sexta-feira, 30 de novembro de 2012

"Aventuras do Didi" e "Casseta & Planeta Vai Fundo" serão cancelados e não deixarão saudades

Ontem (29/11), já havia sido divulgado por vários sites que os programas "Aventuras do Didi" e  "Casseta & Planeta Vai Fundo" seriam cancelados. Hoje, a Rede Globo emitiu uma nota confirmando o fim das respectivas atrações. A turma dos cassetas se despedirá da telinha em dezembro, com um especial de fim de ano, e Renato Aragão ainda terá sua atração até 3 de fevereiro de 2013, dia que será exibido o último programa.


"Aventuras do Didi" está no ar desde 1998, quando ainda era chamado de "A Turma do Didi", e o programa era exclusivamente voltado para o público infantil, ao contrário de "Os Trapalhões" que divertia qualquer um e de qualquer faixa etária. A atração nunca foi interessante e Renato Aragão insistia em piadas bobas e sem a menor graça. No entanto, ainda agradava as crianças. No últimos anos, houve a alteração no nome --- para parecer que tinha havido uma renovação, o que não ocorreu --- e Dedé voltou a integrar o time. A audiência não aumentou, pelo contrário, foi caindo até chegar ao ponto de perder para o "Domingo Legal", do SBT, em várias ocasiões. Esse ano, os índices ficaram muito além do desejado e foi um alívio a estreia do "The Voice Brasil", que acabou retirando (temporariamente) o Didi do ar.

Já o "Casseta & Planeta" estreou em 1992 e fez muito sucesso ao longo dos anos, mas há tempos que seu humor foi ficando repetitivo. O surgimento do "Pânico" e do "CQC" só ajudou a mostrar o quanto que o time global estava se perdendo. Embora muitos digam que a causa da decadência do programa tenha sido a morte do ótimo Bussunda, a verdade é que mesmo quando o grande humorista ainda estava presente, as piadas já tinham
perdido metade da graça. E, finalmente, em dezembro de 2010, resolveram acabar com a atração. Só que os humoristas insistiram que era apenas uma pausa e que o "Casseta" voltaria renovado em breve. Pois realmente eles voltaram em 2012 --- trocando o "Urgente" do título pelo "Vai Fundo" ---, cometendo um grave erro.

Ao contrário do que todos os integrantes falaram, não houve renovação alguma. As piadas de duplo sentido continuaram, as esquetes bobas também, assim como as entrevistas nas ruas que nada acrescentavam. E justamente o único quadro que ainda despertava o interesse do telespectador foi abolido: as paródias das novelas --- nessa segunda temporada voltaram com o quadro, mas já era tarde, uma vez que o "Pânico na Band" se antecipou, mostrando imitações bem superiores. A única novidade apresentada foi a escalação de três novos integrantes: Miá Mello, a ex-BBB Maria e Gustavo Mendes. As duas só pioraram o que já estava ruim e o humorista, apesar de excelente,  não consegue deixar a atração interessante somente com sua hilária imitação de Dilma.

Mesmo após uma avalanche de críticas nesse retorno e sem ter apresentado quase nada de novo, os cassetas continuaram insistindo no erro e após o encerramento da primeira temporada, cedendo lugar para o remake de "Gabriela", resolveram voltar com uma segunda, assim que terminou a obra de Walcyr Carrasco. Resultado: o programa teve a pior audiência das estreias nesse segundo semestre da Globo.

A decisão radical da emissora ao optar pelo término desses dois programas, que estavam dando mais problemas do que alegrias, foi um acerto. "Aventuras do Didi" e "Casseta & Planeta Vai Fundo" não podem ser considerados atrações de humor, simplesmente porque a graça foi embora há tempos. A imensa maioria dos telespectadores não irá lamentar o fim dessas atrações e esse cancelamento será um verdadeiro alívio.

