes, uma vez que as personagens deixaram a condição momentânea de aliadas e voltaram para o posto de inimigas declaradas. A chantagem, inclusive, deixa ainda mais evidente a armação de Romero e Atena. O ex-vereador e sua parceira estão juntos em mais um golpe e não deixa de ser uma repetição envolvendo Alexandre Nero. Afinal, ele interpretou o comendador José Alfredo, em "Império", que também forjou sua própria morte. A própria situação também faz lembrar a reta final da série "Revenge", quando Victoria Grayson tramou seu assassinato, incriminando Emily Thorne. Agora, no caso, a incriminada é Tóia.

O núcleo central de "A Regra do Jogo" tem apresentado bons desdobramentos nas últimas semanas e Vanessa Giácomo e Giovanna Antonelli têm brilhado muito na reta final da novela de João Emanuel Carneiro. As cenas mais recentes das atrizes comprovaram o acerto da escalação do autor, ainda que o desenvolvimento das personagens tenha deixado muito a desejar. Tóia e Atena ---- após alguns altos e baixos ---- passaram a ser o principal foco da trama, valorizando o talento das intérpretes, que estão correspondendo plenamente.

28 comentários:

Anônimo disse...

Ótimo texto.

Samara disse...

Elas estão fabulosas, mas a trama que o autor inventou perdeu totalmente o sentido. Isso aí do sequestro da Tóia foi ridículo e sem o menor propósito. Também vi aí uma "inspiração" em Revenge. O autor ama a série, não é? Lembra de Avenida Brasil?

Anônimo disse...

VOCÊ É MARAVILHOSO!!!!!!!!!

Lisandra disse...

São grandes atrizes e estão impressionando nas últimas cenas.Mas pena que como você escreveu há absurdos mesmo no enredo difíceis de engolir.

Heródoto disse...

Concordo com a postagem porque as duas atrizes são muito talentosas e estão mesmo dando um show nessas últimas cenas bem difíceis. Mas é uma pena que essa novela tenha se perdido na trama central que prometia muito. Os paralelos são bem fracos, mas a central poderia ter sido muito melhor do que foi e há muitas incoerências. Só que ainda assim acho que será melhor que a próxima de fazenda do Benedito.

✿ chica disse...

Elas estão muito bem mesmo, a Giovanna então, dá banho de interpretação! abração,chica

Cc disse...

ESSA NOVELA É CHATISSIMAAAAAA!!!!!!!

Rita Sperchi disse...

Serginho querido que bonito
texto da pra gente entender bem o que
se passa nessa novela, apesar de não ser
uma das minhas preferidas,espero que tudo
acabe bem pq as atrizes dão um baile talento
ESTOU NO AGUARDO DA PRÓXIMA NOVELA


Bom final de semana
Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Roberto Santos disse...

A cena só não foi mais marcante porque o público não conseguiu identificação com a Tóia. Acredito que se ela tivesse descoberto a verdade sobre Romero a mais tempo e houvesse maior oportunidade para desenvolver sua mudança de personalidade, sem ser na reta final da novela, o sucesso teria sido maior.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Concordo plenamente com seu ótimo comentário, Sérgio.

Ed Taborda Assunção disse...

Oi Sérgio, faz tempo que não comento aqui. Confesso que acho essa novela cansativa e extremamente repetitiva, além das duas personagens serem insuportáveis, mas o talento de ambas é incontestável.
Abraços

MARILENE disse...

Sérgio, duas grandes atrizes, embora não tenham correspondido às expectativas em outras partes da novela. Agora, na reta final, como bem assinalou, estão dando um show de interpretação. Concordo, plenamente, com sua avaliação. Bjs.

Vera Lúcia disse...


Oi Sérgio,

Concordo com suas considerações. Perfeitas!
Como já disse aqui, não esperava muito de Vanessa Giácomo, haja vista seu desempenho no início da novela, talvez ocasionado pelo próprio papel que estava representando. Todavia, ela cresceu demais nos últimos capítulos e ela e Giovanna Antonelli foram excepcionais na sequência das cenas no cativeiro de Tóia.

Abraço.

Gleice Sousa disse...

Realmente essa cena foi chocante, muito bem feita. Só achei um pouco sem sentido essa história de sequestro...

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Verdade, Samara.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Pois é, Lisandra.

Sérgio Santos disse...

Bom comentário, Heródoto!

Sérgio Santos disse...

Bjs, Chica!

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Rita!

Sérgio Santos disse...

Exato, Roberto.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Elvira.

Sérgio Santos disse...

Entendo perfeitamente, Ed.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Marilene!

Sérgio Santos disse...

Fico feliz, Vera. =) bjão

Sérgio Santos disse...

Foi sem sentido mesmo, Gleice.