terça-feira, 27 de maio de 2014

O talento de Vanessa Gerbelli

Ela tem 40 anos, mas aparenta ter 30. É discreta na sua vida pessoal e bastante tímida. Uma atriz que se dedica aos seus personagens, mas que também sabe pintar belos quadros e ainda canta. Esta é Vanessa Gerbelli, que se destacou logo na sua primeira cena de "Em Família e vem brilhando na pele da obcecada Juliana, personagem criada especialmente para ela por Manoel Carlos.


Sua estreia na teledramaturgia foi na Globo, no ano de 2000, quando ganhou a caipira Lindinha, do sucesso "O Cravo e a Rosa", de Walcyr Carrasco. A invejosa personagem começou sem muita importância e foi crescendo a cada capítulo, mostrando que sua intérprete tinha vindo para ficar. Apesar de ter sido uma vilã, ganhou a simpatia do público e terminou a trama regenerada, ao lado de Januário (Taumaturgo Ferreira).

Após esta sua bem-sucedida estreia, participou de "Desejos de Mulher" em 2002 e em 2003 ganhou de Manoel Carlos a sua melhor personagem da carreira até agora: a Fernanda, de "Mulheres Apaixonadas". Até hoje os telespectadores se lembram da trágica morte da mãe de Salete (Bruna Marquezine),
vítima de bala perdida. A cena foi uma das mais fortes da última novela de sucesso de Maneco e entrou para a história da teledramaturgia. Nesta obra, a atriz comprovou seu talento e angariou uma sucessão de merecidos elogios. Sua parceria com Bruna, Tony Ramos (o saxofonista Téo) e Manoelita Lustosa (Inês, a maldosa avó que causava medo na neta) foi maravilhosa e deixou saudades.

Na Globo, depois deste grande sucesso, Vanessa ainda fez algumas participações em "Kubanacan" (2003), "Da Cor do Pecado" (2004) e "Cabocla" (2004), até ir para a Record em 2005, quando entrou em "Prova de Amor", grande sucesso da emissora. A atriz ficou lá até 2011 e participou de várias novelas e séries, entre elas "Amor e Intrigas" (2007), "A Lei e o Crime" (2009) e "Vidas em Jogo" (2011). Segundo ela, após o fim do contrato, sua opção foi pela não renovação, pois tinha como objetivo se dedicar às suas pinturas e ao filho. Já em 2013, aceitou o convite de Maneco para integrar sua última novela e retornou à Rede Globo.

Agora, Vanessa Gerbelli tem se destacado interpretando uma personagem difícil, cujo único objetivo da vida era ficar com a filha da empregada que faleceu em um acidente. Juliana apresenta claros sinais de desequilíbrio mental e foi capaz até de se casar com um sujeito (Jairo - Marcelo Mello Jr.) que mal conhecia só porque ele era o pai da menina que ela tanto queria adotar. O papel não desperta a torcida do público e irrita bastante com seus ataques de obsessão, mas a atriz está impecável. Suas cenas costumam ser sempre bem pesadas e ela convence em todas.

Mesmo Manoel Carlos tendo se equivocado na condução deste núcleo (além de todos os outros da novela, que também se perderam), o desempenho da atriz não foi afetado. Vanessa Gerbelli continua impecável no papel e, agora, com a volta da abordagem em cima da adoção da filha da empregada ---- através do retorno da avó, que exige acompanhar a educação da criança ----, ela passou a ter destaque na trama novamente.

A intérprete da controversa tia de Helena (Júlia Lemmertz) é uma ótima atriz e, após tantos bons trabalhos, mais uma vez mostra sua competência. Uma profissional do nível dela não pode ficar muito tempo afastada da televisão. Resta torcer para que depois de "Em Família", Vanessa Gerbelli ganhe novas oportunidades e seja valorizada como merece. Talento ela tem e de sobra.

35 comentários:

Andrea disse...

Ela é realmente muito talentosa e merece mais oportunidades na tv após o fim de Em Família. Mesmo obsessiva, Juliana é uma das poucas personagens interessantes desta novela.

✿ chica disse...

Gosto do trabalho dela, mesmo que o papel seja meio chatinho...abraços,chica

Anônimo disse...

Pena ela ter ido por esse período de tempo para a Record. Não que isso tenha prejudicado sua carreira, ela é uma ótima atriz, mas é que as novelas dessa emissora podem até ser boas, mas são muito apagadas e não tem muita repercurssão.

Se ela continuasse na Globo estaria bem mais conhecida, teria seu talento mais acentuado, e poderia ter pegado muitos papéis em novelas boas que aconteceram.

Tomara que ela continue atuando e brilhando.

Até, TITO.

MARILENE disse...

Sergio, ela está ótima. Até me havia esquecido que ela participou de "O Cravo e a Rosa". Lamento que seu papel seja meio chato. Espero que o autor faça mudanças. Bjs.

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Não sabia que ela pintava e cantava.
Lembro-me da atuação dela em "O Cravo e a Rosa". Ela realmente tem brilhado como Juliana. Apesar da história dela na trama despertar irritação não há que se negar que seu desempenho está impecável. Gosto do trabalho dela.

Beijo.

OX disse...