A Globo se viu sem saída e finalmente encerrou definitivamente duas produções que se desgastaram com o tempo, não conseguiam uma boa audiência e que enfrentavam a rejeição do público. Renato Aragão e a turma do casseta precisam se renovar e esse tempo que ficarão na 'geladeira' talvez sirva para que novas medidas sejam tomadas. "Aventuras do Didi" e "Casseta & Planeta Vai Fundo" se despedirão da telinha sem deixar saudades. No lugar de um comovido 'até breve', grande parte dos telespectadores gritará um esfuziante 'já vão tarde'!

54 comentários:

Thallys Bruno Almeida disse...

Perfeito artigo, Sérgio. Enfim essas duas coisas tão saindo do ar. O Casseta mesmo em 2004/5/6, antes da morte do Bussunda, já começava a perder a graça, isso se agravou nos outros anos e o "novo" programa só ficou pior. Quanto ao Didi, ele parece ter sentido o peso do fim de Os Trapalhões, especialmente com as mortes do Zacarias (1990) e do Mussum (1994). Enfim, não farão falta. Abç!

Sérgio Santos disse...

Oi Thallys, obrigado pelo comentário! Não farão falta mesmo! Sim, o Casseta já demonstrava desgaste mesmo com a presença do saudoso Bussunda e após a morte dele ficou ainda pior. Não deveria ter voltado.

Já o Didi, passou da hora do programa dele acabar. Era um erro grande da Globo. Só lamento pelo Dedé que voltará a ficar desempregado. Pena. Abração!

paulo disse...

GRAÇAS A DEUS! E pensar que o didi ERA o mais engraçado dos trapalhões, mas desde a morte do zaca em 1990 ele ficou sem graça e foi só piorando. O Casseta é o mesmo processo, lembrando que na decada de 80 eram eles que escreviam o impagável TV Pirata(temporada 88-89, a original), melhor programa de humor de todos os tempos. Agora "só" falta acabar com os outros lixos: malhação, Faustão, Zorra total, bbb, programas da Xuxa, da Fatima B., o video show(esse já foi bom mas como QUASE tudo dentro da programação da globo se perdeu). Gostei do seu post hoje, sérgio!

✿ chica disse...

Fico triste pelo DIDI que , mesmo sem olhar há muito tempo, gosto dele e de seu humor inocente...

abraço,lindo fds!chica

EDER RIBEIRO disse...

Sérgio, tou nessa turma, que Didi e o casseta vão tão fundo que não volta mais. Ontem assisti o casseta e fiquei com tanta raiva do programa q minha esposa estranhou, pois eu gostava mto do programa, na realidade eu gostava deles qdo ainda faziam parte do TV Pirata. Penso que os programas de humor brasileiro se perdeu, são piadas preconceituosas, agressiva q não nos faz ri da piada em si, mas da ofensa imposta ao outro. Abçs.

Patricia Galis disse...

Com todo respeito que tenho pelo Didi mas o programa estava chato mesmo, quanto ao Casseta já vai tarde, não vejo nenhuma graça, tem outros que poderiam dar adeus tbm, como Pânico, Xuxa, Ana Maria Braga e etc.... afff ninguém merece.

Marcos Pereira disse...

Olá Sérgio!
Você disse bem que os trapalhões agradavam a qualquer idade porque não eram babacas como a turma do didi que parecia um cirquinho com palhacinhos, eu até gosto do circo, mas creio que as até as crianças evoluíram...No caso do casseta, colocar BBBs no lugar na nossa queridíssima Maria Paula era o mesmo que tirar suco de pedra..eheheh...
abraços!

Felisberto Junior disse...

Olá!
Sérgio!
Tudo bem?
Concordo plenamente com seu texto.
Eram outros tempos, eram novidades.Poucos canais de acesso. E á partir do momento que ambos foram perdendo seus integrantes, e "colocando" pseudos substitutos, perdendo a essência do humor...rir sem pensar...e aliado à saturação pelo tempo de exposição, não tinha como ter outro resultado: retirada do ar.
Queria agradecer pela sua presença sempre significativa e contumaz em meu blog.
Obrigado!De coração!
Ótimo final de semana!
Abraços
ClicAki Blog(IN)FELIZ

Carlos disse...

