quinta-feira, 9 de agosto de 2018

"Canta Comigo" foi uma boa aquisição da Record

Com o claro intuito de fazer uma frente ao já longevo "The Voice Brasil", na Globo, a Record comprou os direitos de "All Together Now", formato britânico pouco conhecido no Brasil que envolve uma ambiciosa estrutura. O programa estreou na penúltima quarta-feira de julho (18/07), às 23h, e provocou a melhor das impressões.


Apresentado por Gugu Liberato, o reality musical sai da mesmice ao ter 100 jurados no time e todos posicionados em um enorme painel. O candidato ou candidata precisa se apresentar diante deles e conseguir levantar o maior número de julgadores. Quanto mais pessoas, mais pontos o cantor (a) faz. Dez competidores se apresentam em cada um dos seis primeiros programas. Quem consegue a maior pontuação do dia já se classifica para a semifinal. E o participante que atinge a difícil missão dos cem pontos, ou seja, cem jurados levantados, vai direto para a final.

O esquema da soma de pontos, aliás, é bem parecido com o do extinto "SuperStar", exibido na Globo entre 2014 e 2016, que era baseado no formato israelense "Rising Star". A diferença é que agora não é um telão eletrônico que sobe quando se atinge determinada pontuação com a votação popular.
E a dificuldade da Record em escalar 100 especialistas ficou visível, como já era de se imaginar. O resultado foi uma mescla de cantores que caíram no ostracismo, outros nomes mais conhecidos, técnicos vocais anônimos e até sósias de intérpretes como Elvis Presley, Lady Gaga e Ozzy Osbourne. Até ex-participante de "A Fazenda" foi selecionado.

Claro, o juri acabou se tornando um conjunto um tanto quanto grotesco. Mas essa questão não afetou a atração, que realmente tem um formato muito interessante. Felipe Dylon, Andreia Sorvetão, Conrado, MC Créu, Vida Vlatt, Penélope Nova, Pepê e Neném, Salgadinho, Thaíde e Sula Miranda são alguns dos poucos nomes mais "conhecidos". A única certeza é que a jurada mais talentosa é Deise Cipriano, uma das vocalistas do inesquecível Fat Family. Sua potente e afinada voz é uma marca de respeito. Todavia, como são muitos julgadores, é impossível destacar alguém e as poucas intervenções de Gugu duram um tempo bem curto. O protagonista é de fato o participante.

Inclusive, vale destacar o pouco aproveitamento do apresentador. Gugu finalmente abandonou de vez o sensacionalismo de seu antigo programa e ganhou um promissor formato para comandar. Merece mais importância e menos falas 'decoradas'. Uma interação maior com os candidatos se faz necessária. No entanto, a atração desperta o interesse de quem assiste e vários cantores já se destacaram ---- uma já foi para a final logo na estreia, após ter alcançado os cobiçados 100 pontos.

"Canta Comigo" é uma boa aquisição da Record e a emissora foi inteligente ao colocá-la em todas as quartas-feiras, funcionando como uma ótima opção para quem não gosta de assistir ao futebol na Globo. O formato foge da mesmice e tem um futuro promissor.

12 comentários:

Denner disse...

Vi uma vez só e não gostei. Ser julgado por Felipe Dylon é demais pra mim.

Anônimo disse...

Eu gostei e acho que o Gugu nem deveria apresentar mais aquele Power Couple.-

Anônimo disse...

Penélope Nova escrito duas vezes. Rsrsrs. Não assisti esse programa. Mas o texto ficou muito bom. Parabéns.

Felipe de Almeida disse...

O programa é bom. A maioria dos jurados não são bons no ofício,outros foram e hoje não é mais. A pepê e a Neném eram ótimas cantoras no início da carreira.

Germana Araújo disse...

Olá Sérgio!!
Concordo plenamente com o texto. Pelo pouco que vi do programa, deu pra perceber que é até um formato agradável (embora eu não tenha muita paciência para realities musicais).
A escolha dos jurados ficou mesmo bizarra, tanto pela quantidade quanto por ser na Record, que é mais limitada nesse quesito. Mas, ainda assim, ficou interessante porque eles não têm muito destaque e acabam não fazendo diferença individualmente. E é bom ver o Gugu saindo daquele formato sensacionalista que ele já tinha se acostumado a fazer na Record...
No mais, é isso. Abraços!!

Anônimo disse...

Imagina ser julgado por Michel Bocó, Mayara e Marisa sei lá das quantas...

Sérgio Santos disse...

Entendo, Denner.

Sérgio Santos disse...

Tb gostei, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Corrigi, anonimo. Obrigado.

Sérgio Santos disse...

Verdade, Felipe.

Sérgio Santos disse...

Adorei seu comentário, Germana. Bjssss

Prestigiando seu Dia disse...

Perdi o programa, fiquei curiosa pra conhecer o novo formato, imaginoque deve ter melhorado bastante, estava muito sem graça ultimamente!
Bom dia Sérgio!

Abração!