Sobre a atuação dela nessa novela pouco posso falar porque não consigo assistir nem por 10 minutos de tão cansativa que é, mas em Mulheres Apaixonadas eu lembro dela e realmente teve um desempenho merecedor de elogios. Não me lembrava em O cravo e a rosa, mas ao ler seu texto me recordei dela com o Taumaturgo. É uma ótima atriz de fato. Abraços.

Andressa Mattos M. disse...

Ela é muito talentosa embora não ache carismática. A Fernanda foi uma personagem emblemática e a caracterização dela pra viver a Lindinha impressionou. Ela ficava sem maquiagem nenhuma e usava uns trapos. Parecia um bicho. Como Juliana ela convence mas não pode fazer milagres com uma personagem tão chata quanto essa. Beijo.

Anônimo disse...

Sergio, você asssite pecado mortal? Irá fazer a critica final? O que achou da novela?

Anônimo disse...

"assiste"

Paty Michele disse...

Sérgio,
a novela apresenta vários personagens pouco carismáticos e núcleos nada sedutores. Vanessa está interpretando mais uma das tantas chatas dessa trama.
Eu não curto mto o trabalho dela, desde O cravo e a rosa. Gostei de uma vilã que ela fez na Record, que sequestrava crianças e maltratava mto!

Vamos em frente pra ver o que a novela nos reserva.

Um abraço.

Melina disse...

Sérgio, não acho Vanessa uma grande atriz. Também não acho ruim, mas não acho lá essas coisas. Gostei da Fernanda e dela em O Cravo e a Rosa, mas não achei nada de maravilhoso. Agora com essa personagem ruim nem dá pra avaliar direito o trabalho dela. Ela era psicótica mas depois passou a não ser, é muita confusão pra um perfil só... Um beijo.

Anônimo disse...

Atriz boa numa novela ruim!

A Viajante disse...

Uma talentosa. Mereceu esse post. Desde o Cravo e a Rosa que observei nela uma espécie de talento raro de comédia e agora de drama... ela consegue envolver. Beijo, querido.

Cc disse...

NA RECORD ELA SE DESTACOU MUITO MAIS, APENAS ACHO.

Fabrício disse...

Gosto dela e sua participação em Mulheres Apaixonadas foi inesquecível. Mas esperava bem mais dessa personagem. Prometia tanto, mas no fundo acabou se perdendo. Virou uma chata que nem os outros personagens que transbordam chatisse.

Anônimo disse...

Lembro dela no filme As mães de Chico Xavier. Vanessa é muito talentosa e o filme era ótimo.

Filha do Rei disse...

Vanessa é uma atriz que sabe o que faz.Vendo-a contracenar dá para ver claramente que ela é dedicada, dá alma a personagem.
Tenha lindos dias.
Bjs

Sérgio Santos disse...

Merece mesmo, Andrea. Mas nem acho mais a Juliana interessante. Foi outra trama que não foi bem conduzida.

Sérgio Santos disse...

Chatão, Chica. bjs

Sérgio Santos disse...

Tito, realmente as novelas da Record não têm nem um terço da repercussão das da Globo. E Vanessa é mt talentosa. abçsss

Sérgio Santos disse...

Marilene, ela se destacou em O cravo e a Rosa, sua estreia. Lindinha era uma ótima personagem. Olha, sobre a atual novela, não vejo mais solução. bjs

Sérgio Santos disse...

Vera, ela chegou a se apresentar com uma banda no Faustão anos atrás e tb pinta quadros. E é uma ótima atriz. Beijos.

Sérgio Santos disse...

OX, em Mulheres Apaixonadas ela deu um show. Houve até campanha na época pra Fernanda não morrer. Foi mt bacana. abçs

Sérgio Santos disse...

Andressa, a Lindinha parecia um bicho do mato mesmo. E ela ficava sem maquiagem alguma. Se destacou na novela. Agora tb mostra talento, embora a novela não ajude. bjs

Sérgio Santos disse...

Anônimo, eu vi os primeiros capítulos, mas não acompanhei a novela. Vi alguns trechos ao longo desses meses e uns poucos capítulos. Mas tenho acompanhado a reta final. E, sim, vou escrever.

Sérgio Santos disse...

Paty, essa sequestradora ela fez em Vidas em Jogo na Record se não me engano. Eu gosto mt dela, mas respeito sua opinião .bjs

Sérgio Santos disse...

Melina, respeito sua opinião, mas eu acho Vanessa mt talentosa. Bjão.

Sérgio Santos disse...

Verdade, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Ju. bjssss

Sérgio Santos disse...

Vc é fã mesmo da Record, Cc.

Sérgio Santos disse...

Eu tb esperava bem mais da Juliana, Fabrício. Cheguei a achar, inclusive, que ela roubaria a cena na novela.

Sérgio Santos disse...

Eu tb lembro, anônimo. O filme foi ótimo e achei bem melhor que o filme Chico Xavier. Ela esteve ótima mesmo e emocionou.

Sérgio Santos disse...

Cléu, obrigado pelo comentário. bjs

Iara disse...

Ao meu ver ela deveria ser a Helena, tem idade e perfil.
Assim a xica ficaria mais verossimel.

Sérgio Santos disse...

Iara, tb acho que ela seria uma ótima Helena, embora esteja adorando o trabalho da grande Júlia Lemmertz. Mas é verdade, em relação ao problema das idades, ficaria bem mais verossímil.