Concordo com tudo, só tenho uma pergunta: por que alguns tem TANTA raiva de certos programas que nem acompanham? Tem gente que reclama pelo simples fato de o programa ter fulano ou beltrano, outros reclamam porque ontem estava chato, logo no dia seguinte estará também, outros reclamam pelo gênero...

Sempre reclamei dos Cassetas e do Didi, por acompanhar e de fato achar ruim. O Didi mudou apenas o título, mas as piadas eram as mesmas. Até os erros de gravação eram os mesmos, com ele usando o extintor. Já os Cassetas acompanhei quase todos os programas que foram exibidos antes de Gabriela, e só gostei da "Dilma", o resto continuou com a mesma cara do programa anterior.

Mas só chego nessa conclusão pq eu vi, mas ja li cada comentário sem noção por aí envolvendo esses dois programas, fora os saudosistas. Eu ria muito com TV Pirata, e revendo alguns vídeos eu não acho tanta graça. O mesmo aconteceu quando resolvi ver Sai de Baixo. Acho que o humor tem a sua época, e algumas piadas se perdem. Óbvio que isso não quer dizer que esses dois programas que mencionei sejam ruins, pq eu não acho (por isso citei). Só acho que a gente tem que tomar cuidado ao falar do humor antigo e do humor atual. Hoje em dia tem muita porcaria? Claro, pq parece que começou a rolar um boom de apelação, mas na boa, tem vários programas antigos em que rolava piadas preconceituosas, de duplo sentido, mais discretas mas com a mesma intenção.

Como disse, dei chances a esses programas. Os Cassetas tiveram um ano pra inovar, não conseguiram. Acabou Gabriela, eles voltaram e aí sim, nem fiz questão de acompanhar. Humor sem graça e apelativo. O Didi acompanhei pouco, até pq é pra criança, mas de verdade, não gosto a décadas. Não vão fazer falta, mesmo, pelo menos pra mim e, pelos comentários, acredito que para muitos.

Abraços

Marcos Silveira disse...

Finalmente!!! Agora pode ser que no lugar desses programas horríveis possam vir atrações de melhor qualidade!

Só falta terminar outras duas atrações pouco interessantes da emissora: Caras de Pau e Zorra Total! Esse humor pastelão já encheu o saco. Se querem fazer programas de humor, que contratem o Alexandre Machado e a Fernanda Young como roteiristas fixos, que façam mais seriados do tipo Macho Man, Os Normais, Separação!?, Casos e Acasos e outros assim... Muito mais interessantes do que um programa como o Aventuras do Didi, que serve muito mais para alimentar o ego do Renato Aragão do que pra premiar o telespectador com um programa de qualidade!

Que venham atrações superiores nos próximos meses (especialmente domingo, no horário do Didi, porquw a programação dominical é sofrível!)

Abração!

Clau disse...

Oi Sérgio :)
Bom saber que esses dois programas sairão do ar.Vão tarde...
Faz tempo que deixaram de ser interessantes.
Ótimo post.
Bjs!!

Milene Lima disse...

A mim também não fará falta alguma. Só me lembro de ter gostado do Casseta na época do Seu Creysson, mesmo assim enjoei rapidão, embora na época todos endeusassem o tal "humor inteligente" e tal. Como abomino, hoje, o Pânico e sua total falta de respeito com as pessoas. Já o CQC, adoro.

A Turma do Didi, dizer o que, né? Acho que o artista deve ter um pouco de bom senso e perceber quando já é hora de dar tchau. O Didi deveria ter feito isso, sacar o quanto ele "foi" importante pra TV brasileira, mas gastou, simples assim.

E o que virá pra substituí-los?

Beijo, Sérgio.

Rita disse...

Bom nunca fui fã do Casseta, alguma coisa no começo dava pra rir, mas assisti pouco, por não gostar mesmo.
Quanto ao Didi, já gostei la nos tempos da brilhantina rsrsr, não tão longe assim mas foi mesmo ficando sem noção...ENTÃO que vai la pro fundo do baú, vai tarde demorô
Serginho querido desejo um final de semana muito feliz pra vc
Bjuss
Rita!!!!

Vanessa disse...

Sérgio, tudo bem?
Olha, preciso confessar que há muito tempo quis ler essa notícia. Aliás, li, acredito que no UOL, que o chatérrimo "Os Caras de Pau" também deve chegar ao fim. Espero que o mundo não acabe antes disso. rs. Quero poder ligar a TV e não ter o desprazer de almoçar com o Didi e o Hassum, bem como testemunhar o constrangimento geral que é "Casseta".

Aliás, ontem, por acaso, cheguei em casa no mesmo horário do 'humorístico'. Fazia muito, mas muito tempo mesmo que não assistia ao programa. Não sei se foi impressão, mas me pareceu que "Casseta" conseguiu ficar pior! Cada esquete constrangedora, cada situação forçada. Tudo muito ruim, totalmente fora do padrão Globo de qualidade. Eu, se a Globo fosse, teria vergonha de colocar a atração no ar!

Que venham programas novos, no nível da ótima, pra não dizer excelente, linha de shows da emissora. Precisamos de mais "Esquentas", "The Voices", "Loucos por Elas", "Profissões Repórter", etc. Tem tanta gente bacana tentando emplacar projetos... Aliás, a Globo poderia aproveitar a leva e reformular toda a grade de sábado e domingo. Faustão, Xuxa e Huck são chatosssssss...

Beijos,

Vanessa

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Concordo com a crítica, Sérgio. "Aventuras do Didi" e "Casseta & Planeta Vai Fundo" já deram o que tinham que dar.
"Os Trapalhões" era um programa divertido, no início, mas foi se desgastando cada vez mais, especialmente após a morte de Mussum e Zacarias. Mas acho que Renato Aragão não é do tipo que fica parado, acredito que a Globo lhe reservará algum quadro especial, para não acontecer o mesmo que a Dercy Gonçalves e Chico Anysio, que sofreram muito ao ter de deixar a TV.
Quanto ao "Casseta", também acho que o programa foi divertido nos primeiros anos, com suas sátiras à política e paródias de novelas, e piorou com a morte do Bussunda. A equipe atual e as piadas deixam a desejar.
Outros programas que poderiam sair do ar seriam o "Zorra Total" e o BBB (mas respeito sua opinião positiva quanto a este).

Anônimo disse...

Se a globo for acabar com tudo que não presta em sua programação, deixa ver... vai sobrar o jornalismo, uma ou outra novela, e... bem, melhor fechar as portas! kkkkk

Bia Hain disse...

Sérgio, concordo que os dois programas estão ultrapassados e não acrescentam nada ao telespectador, nem humor. Acho essa arte, a do humor, muito difícil porque precisa ser dinâmica. Velhas piadas, uma hora, perdem a graça. Resta saber o que entrará no lugar. Um abraço!

Vera Lúcia disse...


OI Sérgio,

Você usou as palavras que eu pensava enquanto lia: "já vão tarde". Há muito tempo já não os assisto, simplesmente porque não acho graça no humor deles. Programas de humor requerem renovação e criatividade. Tudo que fica na mesmice perde o encanto.
Na verdade, tais programas foram engolidos por outros mais inteligentes e divertidos.
Creio que a Globo demorou foi demais para decidir encerrar tais atrações.

Como sempre, excelentes as suas considerações.

Ótimo final de semana.

Beijo.

MARILENE disse...

A necessidade de renovação há muito se impunha. Os programas estavam, para mim, insuportáveis, e já não os via faz MUITO tempo. Aliás, se me dissessem que já não estavam no ar, acreditaria (rss), pois ninguém conheço que os assista. Não é fácil provocar risadas. E elas nos fazem tanta falta! Bjs.

Sérgio Santos disse...

Paulo, obrigado. Quer dizer que gostou desse post e achou todos os outros uma porcaria? rs

Bem, discordo de você porque nunca achei o Didi o mais engraçado dos Trapalhões, muito pelo contrário. O Mussum era o mais sensacional, sendo logo seguido pelo Zacarias. Lamentavelmente foram justamente eles que partiram tão cedo. O Didi era bom, mas servia mais de escada para a dupla e o Dede servia de escada para os três.

Olha, sobre os seus desejos, eu também discordo porque a Malhação apresenta fases ruins e outras ótimas, como a atual e o Video Show não tem razão para sair do ar, é o programa mais antigo da Globo. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Chica, obrigado pelo comentário. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Eder. Os cassetas eram hilários e eu era fã do programa. Mas o tempo foi passando e eles foram ficando ultrapassados. TV Pirata foi um clássico, mas, confesso, de todos os programas que eu vi, não achei graça de nada. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Patricia, obrigado pelo comentário. Os programas ficaram ultrapassados e perderam o principal: a graça. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Oi Marcos. Os Trapalhões eram incríveis e eu não perdia um só programa. Sobre o Casseta & Planeta, nunca gostei da Maria Paula no programa e mesmo nos áureos tempos, nunca vi graça nela. E nem a acho bonita. Mas gosto é gosto. rs Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Felisberto, pois eu que agradeço sua presença aqui! Sim, o tempo foi passando e os programas não souberam se atualizar e a perda de audiência foi uma resposta do público. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Carlos. Acredito que quase todo mundo aprovou os cancelamentos. Já não dava mais.

Sobre os programas que você citou, discordo sobre Sai de Baixo, porque continuo vendo no Viva e rindo muito de tudo, principalmente dos improvisos do Falabella. Mas sobre a Tv Pirata, eu concordo, não vejo graça. Aliás, outro programa que nunca vi graça foi Viva o Gordo. Na época funcionou, mas vendo agora eu me pergunto o porquê.

Sobre os Cassetas, você gostou justamente da única inovação útil: Gustavo Mendes imitando a Dilma. Mas só ele não faz milagres. Enfim, já vão tarde! Abraços!!

Sérgio Santos disse...

Oi Marcos. Olha, pelo que eu li estão planejando tirar Os Caras de Pau do ar também. Eu acho o programa fraco, mas gosto dos improvisos do Hassum, que aliás, são as únicas coisas boas do programa.

O Zorra acho difícil que acabem, porque apesar de ser repetitivo e sem graça, tem boa audiência. É o programa de humor da Globo que mais dá ibope, acredita? Então nesse caso, acho impossível, ao menos por enquanto.

Sim, vamos torcer para que os programas cancelados sejam substituídos por algo de qualidade.

Fernanda e Alexandre escreverão um outro seriado ano que vem, uma vez que "Como aproveitar o fim do mundo" não terá uma segunda temporada, até porque depois do dia 21 de dezembro, a piada acabará. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Clau. Pois é, ninguém sentirá falta. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Milene. Eu sempre fui fã do Casseta e gostava muito, mas antes mesmo do Bussunda nos deixar eu já não estava mais gostando do programa. Aí foi piorando cada vez mais...

Essa sua pergunta é a maior dúvida do momento. O que virá? Bem, provavelmente no lugar do Casseta será mais uma série nova da Globo, que já usa essa faixa das 23h para isso, mas no logar do Didi é uma incógnita. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi Rita, obrigado pelo comentário. Na época dos Trapalhões até o Didi funcionava bem, mas depois que surgiu essa turma do Didi, cheio de ator ruim e com o Didi repetindo piadas é que tudo se perdeu. Beijão e bom domingo!

Sérgio Santos disse...

Oi Vanessa, tudo bem e com você? Olha, acho que quase todo mundo estava ansiando essa notícia! Finalmente ela chegou. Mas que eles não voltem fazendo a mesma coisa, fingidno que se renovaram, como fez a turma do Casseta.

Sim, o programa ficou ainda pior mesmo. Impossível rir de alguma coisa, com exceção da Dilma imitada pelo Gustavo Mendes.

Caldeirão do Huck e Domingão do Faustão precisam se renovar urgentemente, porque cancelar eu duvido uma vez que são 'pratas' da casa e dão muito lucro. Já a Xuxa, eu não vejo, mas pelo que observei até que deu uma melhorada. Beijos!!!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Elvira. Já foram tarde. Acho que a Globo vai deixar o Didi na apresentação do Criança Esperança por um bom tempo. Não consigo vê-lo fazendo outra coisa, a não ser que o coloquem no Zorra. Aliás, acho difícil que esse programa saia do ar porque dá audiência. Já o BBB você sabe que eu sou fã e assino até o PPV. rs Beijosss!

Sérgio Santos disse...

Oi Anônimo, obrigado pelo comentário. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Oi Bia, pois é, resta-nos esperar os substitutos. Que sejam bons, o público merece. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Vera, obrigado pelo elogio! Pois é, já foram tarde e que não tenham passagem de volta. Criatividade era tudo o que esse programas não tiveram. Beijos!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Marilene. É verdade, rir é muito bom ,mas esses programas não estavam sendo responsáveis por isso.

Sim, de fato, os programas eram praticamente uma unanimidade de críticas. Beijos e bom domingo.

paulo disse...

Sérgio, seus gostos são bastante estranhos, se me permite dizer. Voce gosta de coisas como BBB, malhação, Avenida Brasil e chegou uma vez a dizer que aquela novelinha "beijo do vampiro" era melhor que a clássica "Vamp"(olha como eu te acompanho, rsrs). Em compensação vc hoje afirmou que não acha graça alguma no TV pirata e que o Viva o Gordo era ruim. o TVP era sensacional, tinha um humor inteligente, critico e debochado, sem nunca apelar pra baixarias ou caretas, tão comum nos "humoristicos" de hoje, sem falar naquele elenco(Deborah block, Ney latorraca e cia). O VOG era um humor de esquetes, com critica alguma critica social da época, talvez por isso seja datado de assistir hoje, mas era muito bom! Então imagino que uma pessoa mais jovem tende a ver as coisas com outros olhos, talvez isso explique seus gostos televisivos. Por isso fiquei curioso em saber, qtos anos vc tem?

♥ Luciana de Mira ♥ disse...

Não deixarão saudades mesmo!

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Comentando alguns posts anteriores, eu era a maior fã do "Viva o Gordo" (saudades do Jô como humorista) e da "TV Pirata" (que elenco talentoso!)

Vanessa disse...

Pois é, Sérgio. "Caldeirão" e "Domingão" são muito rentáveis, impossível a Globo tirá-los do ar. Mas acredito que passem por mudanças, uma vez que estão em queda no ibope.

Vi que vc comentou sobre o BBB com a Elvira. Não sabia que era fã. :) Também assino PPV. rs. Cheguei já até a cobrir o programa para um grande portal. rs. Amei as edições 7, 9, 10 e 11. Em geral, torço pelos vilões, ou melhor, pelos jogadores/estrategistas. Por isso, tenho a Talula como minha BBB favorita. :)

Beijos

Barbie Californiana disse...

Sérgio, concordo com você e acho que esses programas já deram tudo o que tinha que dar... O Didi já foi mais engraçado e o mesmo digo ao Casseta e Planeta, creio que quando um integrante se vai, fica difícil manter o mesmo ritmo. beijos e lindo domingo.

FABIOTV disse...

Olá, tudo bem? Não conhecia o seu blog. Parabéns! Descobri pelo twitter. Abraços, Fabio www.fabiotv.zip.net

Carlos disse...

Sérgio, não precisa se perguntar do porquê de um sucesso. Ele existiu pq agradou a maioria ou pq simplismente funcionou como um produto, não necessariamente com muito ibope. Hoje em dia temos vários exemplos, mas citarei dois: Avenida foi uma novela de ibope alto e com uma ótima repercussão, o mesmo não podemos falar de Lado a Lado, que não tem repercussão e nem ibope alto, mas é uma ótima novela (não falo o mesmo de Avenida pq seria mta forçação de barra kkkk). Mas é mais ou menos por aí. Eu gosto de Sai de Baixo tbm, e as piadas do Caco, principalmente sobre pobre, são engraçadíssimas, mas tem algumas outras que não vejo graça, assim como TV Pirata, mas sei admirar ambas, não com olhar saudosista apenas pq eu gostava, mas pq sei que são ótimas atrações. Viva o Gordo eu achava legalzinho, mas os demais, se eu vir hj, já não acho tanta graça. O único que me pego rindo é Os Normais, mas tbm tem tanta besteira kkkkkkk.

Agora que percebi o tamanho do meu parágrafo. Preguiça define. Estou doido pra pegar férias kkkk.

Abraços.

Carlos disse...

Paulo, vc é muito encrenqueiro kkkkk.

Não querendo defender o Sérgio, mas humor é uma coisa tão relativa. Concordo contigo quanto alguns gostos de Sérgio (gastando com o blogueiro kkkk), mas aí é que está, é questão de gosto. Como falei, humor, infelizmente, se não for besteirol, fica datado. Como citei no meu último coment, Os Normais não perde a graça, e não é pq é muito bom apenas, mas pq "apela", só que de uma forma inteligente. Bons tempos em que Young e marido tinham boas sacadas. Acho que foi até por isso que acabou, audiência começou a cair, colocaram um outro casal (Selton é talentoso, mas... O programa era Rui, Vani e... SÓ).

Mas voltando na defesa, gosto cada um tem o seu e no humor, isso se multiplica, pois é um gênero muito individual. Por isso tenho cuidado em criticar os programas do tópico, porque eu não gosto deles mas sei que tem os que gostam, poucos, mas tem.

Não considero humor antigo melhores do que o de hoje. Daqui a alguns anos, a próxima geração falará as mesmas frases manjadas de vcs: "não se faz mais humor como na minha época. Nunca mais existirá um Carioca, um Cabrito, Um Danilo Gentili". Tomo muito cuidado com isso. Gosto de humor antigo, admiro programas e filmes que nem são da minha época, mas tbm sei admirar a atualidade. Parece que tem muitos que tem a "paixão do preto e branco", graças a Deus não sou um desses kkkk.

Abraços.

paulo disse...

p\Carlos: não sou implicante, pelo contrario, apenas tenho curiosidade de saber a idade dele pra poder entender suas preferencias televisivas. Confesso que o Sergio foi a primeira pessoa até hoje que "ouvi" dizer que não acha graça no TV pirata, que é a "mãe" de todos os programas com esse humor mais refinado e debochado que veio depois(os normais, o proprio casseta e planeta, etc). Olhe no youtube os comentarios nos videos do TVP, são só elogios e todo mundo achando impagável, inclusive gente bem nova que nem viu na época. Vou ser bem sincero, eu acho que o Sérgio é que tem uma certa aversão a coisas que não são atuais ou no máximo que ele tenha assistido qdo criança\adolescente. O que não é da época dele ele não consegue gostar, estou certo Sérgio?

Sérgio Santos disse...

Ahh, estavam falando mal de mim, bem que desconfiei!

Paulo, eu não disse que o Viva o Gordo era ruim, apenas disse que não vi graça em nenhum programa que assisti. Isso não implica em ser ruim, apenas que não me agradou. É diferente. O TV Pirata tinha um grande elenco e isso não discuto, mas particularmente nunca vi graça alguma naquele Tonhão, por exemplo, ou então naquele personagem invocado vivido pelo grande Guilherme Karam. Mas gostava do Barbosa e das personagens da Cristina Pereira. Mas não achei o programa fantástico, embora reconheça seu valor.

E, sim, você está errado, não é porque o programa não foi da minha época que critico. Eu gostei de Vamp, mas fantasia por fantisa, prefiro infinitamente o Beijo Do Vampiro, principalmente pelos efeitos especiais, história e elenco.

Os Trapalhões é um programa antiquíssimo e eu amava! E novelas, então, nem se fala, embora, tivessem péssimas também, convenhamos.

Para aumentar a polêmica, de todos os programas "Chico Total" que eu vi, não gostei de nenhum. Esses, sim, eu achei insuportáveis. Mas gostava da Escolinha do Professor Raimundo e ainda assisto as reprises no Viva. Não pelas piadas em si e, sim, pelas piadas internas e pelos improvisos e sacanagens entres os humoristas que eram o ponto alto do humorístico.

Ah, eu tenho 26 anos. Fiz agora, dia 25 de novembro! Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Luciana, saudades. Sim, não deixarão. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Elvira, o elenco de TV Pirata era fantástico mesmo. Eu sou fã de todos os atores e lamento o período triste que Guilherme Karam tem enfrentado. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Ih, Vanessa, então teremos muito o que comentar quando começar mais uma edição! Também adorei a Talula nessa edição era 'fã' dela, do Daniel e Diana! No 7 torci pelo Alemão e Iris, no 9 pelo Dr. Marcelo e no 10 pelo Dicesar, Elenita, Cacau e Morango. A última edição eu torci pelo Jonas.

Sim, os programas são muito rentáveis e não sairão do ar nunca, mas o ibope deu uma caída mesmo. Beijão!!!

Sérgio Santos disse...

Oi Barbie. Olha, ainda não encontrei ninguém que irá sentir falta desses dois programas. Será que existe? Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Fabio. Puxa, que legal. Fico feliz que tenha gostado. Abraços e seja bem-vindo.

Sérgio Santos disse...

Oi Carlos, sim, mas muitas vezes um sucesso é questionável, como o de Fina Estampa, por exemplo.

Sai de Baixo continua me divertindo muito e Os Normais também nunca fica ultrapassado. Aliá,s já disse aqui que sou fã das séries de Alexandre e Fernanda.

Lado a Lado não merece a audiência que tem, assim como A Vida da Gente também não mereceu. Aliás, em breve escreverei sobre isso. Abraços!

Vanessa disse...

Oba, Sérgio, então vamos bater muito papo ainda na época de BBB. Confesso que não curti a última edição. Torci também pelo Jonas, mas mais por exclusão mesmo. rs. Achei o jogo no geral muito ruim. No 11, gostava da Talula, Daniel, Diana e Maria (qdo não se rebaixava ao Mau Mau). No 10, torcia pela Elenita, Tessália e Michel. No 9, Fran. No 8, odiava todos. rs. No 7, Caubói, Analy.. Odiava td o grupo do Alemão. rs

Ah, vc viu que a Globo anunciou as novelas que vai comercializar em 2013? Achei estranho não entrarem "Fina Estampa" e "Amor Eterno Amor", já que deram um bom ibope. Existe um limite de produções para se apresentar naquela feira internacional? Bom, se quem que "FE" foi muito trash. É melhor mesmo que o mundo não conheça essa "obra-prima". rs

Beijos

Sérgio Santos disse...

Oi Vanessa. Você gostava do Alberto e da Analy? MEU DEUS! rsrs Do 9 eu gostava da Ana e da Naná.

Olha, que bom que essas produções não entraram, porque não merecem nada. Mas é estranho não comercializarem mesmo. Pelo que eu saiba há um limite para a indicação de produtos nas feiras de televisão que todas as emissoras sempre vão e para indicações a prêmios. Mas comercializar, achava que era ilimitado. Beijão.